Redação Pragmatismo
Compartilhar
Lula 26/Jun/2014 às 12:10
4
Comentários

Lula voltar a falar sobre xingamentos contra Dilma e muda o tom

Após culpar a "elite branca" pelos xingamentos a presidente Dilma Rousseff na abertura da Copa, ex-presidente Lula muda de tom e faz autocrítica

O ex-presidente Lula mudou de tom ao se referir aos xingamentos contra a presidente Dilma Rousseff na abertura da Copa do Mundo. Após culpar a “elite branca” pelas ofensas, ele admitiu que o governo “possivelmente tenha culpa” por não ter “cuidado com carinho” da insatisfação de parte da população (assista aqui).

“Me cheirou a coisa organizada (o ataque à presidente). O preconceito, a raiva demonstrada. Possivelmente a gente tenha culpa de não ter cuidado disso com carinho. O PT não pode fazer uma campanha sem discutir o tema da corrupção. Não podemos, como avestruz, enfiar a cabeça na areia e falar ‘esse tema não é nosso’. Nós temos que debater”, disse Lula, em entrevista ao Jornal do SBT.

Veja também: O que vi e vivi na estreia da Copa 2014

Desde a semana passada, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, tem defendido uma revisão do PT sobre o episódio. Após ouvir críticas da cúpula do PT ao negar xingamentos a Dilma só da ‘elite branca’, ele reafirmou que o PT está errado no seu diagnóstico sobre a insatisfação com o governo, por “ilusão de que o povo pensa que está tudo bem”.

Nesta quarta-feira, o ex-presidente ainda comentou o julgamento do chamado “mensalão”. “A minha tese é de que, possivelmente, esse tenha sido o processo que tenha sido julgado com a maior pressão de determinados setores dos meios de comunicação da história da humanidade. Nunca as pessoas envolvidas num processo foram condenadas com tanta antecedência como foi nesse caso. Eu não estou julgando os ministros, e não vou julgá-los, mesmo que uma decisão ou outra não me agrade. Não é meu papel julgar a Suprema Corte. O que eu acho, agora, o que temos fazer, é recontar essa história.”

247

Recomendados para você

Comentários

  1. Eduardo Abreu Postado em 26/Jun/2014 às 22:47

    Sinto muito meu caro presidente Lula, não tem perdão ofensas como a proferidas por aqueles que estavam na área vip do estádio que o senhor como bom corintiano deu uma força para que existisse, eles se apenas tivessem vaiado até poderia vir a concordar com o senhor, mas ofender a MULHER, MÃE, e além disso a instituição presidência da república..... deveriam é estar na cadeia para aprenderem a ter um minimo de respeito. Uma coisa é as ações de governo, outra são a mãe e a mulher.... tem até uma máxima.... nem com uma flor.

  2. ademar Postado em 30/Jun/2014 às 12:09

    Os insultos e xingamentos proferidos a Presidente Dilma na Abertura da Copa, foram demasiadamente exagerados, impróprios para aquela ou qualquer outra ocasião, as vais são manifestações de insatisfação e menos ofensivas, o que ocorreu no Itaquerão vai muito além disto. Porém foi muito enfatizado, principalmente pelo ex-presidente Lula, a autoria a "elite branca", expressão que Lula comumente vem utilizando. Mas ai pergunto: Se a Presidente Dilma estivesse diante de uma manifestação do Passe Livre em São Paulo (nestes critérios de classificação da sociedade, onde se encaixa os manifestantes do Passe Livre? não deve ser elite branca acredito.) qual seria a reação? qual seria o tratamento? seria aplaudida, vaiada, xingada, ofendida,ovacionada? Como podemos saber?????

  3. ione Postado em 15/Jul/2014 às 11:48

    As vaias partiram das classes A e Bcom grana suficiente para pagar 1000,2000 ou mais pelas entradas nos jogos. O povão não estava lá, portanto quem vaiou não era a maioria!

  4. testemunha binocular Postado em 17/Jul/2014 às 10:45

    Coisa de gente que faz xixi na piscina de resort no nordeste, falando mal do povo... Tinha alguém do povão na arquibancada, Lula ?...