Redação Pragmatismo
Compartilhar
Saúde 08/Aug/2014 às 11:20
33
Comentários

O vírus ebola pode chegar ao Brasil?

Com o avanço do ebola e a crescente preocupação mundial, infectologista brasileira fala sobre os riscos do vírus chegar ao Brasil e explica que medidas estão sendo tomadas para evitar a entrada da doença no país

A infectologista Otilia Lupi, da Fundação Oswaldo Cruz, falou sobre o ebola em entrevista concedida ao Repórter Brasil. As proporções do surto de ebola na África Ocidental têm chamado a atenção das autoridades e órgãos de saúde em todo o mundo. Segundo informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), o vírus já vitimou quase 1000 pessoas em Serra Leoa, Guiné, Líbéria e Nigéria. Com as constantes notícias sobre o avanço da doença, muitas pessoas têm ficado com dúvidas e preocupadas sobre o assunto.

A especialista explica que a doença pela primeira vez deixou de ser restrita às zonas rurais e chegou às áreas urbanas. “A gente está lidando com o imaginário das pessoas e o medo de uma doença que nos lembra da morte. De fato estamos lidando com um problema muito sério, mas estamos assistindo a cooperação internacional funcionando”, destacou. Otilia afirmou que não há casos de ebola no Brasil e que o risco existe, mas explica que medidas já foram tomadas para conter a entrada do vírus no Brasil.

VEJA TAMBÉM: Por que o Ebola é um dos vírus mais mortais do mundo?

Médicos da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio, dizem que nossa rede de prevenção e contenção de epidemias está entre as melhores do mundo. Lupi diz que “a gente tem uma estrutura que é capaz de vencer esse desafio”, e lembra mais uma vez: o vírus requer contato físico para se propagar – o contágio não acontece pelo ar.

Como isolar um paciente com Ebola

O Dr. Kent Brantly foi o primeiro paciente com ebola a chegar aos EUA. No último sábado, ele foi transferido para o Hospital da Universidade Emory, em Atlanta. Na terça-feira, a missionária Nancy Writebol – também infectada – foi levada ao país.

De acordo com o Wall Street Journal, a Universidade de Emory tem uma das quatro unidades de isolamento nos EUA especialmente equipadas para lidar com pacientes de alto risco. A unidade também é separada do restante do hospital, para minimizar o alastramento da doença.

Vale lembrar novamente que o ebola é transmitido através de fluidos corporais, e não pelo ar. Por isso, os funcionários de saúde não precisam usar trajes hazmat, aqueles feitos para proteger contra materiais perigosos. Eles devem, no entanto, usar um traje impermeável, máscara, óculos protetores e luvas. Após o uso, esse material é queimado.

A unidade de isolamento em Emory também previne que organismos patogênicos se espalhem pelo ar: ela usa pressão negativa para impedir que o vírus escape. O local já foi usado para tratar a SARS e, nos EUA, zero pessoas morreram por causa do vírus.

com Repórter Brasil e Gizmodo

Tags

Recomendados para você

Comentários

  1. J.C Souza Schlesinger Postado em 08/Aug/2014 às 12:09

    As chances do Brasil pegar são baixas. É só esse povo parar de viajar pra Africa. Simples.

    • Jonas Postado em 08/Aug/2014 às 17:30

      AMigo, faz um favor pra humanidade, se mate.

      • J.C Souza Schlesinger Postado em 08/Aug/2014 às 19:31

        Pô xará não posso fazer isso. Sou muito novo e útil.

    • caroli Postado em 09/Aug/2014 às 07:19

      tu não és útil e sim inútil pela sua frase !

  2. Leandro Postado em 08/Aug/2014 às 15:41

    Eles postaram sim, amigo, aqui: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/08/obama-vai-atacar-iraque-para-conter-califado-islamico.html

  3. J.C Souza Schlesinger Postado em 08/Aug/2014 às 15:52

    Ainda me pergunto por que 90% das doenças nascem na Africa. Às vezes penso que surge nas tribos porque eles comem porcarias de todo tipo como insetos, carne de animais como macacos e até leão. Um leão que morre de medo quando vê um grupo caçando com aquelas lanças parecidos com os antigos canibais. Aliás eu vi no Discovery um dia desses que eles não tomam banho e as donas se limpam com uma fumaça perfumada. Cara falta de higiene sem tamanho. Deve ser uma das contribuições das doenças nasceram lá. É pq nem nas cidades grandes as pessoas se salvam. Acho que só ha subúrbios mal estruturados e com precariedades infinitas vezes pior que o brasil. Ainda vêm me dizer que sou preconceituoso quando na verdade eu não tampo o sol com peneira. Se eu disse que os bebês nascem sabendo suborno foi para mostrar que neste continente quase todos os países são lanternas no índice de corrupção. É a realidade nua e crua duma terra esquecida pelos seus...e então ? É ou não é verdade? Flws.

    • Ju Bele Postado em 08/Aug/2014 às 17:33

      A realidade nua e crua é que você não sabe nada sobre a história do continente africano né? E nao adianta tapar o sol com a peneira não. Vai estudar mais antes de falar esse tipo de coisa. Boca fechada não entra mosquito.

    • Thiago Teixeira Postado em 08/Aug/2014 às 17:52

      Eu também fico me perguntando: "Porque babaca, cretino e preconceituoso tem sobrenome europeu?".

      • Gomes Postado em 08/Aug/2014 às 18:00

        Além de babaca e retardado, o idiota do J.C. ali acima afirma coisas no puro achismo e sem base concreta... É esse tipo de ignorância que reforça as coisas negativas que vemos no dia-a-dia.

    • Joaquim Postado em 08/Aug/2014 às 19:28

      Se não for um babaquinha cabeça de ameba e covarde escondido atrás de um fake, é uma anta mesmo. Com todo o respeito que as antas e as amebas merecem. Cada uma !

    • Saban Postado em 09/Aug/2014 às 03:30

      Até agora só li xingamentos e ninguém comentando o porque disso acontecer na África. É esse o preço que se paga nesse país de merda onde alguém faz uma simples pergunta. Como é mais fácil xingar e pagar de babaca da internet...

    • marco polo Postado em 09/Aug/2014 às 05:26

      It's made in a laboratory to depopulate the earth

    • J.C Souza Schlesinger Postado em 10/Aug/2014 às 16:46

      Ainda no mesmo documentário percebi que os habitantes da tribo eram isolados porque o cara que viajou pra lá não parava de ser tocado pelos habitantes. Foi igual um lance que eu vi de um homem loiro também ser tocado porque as crianças acharam diferente ele ser loiro. Nesse mesmo documentário isso comprova meu comentário aí de cima, pois muitas crianças estavam adoecendo por tuberculose e infecção. Então leva a crer que a falta de higiene dessa gente contribui sim para o surgimento de doenças. Primeiro que os animais são portadores de doenças e vivem próximos a eles, segundo que eles comem sem o mínimo de nojo carne desses animais.

  4. J.C Souza Schlesinger Postado em 08/Aug/2014 às 20:18

    Achismo ou não é a realidade. O que eu comentei é a minha opinião o meu conceito dos países africanos independente da minha cor e do meu nome. EU NÃO NASCI NA ÁFRICA PARA CONHECER DE PERTO SUAS TRADIÇÕES E CONTRADIÇÕES. Portanto não vejo o porquê de ser atacado por uma alcateia. Essa é minha visão a não ser que eu viaje pra lá para mudar.

    • caroli Postado em 09/Aug/2014 às 07:25

      Nem sabe se expressar, com certeza não estudou nada! será que foi a escola! kkkk.Rapaz, pode se matar,o mundo, humanos e natureza agradecem! E por favor, sem sujeira,para que as pessoas que são úteis no mundo não percam tempo limpando!

  5. alexandre Postado em 08/Aug/2014 às 21:23

    Bom pelo menos essa doença n se contamina pelo ar pq se fosse o mundo todo estaria ferrado e so deixar os pacientes com ebola totalmente isolados pq eles podem ser a salvaçao da cura so basta os cientistas estudarem a doença.

  6. J.C Souza Schlesinger Postado em 08/Aug/2014 às 23:16

    Quem se sentiu ofendido com o meu comentário então me desculpe. Acontece que sou muito incisivo nas minhas opiniões e nos meus comentários. Entretanto não mudo a minha opinião referente a Africa. Eu ainda acho que certas coisas contribuem para o surgimento dessas doenças. E quanto a ser preconceituoso eu não quis ser, não era minha intenção para com esse povo. Agora aposto que se fosse alguém negro falando isso que eu disse no meu segundo comentário aposto que não me atacariam assim. Fazer o que.

    • [email protected] Postado em 09/Aug/2014 às 00:47

      Certo e verdade jc sou branco tenho amizades negras e me considero negro porem claro que eles sao assim msm acostumado sao povos que nao tem estudo nao tem o que comer ate por causa da situacao precaria do continente entao eles seguem no mesmo que seus antepassados e claro com isso eles acabam se contaminando com doencas etc porem nao devemos culpalos por isso se nao comer passa fome o governo la e que tem a culpa.

    • Thiago Teixeira Postado em 09/Aug/2014 às 07:42

      Já esteve na África? Eu já. Cabo Verde, Senegal e África do Sul. Estive também na Europa, e digo que cada país tem suas virtudes e peculiaridades, e todos devem ser respeitados. Esse mundo é cheio de ódio, preconceito e guerras graças a esse "achismo".

    • Cinthya Ficher Postado em 09/Aug/2014 às 10:14

      Realmente o J.C. não está errado em dizer que muitas doenças têm origem na África. Quem não sabe que a falta de saneamento básico não desenvolve doenças? Falta de higiene também desenvolve doenças, mas as pessoas tem uma cultura e não tem noção de que aquilo faz mal a elas. Um dos principais vilões das doenças ocorrerem na África foram e são experimentos de medicamentos dos EUA, senão de outros países da Europa. As pessoas africanas foram e são cobaias. A pobreza é tamanha em certas partes da Africa que R$1,00 é uma fortuna e as pessoas precisam de comer. O que estou falando é relatado em fatos reais e registrados em filmes produzidos pelos EUA. A indústria farmacêutica deu uma queda em seus investimentos para descobrimento de novos medicamentos. Por quê? Primeiro porque há internet e as informações se propagam mais rápido que um vírus, assim, se alguém de fora descobre uma "tribo" passando por isso e é contra, a informação seria repassada para o mundo rapidamente. Então está mais difícil usar os cobaias, mas não deixaram de fazer viu! 2.º) Descobrir curas não é o interessante para a industria farmacêutica, mas a manutenção dessas doenças! O que falo aqui já não é mais novidade. Junta a falta de saneamento e cultura do local que propicia que a doença "X" criada em laboratório e suas mutações... Por isso a África é o ponto chave, infelizmente, dessas doenças! A grande vilã de várias doenças na África foi e será a Indústria Farmacêutica. Mesmo que ela pare com seus experimentos, as mutações ocorrerão e doenças novas irão surgir na África. O que se pode fazer é a humanidade se unir e: 1.º) fazer saneamento básico em todo o continente Africano; 2.º) mudanças de hábitos, um trabalho de conscientização; 3.º) ajuda financeira às pessoas de lá para não se venderem mais; e 4.º) sistema de saúde de primeiro mundo, com áreas de isolamento de alto nível para casos de podem se tornar epidemia. Eu vejo os africanos, no seu geral, pessoas doces, sem maldade no coração. Há os que aproveitaram disso, líderes deles mesmos que cultivam que o que estava ocorrendo era bom por causa de dinheiro e o povo acreditou! A África é uma vítima e não a culpada das doenças J.C.

    • Nao importa Postado em 10/Aug/2014 às 00:09

      Vc nao e so incisivo nao, voce e burro mesmo

  7. Gustav Franz Wagner Postado em 09/Aug/2014 às 00:41

    Estamos nos esquecendo, que a MÃE TERRA (GAIA) de tempos em tempos faz uma limpeza natural daquilo que está sobrando na face do planeta.No caso em questão, nós humanos.Temos como exemplo, históricos de doenças infectocontagiosas como a gripe espanhola, peste negra entre outras, que dizimaram populações inteiras em um curto espaço de tempo.Pode ser que estamos vivenciando o começo e uma reengenharia da natureza, para se livrar de uma inconveniente super população, que GAIA não poderá sustentar a curto prazo.

    • What the fff Postado em 11/Aug/2014 às 21:51

      WTF??? Quem falou isso foi o Edir Macedo?? Reengenharia da natureza? Sabia que o homem inventou a engenharia? E a natureza segue um fluxo livre? sem superstição, Gustav. Não procure um ser imaginário para justificar o mercado farmacêutico. Informe-se para entender que a existência de doenças é o interesse de alguns, não de uma GAIA, Zeus ou mesmo Deus

  8. J.C Souza Schlesinger Postado em 09/Aug/2014 às 10:44

    Cara não é achismo, é certeza ou você esqueceu de onde veio a aids? Ou em qual continente ela mais faz vítimas? Eu disse "eu acho" porque tenho uma certa noção. Como eu tinha certa noção da Europa e viajei pra lá também pra confirmar o que eu já esperava de lá.

    • José Postado em 13/Aug/2014 às 18:09

      A, é? E tu já viajaste ao Maranhão para dizer que o pessoal daqui pode acreditar piamente em Saci Pererê? Isso é puro achismo, ou tu vais me indicar o fundamento?

  9. J.C Souza Schlesinger Postado em 09/Aug/2014 às 11:20

    O que acontece é que eu já disse que sou incisivo nas minhas opiniões talvez não empregando muitos eufemismos na hora de me expressar. Acontece que é este o meu conceito sobre a Africa (talvez não todos os países) em relação as doenças.

    • Felipe Postado em 11/Aug/2014 às 13:57

      Talvez a doença que o Brasil repassa para todo o mundo, são pessoas assim como tu: generalistas e cheias de preconceitos enraizados.

  10. jhessica Postado em 09/Aug/2014 às 23:57

    Na verdade tudo que acontece e culpa do ser humano, entao de vez agente procura um cupado vamos procurar ajudar que precisar, Pode ate ser desse jeito que vc falou ,J.C SOUZA mas vamos ve que esse pais e um dos mas pobre que maioria so critica nao estou falando de vc mas si em geral entao vamos luta para melhora mas nao pra acharo culpado boa noite brasil...

  11. Karla Postado em 10/Aug/2014 às 10:33

    Incisivo e preconceituoso. Se em alguns lugares da África os costumes e as necessidades são diferentes do resto do mundo, isso não que dizer que eles proliferam doenças. Eles precisam sim, de ajuda e muita solidariedade, principalmente num momento como esse. Se não vai ajudar, ao menos fique com seus comentários " incisivos", apenas com você mesmo, pois já será uma colaboração.

  12. ÍCARO Postado em 10/Aug/2014 às 16:25

    H1N1 VEIO DO MEXICO.....

  13. myka-Chan Postado em 11/Aug/2014 às 10:08

    Preocupação deste vírus chegar ao Brasil......

  14. J.C Souza Schlesinger Postado em 11/Aug/2014 às 23:08

    Quando eu fiz o comentário ali em cima (acho que o terceiro de cima pra baixo) nunca pensei que seria tão retaliado desse jeito. Teve gente que me chamaram de preconceituoso e mimimi, defendendo os costumes dos povos e mimimi. Quero ver vcs irem pra lá comer carne de lagarto, ou uma massinha parecida com argila, ficar duas semanas sem tomar banho e etc. Admirar a cultura primitiva africana daqui é mole! Seus chatos!

    • José Postado em 13/Aug/2014 às 18:15

      "Gente que me 'chamaram'"... Eta português bom! Não sabe escrever e ainda fala que os maranhenses acreditam em Saci Pererê. Precisas ler mais. A informação fundamentada é ótimo remédio contra preconceitos!