Redação Pragmatismo
Compartilhar
Homofobia 02/Sep/2014 às 16:41
20
Comentários

Candidato assume homossexualidade e mostra beijo gay no horário eleitoral

Candidato a governador revelou que é homossexual e mostrou o beijo gay em propaganda eleitoral. Candidato defendeu que assumir a luta pela diversidade sexual é um “ato político” em defesa dos direitos

O candidato ao governo do estado Ceará, Aílton Lopes (PSOL), revelou que é homossexual e mostrou o beijo gay em propaganda eleitoral na sexta-feira (30). A campanha foi ao ar no Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, exibiu dois casais do mesmo sexo se beijando. No vídeo, com duração de 1 minuto e 44 segundos, o candidato defendeu que assumir a luta pela diversidade sexual é um “ato político” em defesa dos direitos.

“Eu sou gay e sei como foi difícil me aceitar, me assumir. Enfrentei o medo da rejeição, a desconfiança se eu era norma, o medo de ser alvo de piadas, Há quem esteja chocado com o beijo ou com qualquer troca de afeto entre pessoas do mesmo sexo. É impressionante como o amor tem causado mais choque do que a guerra, do que a violência e a desigualdade”, diz o candidato no vídeo.

Ainda no programa, o candidato caracterizou a sociedade brasileira como machista, racista e homofóbica, apresentando dados sobre a violência contra homossexuais. Lopes prometeu defender direitos gays, como a adoção de filhos, o casamento civil e adoção de nome social.

De acordo com o último levantamento DataFolha, divulgado no dia 14 de agosto, o candidato do PMDB, Eunício Oliveira, segue na liderança com 47% da preferência dos entrevistados. Camilo Santana (PT), aliado ao governador Cid Gomes, apare em seguida com 19%. Eliana Novais (PSB) tem 7% e Ailton Lopes (PSOL), 4%. Os eleitores que afirmaram não votar em nenhum candidato totalizaram 10% e os indecisos representam 13%.

Vídeo:

Geledés

Recomendados para você

Comentários

  1. Jonas Schlesinger Postado em 03/Sep/2014 às 12:36

    Kkkkk homofobia, racismo e machismo? Cara para de falar merda. EU que moro aqui em Fortaleza sei do que estou falando. Morre poucos gays, negros nem se fala e mulher... na verdade morre de tudo aqui na capital. Mas de todos os três, os que menos morrem são os gays. Então, caro candidato, mude-se para o Rio Grande do Sul se quiser combater o racismo, mude-se pra São Paulo onde gays e mulheres são mortos como gado todos os dias. Até parece que há preconceito mórbido nesta terra linda que é o nosso Ceará. Desinformado!

    • Marcos Vinicius Postado em 03/Sep/2014 às 13:44

      Você que é um mal informado. Eu também moro aqui no Ceará, sou gay e sei muito bem que aqui ainda há muita homofobia. O Ailton Lopes apresentou dados que mostraram crimes cometidos contra nós homossexuais, APENAS por sermos assim, ou seja, crimes de ódio. Você é que misturou com dados de crimes que não são de ódio com uma grande pitada de senso comum. Está apenas perdendo seu tempo discutindo sobre um assunto que desconhece!

    • Amadeus Postado em 03/Sep/2014 às 16:47

      Lá vem o bairrismo de novo... que atraso intelectual.

      • poliana Postado em 04/Sep/2014 às 10:53

        APLAUSO!

      • Jonas Schlesinger Postado em 04/Sep/2014 às 14:24

        Amadeus não me faça rir seu hipócrita. Bairrismo? Vcs do sudeste é o povo mais preconceituoso do brasil quiçá da américa toda inclua aí a Groenlândia. Não me venha falar de bairrismo pq os paulistas querem a independência de São Paulo do resto do país como já vi num comentário de certo cidadão. E se vc n mora no Ceará nem sei o que está fazendo aqui.

    • Thiago Teixeira Postado em 04/Sep/2014 às 07:48

      Era seu candidato??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Prove que não é homofóbico e vote 50!!!

  2. Jonas Schlesinger Postado em 03/Sep/2014 às 16:58

    Homofobia pode ser até uma piada de mau gosto. Estou falando de assassinatos contra gays. Lá em SP mata mulher e gay como num matadouro, mas não vejo tantas mortes de gays aqui pelo menos em Fortaleza. Vc mora onde? Penaforte? Não sabe o que acontece na capital não é? EU FALO DE HOMICÍDIOS e não de preconceito que infelizmente existe no Brasil todo e que tá longe de melhorar, vide o caso da gaúcha que chamou o Aranha de macaco. Portanto deixe de ser mentiroso!

    • Thiago Teixeira Postado em 04/Sep/2014 às 07:49

      A cada 4 pessoas mortas pela polícia tucana paulista, 3 são negros.

  3. Danila Postado em 04/Sep/2014 às 10:04

    O cara é candidato ao governo e usa 1 min e 44 seg para falar de diversidade sexual?? Tá explicado porque só 4% de intensão de votos.

    • Marcos Vinicius Postado em 04/Sep/2014 às 13:42

      Pois então faça sugestões para ele! E daí se ele usou o tempo dele só para falar disso? Acho que você não é do Ceará, pois em outros programas dele foram falados outros assuntos nesses 1 min e 44 seg., como a seca.Está falando de algo que nem sabe!

      • Jonas Schlesinger Postado em 04/Sep/2014 às 14:21

        É isso mesmo. Esses sudestinos se metem num debate que desconhece. Nem sabe o que é Jijoca ou Ubajara. Parem de se meter nos debates que não sejam dos seus estados seus bando de burros.

      • Danila Postado em 04/Sep/2014 às 15:37

        Realmente eu não sou do Ceará. Por isso eu não posso saber o q ele disse nos outros programas. E por mais interessante que sejam as demais propostas dele, apenas a luta pela diversidade gay foi citada aqui. Pq isso está dando "ibope".

  4. Danila Postado em 04/Sep/2014 às 15:46

    Jonas eu não sou sudestina. Mas me perdoe... realmente não sei o que é Jijoca e Ubajara. Isso me faz burra?? Já me simpatizei com muitos comentários seus. Mas dessa vez você se revelou extremamente preconceituoso. E que fique claro... eu me meto onde eu quizer.

    • Jonas Schlesinger Postado em 04/Sep/2014 às 16:47

      Pare com isso. Quer dizer que nordestino tem preconceito com o sofrido povo do sul e do sudeste? No sul pregam a morte dos negros e no sudeste a dos nordestinos. Não se faça de desentendida.

    • Jonas Schlesinger Postado em 04/Sep/2014 às 16:52

      Apesar de eu não ser natural do Ceará eu moro aqui desde quando me conheço como gente e já percebo até nos comentários o preconceito do povo do sul/sudeste com o resto do país. Deixe de ser vitimista! Dizer que um nordestino ter preconceito ou bairrismo é a mesma coisa que dizer que negro tem racismo com branco e Europeu querendo morar na Africa. Não queira ludibriar a inteligência alheia!

  5. Danila Postado em 04/Sep/2014 às 17:08

    Se no sul pregam a morte de negros, vc tem o direito de matar também? Entendi... olho por olho, dente por dente!! Em nenhum momento eu disse q nordestino tem preconceito. Eu disse q vc tem. Se acha o grande sabio. Percebe até nos comentários quem é do sul? Pois dessa vez vc errou... eu não sou.

  6. Jonas Schlesinger Postado em 04/Sep/2014 às 17:26

    Olhe os dados lá de Sampa. Matam mulheres todos os dias como se fosse frango de açougue. Além de ser homofóbicos eles querem que o estado seja separado do resto do país. Aí vem um pra dizer que eu que tenho preconceito? Tá na hora de parar com a noia e por os pés no chão e reconhecer que os sulistas são os arianos brasileiros, vide a moça que chamou o Aranha de Macaco, a polícia de SP que pensou que um negro trabalhador fosse ladrão e muitos outros casos, além claro do preconceito contra o nordeste. Fique aí, eleja o Tiririca e fique feliz na tua terra chamada República Federativa de São Paulo.

  7. Danila Postado em 04/Sep/2014 às 17:45

    Realmente... não dá pra debater com você. Você entende o que quer entender. Eu já escrevi 2 vezes que não sou de SP. Você é cego?? Depois sou eu a vítima. Seu complexo de inferioridade te fez criar um sistema de proteção agressivo.

    • Jonas Schlesinger Postado em 04/Sep/2014 às 19:59

      "Seu complexo de inferioridade"... já teve outra que disse que só pq nasci no RS eu tinha o de superioridade. DECIDAM-SE!

  8. Jonas Schlesinger Postado em 04/Sep/2014 às 19:55

    Enfim é muito melhor aqui em Fortaleza do que em muitas outras capitais onde o preconceito é mais MÓRBIDO. É claro que aqui tem crimes sim de ódio, mas se for comparar com outros lugares...