Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 08/Aug/2014 às 12:21
146
Comentários

"Negros já saem com loiras e comem em restaurantes. Estão quase brancos"

A frase acima é do vereador Wilson B. Duarte da Silva (PMDB) e foi proferida durante discurso contra vagas reservadas aos negros no serviço público

vereador racismo rio grande do sul
Vereador Wilson B. Duarte da Silva (PMDB-RS)

Durante discussão na Câmara de Rio Grande (RS) de projeto acerca da reserva de 20% de vagas para pessoas autodeclaradas negras ou pardas a fim de ingressarem no serviço público municipal, o vereador Wilson B. Duarte da Silva (PMDB) constrangeu boa parte do público presente. De acordo com o parlamentar, “os negros querem se favorecer, isso que é racismo, afinal os negros já estão quase brancos, estão saindo com loira, polaca, estão comendo em restaurantes…”. Leia abaixo texto de Jailton de Freitas Neves, coordenador do Movimento Nacional Quilombo Raça e Classe, publicado no Jornal Agora:

“Na Sessão Plenária em que a pauta discutida na Câmara de Vereadores do Rio Grande/RS era o Projeto de Lei que dispõe sobre a reserva de 20% de vagas para autodeclarados negros e pardos para o ingresso no serviço público municipal. A Casa Legislativa estava amplamente ocupada por representantes de movimentos negros, coletivos, ONG’s, assim como cidadãs de diversos setores da sociedade riograndina, dentre as manifestações dos parlamentares, causou repúdio a todos presentes a fala do vereador Wilson B. Duarte da Silva (Kanelão), do PMDB.

VEJA TAMBÉM: Por que me tornei a favor das cotas para negros

O vereador Kanelão não se constrangeu em desqualificar a luta do Povo Negro entoando um discurso desrespeitoso àqueles que lutam por igualdade de oportunidades e contra toda forma de opressão: “Os negros querem se favorecer, isso que é racismo, afinal os negros já estão quase brancos, estão saindo com loira, polaca, estão comendo em restaurantes…”

Desprezando os índices estatísticos nacionais e a realidade de nossa periferia, assegurou que o povo negro não necessita de políticas públicas para inserção no mercado de trabalho, uma vez que já frequentam restaurantes, galgam posições e até casam-se com brancas (os). Para o Vereador, o alegado embranquecimento dos Negros da cidade do Rio Grande, respalda a posição contrária às ações afirmativas. Não é de espantar a posição do vereador Kanelão – como representante da burguesia – à defesa de seus interesses. Discurso de teor racista, que seguido de vaias, causou indignação a todos.

Dados divulgados pelo próprio governo demonstram que a mestiçagem racial não democratizou, de maneira alguma, as relações entre as “raças”. Isso simplesmente porque a riqueza do nosso País não foi “miscigenada”. Nos últimos dez anos dos governos do PT, os homicídios praticados contra jovens brancos diminuíram 33%, enquanto entre os jovens negros cresceu 23,4%. Os negros que representam 52% da população brasileira aparecem como 67% dos moradores das favelas. O número de 41.127 negros mortos, em 2012, e 14.928 brancos é um retrato cruel das diferenças raciais no Brasil e apenas apontam o estado emocional subjacente que vive cada pessoa e cada família negra brasileira.

Embora trabalhem tanto quanto os brancos, os negros recebem salários muito menores. Conforme a Síntese de Indicadores Sociais 2012, publicada pelo IBGE, enquanto um branco recebe em média 3,5 salários mínimos mensais, uma simples mudança no tom da pele derruba esse rendimento para 2,2 salários no Estado, o que representa uma diferença de 59%.

Como a dominação de classe, combinada à opressão racial, se manteve, o mito da democracia racial permanece até hoje como escudo ideológico dessa dominação/opressão. O Movimento Nacional Quilombo Raça e Classe repudia o discurso e atitude do vereador Kanelão e se coloca como alternativa na luta contra o racismo burguês e capitalista e na defesa dos trabalhadores (as) negros(as) do Rio Grande. Esta luta transcende as questões raciais, pois mostra ser uma luta de classe, que precisa ser combatida com todo vigor.”

247

Recomendados para você

Comentários

  1. Denisbaldo Postado em 08/Aug/2014 às 12:35

    Aceita que dói menos vereadorzinho de merda. Se tá achando ruim agora, espera mais um pouco então. Trouxa.

    • Pedro Postado em 08/Aug/2014 às 20:43

      Exato, só vai piorar pra racista. Não passarão!

    • Fernando Nolasco Postado em 10/Aug/2014 às 06:16

      Não bem assim vereador. Com certeza o Sr Deve ter sido votado por alguém de pele parda, Mas o mundo entende que o Sr. Não é e não sera um bom parlamentar quando faz aspeção...Biblicamente não é definida a cor da pele de Jesus....O Sr. Perdeu uma grande chence de ficar calado....E retornar pra seu convívio social sem esta heresia...Com esta declaração o ser humano sensato não voto no Sr....Não acredito que esta declaração é definida pelo um parlamentar que recebe salários altos pagos com impostos da população inclusive da pele parda....Eu acha com esta declaração o Sr. Deu alguns tiros nos pés, ou sua popularidade esta baixa DEUS. Não oculta nossos pecados

    • Luciano Nepomuceno JR. Postado em 25/Sep/2014 às 10:11

      Quando li o título e me deparei com a uf RS, já pude entender o nível da coisa. De vereadores eu espero de tudo, agora de vereadores do RS só poderia ser isso mesmo, chega a ser trágico.

      • Guilherme Postado em 28/Aug/2016 às 19:35

        Com um comentário desses, preconceituoso e generalizador, tu achas que pode falar alguma coisa. Há racistas aqui sim, e eu os desprezo tanto quanto tu, mas dobre a língua para falar do meu estado. Teu preconceito é diferente do dele, mas o nível é o mesmo. Otário.

  2. taciane Postado em 08/Aug/2014 às 12:59

    Meu deus que absurdo. Tenho dó desse tipo de cerebro

    • J'z Ald Postado em 08/Aug/2014 às 16:28

      que cérebro??

      • eu daqui Postado em 18/Aug/2014 às 14:18

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Sofia Postado em 30/Mar/2015 às 17:04

        Do tipo lesado, que só tem a massa cinzenta, mas sem as células que propiciam a capacidade de raciocínio.

  3. Rogerio Postado em 08/Aug/2014 às 13:38

    Estão comendo as loiras e polacas no restaurante? Onde crianças podem ver?

    • eu daqui Postado em 11/Aug/2014 às 13:42

      Se eu entrar num restaurante com um preto eu fico preta?

    • juliana Postado em 18/Sep/2014 às 01:05

      idiota machista

  4. eu daqui Postado em 08/Aug/2014 às 14:21

    os cotistas mais do que merecem seus proprios detratores.

    • Marcos Vinicius Postado em 08/Aug/2014 às 15:18

      Conte-nos mais sobre o rendimento escolar dos cotistas não serem inferiores aos dos não cotistas. Qual a dificuldade de entender as cotas?

    • José Ferreira Postado em 09/Aug/2014 às 10:12

      O rendimento escolar tecnicamente é igual, mas isso não considera outros fatores. Os cotistas em sua maioria não tem uma boa base (ensino público de qualidade) e vão para a universidade com dificuldades para assimilar o conteúdo, e acabam se juntando com não cotistas em trabalhos de grupo e são "carregados" pelos colegas com uma base melhor. A nota pode ser semelhante, mas o contexto é outro.

    • Irg Kiowa Postado em 09/Aug/2014 às 12:31

      Pelo amor de deus, José. Como se a regra na universidade fosse avaliar em grupos e notas individuais fossem a exceção. Isso não é nem desinformação, é mau caráter. Leia, http://goo.gl/pjomY. E vê se larga de ser mal informado e preconceituoso.

    • Edson Pereira Postado em 09/Aug/2014 às 20:08

      Ok Jose. Cade as fontes desse teu argumento? De que os cotistas são carregados pelos não cotistas? Esse papo parece tão racista, infundado e estúpido quanto o do vereador da matéria. E desde quando o que importa no ambiente da universidade é a bagagem levada para lá, e não a que será levada de lá? Enquanto o ambiente acadêmico brasileiro não for repensado de uma forma que não seja uma meritocracia simplesmente competitiva, as cotas provam-se cada vez mais necessárias e importantes.

    • Paulo Postado em 10/Aug/2014 às 00:14

      José Ferreira, seu comentário é o do típico conservador. Vou te dizer duas coisas: sou negro e estudei a vida toda em escola pública até me formar na UFMG, sem o sistema de cotas. Enquanto me graduava, alguns professores repetiam esse seu tipo de argumento raso, de senso comum e ridículo contra as cotas e contra o Reuni. Cara, tente entender o seguinte: muitos desses professores estavam, na verdade, querendo se livrar do trabalho de readequar e atualizar suas aulas (sim, pois grande parte deles usa o mesmo método, as mesmas provas, os mesmos exercícios até se aposentar); qualquer pessoa tem dificuldade em uma universidade federal, inclusive todos meus colegas que estudaram em escolas particulares se formaram depois de mim. Afirmavam, também, que o aluno oriundo da escola pública iria piorar o nível das federais. Falácia pura, pois eles mesmos não estavam nem um pouco interessados em melhorar o nível de suas próprias aulas. Como já disse, esse é o típico pensamento conservador, a manifestação do comportamento reacionário. Sou completamente a favor das cotas. É um grande avanço. Discordo completamente quando vc afirma que cotistas são intelectualmente "carregados" pelos não cotistas. Não fale besteiras, isso é absurdo. Baseado em quais estudos vc pode afirmar isso? Acho que o sistema educacional brasileiro deve ser alterado. Existe um projeto para que haja um plebiscito para a federalização do ensino básico no primeiro turno da eleições deste ano, vc sabia disso!? A federalização pode ser uma boa medida para acabar com as disparidades regionais. É a inversão da lógica: o governo federal investiria a maior parte "do bolo" no ensino básico e deixaria os maiores investimentos no ensino superior a cargo de estados e municípios. Investir na base é a chave da questão. E não se esqueça: a lei das cotas (Lei 12711) será revisada após decorrido o prazo de 10 anos de sua implementação, em 2022, ou seja ela é temporária e seu objetivo é fazer com que as universidades públicas reflitam melhor a sociedade à sua volta nesse espaço de tempo.

    • Maria Postado em 10/Aug/2014 às 01:21

      José Ferreira, você deve se atualizar. Os cotistas tem menor taxa de abandono do curso e e maior desempenho nas Universidades. E foi o que eu vi na UFMG.

    • eu daqui Postado em 11/Aug/2014 às 09:27

      A dificuldade aqui não é entender as cotas: isso é o mais fácil. Entender pq não se investe no ensino público também não é difícil: uma boa escola te obriga a fazer esforço para passar de ano. A dificuldade aqui é ver as cotas resolverem o problema ainda mais básico: a questão da autoimagem.

    • Romilda Raeder Postado em 30/Mar/2015 às 17:12

      Fico sempre impressionada de ver a capacidade que algumas pessoas têm de deixar tão evidentes sua falta de informação e sua disposição a não estudar. Poderiam ao menos se poupar o vexame de expor suas 'ideias' descabidas. Deixemos, porém, o tempo passar. Já, já, teremos tantos bons profissionais negros e mestiços (não, eu não tenho medo de usar essas palavras) que as evidências falarão por si mesmas e os racistas de plantão terão de enviar a viola no saco. Mas até lá, haja paciência para aturar tanta bobagem sob a forma de pretensas argumentações.

    • Pablo Postado em 05/May/2016 às 00:03

      Nao tem nome, covarde?

  5. J.C Souza Schlesinger Postado em 08/Aug/2014 às 14:31

    Esse vereador foi muito infeliz afinal racismo acontece sempre e com qualquer raça, branco, negro, pardo, amarelo etc. Mas da mesma forma que os negros em geral sofrem racismo, os brancos em geral são vistos como opressores. Não podem culpar quem tem pele clara por causa dos erros de alguns. Imaginem se a pessoa tem apenas ascendencia europeia que nem eu, mas claro que por causa do erro de poucos todos nós somos taxados de racista fdp com a suástica na testa. E quanto a esse vereador pensa que é albino ou europeu? Olha o sobrenome dele? Ele acha que não é pardo? Bem branquinho o bixim.

    • Santiago Postado em 09/Aug/2014 às 02:03

      Souza também é um sobrenome reconhecidamente europeu, assim como sua frase final é claramente desprovida de preconceitos, Meister Schlesinger.

    • LudoFinal Postado em 17/Oct/2014 às 07:20

      Raça humana é definida por sobrenome? Essa é boa! Ele é pardo porque ele é pardo e pronto! Marília Gabriela é branca e loira de olhos claros, mas não é caucasiana. Ah! Saiba que albino não é raça. Existe negros existem muitos negros albinos, apesar da maioria ser morta nas mãos de negros negros africanos.

    • Jackson LP Postado em 27/May/2015 às 10:39

      Racismo é muito maior com negros.

  6. Thiago Postado em 08/Aug/2014 às 15:24

    Racismo é a teoria que afirma a superioridade ou diferença de certas raças humanas sobre as demais. Em outras palavras, a cota é algo racista, pois prega que os negros não tem a mesma capacidade dos brancos.... Na boa... Eu concordo que o vereador foi infeliz no comentário, mas concordo que não tem que existir cotas, nem reservas, nem nada, TODOS SOMOS IGUAIS.

    • Lúcia Postado em 08/Aug/2014 às 19:06

      Seremos todos iguais no dia que todos tivermos iguais oportunidades.

      • eu daqui Postado em 12/Aug/2014 às 12:07

        Nunca seremos iguais mesmo quando esse dia chegar. Quem viver verá.

      • LudoFinal Postado em 17/Oct/2014 às 07:01

        Seremos todos iguais se formos todos clones de um único ser imutável.

    • Alienígena Postado em 08/Aug/2014 às 22:24

      Sim, todos somos iguais NA CONSTITUIÇÃO. Na realidade, você sabe... O Estado tem de ZELAR para que a Igualdade de fato seja estabelecida. Ações afirmativas como as cotas são uma opção paliativa para apaziguar a desigualdade. Com certeza, um bom ensino básico seria o melhor lugar para investimentos maciços , mas mesmo que este seja tomado agora, concomitantemente teríamos as cotas como solução emergencial, já que também devemos pensar a curto prazo (Estudantes que se não usufruírem de boa educação , certamente estarão perdidos no mundo)

    • Maria Postado em 10/Aug/2014 às 01:40

      A cota não prega que o negro não tem a mesma capacidade que o branco. Ela existe porque o negro não tem as mesmas oportunidades que o branco.

      • eu daqui Postado em 12/Aug/2014 às 12:08

        E as cotas somente perpetuam a desigualdade de oportunidades quando não democratizam essas oportunidades em favor de uma esmola politiqueira.

      • Felipe Postado em 14/May/2015 às 17:07

        eu daqui... tu só pode estar fazendo um personagem... nao posso crer que exista mesmo....

    • cido Postado em 10/Aug/2014 às 18:24

      Se o PÀiS não fosse preconceituoso ai sim não devia existir cotas,se todos fossem iguais perante a Lei,se as cadeias tivessem o mesmo percentual de brancos,se um negro ou uma negra numa entrevista de emprego na maiorias das vezes não fosse trocado por uma pessoa de pele clara,se a pŕesença de um negro em alguns lugares não causasse suspeita,pois tenho visto testes na sociedade Brasileira atraves da Tv e admito o Brasil é um PÀIs que tem em sua maioria um povo racista.

    • eu daqui Postado em 11/Aug/2014 às 09:29

      Cota é inferiorizante para o cotista sim. O que não é inferiorizante é uma bom ensino público que obrigue o pobre a estudar para passar de ano, reconhecendo, portanto, seus direitos e seu potencial.

      • José Carlos Postado em 15/Nov/2014 às 23:59

        Conversa de racista classe média. Discordo, não havendo um ensino melhor deve-se buscar as cotas sim!

      • Felipe Postado em 14/May/2015 às 17:09

        Jose Carlos.. sigo exatamente este teu raciocinio.. lutemos com as armas que temos...nao tendo melhores escolas, e nao podendo esperar por elas, urge a implementacao de cotas...

    • José Carlos Postado em 15/Nov/2014 às 23:50

      Você não conhece história é racista, retrógrado e deve ter votado no cherador de cocaina! !

    • Robson Postado em 27/May/2015 às 15:27

      Mesmo que negros e brancos tenham a mesma capacidade intelectual, a sociedade colca barreira social e psicologica que impedem os afrodescendentes de ter a mesma ascenção social que os brancos, por isso que apoia as cotas, para corrigir um pouico essas distorções

  7. Marcelo Postado em 08/Aug/2014 às 15:44

    É quase o Caetano cantando Haiti, só que ao contrario... No mais, é por esse tipo de pensamento imbecil que esse tipo de lei se faz necessária, por mais triste e desgostoso que seja reconhecer essa realidade.

  8. Denver Wagner Postado em 08/Aug/2014 às 15:49

    Basicamente: 1. mulheres não são cidadãs pois sua função social é apenas servir de marcador econômico para homens, lado a lado a restaurantes, carros, etc. 2. não existem negras, só negros.

    • juliana Postado em 18/Sep/2014 às 01:08

      bem percebido, Denver. Isso tá me incomodando mt, o quanto a galera consegue perceber o racismo, mas o machismo passa despercebido! Como se fosse algo natural! Progressista e militante de merda esses que apontam o racismo sem perceber o racismo.

    • José Carlos Postado em 16/Nov/2014 às 00:02

      Puro machismo encoberto por racismo. rsrsrs. Tenho que rir! !

  9. Jota Erre Postado em 08/Aug/2014 às 16:00

    Entre tantas interpretações que o seu discurso apresenta,chamou- me mais atenção na mas visível; MEDO...

    • eu daqui Postado em 11/Aug/2014 às 09:30

      Ai, será que vou conseguir dormir hoje?

  10. Tammy Postado em 08/Aug/2014 às 16:10

    Espero que eles - os negros - não comecem a falar asneiras também como alguns brancos.

    • Marcos Vinicius Postado em 08/Aug/2014 às 16:18

      Se eles falarem asneiras é por que o tal vereador provocou, então os negros têm todo o direito de falarem "asneiras". Não confunda o discurso do opressor com o do oprimido!

    • Natario Postado em 08/Aug/2014 às 16:41

      pelas poucas palavras por você digitada, percebe-se o quão racista que tu és também. A pior ação discriminatória e quando se culpa a vitima, e lhe tira qualquer direito de defesa.

      • carolina Postado em 21/Feb/2015 às 03:52

        [aplaudindo em pé]

    • Thiago Teixeira Postado em 08/Aug/2014 às 17:00

      Que comentário mais idiota. "Eles" também são seres humanos igual a você, acredite.

      • Gumpa BK Postado em 09/Aug/2014 às 15:23

        Na verdade, foi um comentário bem humorado e esperto. O vereador disse que negros já estão quase brancos. Logo, a Tammy quis dizer "se os negros estão se comportando como brancos, espero que não adotem o jeito idiota com que certos brancos se expressam. Sobretudo, espero que não adotem o jeito idiota com que esse vereador se expressa." Foi uma crítica humorada ao vereador, não um desrespeito à humanidade da etnia negra.

      • eu daqui Postado em 11/Aug/2014 às 09:31

        São humanos mas não iguais a mim. Nem meus irmãos são iguais a mim.

      • LudoFinal Postado em 17/Oct/2014 às 06:56

        Somos brancos, negros e japas, somos todos seres humanos e somos todos diferentes.

    • José Carlos Postado em 16/Nov/2014 às 00:06

      Mesmo sem falar já somos rotulados, imagina falando! !

  11. TIDDY MENDES Postado em 08/Aug/2014 às 16:25

    Enquanto a cor da pele for obstaculo ,seremos esses eternos seres rastejantes e impensantes.......Vamos praticar o amor e a justiça,msm que seremos nos os reais prejudicados.......''''@ amor ao proximo ,,,,unico sonho de consumo,,,@

  12. Rodrigo Postado em 08/Aug/2014 às 16:26

    (Outro Rodrigo) Se para um "branco europeu dos olhos azuis" (objeto de ódio indiscriminado por parte de muitos, assim como o negro é objeto do ódio de tantos outros), já é ridículo ser racista, que dirá para uma pessoa parda, latino-americana... Que foi eleito pelo povo para exercer, em seu nome, o Poder. Cabe lembrar que, infelizmente, muitos se valem da imunidade parlamentar como tendente à impunidade, para bradar livremente suas sandices, vez que não poderão ser condenados civil ou criminalmente nas hipóteses de terem proferido impropérios no exercício do mandato. Contudo, a via está aberta para a apuração de eventual (o uso do termo é juridicamente necessário) quebra de decoro parlamentar, eu tendo feito minha parte e enviado à ouvidoria da Casa um requerimento de apuração, em função dos fatos, sugerindo aos demais que façam o mesmo (ou seja, lançar-mo-nos à ação, à denúncia que tenha efetividade, junto ao órgão competente para apuração), no endereço www camarariogrande rs gov br/index.php?n_sistema=3023 (substituir os espaços por pontos).

  13. Elaine Friedrich Postado em 08/Aug/2014 às 16:31

    O pior é ler os comentários aqui... :/

  14. Thiago Teixeira Postado em 08/Aug/2014 às 16:58

    Não basta cota nas escolas e universidades, é preciso de emprego. As grandes empresas oferecem cotas de 100% das vagas para arianos, e porque o Estado não pode dar 20%?

    • Carlos Postado em 08/Aug/2014 às 18:22

      Concordo. Quem tem capacidade que dispute. Quem não tem que use cotas.

      • Rosie Postado em 08/Aug/2014 às 22:16

        Não há disputa no sistema de cotas?

      • Thiago Teixeira Postado em 09/Aug/2014 às 07:30

        Dispute mas perda a vaga para o (a) loirinho (a), não é mesmo? O importante é competir. Gostei. Basta reparar nas apresentadoras de TV, recepcionistas, diretores (as) de empresas, mérito absoluto aos loiros (as).

      • eu daqui Postado em 11/Aug/2014 às 09:34

        Eu não sou loira e nem por isso deixei de conquistar por mérito. Boa autoimagem é fator facilitador. É claro que a gente sabe dos fatores dificultadores, mas nenhum desses pode vir de si próprio.

      • José Carlos Postado em 16/Nov/2014 às 00:11

        Mais um racista que desconhece a nossa história. Cara você é simplesmente ridículo!!

  15. Paulo Postado em 08/Aug/2014 às 17:00

    Representante legitimo do povo do RS.

    • Americo Postado em 08/Aug/2014 às 17:24

      de pelo menos 80%

    • Felipe Postado em 14/May/2015 às 17:01

      Paulo... nao fale assim, estás criticando preconceito tendo outro. Nao reforce estas ideias para vc mesmo...

  16. Thiago Teixeira Postado em 08/Aug/2014 às 17:01

    Melhor o mercado e o berço selecionar as pessoas, não é mesmo? Cada um em seu devido lugar.

    • eu daqui Postado em 12/Aug/2014 às 12:05

      Não. Melhor investir no ensino, educação e segurança públicas. Não vejo outra forma de democratizar oportunidades e condições e, assim, proteger o pobre de qualquer raça.

    • FElipe Postado em 16/Sep/2014 às 00:51

      esse "eu daqui" não fala coisa com coisa. not make sense mate ;)

    • Carolina Postado em 21/Feb/2015 às 03:49

      Pela sua postagem aqui, quase acreditei que você é branco (legítimo) e rico. Mas lembrei que rico mesmo, não viria aqui postar o que vc digitou... Aceita que dói menos!

  17. Leici Postado em 08/Aug/2014 às 18:05

    Esse vereador precisa urgentemente estudar. Falta boas leituras a ele, para que não diga coisas tão absurdas...

  18. Yule Cristina Postado em 08/Aug/2014 às 18:07

    Estamos precisando com urgência urgentíssima de cotas de cérebro, quem sabe esse imbecil ganha uma e, seus eleitores também.

  19. Leticia Scattena Postado em 08/Aug/2014 às 18:08

    N penso que as cotas são idiotices... Para mim as cotas é uma forma de indenização aos povos negros. Quando sairão das senzalas, sairão sem nada diferentemente de outros povos que vieram para o Brasil . Existe uma divida com o povo negro e ela tem que ser paga, então que seja com educação e trabalho!

    • José Ferreira Postado em 09/Aug/2014 às 10:16

      Não há dívida nenhuma. E se há alguma coisa que se cobre dos verdadeiros beneficiados pela escravidão (descendentes de famílias escravocratas) que não são necessariamente brancos, pois negros alforriados costumavam escravizar, assim como Zumbi também escravizou negros que não queriam sair das fazendas e foram capturados pelos seus comparsas. O concurseiro e o vestibulando não tem nada a ver com isso, pois os descendentes de famílias escravocratas não prestam concurso e nem vestibular, pois eles conseguem cargos comissionados e estudam fora do país.

    • Luiz Postado em 09/Aug/2014 às 22:41

      Fico imaginando o que os paises da africa, fora algumas potência devem aos negros. Não acredito que as cotas sejam a resposta. Afinal isso e só uma solução polítiqueira. para um problema social grave.

    • eu daqui Postado em 18/Aug/2014 às 14:20

      E os negros que descendem de negros que escravizaram? Quem vai cobrar a dívida deles?

    • Jurandy Postado em 09/Sep/2014 às 09:46

      Não fale besteira dona Leticia. Os negros que vieram ao Brasil como escravos, JÁ eram escravos na Africa. Não concordo com cotas. Quer estudar, estude, pois oportunidade existe para qualquer um. O que acontece é que a maioria dos negros brasileiros, INVESTEM em futebol, batuques, sambas, carnaval, etc, ou seja, coisas que não levam a nada. Eu como negro me sentiria humilhado com esta lei, e muito mais me beneficiar dela.

    • Ricardo Postado em 23/Feb/2015 às 17:32

      José Ferreira, já fui contra as cotas, mas porque não as entendia - analisava a medida do ponto de vista subjetivo, o que é um erro, porque se trata de uma política social (ponto de vista coletivo). É um erro metodológico... Dá uma olhada no livro "Levando os direitos a sério" do Dworkin; lá tem um capítulo inteirinho detonando a argumentação de "mérito" e explicando as bases das ações afirmativas. E o livro não fala em NENHUM momento de "dívida histórica"; não é necessário fazer uso desse recurso retórico para justificar as cotas. Trata-se apenas de uma imagem para ilustrar a origem da desigualdade atual desigualdade que, por si só, justifica a medida afirmativa. Esforce-se mais do ponto de vista lógico e use menos retórica; ela é um dos nossos males, se ainda não percebeu.

  20. Carlos Postado em 08/Aug/2014 às 18:19

    Uma aberração esse discurso do vereador. Vergonhoso. Na matéria, entretanto, há um tipo de dado que sempre me intriga quando é divulgado: "Nos últimos dez anos dos governos do PT, os homicídios praticados contra jovens brancos diminuíram 33%, enquanto entre os jovens negros cresceu 23,4%." Já vi várias estatísticas com esse teor e elas nunca apresentam dados sobre a cor da pele dos homicidas, só sobre as vítimas.

    • Thiago Teixeira Postado em 09/Aug/2014 às 07:35

      Que vitimismo desses pretos, não é mesmo? Essa raça cretina e cheio de mimimi deveriam se envergonhar de sobrecarregar os pobres coveiros nas segundas feiras. Não importa, se, são os negros que estão morrendo, para que se preocupar com esse detalhe? Cada uma ... BOLSONARO PRESIDENTE. (para fechar com chave de ouro o comentário babaca)

      • eu daqui Postado em 18/Aug/2014 às 14:23

        E vc aí doido pra "solucioar" sobrecarregando os coverios de cadáveres brancos, não é? Desde quando chumbo trocado dói?

    • eu daqui Postado em 11/Aug/2014 às 09:36

      Os negros são mais mortos mas também são os que mais matam. E não só apenas neste país. Dê uma olhada na parte subsaariana do mundo.

      • Luiz Souza Postado em 02/Sep/2014 às 23:06

        Na África subsaariana mais pretos matam e morrem? No Japão mais japoneses morrem? E na China será que mais chineses matam? Como não pensei nisso antes?! Eureka!

      • eu daqui Postado em 05/Sep/2014 às 12:50

        Claro que vc não poderia ter pensado nisso antes: na cabeça de um nazinegrista, só pretos morrem mas só brancos deveriam morrer.

  21. Nardo N. Gomes Postado em 08/Aug/2014 às 19:10

    Esse político idiota é um perigo para a sociedade. E seus eleitores, um perigo para a cidadania.

    • LudoFinal Postado em 17/Oct/2014 às 06:55

      Verdade. É por causa de políticos desse teor que há políticas de cotas racistas. Até quando o negro será inferiorizado?

      • Robson Postado em 27/May/2015 às 15:37

        Até o momento em que a sociedade der oportunidades iguais para brancos e negrops e esse dia esta muito longe de chegar, pois o que vejo é só retrocesso social e ideologico dominando o Brasil

  22. André Anlub Postado em 08/Aug/2014 às 19:16

    O que me impressiona é que quaisquer preconceitos, racismos ou birras heterossexuais acabam quando o preconceituoso está no hospital precisando urgente de sangue!

    • eu daqui Postado em 11/Aug/2014 às 09:36

      Preconceito não termina nem com doação de sangue e nem com cota.

  23. Luís Fernando Postado em 08/Aug/2014 às 23:20

    Sou contra qualquer tipo de cota. Mas o povo sulista é meio racista, sim. Já morei na região Sul e conheço bem esse pessoal.

    • Mendes, Felipe Postado em 09/Aug/2014 às 01:46

      o povo sulista não é racista meu amigo. infelizmente a política brasileira vem se construindo ao longo de nossa história por indivíduos incapazes, ignorantes que vez ou outra trazem a publico essas imbecilidades que nos deparamos agora. esses indivíduos nos representam politicamente (infelizmente), e acredite, chegaram lá com nosso voto. no entanto, as asneiras que saem de suas bocas não nos representam, nos enojam, e não podem ser utilizadas para designar "esse pessoal" sulista como preconceituoso, como citaste. estarias generalizando um povo a partir de um caso tão pontual e infeliz. para termos uma boa noção de nossos representantes e o quão ignorantes são, olhe para o topo da hierarquia dos colarinhos.

      • eu daqui Postado em 12/Aug/2014 às 12:13

        O sulista brasileiro é mais racista, sim. Embora menos machista e menos homofóbico.

    • Robson Postado em 27/May/2015 às 15:40

      Não vou julgar todos por cazusa da opinião de um unico imbecil branquelo, acredito que o povo do sul é cortes com todas as raças, não acredito que a maioria da população sulista seja adepta do neo-nazismo, mas infelizmente tem alguns idiotas que ainda acreditam na falacia da superioridade racial teorizada por Goubineau

  24. odenicio Postado em 09/Aug/2014 às 00:12

    Não tenho preconceito de raça, cor, ou religião. Tolero qualquer sociedade. Basta saber que é um ser humano ele não pode ser inferior a mim. Este cidadão como representante do povo, em um Estado Democrático de Direito, devia ter um pouco de respeito com as minorias. A história narra que quando o homem branco invadiu o território chamado Brasil, aqui existia cinco milhões de Índios que foram escravizados e abandonados pelo estado como vermes sem direito a nada. O povo negros foram arrancados de suas terras natal, para trabalhar como escravo em terra do outro lado do mundo com os piores tratamento que a humanidade já viu. Este Vereador não deve viver no brasil por ter uma atitude racista em um país miscigenado como o nosso.

  25. Hemerson Ferreira Postado em 09/Aug/2014 às 00:53

    As cotas já foram amplamente debatidas no STF e consideradas justas, legítimas, constitucionais e necessárias. Não há mais o que debater sobre elas e sim como melhor aplicá-las, para serem usadas por quem realmente precisa.

    • Luiz Souza Postado em 02/Sep/2014 às 23:07

      Por unanimidade. Por brancos e preto. O resto é vitimismo e mimimi... HAHHAHAHA

      • eu daqui Postado em 05/Sep/2014 às 12:51

        Vamos ver se cota vai solucionar ou piorar: tempo e História são soberanos.

  26. leonardo Postado em 09/Aug/2014 às 00:54

    Essa é boa eles já comiam as 2 coisas há muito tempo acho que invlusive a esposa dele ahahah

    • juliana Postado em 18/Sep/2014 às 01:12

      verdade Leonardo, mulher é coisa. Inclusive a sua mãe.

  27. Não interessa Postado em 09/Aug/2014 às 06:27

    A gente sai com quem quiser e isso não tem nada haver com racismo. ..... esse político é um cão de merda. ainda bem que aqui no meu país angola cortamos esse mal pela raiz... bom dia Brasil bom dia angola

  28. Aristóteles Postado em 09/Aug/2014 às 08:43

    E esse idiota pertence ao PMDB. A que ponto chegou o meu, antes "velho de guerra", PMDB!

  29. William Postado em 09/Aug/2014 às 09:58

    E o mais impressionante é que este senhor é pardo. Afrodescedente. Dá pra avisar pra ele. Freud explica.

  30. marco oliveira Postado em 09/Aug/2014 às 10:06

    Alguns d vcs estão esquecendo q apesar das cotas,todos os negros devem estudar para um cargo público ou entrar na universidade..e nada vem de graça, todos devem ser aprovados no número X de vagas destinadas e outra coisa:isso é uma reparação c a sociedade e o povo afrodescendente que trabalhou muito para hj não ter o direito de ter direitos.

  31. J.C Souza Schlesinger Postado em 09/Aug/2014 às 14:00

    Cada comentário absurdo. Eu sou a favor das cotas, mas se eu fosse negro iria preferir passar no vestibular sem ajuda nenhuma. Às vezes os negros devem mostrar a sociedade que estão conquistando suas metas (veja o caso do Barack Obama quando em 2009 foi eleito o primeiro presidente negro dos EUA). Eu sei que os afrodescendentes têm certas dificuldades. Mas não está na hora deles mostrarem as suas capacidades sem ajuda? Conheço um gerente da do banco aqui da minha cidade que é um senhor negro que por sinal é bastante carismático com os clientes.

    • Ricardo Postado em 09/Aug/2014 às 19:49

      Ah cara, eu também. Se eu fosse negro eu faria diferente de todos esses negros ai: eu com certeza passaria no vestibular sem cotas, jamais aceitaria nenhum tipo de ajudinha ai, porque o que falta para os negros hoje em dia, é eles mostrarem a capacidade deles. Acho que eles não se esforçam cara, se isso não fosse verdade, os melhores cargos não seriam dos brancos. Eles já tem cotas e continuam ai com os piores empregos. Acho pouco provável que alguém vai escolher um branco a um negro em algum cargo, acho que são casos isolados. Ah, eu também conheço um cara que passou no vestibular sem cotas. Fica a dica ai para esses negros. Ps: não tenho absolutamente nada contra negros, e como eu disse, eu tenho esse amigo que passou no vestibular sem cotas. (/ironic)

      • José Carlos Postado em 16/Nov/2014 às 00:21

        Deixaria sua filha ou irmã casar com ele. rsrsrs!

      • vilmar Postado em 19/Nov/2014 às 20:39

        amiguinho, estuda mais sobre a historia dos negros no brasil, não fique comparando um sucesso de um negro entre milhões que estão na miséria, sei que é muito dificil pra você entender pelo fato de você ser supostamente branco, falo supostamente pelo fato de não te conhecer pessoalmente nem por foto. mas o problema da desigualdade entre negros e brancos no brasil está diretamente ligado ao racismo, o racismo destrói os negros não só na disputa de vagas de empregos , e sim em todos os sentidos, é nas filas dos hospitais, é na cadeia é no estadio de futebol, é na rua, no metrô,é no banco, é no supermecado, é na televisão, ou seja lá onde for, o racismo está junto. sou negro e ja estudei muito sobre este assunto, e a minha conclusão é: enquanto existir diferença de cores entre pessoas o racismo jamais acaba, o melhor jeito pra ambos viver sem conflitos é a educação pra todos, ai mesmo com o racismo, ambos vão saber contornar as situações da melhor forma possível.

    • Claudio Postado em 10/Aug/2014 às 23:02

      Eu entrei numa universidade conceituada a UNESP, em 1990 sem cotas.. Não é o que interessa... vamos acabar com qualquer tipo de cota que privilegie qualquer segmento. Desde que conheço a academia existem cotas, principalmente para a elite, e agora até cota para auxílio combustível de membros da classe trabalhadora que não tem nenhum pudor de aceitar cotas diversas. Vamos parar de hipocrisia. O pior é o branco membro da classe trabalhadora assumir o discurso da elite que quer manter seu stas quo. Que pena.

    • eu daqui Postado em 11/Aug/2014 às 09:38

      Eu também nunca quis cota, nem quando era cocota, mesmo após milênios de patriarcado.

      • juliana Postado em 18/Sep/2014 às 01:16

        e a cota para mulheres, na política? Dessa ninguém comenta, e vc não reclama.

  32. bruno Postado em 09/Aug/2014 às 15:13

    Esse tipo de discurso só fortalece o ativismo pró-cotas.

    • terezinha Postado em 09/Aug/2014 às 18:44

      Parece que vai ter só os votos da familia vai primeiro estudar um pouco para ser mais sábio

  33. Arlindo Santana Postado em 09/Aug/2014 às 17:26

    Olá, gente! Vi a matéria e não concordo com o comentário (infeliz, diga-se) do vereador! Eu sou negro, nascido e criado na Bahia, e sou a favor da política de cotas. Todavia, não concordo com a forma como vem sendo feita. É dizer, em razão da cor da pele. Outros critérios deveriam ser levados em consideração, como, por exemplo, a condição socioeconômica dos seus destinatários, bem como do histórico escolar (estudantes da rede pública de ensino). Digo isso porque existem pessoas nessas condições independente da cor. Assim, o principal critério a ser considerado é a hipossuficiência escolar e econômica do "cotista". E não o fato de ser negro, branco ou indígena, pois todos tem sangue vermelho e morrerão um dia! Some-se a isso o simples fato de que a cota não garante vantagem seletiva, pois a prova é a mesma para ambos na hora do vestibular ou concurso.

    • Paulo Postado em 12/Aug/2014 às 13:08

      Arlindo, entendo seu raciocínio, mas o que você e a maioria que comenta sobre as cotas se esquece é que ela contempla sim a condição socioeconômica (baseada no salário mínimo), além da questão étnica. Vale lembrar a todos que aqui comentam: a lei das cotas é a 12711 e qualquer um pode lê-la antes de verbalizar impropérios (são apenas 9 artigos). Aliás, o artigo 1° é muito claro: a primeira condição para as cotas é ter estudado em escola pública! A questão étnica só é citada no artigo 3°, ou seja, a cota é definida primeiramente pela origem escolar do estudante e não por sua origem étnica. Exemplo: a) um curso com 100 vagas; b) 50% ou 50 vagas são destinadas a alunos de escola pública; c) dessas 50 vagas, 25 são para estudantes com renda familiar per capita inferior a 1,5 salários mínimos; d) dessas 50 vagas, será definido percentual de preenchimento por critérios étnicos de acordo com o último censo do IBGE; e) num estado em que na população haja 40% de negros e pardos e 5% de indígenas, 20 vagas serão para negros/pardos e 3 vagas para indígenas, totalizando 23. As outras 2 vagas serão remanejadas para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escola pública. No fim das contas teríamos 23 vaga étnicas e 27 vagas socioeconômicas, representando 50% das vagas do curso. PS.: esses percentuais só estarão totalmente implementados em 2017.

      • Fabio Burch Salvador Postado em 11/Sep/2014 às 09:46

        Eu sou a favor desse cálculo SE houverem vagas étnicas reservadas aos brancos. Porque as cotas impedem que a faculdade seja acessível só a brancos mas, num caso especial, de termos uma quantidade absurda de negros fazendo o vestibular, não impediria que a faculdade ficasse só com alunos negros. Sei que é uma abstração no cenário atual, mas teoricamente possível.

      • Paulo Postado em 15/Sep/2014 às 22:57

        Sua "abstração" não faz sentido, porque a cota não é para que uma parcela da população se sobreponha à outra. Pelo contrário, as cotas são para que as universidades, os empregos socialmente valorizados, dentre outros aspectos de nossa sociedade reflitam melhor a gama étnica do povo brasileiro. Sempre houve cotas para brancos nesses nichos. Por vezes, amparadas em Lei. E, por causa dessas "cotas brancas", temos pouquíssimos médicos, cientistas, juristas, juízes, governantes, professores universitários, engenheiros, ministros de Estadp, CEO de empresas e etc negros. Nesses patamares parece que temos um país (branco) e, nas favelas, nos presídios, nos canteiros de obra, nos sertões, nos canaviais ou na limpeza dos closets de luxuosos apartamentos, um outro país (negro). Por último: as cotas não impedem nada. As cotas abrem portas, ampliam perspectivas e trazem maior justiça social.

  34. Arlindo Santana Postado em 09/Aug/2014 às 17:34

    Além disso, tudo isso que disse é com conhecimento de causa, pois, em 2008, obtive aprovação em Direito na UNEB, bolsas de estudo pelo ENEM, duas faculdades (UNIME e UCSAL), e, hoje, sou Advogado militante. Tive o privilégio de ser aprovado no Exame de Ordem antes de formar, e meu TCC ficou entre os melhores da academia, com nota máxima e indicativo para publicação! Hoje, sou pós-graduando pela UCSAL em Direito Processual Civil e a caminho da Magistratura Federal. Por isso, eu sei o que digo. Obrigado a todos pela atenção!

  35. Marcelo Postado em 10/Aug/2014 às 08:03

    Mais assustador que o discurso do dito vereador é o conjunto de comentários sobre o assunto. É muita gente comentando o assunto cheio de certezas e sem propriedade, com análises rasteiras e sem analisar todo o histórico da questão do racismo e das cotas. Sim, é possível um negro ir à universidade pública sem recorrer às cotas (sou um exemplo disso, de uma época - 20 anos atrás - em que nem se aventava isso). Não, não é possível acreditar que exista igualdade na acesso a uma educação e a uma qualificação profissional dignas. Pra quem duvida disso, sugiro uma rápida visita a uma escola pública de ensino fundamental para tentar perceber que o problema vai muito além do desejo ou não se uma criança negra (muitas vezesnimersa em um universo de pobreza material e intelectual e com a estima na ponta do pé) progredir e valorizar os estudos.

    • Fabio Burch Salvador Postado em 11/Sep/2014 às 09:39

      Cara... mas isso é meio "democratizado" por aí. Eu já trabalhei em uma escola na qual os pais dos alunos queriam sair na porrada com professores por causa de notas baixas, e as meninas de 12 anos estavam em plena atividade sexual. Gravidez aos 14 era o normal. E eu enxergava isso em todos os tons da paleta de cores: da criançada negra aos loirinhos. Não havia distinção: a vila era braba e a realidade, dura. A pobreza ali era daltônica.

      • juliana Postado em 18/Sep/2014 às 01:21

        o mal do mundo são as mulheres terem atividade sexual desde cedo... Ninguém se pergunta quem engravidou as de 14 anos. Eram todos tios pedófilos de 50 anos? Não, eram mulekes de 14 anos também. Mas aí tdb né?

  36. pedro Postado em 10/Aug/2014 às 09:45

    Olha com um pensamento assim, tenho vergonha de vc

  37. Paulo Pimentel Postado em 10/Aug/2014 às 13:31

    Há cotas para jogadores de futebol brancos, pagodeiros, ritmistas? Um pró cotas aceita que neurocirurgioes, pilotos comerciais e outros profissionais de alta exigência não sejam os mais bem preparados possiveis? Ninguém é contra a inserção das diversas etnias mas, há valores que não se deve desprezar. Existem outras formas de se lutar por igualdade sem prejudicar o valor intelectual dos brasileiros. Uma boa forma de uso de cotas é a exigência percentual de candidatos de partidos de diversas origens etnicas e mulheres.

    • Paulo Postado em 12/Aug/2014 às 13:23

      O que vc quer dizer com a sua primeira frase? Negros/pardos/indígenas só servem pra ser futebolistas, pagodeiros e ritmistas? Essa é a nossa "vocação natural"? Vc disse "há valores que não se deve desprezar" e eu digo que, realmente, há valores racistas que permeiam nossa sociedade desde o seu surgimento (massacre dos índios e escravidão negra só pra refrescar sua memória) e que, claramente e infelizmente, muitos como vc e o estúpido vereador não querem deixar para trás.

      • Fabio Burch Salvador Postado em 11/Sep/2014 às 09:35

        Não cara! Isso não quer dizer que negros devam ser essas coisas. Eu acho que o sentido que ele deu é o seguinte: as cotas impedem que hajam ambientes 100% brancos. Mas não impede que hajam ambientes 100% negros, como é muitas vezes o caso nessas profissões.

      • Paulo Postado em 15/Sep/2014 às 23:24

        Uma coisa não tem nada a ver com a outra, Fabio. Já respondi um comentário semelhante seu mais acima. Pergunto aos dois: Qual a relação entre cotas, jogadores de futebol, pagodeiros, neurocirurgiões e pilotos comerciais? Qual a relação? Qual a vantagem social, econômica, política, seja qual for, para a população negra, de haver mais jogadores e pagodeiros negros? O comentário do Pimentel é carregado de preconceito ao deixar subentendido que os cotistas são menos capazes que os não cotistas. Falar isso é fácil, quero ver provar com estudos, dados etc. Duas lembranças pra vc: 1- no início do futebol no Brasil, os negros eram proibidos de jogar. 2 - O Samba é expressão cultural originada na expressão artística do negro e, nos primórdios, era coisa de "vagabundo".

  38. André Rocha Postado em 10/Aug/2014 às 23:07

    A visão de cotas para mim é míope e a atitude do vereador despreparo para vereança, logo, estamos ferrados... pois essa equação dá gente enxergando mal e decidindo de forma equivocada. As cotas não resgata nada. Apenas reforçam sentimentos de inferioridade, essa historia de base escolar é tudo falácia, pois atingem igualmente os brancos pobres. O problema é a distribuição de renda essa sim deveria ser severamente defendida.... A burguesia se diverte vendo esse discurso planfetário de cotas enquanto uma minoria enche o bolso de dinheiro...

  39. Carlos Paula Postado em 11/Aug/2014 às 14:18

    "Precisamos é de escolas de qualidade,com boa estrutura,computadores para os alunos,professores bem remunerados,bem preparados e pais em com o compromisso de fazer o acompanhamento escolar de seus filhos na escola e o impossível.......políticos com boa formação honestos."

    • eu daqui Postado em 18/Aug/2014 às 14:24

      Acontece que boas escolas resulta em esforço para passar de ano. meu caro. E isso cotista não quer.

  40. Helder de lima couto Postado em 04/Sep/2014 às 17:24

    ESSE IMBECIL NÃO PASSA DE UMA AMEBA.

  41. Leonardo Postado em 10/Sep/2014 às 04:21

    Acabou?

  42. Fabio Burch Salvador Postado em 11/Sep/2014 às 09:57

    O problema que eu vejo com as cotas NÃO É o rendimento, ou se o cara estuda, se ele se empenha ou não. Isso é DEPOIS que ele foi aprovado e colocado para dentro da faculdade. O problema que eu vejo é que o cara tira, por exemplo, 9,2 na prova, e entra. Enquanto outro cara tirou 9,3, e TEVE SUA VAGA ROUBADA.

    • José Carlos Postado em 15/Nov/2014 às 23:44

      Engraçado a mulher de Obama é formada pelas cotas e ninguém lá crítica isso, aqui cota de ser coisa de comunista. Israel recebe indenização pelos 6 milhões de judeus mortos por Hitler, aqui a classe média reclama em pagar o fgts das suas domésticas em pleno século XXI acham um absurdo!

  43. Carlos Postado em 08/Oct/2014 às 00:57

    Acredito no mérito. As cotas desconsideram o mérito. Nunca haverá igualdade absoluta de condições e oportunidades, não importa a variável avaliada. O que se pode fazer é lutar para que sempre se ofereça o melhor preparo a todos, de forma que possamos observar somente as diferenças individuais. Boa educação custa caro. Em dinheiro e dedicação. Se estuda muito nas melhores escolas. Sei por experiência própria. Sei também do sacrifício que meu pai fez para me proporcionar está oportunidade. As cotas são mais um item político que nos afasta. Nos divide em categorias diferentes de cidadão. É uma pena. Vamos continuar a ver nossos jovens deixando as escolas sem aprender o que poderiam. Tempo perdido.

  44. LudoFinal Postado em 17/Oct/2014 às 06:45

    Detalhe reparem que ele pardo, contrariando quem só vê o racismo quando vem do branco.

    • vilmar Postado em 19/Nov/2014 às 21:09

      más é porque ele acha que é branco, mas se ele chegasse na europa jogariam banana pra ele igual fizeram com o neimar que achava que era branco. uma reporter perguntou pro neymar: neymar você ja sofreu algum tipo de racismo? ele respondeu: claro que não até porque eu não sou negro... mas quando ele chegou na europa, simplesmente jogaram bananas pra ele comer, isso deveria servir de exemplo pra muitos brasileiros que achoam que são brancos.

  45. Luiz Costa Postado em 23/Dec/2014 às 12:59

    Devemos levar em conta a inteligência individual. E tenho certeza que não se aplica a esse senhor.

  46. José Manuel Fonseca Postado em 31/Mar/2015 às 13:16

    A contratação de funcionários por empresas é orientada p/ o lucro, Porisso a cor da pele é irrelevante, o importa mesmo é o candidato ser o mais capaz p/ a função que vai exercer, porisso a cota é apenas uma solução paliativa.

  47. jorge dias Postado em 31/Mar/2015 às 13:39

    Sr José Ferreira, mau caráter , racista, a comunidade negra não busca gorjeta, só o direito a igualdade e no decurso do prazo das cotas vamos provar que podemos e temos condições para concorrer em igualdade de condições em todas as frentes de emprego. Sr Jose Ferreira, felizmente o Brasil é este país maravilhoso multi racial , que aos trancos e barrancos esta buscando penalizar pessoas como o senhor que causam vergonha ao povo brasileiro. Sr José Ferreira nem a Europa ACEITA O RACISMO, não é o Brasil um país de maioria negra que vai aceitar pessoas como o senhor. Parabéns racista nojento. Jorge Dias Poa rs

  48. Hermes Lourenzo Postado em 01/Apr/2015 às 19:48

    É lamentável que um elemento desses esteja ocupado cargo eleito por parte da população. É lamentável. Em um país de justiça e igualdade social, um canalha desses estaria na cadeia.

  49. Jorge Dib Postado em 02/Apr/2015 às 19:43

    Esse babacão do vereador Wilson B. Duarte da Silva se acha branco?? se toca seu #encardidoooooooooooooo...

  50. Andre Luis Freitas Postado em 03/Apr/2015 às 08:57

    O Negro que se acha melhor que o boliviano, da legitimidade ao discurso do branco que se acha melhor que o negro, e o branco que se acha melhor que o negro da legitimidade aos brancos europeus que se acha melhor que os brancos sul-americano e assim por diante, os Judeus que se acha melhor que os Árabes, legitima o discurso dos nazistas que se achava melhor que os Judeus e, assim por diante até um se achar melhor que o outro e todos irem para os mesmos 7 palmos de terra. Quem te disse que seremos ser branco amigo, só queremos respeitar e ser respeitado, não importa se branco, azul ou amarelo ...

  51. rolha Postado em 09/Apr/2015 às 02:00

    Cadeia para ele mofar ate aprender a ser civilizado....

  52. marcos Postado em 10/Apr/2015 às 20:05

    O que significa 400 anos de escravisação.? O Brasil tem 515 anos e 414 de escravisação, .Voce que é contra as cotas reflita sobre esse paradoxo. Simplesmente reflita...

  53. Roger Costa Postado em 27/May/2015 às 12:47

    Fascista sempre fascista. Assim caminha a humanidade!

  54. Antonio Benedito Alves da Postado em 10/Aug/2015 às 15:15

    Eu escrevi isso em 10.08.2014 e agora que notei que escrevi ouve, do verbo ouvir com H. Fiquei puta, digo, puto da vida, com esse erro. Repetindo e corrigindo, já que os brancos "cristãos" racistas, continuam botando suas mangas sujas de fora. (Fica muito mais barato manter um sistema de cotas para negros, para tentar corrigir e abrandar o suplício de quatro séculos da escravidão mais torpe do mundo e uma "abolição da escravatura" que os jogou na rua da amargura, porque a nossa elite "cristã" canalha escravocrata preferiu importar europeus para trabalharem remunerados, do que indenizar todo os descendentes, que ainda sofrem os horrores do preconceito. Será que é possível calcular uma indenização justa para tanto sofrimento e descalabro? E o pior que a gente também ouve essa conversa por aqui, de quem é contra o sistema de cotas para negros..... Sou Paulista, com muita honra, porem reconheço que uma grande parte dos paulistas, principalmente descendentes de europeus calças cagadas, se acham a última bolacha do pacote. Antonio Benedito Alves da Silva)