Redação Pragmatismo
Compartilhar
Cuba 15/Aug/2014 às 12:59
18
Comentários

8 frases marcantes de Fidel Castro

O líder cubano Fidel Castro completou 88 anos esta semana. Conheça oito frases marcantes de sua trajetória

fidel castro gabriel garcia marquez
Fidel Castro com o amigo escritor Gabriel Garcia Márquez (indiantimes)

Opera Mundi

“Me condenem, não importa. A história me absolverá”, disse o líder cubano em 1953. Relembre abaixo outros momentos importantes de Fidel Castro, líder cubano que completou 88 anos no último 13 de agosto.

1. “Uma revolução não é um mar de rosas. É uma luta de morte entre o futuro e o passado.”

(Discurso pronunciado por Fidel Castro em 2 de janeiro de 1961, por ocasião do segundo aniversário da revolução cubana)

2. “Chega já dessa ilusão de que os problemas do mundo podem ser resolvidos com armas nucleares! As bombas poderão até matar os famintos, os enfermos e os ignorantes, mas não podem matar a fome, as enfermidades e a ignorância.”

(Discurso pronunciado por Fidel na ONU (Organização das Nações Unidas) em 1979, como líder do Movimento dos Países Não-Alinhados)

3. “As ideias não precisam de armas, na medida em que sejam capazes de conquistar as grandes massas.

(Discurso pronunciado por Fidel Castro em 3 de agosto de 1985, na sessão de encerramento do encontro sobre a dívida externa da América Latina e do Caribe)

4. “Cheguei à conclusão, talvez tarde demais, de que os discursos devem ser curtos.”

(Frase dita por Fidel Castro em agosto de 2000)

5. “Um homem com bondade de criança e talento cósmico.”

(Fidel Castro sobre seu amigo e escritor Gabriel García Márquez, morto em 2014)

fidel castro discurso onu
Fidel Castro em discurso na ONU

6. “Penso que uma nova e repugnante forma de fascismo está surgindo com notável força neste momento da história humana.”

(Trecho de artigo publicado por Fidel Castro em 5 de agosto de 2014, intitulado “Holocausto palestino em Gaza”)

7. “Me condenem, não importa. A história me absolverá.”

(Em 16 de outubro de 1953, o jovem advogado Fidel Castro pronunciava ele mesmo sua própria defesa, após ser preso pelo assalto ao quartel Moncada; quando tentou derrubar o então presidente e ditador Fulgêncio Batista)

8. “Não estou pensando em cortar a minha barba, porque estou acostumado assim e a minha barba tem alguns significados em meu país.”

(em 1959, apenas 30 dias após a revolução, Castro concede entrevista ao jornalista norte-americano Edward Murrow, da rede CBS)

Recomendados para você

Comentários

  1. J.C Souza Schlesinger Postado em 15/Aug/2014 às 14:52

    Meu Deus que homem imoral. Eu tenho nojo dele. Fala do fascismo como se o comunismo dele não matou ninguém inocente. Aí vem um estúpido por aqui dizer que o admira. Admirar no brasil é fácil quero ver ir admirar lá em Cuba.

    • J.C Souza Schlesinger Postado em 15/Aug/2014 às 15:23

      Kkkk Monteiro eu n me referi a ti relaxa mano. Eu me refiro as pessoas que sempre comentam quando o assunto é fidel e dizem que o admira. Eu apenas respondi teu comentário pra ficar no topo das respostas caso muita gente venha comentar. Flws.

    • Fabio Lima Postado em 16/Aug/2014 às 21:58

      E você já foi pra cuba seu alienado? criticar do brasil é facil né? vá estudar.

  2. Matheus B. Postado em 15/Aug/2014 às 15:12

    Cômico, menos para os cubanos: começa defendendo a luta armada, mas depois que está no poder, passa a pregar contra as armas. Evolução? Nada, apenas a revolução negando a própria revolução, afinal, tanto faz o resultado, desde que sejam seus companheiros e ele que comandem o processo.

  3. Eduardo Benatti Postado em 15/Aug/2014 às 16:26

    Um tirano digno das mais cruéis ditaduras da África subsaariana. Se existisse inferno, esse cara teria uma salinha só pra ele... pra ele passar o resto da eternidade vivendo como um cubano comum.

    • J.C Souza Schlesinger Postado em 15/Aug/2014 às 16:42

      HÃ!!!!

  4. Tiago Postado em 15/Aug/2014 às 20:17

    Dá pra ver que a galera aqui anda assistindo muito jornalzinho da Globo! kkkkk Falem o que quiser dele, de um cara que fez sobreviver um país condenado ao estupro americano e posteriormente libertado com a revolução, tendo que colher as migalhas do bloqueio econômico, sabem o que é isso? Duvido! Uma economia que sobrevive até hoje e ainda consegue investir numa área que hoje é uma das melhores do mundo, a medicina! Só indo a Cuba pra saber, assistindo a Globolixo nunca saberão! Agora falem dos inocentes que os americanos já mataram e matam todos os dias e a globo não diz. Falem também daqueles imundos de Israel que estão repetindo os genocídios em Gaza com apoio 100% americano, esses sim são os maiores terroristas da história! E parem de assistir a Globo e ler a Veja, isso é desinformação e faz mal pra cabeça! kkk

    • Marcel Postado em 19/Aug/2014 às 00:34

      Onde El Comandante buscou atendimento médico mesmo?

  5. luiz mattos Postado em 15/Aug/2014 às 21:58

    Só tem coxinha aqui? Se juntar todos os coxinhas não valem um pelo pubiano de Fidel.

    • poliana Postado em 15/Aug/2014 às 22:38

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!

  6. Denisbaldo Postado em 16/Aug/2014 às 18:41

    Idiotas tanto de esquerda quanto de direita são idiotas. Você nem sabe o que a direita e a esquerda significam. Pra você são sinônimos de capitalismo e comunismo. Você é só um idiota, nem de direita e nem de esquerda.

  7. Jão da Silva Postado em 16/Aug/2014 às 19:24

    Bando de alienados. Viva Fidel, Viva Raul, Viva a Revolução Cubana! Pátria ou morte, Venceremos!!!

    • Carlos Postado em 16/Aug/2014 às 20:38

      Japão foi destruído diversas vezes está entre os 5 melhores países do mundo, Cuba foi destruído uma vez pelos comunistas continua uma merda e sempre vai ser uma merda.

  8. Bubba Postado em 16/Aug/2014 às 21:47

    So tem retardado comentando com pai ausente?

  9. Lucas C. Postado em 17/Aug/2014 às 13:28

    Grande líder. Pena que o Brasil é repleto de babacas e ignorantes, chupadores de rola dos imperialistas norteamericanos.

    • J.C Souza Schlesinger Postado em 17/Aug/2014 às 21:06

      Você é um alienado que apoia a tortura, a morte e a ditadura. Nem saber se expressar sabe. É fato que este vagabundo do Fidel Castro é um velho ordinário que já deveria ter batido as botas há muito tempo. Ele se iguala a um personagem da história contemporânea: Hitler.

  10. Denisbaldo Postado em 17/Aug/2014 às 15:27

    Toda vez que você critica a esquerda, você critica os direitos trabalhistas conquistados por ela ao longo dos séculos passados. Se você for empregado ou tiver algum familiar empregado e ele odiar a esquerda, diga a ele para não recolher INSS, para não aceitar férias remuneradas e 13o. salário. São conquistas da esquerda, coisa de "comunista".

  11. Carlos Correa Postado em 14/May/2015 às 22:04

    Como pode um país tão pobre ter uma mortalidade infantil menores do planeta? Nas Américas, só perde para o Canadá. Em Cuba 7 crianças morrem em cada mil, no Canadá são 6 em cada mil. Isso é impressionante.