Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 21/Jul/2014 às 18:41
3
Comentários

Campos perde empresariado para Aécio

Desempenho ruim afeta doações a Eduardo Campos. Presidenciável do PSB não ultrapassa os 8% das intenções de voto e empresariado que antes o apoiava agora se volta em direção ao tucano Aécio Neves

eduardo campos eleições 2014
Eduardo Campos luta para conseguir apoio do empresariado (divulgação)

Em terceiro nas pesquisas de intenção de voto, com 8% no último Datafolha, apenas um ponto a mais que na sondagem anterior, o presidenciável do PSB, Eduardo Campos, já perde apoio no meio empresarial.

O empresariado decepcionado com a política do governo Dilma Rousseff, que sinalizou aproximação com a chapa do socialista por intermédio da vice Marina Silva, agora se volta em direção ao senador tucano Aécio Neves (PSDB) – presidenciável registrou 20% das intenções de voto e já aparece empatado com a presidente em caso de segundo turno.

VEJA TAMBÉM: O enriquecimento dos presidenciáveis nos últimos 4 anos

Segundo levantamento feito pela Folha de S. Paulo com quatro dos maiores doadores da campanha eleitoral de 2010, sem divulgar nomes, três disseram que ajudarão Campos, mas que as quantias mais gordas irão para Dilma e Aécio.

O economista Henrique Costa, tesoureiro da campanha de Eduardo Campos, já reconhece dificuldade na arrecadação do PSB: “O custo da campanha é elevado, mas não é nossa ambição atingir o teto de arrecadação de R$ 150 milhões. É difícil competir com partidos mais estruturados”

247

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 21/Jul/2014 às 18:46

    Quem está disposto a jogar dinheiro no lixo? Que empreiteira vai investir em Marina e Eduardo? Com Dilma é garantia de grandes licitações federais, e PSDB sempre foi forte nos governos estaduais.

  2. poliana Postado em 21/Jul/2014 às 19:39

    só ele n percebeu q nem pra coadjuvante serve! apenas um nanico tentando se destacar. infelizmente, os únicos protagonistas dessa eleição, mais uma vez serão a candidata petista e o candidato tucano! eterna polarização do cenário político nacional! será q um dia chegará ao fim!? creio q não! então nem adianta um 3º candidato querer fazer parte do "show". no final das contas, o protagonismo eleitoral será sempre a eterna polarização pt x psdb!

  3. Paulo Monteiro Jr. Postado em 22/Jul/2014 às 00:16

    Este percentual é meio irreal, tanto para ele, quanto para os outros. 13% estão respondendo branco/nulo, e outros 14% estão se definindo como indecisos. Isso é muita coisa. Marina, por exemplo, em 2010, recebeu o dobro de votos do que apontava a pesquisa. O empresariado não acredita do modelo do PT, e o nome de Campos realmente parece ser o melhor, mas como Aécio se figura como o único a poder derrotar Dilma, eles estão abraçando a causa tucana. Algo até que justificável. Empresários são investidores, nada mais.