Redação Pragmatismo
Compartilhar
Desenvolvimento Brasileiro 16/Sep/2014 às 18:15
19
Comentários

Brasil é referência no combate à desnutrição e à pobreza, diz ONU

Relatório da ONU publicado nesta terça-feira (16) destaca o Brasil como um dos países mais bem sucedidos no combate à desnutrição e à pobreza

bolsa família onu fome brasil
Bolsa Família e Brasil Sem Miséria são responsáveis pela redução da pobreza no Brasil, diz ONU (Pragmatismo Político)

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) divulgou nesta terça (16) Relatório sobre o Estado da Insegurança Alimentar no Mundo (SOFI2014) e destacou o Brasil como um dos países mais bem sucedidos no combate à desnutrição e à pobreza. Segundo a FAO, graças aos programas Fome Zero, ao Bolsa-Família e ao Brasil Sem Miséria, foi possível reduzir a pobreza extrema em 75% e a pobreza em 65%.

A organização destaca que o Brasil conseguiu atingir as duas metas propostas pela ONU: a do Milênio (que inclui diminuir pela metade a quantidade de pessoas que vivem com menos de US$ 1,25 por dia passam fome até 2015); e a da Conferência Mundial de Alimentação, de diminuir pela metade o número de pessoas desnutridas até 2015.

O sucesso, diz o relatório, se deve ao fato de que os “programas atuais para erradicar a pobreza extrema no país se baseiam na estratégia de integrar políticas de agricultura familiar à proteção social, de uma maneira altamente inclusiva”. A segurança alimentar foi colocada no centro da agenda do governo brasileiro, “associando políticas macroeconômicas, sociais e de agricultura”. Também mereceram destaque os estímulos dados à agricultura familiar — que hoje é responsável por 70% do consumo de alimentos no país — à queda na mortalidade infantil por desnutrição (58%) e ao papel do Bolsa-Família em levar renda a comunidades pobres.

VEJA TAMBÉM: Ser contra ou a favor do Bolsa Família

Por fim, a FAO afirma que as metas foram alcançadas e superadas devido à capacidade de coordenação das políticas implementadas por Lula e Dilma: “A redução da fome e da extrema pobreza em áreas rurais e urbanas foram resultado dessa gama de políticas bem coordenadas lideradas pelo governo com forte engajamento da sociedade civil, em vez de uma única ação isolada.”

Brasil compartilha sua experiência

Como o número de pessoas subnutridas no planeta permanece alto, os chefes das agências da ONU reforçaram a necessidade de renovar o compromisso político para combater a fome por meio de ações concretas. Entre essas ações, foi encorajado o cumprimento da declaração adotada na cúpula da União Africana (UA) em Malabo, Guiné Equatorial, em junho, de acabar com a fome no continente até 2025.

SAIBA MAIS: Os 15 mais ricos do Brasil têm patrimônio maior que os 14 milhões do Bolsa Família

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Poliana Postado em 16/Sep/2014 às 18:25

    Tá bom pra vocês coxinhas? Algo a dizer? A ONU está errada, não tem credibilidade e é financiada pelo PT??? Essas informações o PIG não mostra né? Porque será!!!???

  2. Deisi Postado em 16/Sep/2014 às 21:10

    Motivo maior para continuarmos no rumo certo, só coxinha não consegue enxergar tais avanços, preferem negar do que admitir. O mais engraçado que nesse caso com o reconhecimento da ONU, não vem nenhum reaça comentar, não adianta contra números não há argumentos.

    • José Ferreira Postado em 17/Sep/2014 às 00:33

      Mas eles ainda dependem do Bolsa Família. Se o governo cortar a mamata, o povo se afunda novamente. Eles ainda são miseráveis se contar só com as próprias rendas.

      • Carlos Postado em 17/Sep/2014 às 10:37

        Pra isso serve Governos. Pra diminuir a diferenças não pra ficar de boa boa boa como a maioria dos que falam mau do programa mas vivem enfiados dentro de igrejas que pregam a igualdade mas só acham que a igreja ta certa enquanto estão la dentro. Isso são Hipócritas da sociedade.

      • Aline Postado em 19/Sep/2014 às 23:38

        Negativo você Naro, o governo tem que ensinar a pescar e ajudar quem não pode ter uma vara SIM.

  3. Rafael Postado em 16/Sep/2014 às 22:50

    Em vez de "Obaaaa reduzimos a pobreza extrema em 75%", não seria melhor "Ufa, com o bolsa família,tinha gente que não tinha NADA e agora tem R$ 200,00 dados pelo governo por mês." ? Mas...e agora...o que fazer com os ex-miseráveis? Como torná-los pobres? E com os ex-pobres? como torná-los menos pobres...ou até ricos? Ah se algum pobre se tornar rico? Será pecado?

  4. Repik Postado em 17/Sep/2014 às 03:06

    Isso passa batido pela grande mídia, não tem repercussão. Afinal quem se importa com quem está passando fome? O que importa é bater no PT, de todos os lados, seja notícia boa e principalmente se for notícia fabricada, como várias falsas denúncias que tivemos no percurso. Tenho que tirar o chapéu para o PT, ele é MAGNÂNIMO, tudo gira em torno dele. Se não existisse o PT acho que nem existiria política no Brasil. Atualmente há dois grupos, aqueles que enxergam os benefícios estatísticos provindo de 12 anos do PT (como bem menciona a matéria), e aqueles que deliram e se extasiam falando mal do PT diuturnamente, alimentados pela mídia oposicionista (financiada sabe-se lá por quem) e que o único objetivo é tirar o PT do governo, nem que para isso tenha que votar no Pastor Everaldo. Vale tudo para tirar o PT, é só ver a declaração do Agripino e recentemente do Serra, esse é o único objetivo desses vazios ideológicos. Não tem propostas e nem o que apresentar como alternativa para o Brasil, mas se exaltam e enchem os pulmões as 7 velas, quando é para criticar o PT. No fundo, todos se alimentam do PT, se esse não existisse os principais prejudicados não seriam Dilma e Lula, e sim os Diogos Mainards da vida e algumas centenas de políticos da oposição que fizeram fama e continuam se reelegendo, sempre tendo o PT como bandeira!! Falar mal do PT faz tanto sucesso que a mídia não larga o osso desse ibope a anos, no entanto ele continua ai. Tenho que tirar o chapéu .... A única certeza que tenho, e que todos teremos muita, mas muita saudades do famigerado PT quando esse se for.

    • Gabriel Gabo Postado em 17/Sep/2014 às 09:04

      Você citou 12 vezes a palavra PT. Se falasse mais uma vez ia achar que ia ser mensagem subliminar. Mas como não foi, considerei fanatismo político. Vai com calma ai, bicho.

    • Carlos Postado em 17/Sep/2014 às 10:43

      Nao se preocupe, tenho uma comparação com isso: É igual no futebol onde existem os Corintianos e os que torcem contra o Corinthians mas ele ta sempre lá. Assim vao ser esses programas de desigualdade, sempre estarão la pois não serão admitidas sua extinção.

  5. Sylvia Andrade Postado em 17/Sep/2014 às 08:44

    Emocionada!

  6. André Postado em 17/Sep/2014 às 10:05

    Perguntar não ofende: se forem retiradas as muletas do governo, conseguirá esse povo se manter de pé durante algum tempo?

    • Carlos Postado em 17/Sep/2014 às 10:48

      Andre, isso nao é moleta, é comida mesmo. Voce tem ideia do que é passar fome, mas não por um dia, fome de verdade?

  7. Deisi Postado em 17/Sep/2014 às 11:14

    Carlos, coxinha não entende o que é passar fome, a não ser quando faz dieta, é exigir demais que esses sejam sensíveis suficiente para entender o que significa essa dor, acredito que a dor maior é de um pai e uma mãe que por muitas vezes só tem pratos vazios para oferecer aos seus filhos. Ouvi uma história de uma mulher que disse que estava viajando em Alagoas e quando jogou uma laranja pela janela do ônibus vieram algumas crianças pegar tamanha fome," o bagaço". Inclusive o Lula citou em um evento que muitos não entendem o Bolsa Família, porque nunca passaram por essa experiência, também citou uma mulher que disse que graças ao Luz Para Todos,teve a chance de pela primeira vez ver o filho dormindo. Jamais irão entender, pois falta de sensibilidade, está encrustado em suas almas pequenas.

    • André Postado em 17/Sep/2014 às 12:23

      Oh que profundo! Se eles não conseguem caminhar com as próprias pernas durante 12 anos, como o governo pode se gabar disso? Até q ponto tu me conhece pra me rotular? Só pq penso diferente de vcs?

      • Rogerio Postado em 18/Sep/2014 às 00:18

        Caro André, o problema não é o que você acha, é o que vc não sabe. Procure se informar, cerca de 72% das famílias que recebem BF trabalham. O BF é complementação da renda para essas famílias. Outra coisa, pelo jeito vc nunca foi ao semi-árido ou ao Vale do Jequitinhonha para ver que a economia é frágil e, portanto, não o emprego é escasso. Quem detém a posse da terra são as oligarquias. As crianças quando tinham força para segurar um facão (ou outra ferramenta) eram impelidas, pela fome, a cortar cana e assim não iam para escola, transformado-se em adolescentes e adultos semi ou totalmente analfabetos, mão de obra desqualifica e frágil. Bom, para finalizar esse sistema reproduz a pobreza por séculos nos rincões desse Brasil, impedindo que o ciclo viciosos da pobreza fosse rompido. Por favor, leia se informe e deixe o pré-conceito e o ódio de lado, o mundo está cheio de achismo, pesquisar e se informar dá trabalho mais fácil é formular um mundo a partir de um modelo idiossincrático.

  8. Francisco Postado em 19/Sep/2014 às 09:04

    Sou Francisco, sou nordestino e moro no Ceará, posso afirmar que a ONU está corretíssima, porque hoje em dia desafio qual quer um, onde existe pobre pedindo esmolas nas portas como antigamente. Isso é porque eles tem comida na mesa, não há necessidade de pedir esmolas pra comer, porque os programas sociais suprem a necessidade!!!! Não é esmola, é sim uma ajuda as famílias saírem da extrema pobreza, terem condições de trabalhar alimentados!!!!

  9. Gedeilson Freire Postado em 18/Sep/2014 às 22:33

    Quando não temos o que falar o melhor mesmo é ficar calado . A ONU destaca que 75% dos brasileiros deixaram de passar fome e você fala em outros cidadãos que não foram benificiados ? procura lembrar do teu próximo quando tua mesa estiver farta. pelo que estamos vendo você não sabe nada de governo e precisa ser mas humano

  10. Poliana Postado em 19/Sep/2014 às 11:20

    Naro.. seu post não merece resposta. Na boa, já perdi a paciência com você. Antes um governo que pense na população realmente necessitada e invista em projetos e politicas publicas voltadas pra ela, do que um governo das elites como foi num passado não tão distante. Se você quer ver isso, paciência. Não sei nem porque perco meu tempo respondendo a um admirador dos militares e de bolsonaro. Sua mascara caiu há tempos. Você n engana mais ninguém não.

  11. Erica Postado em 29/Sep/2014 às 21:09

    calma Naro, não se resolve 500 anos de exploração em 10, 12 anos, primeiro o mais urgente, que é tirar as pessoas da fome, ninguém ficou pior de vida depois que o PT entrou... daqui pra frente só vai melhorar... Vc. pode não ser fascista, violento e ignorante, mas eu conheço "trocentos" deles na internet, basta visitar os grandes portais e ver os comentários qdo se trata de qualquer assunto, bom ou ruim relacionado ao PT. Ideologia está em toda a política, não cabe ingenuidade aqui. A direita nunca se preocupou com segurança alimentar, ponto pra esquerda brasileira, que sempre pensou e usou isso norte pra começar as mudanças boas que ocorreram no país, mesmo que vc diga que elas não existem... os outros não estavam famintos, que esperem...