Redação Pragmatismo
Compartilhar
Palestina 22/Jul/2014 às 19:16
52
Comentários

Sete vencedores do Nobel da Paz pedem embargos contra Israel

7 ganhadores do Nobel da Paz, além de personalidades e outras figuras públicas assinam manifesto que pede embargo contra Israel. Um nome brasileiro assinou a lista: Frei Betto

Um manifesto publicado no The Guardian e assinado por 64 pensadores, políticos e outras figuras públicas pede um embargo a Israel por conta do conflito na Faixa de Gaza.

O texto diz que Israel se beneficia de acordos de cooperação militar e ajuda dos EUA e da União Europeia e afirma que tal poder de fogo conquistado está sendo usado para uma guerra contra a Palestina.

Assim, eles pedem ao mundo um embargo militar, semelhante ao imposto ao governo sul-africano nos anos de apartheid.

VEJA TAMBÉM: Jornalista que conta a verdade sobre o que vê em Gaza sofre punição

Na lista, estão assinaturas de sete pessoas que já ganharam o Prêmio Nobel da Paz, entre eles o Arcebispo sul-africano Desmond Tutu.

Também assinam o manifesto figuras de esquerda conhecidas, como o linguista Noam Chomsky, o músico Brian Eno, o ex-Pink Floyd Roger Waters, o cineasta Ken Loach e o pensador Slavoj Zizek.

Um nome brasileiro assinou o manifesto: Frei Betto, teólogo da libertação, da ala da Igreja Católica mais envolvida nos movimentos populares de esquerda.

O manifesto

“Mais uma vez, Israel lançou mão de toda a sua força militar contra a população palestina, particularmente na Faixa de Gaza, em um ato ilegal e desumano de agressão militar. A habilidade de Israel de lançar tais ataques devastadores com impunidade vem, em grande parte, da vasta cooperação militar internacional e do comércio que mantém com governos cúmplices ao redor do mundo. Durante o período 2008-2019, os Estados Unidos devem prover ajuda militar a Israel na ordem de 30 bilhões de dólares, enquanto as exportações militares anuais de Israel para o mundo atingiram bilhões de dólares.

Em anos recentes, países europeus exportaram bilhões de euros em armas para Israel; e a União Europeia tem fornecido a empresas militares israelenses bolsas de pesquisa na ordem de milhões. Economias emergentes como Índia, Brasil e Chile estão rapidamente aumentando o seu comércio e cooperação militar com Israel, apesar de seus estados apoiarem os direitos palestinos. Ao importar e exportar armas de Israel e facilitar o desenvolvimento da tecnologia militar israelense, os governos estão efetivamente mandando uma clara mensagem de aprovação para a agressão militar de Israel, incluindo os crimes de guerra e possivelmente os crimes contra a humanidade.

A tecnologia militar de Israel é marcada com o selo “testada em campo” e exportada para todo o mundo. O comércio militar e as pesquisas militares conjuntas reforçam a impunidade israelense ao cometer graves violações dos direitos internacionais e facilitam o enraizamento do sistema de ocupação israelense, colonização e negação sistemática dos direitos palestinos. Nós chamamos a ONU e os governos ao redor do mundo para tomar medidas imediatas para implementar um embargo militar claro e legal contra Israel, similiar ao imposto à África do Sul durante o Apartheid”.

Exame

Recomendados para você

Comentários

  1. Pereira Postado em 23/Jul/2014 às 09:25

    27 israelenses mortos , 54 feridos e mais de 100 estão desaparecidos(entre eles um conhecido meu, a esposa está desesperada aqui no RS cancelou a festinha de 1 aninho do filho dele) . Isso a mídia não fala. abaixo o terrorismo do hamas e o extremismo fundamentalista palestino.

    • Pereira Postado em 23/Jul/2014 às 09:29

      E tudo isso por quê ? Porque fundamentalistas decidiram torturar e matar 3 adolescentes israelenses, fora o despejo de mísseis na população civil. Extremistas judeus que queimaram um adolescente palestino estão presos em israel e já disponíveis à justiça. Entenderam a diferença entre Israel e palestinos ? Entenderam a diferença entre democracia e barbárie ?

      • eu daqui Postado em 23/Jul/2014 às 11:56

        Crer que o direito histórico à terra dá direito histérico ao genocídio se chama nazivitimismo e não democracia.

      • Felipe Postado em 25/Jul/2014 às 00:09

        Lamento muitíssimo as mortes civis dos dois lados! Mas essa guerra não é equilibrada... Abaixo o terrorismo extremista do Hamas e abaixo a prepotência genocida de Israel!

      • Arthur Postado em 25/Jul/2014 às 23:28

        Entendi que você tem um problema psiquiátrico ! Procure ajude !

      • Bruno Fehr Postado em 26/Jul/2014 às 15:14

        E eu que pensava que isto tinha começado quando os Judeus tomaram a terra dos Palestinianos após a segunda guerra mundial muito antes de existir Israel ou qualquer israelense. Contigo estamos sempre a aprender barbaridades!

      • Tamaki Postado em 26/Jul/2014 às 17:51

        Posta onde vc viu q esses tres jovens realmente foram vitimas de palestinos e não de qualquer psicopata comum aí então,pq até o momento,até onde sei,nada foi provado... E isso não é discupa pra Isrrael sair fazendo limpesas etnicas!

      • Rogério Postado em 28/Jul/2014 às 23:49

        Então o Estado de Israel foi fundado com bases em barbárie. Os fundamentalistas judeus praticavam atos terroristas, assassinatos e explosões contra ingleses e muçulmanos logo antes da criação do Estado. Não conheço nenhum palestino ou judeu, mas vi escolas, casas, prédios e ruas explodindo. O hamas não subiu com um lançador de foguetes na casa das famílias que foram explodidas. Os palestinos mortos nas ruas com seus corpos apodrecendo necessitam ser recolhidos, mas é necessário autorização da grande democracia de Israel. O povo de Israel e seus governantes invadem a cada dia áreas palestinas e a cada área conquistada por Israel Gasa e Cisjordânia diminuem. Essa é a diferença entre um estado democrático e um Estado imperialista expansionista. Façam um favor a si mesmos e olhem o histórico das áreas invadidas por Israel desde sua criação. Pesquisem o que o serviço secreto israelense pratica, o que suas forças armadas fazem e em seguida analisem o muro de Israel!

      • Macb Postado em 29/Jul/2014 às 06:58

        Mas então vai pra Israel e espera pra ver o q os sionistas vão fazer pro os Judeus não sionistas. Se precisar de dinheiro pra passagem, seguro que conseguiremos. Aproveita a viagem pra informar-se sobre os Sionistas.

    • Bertold Postado em 23/Jul/2014 às 13:51

      É, vc é incapaz de sentir a dor do outro que está sob ocupação militar permanente desde 1848, vivem sendo roubados, presos, torturados e assassinados. Que sentimentos vc queria que eles desenvolvessem na sociedade palestina durante todo esse tempo que não uma única oportunidade pequena que seja de vingar alguma coisa? Todos sabemos das campanhas de incentivos que Israel proporciona em outros países para emigrarem para lá e serem assentados gratuitamente em terras que eles tomam dos palestinos. Vê se se toca nesse comportamento egoísta e ignorante.

    • felipe Postado em 23/Jul/2014 às 14:00

      OK quase 600 palestinos mortos e sabesse lá quantos feridos...sem contar que a terra é deles...e nem me venha falar de bíblia pois ate lá os judeus sao um povo sem pátria....abaixo o terrorismo israelense.

      • Pereira Postado em 23/Jul/2014 às 15:10

        Quantos árabes haviam quando o império romano invadiu aquelas terras ? agora me diga quantos judeus haviam ?

      • Alessandro Postado em 24/Jul/2014 às 02:55

        Durante a sua história a palestina trocou de mãos entre povos e impérios dúzias de vezes. Qualquer um que se ache dono daquela terra meramente por ter um vinculo histórico remoto com ela deverá no mínimo ter que aceitar dividi-la com os outros muitos povos que também tem direitos sobre ela.

      • eu daqui Postado em 24/Jul/2014 às 14:45

        Pois que os israelis então vão cobrar a dívida dos romanos, ora ! E cobrando do devedor certo, nada justifica genocídio.

    • Alessandro Postado em 24/Jul/2014 às 02:48

      Matar indiscriminadamente e protestar as suas próprias (poucas) baixas. Eis ai uma das muitas hipocrisias do sionismo.

      • Pereira Postado em 24/Jul/2014 às 09:58

        "Qualquer um que se ache dono daquela terra meramente por ter um vinculo histórico remoto com ela deverá no mínimo ter que aceitar dividi-la com os outros muitos povos que também tem direitos " Isso é muita canalice, DIVIDIR ? israel tem um território mínimo cercado por um contingente imenso de terra árabe e eles querem exatamente onde israel está. E tu vem me falar de dividir ? ora, vá planta batata !!!

      • Felipe Peters Berchielli Postado em 24/Jul/2014 às 12:02

        Esse Pereira é histérico, confuso das idéias,Israel não dividiu nada,tomou tudo,chegou chegando na gíria,expulsando os residentes por uma suposta ligação com aquela terra(Suposta porque os hebreus foram expulsos de lá,os judeus oriundos da Europa tem pouco a ver com aquele povo). Mas uma gama de povos habitaram aquela mesma região,que trocou de mãos um monte de vezes,imagina se seus descendentes mesmo que centenas de anos depois reclame direito a aquela terra. Esperos que os indios nunca tentem expulsar o Pereira da casa dele,mesmo que justo,a final esta terra eram deles antes,mas se isso ocorrer espero que o Pereira seja coerente e saia pacificamente.

    • Felipe Peters Berchielli Postado em 24/Jul/2014 às 11:56

      Detalhe,as baixas israelenses são compostas quase totalmente por militares,apenas 2 civis foram atingidos. Do lado da Palestino é proporcionalmente inverso,quase a totalidade de civis.

    • Bruno Fehr Postado em 26/Jul/2014 às 15:10

      Por haver um conhecido teu, fica o massacre justificado! Se fosses dar banho ao cão é que fazias bem!

    • Althouss Postado em 26/Jul/2014 às 17:42

      Hahahaha. São mais de 650 (!) palestinos mortos e mai de 4000 feridos; a maioria civis, incluindo muitas crianças. O uso desmedido de força por parte de Israel possui fundamentos etnogênicos. O que você dizia mesmo?

    • flavio santos Postado em 28/Dec/2014 às 01:02

      2.600 palestinos mortos entre elas 600 crianças, é pouco pra você seu canalha nojento!!!

  2. Pereira Postado em 23/Jul/2014 às 09:26

    Festinha que meu filho foi a unica criança convidada em virtude do desaparecimento em gaza do pai.

    • Bruno Fehr Postado em 26/Jul/2014 às 15:17

      Ai que pena! O genocídio estragou a festinha do teu filho? Que se lixem as crianças mortas na palestina pois o importante é a porra da festa do teu filho!

  3. Pereira Postado em 23/Jul/2014 às 09:37

    Esses números demonstram como esses fundamentalistas estão melhor armados e treinados. Essa orda terrorista palestina é financiada por alguém, mas quem ? o mundo tem que prestar melhor atenção nesses psicopatas.

    • Bruno Fehr Postado em 26/Jul/2014 às 15:17

      Pela Mossad. Tens mais perguntas fáceis?

  4. Carlos Postado em 23/Jul/2014 às 10:20

    Quem quiser saber o que está acontecendo no mundo não pode ficar vendo Jornal Nacional, acesse http://www.globalresearch.org/ -e- http://www.activistpost.com/ para se informar e decidir. O que eles mas temem no momento é o acesso a informações reais e confiáveis.

  5. Rogerio Postado em 23/Jul/2014 às 10:38

    Pereira, Israel invadiu. Os palestinos foram invadidos. Israel roubou. Os palestinos foram roubados. Israel é quem massacra. Os palestinos é quem são massacrados. Os números que vc postou são fichinha perto dos números palestinos. Terrorismo ali é o praticado por Israel.

    • Pereira Postado em 23/Jul/2014 às 12:07

      Isso é uma tática dos esquerdistas. Criam tantos factóides que a grande massa acaba esquecendo de onde parte o primeiro tiro. Eles se esquecem que fundamentalistas palestinos TORTURARAM E MATARAM adolescentes israelenses por diversão.

      • Luciana Postado em 23/Jul/2014 às 15:35

        E os israelenses, por diversão (com pipoca e cerveja), ficam assistindo de camarote o exército lançar mísseis e matar centenas de palestinos. Os israelenses queimaram vivo um adolescente palestino. O alvo preferido são crianças, pois assim levam a cabo o extermínio étnico, incentivado ao extremo em Israel. Se informe, Pereira! Busque fontes confiáveis, sai da frente da globo!

      • Pereira Postado em 24/Jul/2014 às 12:40

        "sai da frente da globo!" A globo é quem mais incentiva homossexualismo em suas novelas, é a que mais persegue cristãos. Vocês esquerdistas deveriam ahgradecer a Globo. Eles fazem tudo que vocês pregam.

      • Paula Postado em 24/Jul/2014 às 13:05

        foi o sionismo quem deu o primeiro tiro.

      • eu daqui Postado em 24/Jul/2014 às 14:48

        Israel fazendo escola...............

      • Santos Postado em 28/Jul/2014 às 17:37

        Pois é Pereira, o grande mal da humanidade é fechar os olhos para verdade e abri-los para mentira. As pessoas não sabem nem de fato o que acontece, e sai por ai reproduzindo, o que não sabem, não viram, não testemunharam e não conhecem. As pessoas são facilmente manipuladas, porque não se dão o trabalho de buscar a fundo o que verdadeiramente acontece. Acreditam piamente que Israel é o vilão da história, porém muita coisa não sabem, não compreendem. Eu sou contra qualquer tipo de violência. E bom seria se nada disso estivesse acontecendo. Mas está e é algo inevitável, e já avisado bem antes, muito antes. O que acontece não é novidade pra quem conhece a verdade. Gostaria de saber dos entendidos, dos que estão por dentro de tudo o que acontece em relação a este conflito, em que se baseia o mesmo? Onde iniciou este conflito, qual o motivo o verdadeiro motivo, quem são os responsáveis por tudo isso?

  6. Aleluia Postado em 23/Jul/2014 às 10:40

    Enquanto tem gente morrendo dos dois lados, tem corruptos ganhando dos dois lados. Tanto do Hamas como de Israel. E os países ricos publicamente colocam panos quentes, mas por trás vendem armas para os dois lados. E assim caminha a humanidade. http://jewishvoiceforpeace.org/

  7. Thiago Teixeira Postado em 23/Jul/2014 às 11:21

    Pereira, tá todo mundo errado. E Israel, não são bonzinhos coisa alguma. Sim, sumiram 3 adolescentes, idênticos ao navio que o Hitler encontrou próximo da Áustria com soldados alemães mortos para justificar o início da segunda guerra. Depois a história provou que eram todos judeus, capturados e utilizados naquela simulação ridícula. 3 adolescentes versus 584 palestinos mortos + 27 israelenses, não está bom? Já não está vingado? Então chega né?

    • eu daqui Postado em 24/Jul/2014 às 14:50

      Quando a reação árabe vier eu tenho até medo. Mesmo estando longe. Mas mesmo com medo vou apoiar.

  8. Nadja Postado em 23/Jul/2014 às 14:53

    27 SOLDADOS Israelenses mortos... 121 CRIANÇAS Palestinas mortas... mais de 600 Palestinos MORTOS... Não me venha com números para defender Israel...

    • Pereira Postado em 24/Jul/2014 às 12:15

      então pegue os mortos em toda a história do conflito. quantos palestinos morreram ? 50 mil ? 50 mil é o que o Brasil mata por ano em homicídios. Veja também quantos judeus morreram com o nacional socialismo de hitler, 20 milhões ta bom para você ? Um povo massacrado pela história com o anti semitismo não merece um pedaço de terra ? um pedaço livre de ameaças terroristas.

      • eu daqui Postado em 24/Jul/2014 às 14:51

        Desde quando palestino tem culpa de hitlerismo e brasilismo?

      • Maria Postado em 26/Jul/2014 às 16:40

        kkkkkkkkk mais um usando o holocausto para defender a barbárie sionista. NAZISMO = SIONISMO

      • Max Postado em 28/Jul/2014 às 23:39

        Tu não sabes de nada... Cite uma única (UMA ÚNICA) fonte que prove tuas palavras. Deu onde, ó imbecil, tu tirastes que foram 20 milhões os judeus mortos pelo nazismo na Segunda Guerra. Está aí a prova que este Pereira é perda de tempo. Um embuste, otário, levantador de polêmica mas não leu nada... nada sabe... responde a qualquer comentário com o ódio corriqueiro de um bestalhão que acha (ou julga assim) que é inteligente. Lamentável tu não se calar, diante das tuas próprias imbecilidades ditas. Poupe a todos nós e te recolhas a tua insignificância (totalmente sem conhecimentos e sem cultura).

  9. Pereira Postado em 24/Jul/2014 às 10:01

    "Os israelenses queimaram vivo um adolescente palestino". A canalice continua, israel prendeu os acusados que já estão a disposição da justiça.

    • eu daqui Postado em 24/Jul/2014 às 12:10

      à disposição de que justiça? a sua?

  10. Freud Postado em 25/Jul/2014 às 01:11

    Canalhice é o que Israel está fazendo, Pereira. Perdeu a noção da dor alheia ou da própria dor. Olhe para traz e veja o que os nazistas fizeram com os judeus. O que Israel faz com os palestinos não é diferente. O interesse ali é econômico, de dominação, de opressão. Estão querendo o quê: proclamar a raça ariana do judeus? Em cima dos palestinos?

  11. Gil brod Postado em 25/Jul/2014 às 03:06

    Pereira, pare de defecar pela boca.

  12. Souza Postado em 25/Jul/2014 às 15:09

    O povo judeu vem sendo perseguido a séculos. A perseguição mais recente deu-se durante a segunda guerra quando foram vítimas do Holocausto, um dos maiores crimes contra a Humanidade. Em 1946/47, quando a ONU era residida por um brasileiro, Oswaldo Aranha, foi decidida a divisão das terras da Palestina e criado o Estado de Israel. Finalmente aquele povo tão sofrido e perseguido teria uma terra para chamar de sua e aí, o que fazem? Sei que ainda é uma comparação muito desproporcional mas, se continuar neste crescendo, o que irá diferir os israelenses de hoje (leia-se os seus governantes) dos nazistas de outrora? Deixo claro também que não apoio extremismos e que os extremistas independente de raça ou credo, não só da Palestina mas como de todo o mundo devem ser combatidos com rigor

  13. Malkka Postado em 25/Jul/2014 às 20:15

    Sempre teremos motivos pra guerra, precisamos de motivos pra paz ?

  14. Hernani Mazola Postado em 27/Jul/2014 às 17:19

    Só tem Mickey nessa guerra, procura um Pateta e ninguém acha.. Israel x Hamas: dois erros não fazem um acerto. Ambos errados. A solução está na paz e não na guerra!

  15. sirley Postado em 28/Jul/2014 às 02:01

    http://youtu.be/PF3Vp9fbreQ Essa versao explica muito bem ...o mehor , partindo da atualidade, mas volta à história desde o princípio entre os verdadeiros porquês ...com os máximos líderes tentaram conseguir a paz, os dois povos estao em conflito ha muitos anos...nao percam de ver-lo principalmente dedicado ä Pereira....

  16. walter p de sousa Postado em 28/Jul/2014 às 10:58

    O que Israel esta fazendo foi o que eles aprendeu com os nazista a gora estão fazendo com os palestinos

    • Rogério Postado em 28/Jul/2014 às 23:56

      Você estava lá e viu tudo? Factoide? Veja bem, se sabe contar o faça e descubra quantos muçulmanos foram assassinados, só de 1990 até hoje, faça o mesmo com o número de israelenses.

  17. conspiracao Postado em 19/Aug/2014 às 10:16

    Pra que serve mesmo as RELIGIÕES ?