Redação Pragmatismo
Compartilhar
Palestina 03/Aug/2014 às 10:49
98
Comentários

Israel ataca outra escola da ONU e crianças morrem dormindo

Benjamin Netanyahu volta a zombar da humanidade ao realizar seu segundo ataque a uma escola da ONU em menos de uma semana. Dez morreram e trinta ficaram feridos

israel ataque escola onu gaza
Segundo ataque a uma escola da ONU ordenado pelo Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel.

Um novo ataque das forças israelenses a uma escola da ONU que abrigava refugiados em Rafah, no sul da Faixa de Gaza, deixou ao menos dez pessoas mortas e outras 30 feridas nesta madrugada. Crianças morreram enquanto dormiam. Ao todo, 30 palestinos morreram na manhã deste domingo após ofensiva aérea de Israel à região. As informações são da agência Reuters.

Ashraf Goma, líder do Fatah e residente de Rafah, disse que o exército israelense estava bombardeando a cidade a partir do ar, terra e mar, e os habitantes não podiam cuidar dos feridos e dos mortos.

VEJA TAMBÉM: Porta-Voz da ONU chora ao falar dos inocentes assassinados por Israel

“Os corpos dos feridos estão sangrando nas ruas e há corpos nas ruas, sem que ninguém possa resgatá-los.”

Este foi o segundo ataque ordenado pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, a uma escola das Nações Unidas. O último gerou condenações do diretor-geral da ONU, Ban Ki-Moon, e do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que tem sido cúmplice do genocida Netanyahu na matança em Gaza.

A Unicef, braço das Nações Unidas para a Infância, afirmou ontem que 296 crianças já foram mortas desde o início da ofensiva de Israel em Gaza. “As crianças representam 30% das vítimas civis”, disse a Organização. A ONU defende o julgamento do mandante do genocídio. Resta saber se Obama, principal aliado de Israel na guerra, também será julgado como cúmplice.

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 03/Aug/2014 às 11:51

    Isso já foi longe de mais, perdeu completamente o sentido.

    • Souza Postado em 04/Aug/2014 às 01:32

      Tem razão. Se o Hamas parasse de agir como terroristas. Israel é consideravelmente mais poderoso, por isso as baixas exorbitantes de um lado. O que me deixa intrigado nos seus comentários e de outros é acusar Israel APENAS. Vcs não acusam o Hamas em atacar deliberadamente civis israelenses, não acusam o Hamas em construir túneis para arquitetar algum atentado futuro, não acusam o Hamas de matar covardemente soldados, não acusam o Hamas de, deliberadamente, acabar com o aguardado cessar-fogo de 72 horas que teriam nesse final de semana. Aí a pergunta que eu faço pra tu é a seguinte, se os palestinos radicais matassem covardemente israelenses civis vc teria a mesma reação? Quer dizer que pra vc um pobre que morre injustamente é mais vítima que um rico que morre injustamente? Um negro morre é mais injusto do que a morte injusta de um branco? Uma criança palestina vale mais que uma criança israelense? Não to querendo colocar brancos, ricos e israelenses em altares, mas parece que vc (que até agora percebo não respeita a opinião dos outros. Já li seus vários comentários aqui) põe palestino em altar. Se liga cara o Hamas é terrorista. Se Israel bobear eles invadem aquelas terras e matam moradores das cidades interioranas e até sequestram. Vamos parar de vitimismo e pensar que terá solução para que ambas as partes encontrem um cessar fogo. Mas duvido que terroristas fiquem civilizados. Vide os atentados. Ah e as crianças são as maiores vítimas da sua própria sociedade

      • Gleidson Postado em 04/Aug/2014 às 07:40

        95% das vítimas palestinas são civis, em sua maioria, mulheres e crianças... 95% das vítimas israelenses são soldados (teve um civil que morreu de ataque cardíaco e foi contabilizado). O Hamas não é santo, ou, não age como tal. Mas se você morasse em uma região separada do mundo por um muro, sofrendo um bloqueio econômico e tivesse seu povo atacado por um exército poderoso (o mesmo responsável pelo muro e pelo bloqueio) por um suposto sequestro de três adolescentes pelo Hamas (caso este já esclarecido e comprovado que o Hamas nada teve a ver), me diz: o que você faria? Defenderia seu povo com o que lhe resta ou esperaria a extinção de todos aqueles que ama? Familiares, amigos, colegas... Em outra reflexão fica a dúvida: quem é realmente o terrorista? O que oprime o povo com ajuda de potências militares mundiais ou os que defendem seu povo contra uma invasão orquestrada para apagar um erro que não foram eles que cometeram???

      • paul Postado em 04/Aug/2014 às 08:35

        Resposta pra vc 1750 X 63 o que vc acha dessa conta?OTARIO!

      • Thiago Teixeira Postado em 04/Aug/2014 às 09:19

        Eu não estou nem ai se Hamas é mau e se Israel é do bem. Se Hamas é terrorista e se Israel são predestinados da Bíblia. O que eu enxergo, algo que pessoas do seu tipo liberalista não enxerga, é que tem crianças morrendo e um dos lados as perdas chagam a ser multiplicados por 10. Não justifica que por causa de meia dúzia de babaca que mataram 3 adolescentes, um país fazer uma retaliação dessa forma. Se estão fazendo túnel, se o Hamas é mau, precisa entender o motivo. Sabemos qual é, mas da mesma forma que julga que há tipo de pensamentos que negro, pobre e muçulmano morto tem mais peso que rabino, branco e rico, eu também penso que há uma linha de raciocínio que considera que os poderosos merecem a posição de destaque, e quem os enfrenta está errado e dane-se se tem criança de escudo. Quem mandou nascer lá, não é mesmo?

      • Bárbara Postado em 04/Aug/2014 às 10:13

        "Se o Hamas parasse de agir como terroristas." Para mim, terrorismo é quem causa o terror. Veja a comparação de mortes, os palestinos não possuem poderio bélico o suficiente para trocar farpas com Israel, realmente, mas, dentre 30 mortes ocorridas em Israel há também mais de 300 vítimas na Palestina. O Hamas está defendendo com unhas e dentes aquele pouco território que ainda resta para os palestinos. Dê uma olhada nos mapas da região dos anos de 1950 até dias atuais e obterá as respostas. Terrorista é aquele que sem pudor ou remorso atinge violentamente e covardemente civis inocentes. Leia a reportagem meu caro, veja os noticiários. Isso está sendo um massacre

      • Celio Bernstein Postado em 04/Aug/2014 às 10:59

        "(...)não acusam o Hamas de matar covardemente soldados(...)" kkkkkkkkk! Quer dizer que os soldados israelenses devem ser mortos com gentileza? Os soldados estão na guerra, então sabem que poderão morrer da pior forma possível. E você já se perguntou como os civis palestinos também são mortos?

      • Sérgley Postado em 04/Aug/2014 às 11:12

        KKKKKK, esse bateu com a cabeça! Massacrados desde 1945 e expulsos de suas terras são os terroristas.

      • Mauro Postado em 04/Aug/2014 às 12:41

        Mas se um criminoso invadisse sua casa e fizesse a sua família de refém e o comandante da polícia autorizasse sua casa ser bombardeada ou metralhada, em vez de utilizar um atirador de elite , posicionado em local estratégico, esperando o melhor momento para acertar o bandido sem colocar em risco sua família? Se um bandido fizesse sua família como refém, e o comandante autorizasse o abrir fogo, os protestos seriam contra o comandante e não contra o bandido. Quem pode mais , tem mais responsabilidade, não privilégio, de fazer o que bem entende, acima das leis, do bom senso e etc. Gostaria que as pessoas que defendem o direito de Israel de se defender, tenham a mesma coragem ,que escrevem aqui,para assistir a esse video: http://tijolaco.com.br/blog/?p... Miko Peled é um ativista da causa de um Estado Palestino. Com características muito especiais. Peled é judeu. E filho de um dos mais importantes generais das Forças de Defesa Israelense (IDF), eufemístico nome de seu exército, Mattityahu “Matti” Peled, um dos integrantes do Estado-Maior israelense na Guerra dos Seis Dias, quando Israel conquistou os territórios da Cisjordânia, Gaza, Golan e o Sinai.

      • Antimatéria Postado em 04/Aug/2014 às 12:45

        Raciocina rapaz porque não tem esse papo de vítima não... Acontece que estaríamos defendendo Israel de jogar bombas e até relevando a morte de crianças se fossem os Palestinos os invasores. Quando o Paraguai tentou se apossar do Mato Grosso fizemos um massacre por lá, terminada a guerra a Argentina e Uruguai nos propuseram dividir o Paraguai e não deixamos e é essa a nossa forma de pensar. Ou seja, não ficamos do lado dos palestinos apenas porque israelenses estão matando crianças pois sabemos muito bem que o Hamas também não se importa de matar crianças israelenses, mas porque Israel quer se apossar das terras dos palestinos. Entendeu?

      • Vera Ramires Postado em 04/Aug/2014 às 12:55

        Souza! vais te informar melhor ,se não fosse pelo Hamas Palestina já teria desaparecido a muito tempo, Os terroristas são os malditos Sionistas de Israel.

      • silvia Postado em 04/Aug/2014 às 13:27

        Única coisa a dizer: sabe nada inocente. Qualquer ponderação mais inteligente não lhe seria compreensível.

      • Mauro Postado em 04/Aug/2014 às 14:14

        Veja o video abaixo e depois responda: http://www.youtube.com/watch?v=ToYDesW47Wc

      • Anne Postado em 05/Aug/2014 às 03:10

        "Aí a pergunta que eu faço pra tu é a seguinte, se os palestinos radicais matassem covardemente israelenses civis vc teria a mesma reação?" Resposta: Sim. Acredito que todos teriam a mesma reação. O caso é que os palestinos radicais NÃO estão fazendo isso não é mesmo? Então, no caso, de acordo com a sua "argumentação", devemos abrir mão da indignação por vítimas reais através de um exercício de fantasia que coloca as vítimas no lugar do algoz, é isso? Em tempo, pra que a assertivas do tipo "uma criança palestina vale tanto quanto uma criança israelense" fizessem sentido, teríamos que estar falando de uma guerra minimamente equilibrada, o que não é o caso.

  2. testemunha binocular Postado em 03/Aug/2014 às 11:53

    Essa foto tem nome: "holocausto 2014"...

  3. Alessandro Postado em 03/Aug/2014 às 11:53

    O mundo vai ficar parado olhando? Porque a esse ponto já está claro que Israel não dá a mínima para meros protestos e discursos condenatórios.

    • Celio Bernstein Postado em 04/Aug/2014 às 11:09

      Israel está se comportando como uma criança mimada, que grita ou reage desproporcionalmente à qualquer um que for contrário às suas atitudes. Se isso não for suficiente, chama pelo papai (EUA).

      • Mauro Postado em 04/Aug/2014 às 12:43

        Verdade! Eu quero, eu quero , eu quero! Porque eu quero!

  4. poronga Postado em 03/Aug/2014 às 12:23

    esses caras tem que ser presos e condenados a prisão perpetua pela matanza de tantos inocentes

  5. Marly Postado em 03/Aug/2014 às 12:59

    Barack Obama, premio Nobel da Paz... quanta ironia!

  6. Souza Postado em 03/Aug/2014 às 15:01

    Vai nada. A ONU só funciona com o comando dos EUA. Eu não era totalmente contra aos ataques de Israel justamente pelo fato do Hamas usar escudos humanos, mas dessa vez Netanyahu já tá acaralhando de vez. Pobres crianças que não tem culpa. O Egito devia liberar essa fronteira pro povo passar, porque daqui para o Natal Gaza vai ser igual um livro que eu li da Agatha Christie: "Não sobrou nenhum".

  7. Souza Postado em 03/Aug/2014 às 15:08

    Acusar Obama não é a solução. Primeiro que o presidente dos EUA não será julgado como cúmplice, segundo que Israel não vai pagar por isso pois é pupilo dos EUA, terceiro no conselho de segurança os EUA veta, quarto que Obama tá até "bonzinho", porque ele investe 1 bi pra armar Israel e os republicanos queriam aumentar pra 3 bi, e quinto a ONU é pau mandado dos EUA e do seu presidente. Acha mesmo que uma instituição falida vai condenar a maior potência do mundo? Acordem.

  8. Paulo Gregório Postado em 03/Aug/2014 às 16:18

    Ah, Adolf....que vontade de te pedir desculpas! !!

  9. paulo correa Postado em 03/Aug/2014 às 17:34

    fechem a onu ela não serve para nada e um clube privado onde cinco mandam.eles falam e israel manda todos tomar no cu

    • nietzsche Postado em 04/Aug/2014 às 09:38

      esse foi o melhor comentario da atualidade

  10. Rita Merlino Postado em 03/Aug/2014 às 17:48

    É isso aí,Paulo Correa !!!!!! O Hamas podia acertar logo esses bestiais seres!!!!, não tem outro jeito...

  11. Osias Postado em 03/Aug/2014 às 19:22

    Se escondem nessas sedes, lotam mesquitas de crianças e foguetes, é algo previsível. O problema é o HAMAS.

    • Dalton Postado em 03/Aug/2014 às 23:43

      O problema é pessoas facilmente manipuladas, os americanos e Israelenses e alguns outros no mundo simplesmente concordam com essa tragédia com esse massacre!

  12. ZORAIDE Postado em 03/Aug/2014 às 22:00

    Só posso definir este homem em apenas uma palavra: SANGUINÁRIO!

  13. Elisangela Strapasson Postado em 04/Aug/2014 às 00:08

    Benjamin Netanyahu ...................Covarde....milhões de vezes covarde.....que Deus faça sua justiça!!!

  14. ita barraas Postado em 04/Aug/2014 às 03:10

    Se por acaso os país vizinhos ao Brasil começassem a tomar território até sobrar apenas o rio de janeiro o que vcs fariam? Eu viraria terrorista também. E pqp, o hamas so ataca as forças armadas, israel não ta nem ai. As atitudes do Hamas são a última opção que foi dada a palestina. Se o Hamas não lutar pelo território tomado quem vai? Como vcs não enxergam que isso é desespero e não terrorismo? Alienados du c#$%%&!!!!!!!!

  15. Erick Postado em 04/Aug/2014 às 09:15

    Qual é, isso já tá indo longe demais! Israel faz uma nova ofensiva, dessa vez numa escola da ONU onde crianças Palestinas morreram dormindo... Tá certo que o Hamas não é santo, mas nem todo Palestino é terrorista... Netanyahu quer promover um novo Holocausto na Faixa de Gaza, isso é genocídio! Mas isso não importa, são apenas "Palestinos", um povo sem um país, sem uma fronteira, excluídos de um mundo que só pensa em expandir sua arrogância...

  16. Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 09:48

    Mais crianças que o hamas põe para defender morteiros e posições militares, morrer "em nome de ala" é glória para esses pessoal. O que esses terroristas palestinos fazem para destruir Israel é uma barbaridade. Pior que isso só gente como o Bashar al assad que ja matou 10 x mais ali perto na síria e ninguém fala nada.

    • Gleidson Postado em 04/Aug/2014 às 11:05

      Com isso foi justificado o ataque a seis escolas da ONU por Israel. Parabéns Pereira. Você é o cara... #SQN!

      • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 11:13

        Eles põe armamento nesses locais. Isso tranforma um alvo civil em alvo militar pela convenção de genebra. Até em paredes de hospitais eles põe armamento.

      • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 11:26

        Olha, justificativa há no fato dos terroristas transformarem prédios civis em base de lançamento de mísseis e depósito de armamentos. Mas que eu acho que a matança de Bashar al assad merecia algum post por aqui, acho que merecia.

  17. Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 10:34

    "O Egito devia liberar essa fronteira pro povo passar," Aí os rebeldes que derrubaram o presidente matam os palestinos, daí não vai ter Israel para culpar.

    • Souza Postado em 04/Aug/2014 às 12:35

      Me refiro ao êxodo reverso. Ao invés de sair do Egito agora ele entrariam lá.

  18. Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 10:39

    "fechem a onu ela não serve para nada ". Não precisa fechar, basta impedir que grupos da elite americana que financiam comunismo, como o grupo bilderberg, parem de tentar impor um governo globalista nessa entidade para atender seus interesses.

    • Gleidson Postado em 04/Aug/2014 às 11:09

      Isso aê... E como sabemos que os Estados Unidos mandam na ONU, logo concluímos que eles estão orquestrando um golpe socialista no mundo que está em desenvolvimento desde 1992 quando derrotaram a União Soviética na Guerra das Estrelas (Luke Skywalker foi o herói) os grandes defensores do "capetalismo". Anauê Pereira!!!

      • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 11:18

        Inocência !

      • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 11:19

        eu me divirto aqui.

      • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 11:20

        Os caras são incapazes se enxergar interesses globalistas no mundo.

    • Celio Bernstein Postado em 04/Aug/2014 às 12:08

      "(...)basta impedir que grupos da elite americana que financiam comunismo(...)" kkkkkkkkkkkkk!!! Eu que me divirto muito aqui. kkkkkkkkkkkkkk!!!

      • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 12:26

        Cara na boa, não dá para ficar com raiva dessas pessoas que comentam aqui. Eu tento ficar com raiva, mas eu não consigo. Negar que a elite americana tenta destruir a economia do próprio EUA para tentar impor um governo global via ONU é a mais pura ignorância e falta de inteligência.

  19. Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 11:08

    "separada do mundo por um muro, sofrendo um bloqueio econômico e tivesse seu povo atacado por um exército poder". Putz, Israel é o único país que fornece água e comida para os palestinos.

  20. Leonardo Lemes Postado em 04/Aug/2014 às 11:55

    Não perde teu tempo, Thiago. Vivemos em um tempo em que pessoas acham que matar crianças é justificativa para combater o terrorismo. Já disse em outros espaços e repito, Israel está fazendo guerra ao terror, com mais terror. injustificável. Vai ver a ONU acolhe crianças terroristas, ou crianças-bomba do Hamas...

    • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 12:23

      Como se o hamas quando manda seus 2500 mísseis anuais cuidasse se vai atingir um alvo militar ou civil. O hamas cuida se vai atingir uma escola ou uma divisão do exército. Hehehhee é Demais !!!

      • Mauro Postado em 04/Aug/2014 às 12:47

        Mas se um criminoso invadisse sua casa e fizesse a sua família de refém e o comandante da polícia autorizasse sua casa ser bombardeada ou metralhada, em vez de utilizar um atirador de elite , posicionado em local estratégico, esperando o melhor momento para acertar o bandido sem colocar em risco sua família?

      • Souza Postado em 04/Aug/2014 às 13:31

        Ta, mas se os reféns fossem traficantes de droga que guardassem as drogas na parede de casa, será que aquele ambiente seria tão inocente assim?

      • Mauro Postado em 04/Aug/2014 às 14:08

        Souza, não é esse o caso.Não defendo o Hamas.defendo os inocentes. Por que vocês se recusam a responder a uma simples pergunta. Parece-me que não tem resposta, ou estou errado?

      • Suelem Postado em 04/Aug/2014 às 23:55

        O Hamas é efeito, não causa. Pelo visto,você é mais religioso que cristão! PQP!

  21. Souza Postado em 04/Aug/2014 às 11:57

    Nunca vi o Brasil se interessar por Israel. Só depois que o povo tá morrendo? ¬¬

  22. Souza Postado em 04/Aug/2014 às 12:44

    As crianças são inocentes, mas vcs estavam lá pra ver o que aconteceu? Um míssil de Israel também atingiu integrantes do Hamas que estavam quase na porta da escola levando armamentos. Agora vamos reivindicar para que Israel libere geral, não destruam os túneis e parem de fiscalizar o que entra naquelas terras. Em menos de um mês aparecem terroristas se explodindo em Tel Aviv.

  23. Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 13:57

    "Mas se um criminoso invadisse sua casa e fizesse a sua família de refém e o comandante da polícia autorizasse sua casa ser bombardeada ou metralhada, em vez de utilizar um atirador de elite , posicionado em local estratégico, esperando o melhor momento para acertar o bandido sem colocar em risco sua família?". Bom Mauro, depende. O Problema é que no caso de um criminoso invadir minha casa, eu não seria conivente e nem estou na "mesma causa" e tampouco morreria pela causa dele. Já na Palestina, os palestinos civis têm nos terroristas herois de uma "causa", são coniventes e os ajudam a escapar, ajudam a fazer túneis, cedem suas casas para base de lançamentos de mísseis etc e etc. Eu não sou a favor de mortes, por mim nem os terroristas morreriam. O que acontecem é que eles põe civis, especialmente crianças para "morrer por alá" e daí chocam a opinião pública mundial com fotos que são postas como de "genocídio". Fotos de coisa que ninguém aprova como morte de inocentes.

    • Mauro Postado em 04/Aug/2014 às 14:12

      Você não pode responder por todos os Palestinos.Isso é presunção de culpa. Além disso , é como comparar com moradores de favela, que por medo do tráfico não colaboram com a polícia.Ainda assim você defenderia uma ação desastrosa na favela que matasse inocentes? Continuam sem responder à pergunta, parece-me que não querem reconhecer o óbvio. Respondam-me e terei a certeza se vocês tem boa vontade ou não de entender a situação. Aliás vejam o video: http://www.youtube.com/watch?v=ToYDesW47Wc

    • Mauro Postado em 04/Aug/2014 às 14:13

      Com uma arma na cabeça da sua família você faria o que eles quisessem!Deixe de história!

      • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 14:37

        Eu não mataria minha familia se os bandidos quisessem. Isso é no mínimo um contrasenso.

      • Mauro Postado em 04/Aug/2014 às 16:52

        Pereira, não disse que você mataria sua família. Se um bandido com pusesse uma arma na cabeça da sua família, e mandasse você jogar cocô contra a polícia você o faria.Até coisa pior. Você não quer entender. Mas também estou me divertindo com as respostas que você está dando...

  24. Souza Postado em 04/Aug/2014 às 14:24

    Falou bonito. O Hamas ameaça os civis se não concordarem com eles. O que tem que acontecer é o Hamas sair do poder, pq ele são o câncer daquela região.

    • Mauro Postado em 04/Aug/2014 às 16:53

      Primeiro Israel tem que parar de atacar os palestinos como se quisesse fazer uma limpeza étnica.

  25. Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 14:31

    "Ainda assim você defenderia uma ação desastrosa na favela que matasse inocentes?" eu já respondi. Mas coloco de outra maneira. Com certeza eu sou contra a morte, não só de inocentes, mas como de qualquer pessoa. O problema é que em guerra sempre sobra para inocentes, sempre foi assim e sempre será. A guerra ali é gerada pela intolerância, e todo o mundo sabe que se não fosse os terroristas,nada disso estaria acontecendo. Bem como nos morros controlados pelo tráfico, se não houvessem soldados do tráfico,a polícia não mataria inocentes. Agora querer acabar com a polícia porque em algumas ações contra o tráfico morrem inocentes é de uma ignorância monstruosa com todo o respeito. Querer acabar com Israel porque ela revida ataques sem o menor critério do hamas é no minimo cinismo. dizer que há disproporcionalidade por parte de Israel é outra coisa sem o menor sentido,pois pelo islã o irã já teria mandado uma bomba atomica em Israel e varreria tudo ali do mapa. Palestinos inclusive. Muitos palestinos são contra o hamas, é verdade, e por medo os apoiam. Israel sabe disso e ja abortou em outras oportunidades milhares de ataques, mas tu acha que a mídia fala sobre isso? Israel leva míssil o ano todo sem reagir, só reage quando o sistemas anti misseis fica sobrecarregado e a segurança dos civis entra em níveis perigosos. Se informe.

    • Mauro Postado em 04/Aug/2014 às 16:58

      Israel se quisesse, tem meios para isso, faria operações mais inteligentes e pegaria esses caras sem matar inocentes, usando espionagem, informação etc.Tem apoio dos EUA, aliás, é financiado pelos EUA, que tem a CIA, NSA e etc. Se você é tão bem informado, então o problema é outro... Já ssistiu ao video?: http://www.youtube.com/watch?v=ToYDesW47Wc

  26. Souza Postado em 04/Aug/2014 às 14:42

    Falou certo Mauro. O Hamas ameaça os civis para que fiquem ao seu lado. Como não ficar contra o Hamas, eles enchem a cabeça dos civis de baboseira, praticam terrorismo, se duvidar matam civis de Gaza e se duvidar mais ainda matam israelenses, guardam armas em locais civis, usam inocentes como escudo humano, apoiam o casamento de crianças com adultos... eu não sou contra a Palestina. O que eu acho que o Hamas tem que acabar pra assim poder ficar tudo em paz. Ou vocês esquecem o que os EUA fez com Hiroshima e Nagasaki? O que a China e a Russia são hoje contra a liberdade de expressão? Ou o que a índia aprova o casamento de crianças e a santidade da vaca? Ou o apartheid da Africa do Sul? Ou o que o Brasil fez com o Paraguai? Ou o que a Venezuela faz com quem é contra o Maduro? Parece que só Israel faz coisas erradas na terra né. Já vejo o Brasil cortar relação com Israel e manter com o Irã, Coreia do Norte e afins. Países que tem DEMOCRACIA PLENA se solidarizam com a vítimas, mas não chamam Israel de estado terrorista. Porque quem fala isso não sabe como é o Oriente Médio, uma região atrasada. Reconheçam, o Ocidente é mais desenvolvido e democrático que o Oriente. Aprenda Oriente com o avanço do mundo ocidental. Retrógrados. Ps: o que mais queria era um cessar fogo, mas terroristas são fodas demais.

  27. Igor Postado em 04/Aug/2014 às 16:17

    Fico profundamente entristecido quando vejo algum cidadão em possível sã consciência defendendo os ataques de Israel em Gaza, legitimando essa 'limpeza étnica', genocídio comparável ao dos nazistas na 2ªguerra. Como pode aceitarem esse tipo de coisa com tanta naturalidade, esbravejando em defesa com argumentos tão vazios e sem fundamento? isso não existe...

    • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 16:58

      é que nem todo o mundo é burro o suficiente para cair na manipulação midiática.

  28. Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 16:56

    "fazer uma limpeza étnica". Seria cômico se não fosse trágico. 20 % da população de Israel é de origem árabe, tem partido e acesso a todos os benefícios de uma democracia. É melhor ler isso do que ser cego.

  29. Souza Postado em 04/Aug/2014 às 16:57

    Decreto Universal: Israel liberou totalmente as fronteiras para os palestinos. Os soldados abrem mão das suas armas e o Estado da sua defesa. Agora a moda é deixar o Hamas invadirem suas casas e matarem seus filhos e destruir suas cidades. Vamos forçar israel a desistir de tudo. Viva Hamas, viva os terroristas que constroem túneis, viva as ditaduras que assolam esse planeta. Acabemos logo com a democracia e mandar os direitos humanos pra ... é porque vcs só acusam Israel. Quer que o país deixe o Hamas invadir lá?

    • Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 17:00

      Mas é isso o sonho dos socialistas. Os caras querem a todo o custo impor uma ditadura socialista no Brasil e onde conseguirem. querem a utopia do fim de Israel para tentar impor um governo global.

  30. Pereira Postado em 04/Aug/2014 às 16:57

    Por que será que quando os curdos levam gás sarin na cabeça do Bashar al assad da síria ninguem fala nada ?

    • Souza Postado em 04/Aug/2014 às 20:07

      Por que será que na Coreia do Norte existem presos de guerra que vivem em campos de concentração e ninguém fala nada?

  31. Souza Postado em 04/Aug/2014 às 17:32

    Kkkkkk Cuba é único socialista da América e é igual Dalila, cheia de Sanção. Vai que o Brasil recebe umas sançõezinhas dos EUA, tá merecendo.

    • Thiago Teixeira Postado em 04/Aug/2014 às 18:45

      Merecendo porque? Você sabe o que é o Brasil hoje no mercado internacional? Se quer se sentir inferior mude-se para Espanha ou Portugal.

      • Souza Postado em 05/Aug/2014 às 15:07

        Seychelles então é muito mais importante para o mercado global do que a Rússia. É isso? Como qualquer outro país que desafia a soberania ocidental leva sanção o Brasil está passível sim de uma. Não quero dizer que o Brasil vá ser igual a Cuba ou China, mas sabe como esse países do norte são. E olha que os EUA tem direito de veto no conselho de segurança. Quanto mais o Brasil Varonil se afasta do mundo ocidental, mais distante fica o assento permanente. Kkk e esse país ainda se orgulha de ter assinado o tratado de nao proliferação nuclear.

  32. Souza Postado em 04/Aug/2014 às 19:15

    Se o Japão fizesse o mesmo como Israel todo mundo ia cair em cima do país, se a China fizesse a mesma coisa que Israel tá fazendo passariam a mão na cabeça. Incrível.

  33. Antimatéria Postado em 05/Aug/2014 às 01:22

    A verdade prevalecerá: https://www.youtube.com/watch?v=ToYDesW47Wc

    • Pereira Postado em 05/Aug/2014 às 17:19

      eu vi o depoimento desse vídeo. A imparcialidade chega a ser revoltante. Ele tenta justificar o terrorismo palestino pelo fato de Israel ter "expulsado" os palestinos da terra. Se for assim mais uma vez tenho que citar os índios no Brasil. Os assassinatos que índios fazem pelo interior do Brasil por terra estão justificados. Sem falar que se for por tempo de ocupação de terreno, os judeus já estavam lá desde o tempo do império romano. Para haver estado palestino primeiro tem que haver democracia entre eles. Não há uma democracia sequer na região, afora Israel. A única alternativa para o mundo apoiar um estado palestino é os mesmos largarem as armas e tentarem algo pacífico, como os curdos fazem e não contam com o mínimo apoio internacional.

    • Antimatéria Postado em 05/Aug/2014 às 20:11

      Pereira, assassinatos em defesa contra invasores das terras tá valendo inclusive pelo nosso código penal. Claro, você quer é dizer que para ficar do lado dos palestinos teria que apoiar devolver o Brasil aos índios. Acontece meu chapa que sou descendente de índios (por parte de mãe com certeza) e provavelmente existem mais descendentes de índios que mandam seus filhos pra Disney e adoram ler a Veja do que aqueles que moram no mato. Entendeu o ridículo do seu argumento?! Brasileiros não são um grupo etnicamente puro de europeus que por ideologia querem se manter o “povo eleito” para sempre. Tamos fora dessa neura. * Segundo, você diz que "os judeus já estavam lá”. Mas quantos? Ou não prestou atenção nesse detalhe no vídeo? Vou resumir... Havia judeus que ficaram na palestina depois da expulsão pelos romanos. Mas eram poucos. Então no século 19 surgiu a ideologia sionista que incentivava os judeus a emigrarem para Palestina. Essa emigração conseguiu até 1947 fazer a população subir para cerca de 500 mil, mas ainda assim uma franca minoria. Ai vem a parte que você devia ter prestado mais atenção... Nessa emigração de retorno os judeus se segregavam em organizações próprias e uma dessas organizações que eles se dedicaram especialmente em criar foi............... Uma milícia! Tan tan tan tannnnnn. A tristeza (e nós brasileiros estamos indo pelo mesmo caminho) é que os palestinos apesar de serem relativamente evoluídos para a época (tinham juizes, acadêmicos, políticos) eram pacíficos e não tinham nenhum exército ou mesmo uma milícia igual a dos judeus. E deu no que deu. Ou seja, a retórica de povo eleito, povo perseguido e blábláblá não passa de distração pra esconder esse pequeno detalhe da história que explica tudo. Ou seja, os judeus eram minoria mas estavam armados e os palestinos eram maioria mas eram pacíficos e, me desculpem, muito burros!!! Claro, agora aprenderam a lição, mas a que custo?

  34. Souza Postado em 05/Aug/2014 às 22:00

    Lol quer dizer que pra vc todo europeu quer ser superior? Meça suas palavras antes de vir falar bosta. Eu sou contra ser preconceituoso contra negros pq tenho muitos amigos negros agora vir dizer que todo europeu quer ser eleito superior aí é foda. Pra seu governo tenho ascendência portuguesa com norueguesa e mesmo assim não faço piada contra uma etnia ou outra.

    • Antimatéria Postado em 05/Aug/2014 às 22:21

      Onde eu falei que TODO europeu quer ser superior? (também tenho descendência portuguesa pra seu governo) E onde meu argumento está fazendo piada com etnias? Onde? Você lê, não é capaz de entender e interpreta o que quer, e ainda apelas para palavras de baixo calão. Meça suas palavras você o rapaz.

      • Souza Postado em 05/Aug/2014 às 23:04

        "Brasileiros não são um grupo etnicamente puro de europeus que por ideologia querem se manter o 'povo eleito' para sempre. Tamos fora dessa neura." Em primeiro lugar é ascendência e não descendência. Em segundo que quando vc fala que europeu tem essa ideologia de ser povo eleito automaticamente ao meu ver quer dizer que europeu, segundo vc, tem complexo de superioridade. Mas não. Dá raiva que quando uns babacas jogam banana pra um jogador desse aí todo mundo chama europeu de racista. É como a minha avó sempre diz: "somos mal interpretados por ser claro".

      • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 00:03

        Moderando as palavras fica mais fácil debater... Obviamente no contexto a palavra “europeu” é referência explicita aos judeus europeus. De qualquer modo o que disse vale pra qualquer grupo étnico, europeu ou não, que valorize a preservação da sua etnia do resto da humanidade como um propósito em si. Isto é, seja racista.

  35. Mateus Postado em 05/Aug/2014 às 23:07

    https://www.facebook.com/photo.php?v=10204267449991209 Mais de 1500 executados por fundamentalistas, um grupo fundamentalista semelhante ao HAMAS, aviso que o vídeo é forte. Os árabes não apoiam o HAMAS por motivos óbvios basta verem o vídeo, criticam a democracia ocidental mas o Brasil não luta contra fundamentalistas, até mesmo os governos árabes estão se alinhando com os USA devido a violência desses grupos. é muito ignorância de toda esquerda criticar Israel apenas, talvez o passado fundamentalista gere essa comoção por bandidos e terroristas apenas. O vídeo lembra a história Cubana aviso que é forte.

  36. Souza Postado em 05/Aug/2014 às 23:38

    Não me interessa se Israel será punido na corte de Haia ou não. O que sou contra é a destruição do estado inteiro como quer o Hamas. O que eu quero com tudo isso? Se o Hamas não acabar que pelo menos reconheça o estado de Israel como um país e Israel reconhecer Palestina tbm. Um tratado de acordo mútuo para o Hamas reconhecer Israel e para a retirada do embargo das fronteiras de Gaza. Aos poucos Israel retiraria as Sanções e a palestina ser um país democrático que respeite a liberdade das pessoas. Gente seria muito produtivo pra ambos os lados porque assim Gaza seria ajudada internacionalmente e se desenvolveria. Deu certo na Alemanha e no Japão. É isso que o Egito quer. Ele não quer tomar partido só pra um lado. Claro que o embargo de gaza é cruel, mas também se o hamas não for controlado nunca essa guerra vai terminar.

  37. Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 13:20

    Antimatéria, sinceramente não entendi muito seu comentário, mas vou tentar responder de acordo com o que eu entendi. Eu não usei o fato de os índios invadirem terra com o MST, promover baderna em brasília e cobrar pedágio ilegal em estradas alegando que teriam direito a terra em alusão a questão da palestina. É ao contrário, são os antissemitas que se valem desse argumento quando se dão conta que os judeus já estavam naquelas terras bem antes de qualquer povo árabe. Primeiro eles dizem que os palestinos estavam lá antes de 47 e foram expulsos portanto teriam direito à terra(esse tipo de comentário choveu por aqui quando os conflitos começaram), aí eles se dão conta que os judeus já estavam lá desde o tempo que os hebreus escaparam da escravidão do egito. Aí eles se dão conta: "Puxa, é verdade os judeus estavam lá primeiro, vou usar o argumento dos índios brasileiros". Ou seja os antissemitas usam um argumento pró palestina que não vale para os judeus quando se dão conta que estão errados.

    • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 18:53

      Você escreveu muito e no fim coloca a falácia... A questão é que não estavam. Ponto. E não falo de 1947, falo de 3 mil anos antes. Descendente de palestinos e judeus sempre viveram naquele terra a cerca de 400 mil anos. Mas se você só aceita a verdade como sendo a escrita em livros religiosos, então deixa pra lá.

      • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 20:12

        O texto ficou truncado. Vou reproduzir corrigido >>> Você escreveu muito e no fim coloca a falácia: “Puxa é verdade, os judeus estavam lá primeiro”. A questão é que não estavam “lá primeiro”. Ponto. E não falo de 1947, falo de 3 mil anos antes. Os ancestrais de palestinos e judeus viveram naquele terra a cerca de 400 mil anos. Mas se você só aceita a verdade como sendo a escrita em livros religiosos, então deixa pra lá.

  38. Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 13:24

    "Havia judeus que ficaram na palestina depois da expulsão pelos romanos" . Não, os romanos não expulsaram os judeus de lá, eles DIZIMARAM os judeus. Quando o I.romano caiu apareceram os arabes que as cruzadas vieram a combater mais tarde.

    • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 19:01

      Afirmação sem pé nem cabeça, é óbvio que ouve sobreviventes. E porque comenta isso, pra dizer que os judeus na Europa vieram de Marte?

  39. Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 13:28

    "Ou seja, a retórica de povo eleito, povo perseguido ". Bom se você nega o holocausto onde a história diz que 6 milhoes de judeus foram mortos(esse número é muito maior), se você nega toda as perseguições desde o império de alexandre o grande, império romano, napoleão e tantos outros. sinto muito eu não vou discutir isso.

    • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 19:08

      Aha, eu disse, sim eu disse, que não ouve holocausto! Claro, o resto do contexto da frase que explica o que eu estou na verdade dizendo (a criação da milícia) você omitiu e nem quer saber de contestar. Porque será?

      • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 20:30

        *houve

  40. Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 13:34

    mais uma coisa que tu não deve saber. OS europeus foram escravizados muito antes por povos muçulmanos da áfrica muito antes do primeiro portugues pisar por lá. Com a diferença que os europeus escravizados não tinham movimentos abolicionistas para ajudá-los, movimentos presentes no Brasil e nos EUA fundados ...advinha por quem ????? Igreja católica e judeus em sua maioria. Isso mesmo nós "brancos", "FDP" , "racistas do C..." fundamos movimentos para libertar os negros e lutar pelo direito deles de constituir família.

    • Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 13:43

      Mais uma coisa. Primeiro, quem viola a convenção de genebra é o hamas que esconde armamento em prédios civis, isto é terminantemente proíbido. segundo, o fato de morrer mais gente de um lado não significa que esse lado é que está com a razão(ao contrário do que a mídia tenta passar). Pergunto: Quantos civis inocentes os aliados tiveram que sacrificar para derrubar hitler ? Terceiro, a tal desproporcionalidade de forças é uma falácia. O japão matou 3000 americanos no ataque a pearl harbor, quer dizer que os americanos poderiam devolver o revide até o mesmo número para manter a proporcionalidade ?

      • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 19:32

        Cara, que conversa é essa. Gaza é uma cidade sitiada, eles não têm outra saída a não ser lutar casa a casa. Mas não é essa a questão, mas que o Hamas esconde em escolas e hospitais e assim livrar a cara da IDF... Para e pensa, porque um "traficante" que tem uma favela imensa cheia de casas e biroscas ia esconder a muamba justo no posto de saúde, um local destacado e fácil de ser achado? Agora pensa mais um pouco, se o objetivo é estrangular Gaza economicamente quais os lugares interessantes de colocar abaixo? As biroscas ou os prédios fundamentais para a cidade deles? Pensa...

    • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 19:22

      Aha, foram os judeus que salvaram os lusitanos dos muçulmanos e os negros do racismo (na África do Sul também?). E o resto dos europeus não judeus, eram só eles "FDP" racistas? Muito fácil a retórica "eu não sou racista, tenho amigos negros e até ajudo eles" só faltou completar a frase e dizer, "Claro, gosto muito dos negros, mas não pra casar com meu filho".

  41. Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 13:49

    Só para concluir antimatéria. não pense que não me comovo com as vidas perdidas, principalmente crianças, sempre lembro do meu filho brincando(não posso dizer com segurança,pois o estado não oferece). Lembro também que vivemos no Brasil um genocídio de 56 mil homicídios por ano, não sei se tem isso de palestino morto em toda a história do conflito. Israel tem o direito de existência e isso é fato !!!! a totalidade da população tem o direito de ter uma vida plena e as crianças israelenses têm o direito de brincar a céu aberto e naõ em bunkers. Os palestinos também têm direito as suas terras e seus país, porém exigimos um governo democrático e alternância de poder e não um estado onde a perpetuação de poder por grupos extremistas antiisrael é desejada.

    • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 20:02

      Concordo, concordo... Mas o que talvez não saiba, é que o Hamas já fez acordo com Israel, eles cumprem a parte deles ai Israel arranja um pretexto para não cumprir a deles... Tem documentos de analistas neutros explicando isso (http://jornalggn.com.br/noticia/o-conflito-em-gaza-e-as-chances-do-hamas). O fato é que Israel quer o fim de todos os palestinos... Lembra do Arafat, ele era contra o Estado de Israel, mas depois aceitou e no Governo Clinton se começou a construir um projeto viável do Estado palestino (lembra do Arafat apertando a mão do Rabin?). Ai o que os radicais em Israel fizeram? Mataram o Rabin. Mataram! E isolaram o Arafat e não cumpriram a parte deles. O Hamas sabe disso, é luta ou morte pra eles, infelizmente. Por isso não dá nem de longe comprar essa conversa de exigir se democratizarem primeiro. Eu sei que o Hamas são malvados e tal, mas eles são a criatura e Israel um cientista louco. Não existe isso de acordo entre eles. Tem que ser de fora pra dentro; ou o mundo salva os dois lados ou um lado vai matar o outro.