Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 29/Apr/2014 às 17:41
28
Comentários

Somos mesmo "todos macacos"?

Daniel Alves protestou com espontaneidade e irreverência, mas a campanha “Somos todos macacos” não foi tão espontânea. Grife de Luciano Huck lançou camisa referente à campanha no valor de R$ 69,00

A reação foi rápida. Horas depois de Daniel Alves reagir com maestria a uma provocação racista, Neymar postou no Instagram uma foto segurando uma banana com a hashtag “somostodosmacacos”. O protesto viralizou e ganhou a adesão de famosos: Luciano Huck e Angélica, Ivete Sangalo, Alexandre Pires e até Inri Cristo posaram com a banana.

Seria tudo lindo e altruísta não fossem duas coisas.

A primeira é que nós, negros e pardos, não somos e nem gostamos de ser chamados de macacos. Chamar uma pessoa de cor de macaco é um dos xingamentos mais comuns e cruéis. Coloca o negro em uma posição subalterna em relação ao branco, ao aludir a um animal que apesar de semelhante aos humanos está alguns andares abaixo na escala evolutiva. É pesado e cheio de subtextos, diferente de “tição”, por exemplo, que alude só ao tom da pele.

huck angélica somos todos macacos

Admitir que “somos todos macacos” é uma defesa equivocada e perigosa. Equivocada porque nenhum racista questiona que os humanos são primatas. Perigosa porque traz o significado implícito de que somos todos iguais, mas para combater o racismo de frente é melhor destacar as diferenças.

O outro problema é que o movimento “Somos todos macacos” não foi tão espontâneo. A sacada de Neymar na verdade já estava planejada por uma agência de publicidade. Até aí tudo bem, porque as ofensas são tão corriqueiras que não surpreende deixar uma resposta pronta.

Só que hoje a grife do Luciano Huck lançou a camisa referente à campanha. Com uma estampa fazendo referência à manjada banana de Andy Warhol, está sendo vendida a 69 reais. A imagem promocional mostra um casal de modelos brancos.

Daniel Alves protestou com espontaneidade e irreverência. Seu ato já pode ser considerado um marco na luta contra o racismo no futebol. Mas não significa que devemos dar de ombros para o racismo e achar que a melhor saída é ignorar a ofensa. Ele fez o melhor que possível naquele momento, em pleno campo e antes de cobrar um escanteio.

Foi notícia no mundo inteiro e o problema do racismo voltou para a agenda de discussão sem a necessidade de hashtags artificiais e famosos forçando semblante indignado no Instagram.

Aí vem a tal campanha e na cola dela uma camisetinha bem oportunista, sem buscar questionamentos mais elaborados sobre a questão racial. Tudo bem superficial, na velocidade das redes sociais, sem se prender a questões mais profundas como defender cotas raciais ou questionar porque morrem mais negros do que brancos por causas violentas.

Talvez porque, como eles dizem, “somos todos macacos”, ou seja, iguais, e racismo é uma coisa de idiotas que estão lá do outro lado do mundo.

Marcos Sacramento, DCM

Recomendados para você

Comentários

  1. Arthur Postado em 29/Apr/2014 às 17:56

    Só para corrigir um ponto, não estamos em escala evolutiva menor que os macacos, estamos numa mesma escala. Todos os animais igualmente evoluídos, evolução não é uma melhoria genética é uma ação contínua de adaptação ao ambiente.

    • Juliano Postado em 30/Apr/2014 às 09:14

      bem lembrado... Uma árvore seria mais "evoluída" que um homem pensando nesses termos, pois ela produz seu próprio alimento. Uma ave então que é capaz de voar sem ajuda de uma máquina.

      • Arthur Postado em 30/Apr/2014 às 11:18

        Nada é mais evoluido que nada, todos os seres vivos atuais são igualmente evoluídos.

  2. ademar Postado em 29/Apr/2014 às 18:00

    Vai ser oportunista assim lá no Planeta do Macacos este Luciano Huck....

  3. Peco Pguá Postado em 29/Apr/2014 às 18:02

    Nada fora do corriqueiro vindo do Huck. Basta lembrar da associação de palavras "região serrana do Rio-Peixe Urbano".

  4. Ciro Messias Postado em 29/Apr/2014 às 18:04

    É de se indignar uma campanha oportunista, nojenta e pseudo altruísta por parte deste apresentador. Não sei o porquê da omissão da FIFA em todos os casos de racismo no futebol. Multar os clubes? Isso ainda é muito pouco. Banir este torcedor que jogou a banana também. Nesse ponto sou muito radical, e deveriam se estudar novos métodos mais rigorosos para tentar erradicar esse tipo de atitude dentro de campo. É absurdo como essa entidade nojenta é conivente e omissa com esses casos.

    • gloria Postado em 29/Apr/2014 às 23:34

      A fifa ñ pune pq a pessoa q sofre o racismo dentro de campo tbm sofre fora de campo e tem a pele escura, se fosse o contrario na certa o racista pagaria c\ a própria vida.

  5. Rodrigo Postado em 29/Apr/2014 às 18:09

    Um paralelo: quando da alegada (alegada em virtude de ele não ter representado contra o suposto ofensor, não tendo havido condenação) injúria racial do argentino Desábato, contra o jogador Grafite, houve quem disse que, ao se assumir publicamente como "Grafite", ele estaria abdicando da proteção penal contra injúrias raciais. Algo claramente equivocado, para se dizer bem pouco, mesmo porque os direitos da personalidade e, mais, a dignidade da pessoa humana, são irrenunciáveis. Ainda, poderíamos pensar que, de um lado, uma atitude de dizer "somos todos macacos" pode remeter à origem da espécie humana. Pensar no famoso teste de DNA feito no "ativista" da "supremacia branca", Craig Cobb, a revelar que tem 14% de ancestralidade africana, especificamente da África subsaariana. Na pesquisa do biólogo Alan Templeton, a demonstrar que 85% das diferenças genéticas ocorrem entre pessoas possuidoras das mesmas características físicas ("os nossos genes vêm de todas as partes"), já as diferenças entre os negros africanos e os brancos europeus, que serviriam de base para raças bem distintas, sendo de apenas 15%. Diante de tanto, vemos que a diferença entre brancos, negros, pardos, índios, é muito pequena. Não há, pois, qualquer correlação lógico necessária com a inteligência, com a ética, propensão ou não ao crime e demais pontos que o incauto queira usar como meio de depreciação de um(s) e louvor a outro(s); eventuais limitações podem, sim, ser oriundas de alimentação deficiente, ensino deficiente, ou seja, fatores não biológicos. Em tal sentido específico, pois, digo que somos todos macacos, entendendo a crítica do texto ora postado. Tal, ainda, que, como disse outro jornalista, face à mercantilização da luta contra o racismo, no caso concreto "somos todos bananas".

  6. Nelson Novaes Postado em 29/Apr/2014 às 18:16

    Nós humanos não estamos andares acima na escala evolutiva em relação aos demais primatas. Quem entende de evolução sabe que não existem espécies mais evoluídas que as outras. Nós não descendemos dos chipanzés, por exemplo. Tanto eles como nós descendemos de ancestrais comuns, ou seja, ambas as espécies são vivas e resultado de uma história evolutiva particular, tendo cada uma derivado da sua maneira. De resto, bom texto.

  7. Denisbaldo Postado em 29/Apr/2014 às 18:19

    Esperar que um branco combata o racismo é o mesmo que esperar que o rico combata a pobreza. Esse problema é do negro e ele deve se organizar e combatê-lo com rigor. Por que os negros não se unem e formam clubes de basquete, futebol, etc. somente com negros??? Às vezes para progredir, deve-se regredir um pouco para mostrar o quão injusto é o racismo. O dia em que os negros não participarem das associações brancas, quando disserem não ao dinheiro branco e puderem organizar suas próprias companhias bem sucedidas e lucrativas, o mundo branco irá valorizá-lo. Enquanto forem empregados de brancos, serão tratados com racismo. O racismo atravessa gerações, o mal é mais fácil de ser aprendido, sempre.

    • Matheus B. Postado em 29/Apr/2014 às 18:28

      Quem sabe escravizar os brancos por um tempo também!?

      • Denisbaldo Postado em 29/Apr/2014 às 18:40

        Eu acho que o negro tem que construir sua própria história e apagar os séculos da escravidão mostrando que sozinhos podem ser bem sucedidos. Talvez assim venham a ser mais respeitados. Para muitos brancos eles ainda são seus subalternos, inferiores e escravos.

      • eduardo Postado em 29/Apr/2014 às 18:50

        Você sabia que quem capturava e vendia os escravos para os navios negreiros europeus? Sim os Negros. Durma com isso.

      • Denisbaldo Postado em 29/Apr/2014 às 19:42

        Eduardo, me fale algo que eu não sei. Agora você sabia que os brancos do leste europeu já foram escravizados por outros impérios (Germanos, Bizantinos) muito antes dos negros??? A palavra "eslavo" vem de "escravo" ou "slave" em inglês. A escravidão negra não foi e nem é a única na história, só é a mais recente. Se quiser argumentar, faça em alto nível. Não venha com lição de moral babaca. Durma você com isso.

    • gloria Postado em 30/Apr/2014 às 00:01

      O dia q os de pele escuras entenderem o seu passado, se interessarem pelo Deus q os criou e aprender obedece-lo , serão resgatados, remidos e voltarão a serem de novo '" AS OVELHAS DE iSRAEL" q se perderam adorando outros deuses e traindo todo o plano da criação. Só Deus pode mudar e os de pele escura tbm tem q querer mudar, reis e rainhas , patriarcas foram eles no passado, tiveram impérios e perderam. Adão, Abraão, jacó, Davi e até Jesus tinham tbm a pele escura assim como os moradores do Egito , reis da Assiria, mesopotania e todos os reis da antiguidade, onde estão todos esse tesouros? Perderam tudo e até hoje perdem, como povo e nação eles ñ tem onde reclinarem suas cabeças. A África ñ é um pais ou uma nação , é um continente rasgado e tomado por pessoas q nem lá nasceram, Seus moradores reais os quais Deus deu por donos foram arrancados de lá a força e levados para o ocidente p\ serem escravos, todos nós tbm desobedecemos a Deus, mas eles tiveram o previlegio de serem a raça escolhida p\ serem os verdadeiros adoradores de Deus e ñ quiseram, agora pagam o preço da desobediecia QUEM Ñ ACREDITA VEJAM UNS VIDEOS "AS OVELHAS PERDIDAS DE iSRAEL' q entenderão a verdadeira historia dos homens de pele escura.

      • Diana Postado em 03/May/2014 às 13:40

        Deus é o mais racista que "existe"... aff... quanta baboseira, querida!!

  8. Patricia Machado Postado em 29/Apr/2014 às 18:19

    Sério eu não entendo porque o Neymidia se doeu tanto. Uma vez que antes de ser convocado para a copa do mundo, ele deu uma entrevista no qual falou com todas as letras que nunca tinha sofrido racismo, até porque ele não era preto. Juntou-se o palhaço badalado pelas mídias e os oportunistas. Hipócritas.

  9. MORAIS Postado em 29/Apr/2014 às 18:38

    NÃO SOMOS TODOS MACACOS. SOMOS TODOS SERES HUMANOS, NEGROS, INDIOS, ORIENTAIS, BRANCOS, DEFICIENTES. TODOS NECESSITAMOS SER RESPEITADOS

  10. Lucas Postado em 29/Apr/2014 às 18:45

    Nao era o neymar que disse "nunca sofri preconceito, ate pq nao sou preto"? Quanta hipocrisia. E o Huck nao perde tempo de ganhar dinheiro. Pra mim sao tao babacas quanto quem comere racismo e quem procura razoes racistas onde nao tem nada a ver.

  11. eduardo Postado em 29/Apr/2014 às 18:54

    Na verdade negro é filho de pai negro e mãe negras.Quem nasce filho de negro com branco, não é considerado negro, é um meio termo. Nem um nem outro. saca?

    • Denisbaldo Postado em 29/Apr/2014 às 19:44

      Essa regra idiota só existe na sua cabeça. O proóprio Daniel Alves não é negro e sofre racismo, ou seja, É CONSIDERADO NEGRO E INFERIOR PELOS ESPANHÓIS.

      • Matheus B. Postado em 29/Apr/2014 às 19:52

        "Pelos espanhóis" também não... Havia mais de vinte mil pessoas no estádio, e só uma cometeu o ato.

      • Denisbaldo Postado em 29/Apr/2014 às 19:57

        O incidente ocorreu na Espanha, por isso disse "os espanhóis". Quer que eu desenhe???

      • Kássia Rodrigues Postado em 30/Apr/2014 às 20:45

        é.. o Daniel Alves não é negro.. ele só tem os pais negros e ele é branco.. sério, vaõ se informar pra depois querer dar a opinião..

  12. Max Demian Postado em 29/Apr/2014 às 19:31

    Macaco é o caralho! O bom curta para refletir sobre esse assunto. http://www.youtube.com/watch?v=Dp-LxZ3Ck7c

  13. Mauro Postado em 29/Apr/2014 às 22:30

    Inúmeras medidas punitivas e educativas podem e devem ser tomadas, mas o racismo só vai deixar de existir quando o indivíduo evoluir moralmente, é assim para todos os outros defeitos do ser humano.Quando o ser humano evoluir no Amor, na Justiça e na Caridade poderemos ter um mundo melhor.Todas as mazelas da humanidade vem da falta de uma ou mais dessas características.

  14. Daniel Postado em 30/Apr/2014 às 02:38

    "pessoa de cor" foi dureza hein...Depois reclama do #somostodosmacacos...

  15. eu daqui Postado em 30/Apr/2014 às 08:39

    Tadinhos dos macacos no dia em que forem sequer parecidos com Huck.