Redação Pragmatismo
Compartilhar
Bolsa Família 01/Aug/2014 às 17:06
27
Comentários

FHC rejeitou duas vezes o Bolsa Família

Documentos revelam que o cavalo do Bolsa Família passou duas vezes encilhado para o então presidente Fernando Henrique Cardoso – e nas duas vezes, ele deixou de montar

fhc bolsa família

Luis Nassif, GGN

A Bolsa Família é uma política de universalização da renda mínima com contrapartida de exigência de matricular as crianças na rede escolar.

Ao longo dos anos, tornou-se a principal vitrine do governo Lula, garantiu sua imagem internacional e pelo menos 12 anos de governo ao PT.

O consolo do PSDB é tentar atribuir a origem da política a FHC.

Analisando-se documentos da época, no entanto, constata-se que o cavalo do Bolsa Família passou duas vezes encilhado para o então presidente Fernando Henrique Cardoso – e nas duas vezes, ele deixou de montar.

A última vez foi dois anos apenas antes de Lula apostar na política e se consagrar.

Mais que isso: toda a política de educação do Ministério da Educação implementado a partir do segundo governo Lula, com ampliação das vagas escolares, aumento dos gastos com educação, ampliação dos campus universitários, expansão do instituto técnico, estava presente no Plano Nacional de Educação (PNE) de 2001, aprovado pela Câmara e pelo Senado. E todos esses itens foram vetados por FHC.

VEJA TAMBÉM: Quem é contra o Bolsa Família ou é mal informado ou mal intencionado

No início do primeiro governo FHC, o senador Eduardo Suplicy tentou avançar seu Programa de Renda Mínima. No dia 28 de abril de 1996 a Folha entrevistou os diversos Ministérios envolvidos com o tema.

Do Ministro do Trabalho Paulo Paiva (PTB) ouviu que “não podemos simplesmente criar um novo programa que se sobreponha aos atuais”. Do Ministro da Previdência Reinhold Stephanes (PFL), ouviu que o governo já tinha programas de renda mínima “e pode aperfeiçoá-los”. O Ministro do Planejamento José Serra saiu-se com um não-argumento típico dele. Não era contra, mas o projeto “não tem sido discutido no âmbito do governo”. Era só começar a discutir.

Foi a primeira oportunidade perdida.

A ideia continuou crescendo. Anos depois, foi apropriada pelo então senador Antônio Carlos Magalhães (ACM ) que a incluiu no Plano Nacional de Educação.

O projeto foi aprovado na Câmara e no Senado e chegou para a sanção presidencial. Dizia o item 1.3, subitem 22: “Ampliar o Programa de Garantia de Renda Mínima associado a ações socioeducativas, de sorte a atender, nos três primeiros anos deste Plano, a 50% das crianças de 0 a 6 anos que se enquadram nos critérios de seleção da clientela e a 100% até o sexto ano.”

E aí FHC mostrou sua pequena dimensão de homem público.

O item foi vetado sob o argumento de “contrariar o interesse público”. E contrariava devido ao fato de “as metas propostas (…) implicam conta em aberto para o Tesouro Nacional, (…) o que não se compadece com o quanto estabelecido nos arts. 16 e 17 da Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Não ficou nisso.

Pelas mesmas razões de “interesse público” foram vetados o item que definia uma meta mínima de 40% do ensino público superior através de parcerias com Estados; o Item que criava um Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Superior, para expansão da rede de instituições federais; o item que ampliava o programa de crédito educativo, associando-o ao processo de avaliação de instituições privadas.

E aí por diante.

Dois anos depois Lula assumiria o poder e montaria nos dois cavalões rejeitados por FHC.

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 01/Aug/2014 às 17:15

    Tudo de ruim, é culpa do PT e sua quadrilha. Todos os acertos, méritos do governo FHC que estabilizou nossa moeda, e blá blá blá.

  2. André Postado em 01/Aug/2014 às 17:30

    Uma pessoa que conhecia muito bem o problemas do país como o FHC não criar uma política exitosa de combate a pobreza é um "erro que acontece"? Está tua posição de defensor do PSDB tá ingrata, hein Rodrigo.

    • André Postado em 01/Aug/2014 às 17:40

      errata: 1- os problemas. 2- Esta tua posição

    • André Postado em 01/Aug/2014 às 19:55

      Eu não estou defendendo partido aqui, diferente de você, que toda vez que ouve algo sobre o PSDB tenta desqualificar atacando o PT. Tenho várias críticas ao PT, sobre a corrupção, as coligações, enfim... Mesmo assim, ainda vejo o PT como "menos pior" que o PSDB, partido que, no meu modo de ver, além de também não ser capaz de conter malfeitos dentre alguns de seus quadros, é extremamente elitista. Política, no meu modo de ver, deve ser feita primeiramente para melhorar a vida dos mais pobres, e nisso o PSDB é pior que o PT.

  3. Deisi Postado em 01/Aug/2014 às 18:44

    Sempre soube da falta de inteligência e sensibilidade do psdb, na vida acontece essas coisas, o cavalo passa, você não monta, perde oportunidades, ainda mais o FHC, como sociólogo deixar o cavalo passar duas vezes, mas é burro mesmo. O Lula por sua vez, retirante nordestino, sem curso superior, mas sensível, humano inteligente, não perdeu a oportunidade, se tornando um grande presidente, como o melhor cabo eleitoral do Brasil, sem dizer que para o Obama ele é o cara, O FHC, no entanto, que vivia com o pires na mão, refém do FMI, é um babaca e burro, nenhum candidato do psdb, quer ele como cabo eleitoral, fogem dele como o diabo da cruz.

    • Marcel Postado em 05/Aug/2014 às 10:37

      O Lula é político profissional. Vai dizer que ele vive como um operário? Quanto ele cobra por uma palestra mesmo? Tirar o mérito de FHC na economia é falta de argumentos. Lula é produto de nossa sociedade, inteligente sim, pois aproveitou a oportunidade de se dar bem na política. Tanto que Lula ainda manda no partido. Quando o Congresso aperta a dona Dilma, ele que resolve os problemas, pois é político profissional.

  4. poliana Postado em 01/Aug/2014 às 19:44

    hahahahaha!!! mas os tucanos insistem em dizer q tudo q o gov lula implementou foi continuação do gov fhc!! morro de rir com esses cozinhas!!!!kkkkkkkk

    • poliana Postado em 02/Aug/2014 às 11:09

      coxinhas*

  5. José Ferreira Postado em 02/Aug/2014 às 00:08

    O PT votou contra o Plano Real, a Constituição de 1988 e a Lei de Responsabilidade Fiscal. O FHC pode não ter aprovado mais cedo esse tipo de programa, mas viu que era uma boa ideia (na visão dele) de criar em âmbito nacional programas como "Vale Gás", "Cartão Alimentação" e "Bolsa Escola". Outro que criou programas sociais vinculados à presença nas escolas foi o Paulo Maluf, com o "Leve Leite" no município de São Paulo. Ainda assim o Bolsa Família é uma forma de colocar os pobres "no cabresto" do governo, tanto que é no Norte e Nordeste que o PT tem mais votos, e em São Paulo e no Sul o PT não consegue convencê-los a votar na Dilmão. É a estatização da "Indústria da Seca".

    • André Postado em 02/Aug/2014 às 10:37

      Interessante, vale gás, bolsa escola e cartão alimentação, na sua ótica, são bons programas. Já o Bolsa família é uma forma de colocar os pobres no cabresto???!!!!! José Ferreira, pelo jeito você não entendeu o que estamos debatendo. Leia os outros comentários e, se fores minimamente inteligente, verá que seu post não acrescentou nada.

    • André Postado em 02/Aug/2014 às 10:42

      Outra coisa, a Dilma não tem votos em SP e no Sul? Ela está na frente nestes dois locais! Mesmo em SP, onde o Alckmin lidera com folga (50%), a Dilma tem 5% a mais que o Aécio (35% contra 30% do Aécio). Você é burro ou fanático?

    • José Ferreira Postado em 02/Aug/2014 às 14:43

      Quando eu falo que o Bolsa Família deixa os pobres "no cabresto" do governo digo isso também em relação ao "Leve Leite" e os programas semelhantes implantados na gestão do FHC. Em São Paulo a Dilma tem esses cinco por cento a mais por conta dos migrantes do Nordeste, se eles não fossem incluídos na pesquisa a Dilma não estaria à frente em São Paulo. Infelizmente acredito que tanto o PT quando o PSDB não estão devidamente engajados em relação a solução dos problemas nacionais.

    • André Postado em 02/Aug/2014 às 17:05

      Entendi, você é dá opinião "morra de fome", pois pobreza não é questão de governo.

    • André Postado em 02/Aug/2014 às 17:19

      Reclamavam quando não se fazia nada pelo nordeste, agora que fazem algo são populistas.

    • André Postado em 02/Aug/2014 às 17:28

      Criticar políticas sociais que atendem pessoas em situação de extrema pobreza, ou seja, vivem com menos de 70 REAIS por mês é das coisas mais bizarras e desumanas que existem. Pode ter certeza que isso rende muitos votos ao PT, afinal, tu acha que os miseráveis vão votar em quem, num partido que nunca fez nada por eles, ou num partido que fez pelo menos alguma coisa? Me diga uma coisa José Ferreira, também é possível usar este argumento para o PSDB? Ou seja, o fato de este partido priorizar os mais ricos também pode ser considerado uma forma de garantir o voto e o apoio (monetário) da elite?

    • José Ferreira Postado em 03/Aug/2014 às 17:13

      O PSDB tem tido vários de seus candidatos eleitos em São Paulo. Se fosse nessa linha uns 50% da população seria rica. Se esse partido foi eleito é por que tem os seus méritos, apesar das falhas em alguns pontos como a educação e o transporte sobre trilhos.

    • Marcelo Postado em 18/Aug/2014 às 13:13

      Entendi Jose Ferreira. Daqui a pouco, se a tua mulher aparecer gravida a culpa tambem vai ser de algum nordestino. Dilma perdeu para o Serra sim, mas por um percentual baixo. Somente na cidade de Sao Paulo, a DILMA VANA ROUSSEFF obteve 2.961.897 votos e JOSÉ SERRA 3.427.671 votos. Para que voce tenha uma ideia, 2.961.897 votos validos equivale a TODOD os eleitores de muitos estados inteiros do nordeste. Portanto, esse argumento tipico dos paulistas, alem de preconceituoso e' totalmente equivocado. Finalmente, e' importante ressaltar que presidente nao governa sozinho, vos digo varias pe'rolas eleitas pelo cultissimo Estado de SP para nosso deleite e avanco Nacional: Valdemar Costa Neto, Feliciano, Palocci, Joao Paulo Cunha, Jose Jenuino, Maluf, Tiririca, Frank Aguiar e outras desgracas. Mas certamente quem votou nesses caras foram os nordestinos nao e' mesmo? Os caras criticam os maranhenses por votar no Sarney, e votam no PSDB a 30 anos, e apesar de ser o estado mais rico, SP e' uma das cidades menos felizes de se viver na minha opiniao. Eu acho que os servicos e qualidade de vida em SP capital deixam em muito a desejar para a cidade mais rica do pais. Se voce acha que nao, pode por a culpa em algum nordestino e ficar com a conciencia mais feliz.

  6. Rodrigo Postado em 02/Aug/2014 às 01:55

    Nassif não é o mesmo demente que inventou a conspiração Tucana do 45 na novela da globo? Outro doente igual a Constantino? Mande ele estudar um pouco e conhecer quem foi Ruth Cardoso e o que ela fez e no governo de quem.

    • Thiago Teixeira Postado em 02/Aug/2014 às 11:41

      Meu amigo, não quero colocar terra no seu chop, mas governos libertários com tendências de direita não tem ministério ou foco na área social. O que eles fazem? Colocam as primeiras damas para fingir que gosta de pobre e transmitir uma imagem de família boazinha. Menem foi assim, Collor, Fijimori, na Inglaterra é assim (Lembra da princesa sempre em eventos sociais com pobres?). Então, não se iluda que a Dona Ruth (na qual viveu cheia de galho do marido) sentou numa cadeira e traço um plano de benefício aos pobres, alguém fez, desenvolveu e passaram para ela ir ao pódio e implementar num ato simbólico. Social nunca foi a bandeira do seu presidente sociólogo.

      • José Ferreira Postado em 02/Aug/2014 às 14:46

        A Dilma faria a mesma coisa se fosse casada. A mulher da Dilma certamente pagaria de "defensora dos pobres" e de "benemérita". A mulher do Kassab também faria a mesma coisa, se ele realmente "gostasse da fruta".

  7. Rodrigo Postado em 02/Aug/2014 às 16:53

    Se fosse assim por que a de Lula não fez? Por que a única noticia que temos dela são os escândalos dos gastos da dondoca de Lula? Além de conseguir passaportes especiais para os filhinhos e netos? Saiam desse mundinho de lunáticos como Nassif e Pesquisem um pouco mais por favor. http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/06/080625_morteruthcardoso_np.shtml

    • André Postado em 02/Aug/2014 às 17:10

      Lunático é quem precisa desmerecer os outros pra provar que aqueles a quem ele apoia são melhores. Acha que vai provar que a Ruth Cardoso era uma pessoa interessada em políticas sociais (o que não duvido) criticando o Lula? Que argumento é esse? Por essas e outras o PSDB vai perder novamente, o anti-petismo consegue ser pior que o petismo cego.

      • Deisi Postado em 03/Aug/2014 às 12:10

        Concordo André o petismo cego é ruim, mas não tem nada pior que direita raivosa, eu moro no estado de São Paulo, embora nunca votei no psdb, consigo enxergar, coisas boas que fizeram em 20 anos. EX: Poupa Tempo e Projeto Guri, são programas maravilhosos, muito importantes, para população do estado, meu esposo perdeu sua CNH, no prazo de duas horas, estava com sua segunda via na mão, Projeto Guri, ensina musica e canto coral para crianças gratuitamente, minha sobrinha dá aula lá. Nem Freud explica tanto ódio, talvez seja baixa autoestima, como o papa Francisco definiu, "A necessidade de falar mal do outro indica baixa autoestima. "Isso significa eu me sinto tão baixo, que em vez de subir, rebaixo o outro". Mas coxinha sempre coxinha, pra mim é uma tremenda falta de argumentos, falar mal, não reconhecer avanços, ignorar números, é coisa de reaça hipócrita e tucano cego.

  8. Luís Fernando Postado em 03/Aug/2014 às 11:30

    Não sei como existem pessoas que ainda defendem FHC e sua corja tucana. O PSDB nunca fez nada pelo país, ao contrário, só ajudou a piorar. Não defendo nenhum partido mas nunca votei e jamais votarei no PSDB. Leiam "O príncipe da privataria" para saberem quem realmente é FHC.

    • Marcel Postado em 05/Aug/2014 às 21:17

      Graças ao FHC que privatizou as Teles que você pode expressar sua opinião na rede. Se achava bom e eficientes nossas estatais, é tua opinião. No mais, o plano real está ai, a reeleição tão combatida por Lula. Ai não gostar e ver o que há hoje...

  9. Souza Postado em 05/Aug/2014 às 01:10

    Querem a minha opinião sobre tudo isso?

  10. Onda Vermelha Postado em 16/Aug/2014 às 13:48

    Kkkk. Eu quero eh ver o Aécio colocar esse sujeito insensível e rejeitado pelo povão na TV como afirmou que faria. Vai ser uma delicia...