Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 08/Aug/2014 às 10:37
10
Comentários

Noblat cobra de Aécio e Campos para que Dilma não vença no 1º turno

Colunista de O Globo, Ricardo Noblat prevê vitória de Dilma no 1º turno em razão dos erros e da apatia dos seus principais adversários

noblat dilma aécio campos eleições 2014
Noblat atribui possibilidade de vitória de Dilma no 1º turno aos erros da oposição (Imagem: Pragmatismo Político)

Para o colunista Ricardo Noblat, a presidente Dilma Rousseff deve ganhar mesmo no 1° turno porque faltou na disputa deste ano “uma oposição capaz de corresponder ao majoritário desejo de mudança dos brasileiros”. Leia:

Deste jeito, Dilma poderá ganhar no 1º turno

Ricardo Noblat

A um ano da eleição presidencial de 2002, em conversa com um grupo de empresários paulistas, José Dirceu, coordenador da quarta campanha consecutiva de Lula a presidente da República, comentou:

– A eleição está liquidada. Lula ganhará – só não sabemos ainda se no primeiro ou segundo turno. Começamos a discussão interna sobre com quem governaremos.

O comentário de Dirceu foi mais ou menos repetido na semana passada por um estrelado membro da campanha de Dilma Rousseff à reeleição. Faltou apenas dizer que a candidata já se preocupa com quem governará.

Faz sentido?

Faz, sim. A não ser que ocorra um poderoso imprevisto. Do tipo: a filha de Dilma guarda a chave do aeroporto de Porto Alegre.

O caso do aeroporto mineiro de Cláudio, construído em terras da família de Aécio Neves, atrapalhou o desempenho do candidato do PSDB a presidente durante o mês de julho. Até hoje ele ainda se explica por que como governador de Minas Gerais gastou R$ 13 milhões para asfaltar a pista do aeroporto.

Descobriu-se que ele investiu dinheiro público em outro aeroporto – o de Montezuma, a pequena distância de uma fazenda sua.

Eduardo Campos, candidato do PSB à vaga de Dilma, atravessou julho desnorteado a prometer o que poderá ou não fazer caso se eleja. Enfrenta o dilema hamletiano de ser ou de não ser uma pálida sombra do que foi Marina Silva na eleição de 2010.

Dilma chegou ao início de agosto próxima do confortável teto de 45% das intenções de voto. Voltou à situação de quem poderá liquidar a eleição no primeiro turno. Ou de passar para o segundo precisando de poucos votos a mais para se reeleger.

Agosto marca o início do período de 45 dias de propaganda eleitoral no rádio e na televisão. Devido ao grande número de partidos que a apoiam, Dilma contará com mais do dobro do tempo de propaganda de Aécio e com o mais do triplo do tempo de propaganda de Eduardo. É uma vantagem e tanto (confira o tempo de cada candidato aqui).

A eleição presidencial deste ano é candidata à passar à História como aquela onde faltou uma oposição capaz de corresponder ao majoritário desejo de mudança dos brasileiros.

Se só tem tu, vai tu mesmo, Dilma!

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 08/Aug/2014 às 10:45

    Muito pelo contrário Noblat, a oposição tem que cobrar de você. Foram mais de 1.280 dias de exemplares publicados ao longo do governo Dilma e ela ainda é líder? Pura incompetência sua. Trouxa.

    • Cássia Postado em 08/Aug/2014 às 11:54

      Líder por que não tem adversário, Thiago! Deixa disso.

  2. Jair Maia Postado em 08/Aug/2014 às 11:00

    Engraçado, o Noblat não cobra de Skaf e Padilha mais empenho para Alckmin não vencer no primeiro turno. Quer dizer que a Globo só torce pra ter segundo turno na corrida presidencial? Compreendo...

  3. pereira Postado em 08/Aug/2014 às 11:01

    Hamas viola o cessar fogo e manda 33 foguetes contra Israel 4 horas antes do prazo do cessar fogo encerrar. Israel ja tinha aceitado a prorrogação da trégua no egito.

    • Cândido Postado em 08/Aug/2014 às 11:33

      Boa, e as intenções de votos dão conta de chegar-se a 45%... Ou seja, o majoritário desejo de mudança dos brasleiros não é tão majoritário assim.

    • Dhoco Postado em 08/Aug/2014 às 12:07

      ta na matéria "serta", troféu joínha pra você.

    • Celio Bernstein Postado em 08/Aug/2014 às 13:03

      E o Quico?

  4. Augustinus Postado em 08/Aug/2014 às 12:45

    O povão mesmo, o que determina o resultado, já percebeu faz muito tempo que Aécio Neves e Eduardo Campos são apenas dois políticos que vão falar as mesmas coisas de sempre as que todos falam. São péssimos vendedores de sonhos, então o povão vai ficar com a realidade!

  5. Marcos Postado em 08/Aug/2014 às 14:39

    PSDB nunca mais !!!!!!!! Sou de BH e sei que este cheirador NÃO VALE NADA !

  6. Esdras Pereira Alves Neto Postado em 08/Aug/2014 às 22:07

    Eu já vi adversários cochinha, mas igual esses dois (Aécio; Eduardo) tá para nascer outros. Porrada neles Dilma para largarem de ser o que nunca foram. Políticos com propostas populares e ainda mais. Competentes.