Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 20/Aug/2014 às 10:55
22
Comentários

A entrevista do Pastor Everaldo no Jornal Nacional

Além de garantir que, se eleito, vai privatizar a Petrobras, Pastor Everaldo se posicionou contra o aborto, a legalização das drogas e o casamento gay

pastor everaldo jornal nacional
Pastor Everaldo prometeu ‘privatizar’ tudo caso seja eleito (reprodução)

O Jornal Nacional, da TV Globo, entrevistou na noite desta terça-feira 19 o candidato do PSC à Presidência, Pastor Everaldo. O líder religioso aproveitou a participação para apresentar algumas das ideias de seu plano de governo. De acordo com ele, se eleito, sua gestão será baseada na “meritocracia”, pouca intervenção do Estado na economia e, principalmente, na privatização de empresas nacionais, como a Petrobras.

“Defendo um Estado mínimo e redução do número de ministérios de 39 para 20. Eu vou privatizar tudo que for possível. Vou privatizar a Petrobras. Uma empresa que foi orgulho nacional hoje é foco de corrupção. Então, eu vou privatizar. Tudo o que for possível passar para iniciativa privada, nós vamos passar e pegar recursos para alocar”, afirmou depois de ser questionado, repetidas vezes, por já ter apoiado as gestões Lula e Dilma.

Diante da pressão dos apresentadores, o pastor disse que acreditava ser de esquerda anteriormente e relacionou sua posição política à sua infância pobre na favela. “O discurso da esquerda sempre me cativou. Vim de uma família humilde. Nasci na favela do Acari [no Rio de Janeiro]. Para mim era uma proposta interessante. Acreditei o tempo todo. Mas vi que aconteceu um aparelhamento do Estado. Hoje o governo está sufocado, querendo tomar conta de tudo. E eu sempre venci na vida com meritocracia”, repetiu.

VEJA TAMBÉM: Postura imperial de William Bonner faz parecer que a Globo não tem mazelas

O candidato ainda foi bastante questionado por seu passado político. Chamado de principiante pelos âncoras do Jornal Nacional, Pastor Everaldo teve de responder se acreditava que “qualquer um” poderia ser presidente da República, em referência ao fato dele nunca ter ocupado cargos como deputado, governador e senador.

“Eu acredito que uma pessoa como eu [pode ser presidente]. Com minha experiência de vida. Uma pessoa que camelou na feira, foi servente de pedreiro. Fui office boy, estudei em escola pública e passei para a iniciativa privada. Sou um vencedor. Deus me ajudou. Tive minha experiência. Milito na vida política desde 1981. Sou um constante aprendiz e estou preparado”, argumentou.

Ao final da sabatina, nos minutos em que podia falar ao eleitor o que bem entendesse, o candidato do PSC se posicionou contra o aborto, a legalização das drogas e o casamento gay. “Refaço meu compromisso em defesa da vida desde sua concepção. Defendo a família como está na Constituição. Casamento, pra mim, é homem e mulher. Sou contra a legalização das drogas”, complementou.

CartaCapital

Recomendados para você

Comentários

  1. Rodrigo Postado em 20/Aug/2014 às 11:17

    (Outro Rodrigo) Não votaria nele (nem votarei em nenhum, pois terei de justificar), por discordar de posições a exemplo da implicância com o casamento entre homossexuais. O único apontamento que faço é no sentido de ter sido o único a manter clara e firmemente suas posições, especialmente aquelas, no meu entender, mais controversas: privatizações e objeção ao casamento entre homossexuais. Tal firmeza no discurso (minha análise é meramente técnica, quanto à oratória) incutirá na mente de muitos uma segurança de que careceram os demais candidatos, em suas respectivas entrevistas. Como um conhecido disse, entrevistas é o "lugar onde o candidato chora e o povo vê" e, quanto a técnicas de oratória, quem melhor conduziu a entrevista (infelizmente ou não), foi justamente o Pastor. Fica a lição às respectivas assessorias, hoje eu já vendo em redes sociais "memes" a dizer "Its not about Pastor Everaldo. It's about sending a message" - aparentemente, já há quem tenha escolhido o Pastor como "voto de protesto").

    • Rodrigo Postado em 20/Aug/2014 às 11:22

      *entrevista é o lugar...

    • Luiz Luz Postado em 20/Aug/2014 às 12:40

      Mas ele é seguro e firme nas suas posições por que sabe que não tem nada a perder. Se enxergasse uma possibilidade de "brigar" de "igual pra igual" na corrida eleitoral, certamente seria mais cauteloso ao assumir algumas posições. Afinal, o processo eleitoral não consiste em se auto afirmar, mas sim coligar, ponderar, abrir mão, reconsiderar, mentir deliberadamente, tergiversar, enfim. Mas se vc sabe que não tem chance, é mole, né? Aliás, o tipo de exposição que esse candidato, especificamente, alcança numa campanha presidencial certamente lhe serve para outros objetivos.

      • Rodrigo Postado em 20/Aug/2014 às 18:07

        (Outro Rodrigo) O "problema", Luiz, é que essas aparições têm grande efeito sobre o eleitor e "curral eleitoral" de cada um dos candidatos. Subestimar a capacidade do entrevistador de desconcertar, acuar o entrevistado, foi um erro crasso (na minha opinião) dos 03 outros candidatos, ao que, para muitos, como disse, fica essa imagem de firmeza do candidato Everaldo, como disse já sendo sinalizado por tantos, em redes sociais, como voto de protesto.

  2. Gustavo Bagarolo Postado em 20/Aug/2014 às 11:34

    Uma pessoa dessa deve ficar longe da presidencia! Um presidente deve assegurar direitos iguais a toda a sua população, ele é extremista e isso me preocupa.

  3. Thiago Teixeira Postado em 20/Aug/2014 às 11:46

    Enfim um candidato corajoso que assume a direita e a defesa da moral e dos bons costumes. Discordo de tudo que ele disse, mas fico feliz que no Brasil começa a surgir políticos que defendem seus ideais sem patifaria ou pressão midiática tentar agradar a todos. Força Pastor Everaldo, gostei. Aécio, aprenda com este homem se quiser um dia ser presidente. Mas fico com minha titia búlgara 13!

    • Renan Postado em 20/Aug/2014 às 12:23

      Concordo que a direita brasileira não representa nada, mas discordo em achar que para ser de direita deve ser intolerante como este sujeito, que ao meu ver não passa de uma figura caricata deste clichê de políticos religiosos. Parece que há no mundo apenas dois grupos de pessoas, agnósticos de esquerda revolucionários e/ou ou fanáticos religiosos de direita conservadores, qualquer coisa fora isso é trair o movimento ou "tentar agradar a todos". Por favor parem com isso, é ignorância e preconceito!

      • Thiago Teixeira Postado em 20/Aug/2014 às 18:45

        Ninguém disse que a Direita deva ser intolerante. Ser contra o casamento gay não significa que o cara odeia homossexual, embora seja uma violência impedir e criminalizar duas pessoas que queiram viver juntas.

    • Luiz Luz Postado em 20/Aug/2014 às 12:50

      Mas você acha que ele defende essas ideias estapafúrdias atoa? Que ele entrou numa campanha presidencial, que é cara, bem cara, imaginando que poderia se posicionar tal qual ele se posiciona e, com isso, conseguir "brigar" nas eleições? Ele sabe que não tem chance, por isso fala o que quer. E, falando o que quer, pode não conseguir se eleger presidente, mas se mostra pra um monte de conservador fundamentalista que pode elegê-lo deputado, por exemplo. Além da influência que ele tem como pastor, em meio a um moooonte de gente que pensa como ele, aumentar. Enfim... Não imaginemos que essa intransigência do candidato seja apenas firmeza de caráter. Como se ele não tivesse medo de se posicionar. Se ele não ganhasse nada com tudo isso, não o faria. Certeza!

      • Thiago Teixeira Postado em 20/Aug/2014 às 14:51

        É uma utopia achar que só rico vota na direita e que a massa venera a esquerda. Está muito enganado. Há milhões de pobres beneficiários de planos do governo que odeiam o PT, pobres que não aceitam a ascensão social de seus semelhantes, há mulheres machistas, homossexuais preconceituosos, negros racistas ... não é minha praia, sou socialista, mas conheço milhares que gostariam de um governo de direita.

  4. THIAGO SANTOS DO NASCIMEN Postado em 20/Aug/2014 às 12:01

    Esse já entregou os pontos. Queimou tudo na largada. Ao menos, foi sincero e direto em seu discurso. Jamais terá meu voto, mas não o considero um canalha. Quem votar nele, depois de tudo que foi dito, ai sim merece umas chineladas.

  5. relucaz Postado em 20/Aug/2014 às 12:05

    Eu tbém!!

  6. mauricio augusto martins Postado em 20/Aug/2014 às 12:55

    É até bom que apareça um Maluco destes, e que faça o Divisor de Águas, primeiro que de Esquerda nada tem e nunca tivera, pois existe a necessidade de ESTUDAR o assunto, e jamais parar de fazê-lo e desenvolvê-lo, segundo se dependêssemos de "evangélicos" nada se construiria de Evolução nas Ciências e a própria Humanidade, e ultimamente não existem mais "igrejas" "físico" inertes, esperando uma espécie de Fé(religiosa, pois esta nada tem a ver com a Verdadeira Fé) interior, na verdade existem Marqueteiros e "Programas" de TV que INVADEM nossos lares, com um marketing forte e apelativo, deseducando e criando confusão nas cabecinhas já postuladas para o Consumismo Capitalista, onde procuram nisto a "salvação" numa coisa pior ainda, e que Fortalece o próprio consumismo, afastando de vez o Cidadão da Cidadania e Vida em Sociedade, portanto uma Vida Digna e Sã, portanto eis uma boa demonstração de Psicologia Inversa, os abomináveis pig's fazem a cada dia valer mais as indagações e dissertações de Pulitzer...maumau

  7. Onda Vermelha Postado em 20/Aug/2014 às 13:07

    Assisti integralmente a entrevista do "Pastor" Everaldo no JN. Fraquíssimo. Devido as fragilidades de seu “currículo” ele foi, literalmente, "trucidado" principalmente pela Patrícia Poeta, e depois pelo Bonner. Expuseram muitas de suas incoerências. Usou do jargão já batido e disse que a Petrobras está "aparelhada", embora ninguém fale exatamente o que isso significa, mas ficou claríssimo que esses "pastores" gostam mesmo é de “dinheiro”, e somente deixaram o apoio ao governo federal porque não receberam uma "boquinha", embora todos saibamos que eles não tem nada a ver com aquilo defendido pelo governo trabalhista. O imbecil prega o Estado mínimo, mas diz que isso nos levaria a deixar de prestar serviços básicos a população. A presença desse "nanico" serviu também para o Bonner introduzir perguntas, novamente, atacando o governo federal e "criminalizar" a atividade política. E, infelizmente, não vi nenhum dos dois dirigir perguntas ao "pastor" sobre o fato de vivermos em um Estado laico e o mesmo defender a interferências de seus "dogmas religiosas" na administração pública e na vida das pessoas. Por exemplo, ele é contra o casamento homoafetivo(gay), mas não disse isso abertamente. Apenas diz defender a família tal como consta na Constituição, que obviamente fala literalmente em “homem” e “mulher”. Mas o STF já disse que o casamento homoafetivo é constitucional. E aí? O candidato não iria respeitar uma decisão do Supremo? Vai voltar a suprimir conquistas e direitos civis deste segmento da sociedade já tão discriminado? Em suma, perdeu-se uma excelente oportunidade de introduzir esse importantíssimo debate na política nacional que até mesmo países como Turquia e Irã estão fazendo. E não se viu, nem de longe, a forma agressiva e as interferências/interrupções do casal global tal como foi feito com a Dilma. Uma lástima! Veja em http://www.brasil247.com/pt/247/poder/150657/Pastor-Everaldo-quer-privatizar-Petrobras.htm

  8. Leandro Rodrigues Postado em 20/Aug/2014 às 13:46

    O cara nem sequer sabe respeitar as diferenças e se diz preparado para a presidência.Faz questão de dizer que é de origem humilde como se isso fosse suficiente.Defende uma falsa liberdade,que na verdade não passa de puro e hipócrita fanatismo religioso.Não acredito na ingenuidade desse cara,o discurso dele é de pura má fé mesmo.

  9. Pereira Postado em 20/Aug/2014 às 14:50

    "O cara nem sequer sabe respeitar as diferenças e se diz preparado para a presidência.Faz questão de dizer que é de origem humilde como se isso fosse suficiente" Para o Lula foi mais que suficiente.

    • Leandro Rodrigues Postado em 20/Aug/2014 às 15:35

      Infelizmente foi sim.

  10. poliana Postado em 21/Aug/2014 às 00:22

    ai ai..e ainda tem gente q me ataca qdo eu afirmo q os fundamentalistas religiosos devem ser mantidos longe do poder!!!! meu deus...sem mais!

  11. Hell Postado em 21/Aug/2014 às 04:20

    Ainda bem que guardei minha carteira quando a entrevista desse boçal começou...

  12. Marcos Vinicius Postado em 21/Aug/2014 às 08:48

    As propostas dele formam um verdadeiro aterro sanitário!

    • poliana Postado em 21/Aug/2014 às 11:42

      sim...idênticas às propostas do psdb!!! copiou e colou, discaradamente!

  13. Bruno Postado em 21/Aug/2014 às 12:46

    É!!!O EVANGENAZISMO ESTÁ CRESCENDO CADA DIA MAIS!!!! HEIL EVERALDO!!!!!