Redação Pragmatismo
Compartilhar
Copa do Mundo 30/May/2014 às 19:11
55
Comentários

A lição que o Brasil pode dar ao mundo

Estamos vibrando com a derrocada daquilo que mais odiamos. E o que mais odiamos parece ser o Brasil. Como se o Brasil não fosse, tão e simplesmente, nós mesmos

Há um pensamento em voga entre nós: devíamos sabotar a Copa, torcer contra, colaborar para que “não haja” Copa. Isto seria a coisa cívica e correta a fazer – usar a Copa do Mundo no Brasil não para vender ao mundo uma imagem boa do país, mas, ao contrário, para revelar nossas mazelas, para admitir nossas iniquidades diante do planeta.

Isto seria um levante contra “tudo isso que está aí” – o maldito padrão Fifa que não conseguimos alcançar e que nos humilha; nossa incapacidade histórica de fazer qualquer coisa honestamente, sem cobrar ou pagar propina; a economia que não anda; nossa ineficiência estrutural e nossa leniência crônica que nunca cumprem o que promete, que perdem prazos e desrespeitam contratos; nossa falência como nação que não consegue andar para frente em tantos aspectos essenciais; nossa incompetência em superar essa fenda social profunda que nos divide há séculos em duas castas que se odeiam, às vezes em silêncio, às vezes nem tanto.

Mas sabotar a Copa funcionaria também como uma espécie de autoexpiação pública e mundial, transformando nossas questões nacionais, internas, num inesquecível fiasco global. Como se a Copa do Mundo deixasse de ser uma festa para virar uma chibata. Como se o maior evento do planeta, que nos foi confiado e que nós brigamos para receber, não representasse um momento de alegria mas sim uma oportunidade de gerar constrangimento, vergonha, decepção e má publicidade.

Sorrir virou uma assunção de cretinice. Torcer pelas cores nacionais na Copa virou um crime. Exercer o gosto pelo futebol, um traço nacional, virou coisa de gente pusilânime.

Ao mesmo tempo, ver o Brasil mal retratado na imprensa de outros países virou uma alegria. Passamos a gostar da ideia de esfregar nossos aleijões na cara da audiência internacional – tendo especial regozijo ao ver a classe média do resto do mundo virar de lado e tampar o nariz. Adoramos jogar lama no próprio rosto. E convidamos os outros a nos enlamear também. Estamos torcendo para que as coisas funcionem mal, e para que tudo dê errado, e para que não consigamos fazer nada direito, para que tragédias aconteçam, para que tudo mais vá para o inferno.

Estamos vibrando com a derrocada daquilo que mais odiamos. E o que mais odiamos parece ser o Brasil. Como se o Brasil não fosse, tão e simplesmente, nós mesmos.

Tenho muita dificuldade de entrar nessa onda de autoimolação. E na inconsequência juvenil dessa postura “quanto pior, melhor”. Há um niilismo contido nesse pensamento, e um masoquismo meio piegas e vazio nessa proposta, um espírito de porco oco e doentio, que me desagradam profundamente. Talvez porque haja muita destruição aí – e eu seja um construtor. Talvez porque haja muita coisa prestes a ser posta abaixo, indiscriminadamente, e eu seja um criador que gosta de erguer obras. Não sou um demolidor de paredes. Então não consigo achar que botar fogo no circo com todo mundo debaixo da lona possa ser uma boa ideia. Talvez por já ter vivido fora do país, e visto o Brasil lá de fora. E por ter dois filhos brasileiros, que terão seu futuro próximo acontecendo por aqui. E por já estar vivendo meu 43. ano de vida. Já estou muito velho para achar que arrasar a terra possa facilitar o nascimento de alguma outra coisa sobre ela.

Fico imaginando esse mesmo pensamento noutros países. Cito apenas alguns. Você completa o quadro.

Na Copa de 2002, o Japão deveria, logo na abertura, fazer menção a seus crimes de guerra, que não foram poucos, pelos quais jamais se desculpou. Ou então alertar para o tratamento discriminatório até hoje imposto aos burakumin – pessoas que exercem profissões “impuras”, como coveiros e açougueiros. Ou protestar contra a xenofobia, e o sentimento de isolamento (quando não de superioridade) racial que ainda hoje permeia a sociedade japonesa.

A Coréia, no mesmo ano, deveria denunciar seu patriarcalismo opressor e a violência doméstica contra mulheres que é uma espécie de direito adquirido dos homens por lá até hoje – quase 60% das esposas afirmam sofrer algum tipo de abuso dentro de casa.

Os Estados Unidos deveriam ter encerrado a Copa de 1994 com uma apoteose em forma de perdão pela barbaridade das duas bombas atômicas que atiraram covardemente sobre a população civil de duas cidades, em nome de um teste científico (afinal, gente amarela não é gente, né?) e de um aviso nuclear aos novos inimigos. Foram 250 000 mortos, entre crianças, mulheres, bebês, velhos, gestantes, recém nascidos. Ou então a apoteose deveria representar uma elegia às populações indígenas americanas massacradas. Ou aos mortos de todas as ditaduras que os Estados Unidos apoiaram ao longo de décadas, inclusive ensinando as melhores técnicas para “prender e arrebentar”, para vigiar e punir e esganar. Os Estados Unidos também poderiam se retirar da Copa, e também das Olimpíadas, bem como de todas as competições internacionais em que costumam brilhar, em protesto contra o fato de serem a maior economia do mundo e até hoje não terem tido a capacidade de oferecer um sistema público de saúde universal aos trabalhadores que produzem essa riqueza toda – quase 50 milhões de americanos simplesmente não tem a quem recorrer se ficarem doentes.

A África do Sul, em 2010, deveria ter alardeado sua liderança mundial em estupros – 128 estupros por 100 000 habitantes. (Ah, sim. Na Nigéria, que receberemos esse ano, o estupro marital não é considerado crime. A delegação nigeriana, composta de maridos, deveria entrar no Itaquerão empunhando essa bandeira?)

A Itália e a Espanha, as duas últimas campeãs mundiais, nem deveriam vir à Copa. Na Itália, o desemprego entre os jovens é de 38,5% – no Sul, a região mais pobre do país, a taxa é de 50%. Ano passado, 134 lojas fechavam diariamente na bota – mais de 224 000 pontos já fecharam no varejo italiano desde 2008. Na Espanha, o desemprego está batendo em 30% na população em geral. Entre os jovens, já encostou também nos 50%.

Ou seja, se fossem países sérios, Espanha e Itália não perderiam tempo e recursos participando de um evento da Fifa, essa corja internacional, e se dedicariam com mais a afinco a resolver seu problemas, que são muito graves. Trata-se de países à beira da bancarrota. (Só para comparar, a taxa de desemprego no Brasil, esse fim de mundo em que vivemos, é de 4,9%). Os americanos, se merecessem os hambúrgueres que comem, deveriam usar a visibilidade da Copa, já que nem gostam de futebol mesmo, para chamarem a atenção para a tremenda injustiça e para o absurdo descaso que enfrentam em seu sistema público de saúde. E, se tivessem um pingo de vergonha na cara, espanhois e italianos se recusariam a vir para a Copa, a torcer por suas seleções na Copa, e se postariam de costas para os televisores e sairiam quebrando vitrines (das lojas que ainda lhes restam) a cada gol de Iniesta ou de Balotelli. Mais ou menos como estamos planejando fazer por aqui em represália aos êxitos de Neymar e cia.

Eis a lição que o Brasil está prestes a dar ao mundo.

Por Adriano Silva, blogueiro e consultor digital. Publicado originalmente em Manual de Ingenuidades.

Recomendados para você

Comentários

  1. Jaelson Postado em 30/May/2014 às 19:23

    Legal essa postagem goste, pura verdade!

  2. Selton Postado em 30/May/2014 às 19:56

    Não haver copa é dar um tiro no pé por causa dos investimentos altíssimos. Como diz o ditado: "Agora é tarde, Inês é morta."

    • Eduardo Postado em 02/Jun/2014 às 14:05

      acho eu que tem brasileiro querendo confronto num momento que não é para isto, aliás confronto não val levar a nada, VAI TER COPA, VAI TER TUDO, SÓ NÃO VAI TER SEGUNDO TURNO.

  3. Thiago Teixeira Postado em 30/May/2014 às 20:15

    A copa e as olimpíadas seria um divisor de águas para modificar a imagem que o mundo tem de nosso país. Mas não, os noticiários internacionais ficarão surpresos ao ver os desocupados, rancorosos com o sucesso do Brasil, com roupas de grifes, cheirosos, numa avenida pavimentada e devidamente sinalizada protestando em frente a um estádio magnífico. Perguntarão: "Mas estão reclamando do quê?". Se fosse o MST, sem teto, desempregados, lavradores, miseráveis passando fome, tudo bem, mas serão coxinhas de camisa Adiddas morador da "idiotolândia".

    • Denisbaldo Postado em 30/May/2014 às 20:51

      Há uma ocupação do MTST bem ao lado do Itaquerão com aproximadamente 2.000 famílias. São coxinhas também??? Há sim muitas injustiças ainda no Brasil e devem ser reivindicadas. Amigo, como diz o profeta: "Uma coisa é uma coisa, outra coisa... é outra coisa"

      • Aline Postado em 31/May/2014 às 05:13

        O. MST nao esta protestando contra a copa, eles estao usando a visibilidade da copa p protestar, como os professores e muitos outro protesdos por ai. O protesto anti copa e dos coxinhas sim.

      • Denisbaldo Postado em 31/May/2014 às 23:21

        Aline, engano seu, o MTST está protestando exatamente contra a gentrificação que ocorreu na região de Itaquera. É EXATAMENTE CONTRA A COPA E SUAS CONSEQUÊNCIAS QUE ESSAS PESSOAS POBRES ESTÃO PROTESTANDO, SUA COXINHA DE ESQUERDA!!! VÁ PESQUISAR ANTES DE VOMITAR GROSELHA!!!

      • Fábio Postado em 02/Jun/2014 às 14:20

        Como não protestar contra a copa? Sujar a imagem do Brasil? E ela não é suja para a gente? Se isso suja a imagem do governante A ou B, ou do partido C ou D, eu não estou ligando. Então devo deixar de protestar contra as remoções pro Brasil passar uma imagem de um país que não é? Se a gente "odeia" o Brasil, não é somente nossa culpa. Só para deixar claro, meu voto é da Dilma, por seus programas voltados para o social, mas aceitar a copa continuo achando um erro! Então acho que temos que reconhecer o que tem/teve de bom, sem tapar os olhos para o que tem/teve de ruim.

    • André Postado em 30/May/2014 às 22:57

      Outra questão: olimpíadas. Não sei de que cidade tu eh, mas aqui no Rio o prefeito simplesmente quer demolir algumas instalações que foram feitas para o Pan, para construir tudo novamente para as olimpíadas. Detalhe: as coisas que ele quer demolir têm em torno de 7 anos. Somos obrigados a aceitar essa loucura? Nosso dinheiro eh capim?

    • César Ribeiro Postado em 31/May/2014 às 22:08

      Pois é... não sei pq o brasileiro anda protestando tanto, um país maravilhoso como o nosso, sem qq tipo de injustiça... E reclamar de bariga cheia... São uns vagabundos mesmos... PQP!!!!

  4. Robson Lopes Postado em 30/May/2014 às 21:14

    Eu entendo o porquê do texto, no entanto acho que a lição que o Brasil pode dar ao mundo é justamente outra, mostrando que, apesar de sermos uma democracia muito jovem, somos muito maduros democraticamente, mostrando que as manifestações ocorreram e não haverá represálias de forma dura como em outros países. Mostrará ao mundo que o país não está dividido, que as manifestações mostradas ao mundo, é apenas uma pincelada num quadro enorme que é o Brasil, ou seja, quem ver o ponto, não vê o todo. Poderemos mostrar que conseguimos conviver com pensamentos e "ideologias" tão díspares, sem uma convulsão social, o momento que estamos vivendo, em minha insignificante opinião é justamente de ruptura, porque uma parcela que está protestando nas redes sociais e nas ruas, estão exatamente no ponto de mudança, onde o Brasil está passando para outro patamar, e muitos perderão ou estão com medo de perder o status quo, e quando isso ocorrer, não terá mais volta, o país será outro, mais igual, social, mais democrático, e talvez seja justamente isso que está deixando as pessoas que protestam tão apreensivas.

  5. André Postado em 30/May/2014 às 22:50

    Se decepcionar com pão e circo eh pecado? Todos são obrigados a achar tudo muito lindo? Será que não tem coisas mais importantes pros brasileiros se preocuparem? Se querem ir aos estádios, que vão! O dinheiro eh de vcs! Agora, condenar quem eh contra, aí já eh demais...

  6. Denisbaldo Postado em 31/May/2014 às 00:26

    Que texto nada a ver. Uma coisa é lutar por direitos e valores sociais, outra é apoiar um evento no qual foi gasto o triplo dos recursos necessários. Às vezes eu acho que tem gente que para defender valores de esquerda paga mico de trouxa, de otário. O que foi feito com os gastos desta Copa é típico de um playboy de direita. Superfaturamento onde aqueles que lucraram se cobriram de luxo, de glamour, enquanto os seus defensores ficam defendendo o indefensável. Se querem construir um país melhor comecem pela imparcialidade por favor. Caso contrário paguem mais micos, só que tem gente assistindo.

  7. Bruno Postado em 31/May/2014 às 06:12

    Pra mim esses protestos são vazios. Não existe proposta alguma para mudança alguma. "Vou lá protestar, tumultuar e ponto". Qual a diferença entre protestar sem proposta e ficar parado olhando? Proteste na urna, acompanhe seus candidatos, visite a sala do cidadão no seu município, se engage, ser cidadão é isso. Faça política mesmo não sendo político, pratique a democracia participativa, seja cidadão do seu país, não apenas uma massa de manobras com discurso elitista e que nos separa da idéia de construção de um país. As pessoas não acordam, não percebem que enquanto não aprendermos a lamber nossas feridas, aceitar nossas fraquezas, e tentar construir uma unidade minima de pensamento que caminhe na mesma direção de um "projeto de pais" , seremos sempre os índios que na hora da festa do casamento da filha do cacique, quando a oca está cheia de convidados ilustres, ateamos fogo em tudo pra demonstrar nossa força e nosso poder, pra demonstrar que a terra é nossa...Democracia não é isso, mas foda-se a Democracia eu quero protestar, quebra tudo Brasil.

  8. Epaminindas Voltaire Postado em 31/May/2014 às 09:25

    É incrível: eu vejo pessoas (no Facebook, principalmente) dizendo: "ah, reclama da Copa faz "não vai ter Copa, e depois vai correndo pra casa assistir aos jogos"... gente: EU NÃO GOSTO DE FUTEBOL!!! É CRIME isso? É CRIME NÃO QUERER A COPA? Sim, fui CONTRA a Copa quando da escolha do Brasil, CONTRA a Copa no Brasil agora e NÃO VOU ASSISTIR NENHUM JOGO, TANTO DO BRASIL QUANTO DE OUTRAS SELEÇÕES... aliás: NÃO ASSISTO JOGO NENHUM! Prefiro no período dos jogos FICAR TRABALHANDO (sim, ganho até hora extra), ou sair para passear de bicicleta, ler um livro, passear com minha família, fazer compras (é BEM tranquilo)... ouviu isso, Aurelio Moraes, da Meme Consciente e Memes Mesiânicos???

  9. Anders Postado em 31/May/2014 às 11:47

    Argumento simplista o seu. O brasileiro já ha muito tempo é manipulado pela globo, desde aqueles programas obscenos do show da xuxa e todo lixo que é esta programação. Tento morando 13 anos fora do Brasil, retornei esse ano e vejo coisas que não via antes. Vcs estão completamente perdidos e não sabem bem onde mirar. São apenas massa de manobra.

  10. Anselmo Postado em 31/May/2014 às 11:58

    Honestamente, nao compreendi porque este site compartilhou este texto, ja que ha outros melhores e com argumentos mais convincentes do que este, e que defendem exatamente o contrario: o grito nao vai ter copa. Sou contra a copa, mormente porque cansei do circo imposto pelos poderosos, cujo intuito principal eh exatamente este, manter o povo sob controle. E se as sedes anteriores nada fizeram, o problema eh delas. Eis a nossa oportunidade de transformar a copa em um grande protesto nao somente pelos problemas nacionais, como tambem pelo circo mundial. Ah, e eu acredito no meu povo, sim. Soh nao em bandeiras ou cores.

    • Thiago Teixeira Postado em 31/May/2014 às 12:26

      Se tem alguém alienado e manipulado "pelos poderosos" são os baderneiros sem causa que vão as ruas protestar contra a copa e implantar o caos negativista contra o Brasil, já que não admitem que uma nação sul-americana bem das pernas e sediando os maiores eventos esportivos do mundo, frente a crise na Europa. Pode chorar, terá copa sim e o Brasil será outro na visão do mundo. Mude-se para um país com crise e submisso aos nórdicos, se sentirá melhor.

      • Anselmo Postado em 31/May/2014 às 19:06

        Mude-se vc, seu retardado! Alienado de merda. Sabe quantas familias foram brutalmente removidas de suas residencias somente para deixar o entorno do estadio "limpo"? Voce e um governista doente, mesmo. Deve pensar igual ao Pele: e normal operario morrer em obras... Seu desocupado!

      • Thiago Teixeira Postado em 01/Jun/2014 às 07:47

        Ai o seu modinha, quer jogar 500 anos de exploração e miséria em 4 anos de organização de copa? Brutalmente removidas está a população desde a chega dos europeus ao Brasil, você se incomoda em grileiros fuzilando tribos indígenas e demarcando território? Não, são brancos da elite e eles podem tudo. Arrume outra pauta para criticar o governo, cobre o seu governo paulista que está deixando as torneiras vazias e sua imprensa não fala nada.

      • eduardo Postado em 04/Jun/2014 às 13:38

        acaba o argumento, começam-se as ofensas.... aliás argumentos são iguais as propostas dos que querem voltar ..... não existe.

  11. Bruno Postado em 31/May/2014 às 15:34

    Amigos, o Brasil é bagunçado mas não tanto assim...É óbvio que existem favorecimentos nos créditos do BNDES (as elites são favorecidas, suas empresas, aprovações de documentos e etc), mas...Alguém tem que dar as garantias e essa conta vai sobrar para quem deu as garantias( no caso do Itaquerão por exemplo) Bradesco, a Construtora e o próprio clube que vai ganhar um carnê de 30 anos para pagar a conta....Então essa falácia de dinheiro público é +- verdade.....Aeroportos e obras de mobilidade são o legado que devem ficar, portanto....Tudo é um jogo político, não tem santo nessa história, mas vamos construir um país com criatividade e aceitando as diferenças pois isso é a função de um cidadão, e antes de votar, pesquise se ele é um gestor público (tiririca não vale) e a ficha policial do sujeito.

    • Bruno Postado em 02/Jun/2014 às 13:19

      Então Rodrigo, para que servem esses estádios públicos ? Você sabia que esses estádios podem ser alugados para grandes jogos e eventos, aliás alguns já estão sendo alugados para jogos do Brasileirão...Cabe ao Estado que ganhou o estádio ter criatividade para levar eventos e trazer divisas...O mundo perfeito não existe, não é aqui...dentro das possibilidades que existem, algumas pessoas choram e a lei da sobrevivência historicamente mostra que no meio da choradeira vai ter sempre alguém aproveitando a oportunidade para vender lenços.

  12. Maria de Lourdes Postado em 31/May/2014 às 16:19

    Brilhantes informações para os alienados e simplistas que acham que sabotar a COPA vai acabar com a corrupção,{que é milenar),vão ter um país padrão FIFA,quando só abrem caminho para uma direita que se lixa para o povo,para o que a COPA significa para MILHÕES de BRASILEIROS!!!!!Onde está a POLÍCIA FEDERAL para prender os mercenários que se vendem por 150 reais badernando e trazendo o MEDO de torcer pelo BRASIL

  13. Denisbaldo Postado em 31/May/2014 às 23:27

    Estranho demais pessoas que defendem o social e o bom uso dos gastos públicos defenderem um evento megalomaníaco de playboy babaca como este. Pois é, a esquerda brasileira pelo jeito não passa de uma legião de vendidos. Palmas para a Copa da vergonha, o PT está sempre certo, mesmo estando errado!

  14. pedro Postado em 01/Jun/2014 às 07:33

    Meu amigo, você está fazendo um tipo de colocação de quem perdeu completo contato com a realidade. Sinceramente, você não entendeu qual é o tipo de pessoas que manifestam e as profundas necessidades que elas têm, além do senso de oportunidade que a Copa proporciona.

    • Denisbaldo Postado em 01/Jun/2014 às 09:20

      Quem perdeu o senso completo da realidade são aqueles que defendem qualquer político que tenha uma estrela no peito. Eles defendem seus partidos como um torcedor fanático defende seu time de futebol, mesmo marcando gol impedido, de mão, etc. A única bandeira que eu defendo é a do Brasil, e ela representa exclusivamente seu povo. Ela nunca deve servir a nenhum outro interesse que não o bem estar de seu povo. Enquanto eleitores se comportarem como torcedores seremos uma nação retrógrada. Somente fanáticos "sem noção da realidade" para defenderem uma Copa onde foi gasto o triplo do necessário. Haja trouxa para defender a riqueza dos outros neste país.

      • Rodolpho Postado em 02/Jun/2014 às 15:06

        Concordo plenamente, Denisbaldo.

      • eduardo Postado em 04/Jun/2014 às 13:43

        entre no site MUDAMAIS, e verá que essas afirmações de gastos é totalmente eco de pio de tucano..... aliás tucanos foram criados pelo GEPETO?????

  15. pedro Postado em 01/Jun/2014 às 07:36

    É muita falta de visão achar que alguém realmente tem um prazer masoquista de querer sabotar a Copa, quando as pessoas pedem hospitais, moradia, educação básica e condição de vida. Ponha o pé na rua, meu amigo. E antes disso não se proclame de esquerda, pois você não é

    • Thiago Teixeira Postado em 01/Jun/2014 às 07:52

      E porque não pediram isso antes? Porque esperam a véspera do evento e ano eleitoral para fazer essa covardia? Quer protestar, cobre do prefeito da sua cidade. Cobre do seu ilustre governador. Porque eles estão imunes e querem colocar as mazelas de 500 anos de Brasil nos 12 anos de governo do PT? Acho que você não entende quem está por traz destas manifestações.

      • Denisbaldo Postado em 01/Jun/2014 às 09:31

        Se soubéssemos que iriam ser gastos fábulas de $$$$ sem nenhum retorno para a população com certeza seríamos contra desde o início. Você se lembra do discurso do Lula???? Vou refrescar sua memória de eleitor torcedor: "Não será gasto dinheiro público na Copa". Quem precisa tem mesmo que se manifestar agora, essa é a hora. Para isso essa Copa vai ser muito boa, ela vai mudar a consciência dos nossos políticos e com certeza vão raciocinar antes de cometerem abusos. O povo é detentor da soberania, é ele quem deve decidir o seu futuro sempre. Pelo que eu me lembre não foi realizado nenhum plebiscito/referendo para questionar a vontade popular sobre estes eventos informando-nos inclusive o quanto e como seria gasto essa fortuna. Com relação ao PT, até o Lula disse que ele está se tornando um partido comum, igual aos outros. Meu amigo, o PT hoje já é também parte do problema. Não defenda a bandeira do PT, defenda a bandeira do Brasil. É ela que nos interessa. O resto deve servir a ela, não o oposto. Mas fique tranquilo, se o PT usar a cabeça vai saber o que seu povo quer. Ainda não chegamos lá, e não dá pra esperar 500 anos para o PT arrumar. Tem q

      • Denisbaldo Postado em 01/Jun/2014 às 09:34

        Continuando: Tem que acelerar essa máquina!

      • Thiago Teixeira Postado em 01/Jun/2014 às 11:42

        Eu não defendo porcaria nenhuma, estou pouco me lixando para o PT. Muito pelo contrário, faço obras públicas em Goiás e tenho muitos conhecidos no governo Tucano goiano e quem falar mal do Marconi perto de mim, eu trucido da mesma forma que faço quem fala merda do governo federal. Quem não conhece o sistema tem uma visão muito superficial das coisas, pois são "informados" por jornalistas ignorantes, burros e tapados que não sabem ou não querem entender as coisas. Essa conversa de Copa me irrita, tira do sério ver um ancora falando que as obras da Copa são superfaturadas. Onde? Quem disse isso? Com qual fundamento fundamento? Vencemos a licitação de nossa obra viária em Goiás com o valor de 32 milhões. Preços de 2004, época quando entregamos as propostas. Todo ano fazemos cálculos do reajuste estritamente dentro da lei, respeitando os índices do DNIT. O jornalista explica isso? Não. Hoje com os preços reajustados está valendo 1,54 * 32 = 49 milhões. Ai um fdp, uma âncora escrota e retardada vomita ao vivo dizendo: "A obra era 32 milhões, agora está custando aos cofres públicos 49, é a farra do PT". Vai toma no cú, chega, já deu tanta idiotice propagada pela mídia. E tem mais, os preços do DNIT não seguem a inflação muito menos o dissídio da construção civil. Este ano em Goiás o piso salarial dos trabalhadores da construção pesada será de aproximadamente 11%. Sabe quanto o governo vai reajustar os preços das obras? 6%. E ai? A mídia fala isso? Explica o que é reajuste? Medição? Preços DNIT? Tabela SINCRO? Agetop? Não, só fala merda, pois jornalista não tem fundamente técnico para explicar nada e sim fazer sensacionalismo.

      • eduardo Postado em 02/Jun/2014 às 14:09

        Thiago, acho eu dúzia fazendo pouco das nossas forças de segurança e da capacidade de mando de nossos governantes, a ordem pública tem que ser mantida a qualquer custo..... veja bem a qualquer custo, o direito de uns poucos não pode sobrepor a direito da maioria, e temos quem nos garanta isto.... vai ter copa sim e tão marcante como qualquer outra.

  16. eldy Postado em 01/Jun/2014 às 17:40

    Muito bom texto. Pena que muuitos que aqui comentam nao leram o texto e se leram nao entenderam nada. E tristeza e jogar perola aos porcos.

  17. Nadi E Postado em 01/Jun/2014 às 20:52

    Adoro a opinião de quem não apanha de policiais por simplesmente estar na calçada. Adoro opiniões dos que não estão sendo assassinados nas favelas. Dos que não estão sendo despejados de seus territótio por causa de obras estúpidas. E espalham que as revoltas são inóvuas, ou qualquer outra palavras difícil. Mostrando claramente que é um academico bundão, dentro de um escritório. Assim vão me ajudando a saber quem são os direitosos no Brasil defendendo o conservadorismo das opressões. E ridicularizando os rebeldes por aos seus olhos não terem causa. E fodam-se o que os outros países deveriam ter feito e não fizeram. Como se isso fosse justificativa para ser espancado em silencio. Que isso é coisa pouca. Quanta ingenuidade dos que acham que sabem tudo...

  18. Aloisio Postado em 01/Jun/2014 às 21:44

    Não é questão de masoquismo ou coisa do tipo, é mostrar que esse Brasil que é "pintado" ai fora, não é a verdade. Entendo eu que o que o povo quer é que o "Brasil, mostre a sua cara[...]". Todos os países possuem algo de errado, mas no Brasil tá TUDO errado, não há simplesmente NADA que funcione perfeitamente nesse país. A esperança que fica é que passando vergonha mundial, possa mudar alguma coisa, acordar, sair desse falso "pais das maravilhas".

  19. Pereira Postado em 02/Jun/2014 às 08:56

    "Tenho muita dificuldade de entrar nessa onda de autoimolação. E na inconsequência juvenil dessa postura “quanto pior, melhor”." Meu filho, quanto mais baderna e caos tiver , melhor para o PT. Eles criam o caos para depois aparecer com uma solução mágica. Eles manobram via mídia essa gurizadinha metida a revolucionária para jogar uma classe contra a outra. É branco contra negro, mulher contra homen, classe C contra classe D, gay contra cristão , mst contra agronegócio, índio contra fazendeiro e assim vai. O objetivo é fazer o maior caos possível, assim se tem uma desculpa para implantar um regime totalitário quando a sociedade estiver em estado de revolução(vocês não estudaram não?). Abram os olhos minha gente, a copa gastou apenas 9 bilhoes de reais, o escandalo da petrobras gerou muito mais perdas, isso sem falar nos mensalões da vida. Até parece que se não tivesse copa eles fariam tudo que se precisa.

    • Pereira Postado em 02/Jun/2014 às 09:01

      O PT adota pensamento Gramsciano : "A revolução tem que começar de dentro para fora" . "Tem que acabar com os padros de cima para baixo" da infraestrutura até chegar na superestrutura. ABRAM OS OLHOS !!!

  20. Xavier Postado em 02/Jun/2014 às 09:20

    Por acaso você acha que porque os outros países escodem suas mazelas nós também deveríamos imitar-los e esconder as nossas para que o País fique bonitinho aos olhos da mídia internacional? O que o brasileiro está fazendo não é algo planejado, é simplesmente um grito de desespero de quem já está praticamente no fundo do lamaçal e a unica coisa que ainda está de fora é a boca. Você ainda defende que o país deve continuar sendo hipócrita, fingir que nada está acontecendo, que suas crianças não estão passando fome, que seus familiares não estão morrendo em corredores infectos de hospitais imundos, que seus jovens já não estão nascendo na vida do crime, que não pagamos a maior carga tributária do mundo para termos estradas esburacadas, escolas com paredes de plástico e sem professores, sistema de transporte público tão bom que São Paulo tem que fazer rodízio de placas de carros para que a cidade não pare, porque as pessoas estão tão desesperadas para não ter que entrar em um caminhão de bois chamado de ônibus ou num trem de cargas chamado metrô que mal tem dinheiro para se alimentar decentemente mas compram carros e motos. Para se fazer a maior ideia da gravidade da situação, é só olhar para o que está acontecendo nas ruas, o Brasileiro, apaixonado por futebol como você mesmo disse, está com o maior evento futebolístico do mundo dentro de sua casa e está deixando o mesmo de lado para protestar contra esse estupro social remanescente do Brasil colônia ( que nunca deixou de ser). Acorda meu amigo!!!!! Não somos sadomasoquistas, somos escravos que estão quase mortos de tanto apanhar no troco pelo capataz e estamos mostrando as lacerações da chibata em nossos corpos como pedido de ajuda à comunidade internacional, para que nos livrem dos "senhores de engenho governamentais". Vergonhoso, no mínimo vergonhoso essa opinião de que deveríamos nos calar e assistir à "Copa do Neymar" com um sorriso no rosto para que saiamos bem na foto. Os povos dos outros países,(e isso de alguns, porque tiveram países que protestaram sim durante o evento, só que foi abafado pela mídia) só não reagiram da mesma forma que nós porque não estavam a beira do colapso como nós, e mesmo que estivessem, isso não vem ao caso, estamos protestando a respeito da nossa casa, o que os outros povos fazem a respeito da casa deles é problema deles, se conseguem ser mais lenientes que nós merecem é um premio por isso.

  21. simone Postado em 02/Jun/2014 às 09:23

    Uma característica interessante da papulação brasileira em geral é o pessimismo, quando o Brasil foi escolhido para sediar a copa muitos já falaram na hora, o Brasil não vai dar conta, outra também bem interessante, o brasileiro não gosta que outro se de bem , um exemplo é tem algum brasileiro que ganhou algum "Prêmio Nobel"? já sabemos a resposta, mas porque não temos, é porque quando é indicado o comitê responsável, recebe várias cartas do próprio povo brasileiro dando várias motivos para não ganhar, e o que eles irão fazer agora, mais uma vez irão perder a oportunidade de mostrar para o mundo, "viu venha aqui somos seguro para investir, aqui não é só carnaval", mas irão para protestar para o que se não sabem o que querem, sendo que em outubro irão fazer errado de novo.

  22. Walter Postado em 02/Jun/2014 às 09:44

    Da extrema direita a extrema esquerda as viúvas ideológicas , que estão pregando isto nas redes sociais a direita perdeu espaço na América Latina e a extrema esquerda desde a queda do MURO de Berlim em1989 na Europa desde estão , movimentos hipócritas o extremismo a flor da pele.

  23. Deisi Postado em 02/Jun/2014 às 11:37

    É nítido o oportunismo que impera nesses manifestos, quando começou no ano passado com o movimento passe livre tinha um sentido, dai foi infiltrado pela geração dos rebeldes sem causa, que foram pras ruas gritando com causas que até tinham sentido, mas carregado de oportunismo tamanho, que foi esvaziando numa proporção igual a de quando começou. Sem falar em quebra quebra e destruições, onde mostraram à cara de quanto são manipulados, com apoio de uma mídia golpista e oportunista, eu com 53 anos e vendo o Movimento Diretas já, onde nem tinha as redes sociais como hoje, e reunia mais de 1 milhão de pessoas, com causas que não se perderam com o tempo, mesmo depois de terem conseguido o que buscavam nas ruas.e praças. depois os jovens caras pintadas que conseguiram tirar um presidente eleito, mas não através de um golpe de estado, que continua até hoje com eleições diretas, Hoje essa geração o que se vê, um movimento claro de rebeldes sem causas que estão pouco se lixando, com condições da saúde, educação, segurança e transportes públicos; e sim um bando de reaça que já cansou de todas as causas que no ano passado buscavam. Hoje o foco mudou, além do fracasso que não chega nem perto do protestos do movimento de 2013, "Não Vai Ter Copa". É claro quanto são um bando sem nenhuma causa, e simplesmente são manipulados pelo PIG, onde a única razão é política, e os idiotas caem como patinhos, e acreditam que conseguiram passar a imagem de que estão realmente preocupados, com graves problemas que temos no Brasil. Esse movimento dias antes da realização de um dos maiores eventos esportivos do mundo, só me faz chegar a conclusão de quanto são rebeldes sem nenhuma causa, muito diferente das multidões que lutavam pelas Diretas. infelizmente é motivo de muita tristeza, hoje pra quem já passou por varias etapas de lutas, ver jovens outro nem tanto, sair nas ruas com buscas que não representam exatamente suas ideologias. Porque não fizeram todo esse movimento quando o país foi escolhido como sede do mundial, isso me faria acreditar que essa luta seria legitima, e não um bando de rostos cobertos, que sempre no final quebram bancos e lojas, de pessoas que trabalham e pagam impostos, ai está à comprovação, de "idiotas sem causas".

  24. Thiago Teixeira Postado em 02/Jun/2014 às 11:48

    Ridículo, hoje o ig.com.br publicou uma matéria do Aldo Rebelo e como sempre, só publicam comentários anti-copa. Mesmo eu tendo conta no ig, eles não publicam.

  25. Gabriel Alves Postado em 02/Jun/2014 às 12:23

    Ufa! Já me sinto melhor em saber que não é só o Brasil que tem problemas. Pensava que só aqui que tivesse... Então... Pouco me me importo com os problemas dos outros, ou de usar o problemas dos outros para me fazer sentir melhor em relação à Copa. O que me importo é que é insano, irresponsável, ultrajante, vil e egoísta a realização de um evento esportivo no Brasil com tantas outras áreas mais importantes e estratégicas precisando de investimentos, dedicação exclusiva do poder público e todos os esforços possíveis como saúde e educação! Sabe que já estou até me sentindo melhor e vou falar para aqueles que estão sofrendo e deitados nos corredores dos hospitais públicos espalhado pelo o país "rumo ao Hexa" que são pessoas muito sortudas por terem o SUS, pois deveriam dar graças a Deus por não estarem nos EUA, pois senão não estariam nem dentro do Hospital, pois lá não é público... Por favor... presta atenção naquilo que está escrevendo...

  26. Rafael Postado em 02/Jun/2014 às 12:59

    Não vai ter ou não deveria ter Copa! Conseguir mostrar ao mundo que não vamos baixar a cabeça e ver os politicos enchendo o bolço com dinheiro publico já é um começo! O Governo atual não presta e vai ser derrubado!

    • Thiago Teixeira Postado em 02/Jun/2014 às 18:32

      Experimente ... apareça na entrada do Estádio e faça barricada.

  27. Bruno Postado em 02/Jun/2014 às 15:02

    Cara, demais as suas palavras. Mas responda uma coisa : você foi consultado quanto a realização da copa? Pois eu não fui! Me considero patriota sim, pois não posso ser conivente com esta idiocracia de pão e circo que vivemos O bem maior de uma nação é o seu POVO! Não quero viver de aparência e se neste momento tivermos visibilidade, agora é a hora de jogarmos lama no ventilador. Seu discurso bonito e pomposo reflete o desejo das grandes mídias que transmitirão os jogos.

  28. mauricio augusto martins Postado em 02/Jun/2014 às 15:38

    Perfeito!!!, e Verdadeiro, o único nome que se pode dar a toda esta tentativa do pig fazer de uma colher de café o tempero de todo o Caldeirão da Sopa, é a Inveja, por ter sido o Melhor Presidente que o Brasil já teve o Sr. Dr. h.c¹³+¹³+² Luiz Inácio ***LULA*** da Silva conseguido trazer a COPA e as OLIMPÍADAS ao Brasil, com 44 milhões de miseráveis a menos do que herdou de seu "antecessor" e mais Campis, Faculdades e Escola Técnica, bem como o maior salário mínimo História, a oposição/pig só está tentando fazer o "terceiro turno" de 2010, são uns Inúteis...maumau

  29. Luís Postado em 02/Jun/2014 às 18:18

    Não entendo. A FIFA é um veículo para um conglomerado de multinacionais minarem o máimo possível de recursos do Estado brasileiro. É basicamente a mesma coisa que o FMI, só que envolve o esporte. Por ironia o povo da esquerda virou marionete do neoliberalismo.

  30. Roberto Postado em 03/Jun/2014 às 17:35

    Só falta uma guerra civil.

  31. Xavier Postado em 04/Jun/2014 às 12:30

    Engraçado rs O povo apanha, apanha e apanha.... Aí vem um cara como esse Adriano Silva e nos chama de sadomasoquistas!!! Durma com um barulho desses kkkkk

  32. eduardo Postado em 04/Jun/2014 às 13:41

    entre no site do PT e verá que obra é a transposição do Rio São Francisco, o mínimo que elas podem fazer para garantir os empregos que geram, é financiar quem faz obras e não vende as que existem prontas;

  33. Generino Postado em 28/Jun/2014 às 02:18

    NÃO ODEIO O BRASIL, ODEIO O "PADRÃO BRASIL".