Redação Pragmatismo
Compartilhar
Palestina 03/Aug/2014 às 01:13
24
Comentários

Venezuela vai acolher crianças palestinas feridas e órfãs

Maduro anuncia que Venezuela criará “casa de abrigo” para acolher crianças palestinas feridas e órfãs, e levantou a possibilidade de que elas possam ser adotadas por cidadãos venezuelanos

maduro venezuela crianças palestinas israel
Uma menina palestina, de apenas quatro anos, se recupera no hospital após ser ferida em um ataque israelense que matou a sua mãe e outras duas pessoas da família (Foto: Mohammed Salem/Reuters)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta quinta-feira que seu país criará uma “casa de abrigo” para acolher crianças palestinas feridas e órfãs, e levantou ainda a possibilidade de que elas possam ser adotadas por cidadãos venezuelanos.

Maduro destacou que está propondo à Aliança Bolivariana para os Povos da América (Alba), mecanismo de integração regional impulsionado por Caracas, a criação deste tipo de casas, que na Venezuela levarão o nome do falecido presidente Hugo Chávez.

VEJA TAMBÉM: “Israel é um estado terrorista”, diz Bolívia

“Já decidi criar uma casa de abrigo com o nome de Hugo Chávez para trazer meninos e meninas feridos na guerra e aqueles meninos e meninas que ficaram sem seus pais, sem suas mães”, declarou Maduro durante um ato do governista Partido Socialista Unido (PSUV).

“Vamos trazê-los à Venezuela e vamos acolhê-los com o amor; e, com o acordo com o Estado palestino, alguns destes meninos e meninas poderão ter pais e mães venezuelanos e venezuelanas”, acrescentou.

Maduro, um ferrenho defensor da causa da Palestina, com a qual mantém relações bilaterais no mais alto nível, reiterou hoje sua condenação à ação militar de Israel em Gaza e insistiu que se trata de uma “guerra de extermínio”.

“Israel, reconhecido pela ONU, é uma potência ocupante que vem desalojando os palestinos de seu território histórico e antecipou uma guerra de extermínio para despejar Gaza e apoderar-se da Faixa”, considerou.

O presidente venezuelano reiterou suas acusações à “elite de Israel” por realizar uma “guerra racista baseada em uma suposta superioridade de caráter religioso”.

“Ratifico um chamado humanista ao povo judeu que vive em nossas terras, na Venezuela, que vive no mundo inteiro, ao povo judeu que vive em Israel para que parem o massacre, parem o extermínio”, pediu, após convocar para sábado a uma marcha em todo o país para apoiar à Palestina.

com Exame

Recomendados para você

Comentários

  1. Souza Postado em 03/Aug/2014 às 09:24

    Venezuela. Um país nada democrático querendo ser exemplo para o mundo. Faço é rir.

    • Rogério Postado em 03/Aug/2014 às 10:29

      Discordo. A meu ver a Venezuela se mostra mais uma vez a frente dos outros países na questão palestina. Chavez soube escolher seu sucessor.

      • Thiago Silva Postado em 03/Aug/2014 às 14:26

        Boa Rogério.

      • Souza Postado em 04/Aug/2014 às 01:46

        Kkk cara que foda. Desculpa mas o único Chavez relevante pra mim é o que passa na tv há trinta anos e como não rir desse Maduro que quer ser ditador. Tá bom viu daqui a pouco esse povinho vai trocar suas viagens da Disney, Paris, Londres, Lisboa, Roma, Tóquio e afins para irem para Caracas, Teerã, Nova Delhi, Piongyang, Pequim e afins. D.U.V.I.D.E.O.D.Ó.

    • Eduardo Benatti Postado em 03/Aug/2014 às 15:56

      Ha, o Maduro? O sucessor do cara que conseguiu afundar um país que literalmente bóia em petróleo? Seria cômico se não fosse trágico.

  2. Souza Postado em 03/Aug/2014 às 09:29

    Daqui a pouco vem o Brasil querendo fazer o mesmo. Esquecem dos mendigos que vivem na pátria amada. Mas tudo bem, não discordo de adotar crianças palestinas, mas será que o Hamas vai aceitar? Os terroristas têm coração? Vamos ver até onde isso vai dar.

  3. Thiago Teixeira Postado em 03/Aug/2014 às 11:55

    Dilma, pode entrar no programa junto a Venezuela. Eu sou voluntário a adotar uma criança órfã. Fique tranquilo Souza, não se incomode com isso, há pessoas nesse mundo que se importam com o próximo. Corra, que seus colegas estão te esperando na balada Vip.

    • Souza Postado em 03/Aug/2014 às 12:23

      Já disse que não sou contra. Agora que países subdesenvolvidos com altos problemas de desigualdades e gente morrendo de fome. Meu irmão é aos montes. Mas fique tranquilo que nem pra balada vip eu vou, só quis deixar minha opinião. Quer ser politicamente correto, ok, acabe com a desigualdade e miséria dentro da nação.

      • RONALDO SOARES Postado em 03/Aug/2014 às 18:11

        correto souza ..

      • Silva Postado em 03/Aug/2014 às 18:56

        Não só falra um pouquinho de humanidade a você, um pouquinho de compaixão, talvez um coração que não tenha como unica função mante-lo vivo.É ser politicamente correto é ruim, enquanto não acabar com a miséria dentro do país, deixa crianças morrerem sem pai nem mãe, certinho! opinião de reaça, não poderia ser diferente. Eu também adotaria uma criança, alias tem muitas pessoas na fila de adoção no Brasil, seria uma boa, seguir o exemplo da Venezuela.

      • Deisi Postado em 03/Aug/2014 às 19:04

        Não precisa explicar, tu e desumano mesmo. Isso é solidariedade, minha vó dizia, um prato de comida a mais não faz diferença, fico muito preocupada, com um rumo que a humanidade está tomando, uma tremenda falta de amor, compaixão, se colocar um momento sequer no lugar do outro, eu estou passando por um momento difícil, fica muito claro isso pra mim.

    • Rejane Cerveira Martinez Postado em 06/Aug/2014 às 14:00

      Eu também adotaria uma criança palestina e seria muito amada!!!!

  4. Souza Postado em 03/Aug/2014 às 12:39

    Eu não tomo partido político nenhum, só comento o que eu acho e dou minha opinião. E a minha opinião é que o que Israel faz não é certo, mas será que se o país não tivesse tecnologia antimísseis as opiniões seriam diferentes? Acordem o Hamas é um grupo terrorista como a Al-qaeda e o Hezbollah, colocam pessoas como escudos humanos. Às vezes penso que tem gente que fica do lado dos terroristas. Outra coisa, se eu tivesse condição adotaria uma criança palestina também, mas minhas circunstâncias pessoas não permitem isso. Só que não encaro irrelevante o fato da Venezuela, com a política opressora que mete a porrada em quem ser contra o governo, querer dar uma de santinho. Agora me pergunto, se fosse para vocês viajarem nesse mundo afora. Qual dessas cidades viajariam? Teerã ou Tel Aviv? Só pode essas. Ah já sei a resposta...

  5. Esperança Postado em 03/Aug/2014 às 18:51

    Acho que o problema vai além da política. independente de serem crianças palestinas, brasileiras.. se "resolver" o problema de pelo menos uma, pelo menos já ajudou uma. O mal do ser humano é pensar "resolvo o problema embaixo do meu teto, depois ajudo o outro". Acho que esse mundo só vai ter jeito quando deixar de ter fronteiras para ajudar ao próximo e as pessoas enxergarem todos apenas como ser humano e não americano, africano, asiático..

  6. Franco Postado em 03/Aug/2014 às 19:19

    É apenas considerado o país mais violento do mundo huauhauhauh, que moral a Venezuela tem meu deus. Convenhamos são bons em manipular a mídia internacional, isso a esquerda é mestre sempre foram, sempre se passaram como salvadores, são os maiores sem caráter.

  7. Souza Postado em 03/Aug/2014 às 20:49

    Kkkkkk eu faço é rir com os comentários um mais retaliatórios do que outros. E sim eu tenho coração, pq se eu não tivesse um não estaria escrevendo aqui, compaixão e amor eu tenho também. Não estou dizendo que sou contra a adoção, apenas percebo que países hipócritas não olham para os seus PRIMEIRO. #simplórios

    • Marcel Postado em 04/Aug/2014 às 00:31

      Crianças que falam árabe, só buscar O Maduro é o Cara, cara de pau. Demagogia pura. O Egito desce a lenha no Hamas, cria da Irmandade Muçulmana. Ninguém diz nada. Cada uma.

      • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 14:12

        E têm uns que querem que o Egito abra a fronteira com gaza para os palestinos se refugiarem. heheheh

  8. tatiana Postado em 03/Aug/2014 às 22:46

    A Venezuela tem seus problemas como todo País tem , mas mostra humanidade e solidariedade nesse cenario de horror . É política? Sim! É marketing? Pode ser! Mas se isso puder mudar o futuro dessas criaturas violentadas em sua humanidade , entao eu apóio! E se o Brasil tomar atitude semelhante vou aderir! Vivemos no MUNDO , estamos todos interligados , temos obrigaçao moral de ajudar a quantos pudermos!

  9. Celio Bernstein Postado em 04/Aug/2014 às 11:43

    Parabéns pela atitude de Maduro, não vejo motivos para ser contrário à Venezuela neste caso. Esta atitude da Venezuela se chama solidariedade, uma ação que é desconhecida por algumas pessoas que enchem próprios peitos e se julgam "cristãos gente de bem e pagadores de impostos".

  10. Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 14:11

    O ditador comunista maduro poderia fazer o contrário também : Pegar pais palestinos que perderam seus filhos e doar para as crianças venezuelanas que tiveram seus pais mortos por serem contra o governo chavista bolivariano.

    • Thiago Teixeira Postado em 04/Aug/2014 às 18:52

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Sabrina Postado em 05/Aug/2014 às 19:58

      Queria saber quanto o Pentágono para pro Pereira. Cara chato. Arruma um site que dialogue com o que você acredita.

  11. Aristóteles Postado em 05/Aug/2014 às 17:57

    Gente(?) como esse Souza, esse Pereira e outros mal informados, nos faz é sentir asco. Vocês não se enxergam?