Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mídia desonesta 24/Apr/2014 às 12:02
51
Comentários

Petrobras tem chance de aplicar corretivo no mau jornalismo

Imagine o Jornal Nacional passar alguns dias tendo de ler direito de reposta após direito de resposta. Seria a desmoralização da qualidade do jornalismo dos veículos de imprensa que tiveram má conduta

petrobras brasil

Helena Stephanowitz, em seu blog

Quando a esmola é demais, o santo desconfia, já dizia minha avó. No caso da Petrobras, a esmola demais é o quase silêncio do governo federal durante semanas diante de ataques à imagem da empresa, usando a compra da refinaria de Pasadena e outros casos que “não pegaram”.

Só duas coisas poderiam explicar essa conduta. A primeira seria a tranquilidade do conhecimento do terreno onde pisa. A oposição estaria escolhendo lutar em um terreno favorável à gestão da empresa e ao próprio governo. Seria mais ou menos como atrair tropas para emboscadas, no caso de guerras.

A oposição avança sobre a Petrobras, mas a empresa vive um ano particularmente bom, quebrando recordes após recordes de produção. Até mesmo um relatório final de uma auditoria interna de 45 dias sobre todo o processo de compra da Refinaria de Pasadena pode se revelar favorável às decisões tomadas pela empresa.

Neste caso a oposição avança muito agora, mas estaria avançando em uma areia movediça, que a levaria a afundar nos próximos meses. Justamente no período eleitoral mais quente, as denúncias de irregularidades estariam esvaziadas, pelo menos em parte, seja pela improcedência, seja pela punição de eventuais responsáveis, e a empresa estará apresentando resultados robustos dos investimentos, o que desmentirá as críticas à gestão. O que restará à oposição dizer? Que aumentará a gasolina em obediência à mão invisível do mercado internacional?

A segunda explicação seria aplicar uma espécie de corretivo exemplar ao mau jornalismo, que não espera apurar informações e já faz seus “testes de hipóteses”, pré-condenando negócios e pessoas com base em boatos. Esse corretivo viria através do departamento jurídico da empresa exigindo direito de resposta à altura dos ataques recebidos.

Imagine o Jornal Nacional da TV Globo passar alguns dias tendo que ler direito de reposta após direito de resposta. Imagine as revistas terem de ceder toda semana páginas e mais páginas para a publicação de desmentidos de reportagens erradas de edições passadas. Imagine o mesmo com os jornais. Seria a própria desmoralização da qualidade do jornalismo dos veículos de imprensa que tiveram má conduta.

Pois a Petrobras está com esta chance histórica nas mãos. De onde veio a lorota repetida centenas de vezes de que a refinaria de Pasadena custou apenas US$ 42,5 milhões um ano antes da Petrobras entrar no negócio? Hoje se sabe com certeza que custou pelo menos US$ 360 milhões, comprovados em balanços oficiais.

Todas as reportagens que espalharam a informação falsa, sem qualquer apuração séria, são motivo de sobra e irrefutável para exigir direito de resposta. Se a mentira foi repetida dez vezes no mesmo telejornal, a Petrobras deve exigir dez direitos de resposta. Se usaram infográficos para mentir de forma mais didática, o direito de resposta deve usar infográfico também para desmentir.

No último dia 17 a empresa Astromarítima Navegação ganhou um direito de resposta de 50 segundos no Jornal Nacional. O telejornal havia feito matéria antes, no dia 14, induzindo o telespectador a entender que o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto da Costa, cobraria comissão da empresa por contratos com a Petrobras. No dia 17, o apresentador Heraldo Pereira teve que ler o desmentido: “A empresa Astromarítima procurou o Jornal Nacional para mostrar o contrato de busca por novos investidores – que nada tem a ver com os contratos que a empresa tem com a Petrobras”.

A Astromarítima, segundo o noticiário, tem contratos de fretamento de embarcações no valor de quase meio bilhão de reais. É uma empresa de grande porte que atua desde a década de 80, tendo a Petrobras como um de seus principais clientes. A própria TV Globo deve ter sentido o cheiro do preço que um processo por danos poderia acarretar se não provasse as ilações veiculadas.

Pois a Petrobras tem uma marca e uma imagem de muito mais valor do que a Astromarítima, e nada justifica que não exerça seu direito de resposta. É provável que a própria TV Globo e outros veículos de imprensa ofereçam alguns segundos à Petrobras para o desmentido de informações comprovadamente falsas, sem disputa judicial. Mas isso não seria suficiente para reparar os danos.

A Petrobras deve exigir direito de resposta proporcional aos danos causados à sua marca e à sua imagem. Se os veículos de imprensa não concederem amigavelmente, deve exigir na Justiça. Se isso ocorrer, como processos judiciais às vezes demoram anos, a Petrobras bem que poderia fazer um jornalzinho para distribuir nos postos do tipo “verdades e mentiras”, mostrando reportagens falsas publicadas por aí e os fatos reais que as desmentem. Inclusive explicar que o jornal está sendo distribuído porque as TVs, jornais e revistas não deram direito de resposta. É claro que versões para internet adequadas às redes sociais também devem ser produzidas.

Em 2009, quando a empresa foi atacada pela oposição, rebateu com o Blog Fatos e Dados. Desta vez, só tardiamente este blog passou a rebater informações que atingem a empresa e, mesmo assim, de forma mais tímida. Dessa vez, para fazer do limão a limonada, só direitos de resposta exemplares resolvem.

A Petrobras está com uma chance histórica nas mãos de combater o mau jornalismo que a atingiu. Vai perder?

Recomendados para você

Comentários

  1. Gustavo. Postado em 24/Apr/2014 às 12:09

    Segundo a presidente da Petrobras, Graça, a compra da refinaria foi um mal negócio. Ela está certa ou errada nessa posição? Creio que está certa, entretanto existe uma grande diferença entre a incompetência do ex-presidente da empresa e a sua suposta corrupção. De qualquer modo, minha posição é esta: o incompetente deve ser demitido e o corrupto demitido e processado.

    • Gustavo Postado em 24/Apr/2014 às 14:41

      Mau negócio, não mal negócio. Sou uma vítima do word.

  2. Thiago Teixeira Postado em 24/Apr/2014 às 12:11

    Semana passada o Jornal da Noite do Ali Kamel editou de forma grosseira a coletiva da presidenta da Petrobrás quando comentou que a Passadema foi um mau negócio. Pronto, ignoram o contexto e deixou o Sardenberg esfolar o governo federal. Mas adianta alguma coisa bater de frente com o PiG? O governo e Petrobrás estão corretos, deixem eles gritarem a vontade, vão perder as eleições no primeiro turno, e no discurso de posse a Dilma, de forma indireta e sutil, irá responder a altura.

  3. Monteiro Postado em 24/Apr/2014 às 13:29

    Nada justifica o que este governo fez com a Petrobras. Graça Foster disse que foi um mal negócio, foi falado sobre isso no texto? E nem adianta dizer: "mas FHC era pior, teria privatizado" Nem vem com essa. A Petrobras era um orgulho, era imponente, uma das maiores empresas brasileiras a nível mundial e agora está sucateada, endividada pelas mesquinharias políticas do PT e seus aliados covardes. Este texto tenta transferir a responsabilidade pela má-fama da empresa a imprensa - que também não merece elogios. Tenho nojo do PT e agora tenho certeza que é um dos piores governos que este país já teve. Experimentem quebrar a Petrobras - vocês serão trucidados.

    • Dhoco Postado em 24/Apr/2014 às 13:57

      Quanta revolta "meu brother" porque todo esse ódio no coração? rsrs

      • Monteiro Postado em 26/Apr/2014 às 00:38

        [COMENTÁRIO ORIGINAL, SEM CORTES FEITOS PELO SITE] Mau jornalismo? Mas e este jornalismo, é o que? Nada justifica o que este governo fez com a Petrobras, nada. Texto infantil, sem argumentos, a autora citou apenas um erro cometido pela imprensa: o valor da refinaria de Pasadena - mas e aí? Graça Foster disse que foi um mal negócio, foi falado sobre isso no texto? Propaganda política pútrida. Governo mais incompetente jamais vi (e nãm falo de ideologia). Vão negar o quase sucateamento da empresa? Vão negar o cabide de empregos? Vão negar que a empresa está com um nível de endividamento no limite da racionalidade? Corja! E nem adianta dizer: "mas FHC era pior, teria privatizado" Nem vem com essa, eu não concordo com privatização! Não tentem justificar a incompetência deste governo ridículo e absurdo! A Petrobras era um orgulho, era imponente, uma das maiores empresas brasileiras a nível mundial e agora está sucateada, endividada pelas mesquinharias políticas do PT e seus aliados covardes. Este texto ridículo tenta transferir a responsabilidade pela má-fama da empresa a imprensa - que também não merece elogios. Artigo sem argumentos, estúpido, típico da torcida organizada política. No começo eu não tinha nenhuma crítica ao PT, depois fui pegando nojo e agora tenho certeza que é um dos piores governos que este país já teve. Experimentem quebrar a Petrobras - vocês serão trucidados.

    • Thiago Teixeira Postado em 24/Apr/2014 às 14:01

      Agora está sucateada? Quem te disse isso? Você nasceu em 2003?

      • Monteiro Postado em 24/Apr/2014 às 14:55

        Meu comentário foi editado. Eu falava que era contra a privatização mas pelo visto esta parte foi cortada.

      • MAUMAUQUIRINO Postado em 27/Apr/2014 às 17:16

        Ele viu na Globo rsrsrs

    • Aécim Vida Loka Postado em 24/Apr/2014 às 14:29

      É simples, veja a evolução do lucro da PETRO. E se acha que ela esta sucateada, veja a evolução do lucro dela versus Vale (que foi privatizada). Agora veja o valor da ação. Cuidado pra não estar sendo iludido, por quem quer te iludir, para continuar vivendo de renda enquanto vc tem que trabalhar.

    • tchekowski Postado em 24/Apr/2014 às 14:46

      Monteiro querido: a Petrobrás está sucateada? Tem má fama? Cabide de empregos? Governo incompetente? Corja? Nossa!!! Quanta raiva nesse coraçãozinho!!! Está muito bravo pelos 50 milhões de brasileiros que deixaram de passar fome com o dinheiro dos seus impostos? Ou pelo menor desemprego na história do País? Será a falta de glamour nos aeroportos, que agora "parecem rodoviárias", cheios de pobres voando de avião? Seria porque os pobres hoje têm carros e atrapalham o trânsito das "pessoas de família"? Ou porque a ralé hoje frequenta as universidades das elites? O quê este governo fez com a Petrobrás? Se endividou pelos investimentos no Pré-Sal? Qual o retorno que trará o Pré-Sal? Esse governo seria melhor se não ocupasse os espaços de gestão na Petrobrás? De onde vem a má fama da Empresa? A Bolsa de Valores diz isto? A certeza de que o governo do PT é um dos piores que este país já teve é baseada em fatos ou só porque você "foi pegando nojo"? Você faz alguma atividade física? Tirou férias neste ano? Tem uma companheira? Momentos de lazer? Faz alguma terapia?

      • Monteiro Postado em 24/Apr/2014 às 14:52

        Como sempre, fala do "lado social" do PT. Não foge do assunto! Critica o que eu escrevi, ou não tens argumento?

      • Carlos Prado Postado em 25/Apr/2014 às 22:42

        Deixaram de passar fome por causa dos impostos? E passaram fome por tanto tempo porque, sendo o Brasil a muito tempo um recordista em arrecadações. Não houvesse impostos a pobreza deles erradicar-se-ia mais rápido, porém ai não teria como ninguém clamar a responsabilidade pelo feito.

      • MAUMAUQUIRINO Postado em 27/Apr/2014 às 17:07

        Nossas reservas de petróleo e gás, maior patrimônio de uma empresa de petróleo e um dos maiores do país, tiveram aumento expressivo de 45% entre 2002 e 2013. Em 2002, as reservas provadas no Brasil, estimadas pelo critério SPE (da sociedade mundial de engenheiros de petróleo) eram de 11 bilhões de barris de óleo equivalente (petróleo e gás). Em 2013, esse volume chegou a 16 bilhões de barris.

      • Monteiro Postado em 29/Apr/2014 às 12:59

        Reservas de petróleo e gás tiveram um aumento? Reservas de petróleo e gás não têm aumento, são descobertas, o que já é esperado em um país como o Brasil. O governo não tem nenhum mérito nisso.

    • Monteiro Postado em 24/Apr/2014 às 14:49

      Ei, ei, ei como é que é isto??? Meu texto foi editado. Se não gostaram, apaguem todo o comentário, não fiquem retirando partes.

      • tchekowski Postado em 24/Apr/2014 às 14:54

        Editaram e não corrigiram. MAU negócio.

      • MAUMAUQUIRINO Postado em 27/Apr/2014 às 17:11

        Editado ou não,continua sendo uma obra de ficção,onde as fantasias e mentiras se sobrepõem à realidade,fruto de quem tem um pensamento pré concebido,de mente fechada,conservador e principalmente de um "robo cibernético" da oposição.

      • Monteiro Postado em 29/Apr/2014 às 13:11

        Que oposição? Aécio Neves? Pfff... Qual a diferença entre Aécio Neves e Dilma Rousseff? Se Aécio Neves for eleito não irá mudar muita coisa, a diferença é que tu vai achar que sim.

    • alcione Postado em 24/Apr/2014 às 15:39

      Monteiro, que tal essa... Pasedina está situada no coração do Texas, num lugar privilegiado, refina óleo pesado, naquela época, necessário ao Brasil, que felizmente descobriu o pré-sal e a prioridade aí passou a ser investir na exploração e refino do nosso petróleo. Assim o governo brasileiro resolveu investir na exploração em águas profundas, apoiando governos detentores desta riqueza, como Pernambuco, onde o governador Eduardo Campos teve total apoio para construir a sua refinaria... se Pasedina custou 1,2 bi (com estoques), a do Eduardo Campos voou para mais de 22 bi.... e aí, véi? Qual a que custou mais, àquela que houve corrupção ou a do Dudú? Criticar é fácil, o difícil é arrumar candidatos melhor que os do PT...

      • Monteiro Postado em 24/Apr/2014 às 17:45

        Alcione, que tal essa: “Olhando aqueles dados, não foi um bom negócio" - Graça Foster.

      • Thiago Teixeira Postado em 24/Apr/2014 às 17:56

        Entendeu Alcione? Não foi um bom negócio. Ponto final, e não discuta com os reacionários de plantão. Foi mal negócio, é isso que importa e não interessa se o pré-sal veio depois. Foi mal negócio. "Bom negócio era o que o Pedro Malan, Serra, Armínio fraga e FHC faziam, e o que o Alkimin faz com a água em São Paulo hoje".

      • Monteiro Postado em 24/Apr/2014 às 18:03

        "Bom negócio era o que o Pedro Malan, Serra, Armínio fraga e FHC faziam, e o que o Alkimin faz com a água em São Paulo hoje" - O que isto tem a ver? Quem disse que eu concordo com isto? O assunto aqui é como o PT usa a Petrobras para suas mesquinharias políticas e, quanto a isto, pelo visto, não há argumentos.

      • Priscila Postado em 25/Apr/2014 às 21:57

        Alcione, que tal essa... Pasadena não refinava o óleo pesado do Brasil, foi necessário "estruturá-la" para isso, portanto não era NECESSÁRIA para o Brasil. Com ou sem pré-sal foi um mau negócio, segundo Foster e ponto final. Não é como um brinquedo de uma criança, que ganha um novo e abandona o velho, não justifica o valor pago e nem esse negócio feito as escuras. Os governadores apoiaram porque além de ser riqueza nossa, de todos os brasileiros, gerará emprego e renda para o Brasil e tem mais, eles foram consultados, aconteceu o mesmo com Pasadena? Claro que ele teve apoio para construir em Pernambuco, como qualquer outro teria, porque traz retorno ao estado e ao país, não é um elefante branco, que foi comprado as escondidas e produz 17,5 mil barris diários (O GLOBO), diferentemente de Abreu e Lima que produzirá 230 MIL BARRIS por dia (PETRO), portanto não é uma questão de qual custou mais e sim, qual trará mais benefícios e retorno. Criticar COM PROVAS é fácil e mais fácil ainda é achar candidatos melhores que o PT.

      • ademar Postado em 26/Apr/2014 às 21:10

        Alcione a refinaria de Abreu e Lima nada tem haver com Eduardo Campos, é de responsabilidade da Petrobras e do governo federal, o orçamento inicial era de 2 bilhões, saltou para 22 bilhões e ainda não foi concluída, realmente Pasadena é insignificante perto do rombo de Abreu e Lima, obra da Petrobras, controlada pelo governo federal.

      • MAUMAUQUIRINO Postado em 27/Apr/2014 às 17:15

        Alcione não adianta mostrar a realidade para essa gente,eles fazem parte de um "MATRIX MIDIÁTICO" tomaram a pilula azul e com isso tornaran-se fantoches nas mão da mídia,ou seja, se não passou na Globo,não é verdade.

      • Monteiro Postado em 29/Apr/2014 às 13:27

        A Globo não é referência para mim, aquele jornalismo não é parâmetro para nada. Quanto menos Carta Capital - que defende mensaleiros. Saem por aí xingando: "imprensa golpista!" mas não sabem da missa a metade. A prova disso é tu, negando a incompetência desses corruptos do governo.

    • Jamilo Postado em 25/Apr/2014 às 21:39

      De onde você tirou que a Petrobras está sucateada?????? Veja o futuro que tem a companhia. Esse grau de endividamento vai ser reduzido com o passar do tempo. Nesse momento, estamos iniciando o maior ciclo de investimento da história. Não há, no planeta, programa de investimento igual ao da Petrobras. Em um futuro próximo, os resultados desse investimento aparecerão.... Pode ter certeza.

    • MAUMAUQUIRINO Postado em 27/Apr/2014 às 16:59

      Nada justifica as mentiras e ilações da mídia e reproduzidas pelos "robos internéticos" da oposição,após uma demora até que justificada,para uma resposta baseada em dados e documentos públicos do governo e da Petrobras,as respostas vem sendo dadas e concomitantemente desmascarando as versões anti-patrióticas,daqueles que no passado esquartejaram a Petrobras,vendendo paulatinmente suas subsidiárias,chegando ao cúmulo de propor a mudança do nome da PETROBRAS PARA PETROBRAX,nome sugestivo e atraente para a sua privatização.Quanto ao negócio de PASADENA todos são unanimes,sob a luz dos fatos,dos números e da conjuntura ter sido à época um bom negócio.Posteriormente, houve diversas alterações no cenário econômico e do mercado de petróleo, tanto brasileiro quanto mundial. A crise econômica de 2008 levou à redução do consumo de derivados e, consequentemente, à queda das margens de refino. Além disso, houve a descoberta do pré-sal, anunciada em 2007. Assim, o negócio originalmente concebido transformou-se em um empreendimento de baixo retorno sobre o capital investido.A refinaria, que tem capacidade de refino de 100 mil barris por dia, está em plena atividade, opera com segurança e vem dando resultado positivo este ano.

      • Monteiro Postado em 29/Apr/2014 às 13:32

        Anti-patriótico? Anti-patriótico foi o Leilão de Libra. Mas isso não falam. Fala das mentiras da grande mídia. E o teu comentário? Olha o tipo de mídia que tu consomes.

  4. deisi Postado em 24/Apr/2014 às 14:30

    Esse Teixeira é ridículo com certeza ele nasceu alguns anos antes do pré sal só que ele é leitor da veja e só vem aqui para encher o saco.Continua com sua revistinha e deixe de ser masoquista porque tanto ódio pode causar morte por envenenamento do espirito.kkkkk

    • tchekowski Postado em 24/Apr/2014 às 14:53

      É Monteiro Bolsonaro, Deisi.

      • Thiago Teixeira Postado em 24/Apr/2014 às 22:17

        A deisi não gosta de mim. Posso escrever o que for que ela reprova! Sou machista e leitor da Veja, segundo ela. kkkkkk

  5. tchekowski Postado em 24/Apr/2014 às 14:58

    Já sei Monteiro: chazinho de camomila.

  6. deisi Postado em 24/Apr/2014 às 15:36

    Verdade tchekowski mas o Teixeira é igualinho Monteiro ambos Bolsonaro os dois são masoquista e leitores da veja burrinhos para entender que contra numero não há argumento.Pior foi dizer que o texto foi editado quase que eu morri de rir .Já o seu é exatamente o que eu penso da primeira letra ao ponto final.

    • Monteiro Postado em 24/Apr/2014 às 15:57

      É, bons são os teus comentários, sem sentido nenhum.

      • victor Postado em 26/Apr/2014 às 11:50

        Peculiar é o teu jeito de escrever, arrogância e agressividade a cada palavra é o que você mostra. Ou não "tens" respeito por ninguém além de si mesmo?

      • Thiago Teixeira Postado em 26/Apr/2014 às 12:03

        A direita não sabe argumentar sem agredir ou ofender.

      • Monteiro Postado em 26/Apr/2014 às 14:06

        Paciência tem limite. E, como eu já disse, meu comentário foi editado.

  7. Rodrigo Postado em 24/Apr/2014 às 15:55

    Imagine só o lobo exigindo uma indenização da Chapeuzinho vermelho por calúnias, parece que essa matéria faz parte do mesmo universo que o lobo mal, gente o governo já disse que foi um mal negócio, já foi comprovado que a empresa não está dando lucro e vocês vem dizer que as as reportagens tem o que de mentira? PS: Vocês por acaso viram que pela primeira vez a Petrobrás fechou no vermelho? que caiu da posição 12 para 120? Estamos realmente a mil maravilhas, pena que o valor da empresa não diz isso.

  8. Maria Postado em 24/Apr/2014 às 17:02

    Sucateada onde, Monteiro? Ela dobrou de tamanho... Tem uma quantidade imensa de reservas provadas, que é praticamente tudo o que uma empresa de petróleo precisa. É hoje a maior empresa do país, e vai crescer muito mais com a extração do óleo do pré-sal. Os lucros baixos dos últimos anos refletem uma fase de investimento, para colher os frutos nos próximos anos.

    • Monteiro Postado em 24/Apr/2014 às 17:48

      Nã-na-ni-na-não. Os lucros baixos refletem incompetência e má-gestão. Olha, eu não tenho preconceito ideológico, se fosse um governo do PSDB eu iria criticar do mesmo jeito.

      • Thiago Teixeira Postado em 24/Apr/2014 às 18:04

        Se fosse o governo do PSDB nem teria essa discussão, pois se tratava da PETROBRAX, e negócios privados não são de nossa conta. A discussão seria desemprego, interferências do FMI, Copa do Mundo na Argentina, Olimpíadas de Chicago, aumento de sem tetos, sem terra, aeroportos ociosos, programa do governo federal + Globo "Com crise se cresce", Crônica de Alexandre Garcia (deputados dormindo em Brasília), importação de soja, café, açúcar, privatização das escolas públicas, etc.

      • Monteiro Postado em 24/Apr/2014 às 18:16

        Se fosse governo do PSDB teria tudo isso, mas como é governo do PT tem: desemprego (vai dizer que não tem, agora?), interferências do FMI, Copa dos Ricos/da Vergonha, Olimpíadas Super-faturadas, sem-terra (e a reforma agrária? estou esperando), aeroportos concedidos sem obrigação de fazer melhorias, escolas públicas sucateadas e boicote da plantação de cana para obtenção de combustível.

    • ricbond Postado em 27/Apr/2014 às 04:57

      Os investimentos foram forçados pelo governo federal e vão além da capacidade de pagamento da empresa, isso sem contar a intervenção no preço da gasolina. Desse jeito nenhum fruto será colhido nunca, já que o nosso governo não permite que seja realizada uma ampliação da produção de Etanol via mecanismo de preços. É necessária uma demissão em massa e uma investigação profunda das incompetências e falcatruas do alto escalão dessa empresa, que envolve o patrimônio do cidadão brasileiro.

  9. deisi Postado em 24/Apr/2014 às 17:18

    Monteiro tu é burro mesmo tem que desenhar eu confundi os nomes e o tchekwoski me corrigiu e eu disse a ele que ambos são leitores da veja e só vem aqui encher o saco .Calma ,respira toma chazinho de camomila leia novamente o comentário do tchekwosk que você entendera tá bom filhinho .O comentário que eu gostei foi o do tchekwosk certo tudo explicadinho .Obrigada ...

    • bond Postado em 27/Apr/2014 às 04:51

      é fácil chamar os outros de burros e apoiar um comentário demente como o do sr. tchekowski. A Petrobras vem sendo faz tempo dilapidada pelo governo do PT (principalmente a Dilma), como um mecanismo de intervenção nos preços dos combustíveis. É notável que a perda de posições no ranking global no valor de mercado (vide: ações, bolsa, lucros) ocorre por causa, dentre outras causas, do controle do preço da gasolina para disfarçar a inflação que ocorre por causa do descontrole fiscal, ou seja, gastos descontrolados do governo.

  10. Guilherme Postado em 25/Apr/2014 às 17:59

    Ao invés de vcs ficarem supondo as coisas, entrem aqui http://investidorpetrobras.com.br/pt/central-de-resultados/4t13.htm e vejam os resultados da Petrobras. A empresa não está ruim das pernas, apenas passou por um processo de investimentos pesados e que diminuíram um pouco os lucros, mas não levou ao vermelho. Porém, apesar das coisas estarem caminhando, ainda sim há muito o que se explicar sobre a compra da refinaria em Pasadena. Manter a empresa em bom caminho, não livra seus dirigentes da culpa de corrupção. Há sim necessidade de uma CPI sobre a compra e se for comprovado que houve corrupção, os corruptos devem ser punidos e perderem seus cargos políticos.

  11. Felipão Postado em 26/Apr/2014 às 14:35

    Oposição sistemática, ilação, má fé, mentiras, isso é a imprensa que trabalha tentando desmoralizar o governo e as empresas que FHC não conseguiu entregar para o capital multinacional associado. Realmente não se pode entender o silêncio da empresa, que tem um blog Fatos e Dados, que foi utilizado magistralmente no gerenciamento da crise caluniosa perpetrado pela rede Globo em 2009. Só imagino que é por orientação da presidente Foster. Confirmado isso, ela está prestando um desserviço enorme a empresa, por permitir tamanho absurdo contra a Petrobras. Ou existirá outro interesse escuso por trás disso, heim dona Graça?

    • Monteiro Postado em 29/Apr/2014 às 12:52

      Se FHC tentou entregar ao capital internacional e não conseguiu, este governo o está fazendo.

  12. Paulo F Postado em 26/Apr/2014 às 16:47

    Que matéria mais ridícula kkkk tem gente que viaja nas ideias bonito.