Redação Pragmatismo
Compartilhar
Geral 02/Jul/2014 às 15:25
29
Comentários

Homem que trocou de sexo 'enjoa' da mudança e volta atrás

Homem que gastou quase R$ 400 mil para trocar de sexo, enjoa da mudança e gasta mais R$ 100 mil para voltar a ser homem

troca de sexo sam

Sam Hashimi, homem de negócios, divorciado, pai de dois filhos, resolveu trocar de sexo em 1997. Ele se transformou em Samantha Kane, uma designer de produtos de luxo.

Ele já gastou mais de R$ 400 mil em operações e cosméticos para viver seu desejo de ser mulher. Foi tão convincente que não tinha nenhuma dificuldade para atrair homens, ficando até mesmo noiva de um rico fazendeiro.

Depois, em 2004, após sete anos vivendo como mulher, ele decidi que tinha cometido um erro terrível: o resultado foi um fim amargo de seu casamento de 12 anos e o afastamento de seus filhos.

Veja também: Aprenda a não confundir travesti com transexual

Inicialmente emocionado com sua transformação, a vida como uma mulher ficou sem graça rapidamente, apesar de ter uma vida de glamour, em Mônaco. Ele começou a odiar como os hormônios femininos o deixavam mal-humorado e extremamente emotivo. O sexo foi uma das primeiras decepções. Para ele, não importava o quão feminino parecesse: era como se ele estivesse atuando sempre, tendo uma vida que não era sua.

Assim, há cinco anos, de Samantha Kane, Sam passou para Charles Kane. Precisou passar por três cirurgias, que custaram aproximadamente R$ 100 mil, para se transformar em homem novamente. Seus implantes de mama foram removidos e sua genitália masculina foi reconstruída a partir de enxertos de pele. O problema era que ele não parecia ser o homem que ele tinha sido antes.

Sua relação com mulheres ficou extremamente complicada, porque muitas desistiam de conhecê-lo melhor depois que sabiam de sua história e também porque alguns vestígios de atitudes da antiga Samantha ainda permaneceram. Os encontros eram regrados com rejeição e humilhação, e ele temia que nunca iria encontrar alguma mulher corajosa suficientemente para amá-lo.

Porém, as coisas melhoraram quando conheceu Victoria, mãe solteira de um filho de dois anos, sua atual noiva. Eles se conheceram em uma galeria de arte em sua cidade natal de Malvern, Worcestershire, Reino Unido, em junho de 2009 e, no mês passado, ela aceitou sua proposta de casamento.

O seu passado parece não incomodar Victoria, que mostra orgulhosamente seu anel de noivado de diamantes e insiste que Charles é o melhor noivo que uma mulher pode ter. Descrevendo-o como sua “alma gêmea”, ela diz: “Eu sempre gostei de homens intelectuais, mais velhos e, quando nos conhecemos, imediatamente ficamos atraídos um pelo outro”.

Victoria afirma que já sabe de seu passado e isso não lhe incomoda de forma alguma, pois ele, além de ser a parte dominante da relação, sabe ouvir e dar conselhos incríveis, mostrando-se um homem extremamente sensível.

DailyMail

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 02/Jul/2014 às 15:37

    Ser homem é mais prático (urinar no mato) e mais barato (menos gastos com salão de beleza)!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk (Lembrando que não sou machista).

    • Babi Postado em 05/Jul/2014 às 19:32

      Não é machista, mas supõe que ser mulher é caro por conta dos gastos com salão de beleza. Tá certo. Aliás, espero que tenha sido apenas uma piada sem graça.

  2. luci Postado em 02/Jul/2014 às 16:20

    ah, essa tal fluidez de gênero.

  3. Pereira Postado em 02/Jul/2014 às 16:35

    Esta aí a prova que comportamento homossexual é reversível.

    • Homo Vastudiarius Postado em 02/Jul/2014 às 16:52

      Está aí a prova de que você é desinformado, pois confunde homossexualidade com transsexualidade. Vá estudar antes de falar besteira.

      • Pereira Postado em 04/Jul/2014 às 08:53

        Isso é para rir ?

    • José Ferreira Postado em 02/Jul/2014 às 21:14

      Não é não!!! Esse cara achava que era gay, mas não era. Infelizmente não há a cura para o homossexualismo, assim como não há cura para a Síndrome de Down, por exemplo.

      • Roger Max Postado em 03/Jul/2014 às 14:17

        "Infelizmente não há a cura para o homossexualismo" Infeliz Mente.

      • Pereira Postado em 03/Jul/2014 às 15:08

        Tu tá sendo irônico né !!!??? por favor diz que está !!!!

      • Larissa Postado em 03/Jul/2014 às 18:46

        E infelizmente não há cura para ignorância assim como não há cura para idiotice, por exemplo.

    • Diogo Postado em 03/Jul/2014 às 18:21

      Não! Isto só prova que algumas pessoas precisam muito de psicoterapia. Homossexualidade é reversível, homoafetividade, não!

    • Betina Postado em 03/Jul/2014 às 19:03

      Orientação sexual não tem absolutamente nada a ver com identidade de gênero. O primeiro é o desejo sexual, o segundo é a maneira como a pessoa se vê, se identifica.

      • Luis Postado em 04/Jul/2014 às 01:15

        verdade, ele poderia se ver como mulher mas ao mesmo tempo gostar de mulheres e vice-versa

  4. Raphaela Postado em 02/Jul/2014 às 21:30

    "Esta aí a prova que comportamento homossexual é reversível."homosexualidade não é reversivel..ele so re-alterou seu corpo e decidiu começar um relacionamento hétero...provavelmente sempre foi bi..ou uma trans hétero que simplesmente fadada do preconceito soial resolveu voltar atraz..existem casos assim pq não.. "Infelizmente não há a cura para o homossexualismo, assim como não há cura para a Síndrome de Down, por exemplo." Felizmente não há ura para a homossexualidade!! porque ela nem é doença nem é nada de que os homossexuais precisem se envergonhar ou querer se curar.o que precisa de cura é a homofobia e o nível absurdo e retrógrado em que muitas mentes se encontram..

  5. Beto Postado em 03/Jul/2014 às 01:08

    O que aprendemos hoje? Não é fácil ser mulher(biologicamente neste caso)

  6. Isaac Postado em 03/Jul/2014 às 03:32

    Isso é demais pra minha cabeça.

  7. Danieli Postado em 03/Jul/2014 às 08:44

    esses comentários é que são demais pra minha cabeça.

  8. Paulo Postado em 03/Jul/2014 às 18:01

    Tá ai alguém que precisava de um psicólogo antes de tomar essa decisão da mudança de sexo. Às vezes, se assumir homossexual basta, não é necessário a mudança de gênero.

  9. Rach Postado em 03/Jul/2014 às 18:07

    Hahah Mania de querer determinar tudo. O que ele eh, o q ele foi e o q sera. Somos humanos..nao eh suficiente? Por que precisamos declarar cor, preferencia sexual, prato favorito, cor favorita...somos livres pra amar e sermos o que quiser.

  10. Francis Postado em 03/Jul/2014 às 18:12

    Não sei qual foi o objetivo dessa matéria. Prato cheio para os fundamentalistas religiosos e conservadores.

    • Pereira Postado em 04/Jul/2014 às 08:51

      É né !!!! para que provar que comportamento homossexual é reversivo ? Mostra o que a gente apoia e esconde a realidade. Típico do cinismo da esquerda.

      • Davi Postado em 24/Sep/2015 às 22:50

        Ele não é homossexual, ele é bissexual. Ele não reverteu a sexualidade, ele reverteu a identidade de gênero. Não é difícil! No mais, saia do armário, Pereira! Vá você também ser feliz!

  11. Gabriel Postado em 03/Jul/2014 às 18:20

    Sinceramente não vejo nada de absurdo. Ele fez uma escolha, se arrependeu e voltou atrás. E, além disso, arcou com as consequencias. Apenas a proporção da coisa foi maior, é só.

  12. Rafael Postado em 03/Jul/2014 às 20:16

    Como assim, reversível ou não? Pouco importa! As pessoas fazem sexo com quem quiser e com quem estiver disposto. Quem são vocês para rotula-los de gay ou não-gay? Não entendo essa mania de ficar se importando com a vida dos outros!

  13. Alessandro Postado em 03/Jul/2014 às 23:11

    Mr. Garrison do South Park na vida real.

    • beto Postado em 06/Jul/2014 às 16:13

      A diferença e que ele era uma mulher, no corpo de homem, que gostava de mulher

  14. Pereira Postado em 04/Jul/2014 às 08:54

    Quem falou em "cura" para homossexualismo ? não se cura o que não é doença. O que está provado que homossexualismo é um comportamento reversível. Só isso !

    • José Ferreira Postado em 05/Jul/2014 às 11:25

      Síndrome de Down não é doença também, mas é considerado um "acidente genético", visto que não se sabe quando um filho nascerá com homossexualismo. Não há meios para evitar que alguém tenha homossexualismo, infelizmente.

      • Davi Postado em 24/Sep/2015 às 22:54

        Duro é quem tem joseferreirismo! Ai tá fudido! Nasce com o intestino no lugar do cérebro e caga pela boca! Não há meios para evitar, infelizmente!