Redação Pragmatismo
Compartilhar
Geral 04/Jul/2014 às 12:00
15
Comentários

Prefeitura de BH descartou risco de desabamento do viaduto em Fevereiro

viaduto bh
Queda de viaduto deixou dois mortos em BH. Em fevereiro, prefeitura garantiu que não havia risco de desabamento (Divulgação)

Na matéria abaixo, publicada pelo Estado de Minas em fevereiro do presente ano, a prefeitura de Belo Horizonte descartou o risco de desabamento do viaduto que desmoronou ontem, quinta-feira (3). Na época, houve um deslocamento lateral de 27 centímetros na estrutura do viaduto, o que motivou o fechamento da via. Leia a íntegra:

Sudecap descarta risco de queda do viaduto na Avenida Pedro I

A Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) descartou qualquer risco de queda no viaduto em construção sobre a Avenida Pedro I, na Região da Pampulha, e reafirmou que o trânsito na pista mista será liberado no decorrer desta segunda-feira, no cruzamento com a Rua Montese.

O trecho está fechado desde quinta-feira, mas o trânsito flui pela pista exclusiva de ônibus no sentido Centro/bairro.

Houve um deslocamento lateral de 27 centímetros na estrutura do viaduto, o que motivou o fechamento da via.

Operários escoraram o pontilhão e segundo a Sudecap, a empresa responsável pela obra continua trabalhando para corrigir o problema.

Após a conclusão dos estudos, ainda nesta semana, a obra será normalizada.

Na manhã desta segunda, os operários trabalham na parte do viaduto onde não há problemas de estrutura. O trânsito fui lentamente, porém sem grandes retenções no dois sentidos da Pedro I.

Recomendados para você

Comentários

  1. Leandro Postado em 04/Jul/2014 às 12:29

    O viaduto que desabou não é o mesmo que foi interditado em fevereiro. O viaduto Montesi teve um deslocamento de 30 cm em relação a sua estrutura e foi interditado. O viaduto que desabou ontem é o Guararapes que fica na mesma avenida, porém em um ponto diferente. Agora, fora o que caiu e o que já ameaçava cair, todos os viadutos desta construtora devem passar por vistoria. Quem terá confiança em transitar sob ou sobre tais construções depois do ocorrido?

  2. Pereira Postado em 04/Jul/2014 às 12:34

    Olha aí o legado da copa !

  3. Jéssica Postado em 04/Jul/2014 às 13:47

    Eu leio Estado de Minas e penso em Aécio Neves... nao sei pq

  4. Grey Postado em 04/Jul/2014 às 14:24

    E coxinhas pondo a culpa na Dilma de algo que foi claramente culpa do governo de Belo Horizonte em 3....2...1...

    • Luiz Postado em 05/Jul/2014 às 17:24

      Qual a relação entre a Copa e a "falha" na execução da obra? Será que foi o mesmo caso do monotrilho em São Paulo? Ou a estação do metrô em 2007 também em São Paulo? Talvez a copa tenha sido responsável pelo desabamento do Edf. Palace no Rio de Janeiro...

  5. Thiago Teixeira Postado em 04/Jul/2014 às 16:22

    27 centímetros de deslocamento lateral? Pode ser falha no projeto dos cabos de protensão. Não é normal, a estrutura entrou em colapso apenas com o peso próprio. Reparei também que a estrutura descolou dos apoios, a parte central ficou intacta. Gostaria que divulgassem o laudo técnico quando finalizarem, acho que isso levará uns 30 dias.

  6. Thiago Teixeira Postado em 04/Jul/2014 às 16:24

    Nossa, tem gente falando de política, copa ... coxinha ... isso nada tem a ver com isso, estamos com um problema sério de engenharia que levou pessoas a óbito. Menos galera.

    • bruno Postado em 05/Jul/2014 às 11:51

      Ocorre que esses problemas de engenharia, em obras públicas, muitas vezes estão relacionados com uso de material de baixa qualidade ou de projetos mal feitos ou executados às pressas para atender interesses políticos ou facilitar desvio de verbas.

  7. Renan fis Postado em 04/Jul/2014 às 22:50

    Tirando o peso das perdas, queria saber quanto a mais custou essa obra e quanto dinheiro publico perdemos

    • Thiago Teixeira Postado em 05/Jul/2014 às 07:40

      Tratando-se de erro de engenharia, estes tipos de empreendimento contemplam seguro. A empreiteira é obrigada a refazer os trabalhos sem nenhum aditivo em medição. A não ser que o Estado abra outra licitação para reconstruir a Ponte caso a empreiteira der "Tombo" no estado.

  8. William Postado em 05/Jul/2014 às 09:43

    Nesta postagem, informa-se que "Na matéria abaixo, publicada pelo Estado de Minas em fevereiro do presente ano, a prefeitura de Belo Horizonte descartou o risco de desabamento do viaduto que desmoronou ontem, quinta-feira (3)". O viaduto referido na matéria de fevereiro de 2014 localiza-se no cruzamento com a Rua Montese. O viaduto que desabou em julho de 2014 localiza-se nas proximidades da Avenida General Olímpio Mourão Filho. Assim, embora estejam localizados na Avenida Dom Pedro I, O viaduto referido na matéria de fevereiro de 2014 não deve ser o mesmo que desabou em julho de 2014.

  9. Luiz Zanoni Postado em 05/Jul/2014 às 12:08

    A Sudecap não tem assinatura em cartório. Alguém assinou. Porque não publicaram o responsável por essa avaliação? Quando envolve construtoras, engenheiros, e outros privilegiados as matérias são cheias de omissão. Como essa.

  10. Weslei Postado em 05/Jul/2014 às 16:18

    Reclame com a prefeitura de BH!

  11. nietzsche Postado em 06/Jul/2014 às 12:18

    Reclama com a prefeitura de BH ! Você sabe ler ???

  12. Italvar Fraga Cerqueira Postado em 14/Jul/2014 às 12:18

    Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam Salmos 127:1