Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 07/Jul/2014 às 18:58
21
Comentários

Policial espanca mulher negra e desarmada

Policial é filmado espancando mulher negra e desarmada. Patrulheiro rodoviário uniformizado dá mais de 10 socos na vítima, que já estava imobilizada em acostamento de estrada na California

Um vídeo postado no YouTube na última sexta-feira (4) e transmitido por estações locais de televisão na Califórnia causou polêmica entre grupos civis e ativistas comunitários. E não poderia ser diferente: as cenas mostram um patrulheiro rodoviário espancando por mais de 10 vezes uma mulher negra em um acostamento da estrada californiana Interestadual-1, numa clara demonstração de uso excessivo de força e abuso de autoridade.

A gravação foi realizada pelo celular de um motorista que passava pelo local. Nas imagens, é possível observar o policial perseguindo a mulher, que andava descalça entre as faixas da estrada. A alegação oficial da Patrulha Rodoviária da Califórnia é de que o agente teria abordado a vítima após esta ter se recusado a obedecer a ordem de parar, tornando-se “fisicamente combativa”, e que a teria detido por temer tanto pela segurança dela, quanto pela dele.

Veja também: Um ataque racial histérico e desavergonhado

A agência policial, no entanto, corre o risco de ser alvo de uma investigação federal sobre as circunstâncias que levaram ao “brutal e excessivo” espancamento repetitivo de uma mulher já dominada e aparentemente desarmada. Por conta do vídeo, visualizado mais de 190 mil vezes até o fechamento desta nota, o policial foi colocado em “licença administrativa”. Nas imagens, outro homem aparece para “auxiliar” o policial uniformizado. A patrulha rodoviária o identificou como sendo também um policial, que estava de folga no dia.

As cenas são fortes e lamentáveis:

Fórum

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 07/Jul/2014 às 19:05

    Pior que este policial foi o babaca que chegou no final, ao invés de ajudar a moça contribuiu para a covardia. Mas alguma aconteceu antes para o policial ter ficado nervoso com a moça.

    • luis Postado em 07/Jul/2014 às 20:08

      thiago, algo deve ter acontecido, mas nada NADA justifica tu atacar uma pessoa desarmada, ainda mais sendo um policial, que deveria ter um treinamente adequado e saber lidar com situações que o levam a um alto estresse

    • rafa Postado em 08/Jul/2014 às 03:44

      É... ela não foi subserviente. ela não tinha a cor favorita dele. até parece que toda covardia policial é motivada por "alguma coisa".

      • Thiago Teixeira Postado em 08/Jul/2014 às 13:27

        Duvido que o policial tivesse dado socos se fosse loirinha. E o cara que chegou por último também iria ajudar. E digo mais, outros carros parariam se a moça fosse ariana e bonitinha. Ou estou sendo racista?

    • Selton Postado em 08/Jul/2014 às 14:04

      Racista não; realista.

  2. sandra Postado em 07/Jul/2014 às 19:19

    Nada aconteceu antes para ele ficar nervoso a esse ponto, tem que ser punido e pronto, espancou uma pessoa indefesa

  3. Joao Postado em 07/Jul/2014 às 19:28

    Thiago, concordo que deve ter acontecido algo antes. Porém, nem que ela tivesse chamado ele de "meganha" justificaria essa barbárie.

    • rafa Postado em 08/Jul/2014 às 03:45

      nem que chamasse de porco

  4. Arroba Postado em 07/Jul/2014 às 20:34

    Ela reagiu com agressividade contra um pitbull que foi treinado pra meter a banca. Pra mim ela não deveria ter reagido como fez. Ainda temos que ver o contexto claro, será que ela havia ofendido o poliça?? ou o políça já tinha ofendido ela?? tudo conta.. O Policial podia ter amenizado também, tentando imobilizar ela sem dar porrada, mas preferiu o garantir a situação. caminho mais fácil, sei lá, mas senhoritas também traficam seus kilinhos.. sabem meter bala.. nunca se sabe.. a doida pega e sai da abordagem assim enfezada.. pediu heim Quero ver o comentaristas de plantão como resolveriam a parada na hora H: please madame, documents please, sorry!!!! :D

  5. Leandro Postado em 07/Jul/2014 às 21:27

    Vc pode ver no vídeo que nos comentários muitos apoiam o policial por mais que atitude deles esteja errada, pois a educação lá nos USA é de outro nível policiais são respeitados e valorizados, essa mulher certamente ofendeu o oficial que reagiu de maneira errônea.

  6. Leandro Postado em 07/Jul/2014 às 21:33

    Qualquer delegacia de mulheres possuem policiais atendendo mulheres espancadas, ou seja a real intenção do texto é sem fundamento.

    • rafa Postado em 08/Jul/2014 às 03:46

      acho que você não leu o texto acima

  7. João Postado em 07/Jul/2014 às 22:49

    Lamentável, mas espero que repercuta muito no Brasil, para quem acha que os Estados Unidos são um paraíso...

  8. Rique Postado em 08/Jul/2014 às 02:05

    Pragmatismo,ao frisar que a mulher é negra,vocês consciente ou inconscientemente,dão à entender que o policial espancou a mulher por ela ser negra,e não que ela não obedeceu à uma ordem(seja ela qual for,com razão ou não)claro que o ato é absurdo,mas não justifica vocês darem margem à uma falsa interpretação.

  9. Farias Postado em 08/Jul/2014 às 08:41

    Mais um para os Flagrantes inacreditáveis do ofício policial!

  10. ingrid Postado em 08/Jul/2014 às 11:32

    Esse covarde precisa ser punido, esses abusos precisam se tornar menos constantes no mundo todo. Porém tem uma coisa que quero dizer, vi uma pessoa no caso uma mulher ser espancada de forma triste, mas não vi a cor dela e se ela fosse vermelha eu acharia um abuso da mesma forma.

  11. Aleluia Postado em 08/Jul/2014 às 11:50

    Será que a revista Veja vai fazer uma matéria, desta vez não com o John Doe, mas sim com o brasileiríssimo Zé-ninguém, falando sobre os podres dos EUA??

  12. Rennan Postado em 08/Jul/2014 às 14:22

    Vcs todos aqui só sabem falar merda, não sabem de porra nenhuma, nem sabem o que aconteceu antes. Outra coisa, dizendo que nada justifica o policial chegar e imobilizá-la de tal forma, Pergunto e se ela tivesse com uma arma na bolsa? não justificaria ele chegar rápido e pará-la? O vídeo só mostra o conveniente para idiotas que nem vcs que só sabem criticar. Não há como falar sobre o ocorrido com um vídeo que só mostra alguns segundos da ação policial. Nada justifica o que? ela estar armada? ela agredir o policial? os socos para tentar imobilizar um resistente ativo que provavelmente estaria armado? vcs são racistas, só falam esse monte de merda pq ela é negra. Ninguem agride ninguem do nada seu babacas, parem com seus preconceitos, bando de racistas. E outra coisa, a mulher não era um mulher qlq, tanto que precisou de outro policial para imobilizá-la de tanta força que ela tinha....

  13. Gavinho Postado em 08/Jul/2014 às 14:39

    E tem brasileiros que vivem a elogiar a justiça, a policia e a civilidade dos norte americanos... Inocentes, não sabem de nada!

  14. Aristóteles Postado em 08/Jul/2014 às 21:50

    Meus senhores e senhoras: qual a novidade neste fato? Nenhuma; em se tratando dos Estados Unidos da América do Norte. Lá é costumeiro e vezeiro bater em negros e negras, invadir casas e países alheios (principalmente se tiver petróleo), matar e colocar a culpa nos outros etc etc. Trata-se de imperialistas assassinos contumazes e que servem de exemplo para muitos babacas desta nossa América do Sul; infelizmente!

  15. Claudia Postado em 08/Jul/2014 às 21:54

    Nada justifica? Não sei o que aconteceu. Mas e se ela tivesse matado seu filho ou umente querido seu? O jogador que fez a falta no Neymar só não foi linchado porque saiu escoltado, mas não privou o povo de ameaçar a famia dele!