Redação Pragmatismo
Compartilhar
São Paulo 09/May/2014 às 12:57
6
Comentários

Paulistas culpam Alckmin pela falta d'água

Dados socio-econômicos da pesquisa mostram que a falta d’água administrada pelo governo Alckmin atinge duas vezes mais a população de renda mais baixa

geraldo alckmin água são paulo
Metade da região metropolitana já culpa Alckmin pela falta de água (Reprodução)

A pesquisa “A falta d’água no estado de São Paulo”, divulgada nesta quarta-feira (7) pelo Data Popular, foi contestada na Justiça Eleitoral pelo PSDB, partido do governador Geraldo Alckmin. A legenda sustenta que o levantamento feito em meio a uma crise de abastecimento de água tem “natureza eleitoral”. Os dados obtidos com a pesquisa são alarmantes. Diante do colapso do Sistema Cantareira, 50% dos entrevistados que moram na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) culpam o governo Alckmin pela falta de água.

Por outro lado, apenas 5% dos entrevistados que moram na RMSP acham que a falta de chuva é a culpada pelo rodízio no abastecimento de água em vários municípios. O Cantareira, essa semana, atingiu uma marca histórica ao operar com menos de 10% de sua capacidade. A Sabesp (Companhia de Sabeamento Básico do Estado de São Paulo) já iniciou uma obra para captar o volume morto do Cantareira.

O longo período de estiagem é a justificativa do governo para o problema na rede que abastece 9 milhões de pessoas. Especialistas dizem que a única solução para a questão Cantareira é Alckmin conseguir convencer o governador do Rio de Janeiro a liberar a transferência de águas do Rio Paraiba do Sul para a capital paulista.

Diante do cenário pouco otimista, 68% dos moradores da RMSP acreditam que até o final deste ano faltará água em casa ou no trabalho. Desse nicho de entrevistados, 35% também afirmam que já tiveram problemas de abastecimento nos últimos três meses.

A pesquisa foi feita por telefone, no último sábado (3), com o total de 18.534 moradores de 70 municípios paulistas. A margem de erro máxima é de 0,7% com intervalo de confiança de 95%. Desse universo de pesquisados, 23% sustentam que tiveram falta de água nos últimos meses, percentual que representa 6 milhões de pessoas.

Mais pobres são duas vezes mais afetados

Os dados socio-econômicos da pesquisa mostram ainda que a falta d’água administrada pelo governo tucano atinge duas vezes mais a população de renda mais baixa (até um salário mínimo) na comparação com a de maior poder aquisitivo (mais de 10 salários).

Para 35% dos entrevistados na RMSP, a Sabesp é a principal culpada pela falta de água, seguida do governo federal (7%).

com informações de GGN

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 09/May/2014 às 14:35

    O mais irritante é silêncio da imprensa. É ridículo, é gritante a abafamento da grande mídia. Sem contar que no roda vida com o Padilha ninguém tocou no tema ...

  2. Esdras Pereira Alves Neto Postado em 09/May/2014 às 15:32

    E PIG (Partido da Impressa Golpista) não divulga nada a respeito desses fatos. Agora eu já vi um partido político arrebanhar tantos candidatos políticos incompetentes nesse Brasil; mas igual ao PSDB nunca vi em toda a minha vida. O povo brasileiro já teve noção de troca-los para o Governo Federal, agora está faltando troca-los para o Governo do Estado de São Paulo, pois nesses 20 anos de governo PSDB o Estado de São Paulo não empobreceu mais porque é um Estado muito rico, se não estava na miséria por tamanha incompetência desses tucanos.

  3. Rafael Postado em 09/May/2014 às 16:06

    Ihhh, reeleição ameaçadíssima devido à incompetência. Tchau, PSDB, já vai tarde.

  4. Eduardo Abreu Postado em 11/May/2014 às 22:04

    um dia li matéria contrarias a transposição do Rio São Francisco. Hoje um realidade em alguns lugares, apesar de não concluída por falta de compromisso de algumas empresas pelo que foi divulgado. Será que agora vão apoiar esta obra, estando o Estado de São Paulo, o maior do Brasil em vistas de ficar sem água???? Tá passando da hora de começarem a fazer as obras, rios imensos que jogam suas águas doces no oceano temos bastante, basta querer pegar estas aguas antes que sejam temperados pelo sal. Pensem na geração de empregos, poderão ser ocupados os operários que fizeram os estádios..... verdadeiros palácios do nosso esporte maior, o futebol.

  5. poliana Postado em 03/Aug/2014 às 13:39

    hilário seria se culpassem o pt pela falta de água!!!

  6. Mark Postado em 04/Sep/2014 às 14:42

    Gerlado Alckmin é um cancer para o estado de Sao Paulo. Primeiro acabou com a segurança, depois com a educação. E a agora SP ficará sem água.