Redação Pragmatismo
Compartilhar
Justiça 03/Jul/2014 às 12:08
14
Comentários

O primeiro dia de trabalho de José Dirceu fora do presídio

Dirceu sai para primeiro dia de trabalho externo. Ex- ministro da Casa Civil deixou o Centro de Progressão Penitenciária por volta das 7h30 e foi para o escritório do advogado José Gerardo Grossi, onde desempenhará a função de auxiliar de biblioteca

dirceu trabalho externo
Dirceu se identifica na portaria do prédio onde fica o escritório de advocacia em que vai trabalhar (Foto: Ed Ferreira / Estadão_

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu deixou o Centro de Progressão Penitenciária (CPP), em Brasília, por volta das 7h30 da manhã desta quinta-feira (3) para o seu primeiro dia de trabalho externo, após receber autorização judicial para trabalhar durante o regime semiaberto. Condenado a 7 anos e 11 meses de prisão na Ação Penal 470, o chamado ‘mensalão’, Dirceu vai atuar como auxiliar de biblioteca no escritório do advogado e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) José Gerardo Grossi. É a primeira vez que Dirceu deixa a prisão para trabalhar desde que se entregou, no dia 15 de novembro de 2013. A proposta de emprego prevê jornada de 8h às 18h e salário de R$ 2,1 mil.

Segundo Grossi, a função de Dirceu será colocar em ordem o fichário – ainda não digitalizado – do criminalista e fazer uma espécie de inventário do acervo de cerca de 2.000 livros. As tarefas ainda não estão completamente definidas. Dirceu e Grossi, no entanto, terão que respeitar algumas condições acordadas com a Justiça. O local de trabalho será uma sala isolada dos demais advogados e visitantes, sem acesso à internet nem telefonemas.

Nesta semana, a juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal, determinou à Secretaria do Sistema Penitenciário a transferência de Dirceu e dos mensaleiros Delúbio Soares, Bispo Rodrigues e Valdemar Costa Neto de suas celas no Complexo Penitenciário da Papuda para o CPP.

A decisão da VEP ocorre após o Supremo Tribunal Federal (STF) ter decidido na última semana que detentos do regime semiaberto não precisam cumprir um sexto da pena antes de serem liberados para trabalhar fora do presídio. O argumento de cumprimento prévio de parte da sentença havia sido utilizado pelo antigo relator do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, para revogar o direito de trabalho externo de alguns condenados. Na última semana, às vésperas do recesso do Judiciário, o plenário do Supremo considerou que a Lei de Execução Penal tem como pilar a ressocialização do preso e, por isso, o trabalho pode ser autorizado assim que a proposta de emprego for aprovada pelas autoridades responsáveis.

Brasília 247

Recomendados para você

Comentários

  1. Pereira Postado em 03/Jul/2014 às 15:31

    Ou seja, vai fazer nada !!!! e ganhar 20 mil reais. é do Brasil sil sil !!!!

    • Paulo Postado em 03/Jul/2014 às 18:37

      R$ 2,1 mil = dois mil e 100 reais. Tá faltando matemática pro povo.. rsrsrs

    • Caio Postado em 03/Jul/2014 às 18:48

      Você leu direito a notícia? Observe bem que foi detalhada as suas obrigações no cargo de auxiliar de biblioteca. Também não receberá 20 mil reais, como você está afirmando, mas sim 2,1 mil por mês. "é do Brasil sil sil !!!!" Olha a coxinha! Coxinha quentinha!

    • JSilva Postado em 04/Jul/2014 às 00:20

      Senhor Pereira, quem disse 20.ooo reais, e que não vai fazer nada é o senhor. José Dirceu tem um inteligência privilegiada, e pelo seu comentário, não se pode dizer o mesmo do senhor. rsrrsrrsrsrsrsrsrs

    • ilce Postado em 04/Jul/2014 às 03:21

      Imbecil cil cil que não se informa #ÉFODA

  2. Natalia Postado em 03/Jul/2014 às 15:48

    Pereira, onde vc leu que o salário é de R$ 20 mil?

  3. petra Postado em 03/Jul/2014 às 18:47

    Feliz com com o cumprimento da lei em permitir sua saida para trabalhar. Sei q um dia essa história será recontada.

  4. carlos Postado em 03/Jul/2014 às 19:55

    E vc acha mesmo que ele passará o dia colocando fichinhas em ordem?

    • Thiago Teixeira Postado em 04/Jul/2014 às 07:43

      Não. Ele estará roubando dinheiro público, arrumando caixa 2 para pagar a campanha da Dilma, gravando vídeos pedófilos e enfiando drogas nos orifícios para levar para a Cadeia. Ficou melhor assim?

      • poliana Postado em 05/Jul/2014 às 23:12

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!! thiago, morro de rir com seus comentários ácidos!!!kkkkkkkkkkk

  5. otto Postado em 03/Jul/2014 às 22:39

    Apesar de fisicamenye abatido o semblante de Ze Dirceu eh de quem nao se verga para essa midia, logo voltara para a politica e ai veremos, valeu Dirceu.

  6. Ana Paula Postado em 03/Jul/2014 às 23:54

    Nossa, como ele envelheceu. Triste ver essas fotos.. mas feliz pelo direito de Dirceu estar sendo exercido!

  7. José Ferreira Postado em 05/Jul/2014 às 11:28

    Será que não vai ter "algo a mais" nesse salário de 2 mil e cem reais. E eu duvido que realmente esteja trabalhando, para mim isso é teatro. O Barbosão sai e os ratos fazem a festa.

  8. poliana Postado em 05/Jul/2014 às 23:20

    nooossaaa, como o dirceu está acabado meu deus! envelheceu demais! o q o desgaste político e o teatro midiático n fazem com a pessoa...muito triste isso! q bom q o stf recuperou a sensatez e o liberou pro trabalho externo. estão apenas cumprindo a lei! é um direito subjetivo q assiste ao josé dirceu...q palhaçada esse circo midiático q foi formado em torno do mensalão! uma vergonha pro país!!!!