Redação Pragmatismo
Compartilhar
Ditadura Militar 04/Apr/2014 às 10:12
37
Comentários

Na UFPR, estudantes derrubam estátua de ministro do pós-golpe

Estudantes da UFPR derrubam busto do primeiro ministro da Educação pós-golpe de 64

ufpr estudantes ministro educação ditadura
Estudantes derrubam busto de ministro da educação da ditadura militar (Reprodução)

Estudantes da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e do grupo Levante Popular da Juventude derrubaram, na última terça-feira, o busto do ex-reitor e ministro da educação pós-golpe militar de 1964, Flávio Suplicy de Lacerda, do pátio da Reitoria. De acordo com os estudantes, o ato serviu para lembrar os 50 anos do golpe, já que como ministro de governo do General Castelo Branco, teria sido o principal responsável por um acordo que visava transformar o ensino brasileiro em projeto de caráter técnico em todos os cursos, tirando o aspecto humano.

“Lembramos o que aconteceu em maio de 1968, quando estudantes arrancaram o busto de Suplicy de Lacerda e o arrastaram pelas ruas de Curitiba. E o faremos quantas vezes forem necessárias! Até que essa herança maldita da ditadura militar possa ser retirada de nossas costas!”, disse o grupo através da rede social Facebook.

Em nota, a Reitoria da UFPR lamentou o episódio da retirada do busto de seu pedestal com as subsequentes agressões e pichações realizadas por um grupo de manifestantes. Segundo a universidade, “seria possível compreender tal ato no contexto do aniversário de 50 anos do golpe, porém vivemos um contexto completamente diferente, com o pleno funcionamento de todas as nossas instituições, tendo cada cidadão exercício completo de suas liberdades democráticas.”

foto-ufpt-estatua

Felipe Ribeiro, BandaB

Recomendados para você

Comentários

  1. Felipe Postado em 04/Apr/2014 às 12:08

    Pois bueno, se "cada cidadão possui o exercício completo de suas liberdades democráticas", eis que o fizeram: derrubaram uma estátua obsoleta e podre. Queriam privatizar toda a educação e acabar com quaisquer possibilidades dos marginais terem acesso à educação. Chupa!

  2. Thiago Teixeira Postado em 04/Apr/2014 às 12:14

    Tremenda falta de respeito com a memória da "pessoa" e principalmente com a família. Chutar onça morta é fácil, quero ver esses babacas entrar lá na sede da ROTA e derrubar o Tobias Aguiar.

    • Guilherme Postado em 04/Apr/2014 às 13:42

      ... e se pusessem um busto do marighella na sede da rota?

    • marcelo Postado em 04/Apr/2014 às 14:46

      Falta de respeito com a memo'ria??? O cara era poli'tico e simboliza ate' hoje o lado podre que tentou contruir um ensino podre.. Automaticamente, sua "memo'ria" e' podre. Os estudantes limparam o pa'tio quando retiraram aquele busto podre. E' tudo simbo'lico.

    • Ditão Postado em 04/Apr/2014 às 16:23

      Falta de respeito é vc defecar pelo teclado

  3. Renato Postado em 04/Apr/2014 às 12:24

    Concordo com a manifestação de tirar o busto de alguém que não representa a sociedade. Porém, discordo da maneira como foi feita - houve tentativa de negociação com a reitoria antes desse ato?

    • Bernardo Pilotto Postado em 06/Apr/2014 às 11:55

      Sim. Há mais de 20 anos.

  4. Luis Postado em 04/Apr/2014 às 12:45

    Excelente!

  5. Monteiro Postado em 04/Apr/2014 às 13:02

    Alguém avisa o cara da última foto, na esquerda, que ele está com a mochila aberta.

    • Willi Postado em 04/Apr/2014 às 15:05

      hauahuahuahauhauahuahau Genial!

    • Peter Postado em 04/Apr/2014 às 15:05

      Monteiro, ele parece estar com cartolinas grandes rsrs... Parabéns a todos pelo ato!

      • Monteiro Postado em 04/Apr/2014 às 19:19

        É, depois perde o material do trabalho e fica com cara de tacho rsrsr

  6. Mirna Rosa de Assis Brasi Postado em 04/Apr/2014 às 15:38

    Acho que deveriam tirar para sempre,pois só lembra coisas negativas e assim não haveria mais este tipo de coisa,pichação,derrubada etc...pra que ter esta estatua aí se a maioria não quer?Democracia

  7. Elias Postado em 04/Apr/2014 às 17:53

    https://www.youtube.com/watch?v=Q2L6HxX9F8c Venezuela no tiene remedio - Invasión de Edificios

    • Monteiro Postado em 04/Apr/2014 às 19:35

      Dessa eu não sabia. A coisa está mesmo feia na Venezuela. Pelo jeito, a mídia é mentirosa para os dois lados, porque, ao assistir o Jornal Nacional, se pode jurar que a crise nesse país não passa de alguns protestos como os que ocorreram no Brasil, porém, é muito mais grave.

  8. Marcos Postado em 04/Apr/2014 às 17:55

    Isso é um absurdo, em países desenvolvidos esse tipo de coisa gera expulsão sumaria, eu digo que a doutrinação ideológica transforma pessoas em assassinos, quando toda juventude for doutrinada como esses jovens imagina o que o Brasil ira se tornar.

    • Monteiro Postado em 04/Apr/2014 às 19:22

      Marcos, isto é bem verdade. Mas, quem se importa com Suplicy de Lacerda? Que joguem numa vala mesmo.

    • Thiago Teixeira Postado em 04/Apr/2014 às 19:54

      Qualquer desprezo as instituições democráticas, governos, repartições públicas, polícia ou o professor da escola é venerado pela juventude XuXa desse país, e com respaldo da mídia. Não vejo um mutirão desses com cordas removendo entulhos oriundos de uma enchente.

      • Monteiro Postado em 04/Apr/2014 às 20:57

        Não adianta, qualquer senso de ordem ou organização nesse país é visto como "opressivo" ou "fascista".

      • Elias Postado em 04/Apr/2014 às 22:08

        O desprezo a democracia é o primeiro passo, atacar todo tipo de instituição já demonstra uma doutrinação em estagio avançado, nossos jovens ainda estão longe disso mas com a esquerda no poder por mais tempo teremos uma geração inteira agindo dessa forma, ai é guerra civil geralmente vide historia. O Brasil já vive uma guerra civil com 50000 mortos anuais, aguardem o futuro.

      • Elias Postado em 04/Apr/2014 às 23:02

        http://www.youtube.com/watch?v=18NZZn00L-Q#t=142 A história do politicamente correto, os idiotas uteis de esquerda nem sabem mas são peões de um meme cuja a intenção é a destruição do ocidente, das morais cristãs, da filosofia grega e do direito romano, destruindo isso vc destrói a sociedade e a partir disso implanta o comunismo, ai adios liberdade. Esse meme é tão nefasto que contaminou todo ocidente hoje praticamente todas as artes e cultura são contaminadas por ele.

      • Monteiro Postado em 04/Apr/2014 às 23:59

        Elias, vamos colocar os pingos nos i´s. O comunismo não é o único esquema global. A oligarquia européia e americana também possui seu projeto - igualmente nefasto e nocivo ao Brasil.

      • Rafael Postado em 05/Apr/2014 às 10:55

        Esquina paranoia delirante"

      • felipe Postado em 07/Apr/2014 às 15:56

        Elias, antes de tudo, procure estudar o conceito de Estado do comunismo, depois disso, tente(sei que é difícil pra ti, "dementezinho") colar na parede do teu quarto, para que possas ver todos os dias, um conceito bem básico, e que inúmeros babacas inúteis o repetem sem nenhuma ponderação, de que no comunismo NÃO HÁ ESTADO (NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO), isso mesmo, NÃO HÁ ESTADO. A sociedade organiza-se de forma coletivista e em conjunto. Agora, pronto, podes escrever na internet.

  9. celso Postado em 04/Apr/2014 às 22:21

    utilizo da mesma frase do monteiro. Não adianta, qualquer senso de ordem ou organização nesse país é visto como "opressivo" ou "fascista". e acrescento mais "os heróis de hoje em dia prega a liberação de drogas e a desmoralização da família."

  10. Daniel Rosa Postado em 04/Apr/2014 às 23:41

    Por pior que seja a História, ela é HISTÓRIA e deve ser preservada para que possamos lembrar que aquilo ali aconteceu e foi parte do caminho que trilhamos para chegar até aqui. Em Berlim, na Alemanha, a igreja luterana de Gedächtniskirche foi quase toda destruída por bombardeios durante a II Guerra Mundial. Anos se passaram, prédios modernos foram construídos na região, mas a igreja não foi restaurada, simplesmente para ficar de lembrança de que aquilo aconteceu e para que as pessoas possam se conscientizar, dar valor ao que têm hoje. A Alemanha esteve à beira da falência com a queda do Reich Nazista em 1945, mas conseguiu se reerguer e se tornar a nação mais rica da Europa. O homem civilizado sabe preservar sua História. Não se arranca páginas de um livro, assim como não se apaga partes da História escondendo suas marcas. O que esses VÂNDALOS estão fazendo é CENSURAR parte de nossa História.

    • Thiago Teixeira Postado em 05/Apr/2014 às 07:28

      Medo Daniel, puro medo de que a ORDEM seja reencontrada e estes VÂNDALOS sejam provados de fumar suas maconhas e blasfemar contra o estado. Quando digo ORDEM, não estou falando para haver intervenção militar, e sim, nossos governantes (presidência, governadores e prefeituras) se unirem e dar uma basta na baderna da esquerda, direita e mídia. Quanto a valorização da História, é fato que só ocorre em civilizações diferenciadas, a partir de 1945 já iniciaram na Alemanha excursões das cidades vizinhas para os campos de concentrações, para que os mesmos visualizassem o que estava acontecendo no quintal deles, foi chocante, há muitos vídeos do tube deste ato, mas estas pessoas nunca mais iriam esquecer daquilo e de geração em geração o conceito de valor e respeito ao próximo deve ter sido propagado para que a Alemanha seja o que é hoje.

      • Daniel Rosa Postado em 05/Apr/2014 às 19:54

        É exatamente disso que falo, Thiago, mas INFELIZMENTE as pessoas veem o que querem ver e da forma como querem ver, se fecham completamente para outras perspectivas por ignorância ou pior, por puro orgulho. As pessoas precisam aprender com sua História e não tentar apagá-las, procurando viver como se nada tivesse acontecido. Essa gente reclama tanto de CENSURA, mas elas mesmas estão censurando um capítulo fundamental - embora negativo - de nossa história. Lamentável isso.

    • Flávio Postado em 05/Apr/2014 às 08:58

      Não, eles não estão censurando parte da história. Pelo contrário, eles querem que lembremos da história e justamente por isso deixemos de homenagear com nomes de ruas, escolas e com bustos essas pessoas.

      • Raíssa Postado em 23/Apr/2014 às 09:47

        Falou tudo Flávio

  11. daniele Postado em 05/Apr/2014 às 10:52

    Achei foi pouco.

  12. Paulo Luiz Martins Postado em 05/Apr/2014 às 14:17

    Fizeram bem! Qualquer símbolo da tirania deve ser defenestrado, constando apenas nos livros de história sobre o maldito, hediondo, hediondo e canalha golpe militar, que ceifou a vida e os sonhos de milhares de jovens.

  13. Marcos da Silva Postado em 05/Apr/2014 às 21:36

    Coloca o ídolo desta geração no lugar desta estátua: Valesca Popozuda. E quanto a esta nova geração de intelectuais nada melhor do que recriarem o program MOBRAL.

  14. Andrew Tsuchiya Postado em 06/Apr/2014 às 12:23

    Vândalos.

  15. danilo Postado em 07/Apr/2014 às 09:38

    Já comentei antes, agora no Brasil as pessoas se acham no direito de vandalizar e destruir qualquer coisa sobre o pretexto de ser um "ideal" ou "movimento popular".

  16. Gabriel Quireza Postado em 08/Apr/2014 às 12:32

    Que atitude super democrática desses "estudantes" heim!?

  17. Line Postado em 29/Apr/2015 às 16:14

    Esses viúvos da ditadura não se conformam. Como se o próprio golpe militar não fosse um vandalismo contra um país e sua democracia.