Redação Pragmatismo
Compartilhar
Palestina 06/Aug/2014 às 16:21
94
Comentários

Evangélicos defendem Israel e criticam Dilma

A condenação do governo brasileiro ao massacre de Israel em Gaza gerou forte reação de líderes evangélicos no Brasil, que defenderam os israelenses criticam a presidente Dilma Rousseff

silas evangélicos dilma israel gaza
“A nação que amaldiçoa Israel também é amaldiçoada”, diz Silas Malafaia, em resposta ao posicionamento do governo brasileiro (Edição: Pragmatismo Político)

A condenação do governo Dilma Rousseff à ação militar israelense em Gaza gerou forte reação contrária de líderes evangélicos brasileiros, expondo os crescentes laços entre igrejas protestantes e Israel.

A mobilização evangélica teve início em 23 de julho, quando o governo federal divulgou uma nota condenando os ataques israelenses em Gaza e convocando o embaixador brasileiro em Tel Aviv para consultas.

No dia seguinte, cerca de 80 pessoas – em sua maioria evangélicos – foram ao Ministério de Relações Exteriores protestar contra a decisão.

VEJA TAMBÉM: O que o judeu Eric Hobsbawm pensava de Gaza?

Uma das organizadoras do ato, a pastora Jane Silva – que preside a Associação Cristã de Homens e Mulheres de Negócios e a Comunidade Brasil-Israel – diz que líderes evangélicos de vários Estados e de diferentes igrejas compareceram à manifestação.

Com o apoio do deputado federal Lincoln Portela (PR-MG), um dos principais nomes da bancada evangélica no Congresso, Silva marcou uma audiência no Itamaraty para expressar a insatisfação do grupo. Eles foram recebidos pelo embaixador Paulo Cordeiro, subsecretário-geral do órgão para África e Oriente Médio.

“Ficamos ofendidos e magoados com a postura do governo brasileiro, que para nós não condiz com a posição da população cristã brasileira em relação ao conflito”, diz a pastora. Não há dados, no entanto, que confirmem a avaliação da pastora.

“Quando o governo fala mal de Israel, fala mal de nosso Jesus. E Israel tem o direito de se defender e de existir.” “Israel é palco da história bíblica e está muito claro para nós que o Hamas é um grupo terrorista que quer destruí-lo”, acrescentou.

Além dos laços religiosos com os locais sagrados de Israel, líderes evangélicos citam em defesa do país argumentos semelhantes aos que são usados pelo governo israelense como, por exemplo, culpar o que chamam de estratégia de usar ‘escudos humanos’ pelas mais de mil mortes entre palestinos.

Até agora, mais de 1.800 mil palestinos morreram, entre eles integrantes do Hamas, mas também bebês, mulheres e crianças; quase 10 mil estão feridos e são mais de 450 mil desabrigados. Do lado israelense, morreram 67, três civis.

Eles dizem temer, ainda, que a deterioração das relações diplomáticas afete o fluxo de peregrinos brasileiros para a Terra Santa.

Segundo Silva, os ataques de Israel são uma resposta legítima aos foguetes do Hamas, grupo que controla Gaza.

Passagem bíblica

E em seu programa de TV no último sábado, o pastor Silas Malafaia, principal líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, também tratou do tema.

Ao se referir à posição do governo brasileiro quanto aos ataques israelenses, Malafaia citou uma passagem bíblica segundo a qual “a nação que amaldiçoa Israel também é amaldiçoada”.

‘Soft power’ religioso

O crescente alinhamento entre líderes evangélicos e Israel não é fenômeno exclusivo do Brasil.

Nos Estados Unidos, país que abriga a maior população protestante do mundo, os Sionistas Cristãos – como são conhecidos os evangélicos pró-Israel – exercem importante influência política.

Para estreitar os laços com o grupo, o governo israelense estimula visitas de grupos evangélicos à Terra Santa.

Em 2013, uma reportagem do Christian Science Monitor, uma das principais publicações mundiais sobre religiões, descreveu os bastidores de um evento anual organizado pelo governo israelense para homenagear líderes protestantes.

No encontro, o prefeito de Jerusalém, Nir Barkat, disse aos presentes: “Vocês aqui são o melhor ataque e a melhor defesa que poderíamos ter (…). Aproveitem a cidade de Jerusalém (…) e voltem para casa como fortes embaixadores do Estado de Israel e da cidade de Jerusalém”.

A reportagem diz que, após se consolidar nos Estados Unidos, o movimento evangélico pró-Israel agora ganha força em países emergentes com crescente população protestante, como Brasil e Nigéria.

João Fellet, BBC Brasil

Recomendados para você

Comentários

  1. Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 16:30

    Bela manifestação, prova que nem todo o mundo está se corrompendo com a mutretagem da mídia pró esquerdopatas.

    • Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 16:31

      Matéria Ctrl C Ctrl V .

    • Ruffer Postado em 06/Aug/2014 às 16:35

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Verdade, vamos defender a morte de civis, bloqueio econômico, expansão de território e vamos colocar na população toda a culpa que é do Hamas. Coitados dos Israelenses, não podem nem fazer um massacre de terror mais. Solidariedade!

      • Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 16:43

        a morte de civis: se o hamas pudesse matava todos os civis israelenses sem piedade(como fez com os adolescentes). bloqueio econômico: os 2500 mísseis anuais do hamas sobre israel é o causador do bloqueio. Massacre do terror ? diga isso para todos os povos que sofrem na mão do islã . Aliás quantas pessoas o islã matou no dia de hoje pelo mundo afora ?

      • Rubens Postado em 06/Aug/2014 às 17:03

        SE pudesse, SE. Mas não pode. Se formos agir por intenção o mundo teria acabo antes da Guerra Fria. E pra que relativizar o que Israel está fazendo? "Ah, eu matei mil, mas aqueles matou 10 mil" Por acaso isso diminui a responsabilidade? Não é questão de "direita/esquerda", o mundo não é dividido em dois polos (só na cabeça de alguns otários). E não existe "bom e mau". Israel julga o Hamas de terrorismo, mas me diga o que foi que eles fizeram?

      • Ítalo Postado em 06/Aug/2014 às 20:33

        Pereira, tua ignorância me comove.

      • Jorge Postado em 06/Aug/2014 às 20:55

        O Pereira reproduz o mesmo discurso equivocado da maioria. Atribui à Palestina a culpa que é do Hamas. Quando vão entender que ser contra a ação de Israel não é o mesmo que ser a favor do Hamas?

      • André Postado em 07/Aug/2014 às 13:09

        Quantas pessoas o cristianismo matou nas cruzadas? Na inquisição? Se o PCC pudesse ele matava todos os PM, então a solução é simples, é só os PM matarem INDISTINTAMENTE em São Paulo. A probabilidade nos diz que se você mata uma população toda, você mata quem é ruim nela porque você matou todo mundo! Faz sentido! Cara, vc é um gênio. Cadê seu nobel da paz?

    • luiza Postado em 06/Aug/2014 às 16:46

      Vc deve achar bonito criancas mortas, mulheres mortas, nao sao sua familia, seu ignorante evangelico. Essa pseudo religiao devia ser extinta, eh um cancer neste pais.

    • Elaine Postado em 06/Aug/2014 às 21:40

      Pereira, desaprovar matança de inocentes não tem nada a haver com ser ou não de esquerda. Informe-se melhor e tire as suas próprias conclusões, sem influência de outros.

    • carmen flor Postado em 07/Aug/2014 às 13:44

      Sou cristã e para mim não ha biblicamente qualquer argumento para defender Israel (federação política, país, território). Cristo é claro ao demonstrar que povo de Deus é aquele que agora aceita a nova aliança e o sacrificio na cruz. Palestinos, muçulmanos, ateus, qualquer um que se converter se transforma em povo de Deus. Israel (povo, nação , cultura) hoje é tao candidato a esta "cidadania" quanto eu ou voce! Se assim não fosse, nao seria deixado na Bíblia o conselho para se orar por Israel, pois eles negaram a Cristo que disse que seu Reino (pátria) NAO é desse mundo! Hoje politicamente, é claro que é mais vantajoso estar do lado de Israel, o capital religioso adquirido para futuras negociações é bem mais confiável (falo do ponto de vista das igrejas enquanto instituições políticas organizadas que precisam de alianças). Porém , na segunda guerra , o Estado de Israel nao existia e os judeus nao tinham quem os defendesse do holocausto, ironicamente, as mesmas denominações e segmentos religiosos que hoje os defendem, achavam que o massacre de 6 milhoes de judeus era tipo assim "castigo divino" algo que os judeus deveriam passar por terem negado que Cristo era o Messias e pouquíssimas vozes tiveram coragem de se levantar em defesa deles DURANTE a guerra, uma vez que ninguem queria se comprometer, ja que nao se sabia ainda com certeza qual lado venceria. Ironicamente, um povo que sabe o que é a crueldade da perseguição, da segregação, do preconceito, da crueldade, impõe isto de forma devastadora a outro e as vozes que no passado se calaram, hoje se levantam para defendê-los quando é conviniente politicamente. Isto nada tem haver com convicções religiosas, é angariar prestígio político, oportunismo midiático e só....Nao sou fã do Hamas e de nenhum modelo de afirmação política que se utiliza do terror matando inocentes. Mas se querem tornar o pano de fundo deste conflito em pragmatismo religioso, lembrem-se "evangélicos" (portadores das boa novas) que milhares de pessoas inocentes estao morrendo por que um povo que voces anunciam erroneamente como povo de Deus nao seguem os principio deste Deus,é na verdade,um deus pequeno, vingador, intolerante, ambicioso! Deste jeito, as pessoas que assistem ao que claramente nao da pra disfarçar, é um massacre , jamais quererão ouvir suas "boas novas", o cristo de voces que supostamente apoiaria o que esta acontecendo, eu dispenso!!! Nao se paga o mal com o mal, olho por olho e dente por dente que eu saiba é um dogma islâmico e nao cristão...A Biblia diz ainda que devemos orar por nossos inimigos, ao inves de se aproveitarem do oportunismo midiatico da situação, por que nao vao para seus templos faraonicos orar pelos palestinos, para a conversão deles e pela misericordia de Deus que os livre e as suas familias da morte!!!

    • Cidalana Postado em 07/Aug/2014 às 14:46

      "Pela fala do Malafaia: "A nação que amaldiçoa Israel também é amaldiçoada”...Que poder esse cara tem de profetizar? Quer dizer que apoiar a carnificina de um governo "anti-terrorista" em que seu 'terrorismo' excede todos os limites, é o que Deus quer? Me poupe!!! Solidariedade com as vítimas de qualquer atrocidade humana não tem nada a ver com ser 'esquerdopatas' ou seja lá que denominações se dão. Isso se chama humanitarismo. Eu, hein? É cada uma!!!

  2. Jair Postado em 06/Aug/2014 às 16:42

    1.800 (Um mil e oitocentos) palestinos morreram, a maioria, bebês, mulheres, crianças e idosos; quase 10 mil estão feridos e são mais de 450 mil desabrigados. Do lado israelense, morreram 67, três civis. Israel, esta, além de matando a população se apropriando das terras Palestina e não entendo como pode pessoas ouvirem esse tal " Malafáia".

  3. Ander Postado em 06/Aug/2014 às 16:42

    É até engraçado, toda vez que venho conferir os comentários do Pragmatismo esse tal de Pereira tá por aqui enchendo o saco.

    • cidalana Postado em 07/Aug/2014 às 14:58

      Rs. Mas , o Ctrl C Ctrl V, é pra quem só vê matérias de jornais já "conceituados", me entende? Vários movimentos em muitos países, inclusive alguns europeus, estão reavaliando suas posturas quanto ao apoio 'desastroso' a Israel por esse desvario de ódio sem tamanho aos palestinos. Inclusive, em considerar o Hamas como 'grupo político' e não somente terrorista. Mesmo que isso não avance muito, mas a mídia informal (essa daqui) tem dado visibilidade a todo esse terror. E pergunto: como um povo totalmente fragilizado, cada vez mais pobre pela barbárie dos sionistas dizimando durante anos pode ficar sem quem o represente? Quem deveria dar apoio aos palestinos - os países árabes vizinhos - viraram as costas porque são pró-Israel/USA/Reino Unido. Então, para se tentar compreender de qual lado devemos os atentar, se somos 'humanos', ficamos do lado das mulheres, dos mais velhos e das crianças que estão sendo massacradas de forma cruel, desenfreada e vergonhosa, né não?

  4. Ezequiel Postado em 06/Aug/2014 às 16:44

    “Quando o governo fala mal de Israel, fala mal de nosso Jesus. E Israel tem o direito de se defender e de existir.” “Israel é palco da história bíblica e está muito claro para nós que o Hamas é um grupo terrorista que quer destruí-lo”, acrescentou. "Malafaia citou uma passagem bíblica segundo a qual 'a nação que amaldiçoa Israel também é amaldiçoada'." Gente, esse povo perdeu a noção das coisas. Milhares de pessoas mortas, ataques a escola, creche, hospital... e eles vêm falar em "[...] fala mal de nosso Jesus"? Será que o Jesus DELES é diferente do meu? Pq eu imagino que o meu Jesus não estaria muito feliz com sua pátria mãe matando inocentes. Até mesmo pq Jesus, em sua passagem na terra, deixou apenas dois mandamentos: amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. O que, obviamente, não acontece nessa situação. E outra, quem são esses seres para falarem em terrorismo? E a quantidade de pessoas que vivem na miséria pq se sentem coagidas pelo TERRORISMO cristão que esses pastores pregam? (Não estou comparando os tipos de terrorismo, apenas constatando um fato). - Doe sua casa, doe seu salário, doe seu carro... doe sua família... se não doar, não vai prosperar. Se não doar, não vai ser abençoado. Além disso, ainda tenho que ler o Malafaia falar asneira. Ele calado é um poeta.

    • carmen Postado em 06/Aug/2014 às 16:50

      Adorei ezquiel, seu comentario. Falou o que eu quria. Malafaia eh um cancer assim como toda a igreja ecangelica.

      • Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 16:54

        Perseguição religiosa neles !!!!

      • Marcos Vinicius Postado em 07/Aug/2014 às 10:48

        Ele é um câncer que precisa ser estirpado!!

    • MOISES FREITAS Postado em 06/Aug/2014 às 17:18

      parabens EZEQUIEL! belas palavras! eu creio em um DEUS que não privilegia uma nação e não favorece um povo! não existe filho preferido!

    • Manoel Castro da Silva Postado em 06/Aug/2014 às 17:44

      É bom lembrar que estes evangélicos se dizem ser contra o aborto. Dai eu me pergunto, a VIDA, tem nacionalidade? Matar crianças na Palestina pode? Bom, vindo dessa gente pode tudo, menos contraria as ordens de seus superiores. Malafaia disse, citou um versículo bíblico para legitimar seu discurso, tá dito. E ai daquele que o enfrente! Bom o teu texto Ezequiel. Mas vamos brincar um pouco, "Ainda te deram o nome de Ezequiel" . Um abraço.

      • João Postado em 06/Aug/2014 às 18:09

        Na verdade, não sei se esse povo é evangélico ou pratica o judaísmo. Eles sempre defenderam mais o judaísmo do que o cristianismo. Eles acreditam que os judeus são o povo de Deus. E eles são povo de quem ?

    • Thiago Teixeira Postado em 06/Aug/2014 às 18:12

      Malafaia é um babaca, as pregações dele são fracas, e esse cidadão não tem a presença do Espirito Santo. Sou de uma denominação evangélica e sinto isso nele. Ele é político, formador de opinião, manipulador, demagogo e prega a extrema direita sob a desculpa cristã. Eu que não sou católico sinto mais teor do evangélico e paz nas pregações do padre Fábio de Melo, este não tem a "virtude" do MALafaia, o ódio.

    • Yule Cristina Postado em 06/Aug/2014 às 18:41

      Tem gente tão imbecil, tão idiotizada pela direita, que bastou a presidenta DILMA condenar o massacre perpetrado por Israel contra os palestinos que, já passaram a apoiar o assassinato de mais de quatrocentas crianças, só no atual massacre. Quanto a Jesus, foi morto pelos judeus, então esse imbecil do Malafaia é que é contra Jesus, já que apoia os seus assassinos.

    • vera Postado em 06/Aug/2014 às 23:28

      Jesus seria assassinado, certamente, segundo a lógica desses dementes ops.... crentes.

  5. Hiram Postado em 06/Aug/2014 às 16:47

    Os pontos de vista são bem relativos mesmo!!!! Enquanto cristãos daqui ficam puxando saco de judeu, tem cristãos pelo mundo a fora que querem que eles desapareçam do planeta!!! E o papo da pastora de que "quando o governo fala mal de Israel, fala mal de nosso Jesus"... como assim!!!! Será que um judeu acha que existe essa relação???? Quando o assunto é Bíblia (antigo ou novo testamento) quero é distância. O que importa é que escolas estão sendo bombardeadas, e isso deve gerar repúdio da comunidade mundial!!!

    • Yule Cristina Postado em 06/Aug/2014 às 18:51

      Esse asqueroso desse Malafaia não está defendendo Israel por causa de Jesus, ele é contra a presidenta DILMA, como ela foi contra o massacre do povo palestino, ele é a favor, até porque os judeus não consideram JESUS como o messias filho de DEUS, portanto o mataram.

  6. Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 16:49

    3 adolescentes israelenses torturados e assassinados por psicopatas que sõa considerados herois na palestina. Os palestinos não conseideram judeus como pessoas humanas. E tem gente que defende ainda

    • Rubens Postado em 06/Aug/2014 às 17:07

      Ah claro, vou considerar humano aqueles que tornam minha vida um inferno.. faz sentido... E como Israel os veem? Só há um discurso bonito, mas fazer concessões nunca não é?

  7. Caio Postado em 06/Aug/2014 às 16:53

    se fosse um pais serio estariam tds presos, mas nao, canditados pastores crescem 40%, dilma cria um conselho evangelico, bancada evangelica, politicos na inauguração de templos evangelicos, que mané ditadura comunista o que, tamos mais pertos de uma teocracia retardada.

    • Pereira Postado em 06/Aug/2014 às 16:55

      Perseguição religiosa neles !!!! bombas e pixações nas sociedades israelitas já !!!!

      • carmen Postado em 06/Aug/2014 às 17:20

        Pereira vai te informar. Israel ja disse que os 3 adolescentes foram mortos por outro israelense por questoes financeiras e nao por palestinos. Acorda. Nao justifique essa matanca absurda por nada neste mundo. Ninguem aqui eh antisemita e sim antissionista.

      • Eduardo Pinha Postado em 06/Aug/2014 às 18:10

        Isso é preconceito puro e simples. Seu comentário é nojento.

    • Gilberto Postado em 06/Aug/2014 às 17:01

      Disse tudo amigo. Tá longe desse estado ser laico.

    • Celio Bernstein Postado em 06/Aug/2014 às 20:11

      Bancada evangélica é a pior vergonha para um estado laico.

  8. Guilhermo Postado em 06/Aug/2014 às 17:03

    Escolher um lado nesse conflito não é a solução. Tanto um lado quanto o outro mataram civis do adversário e tiveram seus próprios civis mortos. O que deveria acontecer é a ONU intervir nesse conflito, afinal, o principal objetivo dessa organização é a manutenção da paz mundial. Creio que isso apenas não aconteceu ainda por causa do poder de veto dos 5 membros vitalícios do Conselho de Segurança.

  9. jova Postado em 06/Aug/2014 às 17:22

    Israel é a colônia euroamericana no oriente médio. É a nova cruzada do ocidente. Máximo respeito ao Hamas e a todas as resistências ao imperialismo. O Invasor é o terrorista,sem mais.

    • nader Postado em 25/Sep/2014 às 02:26

      BOAA!!!!!!!

  10. Thiago Teixeira Postado em 06/Aug/2014 às 18:05

    Evangélicos (VÍRGULA), babacas reacionários de direita travestidos de bonzinhos. Conheço pastor de igreja e frequentadores de denominações diversas (Congregação, Nazareno, Batista) que não estão satisfeitos com esses ataques.

    • Vilmar Junior Postado em 08/Aug/2014 às 09:58

      É bom saber que o termo evangélico não representa a cristandade protestante no Brasil e nem no mundo. Exato Thiago. Na verdade o segmento é tão diversificado como as legendas e partidos políticos e como os tais tem a "oposição", direita, esquerda, centro, etc. E a escolha daquilo que é o mais plausível é para os mais inteligentes e instruídos. Estes aí também não me representam.

  11. Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 18:24

    Ficando cada vez mais estarrecido com a pérfida das pessoas... O Estado de Israel não representa Jesus Cristo e seus ensinamentos. Quem confunde terra, propriedade, e claro, muita riqueza, com a filosofia de amar uns aos outros só pode mesmo acabar falando esse absurdo de que é legitimo matar 1800 pessoas porque assassinos palestinos trucidaram 3 jovens israelenses, e nem foi em Gaza, foi na Cisjordânia (isso nem lembram). Se continuarem indo por esse caminho de traidores lambe botas não duvido nada que esses evangélico$$$ venham a pedir ao embaixador americano pra transformar a “Sodoma” do Rio de Janeiro em escombros radioativos quando um pivete matar um turista americano em Pindamonhangaba! Cambada de lunáticos imorais são vocês.

    • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 18:36

      Detalhe, sou agnóstico, mas meu avô e tio foram pastores consagrados e minha família é de crença protestante de forma que não tenho nenhuma indisposição natural com evangélico. Já digo para os infelizes que vierem encher a paciência.

  12. Souza Postado em 06/Aug/2014 às 18:26

    Cara eu detesto quando religião se mete em política. Apesar de eu defender Israel de se defender eu não comparo este país com a antiga nação de Israel. Este Israel foi feito pela ONU, não por Deus. Esses evangélicos não pensam que os judeus a maioria repudiaram Jesus? Então vão nessa em se meter em assunto político pra depois encher o saco da ONU quando querer dar ouvidos aos ateus e acabar com a religião.

    • Antimatéria Postado em 06/Aug/2014 às 18:37

      Apoiado.

    • Thiago Teixeira Postado em 06/Aug/2014 às 21:36

      Eu acho que o PP está fazendo bem a você! Já estou curtindo seus comentários. Até o final do ano estará com a camisa do Kim Jong-un!

  13. Cassiano Postado em 06/Aug/2014 às 18:31

    Só pensam num livro religioso e mais nada, não se importam com as crianças e mulheres inocentes mortos. Oque importa é a bíblia e a palavra morta.

  14. poliana Postado em 06/Aug/2014 às 18:47

    affffffff...evangélicos!!! o q são senão um rebanho de gente semi analfabeta e ignorante!!!!! digo e repito: SAUDADES DA FILHA MAIS VELHA DE HENRIQUE VIII!!!!! gentinha abominante, dispensável e infeliz!!

    • Thiago Teixeira Postado em 06/Aug/2014 às 21:34

      Nossa! Que coração peludo!!!!!! Vou mandar um pastor fazer uma oração pra você! Cante comigo: "Á um mundo bem melhor ..." kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • poliana Postado em 06/Aug/2014 às 23:59

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • poliana Postado em 07/Aug/2014 às 00:02

        viu quem é a filha mais velha de henrike VIII thiago? jogou no google?! adoro ela...grande e saudosa bloody mary..eterna!! kkkk

      • Thiago Teixeira Postado em 07/Aug/2014 às 15:19

        Entendi porque você gosta dela, sua rainha matou uns par de padres e religiosos da Escócia. Que maldade. kkkkkkk

      • poliana Postado em 07/Aug/2014 às 16:45

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!! n foi bem isso não!!!!!!!!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Vilmar Junior Postado em 08/Aug/2014 às 10:01

        kkkkkkkkkkkkkkkk...

    • Guilhermo Postado em 07/Aug/2014 às 13:39

      A segunda filha de Henrique VIII não curtiu esse comentário!

      • poliana Postado em 07/Aug/2014 às 14:06

        huahuahuahuahuahua!!!!! ellyzabeth I é minha ídola! grande mulher!

  15. Alessandro Postado em 06/Aug/2014 às 19:20

    Eles acreditam em maldições... Pelo amor de Deus. No auge do século XXI, eles vivem numa nação ocidental altamente industrializada e modernizada.... e acreditam em maldições, no sentido estritamente místico do termo.

    • Celio Bernstein Postado em 06/Aug/2014 às 20:18

      Se dependesse de alguns religiosos, o Brasil (e os EUA também) se transformaria em uma teocracia jurássica.

  16. João Postado em 06/Aug/2014 às 20:56

    Não dizem que Jeová entregou a Tábua da Lei para o Moisés ? Uma das leis dessa suposta tábua não é NÃO MATARÁS ? Não precisa explicar, eu só queria entender. Por que os ditos pastores evangélicos pregam mais o judaísmo do que o cristianismo ? Os judeus não preferiram o Barrabás no lugar de Jesus ?

    • Arthur Postado em 06/Aug/2014 às 21:21

      Para mim, em Gaza, é um problema político e não religioso desde 1948, mas, só pode ser piada ! Alguns grupos evangélicos apoiam um povo que nega o Filho de Deus e não comemora o Natal ! É uma piada !

      • poliana Postado em 07/Aug/2014 às 00:00

        é ignorância mesmo arthur! o q esperar de um rebanho de semi analfabetos e alienados!!!???

  17. João Postado em 06/Aug/2014 às 20:59

    Um pequeno grupo de manifestantes judeus protestou na manhã desta quarta-feira, na zona sul de São Paulo, contra a política de ocupação adotada por Israel em relação à Palestina. “Judeus contra a opressão de Israel aos palestinos”, dizia um dos cartazes. O grupo diz não ser a favor do Hamas ( Movimento de Resistência Islâmico, um grupo fundamentalista contrário à existência de Israel), mas que luta por uma “política de direitos humanos”.

  18. Luciana Postado em 06/Aug/2014 às 21:12

    Eles estão é interessados em não perder o filão das 'viagens à Terra Santa', grandes excursões de turismo evangélico que geram milhões aos cofres das igrejas. São hipócritas que não reconhecem que esses que matam inocentes não são judeus que possam representar a verdadeira Israel de Deus. Como os próprios evangélicos costumam dizer, são pessoas que estão 'na carne', defendendo apenas seus próprios interesses políticos e poderes mundanos, muito distantes da verdade de Cristo. Não se esqueçam que muitos judeus foram também considerados pelo próprio Deus o ‘povo rebelde’ que se apartou dEle, e que foi dentre esse mesmo povo que saíram aqueles que instigaram os romanos a crucificarem a Cristo. Não se enganem! A Israel de Deus é espiritual, não carnal. Deus tem um compromisso com o povo judeu, mas não são todos os judeus que têm compromisso com Ele. Nem todo aquele que diz ‘Senhor!’ será reconhecido por Deus! Vigiai e orai!

  19. Roberto Carlos C. Porto Postado em 06/Aug/2014 às 21:13

    É um absurdo o que esses líderes evangélicos falam. Mas é importante lembrar que eles são pentecostais, movimento que surgiu no começo do séc. passado, marcado, em sua maioria, por uma precária teologia, de cunho fundamentalista. Os protestantes surgiram no séc. XVI. A igreja luterana e anglicana, por exemplo, são contra o que Israel está fazendo, seus pastores/as ou reverendos/as são obrigados a ter o bacharel em teologia (de qualidade, não fundamentalista), não pedem dízimos e são muito comprometidos em obras sociais e na luta contra o sistema político que empobrece a grande maioria da população. Por favor, esses evangélicos da mídia e da "bancada evangélica" não representam a fé protestante. Sou protestante e totalmente a favor de Gaza.

  20. Arthur Postado em 06/Aug/2014 às 21:17

    Para mim, em Gaza, é um problema político e não religioso desde 1948, mas, só pode ser piada ! Alguns grupos evangélicos apoiam um povo que nega o Filho de Deus e não comemora o Natal ! É uma piada !

  21. Elaine Postado em 06/Aug/2014 às 21:31

    Os grupos evangélicos que se colocam ao lado de Israel nesse massacre estão equivocados até mesmo no sentido bíblico! Qualquer evangélico que estudou seriamente sabe que isso que está acontecendo nada tem a haver com alguma promessa de origem divina . Só para esclarecer, as igrejas evangélicas históricas ( luteranos, calvinistas, presbiterianos e outros ), não entendem a questão dessa forma.

  22. Gleidson Postado em 06/Aug/2014 às 21:46

    Se Deus está com Israel... Então ele não deve ser tão bom assim...

  23. Juliana Postado em 06/Aug/2014 às 21:55

    Gente fala sério... todos os comentários acima se contradizem. Não sou evangélica, mas tb não sou hipócrita de ficar querendo me achar superior . Chamar as pessoas de ignorantes, câncer e analfabetas reflete uma sociedade totalmente intolerante e cheia de preconceitos. Todos temos direito de opinião, não somos obrigados a concordar, somos seres inteligentes para analisarmos o que ouvimos. Se não serve para nossa vida deletamos. Não se discute fé, estilo de vida, cada um vive como quer. Esse discurso de ódio e preconceito não cola. Principalmente quando não dominamos o assunto. O povo ta querendo saber quem tem razão nesses ataques, espera um míssil cair na sua casa pra sabermos se o Brasil vai ter direito de defesa ou não. Quero saber se estarão preocupados em se defender ou quantos mortos tem do lado de lá.

  24. Souza Postado em 06/Aug/2014 às 22:08

    Jamais adotarei aquele ditador maldito do Kim. Tá me estranhando. Só fico indignado que evangélico tenha que se meter em tudo. Se alguém cagar no meio da avenida paulista vão dizer que ali no chão é um demônio. Sai fora aproveitadores. Um dia ei de visitar Tel Aviv.

  25. João Victor Postado em 06/Aug/2014 às 22:21

    Evangélicos a favor da morte de pessoas inocentes? Santa hipocrisia!!!!!!!!!!

  26. João Victor Postado em 06/Aug/2014 às 22:25

    Gostaria que todos que apoiam essa luta vão à Israel defender a "terra de Jesus".

  27. Bruno Postado em 06/Aug/2014 às 22:26

    Perai... Os evangélicos-protestantes estão defendendo Israel? Já não basta negarem a Maria e agora vão negar a Jesus? Defender Israel não é defender a Jesus, eles mataram seu próprio Rei, negam a Jesus como o sucessor do rei Davi... Não conhecem nada de história e religião... Claro, protestantismo não é religião, é seita.

  28. Bruno Postado em 06/Aug/2014 às 22:50

    acredito que deveriam cortar as mãos e a língua de Silas Malafaia ! as mãos para que não roube mais, e a língua para que não fale mais asneiras! alias, isso deveria valer para todos esses pastores!

  29. J.C Souza Schlesinger Postado em 06/Aug/2014 às 23:00

    Kkk eu quase fui

  30. J.C Souza Schlesinger Postado em 06/Aug/2014 às 23:05

    Gente agora eu posso botar meu nome todo. Que bonito. Souza soa muito comum. Enfim ainda to esperando uma matéria sobre a cultura nórdica. Obrigado.

  31. Will Postado em 06/Aug/2014 às 23:21

    Criticar o massacre que Israel está (ou pelo menos estava) promovendo na Faixa de Gaza não significa defender o Hamas e suas práticas. Até onde eu sei foi isso que a Dilma fez. Mas esses evangélicos estão cegos pela ideologia. Eles precisam de Israel, porque segundo o livrinho sagrado deles é em Israel que Jesus "retornará" no dia do julgamento.

  32. George Postado em 07/Aug/2014 às 08:47

    só li câncer nisso: “Quando o governo fala mal de Israel, fala mal de nosso Jesus. E Israel tem o direito de se defender e de existir.” “Israel é palco da história bíblica e está muito claro para nós que o Hamas é um grupo terrorista que quer destruí-lo”, acrescentou." enquanto houver 'marionetes-em-nome-de-deus' desse tipo, haverá desigualdades sociais, haverá terceiro mundo e haverá câncer ideológico bombado de religião de massa.

  33. eu daqui Postado em 07/Aug/2014 às 10:31

    Mais uma confirmação que religião e teísmo em geral é arma de destruição e nunca ferramenta de aperfeiçoamento de espirito.

  34. Fabio Postado em 07/Aug/2014 às 10:33

    Isso está me cheirando somente uma coisa: interesses comerciais /ou políticos, por esse mesmo motivo as guerras sempre são justificáveis. Muitas vezes a religião é somente um meio para conseguir seus objetivos.

  35. fred Postado em 07/Aug/2014 às 10:52

    Brasil =País laico. Sem mais.

  36. João R Postado em 07/Aug/2014 às 11:00

    Malafaia = Alfaia do Mal = Adorno do Mal, dali só sai bestagem....

  37. Eva Moraes Postado em 07/Aug/2014 às 12:00

    Me percebo melhor que o deus defendido por esses "cristãos" ignorantes. Afinal: são judeus ou cristãos? vamos boicotar os produtos israelenses = 729 https://www.google.com.br/images?hl=pt-PT&q=codigo+de+barras+israel&gbv=2&sa=X&oi=image_result_group&ei=15PjU7ODGrfMsQT-uICYCg&ved=0CCkQsAQ

  38. João Postado em 07/Aug/2014 às 14:04

    Se os evengélicos defendem tanto Israel e idolatram tanto o Velho Testamento, por que não tornam-se judeus em vez de serem cristãos? A bíblia não diz que Israel é o povo de Deus?

  39. Richard Dawkins Postado em 07/Aug/2014 às 15:18

    Deus um delirio...

  40. Pereira Postado em 07/Aug/2014 às 15:34

    "affffffff...evangélicos!!! o q são senão um rebanho de gente semi analfabeta e ignorante!!!!! digo e repito: SAUDADES DA FILHA MAIS VELHA DE HENRIQUE VIII!!!!! gentinha abominante, dispensável e infeliz!!". Que nojo !!!!! Que asco esse tipo de comentário ignorante e reacionário. como essa infeliz que comentou conhecesse a vida de todos os crentes. Todo o mundo tem o direito de ter representantes no congresso. Feministas têm representantes , gays têm representantes , ruralistas têm representantes , comunistas têm representantes. Agora quando o povo que não é laico põe seus representantes cristãos, aí não pode ....aí eles enchem a boca para falara em estado laico, coisa que eles sequer sabem o que é.

  41. Pereira Postado em 07/Aug/2014 às 15:35

    "Eles acreditam em maldições... Pelo amor de Deus. No auge do século XXI, eles vivem numa nação ocidental altamente industrializada e modernizada" . com certeza isso aí não é o Brasil .

  42. SATANÁS Postado em 07/Aug/2014 às 16:42

    GENTE BURRA! RETARDADA! ESSE CÂNCER EVANJEGUE DEVERIA SER EXTIRPADO DAQUI HÁ MUITO TEMPO!

  43. Weslley Postado em 07/Aug/2014 às 17:10

    Mesmo que Hamas seja um grupo terrorista e mata milhares de pessoas,quem tem o direito de mata-los? Quem se acha neste direito? Fiquei surpreso em ver Israel mais uma vez matando pessoas,logo eles judeus que foram perseguidos,exterminados,escravizados,não aprenderam a dividir,a respeitar,muito me admira a bancada evangélica,apoiando o genocídio,isso mostra que a palavra de Deus não está sendo seguida,solo nenhum é sagrado se não de toda criação,não existe esse apego pelo solo de israel,a final Deus não mandou seu filho para morrer pela terra se não pela vida humana.Porém é bem mais fácil apoiar,ganhar uma grana com a caravana para Israel,do que ficar contra e perder seu ganha pão não acham?vistos mais fáceis e tals. Portanto senhores lembrem-se de Gênesis que diz que," pelo homem o pecado entrou neste mundo,e o salário do pecado é a morte ,miséria e etc",então se conformem com guerras,violência,pois este mundo não é nosso, mas vamos fazer a nossa parte lutar pelo que é certo,ajudar as pessoas e respeita-las não importa o que sejam vamos amá-las,talvez se Israel tivesse acolhido os palestinos e tratado bem deles,como a bíblia ensina talvez estavão todos de boa tomando uma cerveja e rindo atoa.

    • maria Postado em 08/Aug/2014 às 20:18

      Fico feliz, por saber que nesse mundo,ainda existem pessoas sensatas como você.

  44. J.C Souza Schlesinger Postado em 07/Aug/2014 às 18:08

    Seu comentário tem um erro grotesco. A expressão certa é DEVERIA TER SIDO EXTIRPADO. Senão eu vou achar que vc faz parte dessa gente burra. Ta bom? Flws.

  45. Aristóteles Postado em 07/Aug/2014 às 20:35

    Meus caros: a religião é coisa boa. O que não presta é gente como esse tal de (Mala)faia! Oh sujeitinho bom de levar uns chutes na região glútea. Vá ser xarope no quinto dos infernos!! Deve ser pelo menos primo do tal de Bolsonaro. Vade Retro!!

  46. MARIA BRANDAO Postado em 08/Aug/2014 às 19:51

    Meu Deus,quando leio esse tipo de matéria,vejo o que é verdadeiramente o ser humano,seres atrasados,que abrem a boca pra falar em Jesus e em Deus DA BOCA PRA FORA ,como pode minha gente, essas guerras só trazem maldade,morte,tristeza. crianças inocentes ,que nunca fizeram mal a ninguém estão sendo afetadas.que nojo desse mundo e desse povo que toma partido de um dos lados,deviam era levantar a bandeira da paz e da união . Sair de casa para criticar e dizer que o governo atuou de forma errada...QUE NOJO,QUE NOJO ,QUE NOJO!

  47. MARIA Postado em 08/Aug/2014 às 20:15

    Minha gente,aproveito esse espaço para pedir que sejamos pessoas do bem ,peço para que reflitamos sobre a prática e o pensamento direcionado para o bem (independente de religião, de sermos cristãos ou não; de ser um ateu ou não, até o ateu pode ter o seu pensamento e a prática direcionada para o bem do seu próximo . Fico pensando....vivemos num mundo cheio pessoas apegadas a matéria e vaidade , e pra quê , se só estamos aqui nesse mundo de passagem.Gostaria tanto que as pessoas praticassem e elevassem o pensamento para o bem do próximo de forma sincera e verdadeira do fundo de nossos corações e não como vemos muito por aí,com interesse apenas para entrar em um céu.

  48. Fernando Postado em 10/Aug/2014 às 22:33

    Vou dizer uma coisa: se não puserem um freio nessas seitas vagabundas que adulteram as Escrituras e fazem uma prostituição barata entre Cristianismo e Judaísmo - para vergonha das duas religiões - logo, logo teremos uma guerra religiosa neste país porque a intolerância, a ganância, a sem-vergonhice e a patifaria evanjegues já excederam os limites do suportável há muito tempo. Será que ninguém percebe que estes ignorantes que engrossam a manada de idiotas úteis das seitas são somente soldados cooptados pelo sionismo internacional que só quer acabar com a nossa frágil democracia? Querem seguir esta abominação? Vão ser mártires nos países intolerantes e sumam daqui! E o governo que passe a cobrar Imposto de Renda a taxas de 80% destas arapucas disfarçadas de religião. nem jeová nem o capeta conseguirão manter suas espeluncas de portas abertas.

  49. Thais Postado em 14/Aug/2014 às 10:07

    Que medo desse fanatismo religioso. Queria saber se Deus aprova massacre.