Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 26/Aug/2014 às 11:18
22
Comentários

Primeiro debate entre presidenciáveis será hoje. Conheça as regras

Primeiro debate entre os presidenciáveis em 2014 terá a participação de 7 dos 11 candidatos. Conheça as regras a seguir

debate band eleições 2014
Debate na Band será o primeiro entre os presidenciáveis em 2014 (divulgação)

A Rede Bandeirantes promove nesta terça-feira (26), às 22h, o primeiro debate entre os candidatos à Presidência. Participarão das discussões sete dos 11 presidenciáveis. O programa, dividido em seis blocos, será conduzido pelo jornalista Ricardo Boechat.

Estarão presentes nos estúdios da Band, no Morumbi, em São Paulo: Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB), Aécio Neves (PSDB), Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (Psol), Eduardo Jorge (PV) e Levy Fidelix (PRTB).

Pragmatismo Político vai acompanhar o debate em tempo real através do Twitter (@pragmatismo_) e do Facebook.

Veja abaixo as regras definidas para o debate após encontros com os representantes dos candidatos, segundo a própria Band:

Primeiro bloco

Candidatos respondem à mesma pergunta (sempre por ordem de sorteio) extraída de sugestões feitas pelos leitores do jornal Metro.

Cada um terá um total de 3 (três) minutos, parte dos quais será usado nas considerações finais, a critério dos próprios candidatos. Aqui, quem quiser pode usar todo o tempo no primeiro bloco, ou deixar parte desse tempo para o final.

LEIA TAMBÉM: Uma comparação entre as entrevistas de Campos, Aécio e Dilma no Jornal Nacional

Encerra-se o primeiro bloco.

Ficou acertado com os comandos de campanhas, na véspera do debate, que os candidatos terão 1 minuto e 30 segundos para a resposta. O tempo restante (1min30s) será utilizado nas considerações finais.

Segundo bloco

Cada candidato pergunta uma vez, por ordem de sorteio, escolhendo o candidato que vai responder. Cada candidato pode ser perguntado até duas vezes.
Pergunta: 30 segundos
Resposta: 2 minutos
Réplica: 45 segundos
Tréplica: 45 segundos

Terceiro bloco

Jornalistas do Grupo Bandeirantes fazem perguntas aos candidatos. Todos os candidatos serão perguntados. O jornalista pergunta e escolhe outro candidato para replicar a resposta. Cada candidato pode ser escolhido para replicar até 2 vezes. O perguntado treplica.

São três jornalistas – representando TV, rádio e mídia impressa do grupo.
Pergunta: 30 segundos
Resposta: 2 minutos
Réplica: 45 segundos
Tréplica: 45 segundos

Quarto Bloco

Candidato pergunta para candidato. Cada candidato poder ser perguntado até 2 (duas) vezes.

Quinto Bloco

Voltam os jornalistas

Sexto bloco

A última participação de cada candidato. Eles usarão o tempo que restou dos 3 minutos do primeiro bloco.

Congresso em Foco

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 26/Aug/2014 às 11:22

    Aécio será surrado pelas duas titias. Coitado.

    • Gustavo Postado em 26/Aug/2014 às 11:26

      Quando transformam a Política em time de futebol ai percebo que a situação está triste...

    • Allan Postado em 27/Aug/2014 às 07:04

      Aécio foi o que mandou melhor,

  2. Guilhermo Postado em 26/Aug/2014 às 11:49

    Vou assistir. Fiquei surpreso ao saber que são 11 candidatos! Claro que desses 11, só 3 têm chance.

    • Elcio Postado em 26/Aug/2014 às 12:41

      Exatamente. Só 3 candidatos possuem grandes financiadores que puxam as "cordinhas da democracia".

  3. André Postado em 26/Aug/2014 às 11:49

    Debate é a maior farsa. Candidato fala o que quer. Não responde o que perguntam. Habilidade retórica e capacidade de governar são coisas totalmente distintas. Basta lembrar que Maluf é um dos melhores debatedores da política brasileira.

    • João Batista Postado em 26/Aug/2014 às 13:24

      Sim, concordo, e a habilidade com as palavras é um dos requisitos do bom político, mas, isso não é tudo: o eleitor precisa ter capacidade para distinguir e perceber quando um candidato só é bom pra falar, mas suas ações e intenções o contradizem...

  4. mauricio augusto martins Postado em 26/Aug/2014 às 12:14

    "Perguntas de Leitores do Jornal Metro", da Carta Capital, nem pensar né? talvez do Pragmatismo Político, na boa, gostaria de assistir um Debate de Ideias entre JORNALISTAS Blogueiros e repórteres pig, mas a pergunta patente a oposição é a mesma do Chapeuzinho Vermelho e do Gepeto: "Porquê este Nariz tão Grande?"...maumau

  5. Jonas Schlesinger Postado em 26/Aug/2014 às 12:53

    A Band(ida) tá um pouquinho melhor que a Grobo. Porque as entrevistas foram uma merda, pelo menos no debate veremos quem eles realmente são. E quero ver alguém perguntar ao pastor Everaldo sobre o público gay kkk vai ser hilário.

  6. poliana Postado em 26/Aug/2014 às 14:22

    muitos candidatos participando pode tumultuar o debate...acho q n vai ser legal. de qq forma, com base no heg de hj, tô muito curiosa pra saber se no debate da globo, caso a luciana genro participe (CREIO Q NÃO!), se ela falará abertamente mal da globo como o fez hj no! cara, o psol precisa mudar a sua postura, ou nunca deixará de ser um nanico!!! mas acho q no dbate da globo só participarão a dilma, o aécio, a marina, e estourado, o pastor everaldo, não é gente? ou tô errada? 7 participantes tá muito!!!!

  7. Thiago Postado em 26/Aug/2014 às 15:36

    É um saco essa quantidade absurda de participantes. Acaba diluindo o debate, e sobrando pouco espaço para as discussões. O ideal é que fossem os três que têm chance : Marina, Aécio e Dilma.

    • Victor Cardoso Postado em 26/Aug/2014 às 18:23

      Esse tipo de pensamento é a desgraça do Brasil, completamente antidemocrático. Candidatos com propostas corajosas, como o Eduardo Jorge do PV, por exemplo, precisam desse espaço para se mostrarem ao grande público. Ficando nesse tricotomia, dificilmente a gente vai ver algo novo surgir.

  8. Dinio Postado em 26/Aug/2014 às 16:12

    Conheço bem a Luciana Genro, só quer seu segundos de fama, para a próxima eleição à prefeitos. No PT, quando do evento do "mentirão" igual à Heloisa Helena, foram as primeiras a abandonar o partido que as acolheu e no qual fizeram seu nome. Elas são as "boas" ...o PT não. Agora a Heloisa se associou ao PSDB no Nordeste...bonito não!! Esta é igual a "Nova Política" da Falsa Fada e do Beto Bagre ...enquanto o PT corta na carne...eles juntam as "carnes!"

    • André Postado em 26/Aug/2014 às 16:24

      Conhece bem? Tem certeza? O "único" problema do seu comentário é que ele não corresponde aos fatos. A Luciana Genro foi expulsa do PT em 2003, antes do episódio do mensalão, que é de 2006.

  9. Fátima Romeu de Oliveira Postado em 26/Aug/2014 às 18:40

    Senhor Pré-candidato;Aécio Neves. O senhor disse que caso seja eleito fará uma varredura nos ministérios.Essa redução acarretará também desemprego as pessoas que já estão estabilizadas nos seus cargos em cada departamento.Pergunta.: Serão demitidos, alojados em outros departamentos.Pois se, reduzindo os ministérios os funcionários estão incluídos,reduzindo assim a folha de pagamentos e os tributos. E, essa sua manobra ou têm outra forma de manter todos os funcionários com tal redução colocá-los para fazer o que e a aonde. Não gerará outro Ministérios com nome fantasia igual as empresas que mudam sua razão social para infringir a burocracia e as leis da legislação trabalhistas.

  10. Genésio R. de castro Postado em 26/Aug/2014 às 19:59

    Até mesmo A Democracia no seu Estado de Direito é limitada portanto é preciso dá uma melhorada porque nem o artigo quinto está sendo respeitado, mas posso fazer uma pergunta a todos candidatos? pergunto: sendo candidato a presidente da republica e se o transporte que uso for emprestado por um empresário não é um corrupção antecipada?

  11. josé ricardo k. ziegler Postado em 26/Aug/2014 às 21:43

    Será que uma oposição incompetente, que não consegue evitar que o Brasil cometa erros, seria incompetente para administrar o Brasil??? não seria melhor deixar a DILMA presidente, e melhorar a oposição???

  12. Ingo Mario Thiem Postado em 26/Aug/2014 às 22:55

    Engraçado como todos falam em segurança pública com sua prioridade, e após as eleições esquecem as promessas, tanto que existem no congresso vários projetos para esta área, falam em equipar a segurança, mas em nenhum momento falam do operador de segurança, o Policial Civil ou Militar, não falam da melhoria das condições de trabalho, condições de trabalho não se trata apenas de equipamentos, mas também de salários e segurança para estes mesmos policiais que estão sendo dizimados aos milhares, sem que nada seja feito, os direitos humanos estão apenas do lado dos marginais e não ao lado das vítimas e suas famílias, ou será que o Policial não merece respeito e salário digno...

  13. Reginaldo Montenegro Postado em 26/Aug/2014 às 23:06

    Muito rico de informações as resposta da candidata marina , ao contrário do que sr A e cio Neves.comenta Muito expressiva sem ataques e com mais apresentação de propostas.

  14. Montenegro Postado em 26/Aug/2014 às 23:14

    Acho que o senhor Eduardo Jorge está querendo criar mais uma indústria, que é a legalização da droga. O que não entendo por se tratar de uma pessoa da saúde se não me engano, pode ter como proposta a título da vaga que disputa, algo tão sem coerência.

  15. Eduardo Postado em 27/Aug/2014 às 00:03

    Porque o eymael não está no debate?

  16. Rafael Postado em 27/Aug/2014 às 13:29

    Onde está o Eymael? Ele tinha que participar também!