Redação Pragmatismo
Compartilhar
Palestina 20/Jul/2014 às 12:04
67
Comentários

"Israel supera Hitler em barbarismo"

“Os israelenses não têm nenhuma consciência, nenhuma honra, nenhuma dignidade. Os que condenam Hitler dia e noite ultrapassaram Hitler em barbarismo”, disse o primeiro-ministro turco

O premiê turco, Tayyip Erdogan, acusou Israel neste sábado de ter “ultrapassado Hitler em barbarismo” com os ataques à Faixa de Gaza, mas alertou aos turcos para não descontarem sua indignação sobre a comunidade judaica do país.

Erdogan voltou a subir o tom de sua retórica contra a ofensiva do Estado Judeu, que ameaça prejudicar ainda mais as já abaladas relações entre os dois países, antigos aliados regionais.

Horas antes, Israel havia aconselhado seus cidadãos a não viajarem para a Turquia, por causa do que chamou “humor do público”, após as missões diplomáticas israelenses serem atacadas em Istambul e Ancara durante protestos realizados na sexta-feira contra a ofensiva em Gaza.

Autoridades palestinas disseram que mais de 400 pessoas morreram em decorrência dos ataques de Israel, realizados em resposta aos mísseis lançados contra o território israelense por militantes leais ao grupo islamita Hamas.

“(Os israelenses) não têm nenhuma consciência, nenhuma honra, nenhuma dignidade. Os que condenam Hitler dia e noite ultrapassaram Hitler em barbarismo”, disse Erdogan a simpatizantes em um comício na cidade de Ordu, às margens do Mar Negro.

Ele acusou os Estados Unidos de defenderem as táticas “desproporcionais” de Israel, e lamentou o fracasso do mundo muçulmano em assumir uma postura mais forte.

Mas Erdogan alertou seus apoiadores a não expressarem sua indignação descontando-a sobre a população judaica turca. “Por quê? Eles são cidadãos deste país”, disse o premiê. Cerca de 17 mil judeus vivem na Turquia.

Reuters

Recomendados para você

Comentários

  1. Alexandre Lopes Postado em 20/Jul/2014 às 18:09

    Que mundo irônico ! As histórias se repetem . Só se trocam os personagens !

  2. Alberto Postado em 21/Jul/2014 às 00:42

    Acusação completamente incorreta, absurda, e antissemita. Não existe um genocídio na Faixa de Gaza. Quando não restam argumentos, sempre se apela para uma comparação forçada com o nazismo.

    • Ricardo Pinto Postado em 21/Jul/2014 às 11:54

      Ah não? Matar indiscriminadamente mais de 400 árabes-palestinos (etnia), 1/3 das vitimas crianças, mulheres, idosos, doentes... isso não é genocídio pra você? Desculpe mas está na hora de você rever seus conceitos.

      • Alberto Postado em 21/Jul/2014 às 11:59

        Se existe um genocídio em Gaza, Israel deve ser muito incompetente, já que a população do território não para de crescer.

      • Gabrielle Postado em 21/Jul/2014 às 14:16

        E oq acontece em Israel Ricardo... vc está por dentro ou só fica vendo oq passa na tv !! pq seu assunto pra mim tá igual a globo!! Então acho que as pessoas PRECISAM SE INFORMAR SOBRE TUDO OQ ACONTECE , para poder apontar alguma coisa! Ou vc vive o ocorrido ou se informa ou se cala ! espero qe se informe melhor no próximo comentário

      • Ricardo Pinto Postado em 22/Jul/2014 às 19:07

        Gabrielle, não me tome por um imbecil que vive com os olhos colados na telinha engolindo tudo que aparece naquela lanterna mágica. Não vivo na palestina tampouco em israel, mas o jornalismo é a ciência que nos traz a informação, que noticia fatos, mas se para você isso não importa então você deveria pegar uma máquina do tempo e voltar à era pré-gutemberg. Estou conectado diariamente na leitura de vários periódicos da imprensa israelense, da imprensa de vários países árabes, sem falar nos relatos via web de amigos que vivem em ambos os lados dessa história triste. Israel está promovendo um verdadeiro massacre de seres humanos indefesos sob o pretexto de estar defendendo seu povo dos ataques do Hamas. Mas Israel não está se defendendo: ISRAEL ESTÁ ATACANDO, MUTILANDO E MATANDO crianças, mulheres, idosos, doentes. A defesa de Israel reside na opressão, no empobrecimento dos palestinos, na canga de miséria que colocou nesse povo árabe que habitava aquela terra muito antes do "povo eleito" colocar os pés nela. Sem falar no Iron Dome, impenetrável, dotado de uma tecnologia bélica sem igual na interceptação de mísseis. Essa é a "defesa" de Israel, mas o que ela está fazendo agora não; agora Israel promove uma matança indiscriminada do povo palestino, um massacre abominável. Agora se você é a favor disso e concorda com esse banditismo, então a sua história sempre será outra.

    • Rogerio Postado em 21/Jul/2014 às 13:42

      Não entendo como conseguem defender o estado de Israel. Pense colega. Quem invadiu quem? Quem tomou propriedades e quem teve a casa derrubada e a propriedade tomada? Nazismo é apelido perto do sionismo. E que papo é esse de anti-semitismo? Se eu falo das barbáries americanas no Vietnã eu sou anti americano? Se eu falo da corrupção do governo do Brasil sou anti brasileiro?

    • Renan Postado em 21/Jul/2014 às 14:13

      Não acho que seja uma comparação forçada. Até por que ele se referiu às acões israelenses, não falou em números.

    • Andrew Postado em 22/Jul/2014 às 21:11

      Os neo-nazistas também negam o holocausto, da mesma maneira que você está fazendo. Talvez não tenha havido qualquer genocídio aqui na Alemanha. Seu argumento é a apelação ao "antissemitismo".

    • Newton Postado em 23/Jul/2014 às 11:33

      Só não é genocídio para vc e para os judeus.

    • Moises Tadeu Cantelmo Ibr Postado em 18/Aug/2014 às 10:27

      Israel é o câncer do mundo !!! A Humanidade está perto de conhecer os verdadeiros motivos que Hitler teve de querer expulsar esta raça desgraçada da Alemanha . São fascínoras , cruéis, gananciosos , ou seja, tudo de ruim que um ser humano pode ser , foi concentrado neste povo !!!!!!!!

  3. Cristiano Martins Postado em 21/Jul/2014 às 02:53

    Nessas horas me lembro de um aforismo interessante : as ex-vítimas costumam ser os piores algozes.

    • eu daqui Postado em 21/Jul/2014 às 09:57

      O problema é que não necessariamente algozes daqueles que os vitimou.

    • Bernardo Postado em 21/Jul/2014 às 11:15

      Temos um exemplo doméstico: Dilma.

      • felipe Postado em 21/Jul/2014 às 11:21

        Bernardo, meu caro, algo te afliges? Quer ir a um psicólogo? Quer conversar? Abrass

      • drpouck Postado em 21/Jul/2014 às 14:01

        vc e maluco

  4. Pedro Postado em 21/Jul/2014 às 06:20

    Lamentável que um primeiro ministro declare isso. Só demonstra como as nações do Oriente Médio carecem de líderes coerentes, inteligentes e tolerantes as diferênças raciais e religiosas da região.

  5. Pereira Postado em 21/Jul/2014 às 10:16

    Que comparação mais canalha. típico de esquerdopata, Israel se defende de um grupo terrorista que tem em sua principal missão exterminar os judeus. Esses terroristas mentem para a população e convencem eles a guardar munições. Sabe o que isso faz ? transforma uma moradia civil em alvo militar.

    • Pereira Postado em 21/Jul/2014 às 10:17

      O pecado de israel é ter uma defesa anti mísseis que protege seu povo, por isso civic israelenses não morrem. Ao contrário dos terroristas fundamentlaistas palestinos que usam seu povo como escudo humano. Quanto mais gente morrer melhor para eles.

      • Ícaro S. Melo Postado em 21/Jul/2014 às 11:20

        Claro, eles querem dizimar seu próprio povo, família e amigos.

      • Ricardo Pinto Postado em 21/Jul/2014 às 12:05

        o pecado de Israel é rasgar acordos internacionais e dar uma banana para o mundo que criou seu estado... o pecado de israel é usurpar um poder que nunca teve sobre territorios que nunca deveriam ter tocado... acordo ou se cumpre ou se é um canalha... judeus não tinha pátria, o mundo lhes deu uma... então eles resolveram abraçar a canalhice e entrar para a lista dos imperialistas assassinos, atropelando convenções, e massacrando um povo que, se luta com misseis caseiros, é em ultima analise, compreensível pelas misérias a que foram e estão sendo permanentemente submetidos pelo governo de israel... israel está a matar indiscriminadamente crianças, mulheres, idosos, doentes palestinos, e ainda coloca a culpa naqueles que ela própria enfureceu com seus banditismos e opressão.

      • Gustavo Postado em 21/Jul/2014 às 12:52

        Pois é cara, é como se fosse uma formiga brigando com um elefante. Os caras provocam o tempo inteiro, mandam mísseis, mas não surte efeito porque Israel possui defesas. Ai depois querem que Israel não faça nada...Mas no final das contas, tudo se deve ao equívoco da criação do Estado de Israel, agora vamos ter resolver com ele.

      • José Postado em 21/Jul/2014 às 15:38

        Esse Pereira é um ignorante idiota mesmo...

      • jackson lopes Postado em 21/Jul/2014 às 17:55

        Ser anti-Estado de Israel, meus nobres, não é ser anti-semita! Não tem nada haver uma coisa com a outra. Posso ser contra os EUA, enquanto governo, mas não ser contra o povo americano. Esse Estado Ultranacionalista tem adversários, até entre os próprios judeus. Não misture as coisas, pois o fato de terem sofrido na Alemanha Nazista não os dá salvo-conduto ip/ fazerem o que querem! Por terem sofrido tanto tinham a obrigação moral, de não estender tal sofrimento a outras pessoas. O que acontece em Gaza é o puro, e terrível apartheid, e precisa ser impedido! Isso não é uma guerra entre Estados, pois nem esse direito deram aos palestinos de Gaza. É uma punição, completamente, desproporcional! Tenho herança genética judaica, e nem por isso devo defender tamanha atrocidade!!! Segue um vídeo que ilustra bem o que estou falando:http://www.youtube.com/watch?v=fBsemwK4DJc

      • Carlos Postado em 22/Jul/2014 às 13:30

        Pois é, Pereira. Como diz um ensinamento atribuído a Lenin, "usaremos o idiota útil na linha de frente. Incitaremos o ódio de classes". É assim que age o Hamas, que com seu objetivo cego e declarado de destruir Israel, incita a violência sem medir as consequências.

      • Newton Postado em 23/Jul/2014 às 11:38

        Pereira lamento muito pelo seu ponto de vista. Creio que você deve ser a favor do sionismo.

      • Moises Tadeu Cantelmo Ibr Postado em 18/Aug/2014 às 10:31

        Pereira, você é um Judeu ignorante !!!!!Ou se faz , como todo judeu dissimulado , de tolinho, coitadimho, probrezinho e, de mansinho.............FODE com o mundo !!!!!!!

    • Rodrigo Postado em 21/Jul/2014 às 11:25

      O problema é um Estado, com força militar organizada, gastos oficiais serem responsáveis pela morte de inocentes. Terroristas não aqueles que dominam, aqueles que segregam, aqueles que obrigam homens a viverem em campos de concentração. Defesa de uma terra que foi invadida, e dada a outros por um órgão como a ONU. Ao criarem um estado israelense em um território. Não conflitante. Não criaram um ambiente democrático, mas um ambiente mais conflituoso, quando o acesso a saúde, escolas, empregos, liberdade de voto, de expressão apenas se resume ao cidadão judeu. Quando entendermos que os ataque de Israel não são contra um grupo terrorista motivados pelo terror, mas sim, contra civis por um Estado que marginaliza os islâmicos. Em carater de comparação o que a polícia faz nas favelas é o mesmo que Israel faz com Gaza.

    • Jane Postado em 21/Jul/2014 às 11:37

      Esquerdopata? Você pelo menos sabe quem é Tayyip Erdogan, ou só fica aí falando bobagem o dia inteiro mesmo?

    • Antonio Palhares Postado em 21/Jul/2014 às 11:52

      Menos Pereira.Quem invade de forma sistemática a terra dos Palestinos e nelas instala colonias é Israel. Ou é mentira?

  6. Pereira Postado em 21/Jul/2014 às 10:46

    Israel se defende e clama pelo seu direito de existência; hitler tentou fundar uma civilização "robô", baseada entre outras coisas em ocultismo(Superioridade de raças). Sem falar que hitler usou o ultra nacionalismo que tem semelhanças com marxismo. É muita vigarice. chega a ser engraçado

    • Felipe P Postado em 21/Jul/2014 às 11:24

      Ultra nacionalismo tem semelhanças com o marxismo? Meu deus, pereira, tu é muito burro, velho. Vai pra uma academia estudar, sua mula. PP, isso deveria ser proibido. Na boa, pregar contrainformação deveria ser proibido em sites.

    • Gustavo Postado em 21/Jul/2014 às 12:46

      O nazismo tinha forte apresso pelo ocultismo, mas dentro o ocultismo nunca existiu esse negócio de superioridade de raças. Foi tudo maluquise dos nazistas que interpretaram várias coisas erroneamente.

    • Eduardo Postado em 21/Jul/2014 às 20:58

      Ele te uma certa razão Felipe P, Nazismo = Nacional Socialismo. Por mais que não fossem comunistas e queimassem livros de Marx é um erro que se comete nas academias brasileiras chamar Nazismo de extrema direita. Eles são autoritários, isso sim, mas são de centro, essa sim a denominação correta, dada pelas academias européias.

      • Edemar Motta Postado em 08/Sep/2015 às 09:04

        Até que enfim alguém compreende o que era nazismo.

    • Vitor B. Postado em 22/Jul/2014 às 09:14

      Os militares brasileiros também usaram o ultra nacionalismo, tinha alguma semelhança com o marxismo a nossa ditadura? Eles eram de esquerda né?

  7. Caroline Postado em 21/Jul/2014 às 11:18

    Nada a ver essa comparação.

  8. Cláudio Luiz Pessuti Postado em 21/Jul/2014 às 11:21

    Declaração muito forte. E é um aliado dos EUA ...

  9. André Babaioff Postado em 21/Jul/2014 às 11:29

    E melhor vcs estudarem um pouco de história. O que o estado de Israel faz não se compara aos crimes da Alemanha Nazista. Diga se de passagem esse tipo de comparação é tipico do antissemitismo moderno.

  10. Ceticismo Saudável Postado em 21/Jul/2014 às 11:29

    Israel tem o quarto mais potente exército do mundo. A Palestina mal e mal tem um exército. Qual a ameaça que eles representam para Israel para justificar a ação terrorista que eles têm tomado? Ou alguém aqui não classifica a franca matança de civis e destruição de infraestruturas civis como terrorismo? Quantas vezes os Palestinos de Gaza iniciaram os confrontos pela região e quantas vezes Israel -- um Estado que só existe ali como espólios e recompensas dadas por um terceiro grupo depois da II Guerra -- começou o conflito? Pesquisem o estudioso sobre o conflito, Norman Finkelstein, e entendam mais do problema que existe na região. Israel é um estado terrorista que não tem sido punido com o rigor que a lei internacional prevê.

  11. Pereira Postado em 21/Jul/2014 às 11:51

    "Claro, eles querem dizimar seu próprio povo, família e amigos." Mas é isso mesmo, os fundamentalistas palestinos se matam para matar israelenses(homens bomba), tu acha que eles não apoiariam a morte de seus familiares pela "causa palestina" ? Claro que sim !

    • Pereira Postado em 21/Jul/2014 às 11:57

      "Israel tem o quarto mais potente exército do mundo. A Palestina mal e mal tem um exército. Qual a ameaça que eles representam para Israel para justificar a ação terrorista que eles têm tomado? " , Hhehehe nenhum !! Israel se retirou da síria e olha o estado que esse país se encontra? se retirou do libano e agora o hesbolah é que manda. Se israel se retirar dos territórios palestinos a violência contra judeus aumentará. Somos a favor da criação do estado paelstino desde que grupos terroristas não tomem o poder no mesmo. Somos a favor de um estado palestino democrático e não na mão de maníacos suicidas(Hamas e outros).

      • Adriano de Sousa Postado em 21/Jul/2014 às 12:20

        Nada mais reducionista do que classificar os outros de terroristas. Afinal de contas, quem não seria contra o terror? Vejam que lindo: a democracia contra o terrorismo. Quem poderia se opor a isso? Basicamente assim a grande mídia trata do assunto. Enquanto escrevo, Israel continua tocando o terror num território completamente controlado por ele, onde nada entra sem sua autorialzação. Cada bomba que mata um inocente, mais hostilidade Israel terá. Onde isso levará?

      • Edemar Motta Postado em 08/Sep/2015 às 09:06

        Viva a pax israelenses.

  12. Pedro Postado em 21/Jul/2014 às 12:04

    Enquanto isso a Turquia mantém guerra com os curdos que querem independência, o que já resultou na morte de mais de 30 mil pessoas. muito bem.

  13. Pereira Postado em 21/Jul/2014 às 12:14

    Por que será que só falam da "violência" de israel contra os palestinos ? Por que não se fala da violência contra os curdos ? Por que o irã, turquia , georgia ,iraque, siria , armenia não cedem os territorios para esse povo ? Olha o que o Sadam fez contra essa gente e saiu alguma coisa na mídia ? NADA. Ahhhh já sei, é que não tem nehum estado sionista ou super potência "imperealista" ao lado para reivindicar seu direito de existência.

  14. Pereira Postado em 21/Jul/2014 às 12:22

    "Temos um exemplo doméstico: Dilma." Hhehe, ela diz que sofreu "tortura" sem uma cicatriz no corpo. Assaltou,sequestrou, roubou e foi presa pelos militares. Agora ela cria a comissão da mentira , digo da "verdade" para humilhar, perseguir e desmantelar as forças armadas . Bem observado Bernardo.

    • Edemar Motta Postado em 08/Sep/2015 às 09:11

      Estava lendo estes comentários e observando sua linguagem incisiva para argumentos que poderiam ser discutidos, quando não simplesmente discutíveis. Este aqui, sobre Dilma, mostra que o sr., na verdade, não passa de um sionista ignorante do que houve no Brasil e, provavelmente, ignorante do que há nesse conflito Israel/palestinos.

  15. Pereira Postado em 21/Jul/2014 às 12:26

    "Enquanto escrevo, Israel continua tocando o terror num território completamente controlado por ele, onde nada entra sem sua autorialzação". Se não fosse Israel essa gente ja tinha morrido de fome e sede,pois é israel que fornece comida , agua e energia eletrica. Quando se quis levar esse pessoal para outras areas não quiseram, e por que ? porque eles brigam entre si. hamas não simpatiza com fatah por exemplo. Na cisjordânia não quiseram os palestinos de gaza.

    • Adriano de Sousa Postado em 21/Jul/2014 às 17:40

      Sério isso mesmo? Curioso Israel fornecer água pois é ele que controla todos os pontos de abastecimento. Você deve ser do tipo que acha que árabe é tudo igual, bandido bom é bandido mordo etc. Para sair do seu território de direito, um palestino precisa antes da autorização de Israel, passando por revistas vexatórias, seja mulher, criança ou doente. Isso ocorre há muito tempo. Israel deseja tornar Gaza impossível para que o povo palestino abandone seus território ou, na impossibilidade para onde ir, acabe explodido ou se explodindo...

  16. José Miguel Arias Neto Postado em 21/Jul/2014 às 13:03

    Israel é um estado opressor e terrorista. Não se pode confundir o Estado com o povo, embora boa parte dos israelenses apoiem esta barbárie. Há pessoas conscientes em Israel também. A vantagem para o governo de Israel é manter a guerra, não há vantagem na paz. Benjamin Netanyahu é um criminoso e se houvesse um Tribunal Internacional ele deveria ser condenado à morte por crimes contra a humanidade. Ele e o resto da sua quadrilha.

  17. Gabrielle Postado em 21/Jul/2014 às 14:12

    A mídia só deixa bem claro as coisas que quer... Será que é um povo tão sem cultura e sem cérebro pra ver comentar compartilhar uma coisa dessas! Sem dignidade é uma mãe que coloca um filho no mundo já ensinando pra ele desde que ele nasce que ele veio ao mundo pra matar judeus, para fazer oq for em troca de jerusalém. Isso pra mim é não ter dignidade! não ter dignidade tbm é quando a Palestina sessa a gerra e pede para israel sessar tbm, e quando os israelenses não tomam mais nenhuma atitude, os palestinos ficam bem quetos e mesmo eles tendo pedido para parar ele voltam a soltar bombas! Se os israelenses quisessem acabar com tudo isso de vez, já tinham feito indo com aviões como se fosse vídeo game exterminando todos,sem deixar nenhum. Mas como os Israelenses ao contrário da Palestina, não criaram pessoas para exterminar os palestinos e sim para se protegerem, Foram todos os soldados por terra, mesmo sabendo que indo por cima não perderiam quase nenhum soldado, para exterminar o necessário. Agora vc pergunta o pq colocam famílias pra fora das casa em Gaza e prendem ? Eu mesma respondo pq os Hamas obrigam pessoas que não querem fazer parte da guerra a participarem de alguma maneira, então eles entram em uma casa e dizem "-Se vcs não guardarem nosso armamento na sua casa, matamos vc , sua família e coloco outra família no lugar. oq as famílias fazem ? Elas sedem e acabam dando vazão para qualquer tipo de terrorismo. Esse foi o meu primeiro texto falando sobre isso e vou colocar o link de um vídeo de uma mãe palestina que seu filho sofreu ferimentos e foi levado para Israel para fazer seu tratamento todo de graça em em um hospital israelense com um medico israelense! Bom video para vcs ! http://www.youtube.com/watch?v=9mUgui9yQ4Y

    • Augusta Postado em 22/Jul/2014 às 02:28

      " vou colocar o link de um vídeo de uma mãe palestina que seu filho sofreu ferimentos e foi levado para Israel para fazer seu tratamento todo de graça em em um hospital israelense com um medico israelense!" Nossa, como esse hospital e, Israel é bonzinho... Mata 400 e cuida de graça de 1, digo de uns poucos palestinos... não se se choro ou se rio diante de tamanha generosidade israelense.

    • Newton Postado em 23/Jul/2014 às 12:00

      Gabriela, voce deixa transparecer que nós estamos falando que o povo judeu, em sua totalidade, são pessoas terrorista sionista. Não é isso minha criança, procure saber antes de comentar algo, por exemplo, vou te ajudar, procure saber sobre Ilan Pappe, Norman Finkelstein por exemplo. Outra, não condene o povo palestino em odiar o povo israelita, pois se coloque no lugar deles, sendo oprimidos, mortos covardemente a décadas. Pelo seus comentários você é sionista. Sem +

  18. Renato Postado em 21/Jul/2014 às 15:46

    O que o presidente da Turquia pode falar sobre extermínio e genocídios quando ele mesmo é responsável por perseguição e massacre ainda PIORES contra os curdos do seu país?

  19. Saraiva Postado em 21/Jul/2014 às 15:58

    Esse Pereira precisa urgente de um psiquiatra. Defende Israel com o mesmo argumento de certos colunistas da Folha e Veja defenderiam os nazistas, afinal, os judeus da Alemanha é que provocaram o genocídio de seu povo, não foi mesmo, Pereira? Deliberadamente provocavam os nazistas para se transformarem em vítimas.

  20. Bertold Postado em 21/Jul/2014 às 15:58

    Tudo bem, ótimo que o Premier turco Erdogan se junte a mundo para denunciar os crimes de guerras e as políticas israelenses contra o povo palestino, mas ele é profundamente contraditório. Faz as mesmas alianças genocidas com EUA, Europa e Israel contra à Síria, Irã e Iraque e depois com a maior cara de pau que cativar seu público interno. Todo mundo sabe que ele passa por maus momentos políticos em termos domésticos por conta da crise econômica. A picaretagem dele é tanta, vamos lembrar, que também não fez nada de concreto quando Israel bombardeou um comboio naval de ajuda humanitária para a Palestina.

  21. MARK Postado em 21/Jul/2014 às 16:23

    E superar Stalin, Mao e Pol Pot que mataram dezenas de milhões a mais que Hitler, quando vão?

  22. Pimentel Postado em 21/Jul/2014 às 16:54

    Blá, blá, blá, tudo babaquice. Todos imaturos. Vão vestir uma calça cumprida e ajoelhar para pedir perdão 'a Deus por tanta ignorância. Ambas as partes. Principalmente os que estão usando de covardia. Vamos, andem, rápido. Deus não pode esperar por muito tempo, ele tem mais o que fazer. Seus babacas

  23. Mauro Postado em 21/Jul/2014 às 18:45

    Quem alega que o Hamas é terrorista e merece o tratamento dado por Israel, se esquece de que há civis morrendo aos montes em meio aos bombardeios. "Ah, mas o Hamas se esconde atrás de civis mimimi". E daí? Então se entra um assaltante na sua casa e se esconde atrás do seu filho, a PM tem direito de balear seu filho pra matar o assaltante junto? Bom-senso faz bem. Se colocar no lugar do outro tbm. Israel é tão terrorista quanto o Hamas - com o agravante de ser um Estado reconhecido e legalmente instituído que DEVERIA PRESERVAR A PAZ E O DIREITO À VIDA. Não tenho nada contra matar terroristas, mas bombardearam o CTI de um hospital ontem. Pra matar o que? Doentes terminais? Enferneiros?

  24. YURI Postado em 21/Jul/2014 às 19:37

    Setores da esquerda brasileira foram e são antissemitas. Não é falta de conhecimento histórico quando essa esquerda acusa israelenses de assassinos e judeus de aproveitadores capitalistas, a generalização é proposital, pois, eles sabem muito bem que judeus, estado de Israel e sionismo não são sinônimos. Esse discurso possui origem no histórico antissemitismo latente dos partidos comunistas.

  25. Lindolfo Campos Postado em 21/Jul/2014 às 20:27

    Hitler era judeu

  26. Lorde C.A.Souza Postado em 24/Jul/2014 às 01:42

    Por mais que todos nós passemos a semana inteira discutindo isso só existe uma coisa, uma não, cinco que faz com que o Estado de Israel não leve punições internacionais. 1- Único país não-árabe do Oriente médio. 2 - Único país Ocidental e plenamente Democrático (pelo menos para seus cidadãos em especial judeus) do Oriente Médio. 3 - Relação unha e carne com os EUA. 4- Aliado político e militar com os EUA e com toda a UE (principalmente Grã-Bretanha e Alemanha). Além do mais é extremamente desenvolvido na ásia perdendo apenas para o Japão. Ambos os únicos da ásia desenvolvidos e aliados íntimos do tio Sam. 5 - Israel = território estratégico para o tio Sam. Porque se não fosse esse Estado, como é que o titio estaria a par da turbulenta situação na região? Eu sou contra a matança indiscriminada de palestinos, mas uma coisa é certa. Israel nasceu em berço de ouro. Ou porque tio sam sancionou a Rússia em vez daquele pedaço de terra embaixo da Turquia? Vladmir Putin ficou Putim da Crimeia.

  27. Lorde C.A.Souza Postado em 24/Jul/2014 às 08:27

    EUA e UE defendem Israel. Só isso se torna um respaldo para afirmar que Israel nunca terá punição. Flws.

  28. Ana Postado em 25/Jul/2014 às 01:26

    Não tem nada a ver com antisemitismo. Não são os judeus que estão atacando Gaza, são os israelenses sionistas. É guerra politica, não religiosa!

  29. IVAN III Postado em 28/Jul/2014 às 07:23

    Israel e seu povo se acham acima de DEUS , neste genocio contra os PALESTINOS, nesta vida tudo tem um começo meio e um fim e ele esta proximo e muito proximo do que se imaginam, logo logo teremos noticias que abalaram a HUMANIDADE seu o que estou falando é so aguardar

  30. IOGI Postado em 29/Jul/2014 às 16:21

    INCRÍVEL, ISRAEL ERRA MATA, NEGA OPORTUNIDADE DE DEFESA, TUDO ISSO POR UMA BURRICE DO PÓS GUERRA, UMA NAÇÃO INDEPENDENTE NA QUAL GANHOU TUDO DE BANDEJA POR CAUSA DE UM LOUCO (HITLER),UMA NAÇÃO QUE O IMPÉRIO ROMANO OS VARREU DO MAPA, POR SER INCAPAZ DE SUSTENTAR O SEU TERRITÓRIO, PESSOAL NAZISTAS E ISRALITAS ESTÃO NO MESMO BARCO, SÓ ESPERO QUE DEPOIS DISSO TUDO O TÃO SONHADO ESTADO PALESTINO SEJA CRIADO PELA ONU, OU RETIREM O PODER DOS OPRESSORES É CRIME DE GUERRA SIM!!!!!!!!!!!!.