Redação Pragmatismo
Compartilhar
Juristas 29/May/2014 às 15:17
3
Comentários

Joaquim Barbosa vai se aposentar

Joaquim Barbosa, presidente do STF, anunciou que vai se aposentar no próximo mês

joaquim barbosa dilma stf
Joaquim Barbosa anunciou que irá se aposentar. Ministro esteve com Dilma e Renan Calheiros nesta quinta-feira (Foto: Posse de Barbosa na presidência do STF)

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa, 59, anunciou nesta quinta-feira (29) que vai se aposentar no próximo mês, segundo o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Barbosa se reuniu com Renan no Senado para fazer o comunicado e se despedir.

“Motivo [da reunião foi] surpreendente e triste: o ministro veio se despedir. Ele estará deixando o Supremo Tribunal Federal. Falou que vai se aposentar agora, no próximo mês”, disse Renan. Antes de conversar com o senador, Barbosa esteve com a presidente Dilma Rousseff.

A assessoria de imprensa do STF afirmou não ter sido informada da decisão de Barbosa. O mandato do magistrado na presidência do Supremo se encerraria em novembro próximo.

Com sua aposentadoria, quem assume a presidência do tribunal é o ministro Ricardo Lewandowski, atual vice-presidente do STF. A tradição da Corte estabelece uma rotatividade na presidência baseada na ordem de entrada de cada ministro. Com a ascensão de Lewandowski, a ministra Cármen Lúcia passa a ser a vice.

À frente da presidência da Suprema Corte desde novembro de 2012, Barbosa, primeiro negro a ocupar o cargo de ministro do STF, chegou ao tribunal em 2003, nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Biografia

Barbosa estudou direito na UnB (Universidade de Brasília) e possui mestrado e doutorado pela Universidade de Paris. É professor licenciado da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro).

Antes do STF, integrou o Ministério Público Federal por 19 anos (1984-2003). Ocupou ainda diversos cargos no serviço público: foi chefe da Consultoria Jurídica do Ministério da Saúde (1985-88), advogado do Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) (1979-84), oficial de chancelaria do Ministério das Relações Exteriores (1976-1979), tendo servido na Embaixada do Brasil em Helsinque, Finlândia.

com informações de UOL e Agência Brasil

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 29/May/2014 às 22:16

    Provavelmente as limitações físicas do corpo superaram todo Status do cardo máximo do magistrado brasileiro. Uma pena, independente de minhas discordâncias ao comportamento dele como líder, desejo melhoras e merecidos descansos.

  2. luiz carlos ubaldo Postado em 30/May/2014 às 09:50

    Já se prestou ao serviço sujo da extrema direita!

  3. Aristóteles Postado em 30/May/2014 às 23:16

    Já vai tarde!