Redação Pragmatismo
Compartilhar
Geral 04/Jun/2014 às 19:44
18
Comentários

Professor raspa axilas de aluna em sala de aula

Professor depila à força axilas de aluna de 14 anos na Austrália. Incidente aconteceu durante a aula de habilidades para a vida. Estudante que sofre de dificuldades de aprendizado não queria participar da atividade prática

A mãe de uma das alunas de uma escola da cidade de Wangaratta, em Victoria, na Austrália, ficou horrorizada quando sua filha de 14 anos de idade chegou em casa com as axilas depiladas. A criança afirmou que foi seu professor que fez a depilação. As informações são do Daily Mail.

“Conversei com o professor no dia seguinte e ele me disse que tinha o direito de fazer aquilo, que era parte do currículo”, contou Melissa Woods, a mãe da aluna.

Segundo a publicação, o incidente aconteceu durante a aula de habilidades para a vida. Matriculada nesse curso, a pequena Thayla não sabia que seria obrigada a raspar as axilas. No entanto, o colégio Wangaratta District Specialist School afirma que a atividade era prática e que tinha que ser feita pela aluna.

De acordo com Melissa, a filha tinha manifestado em casa o desejo de manter os pelos debaixo dos braços. Mesmo dizendo que não queria passar pela depilação, a aluna foi submetida ao tratamento, à força, durante a aula.

A mãe de Thayla afirma que o colégio não poderia agir dessa forma sem uma notificação aos pais dos alunos e cobra o direito de ter recebido uma permissão para que a depilação fosse feita em sua filha. O caso está sendo examinado por investigadores.

A direção da escola se desculpou por não ter enviado um documento a Melissa pedindo permissão para raspar as axilas de Thayla, mas insistiu que continuará ensinando que as adolescentes devem tirar os pelos do local.

Veja também: As ameaças da Vagina

com informações de Terra e Daily Mail

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 04/Jun/2014 às 19:47

    kkkkkkkkkkkkkkk não kkkkkkkkkkkkk é mentira isso!!!!!!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk "A direção da escola se desculpou por não ter enviado um documento a Melissa pedindo permissão para raspar as axilas de Taylah" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Nizinha Postado em 04/Jun/2014 às 21:32

    Esta notícia vem a propósito de que? A quem interessa? Aos vendedores de lâminas de barbear? Falta de assunto!

    • Roger Max Postado em 05/Jun/2014 às 11:32

      Vem a propósito de mostrar as atrocidades que são impostas pelo padrão de beleza que temos. Qual é o problema da menina deixar os pelos se não estar fora do "padrão de beleza"? Ridículo a atitude do colégio.

      • Marcis Postado em 05/Jun/2014 às 16:36

        Realmente, a atitude do colégio é abusiva e absurda. Ninguém é deveria ser imposto a um padrão.

      • Priscilla Postado em 06/Jun/2014 às 10:02

        Clap, clap, clap! Belas palavras, Roger. Esse ato do professor foi uma invasão do espaço individual da menina. E daí que ela não quer ser que nem as outras? E daí que ela não quer se depilar? Me poupe.

      • ROSEMEIRE BARRETO VALENTE Postado em 12/Nov/2014 às 20:53

        Desde que ela cuide, não há problema algum.Agora se é daquelas que não tem cuidado...aí é complicado.Ngm merece cheiro de cc!!!

    • Lexx Postado em 05/Jun/2014 às 16:02

      Sabes o que é sociologia?

  3. pedro Postado em 04/Jun/2014 às 23:22

    Gente, pode parecer piada, mas oque esta em questao eh a atitude machista de obrigar as mulheres a se depilar. Numa disciplina chamada educacao pra vida a depilacao feminina eh obrigatoria, provavelmente outros machismos devem ser "ensinados"

  4. Louise Postado em 05/Jun/2014 às 07:35

    Caramba, essas pessoas que postam comentários aqui só me fazem perder a fé na sociedade. Existe uma convenção social de que as mulheres tem que ter a axila depilada, e isso é extremamente forte no Brasil, com toda a exposição corporal que o país cultua. Já o professor feriu o direito da aluna! Se fosse uma convenção social ter piercing no saco, os idiotas dos comentários acima estariam falando a mesma coisa.

  5. Adalberto Postado em 05/Jun/2014 às 12:52

    Aqui no Brasil esse professor teria sido no mínimo esfaqueado pela aluna.

  6. Luiz HGP Postado em 05/Jun/2014 às 13:05

    E se fosse o inverso, ou seja, tivessem depilado a virilha dele, o que diriam?

    • Roger Postado em 05/Jun/2014 às 16:09

      Questionaria como ela teve acesso a virilha dele.

  7. Rafael. Postado em 05/Jun/2014 às 14:15

    O Adalberto acha que vive no pior país do mundo. Se fosse no Brasil... não teria acontecido nada, nem mesmo a tentativa de raspar o suvaco da menina. Agora aos que não conseguem enxergar nessa matéria uma afronta aos direitos individuais da menina, uma tentativa de padronização dentro do conceito de normal, a esses só anos de estudo e de empatia social salvam

  8. mauricio augusto martins Postado em 05/Jun/2014 às 16:10

    Pelo jeito os australianos "herdaram" a maneira da colonização daquele País, por presídios ingleses, e mesmo tendo convertido a Esquerda ainda nos anos 70, e se tornado Potência Mundial, não conseguiram livrar da direitona-furiosa, aquela que quer "mandar" nos Usos e Costumes das Pessoas, e os costumes Orientais e alguns Africanos é que são "selvagens"?, eles tem muito que aprender com os Aborígenes...maumau

    • Elias Postado em 05/Jun/2014 às 21:15

      Não tem não, é apenas tido como melhor país do mundo, é outro planeta o oposto de tudo que a esquerda representa.

      • Davi Postado em 06/Jun/2014 às 00:33

        Não, Elias. A Australia é um país com forte tradição trabalhista e socialista, e possui uma série de políticas de esquerda que o ajudaram a chegar a posição econômica que chegou. Eu imagino que você fique desapontado com o fato do país não satisfazer seu estereótipos sobre a esquerda, não ter barbudos comendo criancinhas, nem rituais satânicos ou cortes de cabelo iguais para todos. Talvez seja uma pista para que você se informe um pouco melhor, com fortes de melhor qualidade.

  9. silvio Postado em 05/Jun/2014 às 22:49

    Não consigo acreditar que perdi um minuto da minha vida pra ver uma notícia dessas. Não tem coisa mais importante no Brasil não?

  10. RaoNeo Postado em 06/Jun/2014 às 09:19

    "As informações são do Daily Mail." Redação... nunca use o pior tablóide do mundo como fonte.