Redação Pragmatismo
Compartilhar
Palestina 26/Aug/2014 às 16:48
10
Comentários

Aprovação de Benjamin Netanyahu cai de 82% para 38%

Após 50 dias de ataques contra Gaza, aprovação do primeiro ministro Benjamin Netanyahu cai de 82% para 38% em Israel

Benjamin Netanyahu israel gaza
Avaliação de Benjamin Netanyahu sofre queda vertiginosa após 50 dias de conflitos em Gaza (divulgação)

Após quase 50 dias da ofensiva israelense contra a Faixa de Gaza, uma pesquisa de opinião divulgada na noite desta segunda-feira (25/08) mostra que apenas 38% da população de Israel está satisfeita com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, enquanto 50% desaprovam a conduta do premiê.

A consulta realizada pela emissora local Channel 2 News evidencia uma sensível queda nos índices de aprovação do premiê; pesquisa semelhante feita quatro dias antes, em 21 de agosto, mostrava Netanyahu com 55% de aprovação. Três semanas atrás, em 5 de agosto, o índice era de 63%.

Em 23 de julho, apenas cinco dias após o Exército israelense ter invadido o território palestino por terra, o chefe de governo aparecia com 82% de aprovação. A consulta foi realizada pela empresa Shiluv Millward Brown.

A maioria dos consultados também defendeu o adiamento do início do ano letivo em certas regiões do país, marcado para a próxima segunda-feira, 1º de setembro. Em uma reunião do gabinete ministerial neste final de semana, Netanyahu externou relutância em prorrogar a data.

50 dias de conflito e cessar fogo

Israel e o Hamas anunciaram nesta terça-feira (26/08) um acordo de cessar-fogo duradouro entre as partes. No total, 2.137 pessoas morreram no lado palestino ao longo dos 50 dias de conflito da Operação Margem Protetora— em sua maioria, civis, segundo o Ministério da Saúde de Gaza. No lado israelense, morreram 64 soldados em combates, e dois civis israelenses — um deles menor —, um beduíno e um trabalhador asiático, estes últimos atingidos por projéteis disparados de Gaza.

Opera Mundi

Recomendados para você

Comentários

  1. taciane Postado em 26/Aug/2014 às 16:59

    O índice de aprovação ainda é alto infelizmente.

    • Antonio Palhares Postado em 27/Aug/2014 às 10:51

      É melhor ir para o segundo turno com a Marina.Ai a Dilma vence.A sociedade não vai querer parar o que ja esta andando.É ruim para os negócios.Isto no campo das idéias.

      • taciane Postado em 27/Aug/2014 às 16:20

        Isto no campo da ignorância

      • Antonio Palhares Postado em 27/Aug/2014 às 16:42

        Taciane. Boa tarde. Maquiavel disse que o imponderável tem que ser considerado.Veja, se o Eduardo Campos estivesse vivo, quem iria para o segundo turno seria o Aécio. Com a morte do Eduardo, quem ficou no lugar dele foi a Marina, que tem votos.Então ela vai para o segundo turno e o Aécio não entra, ou seja por causa do imponderável.Agora pergunte a quem vive de fazer negocios se prefere a Dilma que é conhecida ou uma incógnita?

      • taciane Postado em 28/Aug/2014 às 10:42

        Desculpa Antonio, mas são coisas opostas. No campo de um governo genocida.

  2. Jonas Schlesinger Postado em 26/Aug/2014 às 17:39

    Sim desde quando a opinião pública tem importância? A exemplo daqui que o povo foi às ruas, xingou a excelentíssima e o nível de aprovação do governo caiu depois que o Lula deixou o cargo. Ela nunca renunciou como também o premiê não renunciará.

  3. Rodrigo Postado em 27/Aug/2014 às 08:21

    esse povo tem tudo que s feder

  4. eu daqui Postado em 27/Aug/2014 às 09:09

    Espero que a morte tenha misericórdia de mim antes que um governo de meu país venha a cometer um crime genocida........

  5. Eduardo Postado em 27/Aug/2014 às 12:04

    e pela cara dele ele tá cagando e andando.... e o estado crescendo com os territórios palestinos ocupados.....e crianças e mulheres morrendo....

  6. enganado Postado em 01/Nov/2014 às 00:11

    Estes números estão iguais aos da eleição da Sra. DILMA, não passam de uma tapeação da grossa. Até meia horas antes do mundo se acabar os judeus estarão matando Famílias PALESTINAS com apoio dos EUA/OTAN/UE/CCG. Por isso se inverter os 38%, darão 83% que é o número correto de apoio ao Bestanyahu pelo trucidamento de PALESTINOS, no que se deliciam os judeus de iSSrael. Não sei, mas acho que os EUA deveriam construir um novo Coliseu igual aquele de ROMA, em Tel Aviv, para as tardes dos judeus verem os Palestinos serem abatidos na sequência pelos: leões, tigres, leopardos e a aqueles que escaparem das feras serem abatidos como os civis de iSSrael, igual fazem justiça com suas próprias mãos. Esse Bibi e o Avigdor são ÓTIMOS!