Redação Pragmatismo
Compartilhar
Preconceito social 22/May/2014 às 16:08
61
Comentários

Página denuncia preconceito com empregadas domésticas

Página faz levantamento de comentários preconceituosos contra empregadas domésticas pela internet no dia a dia. O resultado é assustador. São humilhações que revelam as veias abertas da sociedade brasileira

z6

Isadora Otoni, Revista Fórum

Página “A Minha Empregada” traz à tona o preconceito cotidiano ao mostrar tuítes como esse: “A anta nordestina da minha empregada botou a Nutella na geladeira e agora tá duro!”

Para quem fala que não existe preconceito no Brasil, o perfil do Twitter @AMinhaEmpregada prova o contrário. Uma seleção de postagens foi republicada pelo autor, mostrando racismo e outros tipos de discriminação social. “A chibatada é serventia da casa. (Contém ironia e tristeza)”, descreve como apresentação.

Veja também: O dia em que decidi não ser a mucama da sinhazinha

O autor da página, que pediu anonimato, conta que tudo começou após uma discussão sobre Donald Sterling. O dono do Los Angeles Clippers foi protagonista de um episódio de racismo em conversa com a namorada, V Stiviano. “Um amigo o defendia porque ‘tudo que ele disse foi de maneira privada, numa conversa com sua namorada’”, conta.

A partir de então, o criador resolveu escancarar os “preconceitos públicos”. “Resolvi buscar por ‘minha empregada’ no Twitter, e me surpreendi com as barbaridades ditas”. Assim, o coordenador de marketing criou a página para mostrar como somos preconceituosos mesmo sem perceber. “As pessoas não se enxergam mais no outro e é aí que o problema começa”, avalia.

Confira alguns dos tuítes:

z
z2
z3
z4
z5
z7
z8
z9

Recomendados para você

Comentários

  1. Karolina Postado em 22/May/2014 às 16:16

    Pessoas aparecendo aqui e dando razão a todos em comentários acima em 3,2,1...

    • Bruno Postado em 22/May/2014 às 16:20

      Você que vem com seu pensamento formalizado de idiota útil achando que só porque a pessoa não acredita na mesma ideologia que você ela é de alguma forma uma pessoa preconceituosa. Possivelmente eu devo ser o tipo de pessoa que você deve usar todos os adjetivos pejorativos típicos como reaça, coxinha e fascista. Mas pra sua infelicidade eu achei muito escroto todos os comentários e a pessoa precisa de um tratamento mental, pois não se trata uma pessoa, qualquer que seja, dessa maneira.

      • Leon Postado em 22/May/2014 às 16:28

        falou em "idiota útil", já dá pra inferir que é olavista.

      • Carol Postado em 22/May/2014 às 20:35

        Que bom que achou escroto. Quer uma salva de palmas?

      • Luiza Postado em 23/May/2014 às 00:25

        Mesmo concordando, não pode deixar de fazer um mimimi né?

      • Lucas Postado em 23/May/2014 às 10:27

        Coitadinho do Bruno... tão retardadinho, o bichinho

    • Leandro Postado em 22/May/2014 às 16:21

      Aqui no pragmatismo é dificil Karol. Mas se fosse na globo.com com certeza teria.

      • Jucken Postado em 22/May/2014 às 17:45

        Quanto preconceito contra o leitor do globo.com! O comentário típico lá seria "certo as empregadas não merecem esse tipo de tratamento, mas também bem que fizeram cagada". Está vendo? Um comentário inócuo. Agora, aqui no pragmatismo tem gente que trata empresário objectivamente de forma agressiva! E aí?

      • Jederson Postado em 22/May/2014 às 17:46

        Então abra o post da xuxa no congresso Leandro...Desanimador

    • Elias Postado em 22/May/2014 às 20:56

      Leandro got a point Karolina :)

  2. Joao Laion Postado em 22/May/2014 às 16:19

    ABSUUUURDOOOO!!!!!! AFF!!!

    • vitorio laici sella Postado em 22/May/2014 às 16:52

      eu tive uma auxiliar de casa que era negra so foi embora porque quiz seu pai ficou muito doente ela foi cuidar do pai a ora que ela quizer voltar minha casa esta de portas aberta pra ela uma pessoa maravilhosa nilza estamos te esperando

  3. Bruna Postado em 22/May/2014 às 16:20

    Acredito que para falar de alguém a outra pessoa deve ser perfeita e isso não existe, alumas dessas ''patroas'' nem escrevem direito, com que moral elas falam e julgam essas mulheres que mantem suas casas roupas e muitas vezes até filhos limpos??

    • Carol Postado em 23/May/2014 às 01:08

      Pareceu que você deduziu que os posts eram só se mulheres... =(

    • Ivy Girao Postado em 23/May/2014 às 09:42

      Também reparei nisso. Se acjam tão superiores e nem sabem escrever.

  4. Luciana Postado em 22/May/2014 às 16:25

    Livrai-me de conhecer ou ter que dividir o espaço com esse tipo de gente! (as preconceituosas)

  5. Maristela Postado em 22/May/2014 às 16:26

    Se a SUA casa ta imunda a vadia não é a empregada,não, é vc!!!!!!!!!!!

    • Gabriela Postado em 22/May/2014 às 17:20

      hahahahahahahahha

    • Samara Postado em 22/May/2014 às 17:36

      BOA!!!!

    • Melcunha Postado em 22/May/2014 às 23:51

      Adorei..

    • Mel cunha Postado em 22/May/2014 às 23:59

      Essas pessoas, que tratam quem as ajuda dessa forma, deveriam morar nos estados unidos, canada ou Europa. Nesses países só tem empregada que e muito rico. No máximo uma faxineira a cada 15 dias e o que se tem possibilidade de pagar. Um bando de pobre miserável jogando seus complexos e incompetência para manter sua própria vida sem a ajuda de uma empregada, em cima de uma pessoa mais humilde. Quero que a escravidão acabe nesse pais. Acho que ainda se tem um ranço de imperialista nesses lixos.

  6. Fernanda Postado em 22/May/2014 às 16:27

    Um comentário mais nojento que o outro

  7. Bárbara Postado em 22/May/2014 às 16:38

    Tive a oportunidade de ter uma empregada em minha casa. E ela é um amor. Me viu crescer e aprendi muita coisa com ela. Aprendi inclusive a respeitar o próximo. Há 20 anos ela ajuda meus pais nas tarefas domésticas. Esses comentários preconceituosos refletem quanta ignorância ainda existe nesse País. Sinto vergonha por eles.

  8. Klewerton Postado em 22/May/2014 às 16:38

    Penso que é de interesse público saber quem são os autores desses comentários. Eles não postaram publicamente? No interesse Jornalístico cabe revelar os autores, por que escondê-los?

    • Administrador
      Moderação Postado em 23/May/2014 às 12:30

      Olá Klewerton, as identidades dos autores, e não só destes, estão expostas na página indicada. Basta acessá-la.

  9. Camila Postado em 22/May/2014 às 16:38

    Denunciem a página, vamos fazer a nossa parte contra este e todos os tipos de preconceito.

  10. fernanda Postado em 22/May/2014 às 16:44

    ontem eu andei lendo um perfil onde a dona postou um vídeo onde um suposto ladrão era surrado por passageiros de um ônibus porque um mulher reclamava o sumiço da sua carteira. Ela não só posto o vídeo como escreveu que sim que tem que bater atá cair e depois, entrando em debate com amigos, foi ainda mais agressiva e a maioria deles apoiou. Era uma professora com curso de Letras e havia mais outros formados em curso superior.

    • livia Postado em 23/May/2014 às 00:34

      Mas o que tem isso a ver com as ofensas contra domesticas? Bandido é bandido e , empregada domestica é uma ( um) trabalhadora .O que tem a ver ?.

    • Silney Costae Silva Postado em 23/May/2014 às 09:36

      Minha esposa é professora, temos a mesma formação na mesma faculdade, porém eu sou aposentado e não quis lecionar, mas acompanho o seu trabalho. Estamos morando na RM de Curitiba, em nossa chácara, você ficaria impressionado com o que tenho visto aqui, em meu perfil tenho apenas alguns professores daqui, os demais me recuso a acreditar que conseguiram se formar. A qualidade de formação de alguns professores só é comparável com a formação dos alunos no ensino médio de uma pequena cidade. São verdadeiras aberrações que se imaginam intelectuais.

      • Deisi Postado em 23/May/2014 às 14:08

        È Sildney, acontece muito, mesmo aqui no pragmatismo politico, alias uma grande parte de pessoas vem aqui, só porque tem curso superior acham que são melhores que os outros; esse é o maior motivo pelo qual, não tenho face,para não ter que brigar com pessoa da própria família, mas a definição perfeita a esse tipo de gente, que são tão pobres tão pobres, só tem dinheiro, e em muitos casos nem isso, falta educação mesmo.

  11. mauricio augusto martins Postado em 22/May/2014 às 16:53

    Naturalmente esta Sociopatia era prevista, "Nos anos dois mil o Médico mais importante será o Psiquiatra", é um misto de auto-afirmação, carência(modo literato de falar, para não ser sexista), falta de atenção, enfim a Verdadeira Coxinha, conheço uma deste tipo, ser "educada" na frente e desaguar as mágoas internas por de trás, chamam-na de Piriguete-Dos-50, e até parece que o estereótipo arquétipo é em conformidade com a Inutilidade Humana interna e o pior: replicam-se...maumau

    • renata Postado em 23/May/2014 às 12:51

      KAKAKAKAKAKAKAKAKA Piriguete dos 50 akakakakakak conheço várias!!!!!!

  12. antonio marcos Postado em 22/May/2014 às 17:44

    Pelo fato de ter empregada , a classe média brasileira "pensa" que é aristocrata , e na maioria das vezes , acham que humilhar empregadas é uma forma de massagear o próprio ego . Lembrando que o Brasil é um dos únicos países do mundo em que classe média tem empregada .

  13. Regis Postado em 22/May/2014 às 18:30

    Ter empregada doméstica nos dias de hoje é um luxo. Basta de tanto racismo. O que para analisar nestes comentários pejorativos é que a herança da escravidão não sai da classe média ainda lamentavelmente, pois pode se ver que em nada o ser humano evolui para o crescimento da sociedade. Sinceramente acho bom mesmo que as empregadas em geral estudem mesmo e formem e que esses tipinhos se virem para cuidarem de suas casas. lavar, passar, cozinhar, etc.

  14. marcos Postado em 22/May/2014 às 18:50

    Se o nosso povo entender o que é governo de esquerda e continuarmos nesse caminho de igualdade social, já já quem terá que passar seus próprios vestidos serão elas, e guardar suas nutella no rabo que é quentinho, terão direito somente a diaristas, e se reclamar também as perderão, pois essa galera tão sofrida já terá se qualificado profissionalmente e deixará de dormir no emprego, sendo praticamente babá 24 hs desses trastes.

  15. Moça Postado em 22/May/2014 às 19:03

    Um mais ridículo que o outro, MAS eu não entendi esse como uma grosseria com a empregada "http://www.pragmatismopolitico.com.br/wp-content/uploads/2014/05/z4.jpg", mas com uma terceira pessoa.

  16. sergio lima Postado em 22/May/2014 às 19:15

    Só existe um erro nisso tudo,não deveriam esconder o nome desta pessoas horrorosas,elas deveriam ser expostas,ridicularizadas para todos verem quem são,lamento essa atitude de preservar a identidade destes crápulas.

  17. Rafael Martini Postado em 22/May/2014 às 20:08

    Degradantes os comentários. Como podem emitir tais absurdos? Não refletem, não sentem empatia? Ou apenas entendem que isso é humor "à la Gentili" (e quem não gostar é um censor totalitarista)? Enfim, é deprimente.

  18. nelson Postado em 22/May/2014 às 20:50

    O tempo da escravidão já passou agora se chama colaborador. E deve se agradecer as pessoas que aparecem em nossa vida para melhorar, como são as colaboradoras do lar. São pessoa que fazem um serviço de extrema importância ue não se aprende em qualquer Universidade.

  19. Luiza Rezende Postado em 22/May/2014 às 22:05

    Deprimente!!! Não consegui terminar de ler.Fico pensando como uma pessoa pode se achar melhor que outra.Se todos somos a imagem e semelhança de Deus e irmãos em Cristo. Poderia Deus fazer um melhor que outro?

  20. carlos Postado em 22/May/2014 às 22:41

    Interessante a postura deste site e de muitas pessoas que o acompanham. Qdo o assunto é, por exemplo, homosexualismo - algo que choca não só os reaças da direita, mas muita gente que nem sabe o que é política ou não dá a mínima pra ela, os que aprovam e difundem a cultura gay querem que os demais se danem e mandam que virem o pescoço. Mas qdo o assunto ofende a ideologia desses grupelhos, a revolta e os clamores para que províncias sejam tomadas são gerais. Ora, pq não seguem a própria cartilha e olham para o outro lado? Esses caras são tão radicais que não sabem diferenciar preconceito de brincadeira.

    • rosi Postado em 22/May/2014 às 23:03

      Carlos, onde tá a brincadeira desse post? Sério que vc achou alguma coisa engraçada? Acha engraçado esse desrespeito todo? Nem é necessário falar do racismo né, os comentários falam por si.

    • Thais Postado em 23/May/2014 às 00:20

      O nome disso é compaixão, sua mãe nunca te ensinou?

    • Thiago Postado em 23/May/2014 às 00:45

      Respeito não é questão de ideologia. Todos devem ter. Se você considera esses comentários apenas uma brincadeira, você é preconceituoso. E se você não se acha preconceituoso, deve tomar cuidado com os dentes da boca quando abrir pra fazer piadas desse tipo, porque alguém pode se ofender de verdade.

    • Rafael Martini Postado em 23/May/2014 às 00:57

      Então isso tudo é mera brincadeira e o site e seus leitores são radicais??? E o que tem a ver a homossexualidade com essas agressões direcionadas às empregadas??? É inacreditável, incrível. Você só pode estar trollando. Não vou me estender no comentário, pois aí serei eu o ofensivo.

    • Ludimila Postado em 23/May/2014 às 09:37

      Homossexualismo? Parei de ler nessa palavra. Eca.

    • Lennon Postado em 23/May/2014 às 09:48

      você louco cara? o que você tá dizendo????

    • Leonardo Postado em 23/May/2014 às 13:13

      Que confusão mental digna de pena…

  21. Deisi Postado em 22/May/2014 às 22:59

    Não me surpreende nem um pouco os comentários desses lixos, que eu me recuso em chamar de gente, mas o pior de tudo que todos estão em idade de procriar, imaginem os filhos dessas escórias. Por esse motivo que estou perdendo a fé em seres ditos humanos, a tendência é ficar cada vez pior. por isso que comentei com o padre, que ficava angustiada em pensar que alguém teria que morrer para ser doador de orgão, "não se preocupe tem pessoas que nunca fizeram nada de bom essa vai ser a oportunidade", acabo de convencer que isso é uma verdade..

  22. Eduardo Abreu Postado em 22/May/2014 às 23:42

    É uma pena, mas chegará o dia que todas poderão trabalhar em empregos decentes onde terão respeito. O que se lê nesses comentários são a realidade, mesmo a mais boazinha das patroas acabam fazendo pouco delas. Direitos trabalhista para quem trabalha em casa de família não garante que não haverá esse tipo de tratamento..... uma prova são os elevadores de serviço, que é de serviço e de serviçais.... os cheirosos não podem dividir o mesmo elevador com a "fedorenta" da sua empregada, baba de seus filhos, o porteiro que zela pela segurança deles.... e assim o mundo segue como se nada estivesse acontecendo. É por defender os pobre e aqueles que são espinzinhados que LULA, acaba de receber seu 28º Título de Doutor....

  23. betto Postado em 22/May/2014 às 23:48

    Pelo português,conclui-se que são pessoas do mais alto escalão.

  24. Tais Postado em 23/May/2014 às 00:23

    Eu morei em um prédio uma vez em que uma mulher escrota veio pedir para que a moça que ajudava a mamãe em casa não usasse o elevador, e sim as escadas. Mamãe disse que era pra ela continuar usando o elevador, e se alguém viesse falar merda de novo, era pra ela dizer pra ir tirar satisfação com ela. Nunca mais tivemos esse problema, a escória parou de reclamar, mas com certeza a mentalidade fascista não foi mudada.

  25. Jonas Postado em 23/May/2014 às 00:24

    mostra a cara dos racistas

  26. Anny Postado em 23/May/2014 às 00:29

    Essas patroas não parecem muito inteligentes não, talvez por isso ficam xingando as domésticas de burra, que é pra tentarem se diferenciar, que fique claro tentarem, parece um bando de gente inútil, q nojo dá uma peça tão íntima pra outra pessoa lavar. Calcinha lavaria só da minha mãe, minhas sobrinhas e das minhas irmãs caso precisasse muito (o bom q elas pensam como eu, peça íntima assim o lavar é intransferível e pessoal).

  27. Vanderley Postado em 23/May/2014 às 07:26

    Aí vem aquela clássica pergunta: - Quem é o verdadeiro refém? Quem é que fica APAROVARO em casa quando a secretária atrasa 10 minutos?. É por essas e outras que essa profissão tão digna e importante está cada dia mais rara e cara!. É lamentável que nos dias atuais ainda exista gente desse naipe!. Isso gera o êxodo das domésticas para o comércio porque elas não aguentam mais esses abusos.

  28. Amarildo Postado em 23/May/2014 às 09:08

    A regra é clara: Postou tem que aguentar e arcar com as consequências. Os nomes não deveria ser preservados devem sim ser todos identificados.

  29. Marcio Ruzon Postado em 23/May/2014 às 09:38

    Só acho que não deveriam colocar tarja nesse bando de desgraçados, porque a internet é pública. Se postaram, mostraram a cara.

  30. luisa valdorf Postado em 23/May/2014 às 11:47

    Façam uma pesquisa para saber em qual candidato esses ou essas imbecis vão votar para presidente. Um doce para quem acertar.

  31. Giovanna Postado em 23/May/2014 às 12:19

    Fico chocada com isso! Meus pais sempre nós ensinaram (a mim é ao meu irmão) a tratar com respeito todas as pessoas que trabalhavam conosco. Na minha casa nossas empregadas sempre fizeram todas as refeições à mesa junto conosco e sempre puderam se servir de tudo que tinha na geladeira. Acho inadimissivel um comportamento como esse. Mais revoltante é o preconceito que muitos sulistas tem contra nordestinos! Sempre achando que ser nordestino é sinônimo de ser burro, sujo e outras barbaridades mais. Hoje sou totalmente convencida que o problema do Brasil são os brasileiros!

  32. Antonio Postado em 23/May/2014 às 12:22

    Esses coments só fazem as classes mais pobres odiarem as mais ricas...depois isso volta contra eles mesmos,infelizmente nem sempre volta pra quem tem uma opinião preconceituosa,mais as pessoas as vezes pagam por terem um poder aquisitivo maior

  33. Chico Lobo Postado em 25/May/2014 às 15:34

    Geralmente a classe média tradicional é assim mesmo: acha que funcionários domésticos são escravos ou animais de corte. Falta a esses patrões um pouco de educação e consciência, mas, fazer o que?