Redação Pragmatismo
Compartilhar
Palestina 25/Jul/2014 às 08:53
24
Comentários

PSDB apoia posicionamento do governo sobre massacre de Israel

Campanha do presidenciável Aécio Neves (PSDB) aprovou posição do Brasil contra a ofensiva de Israel em Gaza. Responsável pelo programa de política externa do tucano, o embaixador Rubens Barbosa diz que o país deve se manter firme em favor da criação do Estado palestino

psdb israel gaza palestina dilma aécio
Tucanos apoiam posição do governo brasileiro sofre genocídio em Gaza (Edição: Pragmatismo Político)

Adversário da presidente Dilma Rousseff nas urnas, o presidenciável tucano Aécio Neves validou a posição do governo contra o massacre promovido por Israel em Gaza.

Segundo o colunista Bernardo Mello Franco, o responsável pelo programa de política externa do tucano, o embaixador Rubens Barbosa diz que o Brasil deve se manter firme em favor da criação do Estado palestino e da negociação pelo fim do confronto armado.

Ele reprovou a reação de Israel, que chamou o Brasil de “anão diplomático”. “Sabemos que não somos anões e o Itamaraty deveria ter ignorado essa afirmação. Mas o ministro Figueiredo preferiu responder…”, comentou. Barbosa diz apenas que o governo pecou ao não condenar o lançamento de foguetes pelo Hamas, para demonstrar “equilíbrio” na questão.

VEJA TAMBÉM: Israel contra o mundo e Benjamin Netanyahu entre os inimigos da humanidade

Trata-se de uma viravolta nas relações entre o PSDB com as relações exteriores dos governos do PT. Em 2010, José Serra atacou duramente a política de Lula para o Oriente Médio.

247

Recomendados para você

Comentários

  1. Robson Postado em 25/Jul/2014 às 09:38

    Finalmente, até porque seria um suicídio político apoiar o que Israel está fazendo.

  2. Salomon Postado em 25/Jul/2014 às 09:52

    É hora de o Brasil marcar território diplomático e responder à altura. Verdade é que demonstrações menos lúcidas de recuo vai apenas provar ao mundo que o Brasil confessa que é mesmo um anão diplomático e que está perdendo de 7 a 1 para Israel. O PSDB (complexado e entreguista) está jogando lenha na fogueira, gasolina no fogo e está pagando pra ver. O estatuto universal é o seguinte:a onça mata sua caça porque o raciocínio da onça é que ela deve viver, e se a caça é um anão covarde tanto melhor pra onça.

  3. poliana Postado em 25/Jul/2014 às 09:54

    ah vá...jura q o psdb apoiou o governo nessa questão??!! hahahahaha..só rindo mesmo viu!

  4. Murilo Postado em 25/Jul/2014 às 10:17

    Jogada eleitoral, esse homem caso chegue a presidência entregara a economia Brasileira aos EUA e a União Europeia, sem falar na manutenção das riquezas da Elite nacional que depende do trabalho quase escravo para serem bilionários . A direita Brasileira é cruel e ainda tem apoio do PIG.

    • Gustavo Postado em 25/Jul/2014 às 11:54

      Quando oposição critica, são burros e retrógrados, fascistas, reaças. Quando deu um certo apoio são oportunistas...Em tempo, psdb não é de direita, nunca foi. E conheço um governo que elegeu seus campeões (todos amigos é claro) e os enriqueceu desproporcionadamente e que prefere se juntar a governos moribundos e ditatoriais.

    • poliana Postado em 25/Jul/2014 às 14:39

      murilo, cabe a nós, em outubro, impedirmos q essa tragédia aconteça!! JAMAIS! no q depender de mim, a DIREITA (SIM!! PSDB É DIREITA) jamais voltará ao poder!!!!

      • Hunter Postado em 28/Jul/2014 às 15:39

        Poliana, Que coisa mais retrograda, direita e esquerda. Sem entrar no mérito: Privatização dos aeroportos é de direita ou de esquerda???. Concessão de rodovias é de direita ou esquerda??. O uso de dinheiro publico para financiar estádios é de direita ou de esquerda.??

      • thiago Postado em 28/Jul/2014 às 23:51

        PSDB não é direita, moça.

    • Lammer Postado em 25/Jul/2014 às 23:56

      Cara, só ler. Vamos dizer que você é pobre mas tem visão. Fez empréstimo ao banco e comprou um terreno. Agora vc construiu vários kitnet, se endividou muito e ficou com nome sujo. Você aguentou essa situação durante 1 ano e meio, recebendo aluguéis do inquilinos, até conseguir colocar o empréstimo em dia. Então resolveu comprar mais 2 terrenos e fazer a mesma coisa, pois o banco viu que você era um bom pagador. E assim no prazo de três anos estaria tudo quitado. Mas ao começar à construir em um desses 2 terrenos, o outro foi ocupado pelo MTST (movimento dos sem teto). Então o governo confisca teu terreno e doa. Agora você está devendo o banco, os pedreiros, a loja de material de construção, e não pode pagar pois não foi possível construir os kitnet restantes. Você se arriscou e trabalhou duro pra isso, se endividou, sujou o nome e o governo confiscou seu terreno e te chamou de ELITE que só pensa em dinheiro. Agora te pergunto, é justo?

  5. Lucas Postado em 25/Jul/2014 às 10:24

    Quer resolver este conflito e quase todos os outros mundo a fora é simplesmente acabar com as religiões (todas) e viver com uma consciência racional analítica que a ciência nos proporciona. Chega de acreditar em fábulas e livros manipulados pelos homens e seus interesses estamos em 2014 não da mais pra aceitar essa ignorância.

    • Felipe Peters Berchielli Postado em 25/Jul/2014 às 14:01

      Inocente voce que pensa que este conflito é religião,a questão é territorial,Israel sempre quis terras e não se cansará até ter a Palestina toda sob seu controle.

    • Lili Postado em 25/Jul/2014 às 14:52

      Só uma pergunta, caro Lucas, como exatamente se acaba com as religiões sem entrar em conflitos? Pessoalmente, penso que as religiões não passam de desculpas, fachadas que os verdadeiros artífices dos conflitos utilizam para esconder seus verdadeiros propósitos, certamente muito mais concretos e mundanos do que espirituais. Sou ateu e não sinto qualquer simpatia por religiões, mas basta olhar a história para ver que a religião é apenas um dos muitos "ópios" disponíveis para o uso de manipuladores. Ao mesmo fim já serviram (e servem) a pátria, a raça, a cultura... ou, em um nível micro, o time de futebol, o Estado, mesmo o bairro. Qualquer uma das categorias relativas a pertencimento se presta para mobilizar sentimentos de "nós contra eles, nós melhores do que eles". Isso é do homem e é bom que o homem esteja ciente de quão vulnerável fica quando essas teclas são pulsadas. Concordo com a necessidade de viver com uma consciência analítica, mas tenho fortes receios quando se inclui o termo "racional" nessa sentença. Não somos robôs, sentir, mais do que pensar, é o que nos torna humanos. Podemos, e devemos, ser capazes de entender (analisar) nossos sentimentos, perceber a quais mecanismos respondem, e com isso, podemos resistir à manipulação, evitar, por exemplo, que transformem nossa indignação diante de injustiças intoleráveis em ódio e ânsia de vingança indiscriminados, o que não seria menos injusto. A autoconsciência e o cultivo da empatia são processos longos e difíceis, às vezes dolorosos, mas as respostas simplistas como "acabar com isto ou com aquilo e pronto...." geralmente me provocam arrepios, pois o futuro que me mostram é ainda pior do que o presente que vivemos. De resto, ainda contra o ideal de consciência racional analítica (que implicitamente sempre têm a ciência como deus supremo), tenho certeza de que todos os manipuladores de crenças e sentimentos (todos os "líderes" que apelam à pátria, à religião, ao que seja, dependendo do contexto) o fazem de maneira perfeitamente racional e após ter analisado cuidadosamente métodos, timing, ritmos, tons... todos eles são especialistas em "tocar" o piano dos sentimentos humanos e, para sê-lo, precisaram afastar-se muito da humanidade, mas, e isso é fundamental, só encontram campo fértil no desespero, no desamparo, na falta de esperança, no medo, na dor, na injustiça. Os homens não somos inermes nem impotentes, não somos marionetes indefesas... a menos que nos coloquem nessa condição, nos retirem nossa dignidade e condição humana, nos reduzam a massas amedrontadas e sem futuro. Essa é a base dos conflitos, esse é o caldeirão em que se cozinham: primeiro dê miséria, medo, desigualdade, injustiça, abuso, terror e desesperança, então poderá fazer o que quiser com o rebanho. Essa é a receita usada desde o início dos tempos. E sempre funciona. Sem esse "caldo", contudo, tente você levar o católico, ou o evangélico meu vizinho a jogar uma bomba em minha casa apenas porque sou ateu. Ele me bombardeia com seus gritos e cantos, mas isso eu posso tolerar ou neutralizar com um rock.

    • Lammer Postado em 26/Jul/2014 às 00:07

      Cara, Deus existe. Não tenho dúvidas disso. Existe mesmo, acredite. Só não garanto ser como pensamos. Outra raça, um outro planeta? Talvez. #FicaDica Agora vai de você e o moderador aceitar ou não, pois notei que esse site parece ser um reduto de petistas. Valeu, abraço.

  6. walves costa Postado em 25/Jul/2014 às 10:54

    O brasil tem que volta a ter a mesma politica externa quando o LULA era presidente, intermediando negociações no oriente médio e na africa, asia. Mostrando para o PSDB/EUA que este país é um gigante, o que os americanos bufando.

  7. Deisi Postado em 25/Jul/2014 às 11:07

    O playboy a cada dia consegue se superar em seu oportunismo, em plena campanha eleitoral, tinha que pegar uma carona na posição do governo brasileiro em relação a toda a barbárie cometida por Israel. Logo ele que diariamente destila seu ódio, contra a Dilma. Mas faz parte, principalmente vindo do psdb, sem programa, sem projeto, sem vergonha.

    • Thiago Teixeira Postado em 25/Jul/2014 às 11:26

      Esse sim é um "anão diplomático".

  8. Rogerio Postado em 25/Jul/2014 às 13:24

    Sionismo - nazismo Campos de refugiados - campos de concentração. Estrela de Davi - suástica. Nakba - holocausto. Terra prometida - espaço vital. Povo eleito - raça superior. Fósforo branco - fornos crematórios. Quantos ainda precisam morrer para se aprender a não matar? Quanto ódio precisa corroer corações até descobrirem como amar? Cabe aos palestinos a mais dura tarefa: perdoar.

    • poliana Postado em 25/Jul/2014 às 14:42

      perdoar rogério??? o q o estado de israel faz n tem perdão não! eles merecem é a incidência da lei do retorno, isso sim! essa é infalível!

      • Celso Postado em 28/Jul/2014 às 23:09

        E o que o Estado de Israel fez, Poliana? Você sabe de história tanto quanto julga e condena? Tem realmente poderes de condenar humanos à morte? Realmente se satisfaz com grupos que colocam crianças como escudos e são notoriamente terroristas em detrimento ao que acredita ser verdade? Fazemos o seguinte: Vamos dar um pulo em Israel. Pedirei para eles desligarem o sistema Iron Dome e pedir um cessar fogo ao Hamas. Topas? Tudo pago, inclusive o caixão.

  9. Deisi Postado em 25/Jul/2014 às 19:18

    Com certeza existe a lei do retorno, pode demorar mas um dia chega, o tempo nos faz crescer, repensar e mudar, é um exercício diário, porque uma coisa é certa, tudo que você planta, você colhe. O universo faz questão de te cobrar.

    • Mauricio Postado em 27/Jul/2014 às 06:33

      Deisi,desde que nasce,cada ser humano "planta" algo nesta vida.Neste caso,segundo tua teoria,a cada acontecimento que nos atinge se aplica tua sábia lei.Ou seja,a vitima da vez está sendo cobrada pelo universo,assim como o algoz o será um dia.Isto significa que estás de acordo com o sofrimento palestino,que deve estar "pagando" por algo errado que fez antes.E assim sucessivamente.Sugiro que não interrompas teu importante estudo sobre comportamentos humanos,pois assim dás oportunidade a tambem ser julgada por quem pensa como tu,entre os quais não me incluo.

  10. Alessandro Postado em 25/Jul/2014 às 19:33

    Da boca pra fora até a União Europeia fica criticando a política de Israel. Isso não diz nada sobre o posicionamento real do PSDB sobre a questão.

  11. Evandro Postado em 25/Jul/2014 às 20:20

    Se o presidente fosse ele, o título da matéria seria: PSDB apoia posicionamento do governo israelense sobre massacre de Israel.

  12. Pé-Grande Postado em 26/Jul/2014 às 12:58

    O que o PSDB não faz para segurar votos. Será que a Veja sabe dessa?