Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 24/Sep/2014 às 17:50
3
Comentários

Biografia de Marina não conta que ela passou fome

Ao contrário do discurso vinculado pela campanha de Marina em seu guia eleitoral em que ela conta ter passado fome, não há na biografia autorizada da ex-senadora nenhuma referência sobre esse episódio

O discurso em que Marina Silva conta ter passado fome, durante um comício no Ceará, de tão emocionado virou programa eleitoral do PSB. Emocionante, mostra pausas na fala da candidata, que é interrompida pelas lágrimas. Ela conta que, em uma refeição com sua família de oito irmãos, os pais ofereceram apenas “ovo e um pouco de farinha e sal”. E deixaram de comer para dar aos filhos.

Em seguida, ela diz que uma pessoa que passa fome não acaba com o Bolsa Família. E rebate críticas da presidente Dilma, que teria insinuado tal coisa. Em um texto publicado no Diário do Centro do Mundo, o jornalista Kiko Nogueira resgata a biografia da ex-senadora de 2010, que acaba de ser relançada, e ressalta que das dez vezes que o livro cita a palavra “fome”, em nenhum momento se refere ao que ela disse no Ceará.

“Não se coloca em dúvida que Marina enfrentou enormes atribulações e é dona, sim, de uma trajetória notável. A ex-seringueira acreana adquiriu malária cinco vezes, alfabetizou-se aos 16, chegou a senadora e ministra e concorre à presidência. Uma vencedora. Mas a cartada da fome é típica de um populismo que, esperava-se, passaria longe da ‘nova política’. Quando ditou suas memórias, aquele sábado dramático, portinariano, não mereceu qualquer evocação. Hoje, talvez por insistência dos marqueteiros, a cena virou o filme”, escreve Kiko Nogueira.

Vídeo do discurso de Marina:

247

Recomendados para você

Comentários

  1. Poliana Postado em 24/Sep/2014 às 22:26

    Mais uma farsa dessa louca oportunista! Quanto draminha! Dramalhão mexicano essa farsa montada por ela e pelos marketeiros de sua campanha! Mulherzinha desprezível! Nojoooo!!!

  2. Deisi Postado em 25/Sep/2014 às 07:09

    Na Beata das trevas tudo é falso, ela tem duas caras e duas histórias, uma real outra para coxinha ver.

    • Well Postado em 26/Sep/2014 às 22:50

      Eleitor brasileiro: vota na pessoa; não nos projetos dela.