Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 18/Jul/2014 às 16:23
70
Comentários

Mulheres duplamente estupradas pela bancada evangélica

Bancada evangélica pretende anular lei que protege mulheres estupradas. Conservadores defendem que vítimas de violência sexual não possam interromper a gravidez

Enquanto estávamos distraídos com a Copa do Mundo na semana passada, a bancada conservadora do Congresso tentou roubar das mulheres um direito já garantido por lei: o de não ter o filho de um estuprador. Se deputados como Eduardo Cunha e Hugo Leal conseguirem anular a lei da vítima de estupro estaremos permitindo que nossas mulheres sejam estupradas duas vezes: em seus corpos e em sua liberdade de escolha.

O presidente da Câmara é o único capaz de impedir que esta lei seja derrubada. Em ano de eleição, é de seu interesse agradar aos eleitores, já que ele quer se tornar governador. Precisamos mostrar que tirar este direito das mulheres é contra a vontade do povo brasileiro e vai ficar muito mal em sua campanha.

Deputados fundamentalistas querem tirar das mulheres o direito a ter aconselhamento especial nos hospitais após o estupro, com informações para a prevenção de uma gravidez indesejada, como a pílula do dia seguinte. Esses senhores argumentam que a pílula é abortiva, informação com a qual a maioria da comunidade científica não concorda.

Desde 1940, nenhuma mulher brasileira é obrigada a carregar no ventre o filho de seu estuprador. Se interromper a gravidez for contra seus princípios, ela pode escolher ter a criança. O importante é que cada mulher tenha a liberdade de decidir o que fazer após uma violência tão grande.

Assine esta petição agora e exija que Henrique Eduardo Alves não permita que esta lei seja posta em votação e questionada pela bancada fundamentalista.

Petição: https://secure.avaaz.org/po/nao_estupre_uma_mulher_duas_vezes/?sYfRKhb

Recomendados para você

Comentários

  1. marcos vinicius Postado em 18/Jul/2014 às 16:30

    MALDITA BANCADA DO ATRASO!!!

  2. Thiago Teixeira Postado em 18/Jul/2014 às 16:47

    Não quero sem saber o que essa bancada "prega", é desnecessário e não vou estragar meu fds.

  3. Pereira Postado em 18/Jul/2014 às 17:14

    Bela lei ! defende pessoas inocentes que não tiveram culpa de sua mãe ter sido estuprada. Os mesmos que protestam contra lei anti aborto são os mesmos que choram as crianças mortas supostamente por israel.

    • Nicole Postado em 19/Jul/2014 às 15:33

      Ter um filho já não é fácil, ainda mais olhar todos os dias para o seu e lembrar do estupro.

      • Eduardo Postado em 19/Jul/2014 às 18:58

        Mas a pessoa é obrigada a criar a criança? Dar para a adoção parece ser um caminho razoável nesses casos.

      • Abreu Batera Postado em 21/Jul/2014 às 09:23

        Eduardo, não é você que terá de ir ao médico por 9 meses, fora as mudanças hormonais, de humor e todo o acompanhamento necessário em uma gravidez, para de ser escotro. Liberdade ao corpo e a individualidade da mulher SEMPRE!!

      • Júlia Postado em 21/Jul/2014 às 23:03

        "não aborta, coloca a criança pra adoção" is the new "pra acabar com o racismo é só parar de falar dele".

    • Thais Postado em 20/Jul/2014 às 11:50

      Caro Pereira, talvez vc tenha um problema cognitivo... Vou te explicar novamente - a pílula do dia seguinte não é considerado um abortivo pela comunidade científica. Sabe o que isso significa? Que tomar a pílula do dia seguinte não é aborto! Pessoas como você ficam chocadas com a palavra aborto, mas concordam que bandido bom é bandido morto, e que políticas sociais de distribuição de renda criam apenas vermes dependentes. seu raciocínio é fazer de tudo pra que uma pessoa vem ao mundo, mas que depois que vier, se vire. Não importando o contexto social em que se encontram. Trocando em miúdos, vc é um hipócrita! Lembrando que a possibilidade de haver vida não é considerada, de fato, vida. Vá ler mais livros de biologia pra entender como funciona o processo da fecundação em seres humanos. Não vou nem dizer que acho que vc faltou muitas aulas no ensino fundamental, pq o nosso sistema de ensino cria um monte de "decoradores de texto" que apenas joga informações soltas nas provas e depois esquece pra nunca mais lembrar. Viu só? Vc também me parece ser uma vítima do sistema. Ironia, não?

      • Zélia Postado em 21/Jul/2014 às 17:16

        Para ignorantes como ele, Thais, acho que não vale a pena você gastar o seu latim. Essa mesma bancada que quer derrubar a lei, tem/tinha entre seus membros pastores/deputados acusados de estupro de diversas fieis. São pessoas que não respeitam as mulheres, muito menos a vida, sua unica agenda é a perpetuação de seus valores conservadores e opressores, para que assim possam continuar a dominar. MEU corpo, MINHA decisão.

    • Tadeu Postado em 20/Jul/2014 às 12:29

      Eduardo,mas a pessoa é obrigada a passar 9 meses carregando essa criança?

    • Thaynise Postado em 20/Jul/2014 às 13:24

      "Defende pessoas inocentes que não tiveram culpa de sua mãe ter sido estuprada." E a mulher por acaso teve culpa de ter sido estuprada então, Pereira?

      • meire regina Postado em 25/Jul/2014 às 17:44

        Eduardo Pereira, vá vc ser estuprado e parir o filho então, tá achando que é fácil? ainda tem o depois seja lá a decisão que a pessoas tomar, esses idiotas da bancada deveriam ser eliminados da política, vermes ignorantes .

  4. Pereira Postado em 18/Jul/2014 às 17:15

    Bela lei! Defende pessoas inocentes que não tiveram culpa de suas mães terem sido estupradas. Belo exemplo para os diretios humanos. Os mesmos que criticam lei antiaborto são os mesmos que gritam pelas crianças palestinas mostas supostamente por israel.

    • Gabi Postado em 18/Jul/2014 às 18:22

      Você só esqueceu de uma "pequena diferença": As crianças palestinas já nasceram, enquanto um feto, não passa de um amontoado de células. O corpo é da mulher, a decisão é só dela, nem estado, nem religião, ou qualquer outra instituição deveriam ter direitos sobre qualquer pessoa, afinal, vivemos em um país laico ou não.

      • André Postado em 19/Jul/2014 às 17:59

        É facil defender o abordo quando se.esta vivo. Sera que se essa criança tivesse a capacidade de escolher? Qual seria a sua escolha?

      • Rodrigo Giotto Postado em 19/Jul/2014 às 23:52

        Um feto é um feto.. não tem formação cerebral ainda! Se fosse por isso, homens não poderiam se masturbar, já que o espema contém "o sentido da vida"... Isso é tão século XVIII!!!

      • Felipe Postado em 20/Jul/2014 às 16:39

        Não queria te falar não mas pela "consciência" que você diz ter não passa de um amontoado de célula também.Uma mãe pode matar um filho altista então? Ele não tem uma "consciência" como a nossa, é "infinitamente" menor e logo não deve escolher pela vida. O feto é um corpo estranho do organismo da mulher, prova disso que se não tivesse útero seria expelido pelo corpo num aborto natural. O mesmo direito sobre definir o que é vida, o que é raça, fez um tal de Hitler matar milhões em pró de um estado laico.

      • Bill Postado em 20/Jul/2014 às 18:13

        E você é constituída de quê? "As crianças palestinas já nasceram, enquanto um feto, não passa de um amontoado de células"... Por certo não somos amontoados de células, Gabi? E outra, a decisão do aborto quando o homem quer assumir a criança não compete só à mulher, já que sem ele a gravidez não é possível, e é responsabilidade dele também. Porém, em casos de estupro não há que se impedir o aborto, já que foi uma violência e a gravidez foi de forma indesejada. Além da mulher ter que conviver com o fruto de uma violência gravíssima. Rodrigo Giotto, isso é uma piada? Quer comparar uma célula fecundada (óvulo e espermatozoide) com um espermatozoide? Essa sua posição que é século XVIII, cara.

    • Cinthya Postado em 19/Jul/2014 às 12:41

      Você realmente gostaria de ter pessoas decidindo sobre seu corpo? A questão não é ser a favor ou contra o aborto, e sim a favor da decisão estar apenas em poder da mulher.

      • João Postado em 19/Jul/2014 às 14:53

        É uma cabeça feita pela mídia.

      • paula Postado em 19/Jul/2014 às 14:55

        A criança é bem mais vulnerável que nós que decidimos o que fazer ou não com vida dela.

      • Pereira Postado em 21/Jul/2014 às 10:21

        Decisão da mulher se alguem vai viver ou morrer ? fala sério !

    • Ezequiel Postado em 19/Jul/2014 às 15:01

      "Defende pessoas inocentes que não tiveram culpa de suas mães terem sido estupradas." E quem defende a mulher que também não teve culpa de ser estuprada? Já não basta a mudança drástica que acontece na vida de uma mulher que passa por isso? Vc acha que ela tem a obrigação de carregar consigo um fruto de uma agressão ao seu corpo? Deprimente ler algo do tipo.

      • jack Postado em 19/Jul/2014 às 18:16

        totalmente a favor da legalização do aborto em estupro.

      • Djane Postado em 19/Jul/2014 às 20:04

        Disseste bem Ezequiel. Lamentável que ainda estejamos neste nível de discussão. Se ainda estamos é porque nossa sociedade evolui tão lentamente que não temos sequer o direito de decidirmos sobre os nossos corpos. Se ainda estamos neste nível é uma afirmação que tal qual nos séculos passados o corpo da mulher é patrimônio do macho. Esta bancada evangélica está lá para manter a Sociedade patriarcal reprodutora da opressão secular.

    • Luiz Fernando Postado em 19/Jul/2014 às 15:10

      Tão "pró-vida" que surge no site para defender o que há de mais fascista na história da humanidade. Tanta obsessão em ver crianças surgindo de gravidezes indesejáveis que canoniza o estupro e defende uma sociedade que pense que a culpa é da mulher, mas seu próprio corpo não. Existe diferença entre ser pró-vida e anti-mulher, viu seu Pereira!

      • tadeu Postado em 20/Jul/2014 às 12:30

        E tem aquelas pessoas contra o aborto e a favor da pena de morte. Vai entender.

    • Fabi Postado em 20/Jul/2014 às 08:01

      "Pessoas inocentes" Quando o aborto é realizado, não existe uma 'pessoa inocente' dentro da mulher. É um amontoado de células dentro de seu útero e do útero das outras, cuidem elas.

    • danielle Postado em 21/Jul/2014 às 19:24

      As mulheres vítimas de estupro tem que ter o direito ao aborto sim. Queria ver se você fosse uma mulher e fosse estuprada, você ia ver que uma gravidez não é nada fácil, quanto mais uma gravidez vindo de um estupro, não seja ridículo tenha bom senso e se cale. Meu corpo, minha escolha. Bela lei seria pena de morte a esses animais ai sim seria uma bela lei.

  5. Rodrigo Postado em 18/Jul/2014 às 18:22

    (Outro Rodrigo) Tem como a notícia ser melhor detalhada? Falar da Portaria 415 do Ministério da Saúde, da Lei nº 12.845/13, explicar que a autorização desde 1940 consta do Código Penal e explicar se a bancada evangélica está apresentando um projeto de lei, em sentido contrário? Isso porque não existe o instituto de anulação de lei pela Câmara ou pelo Congresso. Poderia, em tese, ser contestada no STF, este sim podendo declará-la constitucional ou não; ainda, ser editado decreto legislativo para sustar os efeitos da portaria do Ministério da Saúde. Apenas uma sugestão, para que os leitores sejam melhor informados.

  6. Deisi Postado em 18/Jul/2014 às 18:36

    Sou contra o aborto, mas no caso de estupro, concordo se a mulher assim decidir, quanto a pilula do dia seguinte, acho bom método. O maior problema da bancada evangélica, é não conseguir separar, a função do politico, com sua vida pessoal, sem falar na ignorância e fanatismo.

  7. poliana Postado em 18/Jul/2014 às 19:59

    q bancada estúpida meu deus! é desesperador saber q, infelizmente, ela vem crescendo a cada eleição! como já dizia o sábio: "fé cega, faca amolada"! usar o nome de deus pra conseguir votos junto a uma parcela da população semi analfabeta e totalmente ignorante, é de uma atrocidade incomensurável!

    • carlos Postado em 19/Jul/2014 às 15:09

      Os ignorantes são sempre vítimas, não importando a cor da bandeira de quem os conduz.

    • luis carlos Postado em 19/Jul/2014 às 16:35

      Voces sempre contra os Cristãos e pensam que se trate do povinho mais ignorante da terra mas vejam como vossas teses vao por água baixo, por acasos foi um ignorante desses sem estudo que derrubou de 10.000 meyros de altura em um avião despedaçado matando quase 300 pessoas com um tiro apenas ? Foi por acaso um acritultor analfabeto que não sabe diferenciar a mão esquerda da direita que fez isto seus ignoranres de cartola? O Cristao (agora deixa eu repetir,so é. Cristão mesmo aquele que tem O SEU ESPIRITO, O ESPIRITO DE CRISTO QUE FOI O UNICO QUE DESAFIOU A MORTE E A VENCEU, QUERO VER VOCES SEUS INTELIGENTES MAIS DO QUE VOSSA MENTE TENHA CAPACIDADE DE FAZER ESTE DESAFIO QUE ELE JESUS CRISTO FEZ DISSE ELR ANTES DE SER CRUCIFICADO :TENHO PODER DE DAR A MINHA VIDA E REAVELA DE VOLTA. ELE COMPRIU ISTO QUE DISSE!): é a pessoa que sabe maisciisa que a propria ciencia poderia saber mas deixa isto por agora.

      • Amanda Postado em 21/Jul/2014 às 13:58

        Vamos ter uma aula de História e de Teologia agora. A religiao Crista é fruto da crenca em um messias (Jesus Cristo) que seria filho de um deus, nascido atraves da comunhao entre uma virgem e o 'espirito santo'. O povo hebreu descende do antigo povo mesopotamico, que ja possuia historias de "um filho de deus que teria voltado da morte e que era nascido de uma virgem" ou seja, essa historia de que Jesus Cristo é unico e tal, nao é verdade. Alias, diversas outras historias que 'a santa biblia' conta sao, na verdade, 'reaproveitamentos' dos contos de seus antepassados. Cada um com sua crenca mas vamos parar com esses fanatismos.

    • André Postado em 19/Jul/2014 às 23:49

      Baseado em quê, tu afirma com tants veemência que eles são semi analfabetos? Fizeste algum censo de escolaridade deles???

      • poliana Postado em 20/Jul/2014 às 13:46

        os evangélicos assembleanos são semi analfabetos e maioria tem apenas o 1º grau INcompleto. n sou eu q falo isso. a revista carta capital fez uma matéria de capa a respeito do crescimento da bancada evangélica nas últimas eleições, e traçou o perfil dos chamados assembleanos, q são quem vota nesse senhores. afinal, feliciano, malalafaia e cia, são todos desse "nicho" evangélico!pena! realmente lamentável!

  8. Renato Postado em 18/Jul/2014 às 20:13

    Não que eu seja a favor da bancada evangélica, mas não compactuo com o apresentado no texto com relação ao "estaremos permitindo que nossas mulheres sejam estupradas duas vezes". Afinal, eliminar a consequência não faz com que o ato deixe de ser ocorrido. As mulheres que ficaram gravidas decorrido da violência do estupro, não duvido que algumas ou a maioria não consiga, psicologicamente, manter a gravides de uma forma saudável e que sim nesse caso deve ser uma escolha da mulher continuar ou não, mesmo a liberdade individual da mulher bem como todo outro indivíduo tanto falada é meio subjetiva nunca absoluta. Ocorre que a comunidade evangélica não é favorável a permissão do estupro, o crime continua sendo bárbaro e repugnante, também não acreditam assim como eu que proibindo o aborto ou liberando fará com que o numero de estupros aumentem ou diminuem. Quanto ao posicionamento da bancada evangélica em suas posições tanto com relação ao aborto quanto qualquer outra bronca que eles decidam travar deve ser respeitadas as duas posições, contrariadas sim, afinal representam uma parcela relevante da sociedade e se estão lá é que tem pessoas a quem eles representam e ignorá-los apenas pelos motivos que os levam nesses embates também está passível de preconceito, intolerância e ignorância.

  9. Andréa Postado em 19/Jul/2014 às 14:45

    Ocorre que, o estrupo de fato é algo traumático e traz danos psicológicos as vítimas, só que tal ato não vai cair no mar do esquecimento pelo ao contrário essas lembranças irão ficar para sempre na mente de as quem sofreu..Mas se trata de um ser que independente do que aconteceu com 'sua mãe' não tem culpa alguma, se analisarmos melhor estamos estuprando a mãe e a criança, pois é um ser tão indefeso quanto a mãe que foi estuprada.. Enfim não sou a favor do aborto em nenhuma situação!

    • Diego Venâncio Postado em 20/Jul/2014 às 11:54

      Queria ver sua reação ao olhar para o filho da sua filha (seu neto) e lembrar que o pai dele foi um vagabundo que a violentou... Ou melhor e se fosse sua mãe a estrupada ? Acredito que vc seria uma bela irmã. Espero que nunca a aconteça, mas queria saber a sua reação grávida de um marginal que vc ao menos sabe o nome, e carregar essa gravidez com tamanha naturalidade...

  10. Gabriel Postado em 19/Jul/2014 às 14:48

    Como sempre o mesmo discurso vitimista de perseguição.Não sei se és evangélico,mas pela simples questão de laicidade do Estado de acordo com a constituição de 1988,a tal Bancada evangélica não poderia nem existir no plenário afim de garantir a liberdade religiosa de todo o cidadão.Se é de posição dos evangélicos serem contra o aborto,não abortem.A partir do momento em que se entra com uma proposta que visa defender seus interesses "morais" em detrimento aos interesses da população como um todo,tal fato se configura em intolerância e ignorância de fato por desrespeitar aqueles que não seguem aos seus preceitos e que são maioria.E por fim,se combater a consequência não faz com que os atos deixem de existir (até concordo) porque trazer tal lei em voga então? É muito mais fácil deixar como esta,mulheres continuarem tendo o direito de tomarem as devidas medidas aos serem estupradas (caso seja da vontade dessas) do que legitimar um ato que visa legitimar os dogmas de uma parcela fanática.

    • poliana Postado em 19/Jul/2014 às 14:59

      adorei seu comentário gabriel. concordo com vc em gênero, número e grau. parabéns pela explanação. ler opiniões como essa acima da andrea, realmente me fazem desistir do ser humano viu. eu n sei até onde os evangélicos pretendem chegar. espero q n consigam ir muito longe, pq o fundamentalismo religioso dessas pessoas é realmente desesperador. olhaí o rebanho q eles alienam e manipulam...apenas um exemplo! meu deus!

      • luis carlo Postado em 19/Jul/2014 às 16:57

        Como sempre a voz do povo é a voz do diabo que sempre neste mundo sera a maioria como foi quando esclheram para eles "povo " um assacino um ladrão, afinal de contas sai do çroprio meio dele, mas e este Jesus o que fazem o povo ? O que eles dizem ? CRUCIFICA O, É. ISTO QUE FAZEM DOTOS ESRES DIABOS QUE COMENTAM QUAQUER COISA CONTRA OS MANDAENTOS DE DEUS, E POR ISSO QUE TEMOS TODOS ESTES EDTRUPOS HOJE,ELAS QUEREM ANDAR NUAS O QUE É CONTRARIO AOS MANDAMENTOS DE DEUS PARA ELA E PARA VOCE QUE ACHA QUE É. MUITO DONO DO SEU CORPO TENTE DAR ORFEM PARA QUE A MORTE NAO ENTRE NELE QUE É. O QUE ESTA ACONTECENDO CADA DIA QUE FICAS MAAIS VELHA MAIS VELHO, NÃO ADIANTA LUTARES CONTRA ELA COM COSMETICOS, POIS IRAS MORRER DO MESMO JEITO. SUA INTELIGENCIA DE NADA SERVE NESTA HORA, PARA ONDE ESTAS INDO SE É. QUE SUA INTELIGENCIA PODE MOTRAR SEU IGNORANTE ? VEJA SE SUA CAPACISADEI NTELECTUAL PODE TE LIVRAR DELA DA MORTE E O PIOR PARA ONDE ESTAS INDO COM TODA SUA INTELIGENCIA, VOCE ACHA QUE TE AJUDARA ALI QUANDO DERES TEU ULTIMO SUSPIRO.? DIANTE DA MORTE NIGUEM É. NADA, MAS TE DOU UM CONSELHO, HOUVE UM QUE VENCEU ELA POR MIM E PIR TODOS OS PRESDESTINADOS A VIDA ETERNA, PORQUE ELE JESUS CRISTO O VENCEDOR DESTA QUE TE DA ATE CALAFRIOS SO EM PENSAR NAQUELA HORA, ELE DISSE. WUEM CRER EEM MIM COMO DIZ AS ESCRITURAS ( A BIBLIA ) TEM A VIDA ETERNA ! AGORA ISTO É. SO PARA OS IGNORANTES SEGUNDO ESTE MJNDO!

      • poliana Postado em 20/Jul/2014 às 14:22

        luis carlos, vc é a prova do analfabetismo dessas pessoas: assaCino?! sério!? filho, se escreve "assassino"...pelo amor de deus. pra quem perguntou baseado em que eu digo q são semi analfabetos e ignorantes, taí, apenas um exemplo! FÉ CEGA FACA AMOLADA!!!!!

    • Weslei Postado em 19/Jul/2014 às 21:51

      A representação faz parte da democracia. O que é bem diferente de uma bancada de ruralista por exemplo que tem sua representação apoiada no capital, do que representação proporcional baseada na sociedade. O que você diz sobre a constituição é ridículo, pois, tanto como católico, evangélico, ateu, enfim, qualquer crença terá sua representatividade. Cada um deveria votar por sua ideologia e suas crenças, a república é democrática, e a representação faz parte das diferentes crenças e ideológicas.

      • Tadeu Postado em 20/Jul/2014 às 12:32

        Luis Carlo, o fato de escrever em letras maiúsculas não valida os seus 'argumentos'.

    • poliana Postado em 20/Jul/2014 às 13:50

      luis carlos, vc é a prova do analfabetismo dessas pessoas: assaCino?! sério!? filho, se escreve "assassino"...pelo amor de deus. pra quem perguntou baseado em que eu digo q são semi analfabetos e ignorantes, taí, apenas um exemplo! FÉ CEGA FACA AMOLADA!!!!!

    • poliana Postado em 20/Jul/2014 às 13:51

      carlos prado, n fale merda. vá entender o conceito do termo laicidade antes de vir falar merda aki no pp.

    • ANDRE Postado em 20/Jul/2014 às 18:54

      Nos USA existe a pena de morte para os estupradores, no BRASIL existe a lei de pena de morte para inocentes e indefesos, nos USA A POLICIA É QUEM EXECUTA, AQUI NO BRASIL SÃO OS A FAVOR DO ABORTO.

      • Gabi Postado em 22/Jul/2014 às 09:29

        É isso... :/

  11. luis Postado em 19/Jul/2014 às 16:32

    E se eu te disser que ser contra o aborto não te torna direitista automaticamente?

  12. paulo correa Postado em 19/Jul/2014 às 17:56

    eu sou contra o aborto porem não tenho o direito de intervir na vida de niguem.sendo que o nosso pais e laico em relação as suas leis então essa bancada evangélica não deveria legislar e função de suas convicções religiosas se não esta arriscado ao nosso pais se tornar,um pais dividido pela intolerância religiosa.

  13. magno andre Postado em 19/Jul/2014 às 17:58

    Se o corpo e da mulher, o que tiver dentro deste corpo e decisao somente dela! tirar ou nao tirar! So nao entendo ,por que o outro que nao opnou em nada ,tem que pagar pensao ne! Fica a minha duvida nesta lei ? se o estrupador for rico e obrigado a pagar pensao? E se ele for pagar pensao pode opinar se aborta ou nao? compçicado essas leis viu!

  14. Iohanan Postado em 19/Jul/2014 às 20:21

    Como cristão católico devo dizer que apoio completamente a bancada evangélica neste caso. O Catolicismo também é contra esse tipo de aborto. Interromper a gravidez não só significa a morte do feto, que possui DNA como qualquer um de nós, como também causa ainda mais traumas à mulher. A criança, se vir a nascer, pode ser amada.

    • Thiago Postado em 20/Jul/2014 às 02:34

      E como ser humano? vc não existe? não tem opnião? ?

    • poliana Postado em 20/Jul/2014 às 13:54

      ah claro, principalmente se for a cara do pai não é?! é cada uma que eu escuto!! n sei se vc é homem ou mulher, mas espero q sua mãe, sua filha, sua irmã, e até vc se for mulher, nunca sejam estupradas! queria ver vc manter esse discurso hipócrita se a vítima fosse vc ou elas!

  15. Mauro Postado em 20/Jul/2014 às 11:04

    Enquanto o mundo não se livrar da religião o ser humano vai estar sempre atado ao passado e o atraso que isto traz

    • Deisi Postado em 21/Jul/2014 às 15:24

      Não concordo com você Mauro, sou católica praticante, sou muito feliz na minha igreja, mas tenho um filtro para saber o que é certo aos olhos de Deus ou não, a igreja vem passando por reformulações, para adequação ao novo século. mais importante que a religião é a fé, ou não para as pessoas que não acreditam na existência de um ser superior. Sou contra o aborto, mas no caso de estupro, acho que a pessoa que sofreu violência tem que decidir. Não tem a ver com religião e sim com o posicionamento tomado por pessoas, mas o que é errado são os tais da bancada evangélica, quererem mudar uma lei antiga, só para vir de encontro com suas convicções religiosas só isso. No meu caso, participo das cerimonias da minha igreja, procuro dentro do possível respeitar a doutrina da minha religião, mas se o padre, pregar algo que eu não concordo, eu não mudo minha maneira de pensar. afinal de contas todos somos comedores de feijão, embora todo líder serve como instrumento da fé, estão muito longe de ser Deus.

  16. Marcos Postado em 20/Jul/2014 às 11:45

    Acho a pilula do dia seguinte viável e não a curetagem criminosa. Uma coisa é voce levantar uma bandeira outra coisa é você queimar uma bandeira ou mancha-la de sangue de proposito anunciando um crime. Não se faz petição com sensacionalismo porque perde a credibilidade. Eu já não vejo mais o levante com bons olhos. Lamento

  17. Thais Postado em 20/Jul/2014 às 12:05

    Só lembrando que a bancada evangélica é a mais ausente, inexpressiva e processada do Brasil. 1) Da bancada evangélica, todos os deputados que a compõe respondem processos judiciais; 2) 95% da referida bancada estão entre os mais faltosos; 3) 87% da referida bancada estão entre os mais inexpressivos do DIAP; 4) Na última década não houve um só projeto de expressão, ou capaz de mudar a realidade do país, encabeçado por um parlamentar evangélico. Dados do Transparência Brasil.

  18. Luiz Carlos Postado em 20/Jul/2014 às 13:12

    Os chamados de Cristãos adoram ficar se metendo na vida dos outros. Olha eu sou um pecador. Sim, sou segundo os seus preceitos por que gosto de transar com as mulheres dos outros. Sabe que? se surprenderiam de cuantas cristas que tantos comentarios e peruadas da biblia colocam nas redes sociais são as mas reprimidas e de gostos mais em contra da moral que vcs predicam. Onde eu quero chegar: mais de uma delas JA ABORTOU...SIM, E NAO SAO NEM UMA NEM DUAS. Por outra parte, nunca vi mulheres mais reprimidas por seus maridos nem por a sociedade na que pertenecem. Ah, os maridos não se libram tambem não, por que na maioria, estão enganando as mulheres deles fazendo a vida delas muito infeliz. Então deixa de criticar a vida dos outros se preocupem por fazer melhor a sua propia. Mulheres tem direito de viver uma vida decidindo sobre o corpo delas e sendo protegidas pela lei dos estupradores e de uma gravidez nao desejada derivada de um ato tão horrivel como e o estupro.

  19. Felipe Postado em 20/Jul/2014 às 16:31

    Me pergunto se matar uma criança inocente também é correto? Chamar de "feto" para se justificar um assassinato. Nenhum cristão defende o estupro e sim a vida.Falar que o outro errou e com isso fazer o mesmo

  20. andre Postado em 20/Jul/2014 às 18:36

    Deus é o dono da vida, ninguém nesse mundo pode tirar vida de inocentes, a lei feita por homens diz mata teu próximo como a ti mesmo,Deus desse não mataras, o estuprador pagarão pelo seu ato e esses indefesos. Quem defenderas eles?

  21. Thiago Teixeira Postado em 20/Jul/2014 às 21:09

    Na realidade, pessoas com esses papinhos que aborto é coisa abominável e colocam JESUS na linha de frente, são covardes e demagogos. É o gostinho que punir e se lisonjear com o sofrimento alheio. O corpo de uma mulher pertencer somente a ela bem como decidir por si só a continuação ou não da gestação. E o estado deveria respeita-las, mediante legislação, e garantir um tratamento digno para a prática do aborto, pois estão sendo feitos milhares na ilegalidade e muitas sendo mortas nas mãos de açougueiros e não há como reclamar. Para a turma da direita que embarca na Sheranazi na campanha "Adote um bandido", proponho que adotem estas "mães" e suas crianças.

    • poliana Postado em 21/Jul/2014 às 19:23

      perfeito thiago!

  22. luis Postado em 20/Jul/2014 às 23:20

    O aborto é um tema muito ambíguo, por isso gera tanto debates: Se por um lado é bom - pois mata crianças inocentes - por outro lado é ruim - ao dar mais direitos às mulheres.

    • poliana Postado em 21/Jul/2014 às 21:39

      "por outro lado é ruim - ao dar mais direitos às mulheres." pára tudo, eu li isso mesmo!!??? então as mulheres n são sujeitos de direitos? a elas deve ser negado os mais básicos dos direitos? eu ouvi isso mesmo? cara, qta estupidez!!!!

      • luis Postado em 23/Jul/2014 às 00:17

        percebi que vc não ficou tão revoltada quando eu falei que era bom ao matar crianças inocentes. sorte minha que já não sou mais criança...

  23. Lindolfo Campos Postado em 21/Jul/2014 às 20:24

    So enfiando uma bala nesses idiotas religiosos, são umas bestas

  24. SOSO Postado em 15/Aug/2014 às 14:56

    Entao um cara vem me estupra goza em mim me engravida e eu serei obrigada a ter um filho d um tarado podre nojento estuprador imundo e pior ainda dar pra adocao ou seja eu serei a criminosa entao q vou ter esse peso na consciencia????????? Nunca abortei mas faria sim e se a lei nao permitisse faria ilegalmente chega de hipocrisiaaaaaaaaaa esses crentes querem se aparecer fazendo lobby nao tao nem ai pras criancas mto menos pras estupradas fora q muitas delas devem ta cheias de aborto nas costas