Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 12/May/2014 às 17:14
62
Comentários

Carta aberta a Ney Matogrosso

Desabafo de Ney Matogrosso em Portugal revela que ele é um dos brasileiros massacrados pela mídia tradicional

Ney matogrosso brasil portugal

Luiz Afonso Escosteguy

Querido Ney,

Depois que passamos dos setenta anos, resta-nos pouco tempo de vida. Ao menos de vida útil.

Aproveite, então, para seguir cantando. E nada mais.

Claro que tens todo o direito de se manifestar sobre o Brasil. E deves!

O que não podes, até pela tua posição no cenário nacional, é sair por aí dizendo bobagens (vídeo abaixo)! Podes não acreditar, mas há uma grande quantidade de pessoas que saem repetindo as asneiras que disseste em Portugal. Assim como tens o direito de manifestação, Não deverias, jamais, esquecer que tens o dever de bem orientar as pessoas que são tuas fãs.

Queres uma mentira dita por ti e por muita gente?

“Porque o governo brasileiro está gastando bilhões de reais para fazer esses estádios de futebol”.

És uma pessoa inteligente, que conseguiu sucesso pelos próprios méritos. Logo, deverias usar essa tua inteligência não para divulgar mentiras como essas, mas para ajudar a esclarecer que o governo não gastou com estádios.mar
Pelo jeito parece que foste influenciado pela grande mídia, interessada que é e por motivos político-econômicos, em acabar com um projeto que é um sucesso reconhecido no mundo inteiro. Ou vais me dizer que não viste o que disse o presidente do Banco Mundial. Ou o que dizem renomados economistas?

Leia também: Quem é contra o Bolsa-Família ou é mal informado ou mal intencionado

Procura te informar no lugar certo e verás a diferença entre financiamento e despesa. Ainda temos tempo de vida para aprender essas coisas.

Outra coisa, meu querido cantor: dizer que “Nos hospitais públicos, as pessoas estão sendo jogadas no chão” é cometer uma generalização do pior tipo, o tipo de quem nunca pisou em um hospital público e se aproveita – mais uma vez influenciado pela mídia – para retratar um país tendo um ou outro caso relatado.

Generalização não é artifício de gente inteligente, sabias?

Queres ver como o pecado da generalização pega gente “boba” como tu? Olha só o que dizes: “Nós somos o país que mais paga imposto no mundo”.

Queres que eu coloque os dados aqui para mostrar que, das duas uma: ou estás de má-fé, o que não acredito, ou muito, mas muito mal informado, pois até minha filha de oito anos já aprendeu que isso é uma mentira deslavada.
Outra coisa é dizer que talvez esse imposto seja mal aplicado. Mas olha que interessante: o país funciona! Somos a 6ª maior economia do mundo, temos a menor taxa de desemprego, fomos o terceiro em crescimento em 2013, à frente dos EUA inclusive.

Os serviços públicos são ruins? Na década que sequer tinhas noção de nada – a de 50 que citas como a melhor – o que tinha de melhor em relação a hoje? Que tal contribuir em vez de destruir? Vamos lá, diga aos brasileiros o que tinha de melhor na década de 50 e eu serei o primeiro a defender a volta aos velhos e bons tempos.

Leia mais: O pior analfabeto é o midiático

Temos corrupção “semanalmente, diariamente”? Querido: desliga a TV e para de ler jornal. São mais de 50.000 políticos eleitos que representam o povo em todo esse Brasil. Não poderias jamais generalizar, pois estás atingindo muita gente que é honesta e que trabalha em prol do povo. Inclusive os servidores públicos, milhões, que acreditam e trabalham por um Brasil para todos e não apenas para aqueles com os quais tens te informado.

Não somos o supra-sumo das nações? Não! Claro que não!

Mas deverias saber disso também: começamos a realmente fazer do Brasil uma nação há pouco tempo. Muito pouco mesmo. Diria que somente na década de 90 começamos os trabalhos de melhorar nossa vida.

E foi justamente quando a Constituição começou a brotar seus efeitos, sendo o principal deles a consciência da cidadania.

Mas veja que interessante (repito a expressão): consciência da cidadania é algo que só adquirimos quando não temos fome; quando não temos desemprego; quando não temos uma vida dedicada apenas à sobrevivência.

Mas essas coisas não fazem parte do teu cotidiano, né? Por isso criticas o Bolsa Família. Mas como teu fã, como cantor, te perdoo. Afinal, deves sempre estar mais preocupado com as tuas coisas e tuas apresentações e gravações do que com quem morre de fome, de sede, sem teto, ser terra, sem esperança para dar aos filhos… Fica tranquilo, te entendo.

Só não entendo essa tua falta de vontade de ajudar ou, em outras palavras, tua vontade de apenas criticar e generalizar, incorrendo nos mais básicos erros de afirmar mentiras por todos sabidas como tal.

Para finalizar, só te pediria uma coisa: te informa melhor sobre o Brasil. Saia um pouco dos palcos e da mídia que te sustenta e passe a dar entrevistas apontando soluções para os problemas que temos. E os temos de sobra, bem sabemos.

Um abraço de quem te curte há mais de 40 anos…

PS: continua só cantando, tá bom?

Recomendados para você

Comentários

  1. Gleidson Postado em 12/May/2014 às 20:34

    ...Outra coisa, meu querido cantor: dizer que “Nos hospitais públicos, as pessoas estão sendo jogadas no chão” é cometer uma generalização do pior tipo, o tipo de quem nunca pisou em um hospital público e se aproveita – mais uma vez influenciado pela mídia – para retratar um país tendo um ou outro caso relatado... Estou a procurar um hospital público que não tenha isso... Até hoje não achei... Talvez o autor se referisse a um hospital particular... Vai saber... O Ney errou em vários aspectos, ou por falta de conhecimento, ou por desonestidade intelectual. Mas achei o texto muito raso. Na verdade temos dois extremos. No primeiro o do Ney Matogrosso, onde o Brasil é um caos. No segundo o do autor, onde progredimos a passos largos para o paraíso. Fala sério né!!!

    • Joao Laion Postado em 12/May/2014 às 22:42

      Concordo com você.

    • lorena Postado em 13/May/2014 às 00:29

      sim, porque tá tudo certo com os hospitais públicos, é claro.. mulheres tendo partos nas portas dos hospitais são só alardes falsos de mídia pra vender jornal. admiro o pragmatismo, mas esse petismo ta ficando ridículo

    • Paulo Postado em 13/May/2014 às 08:21

      Acredito que você não frequenta muito hospitais públicos. Há, sim, hospitais públicos em que isso não é verdade!!!!! Corra o interior e vai ver como em algumas cidades as coisas funcionam. Agora a pergunta que não quer calar: por que algumas cidades funcionam e outras não? Pois é, você deve saber a resposta...

      • Thiago Teixeira Postado em 13/May/2014 às 10:32

        Mas não todos.

      • Paulo Postado em 13/May/2014 às 19:46

        Ninguém falou que são todos, Thiago. Mas se você fala que os hospitais do Brasil são uma vergonha, está generalizando e, por consequência, mentindo. Por que em algumas cidades a saúde funciona e em outras não? Óbvio que é problema da gestão local que é incompetente. Mas é muito mais fácil cobrar um presidente do que cobrar centenas de prefeitos né?

      • Raíssa Postado em 14/May/2014 às 08:46

        Isso é o que eu sempre me pergunto sempre

    • Allysson W. Postado em 13/May/2014 às 10:38

      Gleidson, acabei concordando com você. Obviamente o Brasil progrediu. Mas o texto do autor foi realmente raso. Principalmente no que tange aos impostos, é sabido que a carga tributária brasileira está entre as mais altas do mundo e, em contrapartida, mais mal aplicada. Estudo recente, comparando Brasil à outros países, conclui que aqui os ricos são menos taxados do que os pobres, o que resulta claramente em desigualdade econômica e social. Estamos progredindo, é verdade. Mas ainda em passos lentos, que ainda assim, são infinitamente maiores do que os dados no passado onde os tucanos governavam.

    • Raíssa Postado em 14/May/2014 às 08:43

      Gleidson em todos os hospitais públicos que foi atendida, já que não fui passear, pq não tenho plano, nunca vi pessoas largadas no chão. Sei que essa é uma realidade em muitos lugares no Brasil, mas posso dizer com consciência limpa que não são todos. O autor do texto não queria demonstrar que o Brasil está a um passo do paraíso, mas sim evitar generalizações, pq como já dizia meu professor de filosofia na 6° série "toda generalização é burra".

  2. Peterson Silva Postado em 12/May/2014 às 21:25

    http://www.portaltransparencia.gov.br/copa2014/financiamentos/assunto.seam?assunto=instituicao Eu sou do time do #NãoVaiTerCopa e sei disso. Talvez principalmente porque sei usar o Google.

  3. Elias Postado em 12/May/2014 às 22:23

    É a mais pura verdade, ptistas vivem em outro planeta.

  4. Alberto Postado em 12/May/2014 às 22:37

    De que lado o autor está? O que ele quis dizer? Os sofistas estão de volta? Pior: como conseguiu publicar isso nesse site?

    • Joao Laion Postado em 12/May/2014 às 22:44

      Fiquei um pouco confuso também... Concordo que o Ney foi meio superficial, mas eu não acho que o governo atual e a copa são lá essas coisas não. Governistas... osso.

    • Gustavo Postado em 16/May/2014 às 09:52

      Este site é também de um petismo bem superficial.

  5. deisi Postado em 12/May/2014 às 22:58

    Com tanto talento , melhor que fique só como cantor mesmo , alguém que seu grande amor foi o Cazuza , não poderia esperar outro tipo de pensamento . Sem dizer também acho que está ficando gaga ou é alienado desde sempre .

  6. Joao Laion Postado em 12/May/2014 às 23:15

    https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc3/t1.0-9/10330439_646141852122153_5639870871155631586_n.jpg

  7. Lenise Postado em 12/May/2014 às 23:35

    Fiquei horrorizada com essa entrevista. A gente sempre imagina que um artista é bem informado. Pelo que eu vi, a opinião dele está toda baseada no "ouvi falar". Uma pena.

    • Elias Postado em 13/May/2014 às 00:49

      Lenise ouvi falar que o Brasil é o país mais homicida do planeta em muitas pesquisas, e em relação a armas de fogo é campeão mundial, ouvi falar.

      • Eduardo Abreu Postado em 13/May/2014 às 14:02

        também ouvi falar que nos EUA em bases militares, em cinemas, em escolas cidadãos comuns descarregam armas automáticas contra inocentes, também ouvi falar.....

      • Daniel Postado em 13/May/2014 às 15:11

        Então pôe o link aí

    • Eduardo Abreu Postado em 13/May/2014 às 14:01

      e sempre ouvem falar através da grobo, da oia, da falha, e por aí vai... elitizinha besta.

  8. Olympio Postado em 13/May/2014 às 03:59

    Continue cantando e criticando porque tudo que você disse é verdade. Ninguém é obrigado a fazer elogios hipócritas as boas condições de saúde e aos políticos do Brasil. Uma crítica não faz mal a ninguém ainda mais quando ela é verdadeira. O problema é que muitos querem amordaçar a boca daqueles que não concordam com a forma com que as coisas caminhão aqui no Brasil

  9. Renata Postado em 13/May/2014 às 05:07

    Me deu vontade de parar de ler qdo vi que o "autor" do texto em questão começou a falar da idade do artista. Quando não concordamos com a opinião de uma pessoa sempre tentamos atacar o seu ponto fraco. Eu assisti toda a entrevista dele e me tornei fã desse cara, não por ele ter falado mal do Brasil, mas sim pq falou algumas verdades e pq vi que ele não tem rabo preso com ninguém. É por isso que as pessoas aqui atacam o cara, seja pela idade dele, seja pela forma que ele vive a vida DELE. Acabei tendo um pouco de paciência e fui ler esse texto, e o que percebi foi que na verdade não houve argumentos concretos mostrando que Ney Matogrosso está errado nas afirmativas, vi apenas uma pessoa não concordando com o que foi dito. Em determinado momento li algo que me pareceu "agora ele vai demonstrar argumentos, vai dar fontes sobre o que está falando, mostrar estatísticas". Mas não! Se o artista ficou no achismo, o escritor (fã desiludido) ao que me parece ficou na mesma: no achismo. Se é verdade que os cofres públicos não estão sendo saqueados para financiar a farra da FIFA no Brasil, pq então o povo saiu às ruas ano passado? Pq então existe tanta insatisfação com o governo do PT? E não acho, assim como o Ney, que apenas o PT é corrupto, mas infelizmente, é o que mais apresenta escândalos de corrupção sim. Sobre arrecadar impostos o Brasil pode até não ser o que mais arrecada, mas com certeza absoluta é o que menos devolve em benefícios. Acredito que a crítica dele nesse ponto foi a relação pagar X receber. Até mesmo uma criança de 8 anos perceberia isso, acredito. Ah... mas para perceber isso, essa criança deveria estar estudando em um colégio com qualidade de ensino, o que não ocorre em nosso país segundo as últimas pesquisas divulgadas, ou estou enganada? Sobre o bolsa família, apresento minha opinião e uma solução: Opinião: muita gente passa fome sim e realmente precisa dessa esmola pra poder, pelo menos, comer um arroz com farinha no mês. Basta ir ao extremo nordeste desse país pra ver as pessoas passando por necessidades que só se vê na África, animais morrendo de sede ainda é uma realidade, crianças com barriga d´agua tbm. Solução: essas pessoas não podem viver apenas com essas esmolas, então, pq não fazer uma parceria com empresas privadas e públicas e dar a elas cursos técnicos, cursos profissionalizantes atrelados ao bolsa família, bolsa não sei das quantas mais??? Uma hora essas pessoas vão conseguir emprego digno e condições de melhorar as suas vidas, mas o que o político pensa é: se eu der para essas pessoas uma educação de qualidade e uma profissão, como é que vou me reeleger???? O que eu li nesse texto foi um pseudo intelectual defensor apaixonado de um partido. Ou seja, fanatismo, seja ele de qual categoria for, nunca fará com que as pessoas tenham uma visão mais clara sobre o mundo em que vivemos. Fica a dica.

    • Dhoco Postado em 13/May/2014 às 14:10

      Típico comentário de alguém que fica nos “achismos” da mídia, vive apontando o dedo falando mal das mazelas da sociedade do alto de seu apartamento alto padrão. Que reclama da cidade suja, cheia de pedintes de dentro [sic] de seu carro de luxo nacional. Que fala mal da saúde pública, mas não atende a um Agente de Saúde quando bate a porta, afinal, eu tenho plano de saúde, porque me preocupar? Que reclama do Brasil, e ainda acha que vai viver “o sonho americano” sem ao menos saber como as “coisas” funcionam por lá. Que diz que o único lugar do mundo “bom de viver” é a Europa, e não sabe que um dos países que mais cresceu economicamente no mundo, é o nosso vizinho, tão mal visto Paraguai. E sim, são pessoas “aparentemente” como você, que saíram as ruas ano passado, sem um ideal, sem uma meta, sem um objetivo, apenas, querendo ser mais um, no meio da multidão para tirar fotos e “bostar” nas redes sociais, dizendo: “eu fiz parte disso”, mas quando tem uma campanha para ajudar idosos (exemplo) acha que não deve gastar seu precioso tempo com “bobagens”. Quanto aos argumentos apresentados no texto, basta uma pequena busca no nosso “buscador web” preferido, e as respostas estarão ali, escancaradas na sua frente, mas isso você não vai querer ver, afinal de contas, você já sabe tudo, e não esta aberta a informações. Tenha pena do pobre autor do texto, que imaginou ver um pouco de inteligência nos seus leitores, porém foi deflagrado com criticas de pessoas que NÃO entenderam, ou não quiseram entender os argumentos por ele levantados (acreditando que as pessoas soubessem do que esta falando). Resumidamente, vou expor a minha opinião sobre o texto: “O Brasil, de longe esta como todos nós gostaríamos que estivesse, mas também, não é esta desordem por ele apresentada. Saibamos criticar o que merece ser criticado, e reconhecer o que de melhor se tem feito".

      • Renata Postado em 14/May/2014 às 00:54

        Camarada Dhoco... meu primeiro pensamento foi "ahhhh vou falar pra esse indivíduo que não quero perder meu tempo com ele não", mas isso iria abrir espaço para o seu mimimi de puxa saco de político, então vou te dizer o que foi o meu comentário: foi o típico comentário de uma cidadão que está cansada dessa hipocrisia e dessa chupeta que assim como vc muitos outros fazem nessa politicagem. Sim eu falo mal sim da situação do Brasil não pq estou te escrevendo de meu apartamento de alto padrão, mas pq eu ando de busão, meu carro é do ano 2000, não tenho plano de saúde e qdo preciso ir ao médico tenho que marcar horário no postinho (ordens do prefeito para não ter filas intermináveis), sempre estudei em escola pública, até terminar o ensino médio, pois faculdade pobre tem que fazer em particulares mesmo, sou bolsista do PROUNI hoje em dia. Não acho que exista outro lugar melhor para viver que não seja o Brasil, mas não sou burra o suficiente de achar q pq o governo hj concede uma bolsa esmola (e digo esmola pq o valor é irrisório) está tudo bem. Se antes tinhamos 40 milhões na faixa da extrema pobreza e hj temos 10 milhões isso não significa que essas pessoas estão bem, moram bem, comem bem, estudam bem, dormem bem... isso não passa de estatística, assim como fazem com o analfabetismo brasileiro. As crianças pulam de série em série sem saber ler, qdo sabem ler não sabem dizer o que foi lido. Nas ciências exatas é pior ainda, o Brasil ficou (pra variar) entre os piores do MUUUUNDO (sim eu sei usar as ferramentas da internet para me informar querido idiota). É verdade, eu tenho vergonha de ter participado daquelas passeatas de junho/julho de 2013. Eu achava que estava sim fazendo parte de alguma mudança, mas percebo que não. O que foi que mudou de lá pra cá? Nadaaaaaaaa! Eu sei muito bem o mundo em que vivemos e principalmente o Brasil em eu vivo, já onde vc vive eu não sei, mas parece o mundo da Lua. Saia dessa sua bolha fanatista política e faça vc mesmo alguma coisa no bairro onde vive. Antes de vir aqui falar o que eu sou, o que eu deixo de ter e o que penso, comece a mudança por vc. Para de chupar o pau de quem não faz nada por vc, ou vc recebe algum trocado pra ficar aqui nessa página falando suas merdas? Ah tenha dó!!! Por isso que nunca comentei nada aqui. Bando de alienados.

      • Dhoco Postado em 14/May/2014 às 14:09

        Prezada, antes de qualquer coisa, como você mesma disse, vou responder, porque vejo que o mundo, as situações, os casos e acasos da sociedade são melhores discutindo (por favor, não entenda “discutindo” como briga – não precisamos baixar o nível, não é?) e o que move o mundo, são os debates e a divergência de opiniões (já pensou se todos nós tivéssemos a mesma ideia, o mesmo gosto, o mesmo jeito, a mesma opinião, a mesma cor o mesmo sexo, que mundo tedioso teríamos?). Quando fiz meu comentário sobre a sua exposição de ideias, perceba que usei o termo “aparentemente”, ou seja, não fiz um julgamento preciso sobre sua pessoa, muito menos determinei que, o que ali escrevia, era direcionado a ti, justamente por não ter conhecimento sobre você. Quando usei o termo “típico comentário de alguém...”, isso significa que não estou me referindo a você, mas sim, a um grupo de seres pensantes que distribuem opiniões semelhantes em meios de comunicação em massa, espalhados pelo globo. Falando basicamente sobre meus ideais, pensamentos, enfim, sobre meu modo de ver o que acontece no mundo político, posso dizer indubitavelmente, que sou apartidário, não defendo siglas ou legendas. Referente a bolsas de ajuda, ou como você chama “bolsa esmola”, não vejo por esse lado, temos que aprender a ver o mundo, não somente como o nosso modo de pensar, talvez para você, R$ 70,00 seja esmola, para mim, é o que gasto em cerveja em um “happy hour”, porém para muitas pessoas, esses setenta pila [sic] é a diferença entre passar fome, ou não. Trabalhar em capacitação técnica para os jovens é algo que vem crescendo, e muito (só olharmos a quantidade de escolas técnicas inauguradas nos últimos anos), porém cá entre nós (só eu você, bem baixinho); Você acha que um senhor ou uma senhora que viveu a vida intera no campo, terá capacidade motora para trabalhar em funções técnicas industriais? Você não acha melhor, a sociedade investir em uma agricultura familiar, incentivar essas “pessoas” a fazer o que elas realmente sabem, dando condições para o sustento de sua família? (exemplo – a tão criticada obra de transposição do Rio São Francisco). A educação vai mal, sim, mas em alguns pontos e lugares específicos, não podemos generalizar e chamarmos a educação publica de ineficiente, há muita “coisa” boa nas escolas públicas, e não podemos fechar os olhos para isso, a não ser é claro, se ficarmos apenas com a opinião da nossa mídia sensacionalista, que quer acima de tudo, vender. O que mais vende na mídia brasileira hoje em dia? Tragédia, roubo, descaso. Quando que foi a ultima vez que você viu bons exemplos em escolas públicas mostrada na mídia? Percebe a opinião generalizada? Sobre as passeatas ocorridas no ano anterior, apesar de terem ocorrido sem um ideal mútuo, podemos dizer que a população esta 0,05% mais politizada, depois destes. Como disse no comentário anterior: “O Brasil, de longe esta como todos nós gostaríamos que estivesse, mas também, não é esta desordem por ele apresentada. Saibamos criticar o que merece ser criticado, e reconhecer o que de melhor se tem feito". Sei muito bem das condições atuais do país, não limito-me as informações passadas pela grande mídia, apenas pelo fato de estarem apenas para vender conteúdo, já perde, segundo meus ideais, toda a credibilidade. “Viver no em uma bolha fanatista” com mencionado por ti, é acreditar apenas naquilo que queremos sem ter a mente aberta para novas opiniões e/ou informações. Não vamos nos limitar a isto, o mundo é muito maior do que aquilo que vemos da nossa janela, do que pensamos, do que acreditamos. PS: Não precisamos utilizar palavras de “baixo calão” em discussões como esta, você não acha? Pois afinal, ao utilizar estes termos, estará usando dos mesmos argumentos, criticados por você anteriormente, sobre o texto.

      • Renata Postado em 15/May/2014 às 10:11

        Em 1º lugar: qdo vc comentou sobre a matéria foi clicando em “responder” ao meu comentário, logo, qualquer pessoas com o mínimo de intelecto entenderia que estava se referindo a mim, principalmente qdo disse “típico comentário”; 2º lugar: qdo digo “bolsa esmola” é devido o valor que é irrisório, como bem disse antes. Afinal, sair da extrema pobreza pq vc recebe R$ 70,00 por mês é uma piada. E sim, concordo que existem pessoas que realmente precisam desse valor para comer, como tbm afirmei no meu comentário inicial. 3º lugar: sou uma pessoa que argumenta com fatos, onde estão os fatos que podem provar que os cursos técnicos estão crescendo? Se estão, não são atrelados aos benefícios sociais. Essa foi a minha sugestão: atrelar os benefícios a cursos profissionalizantes para que essas pessoas não sejam dependentes eternas do Estado. 4º lugar: sobre a transposição do Velho Chico, me desculpe, mas tive rir! rs Faz quanto tempo que essa obra está para ser feita e ainda não saiu? A culpa seria de quem? Do povo que lá mora e não sabe aproveitar o que tem ou da corrupção que assola esse país? 5º lugar: se a educação vai bem apenas em alguns pontos e lugares específicos, mais uma vez peço desculpas, mas volto a gargalhar, pois afinal, não podemos vangloriar exceções. Muito pelo contrário não é? Deveríamos ter apenas esses lugares e pontos específicos como exceções. 6º lugar: concordo em um ponto com vc: a mídia adora vender tragédias mesmo. Mas, e sobre a polícia fascista que Ney Matogrosso fala na entrevista? Isso tbm é uma alienação da cabeça senil dele? Ps: se vc não se limita apenas a informações passadas pela grande mídia, eu tbm não.

      • Dhoco Postado em 16/May/2014 às 10:43

        Olá, tudo bem? Volto aqui nestes comentários, após ler a sua colocação para discutirmos alguns pontos (gostei de falar contigo . Vamos focar primeiramente sobre o ensino técnico e atrevo-me a incluir o superior. Alguns dados para nós refletirmos: nós últimos 10 anos foram criadas 18 universidades federais, dentre elas, Ufersa em Mossoró (RN), UFRB em Cruz das Almas (BA), Univasf em Petrolina (PE), UFFS (Chapecó, Cerro Largo, Erechin, Laranjeiras do Sul, Realeza e Passo Fundo) só para exemplo. Mas para ajudar, dá uma olhada em documento emitido pelo MEC - A expansão do sistema federal de educação superior no período de 2003 a 2012, só pesquisar no seu buscador preferido, sem falar no Prouni que oferece 1,2 milhão de bolsas em universidade privadas. Nos últimos 10 anos, foram criadas cerca de 214 escolas técnicas além do PRONATEC, que coisa não? Na sua quinta (5ª) colocação, acho que o texto não foi devidamente interpretado.Referente a “policia fascista”, te pergunto: Você realmente sabe o que este termo significa? Ele, realmente sabia o que este termo significava quando usou? Antes de chamar a policia de fascista, da um Wikipédia mesmo, e reveja essa denominação. Afinal de contas, policia militar para quê, não é? Veja o que esta acontecendo em Recife hoje, não muito diferente do que aconteceu em Salvador, semanas atrás. Mas este, realmente é um tema delicado, afinal, até onde vai o dever da policia em usar da força para conter a massa? Até onde pode-se considerar justificável, matar uma pessoa para o mantimento da ordem nacional? O que deve ser trabalhado, as ações dos agentes, que são meros funcionários públicos exercendo a sua função? A visão que a parte da população tem destes policiais? A mídia que mais uma vez, sensacionalista, tratando policiais como bandidos, e bandidos como inocentes, vitimas de uma sociedade que....enfim, é uma delicia discutir isso. Abraços.

    • Renata Postado em 19/May/2014 às 03:27

      Não sei se vc assistiu a toda a reportagem do cantor, mas enfim.... ele deu como exemplo o Amarildo, mas além deste, podemos citar a moça que foi arrastada pela "políça", que final de contas, só estava cumprindo o seu dever, são meros trabalhares. Mas temos tbm o rapaz baleado, que não foi baleado e acabou sim sendo baleado pela mesma "poliça" cumpridora de seu dever. Mas essas pessoas são apenas estatísticas, como tantas outras que sequer são noticiadas. Sobre o que aconteceu em Recife e em Salvador, será que são apenas trabalhadores reivindicando por melhorias ou seria mais uma disputa política? Nunca vamos saber. Sobre a inauguração de universidades e cursos técnicos, só pra explicar, minha colocação foi deles serem atrelados aos programas sociais, nada além disso foi foco dos meus comentários. Sobre o significado para Fascista, existem vários, mas não sei, acho que o que eu quis dizer foi no seguinte sentido, e acho que o Ney tbm.. sei lá só acho: "Em alguns casos, a palavra fascista pode ser usada em sentido figurado, indicando uma pessoa excessivamente autoritária, que não tem preocupações com a liberdade dos outros. Ex: O patrão dele é um fascista, vive oprimindo os seus trabalhadores!" Mas o significado completo está aqui, caso queira dar uma olhadinha: http://www.significados.com.br/fascista/ Sem mais... cansei!

    • verusca Postado em 20/Jul/2014 às 10:53

      concordo.

  10. Renata Postado em 13/May/2014 às 05:19

    Poxa vida... vamos ter um pouco de bom senso né? Esse texto nitidamente afronta a inteligência de qualquer um.

    • Pereira Postado em 13/May/2014 às 09:36

      Renata, Primeiramente parabéns pelo seu senso crítico. Acredito que você seja nova por aqui, acertei ? Aqui há um fanatismo de esquerda revolucionária, aquela bem romântica do tempo da guerra fria, entendes ? Aqui tudo que a direita faz , escreve e divulga é "mentira" , em contra partida tudo que o governo faz é legal , moral e "defende os interesses do povo". Exemplo disso pode ser o mensalão, primeiro eles diziam que não se tinha provas, depois das provas apresentadas e condenações falaram que foi a mídia de direita que manipulou as informações e por fim aventaram um discurso que não haveria ilegalidades nos atos praticados. Eu até acho que vocÊ teve muita paciência com o texto, paciência que, depois de quase 1 ano comentando por aqui, perdi por completo. Não me preocupo mais em embasar meus comentários, pois se os deles são carregados de ódio e preconceitos, por que os meus haveriam de ter embasamento ? Procuro agora fazer comentários curtos e grossos e direto ao ponto, pois assim garanto que serão lidos. No seu texto acima renata faltou mencionar uma coisa : A FIFA faz copa com 6 a 8 sedes no máximo, por que Lula pediu 12 ? para mostar cada canto do Brasil ? Não , é para ter mais tetas para se mamar. Ademais Renata, não sei se você tem alguma ideologia, mas se tiver procure não externá-la, pelo menos por aqui, eu cometi a "burrice" de ser cristão e informar isso, e você nem advinha como sou tratado por aqui.

      • Dhoco Postado em 13/May/2014 às 13:49

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkk quase chorei lendo seu "depoimento" foi a lá falecido orkut [sic]

      • Renata Postado em 13/May/2014 às 15:51

        Pereira, eu não sou nova por aqui, na verdade já acompanho essa página tem algum tempo (uns 2 anos acho) e nesse tempo vi como houve uma decadência nas reportagens (ou esse era o objetivo deles, sei lá). Mas o fato foi é que eu odeio gente tapada, principalmente qdo isso envolve algum tipo de fanatismo. Infelizmente não resisti em comentar, coi que fiz com inúmeros outros artigos aqui. Eu já alguns comentários seus Pereira, não me lembro quais, mas tenho a lembrança de não concordar com algumas de suas ideias. Enfim.... só comentei pq achei q esse texto me ofende intelectualmente qquer cidadão q tenha um pouco de amor a pátria e, principalmente, amor a si mesmo.

      • Renata Postado em 13/May/2014 às 16:28

        Ah Pereira.. outra coisa... não deixe que esse fanatismo desse pessoal te cegar e fazer com que vc comente sem argumentos. É isso que eles querem. Um conselho: não se preocupe tanto com essa página ou com as pessoas que aqui comentam, afinal, iguais a esta exitem várias outras. Leia se o assunto te interessar mas não te estresse. ;)

      • Pollyana Postado em 02/Aug/2014 às 17:16

        esse jornal tem o descaramento de chamar os outros veículos de "tendenciosos", kkk falta de espelho

  11. Rodrigo Postado em 13/May/2014 às 06:14

    Nossa que País maravilhoso! Aonde fica? Me diz aí cara aqui no Brasil com tamanha violência, saúde precária, educação medíocre e uma.polícia que só soluciona 10% dos seus crimes e sem contar a corrupção não está dando mais.

  12. gustavo Postado em 13/May/2014 às 07:33

    nossa, que merda de texto...podemos concordar que críticas sem ações são rasas, mas esse texto nos chama de otários...será que não erraram a pauta e o autor está falando de outro lugar? credo, vou parar de acessar esse site...normalmente compartilho de algumas opiniões, mas essa foi pra acabar com o dia de qualquer um...quanta asneira.

  13. luiz carlos ubaldo Postado em 13/May/2014 às 07:43

    com a palavra os coxinhas de plantão, um bando de fdp que apoia outro fdp!

  14. Paulo Postado em 13/May/2014 às 08:24

    Meu caro, não existe um centavo de dinheiro federal nos estádios. Como disse o autor, vá procurar saber a diferença entre financiamento e despesa. O BNDES é um banco e banco vive de empréstimos ok? E quem pega empréstimo, paga o empréstimo com juros. Então pare de ficar divulgando esse lugar comum de que o governo federal está gastando bilhões com estádios.

    • Eduardo Abreu Postado em 13/May/2014 às 13:59

      Paulo não interessa a quem quer desconstruir falar o que é, querem sim é confundir a cabeça do povo.... tipo o finado Chacrinha que dizia "eu não vim pra explicar eu vim para confundir", a função desses "fazedores de cabeça" tipo o personagem retratado na matéria. Só que o Brasil não é ruim como que ele fala, é infinitamente melhor quem muitos paises do mundo, com todos os seus problemas, mas se ele não gosta, que mude daqui não fará falta alguma.

    • Carlos Prado Postado em 13/May/2014 às 15:32

      Grande BNDES, ainda assim o dinheiro do BNDES é público e utiliza taxas de juros artificialmente baixas, e este dinheiro muito ajuda para a inflação, uma forma de distribuição de renda do povo para os amigos do governo. Quando os bancos estatais começarem a seguir a mesma lógica de um banco comercial e não poder ser salvo por decretos ou jogo político - o que infelizmente também ocorre com os comerciais, mas apenas com a ajuda dos estatais, que emprestam dinheiro infinito a juros baixíssimos - ai sim o seu comentário passará a fazer algum sentido.

    • Paulo Postado em 13/May/2014 às 19:50

      Carlos, o dinheiro do BNDES está lá. É uma grande MENTIRA dizer que estão deixando de investir em saúde e educação para investir na construção de estádios, NÃO ESTÁ SAINDO UM CENTAVO DO ORÇAMENTO FEDERAL PARA ESTÁDIOS!!!!!!!!!!!!!!!!!! O dinheiro do BNDES é o dinheiro do BNDES e ele é EMPRESTADO. Dinheiro emprestado não é dado, ele vai ser pago e se não for, existem garantias que serão executadas até o valor do empréstimo. Vamos acabar com este sofisma de que estão usando dinheiro público em estádios.

    • Carlos Prado Postado em 14/May/2014 às 01:06

      Eu mesmo não disse nada contra o dinheiro público em estádios. Dizia contra qualquer empréstimo feito pelo BNDES, os quais fazem parte de um esquema de distribuição de renda muito maior que o bolsa família e de uma bolha econômica(nada muito grande ainda, mas não deixam de ser recursos desperdiçados). Não toquei no ponto, mas agora digo que não é sofisma algum dizer que é dinheiro público em estádios. O dinheiro do BNDES não deixa de ser público, e se sem ele a iniciativa privada não se envolveria em estruturas para a copa então tem algo realmente errado com estes empréstimos.

    • Paulo Postado em 14/May/2014 às 13:37

      Ora bolas Carlos, sem o dinheiro do BNDES a iniciativa privada não faria muita coisa no Brasil, não só os estádios. Quero saber uma coisa, deixou de ser feita alguma coisa por causa do dinheiro emprestado para construção do estádios? Se sim, o que deixou de ser feito? Como disse, o dinheiro do BNDES é para isso mesmo, emprestar. Não houve despesa nenhuma com estádios, este dinheiro foi emprestado e vai voltar. Não sei porque não conseguem entender isso, parece muito simples para mim.

    • Carlos Prado Postado em 15/May/2014 às 14:22

      Ora, Paulo, não faria porque? Não seria porque seriam investimentos inúteis e dispendiosos, mas que com a ajuda do BNDES o empresário pôde lucrar sem riscos e nós que ficamos com o prejuízo? O problema que você não entende é que não é tão simples, há o que você mas também o que não vê. O dinheiro volta, sim, isto é óbvio. Mas ter o dinheiro agora não é o mesmo que tê-lo depois, são valores diferentes - além de que há a possibilidade de o investimento dar errado e não haver dinheiro algum para depois. Isto justifica o juros. Todavia os juros cobrados pelo governo são muito abaixo do mercado, não justificariam investimentos normais, ainda mais investimentos que ninguém vê ganhos, só desperdícios de recursos finitos - e é importante lembrar do meio ambiente aqui também. O dinheiro estatal emprestado a juros artificialmente baixos leva a vários problemas e a uma grande concentração injusta de renda. Ele permite projetos irracionais sem foco em economia, qualidade e retorno. Permite também que façam-se investimentos em títulos de dívidas públicos onde pode-se ter um lucro fácil com o dinheiro do governo sem fazer nada, tirando dinheiro que é do cidadão e permite que se aufira lucros através de empréstimos privados irresponsáveis com juros menores, lucrando pela diferença dos juros. Todo este dinheiro extra criado do nada(criado na hora de cada empréstimo e na compra dos títulos) criam inflação, pois inicia-se uma demanda artificial por produtos sem antes ter produzido algo para dar em troca. Quem recebe este dinheiro e dele se beneficia com lucros fáceis pela diferença dos juros pode investir num setor e enriquecerá aproveitando os preços ainda baixos. Logo a demanda e o aumento na oferta de dinheiro farão os preços deste setor aumentar e este também poderá investir com o dinheiro extra em outros setores, aproveitando o preço baixo do resto da economia. Logo os primeiros a receber o dinheiro se beneficiam dos últimos e os últimos não verão dinheiro extra antes de já estar vivenciando um mercado muito mais caro mesmo dispondo de renda igual.

  15. Deisi Postado em 13/May/2014 às 09:05

    Luiz Carlos eles jamais perderiam a oportunidade , só sei de uma coisa se as coisas não estão tão boas , também não está tão horrível , como os coxinhas gritam aos quatro ventos . Me encontro em Blumenau , pois meu esposo está a espera de um transplante . Aqui chegou um senhor , que foi até os Estados Unidos , gastou mais 1 milhão de reais sem sucesso , aqui em Blumenau tem um hospital referência em transplantes múltiplos . tudo custeado pelo SUS ,não se paga nem um centavo . Ele fez transplante em dois meses , se buscasse informações sobre o Brasil , poderia ter economizado uma grana .Aqui em doze anos só de figado já são mais de 800 transplantes , e a medicação de alto custo também é fornecida pelo SUS .

  16. Guilherme Augusto Postado em 13/May/2014 às 09:32

    Ney, Roger, Lobão, Barone, Dinho... do jeito que está, eu to dando é graças a Deus pelo Cazuza e Renato Russo já terem morrido no tempo certo! Não aguentaria vê-los se revelando uns tiozões reaças também...

    • Eduardo Abreu Postado em 13/May/2014 às 14:12

      quando o Ministério da Cultura patrocina projetos deles eles não falam nada, ou será que não tem havido mais projetos....

  17. Alek Postado em 13/May/2014 às 10:12

    Me entristeço como brasileiro ao ver a que ponto chegamos com a "IMBECILIDADE POLÍTICA". Vivendo num país que se divide, a cada dia que passa, entre Direita e Esquerda, cada lado defendendo CEGAMENTE seus partidários. Que bom seria se as pessoas se UNISSEM por um Brasil melhor, ao invés de defender políticos corruptos e interesses próprios. Quando leio matérias como essa, e outros tantos comentários defendendo o que não tem defesa, começo a acreditar que nunca seremos uma grande nação de verdade. Nossa bandeira não é azul ou vermelha, PT ou PSDB (ou outros tantos P's), o Brasil é um só, e como brasileiros deveríamos sempre buscar e defender O MELHOR PARA TODOS.

    • Carlos Prado Postado em 14/May/2014 às 01:10

      Que cada um busque o melhor para cada um, pare de querer dizer o que é melhor para mim ou para ele. Cada um buscando o melhor para si todos vamos mais longe. E que aqueles que estejam mais adiante possam em algum momento dar uma mão para alguns outros, não com essa presepada de ajudar um grupo, mas indivíduos em sua individualidade.

  18. Luiz Postado em 13/May/2014 às 10:55

    Meu esquerdismo à parte, também concordo com alguns comentários que o autor coloca o Brasil num patamar estranho à realidade. As coisas não estão tão bem assim. Mas também não estão tão mal quanto o Ney e alguns reaças aqui gostariam que estivesse. Ele fala bem que a diferença entre a década da 50 e hoje é gritante, e para melhor. Mas não estamos em um mar de rosas. Se a saúde em muitas cidades é precária, é um simplismo grosseiro atribuir isso exclusivamente ao governo federal. Mas complexidade não é característica do pensamento direitista atual.

    • Eduardo Abreu Postado em 13/May/2014 às 14:17

      acho que as vezes vale a pena ser alienado, a ler e ver uns e outros falando besteiras. Muitos aqui deveriam ser perguntar o que tem feito para melhorar o que acham estar tão ruim.

  19. igor Postado em 13/May/2014 às 14:07

    escorreu bosta da tela do meu pc...

  20. Thiago Teixeira Postado em 13/May/2014 às 14:58

    Papinho muito manjado, muito PiG, muito coxinha, esperava mais do Sr. Ney Matogrosso. O interessante é a diferença de postura de um jornalista de TV estatal, como é a RTP em relação essas drogas que temos aqui. Se alguém está acompanhando o Roda Morta da TV Cultura vai perceber a diferença de entrevista entre governadores tucanos e petistas. Ontem não deixaram o Tião Vianna falar, bombardearam o cara com a questão dos haitianos e quando ele se saia bem logo cortavam com outra pergunta até o cara se contradizer. Na entrevista com o governador do tucano do Paraná, só fizeram perguntas para que ele pudesse aproveitar e descer a lenha no governo federal. Ridículo.

  21. Eliana Postado em 13/May/2014 às 15:22

    Discernimento pessoal...

    • Eliana Postado em 13/May/2014 às 15:37

      Errata:- Discerrnimento, pessoal...!

  22. Carlos Prado Postado em 13/May/2014 às 15:33

    Se não bate com a minha realidade inventada, então é só besteira... Este Ney tem que consultar o manul do partido antes de emitir opiniões tão caluniosas.

  23. Raíssa Postado em 13/May/2014 às 16:04

    Nada a ver com o assunto, mas é de suma importância para o Brasil: "Ruralistas entram na Justiça contra ‘lista suja’ Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária tenta acabar com cadastro de empregadores flagrados com trabalho escravo" http://www.brasildefato.com.br/node/28486

  24. renato Postado em 13/May/2014 às 16:47

    Acho que o Nei fez um julgamento do país ,errado sim...generalizou a saúde ,os impostos sem esclarecer que essas áreas são de responsabilidade dos estados e municípios tbm, ele não foi honesto com a informação correta...se ele não sabe devia ficar calado.

  25. Flaviano Alves Postado em 17/May/2014 às 08:11

    Realmente, o texto do Ney é um texto raso, típico de quem só se informa através dos jornais do PIG, e quando se informa. O país possui problemas sérios para serem resolvidos sim, mas fez muitos progreessos desde a eleição de Lula.Afinal, economia estável com crescimento e distribuição de renda, valorização do salário mínimo depois de dêcadas de arrocho, não são avanços que podem ser ignorados, apesar da mídia elitista fazer de tudo para esconder tais avanços e apresentar uma imagem negativa e distorcida da realidade pois, afinal, quem está governo não é um de seus representantes. quanto ao problema dos hospitais ao qual se refere o nosso querido artista, é bom lembrar que a saúde pública é responsabilidade da União, estados e municípios, e, por isso, a qualidade do atendimento médico varia de acordo com a capacidade de gerenciamento do ente administrativo. não se pode colocar a culpa toda no governo federal.

  26. Pollyana Postado em 02/Aug/2014 às 17:05

    petismo virou seita, kkk são lula! santa dilma! contra a legião de demônios como o Ney, kkkk