Redação Pragmatismo
Compartilhar
EUA 27/Aug/2014 às 18:01
7
Comentários

Menina mata professor de tiro com disparo acidental

Menina de 9 anos mata instrutor com tiro acidental de submetralhadora. Na cultura rural de diversas regiões dos EUAA, é comum ensinar crianças a usar armas de fogo

menina mata instrutor tiro eua
Menina perde controle da arma e atinge instrutor com disparo na cabeça (divulgação)

Uma menina de 9 anos de idade matou seu instrutor de tiro por acidente ao manusear uma submetralhadora Uzi Estado americano do Arizona.

A criança participava de uma aula no estande de tiro Last Stop, em White Hills, na segunda-feira, quando perdeu o controle da arma.

O instrutor Charles Vacca, de 39 anos, foi atingido na cabeça e morreu ao ser transportado de helicóptero para um hospital local.

O xerife de Mohave County divulgou o vídeo do incidente, filmado pelos pais da criança. As imagens ficam congeladas momentos antes do momento fatal, quando a menina perde o controle da arma e atinge atingindo o instrutor.

VEJA TAMBÉM: Por que a Islândia é um dos lugares mais pacíficos do mundo?

A Uzi é uma popular submetralhadora desenvolvida por um militar israelense na década de 40, capaz de disparar até 600 projéteis por minuto.

A garota, que tinha sido matriculada no curso pelos pais, perdeu o controle da arma ao sentir o coice do disparo.

Na cultura rural de diversas regiões americanas, é comum ensinar crianças a usar armas de fogo.

Muitos americanos citam a Segunda Emenda da Constituição nacional, que prevê “o direito das pessoas a ter e portar armas”, no contexto do porte de armamentos para autodefesa.

A cultura é tão forte que nem o massacre na escola de Sandy Hook, em Newtown, Connecticut, em dezembro de 2012 – na esteira de outros ataques a tiros, como Columbine, Virginia Tech e Aurora – criou condições suficientes para aprovar legislação tornando mais rigoroso o controle de armas, como defendia o presidente Barack Obama.

Por outro lado, muitos estandes têm leis rigorosas para a instrução de crianças. No caso do Last Stop, não se sabe qual é o limite de idade para participar das aulas.

(Assista abaixo. O vídeo é cortado antes do instrutor de tiro ser atingido)

Reuters

Recomendados para você

Comentários

  1. Carlos Postado em 27/Aug/2014 às 20:05

    A esquerda desarma os cidadãos e não os bandidos, isso é fato, basta ver a America Latrina de hoje.

    • Felipe Peters Berchielli Postado em 28/Aug/2014 às 10:20

      Resposta rápida,o qual desses países tem o maior indice de violencia? EUA,Japão,Chile,Uruguai? Em qual deles o porto é permitido e incentivado? Essa premissa de que cidadão desarmado = mais violencia é falso,existem países como a Suiça em que obrigatóriamente todo cidadão é armado e é muito pacifico,qual a diferença para os EUA? Na Suiça não existe esse amor a arma,os EUA tem a maior população carceraria do planeta e média de 15 mil homicidios por ano,é um país violento,o que define é a cultura do povo,no Brasil mata-se muito não só por causa do crime organizado e dos bandidos,mas também por causa do embrutecimento do brasileiro,grande parte dos crimes é por motivo futil e torpe. Se armarem o povo brasileiro vamos acabar nos matando,nossa cultura é violenta,se um dia for mais tolerante e pacifica quem sabe.

  2. Jonas Schlesinger Postado em 27/Aug/2014 às 20:38

    Há lugares que morrer por armas de fogo é muito comum a exemplo na periferia daqui da cidade. Independente se houver ou não mais rigor em porte de arma, a culpa é do curso que pecou em duas circunstâncias: o fato do instrutor estar mal posicionado com a cabeça ao lado da arma e por não prever que ali era uma criança que segurava a arma, portanto não teria força o suficiente pra segurar a arma. No máximo vai rolar uma multa ou indenização.

  3. BSAP Postado em 27/Aug/2014 às 22:59

    qualquer criança sabe: se vc tem uma arma, tudo que vc quer, é que não saibam! sair 'brandindo' arma por aí, é pedir pra ser roubado na covardia. Mané.

  4. orlando gois Postado em 28/Aug/2014 às 05:39

    gostaria de ver esses dados sobra armas e violência.

  5. Rodrigo Postado em 28/Aug/2014 às 09:13

    Ainda estou a espera que o desarmamento que Lula fez com atores da terrível pig diminuir a violência.

  6. Rafael Postado em 28/Aug/2014 às 15:35

    Lá noa EUA é um acidente um jovem de matar alguém! Aqui no Brazuca é mais comum que pãozinho francês!