Redação Pragmatismo
Compartilhar
Barbárie 11/Apr/2014 às 15:22
219
Comentários

Jovem negro é espancado e apedrejado até a morte no Espírito Santo

Aos gritos de “mata logo” e de vários xingamentos, jovem negro com problemas mentais é torturado e apedrejado até a morte. “Peçam perdão a Deus pelo que fizeram”, diz mãe do garoto

Douglas Belchior, CartaCapital

Fontes: 123 e fotos de reprodução – facebook

O corpo negro ensanguentado e o olhar assustado que você na foto é do menino Alailton Ferreira, de 17 anos, cercado por um grupo armado com pedras, barras de ferro e pedaços de madeira. Momentos depois, ele seria foi alvo de um espancamento coletivo. Desacordado, foi levado ao hospital, mas não resistiu e morreu na noite de terça-feira (8).

Aos gritos de “mata logo” e de vários xingamentos, o espancamento aconteceu às margens da BR 101, na tarde do último domingo (6), no bairro de Vista da Serra II, cidade de Serra, a cerca de 30km da capital Vitória, no Espírito Santo. Só depois de duas horas de muita violência, a Polícia Militar chegou ao local, colocou o jovem na viatura e o levou até a Unidade de Pronto Atendimento. “Os policiais militares descreveram no boletim de ocorrência que foi necessário utilizar spray de pimenta para conter os populares” disse o delegado-chefe do DPJ, Ludogério Ralff.

Acusações

O motivo do linchamento foi causado por acusações controversas. Alguns disseram que o jovem teria tentado estuprar uma mulher. Outros que ele seria suspeito de tentar roubar uma moto e abusar de uma criança de 10 anos. Tudo ocorreu no domingo (6), mas até esta quarta-feira, dia em que Alailton foi enterrado, não havia qualquer denúncia ou relato de testemunhas, segundo a Polícia Civil.

O irmão contesta as acusações e diz que o adolescente sofria de problemas mentais: “Ele chamou a menina, ela se assustou e correu para chamar a família. Os familiares e vizinhos correram atrás dele. Por isso as pessoas falaram que ele era estuprador. Se ele quisesse roubar uma moto, teria feito no próprio bairro, mas ele nem sabe pilotar”. Segundo o tio do jovem, foi um ato de covardia. “Ele estava com uns problemas de saúde e ficava assustado com frequência”.

O morador Uelder Santos, 29, em entrevista para um jornal também colocou as acusações sob suspeita: “Ninguém viu esse tal estupro ou mesmo noticias da suposta vítima”.

“Peçam perdão a Deus pelo que fizeram”, diz a Mãe

Em entrevista a um jornal, a mãe de Alailton, a doméstica Diva Suterio Ferreira, 46, disse que o filho teria sido vítima de uma injustiça: “Ele já foi preso por furto, usava droga, mas não estuprou ninguém, jamais faria isso”. Cristã, disse que se apega a Deus para socorrê-la nesse momento difícil: “Meu filho era amado, sonhava em me dar uma casa. Dizia que queria um quarto para ele, um para mim e um para irmã. Minha filha, de 11 anos, só chora, tem medo de sair à rua depois do que aconteceu. Acredito na justiça divina. Peço que essas pessoas peçam perdão a Deus pelo que fizeram ao meu filho”.

Violência endêmica e elemento racial (nada) subjetivo

O escritório das Nações Unidas apresentou nesta quinta-feira (10) um levantamento sobre as taxas de homicídio em que conclui que as Américas são as regiões mais violentas do planeta. O Brasil está entre países mais violentos. Das 30 cidades mais violentas do planeta, 11 são brasileiras. Segundo a publicação, Maceió é a quinta cidade do mundo com mais homicídios por cada 100 mil habitantes. A cidade de Vitória do Espírito Santo, vizinha ao local onde Alailton foi assassinado por populares, é a 14ª da lista mundial.

Não gosto de suposições, por isso fico nas perguntas: qual seria o resultado de uma amostragem com o recorte racial das vítimas desses homicídios em toda América? Teríamos uma proporção parecida com a média brasileira, que aponta 70% de vítimas negras?

Não sei se Alailton estuprou alguém. Era mulher feita ou uma criança de 10 anos? Ambos os crimes são gravíssimos. Mesmo que tenha sido uma “apenas” uma tentativa ou ainda que o jovem tivesse problemas mentais, sem dúvida caberia alguma punição. E a Lei prevê. Mas jamais um linchamento. Jamais!

E pior: nada leva a crer que houve de fato o crime. Aliás, ao que parece (não sou investigador, nem gostaria), ele teria sim sido “vítima de uma injustiça”, como disse a mãe doméstica.

O fato de ser um menino negro teria sido um elemento potencializador do ódio coletivo e da precipitação de um julgamento instantâneo – acusação, julgamento, condenação e execução: Foi ele! Pega ele! Só pode ter sido ele!?

E se fosse um menino branco, a história teria tais requintes de crueldade e terminaria no cemitério?

A bala não é de festim, aqui não tem dublê!

O assassinato covarde do menino negro Alailton Ferreira me fez lembrar dois filmes norte-americanos muito famosos. O primeiro é o clássico “O sol é para todos”, de 1962, que conta a história de Tom Robinson (Brock Peters), um jovem negro que fora acusado de estuprar Mayella Violet Ewell (Collin Wilcox Paxton), uma jovem branca. Atticus Finch, um advogado extremamente íntegro, interpretado por Gregory Peck – que viria ganhar o Oscar de melhor ator com esse trabalho, concordou em defendê-lo e, apesar de boa parte da cidade ser contra sua posição, ele decidiu ir adiante e fazer de tudo para absolver o réu. Nos Estados Unidos como aqui, sempre fora comum acusações de estupros e outros crimes recaírem sobre negros, sem que haja grandes contestações.

O outro filme, esse mais recente (1996), faz ainda mais sentido com o momento que vivemos, inclusive no nome:“Tempo de Matar”, que se passa em Canton no Mississipi, onde Carl Lee (Samuel L. Jackson), um negro que, ao matar dois brancos que espancaram e estupraram sua filha de 10 anos é preso, e um advogado branco Jake Brigance (Matthew McConaughey ) e Ellen (Sandra Bullock) uma obstinada estudante de Direito, ambos se voltam contra o preconceito e o racismo existente na comunidade daquela cidade para defender o acusado.

Já no fim da trama, quando tudo parecia perdido, afinal a cidade queria a condenação do acusado, no Tribunal Jake solicita a todos os presentes que fechem os olhos e ouçam a ele e a si mesmos, então ele começa a contar a história de uma garotinha que volta do armazém, e de repente surge uma “pick-up” de onde saltam dois homens e a agarram, eles a arrastam para uma clareira e, depois de amarrá-la, arrancam-lhe as roupas do corpo e montam nela, primeiro um, depois o outro, eles a estupram tirando toda a sua inocência com brutais arremetidas. Depois de acabarem, e de ter matado qualquer chance daquele pequeno útero ter filhos, os dois rapazes começaram então a usar a garotinha como alvo, acertando-a com latas cheias de cerveja, cortando sua carne até o osso. Não satisfeitos, eles ainda urinaram sobre ela, e com uma corda fazem um laço e a enrolamo no seu pescoço e num puxão repentino a suspende no ar, esperneando e sem encontrar o chão até o galho quebrar e, milagrosamente cair no chão. Nesse momento, eles a colocaram na “pick-up” e, ao chegar em uma ponte, jogam-na de cima da mureta, de onde ela cai de uma altura de 10 metros até o fundo de um córrego. Jake então pára a história e pergunta aos presentes se conseguem vê-la, se conseguem imaginar o corpo daquela garotinha estuprado, espancado, massacrado, molhado da urina, do sêmen deles e do próprio sangue, e depois abandonado para morrer…

E novamente repete para que todos façam uma imagem dessa garotinha, aguarda um instante e pergunta: “Agora imaginem que essa garotinha é branca”!

Carl Lee é inocentado pelo júri.

Ora, “impoluto escrevente”, me perguntaria um dos meus algozes sempre presentes nos comentários deste Blog: “Mas não está a criticar a ideia da justiça pelas próprias mãos? Contraditório o exemplo deste filme, não?”.

E eu responderia:

Sim e não.

Sim. E essa é a parte que não gosto no filme. Ele justifica a ideia de que, em alguns casos, pode-se aceitar a justiça feita pelas próprias mãos. E não podemos tolerá-la em hipótese alguma. Menos ainda quando o pressuposto é inexistente – como parece ser neste caso do Espírito Santo.

E não.

Não por que faz todo o sentido imaginar que, diante da violência sistemática, continuada e explícita contra a população negra, não seria absurdo imaginar que em algum momento pode haver reações, bastando para isso que aflore a percepção – por parte da população negra, de que vivemos sim um estado de desigualdades e de violência racial.

Mas se dirá: Loucura! Radicalismo deste blogueiro afro-lunático racialista! E diante da fúria democrata-gilberto-freyreana presente inclusive na parte bolchevique do mapa, diria por fim:

Sempre caberá o terrível e necessário pedido de reflexão feito pelo advogado branco, Jake Brigance (Matthew McConaughey ), em Tempo de Matar:

“Agora imaginem que essa garotinha é branca”!

Imagine que Alailton é branco!

Imagine que Cláudia é branca!

Imagine que Amarildo é branco!

Imagine que Douglas é branco!

Imagine que o menino torturado e amarrado nú em um poste na zona sul do Rio de Jaineiro é branco.

Imagine que, quem a polícia mata 3 vezes mais que negros, são os brancos.

Imagine um mundo onde as pessoas pudessem viver em paz.

Consegue?

Leia também: Morte de jovem negro choca menos que de jovem branco

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Mauro Postado em 11/Apr/2014 às 15:51

    "Peçam perdão a Deus pelo que fizeram" O grande criador deu a ela um filho com problemas mentais E um meio cruel de morrer. Essa é a crença dessas pessoas de país de terceiro mundo. Com essas "costas-quentes" que a religião dá eles se sentem confortáveis o suficiente pra não crescerem por conta própria, mas sim de esperar algo cair do céu. O suposto criador nada mais é do que um sádico que deve se divertir com esses humanos que vivem se matando.

    • Julianna Postado em 11/Apr/2014 às 16:04

      "O grande criador deu a ela um filho com problemas mentais E um meio cruel de morrer." tsc tsc tsc.. essa leitura da vida e da fé é que me preocupa.

      • Alcides Postado em 12/Apr/2014 às 12:18

        Se tua visão é carnal, tô contigo! pois com ela a vida para por aí. Hã uma tendencia odiosa contra aqueles que professam publicamente a fé em Deus. Por que te incomodas tanto quando alguém busca o conforto Nele?

      • Thay Postado em 12/Apr/2014 às 16:12

        Não é a leitura da vida e da "fé" que me preocupa, mas sim a pretensão das pessoas que pensam tão diferente acharem que podem palpitar (achando que vai acertar) sobre o que o outro pensa. Essa mesma pretensão (porém em contexto diferente) foi a que fez todas aquelas pessoas cometerem a injustiça.

      • Willy Postado em 12/Apr/2014 às 16:48

        Criticar a religião é muito, fácil, o que a sra quis dizer foi somente que, aos que pensam em vingança serão igualados a estes marginais, porém o que diz a religião é que não lutamos contra inimigos de carne e osso. Nos dias atuais o que lutamos é contra estes sentimentos de revolta e crueldade, onde perdemos nossa humanidade, a partir do momento que esquecemos dos ensinamentos do maior humanista que já existiu. Jesus Cristo. Que Deus tenha de misericórdia de nós, pq precisamos pensar mais no nosso próximo do que em nós mesmos.

      • Bobby Postado em 16/Apr/2014 às 17:50

        Não sei qual raça é a pior: Crentelhos que viajam na maionese falando que tudo é do capeta ou esses "ateus" babacas...

      • thetyrer Postado em 17/Apr/2014 às 20:30

        o que devia te preocupar é o que as pessoas cometeram "A injustiça" a morte de um inocente, vc deve ser tão ignorante quanto aquelas pessoas que o fizeram!

      • medo Postado em 19/Apr/2014 às 13:08

        Acertou quem escreveu que a grande vitoria é a mais violenta do brasil (talvez do mundo) fontes oficiais. Matou absolutamente mais que São paulo que possui 18 milhoes de habitantes, a grande vitoria possui 2 milhoes. Não é a primeira vez que acontece isto no ES, em frente a Policia em Maruipe, um inocente foi lixando até a morte;;; centenas de caso, não dá para contar números e casos aqui... Isto é comum nessas terras e agora, além de normal, vira "cool" com a divulgação nacional... a fama, o poder de sentirem mais brancos, sim, estes mestiços (idiotas e miseráveis) beberam da doutrina fascista italiana que assola quele estado e outros... Voces de outras regiões irão provar... não se preocupem... continuem a matarem negros como se fosse brancos e cheio de orgulho, empinem vossos narizes e auto-proclamem brancos .... e esqueçam as vossas origem no pó da africa... Quem se importa? O Estado é o maior assassino de negros, usando os robôs mestiços e quem ousa tratar um pardo/mestiço como negro? Cadeia nele, é racismo... Já não me importo mais com esT(maiúsculo)e país. Se fosse negro, mataria os mestiços por serem traidores da raça e escravizaria os brancos assim os negros muçulmanos fizeram com a Europa por séculos.... Mas como falta conhecimento aos negros (desculpa, pardos e mestiços, af, é tudo negro cara...) então que eles continuem purificando a raça! Pera aí!!!!!! Os brancos colocaram os negros (desculpa novamente, pardos) para matarem os negros e purificarem a raça e controlar a natalidade no Brasil? Sim! Obra de políticos "me irmão"... Tiro na cara negro imprestável!

      • Adroir Postado em 23/Apr/2014 às 13:29

        Gente aqui não está a questão se a mulher era crente ou não, a questão está na brutalidade que fizeram com o rapaz. Poderia a mãe ser macumbeira, espirita, católica, islamista ou que quer a fé que professasse, nem um teria o direito de fazer o que fez ao garoto.

    • Iago Postado em 11/Apr/2014 às 16:09

      Agora a culpa é de Deus, toda o mau do mundo é culpa dEle agora? E não das pessoas monstruosas que fazem tais coisas? A mulher se apegar a um ser divino é problema? QUE FALTA DE RESPEITO E DETURPAÇÃO DA NOTICIA SÓ POR CAUSA DA CRENÇA DA MULHER!

      • Rodrigo Postado em 11/Apr/2014 às 17:12

        Nossa, você tem sérios problemas de interpretação, faz o seguinte, pegue um reforço de português em interpretação, peça para o professor ler e te explicar os detalhes da reportagem, depois poste novamente...

      • Thiago Postado em 11/Apr/2014 às 17:49

        Sim a culpa é dele ! isso tudo por causa de religião, se não tivesse não ia ser morto por ter ou não feito oque falaram ! Acho que seu deus ta fazendo um ótimo trabalho. Larga disso e vai estudar pra ver se acha alguma cura pra alguma doença que ele deu a você ou algum familiar seu ou de alguém que você gosta ! Abra a mente, viva pra você, não pra uma coisa que nunca ninguém viu ou menos tenha provado sua existência !

      • Ana Postado em 11/Apr/2014 às 19:04

        Iago, o comentário de Julianna não tem absolutamente nada de deturpador da notícia. Você é que está deturpando o comentário dela. Parece que se alguém criticar religião o mimimi será eterno. Menos!

      • Pablo Postado em 11/Apr/2014 às 19:14

        Deus não tem culpa de nada, pois ele não existe.

      • Cristiano Bruno Postado em 12/Apr/2014 às 10:59

        e não é? se ele é o todo poderoso onipotente-onipresente então ele é SIM responsável por tudo o q há de ruim e de todas as perversidades acometidas por aqueles q ELE MSM CRIOU..... é óbvio q se existe algo ruim, é culpa dele.... se vc diz q não, então ta dizendo q ele não é todo poderoso, q existe algo tão forte qnt ele q afronta a força dele..... ou então ele é apenas 'sádico' como diz o outro rapaz..... ou então vc é retardado e diz q algo q NÃO é todo poderoso o é como se fosse...... em qlq situação o problema está sim com os retardados religiosos q estão sempre se metendo em contradições e vivem olhando para o além, para a morte, para depois dela, qnd na verdae após a morte num existe NADA...... acéfalos....

    • Juliene Postado em 11/Apr/2014 às 16:12

      Que relação isso tem com o crime? É uma maneira de a mãe se sentir confortada!!!

      • Endazeit Postado em 11/Apr/2014 às 22:55

        Definitivamente religião não define caráter, o ser humano é livre para tomar suas próprias decisões (seja elas boas ou ruins) que a afetam a sociedade direta ou indiretamente; transferir ou atribuir culpa de que adianta? Agora, não poder provar a existência de Deus não prova a sua não-existência.

    • Josane Postado em 11/Apr/2014 às 16:19

      A maioria dos países civilizados e do primeiro mundo acreditam em Deus, se estamos neste caos é justamente porque nos afastamos Dele. Sou mãe de um jovem excepcional, sou advogada e professora de filosofia. Nunca esperei que nada me caísse do céu. Deus não dá esmolas, mas força e coragem para lutarmos contra as adversidades. Acredito que há uma razão para Deus ter me dado um filho autista, talvez seja para que eu me torne um ser humano melhor, mais compreensivo e fraterno. O certo é que tenho aprendido muito com o silêncio dele, principalmente a não falar sobre coisas que não compreendo. Poderia elencar uma dúzia de argumentos teístas para tentar convencê-lo da existência de Deus, mas acredito que um só basta, chama-se Amor.

      • Júlio Postado em 11/Apr/2014 às 17:31

        "A maioria dos países civilizados e do primeiro mundo acreditam em Deus" . Dona Josane, a senhora é professora de que? De religião? Acho melhor dar uma pesquisada na net pra ver que estás redondamente enganada. AH! e deus não existe mesmo, ninguém prova que ele exista, nem ele mesmo aparece para acabar com toda e qualquer dúvida sobre sua existência, portanto...

      • Júlio Postado em 11/Apr/2014 às 17:34

        Eu tenho três filhas lendas e perfeitas, eu e minha mulher que fizemos, não foi deus nenhum que me deu, porquê eu deveria agradecer? E se elas não fossem lindas e perfeitas, fossem cheias de problemas, também não diria que "deus" fez isso para que me torne um ser humano melhor, até porque me considero bom até demais, melhor que muitos crentes e cristãos que se fazem de santinhos mas no fundo só fazem coisas ruins para os outros.

      • Bruno Postado em 11/Apr/2014 às 17:36

        Ela não esta enganada. A maioria dos habitantes dos países desenvolvidos é teísta. O que não quer dizer nada, religião não define caráter.

      • Lucas Postado em 11/Apr/2014 às 17:38

        "A maioria dos países civilizados e do primeiro mundo acreditam em Deus, se estamos neste caos é justamente porque nos afastamos Dele." Essa sua afirmação é totalmente falsa. Inclusive, aqui mesmo, no pragmatismo político, existem matérias que desmentem sua afirmação. http://www.pragmatismopolitico.com.br/2011/03/religiao-podera-sumir-em-9-paises.html http://www.pragmatismopolitico.com.br/2012/12/paises-democracias-laicas-sao-mais-prosperos-felizes-saudaveis.html O comentário do cara, colocando a fé da mulher como motivo do não crescimento da população pobre, é tão irresponsável quanto o teu. Se religião, fé e afins fossem sinônimos de progresso e felicidade, esses itens não estariam passíveis de extinção nos países citados na notícia que linkei.

      • Fabricio Postado em 11/Apr/2014 às 17:40

        Parabéns, Josane! Perfeito argumento! Deus já nos deus tudo que precisamos.

      • leandro Postado em 11/Apr/2014 às 17:41

        A crença é inversamente proporcional à qualidade de vida. Os países mais crentes do mundo são os da África. Não sou marxista mas concordo com a afirmação de que a religião é o ópio do povo.

      • Júlio Postado em 11/Apr/2014 às 17:54

        Está enganada sim. Ela falou países civilizado e de 1º mundo, aí se incluem Suécia, Suíça, Dinamarca, holanda, japão, China, Rússia, em que a maioria da habitantes são ateus.

      • Carol Postado em 11/Apr/2014 às 18:48

        É uma pena que seu pensamento seja esse.

      • Marcos Postado em 11/Apr/2014 às 19:42

        A maioria dos países civilizados e do primeiro mundo acreditam em Deus? Advogada e professora de filosofia? volte para escola dona...lá para o ensino médio!

      • Bárbara Postado em 11/Apr/2014 às 20:41

        Falou tudo, Josane! Amém por isso! :D

      • Glaucia Postado em 11/Apr/2014 às 20:55

        Josane, parabéns pela belíssima argumentação. É um misto de alegria e tristeza ver como a humanidade se tornou inflexível e egoísta e saber que ainda existem pessoas que pensam como você.

      • Mirelli Postado em 11/Apr/2014 às 22:30

        De todos os que dizem que acreditam em Deus, você foi a primeira que disse ao próximo sobre o amor. E é exatamente essa a mensagem que precisa ser passada. Não acredito em Deus (não como a religião ensina a acreditar) apenas admiro Jesus por ser justo e por ensinar que não se deve julgar, nem apedrejar, e sim amar, respeitar e ajudar. Parabéns pela postura.

      • Weaver Postado em 11/Apr/2014 às 22:48

        Na verdade, a maioria dos países desenvolvidos(1° mundo é coisa dos anos 80) são ateus, como Suécia, Finlândia, Noruega,....

      • André Postado em 11/Apr/2014 às 23:16

        Verifique bem a informação que você acredita. A maioria dos países desenvolvidos ou de primeiro mundo não tem crença oficial como o nosso e na sua maioria são ateus.

      • Franco Emiliano de Paula Postado em 11/Apr/2014 às 23:45

        Júlio, você disse CHINA E RÚSSIA de 1º mundo? China e Rússia compõem os BRICS, meu caro. Não sei onde se pode compará-los com uma Suécia ou um Japão, por exemplo. Também carece fontes afirmação de que esses países são de MAIORIA ateísta. Esteja certo do que diz, ou corre o risco de ser tendencioso.

      • Paulo Postado em 12/Apr/2014 às 01:49

        Acho que antes de chegar com pedras e dizer que Deus não existe por isso e por aquilo, procure entender o que você mesmo diz... Porque Deus não existe? Porque Ele não aparece para nós? Porque ninguém prova? Quando Jesus (Deus em pessoa) veio a 2000 anos a mais, fizeram o que fizeram com Ele e Ele - já - sabia o que lhe ia acontecer... Enfim, seja sincero consigo mesmo: Se Deus fosse julgar neste exato momento tudo que você já fez, o que acha que Ele faria? Você nunca pecou? Você já se arrependeu alguma vez dos seus pecados e disse nunca mais vou fazer isso? Pecado é tudo aquilo que não agrada a Deus... Por ex... Falar mal de alguém; desejar mal a alguém; fazer mal a alguém; fora outras coisas que se eu for ficar falando aqui, não acabo, vide há tanto pecado no mundo. Não se engane, meu amigo... Deus não é religião. Não confunda... Religião foi criada por humanos. Os pecados, são praticados por humanos. Nós mesmo fazemos nossas coisas ruins e Ele com todo amor e piedade que tem por nós, nos livra no nosso dia a dia da morte. Nos livra do mal. Diversas vezes... Vez ou outra, você pode vir a ser testado. Antes de dizer que não existe Deus, porque não experimentá-lo de verdade? Experimente separar um dia, um único dia, quando for dormir, quando estiver no trânsito, quando estiver pensando no nada... Experimente uma única vez, conversar com Deus, ser sincero com Ele... Falar tudo que você fez ou faz... E peça um único sinal dele. No tempo d'Ele, Ele irá responder e você vai se surpreender e garanto para você que seus dias serão muito melhores. (por muito melhores, não estou dizendo que eles não são bons. Além de que em momento algum te julguei por nada. Apenas aconselhei.) Que a Paz d'Ele esteja com todos vocês que lerem isso.

      • Graça Parga Postado em 12/Apr/2014 às 09:44

        Muito bom o que você disse. Só o amor constrói. Essa é s mola do mundo. Jesus nos mostrou. Nós ainda não aprendemos, não ouvimos e nem enxergamos.

      • linaldo martins Postado em 12/Apr/2014 às 10:16

        valeu Julio.também acho que a professora é de religião,pois se fosse de filosofia acharia graça da declaração da mãe do assassinado!

      • Maíza Beatriz Postado em 12/Apr/2014 às 10:24

        "Os países com mais ateus, como a França, têm os melhores índices sociais e a menor violência – ao contrário dos países com mais fé, como o Brasil". Daniel Sottomaior (presidente da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos), Matéria do Jornal A GAZETA, publicado no dia 5 de abril de 2014.

      • Will Postado em 12/Apr/2014 às 11:09

        Joseane, os paises mais civilizados como os escandinavos estão se direcionando para o ateísmo. São os paises africanos e árabes que mais acreditam em Deus são os queimam e humilham pessoas nas ruas. A percepção dos países europeus acreditarem em Deus que você tem é que eles preservam a história e respeitam a liberdade individual de cada um. Fala besteira não...

      • Gustavo Postado em 12/Apr/2014 às 11:09

        Julio, dizer que Deus não existe simplesmente porque 'ninguém' prova que ele existe, é uma péssima desculpa pra viver sua vida ignorando o fato da existência do Criador. Porque seguindo sua linha de raciocínio, ninguém também consegue provar sua 'não existência'. (e não me venha com 'TEORIAS' darwinistas) Seus argumentos foram no mínimo sem raciocínio algum, dizer que você é bom, simplesmente porque não faz mal a 'ninguém' não diz muita coisa, pois assim como existem 'pseudo-cristãos' que não fazem nada além de peso na terra e difamam o nome de Deus, existem muitos como você(quero dizer, muitos que não creem em Deus) que só fazem maldade, então existe os dois lados. Mas estou apenas respondendo seu comentário agressivo e sem 'fundamentos' sobre Deus e sua existência.

      • Eliana gracas Postado em 12/Apr/2014 às 13:35

        Parabens poucas palavras mas com muita sabedoria .

      • Marcelo Postado em 12/Apr/2014 às 16:04

        Júlio, realmente você não precisa de Deus, você precisa de aulas de português. "A maioria das habitantes", "países civilizado", "PORQUÊ eu deveria agradecer?"... Tente rezar por umas boas aulas.

      • Davitask Postado em 12/Apr/2014 às 19:39

        Na realidade, a relação entre religiosidade e desenvolvimento é negativa. Os países europeus quase todos se aproximam hoje de 50% de ateísmo. O Japão está cada vez mais secular. Já Honduras, Burundi e Somália são países profundamente religiosos. Na realidade, os únicos países religiosos com PIB elevado são sultanatos de Petróleo: Oman, Kuwait, Bahrein, Emirados Árabes.

      • davitask Postado em 12/Apr/2014 às 19:41

        http://en.wikipedia.org/wiki/File:RELIGIONvsGDPperCapita.png

      • Fabrício Postado em 13/Apr/2014 às 13:59

        Ok. Sou cristão, creio sim em Deus mas creio num Deus completamente oposto do que a maioria afirma conhecer seja por crer ou não. Um Deus onipotente e onipresente que manipula tudo não é um Deus e sim um verdadeiro garoto brincando com formigas Sim ele é onipotente e onipresente mas existe um lei que rege toda a essência da criação, o livre arbítrio. Olhando por essa lei, que é a única que Deus não interfere, passamos a ver que nossa vida segue por onde escolhemos e tudo o que acontece, seja de bom ou de ruim, vem de nossas escolhas próprias ou de pessoas que interferem direta ou indiretamente nas nossas vidas, por exemplo, nossos pais ou responsáveis. E preciso lembrar que o argumento de não existir provas da existência de Deus é nulo uma vez que para essa afirmação é preciso haver uma prova de sua não existência. Somos regidos pela ciência e a mesma é cheia de teorias que tomamos como verdade mas ainda não deixaram de ser teorias. Creiam ou não no que quiserem, importem-se menos com o que as pessoas creem e mais em suas atitudes. O conforto de cada um é suficiente para cada um.

      • Ilício Júnior Postado em 13/Apr/2014 às 22:13

        Muitos países de primeiro mundo tem sua maioria ateu isso é verdade, mas são países minúsculos que juntos não dão nem 5% da população do Sudeste brasileito. Os ateus não pesquisam qdo falam (ja fui ateu)...olha os Estados Unidos, nação mais poderosa do mundo com 89% de cristãos, Brasil com 98,2% de cristãos, China com 92% de budistas/xintoistas/induistas, India com 94% de Induistas/Mussulmanos, Japao com 89% de budistas e cistãos....A MAIORIA DO MUNDO É CRENTE, SEJA QUAL FOR A BANDEIRA. O mundo possui cerca de 1,2% de não crentes (ateus, agnosticos).

      • Brenda Postado em 14/Apr/2014 às 20:58

        Li todos os comentários, e concordo mesmo assim em partes com a Joseane! Digam-me, por que cargas d'água seria a culpa de Deus? Os países desenvolvidos são ateístas justamente porque são países MATERIALISTAS, isto é, pensam que não precisam de Deus pra nada! São egoístas, e pensam que tudo está ligado a coisas materiais... estes países têm o maior índice de suicídio, pois não há o que chegue para eles, só coisas e mais coisas! E os países subdesenvolvidos que são mais "religiosos" a culpa não é da religião, e sim da ignorância coletiva e dos governantes sem vergonhas, consequentemente estas pessoas se apegam a um bem maior, a algo que conforte suas situações, suas dificuldades, e isto não é errado, é ótimo, a religião salva a vida das pessoas que seguiram maus caminhos, conforma aqueles que sofrem e dão um sentido a mais á vida! Errado é matar, fazer justiça com as próprias mãos, julgar os outros e ser ignorantes sem querer buscar conhecimento, ser ruim é errado, e nós somos responsáveis pelo que temos ao redor, pelo que somos, e por nossos atos! Não joguem a culpa da incompetência de vocês, do egoísmo e do egocentrismo em Deus! E sim respeitem os sentimentos desta mãe que acabou de perder um filho amado, respeitem a fé dela, e sim, essas pobres almas precisarão da misericórdia Divina! Uma hora a resposta de todos vão chegar... E se não crê, pelo menos RESPEITE! A questão aqui é a INJUSTIÇA, e não a fé alheia!

      • luis Postado em 08/May/2014 às 21:35

        josane:poxa vc disse tudo,estou chocado com os comentarios que ví aqui,deus é superior sim,creio nele e ele tem me abençoado muito,minha mãe deu um AVC,estamos na luta e vencendo dia após dia pra honras e glorias do senhor,continue com tua fé que deus te abençoe poderosamente;

    • Monteiro Postado em 11/Apr/2014 às 16:28

      Não precisava.

    • Guilherme Postado em 11/Apr/2014 às 16:30

      Acho que a crença dela é mais uma resposta do que um motivo a isso que vc cita, Mauro. Para uma mãe nestas condições deve ser mais crível que deus venha a vinga-la da morte do filho do que o Estado promova a Justiça. Mais compreensão...

    • gabriel Postado em 11/Apr/2014 às 16:46

      Quando esse Mauro passar por um momento de quase morte ele vai lembrar rapidinho desse suposto criador que ele cita aí sentadinho em frente ao pc.

      • Renata Postado em 11/Apr/2014 às 17:42

        Será Gabriel, vcs falam que é ateu até se ver numa pior.... acho que não heim!!! A maioria dos ateus, são hoje justamente porque já foram cristãos, leram a bíblia, e como diz na biblia " a verdade vos libertará" , e é verdade, ela liberta. liberta de alienações e abre a mente para a vida de verdade. bom.. quero te perguntar... vc diz que é ateu enquanto não precisar, e quando cristão, estupra, rouba,mata, é pedófilo, isso é porque no momento do ato deixou de acreditar em deus? vai pesquisar, veja se a maioria desses criminosos tem alguma religião? se eles acreditam ou não em deus.?

    • ANDRE FLN Postado em 11/Apr/2014 às 16:50

      Esqueça a religião de quem falou a frase. PENSE: pedir perdão. Isso significa assumir os próprios erros e possibilita aprender com eles. Quem nega seus erros os repete.

    • Thaís Postado em 11/Apr/2014 às 17:08

      Justíssimo!

    • Jonathan Postado em 11/Apr/2014 às 17:11

      O Mauro tem toda a razão, essas "muletas" que a religião trás são ridículas, o "pecado" foi cometido dessa vez pelos homens que o mataram? Se existe um deus, onde ele estava quando isso aconteceu? Ou quando essa mãe teve um filho com problemas mentais? estava então ajudando a julinha achar a chave do carro ou passando o pedrinho no vestibular? O homem é inescrupuloso, foi a especie que pecou, que linchou e que o matou, pedir perdão agora tira o que eles fizeram? Para eles tira sim, vão orar, rezar ou outra coisa qualquer se "desculpar" e dormir tranquilos pois tem a licença de "alguém superior" para abonar suas atrocidades. Obs* É estranho o fato de que o comentário do Mauro tenha mais respostas dos que estão indignados com o que ocorreu de verdade. OBS²* "Se deus é justo, então quem fez o julgamento?"

    • Rafael Postado em 11/Apr/2014 às 17:14

      Perfeito, Mauro! Onde estava o tal Deus quando estavam espancando o filho dela?

    • Gustavo Postado em 11/Apr/2014 às 17:20

      assino em baixo!

    • julio Postado em 11/Apr/2014 às 17:25

      Boa Mauro, disse tudo...

    • Selton Postado em 11/Apr/2014 às 17:27

      "Ó grande arquiteto,tu és um grande charlatão! Ama ver o sofrimento alheio". Gosto de estudar religião. Acredito que tal gosto esteja estreitamente ligado a minha paixão por história,biologia e filosofia. Sentenças como essa que cito no início de meu comentário ou até mesmo como a do seu comentário Mauro, demonstram uma grande falta,não de fé ou de crença, mas sim de conhecimento.Acontece que hoje falamos muito sobre ignorância: política,educacional,intelectual,etc.Mas e a ignorância religiosa? Alguém fala dela? Não! Sabe o por quê? Porque para contestarmos algo que ao nosso ponto de vista está errado, devemos ter o pleno conhecimento daquilo, em suma,o pleno conhecimento da verdade. Eu,apesar de gostar de estudar religião, abomino muitas delas. Mas,desapegando-se da palavra religião e apegando-se a bíblia, o livro dos cristãos, vê-se que não é Deus( Jeová,do hebraico Iavé) que causa o sofrimento, pois a bíblia deixa claro em 1 joão 5:19 que "o mundo inteiro jaz no poder do iníquo." Essa mentira e muitas outras tiveram sua gênese na inquisição! Os católicos são os culpados, pois eles deturparam a imagem de Deus e tudo o que é relacionado a ele. Leia e estude a história Mauro!

      • Daniel Postado em 11/Apr/2014 às 19:07

        Que coisa de crentelho citar um trecho qualquer da Bíblia e concluir sem qualquer lógica uma outra coisa que também não possui lógica e tudo isso para dar uma de inteligente e botar a culpa na seita rival. Que coisa não! E o pior é que a população é ignorante e vive caindo nesses engodos por mais ridículos que eles sejam. Os cristãos deveriam pedir ao deus deles para interceder, assim como é contado no livro de historinhas dos cristãos, que ele tenha feito diversas vezes de forma cruel e exagerado. Eles já pedem isso, né? Mas o "mau" prevalece e toda essa crendice não passa de fantasia. A violência é fruta da ignorância, a nação não precisa de mais ignorantes, falsos profetas e crendices absurdas.

    • RENATA Postado em 11/Apr/2014 às 17:35

      concordo com vc Mauro.

    • leandro Postado em 11/Apr/2014 às 17:39

      Sensacional sua análise. Sempre colocam esse tal de "criador" como um ser inocente de tudo que acomete a vida humana.

    • Marco Mello Postado em 11/Apr/2014 às 17:58

      Numa boa.. Já basta a senhora estar sofrendo e, dentro da visão religiosa dela lançar um alento em suas palavras e vem um boçal como você querendo agir simultaneamente como um operador de consciência?! E numa boa, o que te implica a pensar que só quem faz não espera do céu?!

    • Daniel Postado em 11/Apr/2014 às 18:43

      Comentário super desnessessário. Aqui trata-se de uma imensa atrocidade ao ares da Idade Média que aconteceu, as pessoas são livres em acreditar no que bem entender, desde que não interfiram na vida de outrem. Me desulpe dizer isso, mas é muito ridículo e insensato da sua parte simplesmente desdenhar o sofrimento da mãe por ela ter uma perspectiva religiosa diferente da sua. A religião dessa mulher obviamente é a única forma que ela tem de se consolar (isso não faz da religião algo necessariamente bom, mas como eu disse, o direito de crer e descrer é de todos). Gaste suas energias criticando os montros que comentem esse tipo de loucura ao invés da crença de uma vítima indireta e desesperada desse fato.

      • Lucas Postado em 12/Apr/2014 às 13:17

        Absolutamente, estás certíssimo Daniel.

    • wilker Postado em 11/Apr/2014 às 19:53

      Tá certo gente atrasada, religião atrasada pais atrasado.

    • H.C. Postado em 11/Apr/2014 às 20:00

      Com certeza se existe um Deus, e creio que existe, Ele não está se divertindo com essas desgraças, então de maneira nenhuma podemos culpá-lo (ou a religião) por atos que o próprio ser humano se submete. Sempre haverá o desejo de justiça e as pessoas "encontrarão" a pior forma de obtê-la.

    • Ruvi Postado em 11/Apr/2014 às 20:13

      Deus? se deus é tao bom assim porque ´´deu`` a ele reterado mental? e porque deixou isso acontecer?

      • Lucas Vaso de DEUS Postado em 17/Apr/2014 às 15:51

        Que DEUS tenha pena da sua pobre alma !

    • silvia rocioli Postado em 11/Apr/2014 às 20:25

      Mauro n sei quem vc é mas pelo que dise é alguém tremendamente amargo e cético, os culpados n é a querida maezinha , mas sim pessoas sem amor e respeito que querem fazer justiça com as próprias mãos pensando que n teêm pecados. os homens perdidos sem Deus n tem compaixão e afeto são loucos em tentarem fazer a sua justiça,nem tudo parece o que é por alguém disse que o menino era estuprador todos sem racionar mataram o menino sem pensar sem dó mesmo sem saber se ele era culpado ou não. Jesus nos deu perdão, ele morreu em nosso lugar sendo nós pecadores,não nos tratou como merecíamos nos deu muito amor mesmo sem receber um reconhecimento. meu querido se vc nunca leu a Bíblia eu recomendo ler o livro de João depois vc me responda. por Deus amado e querido eu te digo sua mente vai se abrir, seus olhos vão chorar,seus joelhos vão se dobrar e sua boca vai confessar que Jesus Cristo é o Senhor.

    • Lucas Postado em 11/Apr/2014 às 21:39

      Descupe-me, estás certo de uma coisa, de que a religião é o ópio da sociedade. Sem dúvida ela é, todavia ela só se torna o verdadeiro ópio quando associada com o fanatismo. Portanto se tu não acredita em Deus, respeite pelo menos! Lixos como você deveriam estar no lugar desse pobre coitado !

    • Igor Muniz Postado em 11/Apr/2014 às 22:16

      Quer pagar de ateu esclarecido e fica como otário. Não são vocês os tolerantes? O ateísmo pode ser tão ruim quanto o teocentrismo, veja como o Tibete sofreu com o comunismo chinês. Cada um escolhe acreditar no que quiser e quem crê sabe que Deus nos dá dificuldades para serem superadas e não para agir sadicamente. A inteligência divina está além da estupidez humana antropomorfizada por ateus alienados. Vai estudar, materialista!

    • Rodrigues. Postado em 12/Apr/2014 às 03:02

      Mauro aprenda a respeitar a dor dos outros.... Se você estivesse no lugar dela? Se fosse sua historia contada aqui? Se fosse seu filho morto? ou sua mãe? Gostaria de ter sua crença ridicularizada. Acorda para vida. Seu ponto de vista limitado e que me parece de terceiro mundo.

    • Luis Antonio de Patricio Postado em 12/Apr/2014 às 09:48

      Um ateu é um ser humano incompleto, já que 95 da humanidade crê, de uma forma ou de outra, em um ser superior, um criador. Desde que o homem é homem tem sido assim. Então dizer que é estúpido crer que nada é por acaso e que somos reflexo de uma Inteligencia superior não é normal, não é humano. Culpar a Deus, acusar e negar Deus não fará que Ele deixe de ser mais real que nós mesmo, que não passamos de uma ilusão, de um sonho de Deus. Além de ser verdadeiramente estúpido achar que temos todas as respostas. Seres extremamente limitados jamais deveriam ter a arrogância de questionar o que não podem nem nunca poderão entender, principalmente se continuarem a ser arrogantes, donos da verdade, estúpidos, enfim.

    • linaldo martins Postado em 12/Apr/2014 às 10:12

      muito bom comentario Mauro.quem credita acontecimentos materias a um ser invisivel...ñ é confiavel!

    • Felipe Postado em 12/Apr/2014 às 11:45

      Comentario imbecil de pessoas inbecis

    • Rodrigo Postado em 12/Apr/2014 às 14:37

      crença de pessoas de terceiro mundo?? O Suposto Criado?...realmente esses não voltarão....

    • Thay Postado em 12/Apr/2014 às 16:09

      Seu comentário cheio de suposições do que a mãe do garoto deveria pensar ou deve pensar por crer em um Criador é tão racista e abominável quanto a forma injusta como o filho da tal mãe foi morto. É por pensamentos como esse seu, caro colega, que ocorrem injustiças pois, pelo que parece, as pessoas acabam achando que devem fazer justiça com as próprias mãos sem NEM SABER DE FATO antes a REALIDADE dos FATOS (chega a ser redundante, pois um fato, é uma realidade). Quem foi que te disse que ela espera CAIR algo do céu? Você pensa que sabe muito e refuta o que não é prático pra você sem nem ao menos CONHECER a realidade da tal mãe. Pense bem quando tentar IMAGINAR o que uma pessoa que pensa TOTALMENTE diferente de você pensa. Porque se ela pensa diferente, não sei porque raios você acha que sabe o que ela pensa!

    • Fábio Postado em 12/Apr/2014 às 16:19

      Que situação absurda. Desde as pessoas estarem expostas a situações de engano como a que ocorreu, até a concepção de justiça. A mãe do garoto resta apelar a justiça divina, claro, todos deveriam invocar isso, ou até isso queres tirar desta pessoa? Um lugar com lei ineficiente e com pessoas de atitudes animalescas, a quem iria essa pobre senhora apelar? A ti que estás a julgar de longe a situação, sem fornecer um amparo real? Crer de verdade em Deus, nunca foi impecilho para que nenhum povo ou civilização prospere, se não ocorre é porque existe algo de errado ali, imagino eu. Que Deus dê juízo e tenha piedade desse povo. Se você ainda não crê em Deus, tente ao menos procura-lo ou entender o entorno e sentimentos envolvidos na situação.

    • Max mmmm Postado em 12/Apr/2014 às 17:13

      Que os homens tem pena de ti...

    • Hanna Postado em 12/Apr/2014 às 20:18

      O ser humano prefere acreditar no que é mais fácil sempre. Dizer que tudo é vontade de deus é uma maneira de se livrar dos problemas. Mauro está certo! As pessoas fazem o que querem porque querem e devem responder por seus atos. As pessoas que fizeram essa crueldade não tinham esse direito e devem ser punidas.

    • Carlos Postado em 12/Apr/2014 às 21:04

      Você tem razão, mais de 80% da população brasileira é crente e isso mostra a ignorancia das pessoas a trabalhar, isto foi só mais um exemplo, não posso relacionar directamente deus e o que ele representa, a este crime, mas continua a ser hipocrisia ter fé na existencia de um deus que permite isto, e não me venham com a treta do livre arbitrio

    • Wilson Postado em 13/Apr/2014 às 03:06

      Mauro, Cara, você está mesmo dissertando sobre o tema em questão? Seu comentário soou como se falássemos sobre ingredientes para fazer um bolo e você surgir do nada e dizer "ei, olhe um cometa!" Ou você sofre de problemas sérios em interpretar textos, ou é autista ou é um grande babaca. Por que todo ateu mal resolvido espera por qualquer oportunidade para escarnecer a religião e a fé de alguém, principalmente quando estes são seus principais alicerces? Não interessa a fé que ela professa, esse não é o ponto em questão.... ela pode até acreditar que uma grande melancia amarela tenha olhos e asas de morcego e que criou o mundo depois de vomitá-lo de sua boca, ela pode e tem o direito de acreditar no que quiser.... o que não se pode se admitir é um ser humano achar um linchamento de um indivíduo qualquer algo trivial e se sentir incomodado apenas com a fé da mãe do individuo que morreu de forma irracional por um bando de pessoas..... sua postura é muito pior do que o ato tratado no tópico, seu discurso racional é como um câncer para toda sociedade.

    • marcela Postado em 14/Apr/2014 às 11:51

      na verdade o que mais me preocupa é a revolta ser maior com uma crença, religião ou apego, como preferir, do que com o ato em si. Essa gente me enoja.

    • will Postado em 14/Apr/2014 às 17:47

      tem ateu que é mais retardado que crentelho... fanatismo é uma bosta mesmo (tanto religioso fanatico, quanto ateu fanatico) só um fanático para pra pensar na religião da pessoa quando um garoto é espancado até a morte... serio mesmo que oq te chamou a atenção foi a religião da mãe??? velho vc precisa de algum tratamento... a matéria não tem NADA a ver com religião, um garoto foi morto e sua mãe é religiosa... fim se ele fosse ateu, budista, macumbeiro, pai de santo, agnóstico, branco, japones, alienígena não ia mudar nada foi uma vida que foi tirada por covardes independente da religião ou raça...

    • André Postado em 15/Apr/2014 às 18:31

      Mais bonito de tudo, é ver que num post sobre preconceito racial, o primeiro comentário é sobre religião, honestamente, estou cansado dos Ateus e sua teoria da conspiração que a religião é o maior mal do mundo, e estou cansado dos cristãos achando que o deus de Amor que eles pregam vai mandar pessoas boas pro inferno só por não ter a mesma crença que eles. Quanto ao post, sempre paro pra refletir quanto a isso, o estigma social que o negro tem, onde aos olhos da maioria da população inclusive dentro da própria comunidade afro descendente, o negro é o bandido, é o malandro, é o pobre aproveitador. Igualdade não vem de leis, vem de consciência, falta discernimento para as pessoas. Todos aqui são a prova disso, que preferem criticar crenças e não crenças ao mostrar preocupação com o quadro social atual.

    • Lucas Vaso de DEUS Postado em 17/Apr/2014 às 15:58

      Que Deus tenha pena da sua pobre alma! se voces tivessem entendimento da palavra voces entenderiam o modo de Agir de DEUS..

    • Valdir Hoffmann Postado em 06/May/2014 às 16:48

      Quem matou o menino foi uma gente ignorante que, justamente, não lembrou de nenhuma lição dada por Deus, que pede que as pessoas se amem e se respeitem. É exatamente a falta de Deus que causa esse tipo de coisa. E se você acha que um filho com problemas mentais é um castigo, não sei que tipo de pessoa é.

    • junior Postado em 06/May/2014 às 23:09

      Peça perdao a Deus

    • Igor Postado em 30/Aug/2014 às 13:30

      Deus não é sádico. Pelo contrário: ele fica triste por esse tipo de coisa, essa é a conhecida ira de Deus e isso fez com que Ele criasse o inferno para que pessoas ruins sejam punidas. Isso é coisa do Diabo e não Deus. Lembre-se que trevas não se mistura com luz. Então Deus não está nesse tipo de meio.

  2. nayane Postado em 11/Apr/2014 às 15:53

    Agora eu questiono-me: Que punições terão indivíduos que cometem atrocidades tão extraordinárias como estas? As organizações mundiais não são capazes de mover uma palha para solucionar problemas de cariz ideológicos como estas, por quê?! O pior de tudo é não saber o que irá acontecer daqui para frente; é termos consciência de que esta sociedade cresce mergulhada numa profunda ignorância sem terem a mínima noção de quais são os verdadeiros ideais de liberdade, igualdade, fraternidade, e acima de tudo, tolerância. Um cenário tão lamentável quanto desolador...

  3. Larissa Postado em 11/Apr/2014 às 15:58

    Quando se lê esse comentário "Era mulher feita ou uma criança de 10 anos?" da impressão que se fosse uma "mulher feita" seria menos grave do que uma "criança de dez anos". Veja, não estou afirmando, apenas um comentário.

    • Igor Muniz Postado em 11/Apr/2014 às 22:18

      Hummm. Agora é a briga entre feministas e racialistas! Quem era mais vítima? A pobre e indefesa mulher ou o jovem negro doente?

    • Bruna Postado em 11/Apr/2014 às 23:22

      Experimente ler a frase seguinte: "Era mulher feita ou uma criança de 10 anos? Ambos os crimes são gravíssimos."

  4. Philippe Tavares Postado em 11/Apr/2014 às 16:03

    cara, aprecio bastante suas publicações. gostaria de poder ajudar em algo. já que existem alguns erros gramaticais e erros de digitação em alguns de seus posts, vocêpoderia contar com minha ajuda para revisá-los pra você. neste post, por exemplo, você digitou "espanado", na legenda da fota. faltou a letra c. já mais abaixo, escreveu "há cerca de " com h, e o certo é sem h, pois é uma noção de distância. há com h remete a tempo. Isso não desmerece em nada o conteúdo da notícia, mas compromete alguns pontos e seve de alvo para críticas desnecessárias da parte de quem não concorda com suas opiniões. Não dê esta oportunidade para eles. Conte comigo. Não vou cobrar nada. É apenas uma maneira de ajudarmos uns aos outros. Obrigado pela atenção.

    • Sara Postado em 11/Apr/2014 às 17:21

      Serve* permita-me revisar o seu tb.

    • Humberto Lanna Postado em 11/Apr/2014 às 17:27

      fota, seve, dar oportunidade a eles e não para eles...parabéns revisor...

    • Helton Postado em 11/Apr/2014 às 17:57

      Rapaz, olha o tanto de erros nesse seu post. Vai ajudar como? Adicionando mais?

      • clauddia Postado em 11/Apr/2014 às 20:53

        Falou tudo Helton

    • guilherme Postado em 11/Apr/2014 às 18:13

      na segunda linha você escreveu assim: ...vocêpoderia... acho que se escreve separado kkkkk só acho

    • anta velha Postado em 11/Apr/2014 às 21:47

      É mesmo. Puta merda. Vai estudar cara, e apaga esse comentário. Tem erro pra cacete, usa ponto e nao começa com letra maiúscula, é sério, vai estudar! Kkkk

    • Liute Cristian Postado em 12/Apr/2014 às 10:12

      Com tudo isso de erros você está se candidatando a quê, rapaz???

  5. eduardo Postado em 11/Apr/2014 às 16:12

    Mas eu achava que a culpa pelo estupro era sempre da mulher!

    • Igor Muniz Postado em 11/Apr/2014 às 22:19

      Aprendeu hoje que a culpa é sempre do negro.

  6. Maria Aparecida Jubé Postado em 11/Apr/2014 às 16:31

    Esse é o efeito Sheherazade, ela deve estar muito feliz por ser obedecida tão prontamente, por aqueles que estão extravasando suas necessidades de torturar, matar, justiçar,há uns 3 dias atrás mataram um no estado de Goiás, dentro de um hospital, ele era suspeito de estuprar uma criança que não o reconheceu como sendo o estuprador, mas o espírito Sheherazade já tinha tomado conta da turba assassina. Interessante é que os assassinos justiceiros, até agora, só mataram suspeitos negros e pobres.

    • José Ferreira Postado em 11/Apr/2014 às 16:35

      Em Santa Catarina colocaram um branco no poste, mas ele foi convenientemente esquecido pelos grupos afrorracistas.

      • Vanilla Postado em 11/Apr/2014 às 16:47

        Fontes

      • Victor Postado em 11/Apr/2014 às 16:52

        pelos grupos afroracistas e toda a mídia, nem na internet vi falar disso, meio controverso esse comentário

      • Monteiro Postado em 11/Apr/2014 às 17:15

        Fontes: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2014-02-14/jovem-e-amarrado-a-poste-apos-assaltar-lanchonete-em-santa-catarina.html

      • Thiago Teixeira Postado em 11/Apr/2014 às 18:20

        Essa notícia foi repercutida no neste site sim assim.

      • andre Postado em 11/Apr/2014 às 18:33

        Eu acho que nada justifica a barbárie, a não ser estupro...

      • Igor Muniz Postado em 11/Apr/2014 às 22:19

        Bingo!

      • José Ferreira Postado em 12/Apr/2014 às 09:59

        A notícia apareceu no sítio, mas não teve tanta repercussão. Ficou como se fosse "um mal menor"...

    • Humberto Lanna Postado em 11/Apr/2014 às 17:22

      Talvez você deva assistir novamente a Opinião da Sheherazade...fique atento a todo o contexto e não apenas ao recorte que interessa à polêmica...

  7. sabrina Postado em 11/Apr/2014 às 16:35

    Concordo plenamente com tudo o que disse nesse texto! Infelizmente é a nossa realidade e a mais pura verdade. Já não sei mais o que fazer, ou que pensar para criamos esperança nesse mundo que acontece fatos como esses pra piores e nada muda, nada acontece cada vez piora.. triste e lamentável mesmo..

  8. Sociedade Postado em 11/Apr/2014 às 16:56

    Quem faz isso n e gente!!! São bichos anormais. Quem comete este tipo de atrocidade merece passar pelo mesmo! Revolta-me profundamente isto tudo. Que sociedade e esta que não sabe confraternizar, não sabe respeitar?

    • Igor Postado em 30/Aug/2014 às 13:36

      O segredo está em punir severamente. Infelizmente aqui no Brasil não existe justiça, então as pessoas não pensam nem 1 vez antes de fazer alguma coisa. Porque sabem que vão pra cadeia mas voltam, ou é ainda mas fácil que eles nem vá pra cadeia. No dia em que criar leis duras, de causar medo nesses marginais (até pena de morte e tortura) eles não vão desejar nunca ir presos. Tem um país, acho que é Singapura, que tem leis do tipo e tem baixissimo indice de violência.

  9. Monteiro Postado em 11/Apr/2014 às 17:03

    Mais um comparação estúpida, imbecil e quase criminosa. No filme, a garota é espancada porque é negra, num crime bárbaro de racismo. O garoto foi espancado por suspeita de estupro - o que eu não apoio de jeito nenhum - e foi agredido por pessoas também negras. O boçal ainda aproveita para criticar Gilberto Freyre, - com certeza leu algum artigo infantil dizendo que este negava a existência do racismo do Brasil com a chamada "democracia racial", ora, não existe mentira mais deslavada! Suposições é o que não falta nesta palhaçada: "será que ser negro foi um elemento potencializador...será...será?" Tenta-se chocar o leitor evocando imagens bárbaras de um filme. Mas eu digo uma coisa: a mim não! Eu não caio nessa! Sou negro e, se este fosse um país sério, este tal "blogueiro" já tinha se retratado.

  10. Lucas Postado em 11/Apr/2014 às 17:04

    Triste, o ser humano não está "evoluindo" como dizem, e sim regredindo.. falta AMOR e SABEDORIA para essa humanidade, vergonha total ser brasileiro

  11. Lorde Stark Postado em 11/Apr/2014 às 17:09

    Caros amigos, a contínua expansão de nossa atividade desafia a capacidade de equalização das novas proposições. Do mesmo modo, a complexidade dos estudos efetuados deve passar por modificações independentemente dos níveis de motivação departamental. Podemos já vislumbrar o modo pelo qual a execução dos pontos do programa aponta para a melhoria dos paradigmas corporativos. Gostaria de enfatizar que o entendimento das metas propostas auxilia a preparação e a composição das posturas dos órgãos dirigentes com relação às suas atribuições. É importante questionar o quanto a necessidade de renovação processual pode nos levar a considerar a reestruturação das condições financeiras e administrativas exigidas. A prática cotidiana prova que o desenvolvimento contínuo de distintas formas de atuação assume importantes posições no estabelecimento do orçamento setorial. Nunca é demais lembrar o peso e o significado destes problemas, uma vez que a constante divulgação das informações possibilita uma melhor visão global do processo de comunicação como um todo. As experiências acumuladas demonstram que o fenômeno da Internet obstaculiza a apreciação da importância das direções preferenciais no sentido do progresso. Todas estas questões, devidamente ponderadas, levantam dúvidas sobre se o novo modelo estrutural aqui preconizado nos obriga à análise dos modos de operação convencionais. É claro que o desafiador cenário globalizado estende o alcance e a importância do retorno esperado a longo prazo. Assim mesmo, o início da atividade geral de formação de atitudes representa uma abertura para a melhoria do sistema de participação geral.

  12. Thiago Souza Postado em 11/Apr/2014 às 17:17

    anciamos em rede nacional a intolerância, a discriminação racial, o ódio de classe. Eles ocupam os canais de TV na hora em que o trabalhador acorda para ir ao trabalho, meio dia durante seu almoço. E a noite ao descansar recebemos uma outra dose da mais pura ignorância humana. Falam abertamente que os pobres e pretos devem ser torturados e mortos, que os direitos humanos (a um julgamento justo, a não ser torturado e assassinado friamente) é um delito. Que "bandido (o que eles consideram) bom é bandido morto" . Então mais um jovem negro é morto. Mas e ai, de quem é a culpa? Da polícia que deixou que a sessão de tortura durasse duas horas até intervir, dos moradores que partiram para o linchamento, ou do garoto morto que tinha distúrbios mentais? Da mídia? Meu? Seu? De quem?

  13. Humberto Lanna Postado em 11/Apr/2014 às 17:19

    a questão de se colocar racismo acima de outras questões é estranho...O primeiro ponto, a meu ver, é a barbárie, a falta de agentes da lei, a falta de educação (o que não impede de que alguns pseudointelectuais não estivessem envolvidos no linchamento) ética, limites. Todos se julgam detentores da mais íntegra verdade...Só me dói saber que tal fato cairá no esquecimento tão rapidamente quanto nos chocou...

  14. Mariana Postado em 11/Apr/2014 às 17:24

    Monstros, deveriam queimar todos no inferno, por isso que esse país miserável não para frente,com sociedades cada vez mais indignas da vida concedida por Deus, sinto vergonha quando vejo notícias desse porte.Um país onde a maioria de seus habitantes são miscigenados, e mesmo assim continua o abuso do preconceito.

  15. Luiz. Postado em 11/Apr/2014 às 17:26

    Não existe motivos ou explicações para tal crueldade com um ser humano, mas é necessário enfatizar que a pessoa é negra ? "O corpo negro ensanguentado e o olhar assustado que você na foto é do menino Alailton Ferreira" . Só pela imagem já daria para saber que ele é negro, mas é realmente necessário toda essa ênfase no fato dele ser negro? ... só uma curiosidade nada mais!

  16. Rodrigo Postado em 11/Apr/2014 às 17:30

    Por isso que eu digo que o povo brasileiro é burro, imbecil, ignorante e que não sabe a diferença entre fatos e boatos, é tal do "me disseram e fiquei sabendo". Esse bando de animais que agem no mais perfeito efeito manada, pouco se importam se o alvo de sua justiça popular é ou não culpada das acusações, pra esse bando búfalos desenfreados a simples palavra "SUSPEITO" é atestado de culpado. Pois bem vemos ai mais um abuso de julgamento errôneo causado por um simples boato e mal entendido que para os algozes juízes e também executores pouco importa, o que importa e agir como um bando de animais irracionais e promover a sua sede de justiça deturpado, onde querendo ou não também imperou o racismo e preconceito pelo simples fato dele ser mentalmente incapaz. Exagero meu? Você acha?!? Inverta os papeis coloque um outro individuo que não seja negro ou pobre e me diga se mesmo assim esse linchamento justificado como justiça popular aconteceria? Sem hipocrisia, é claro que não!... Mas enfim não vou tocar nesse assunto. A falta de segurança que nossos governantes nos oferecem e a parcial ou total impunidade perante a nossa ineficaz justiça brasileira, aliadas à um povo sem um minimo de educação(Sim brasileiro é um povo mal educado sim senhor) e de fácil manipulação, o resultado só poderia ser esse... Um bando de seres humanos irracionais movidos por um senso de justiça também irracional promovidos por aqueles que deveriam formar e não desinformar opiniões... Até momento segundo a matéria aqui exposta não houver nenhuma acusação sequer, seja de abuso sexual ou de latrocínio às quais o pobre coitado foi submetido... Mas para a manada de imbecis bastou dizer "FOI ELE" e pronto, isso por is só já justifica a legitimidade do espancamento. Mas um pobre infeliz e inocente tem a sua vida ceifada de forma injusta e covarde. Sim covarde, eu não vejo valentia alguma espancar um coitado com problemas mentais, e digo mais, já que esta sede de justiça popular que agora está tomando conta do país e ao meu ver virando moda... por que não invadir bocadas e pontos de tráficos? Por que essa manada de idiotas irracionais também não vão lá fazer justiça espancando traficantes? Não querem fazer justiça? Ou será que essa justiça popular só funciona com quem é comprovadamente inocente pela justiça? Ou melhor, será que a tal justiça dos tais juizrs populares só funciona quando alguém em alguma TV diz "TEM QUE FAZER JUSTIÇA COM ESSES TAMBÉM" ? Sem mais...

  17. Hugo Pereira Postado em 11/Apr/2014 às 17:42

    Posso citar outro filme. "O massacre de Rosewood": uma chacina se inicia quando uma mulher que é espancada por brancos, acusa megros de terem o feito, assim uma chacina se inicia sendo mortos diversos negros. Pra piorar, são fatos reais.

    • Igor Muniz Postado em 11/Apr/2014 às 22:28

      Aí já não se sabe quem defender: os negros ou as mulheres. Vitimismo é uma m...!

      • Thiago Teixeira Postado em 12/Apr/2014 às 10:51

        Concordo, que morram os negros, que as mulheres sejam maltratadas calem a boca. Perfeito. Afinal, racismo e machismo não existe, é tudo mi mi mi.

  18. Heisenberg Postado em 11/Apr/2014 às 17:46

    Imagine que o menino torturado e amarrado nú em um poste na zona sul do Rio de Jaineiro é branco. Imagine que, quem a polícia mata 3 vezes mais que negros, são os brancos. Como se fosse culpa do branco a merda que o negro faz. O que tem a ver a cor desses indivíduos com o que aconteceu ? Nesse caso da noticia mesmo, as pessoas em volta que estão matando a vitima, também são negras, a noticia tende a influenciar que foi racismo.

  19. Sandro Postado em 11/Apr/2014 às 18:14

    Um absurdo, cadê os direitos humanos? Ah, tá! Esqueci! Só aparece DH quando está a policia envolvida.

  20. Thiago Teixeira Postado em 11/Apr/2014 às 18:18

    Não interessa o que o rapaz fez ou deixou de fazer, se é negro, japonês, feio, bonito, não importa. Houve um assassinato, formação de quadrilha e todos que participaram devem ser identificados e responderem criminalmente.

    • elaine Postado em 11/Apr/2014 às 18:51

      Concordo. Todo mundo defende acha que ta certo, até a pessoa a ser sacrificada, julgada ser um parente, aí mudam de ideia

    • Eliane de O. Rnagel Postado em 11/Apr/2014 às 21:53

      Thiago Teixeira,perfeito seu comentário!

  21. Roberto Postado em 11/Apr/2014 às 18:22

    #raquelsheherazade Tá vendo Sherinha? É assim que se faz. Aprendeu? Vc é tão assasina qto qq assassino.

  22. Geertz Postado em 11/Apr/2014 às 18:23

    Brasileiro é racista e burro (como se não fosse a mesma coisa)... São roubados milhões de reais todos meses por seus governantes brancos! Façam alguma coisa contra este que realmente rapinam o nosso povo e país!

  23. nell Postado em 11/Apr/2014 às 18:32

    E me assusta as pessoas preocupadas com a crença da mãe, diante de tamanha barbárie. Sensibilidade e solidariedade nenhuma, não é ??

    • claudia Postado em 11/Apr/2014 às 20:57

      Verdade nell, a questão da crença da mãe é o de menos, mas sim a falta de sensibilidade e solidariedade, mas me parece que estão mais interessados em discutir religião

    • Raquel Postado em 12/Apr/2014 às 08:00

      Justamente o que pensei.

  24. Leandro Ilek Postado em 11/Apr/2014 às 18:38

    De acordo com a pesquisa de mais de 30 anos de José de Souza Martins sobre linchamento: "se um branco e um negro cometem o mesmo crime, a chance do negro ser morto é maior."

  25. Elaine Postado em 11/Apr/2014 às 18:49

    "Alailton foi enterrado, não havia qualquer denúncia ou relato de testemunhas, segundo a Polícia Civil" .E então? Cade as supostas vitimas do rapaz? Sendo do estupro ou do roubo? não se pronunciaram? O problema é que as pessoas se baseiam em "achismos", em disse me disse. Não estou defendendo, mas nesses casos de linchamentos tem que se ter muito cuidado para nao sacrificar algum inocente vitima desses achismos e disse me disse.

  26. loame Postado em 11/Apr/2014 às 18:55

    Devíamos ter a antiga lei, olho por olho, dente por dente. Essas pessoas que fizeram isso com esse rapaz, devem ter o mesmo tipo de morte. Crueldade. O ser humano realmente perdeu o amor pelo o próximo.

  27. Thay Postado em 11/Apr/2014 às 18:56

    Bom galera ateu não acredita em Deus. Correto? Por quê vocês dão a esse mesmo "criador" a responsabilidade da doença mental e o meio cruel da morte desse garoto? Contraditório isso não acham? Se Deus não existe. Logo ele não tem nenhuma responsabilidade. Ou talvez vocês não sejam ateus e acreditem nesse "criador" porém estão revoltados por ele permitir que essas coisas aconteçam. Eu acredito que nem todas as coisas boas se devam a Deus e nem todas as coisas ruins ao Diabo. "Caso eles existam". Dentre outros fatores as coisas acontecem pela consequência da educação doméstica e cultural de uma nação e também pela própria formação de consciência de cada um de nós. E isso não é responsabilidade de Deus ou do Diabo e sim responsabilidade de um povo mal preparado pelo Estado e consequentemente despreparados para viverem em sociedade. Acho que são ainda piores que os primitivos. Enfim Responsabilidade de um POVO e não de um DEUS.

  28. Taís Postado em 11/Apr/2014 às 19:04

    Agora os linchamentos viraram moda, todo dia acontece algum em alguma parte. Que espécie de gente estamos nos tornando?

    • Thiago Teixeira Postado em 13/Apr/2014 às 07:44

      Está virando moda devido a impunidade. O dia em que a justiça der uns 15 anos de cadeia num julgamento em massa de 30 pessoas envolvidas num espancamento (inclusive quem estava perto assistindo e filmando), ai o vagabundo vai pensar duas vezes antes de entrar no meio para chutar a onça morta.

  29. Marcos Postado em 11/Apr/2014 às 19:08

    Então um jovem de 17 anos, SUSPEITO de um crime que quiçá aconteceu, é espancado até a morte por populares e os comentários que leio são sobre religião e racismo?

  30. Rafael Martini Postado em 11/Apr/2014 às 19:43

    Assim como, por vezes, em aglomerações há algum cretino que grita "fogo!" ou "tiro!" sem ter certeza do que está havendo, ou ainda sem motivos, apenas querendo ver o circo pegar fogo, os boatos correram e inflamaram a horda que matou Alailton. E temos mais um caso de suspeito que padeceu nas mãos de seus semelhantes, vizinhos, conhecidos. Ainda que se confirme algum delito, não se faz justiça com as próprias mãos. Nunca. Que os criminosos animais selvagens que cometeram tal barbárie sejam punidos. LINCHAMENTO NÃO É JUSTIÇA, É ATROCIDADE.

  31. JOTTARC7 Postado em 11/Apr/2014 às 19:49

    Af! Tem gente que acha que só porque a pessoa digita uma palavra errada e já esta condenada, que não pode ajudar. Fique sabendo que a maioria das pessoas simples que digita todas as palavras errada tem mais educação do que esses pivete que cursa vestibular, faz faculdades que dá um de play boy.

  32. Thiago Postado em 11/Apr/2014 às 19:57

    Sociedade falida!! Povo, burro, idiota, animais, sem educação e discernimento do que é certo ou errado. Prendam todos os animais selvagens que participaram dessa barbárie.

  33. Beatriz Postado em 11/Apr/2014 às 20:14

    Apenas um adendo: A "justiça com as próprias mãos" pode acontecer sim, desde que os "justiceiros" sofram as consequências de seus atos! Obviamente, dependendo da situaçao o juiz deve se utilizar de alguma brecha da lei para diminuir a pena. Pra mim, inadmissível é tratar os "justiceiros" como heróis. Ainda mais quando isso vai além da subjetividade e se espalha pela imprensa - E a massa toma como verdade absoluta.

  34. Rodrigo Filho Postado em 11/Apr/2014 às 20:31

    Enfatizaram extrapoladamente o fato dele ser negro nesta matéria, acredito que e dai que o preconceito é formado, e não acredito que o acontecido tomaria rumo diferente com uma pessoa de etnia diferente a dele... Entenda que não o mataram por ser negro! O preconceito sempre irá existir, até o momento que você não mais enxergue homens negros e brancos, e veja que existe apenas homens!

  35. Mariana Sampaio Postado em 11/Apr/2014 às 20:42

    As leis brasileiras são falhas, mas estão ai para serem respeitadas, não sei com qual direito essas pessoas tem de tirar uma vida, ainda mais de uma forma desumana como foi nesses caso, se esse rapaz tivesse cometido qualquer crime no qual ele foi acusado teria punição com certeza, um ato não pensado, desnecessário, que só trouxe sofrimento a família, mais pecado para esses cidadãos que não sabem oque fazem, e por fim e com menas importância por se trata de uma vida ainda denegriram a imagem da população local, da cidade e aumentou a má fama do Brasil.

  36. Mauricio Patrício Jr Postado em 11/Apr/2014 às 22:10

    É válido sim questionar se o fator étnico potencializou a barbárie, ou será que tentaram linchar Thor Batista também? E os playboys que queimaram o índio Galdino anos atrás, alguém foi atrás deles? Não só no Brasil, mas em todo o continente americano, é perturbadoramente comum e natural que não se questione a culpa do negro e que a culpa do branco e do rico seja relativizada, evadida, esquecida e negada.

    • Malu Postado em 11/Apr/2014 às 22:37

      O que me conforta sobre esse crime, é saber que esses assassinos jamais serão perdoados na lei divina, Deus perdoa tudo, menos a delinquência de um assassino,esses monstros malditos, covardes . Enfim, o garoto era pobre e negro

    • vinicius Postado em 12/Apr/2014 às 00:42

      Palmas para seu comentário. Falou tudo e mais um pouco. A indignação da população sempre foi, é e será seletiva.

      • Monteiro Postado em 13/Apr/2014 às 19:56

        Não. Isto é mentira. Não sai por aí repetindo besteiras que tu pensa que é verdade.

    • Monteiro Postado em 13/Apr/2014 às 12:12

      Thor Batista atropelou um cara bêbado que estava pedalando em zigue-zague. Esses que queimaram o índio Galdino fugiram do local. Sendo assim, estes exemplos não são válidos.

  37. Marcela Postado em 11/Apr/2014 às 22:25

    Pessoal esqueçam religião, dispam dos conceitos e preconceitos independe de ser branco ou negro era um ser humano como cada um de nós. Não podemos combater o crime cometendo outro crime. Imaginem se no lugar desta mãe que teve o filho com problemas mentais indefeso, assassinado covardemente por um grupo de justiceiros. E agora que sabem que ele é inocente vamos matar todos que estão envolvidos no seu assassinato? é assim que vamos acabar com a violência e com a injustiça?

  38. Hurricane Postado em 11/Apr/2014 às 22:28

    Gente de cabeça pequena alguns dos neoateus que ao invés de se atentarem pro verdadeiro sentido dessa bela reflexão vem importunar com essa incoerência de pregarem sua crença (sim o ateísmo é uma crença, pois a ciência em nada se mistura nem ousa entrar nessa "certeza" medíocre desse Povinho de mente pequena de pseudo superioridade que da nojo). Se a dona tem a crença dela deixa é a única coisa que a.conforta depois se perder o filho de maneira tão covarde. Agora vocês querem tirar até isso dela. Daime paciência com gente de covarde e pequenes. Voltem ao centro dessa discussão tão seria levantada tão nobremente por autor desse blog que é a discriminação diária que nós negros brasileiros sofremos todos os dias.

  39. Cledinalda Araujo Postado em 11/Apr/2014 às 22:32

    Realmente a situação da humanidade é de salve-se quem puder, muitas guerras, fome, doenças e revolta da natureza com ciclones, chuvas demais e etc, ainda mais agora que uma grande parte de pessoas estão enlouquecidas de pavor, stress e outros males, confundem tudo e no meio da confusão agem impulsivamente pensando fazer justiça com as próprias mãos e na verdade cometendo crimes bárbaros como esse...lamentável situação, de mais um jovem que tem sua vida ceifada sem ter nem ao menos o direito a defsa.

  40. Thaise santos Postado em 11/Apr/2014 às 22:46

    Bom galera ateu não acredita em Deus. Correto? Por quê vocês dão a esse mesmo "criador" a responsabilidade da doença mental e o meio cruel da morte desse garoto? Contraditório isso não acham? Se Deus não existe. Logo ele não tem nenhuma responsabilidade. Ou talvez vocês não sejam ateus e acreditem nesse "criador" porém estão revoltados por ele permitir que essas coisas aconteçam. Eu acredito que nem todas as coisas boas se devam a Deus e nem todas as coisas ruins ao Diabo. "Caso eles existam". As coisas acontecem pela consequência da educação doméstica, cultural... dentre outros fatores e também pela consequência da própria formação de consciência de cada um de nós. E isso não é responsabilidade de Deus ou do Diabo e sim responsabilidade de um povo mal preparado pelo Estado e consequentemente despreparados para viverem em sociedade. Enfim Responsabilidade de um POVO e não de um DEUS. Só para constar... não sou ateia, acredito em Deus, porém não sou uma religiosa alienada.

  41. Monteiro Postado em 11/Apr/2014 às 22:48

    Thor Batista atropelou um cara bêbado que estava pedalando em zigue-zague. Esses que queimaram o índio Galdino fugiram do local. Sendo assim, estes exemplos não são válidos.

    • José Ferreira Postado em 12/Apr/2014 às 10:01

      Fora que ninguém espancaria o Pelé, se ele tivesse matado alguém. Se bem que a filha dele (que ele não assumiu) morreu de desgosto.

  42. Gabriela Postado em 11/Apr/2014 às 23:21

    A única coisa que não foi dita é: e os linchadores, foram levados à delegacia, como deve ser? Não me digam que não sabem quem foram, afinal, estavam alí. E os assassinos, serão levados a justiça, como deve ser? Não debato absolutamente nada mais que isso, e os assassinos? Porque não foi um linchamento, foi um assassinato.

    • Cecilia Postado em 12/Apr/2014 às 13:26

      EXATO.

  43. Leonardo Postado em 11/Apr/2014 às 23:29

    O caso foi apontado como estupro ou tentativa. a "vitima" já era figurinha carimbada da população. Legal que pras acusações de estupro, o site destaca que não tem provas, mas pra alegação de problemas mentais, sem postar nenhum diagnóstico médico, eles dão como fato. To cansado de ver varios comentarios de blogs e sites como esse relatando abusos e estupros, inclusive os do metro, e todo mundo pede a cabeça do acusado (mesmo sem provas, só com relatos), agora quando é mostrado com palavras chave e distorção todo mundo fica com peninha. No minimo contraditorio Essa me incomoda muito. Que somos um pais racista, isso é fato. Mas essa manipulação de dados é foda e foge do cerne real da questão: A maioria que morre por violencia são negros. Mas a maioria que mata são negros tmb. Entao temos que discutir esse tema com mais seriedade do que "só mataram pq era preto"

  44. Fabio Postado em 11/Apr/2014 às 23:40

    Não importa se é branco, negro, amarelo, vermelho...etc. Essa é uma cena que me envergonha como ser humano, justiça é para os justiceiros, para quem ganha pra fazer justiça, se não o fazem é outro problema, mas não pra se fazer pela ira inflamada por alguns ignorantes que acham que esse é o melhor caminho. Como cristão que sou, quero apenas deixar umas palavras do mestre Jesus a esses que compactuam com isso.: " AQUELE QUE DENTRE VÓS ESTEJA ISENTO DE QUALQUER PECADO, QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA".

  45. Daniel Postado em 12/Apr/2014 às 00:05

    As pessoas querem acabar com a violência, sendo violentas. Vê se pode!? Clamam: "queremos o fim da violência" e no entanto com as próprias mãos cometem um homicídio a alguém que foi flagrado apenas furtando. Eu não entendo essa sociedade! sério mesmo.

  46. Beto Postado em 12/Apr/2014 às 00:08

    Ao invés de apenas comentar sobre a violência, por que não pressionamos nossos políticos para que tenhamos uma legislação adequada ao momento atual?

  47. nataly ribeiro Postado em 12/Apr/2014 às 00:10

    Deus existe sim, já fiquei confusa e depois vi que é impossível não acreditar.Eu tive muitas provas !Tentei contestar, mas impossível! Deus existe e infelizmente a maldade também! Os motivos de tanta crueldade eu não sei, mas eu gostaria que justiça fosse feita, as pessoas que lincharam ele são ASSASSINAS !!!

  48. Flavio Postado em 12/Apr/2014 às 00:12

    Deus está olhando e dando corda, o povo dorme na sua própria ignorância, cometer essa covardia é mole, o doente mental é quem?

  49. Elias Postado em 12/Apr/2014 às 00:16

    Tinha negro batendo ali tb, a população sabe que se for preso no dia seguinte estará rindo da cara das vítimas, o povo não aguenta mais, ou mudem as leis ou voltamos a barbárie.

    • Thiago Teixeira Postado em 12/Apr/2014 às 10:46

      A lei existe e está bem regimentada, só não é cumprida pela frouxidão de nossos juízes, possivelmente por medo de represálias dos meliantes.

  50. Antenor Postado em 12/Apr/2014 às 01:21

    Pode-se considerar que uma espécie de " seleção natural" está voltando a acontecer... se para o bem o para o mal, só saberemos nos próximos episódios...

  51. Eliz Postado em 12/Apr/2014 às 03:49

    Pelo que estou vendo aqui, uma boa parte estaria lá também linchando o garoto! De fato, bem vindos a selva... Gente politizada! É uma piada!

  52. Bruno Muniz Postado em 12/Apr/2014 às 08:56

    Incrível, tantos fatos em um artigo, fatos cruéis, e todo mundo faz questão de enfatizar a fala da mãe, como se ela fosse uma louca por pedir que os culpados se desculpassem com Deus. Isso só me faz acreditar mais fielmente na existência de Deus, ele deu vida ao homem, e livre arbítrio, a culpa não é dele se o ser humano escolhe ser na maioria das vezes, esse lixo que é. Sejamos menos hipócritas, quem paga por isso? Quem paga sociedade? Se atrevam a responder...

  53. Anderson Postado em 12/Apr/2014 às 09:11

    Um festival de suposições. Fatos concretos, só uma investigação séria será capaz de definí-los. Até lá, mais uma notícia que alimentará discussões inúteis sobre racismo, intolerância, e outros mimimis adorados pelos pseudo-intelectuais que se alimentam da ignorância da grande maioria das pessoas. De fato concreto (da simples observação das fotos), foi um negro, linchado por brancos e também negros, e pelo jeito, da mesma camada social à qual pertencia o jovem agredido (aqui caio na maldita suposição, o que me avisa que já é hora de terminar o comentário). O fato é que a ingerência estatal na segurança pública leva ao cometimento de atrocidades, justificadas pela noção de fragilidade denotada na ausência de punição dos mais variados tipos de crimes.

  54. Marcelo Postado em 12/Apr/2014 às 11:09

    Os comentários desse Julio são pífios e digno de pena....que nenhuma das suas 3 filhas lindas e perfeitas não sofram qualquer tipo de retaliação dessa sociedade que vivemos....

  55. vagner Postado em 12/Apr/2014 às 11:11

    Admiro a mae por acreditar em justiça divina neste momento tao difícil ! mas nao podemos esquecer que temos leis e justiça deve ser feita quanto a este rapaz ! povo ignorante e de alma suja . foi uma vida que tirarão .justiça falha muito neste aspecto em todo o Brasil .sem cultura sem educação sem amor pelo proximo e acima de tudo violentos .

  56. Euzilene Postado em 12/Apr/2014 às 12:17

    Bárbarie. Voltamos à Idade Média. As instituições estão falidas e o povo quer fazer justiça com as próprias mãos. Chocada.

  57. recco Postado em 12/Apr/2014 às 12:38

    Totalmente tendenciosa essa matéria....

  58. Diego Postado em 12/Apr/2014 às 13:15

    Como bem disse Sartre, "o inferno são os outros".

  59. Paulo Postado em 12/Apr/2014 às 14:12

    Cara, não existe Deus, simplesmente isso, existem prioridades no mundo onde a ajuda de "Deus" seria muito mais util do que ele pensar exclusivamente em um amigão que quer um carro ou casa. Ex: Temos a Africa como um País emergente e escasso de recursos naturais, onde pessoas morrem sem ter o que comer OK,"Deus" é aquele cara dotado de senso de justiça absoluta, o poder de "criação", e outras qualidades que todos dizem que ele tem. tendo isso em mente, realmente é sensato achar que não se preocuparia mais com essas pessoas emergentes da Africa por exemplo? ou preferimos achar que Deus esta mais preocupado em nos encher de coisas materiais, ou cuidar de casos isolados como este que não vai fazer porra de diferença nenhuma para a Humanidade? Resumo da História: Sejam capazes por si só, e parem de se iludir achando que há um ser rodeado de flores e amor acima das nuvens. "O Curupira esta mais próximo da realidade do que Deus"

  60. Lopes Postado em 12/Apr/2014 às 14:46

    Coitado! Que Deus o tenha. Quanto aos linchadores? Não vai acontecer nada com eles. Não há como idividualizar a ação de cada elemento.

  61. joao Postado em 12/Apr/2014 às 14:59

    olha o que eu posso dizer, eu tenho 30 anos sou advogado e estou prestes a ter uma filha. como eu conheço de leis nesse pais. se uma pessoa tentar violentar minha filha, agarrar minha filha, mostrar o membro pra minha filha, como já aconteceu com a minha esposa quando tinha coincidentemente 10 anos. eu mesmo vou lá e lincho... sem mais. agora se ele fez ou não fez, nunca saberemos

  62. Adonai Teixeira Postado em 12/Apr/2014 às 15:31

    mel dels, eu lendo a matéria, quase às lágrimas, de tanta tristeza, diante da injustiça cometidas, sentimentos subitamente trocados pela raiva ao ler os comentários da matéria... vários muito bem escritos, feitos por pessoas sem dúvidas inteligentes, cultas, mas sem um pingo de consideração pelo próximo ou pela gravidade da situação em si. Porra, uma pessoa foi espancada, assassinada! e não foi caso isolado. cotidianamente situações do tipo acontecem por conta de uma lógica social que desemboca nisso aí! e a gente, numa frieza absurda tenta minimizar o acontecido: "ah, mas os brancos tb são espancados" " a mãe do morto é uma estúpida que acredita em deus" "vitimismo (?!)"... ah, vsf! vamos nos acostumando com a barbárie, vamos... vamos ver onde isso vai dar. solidariedade, respeito ao próximo, só estas coisas deveriam importar... que o luto dos familiares e amigos de Alailton seja o menos traumático possível. .

  63. Anderson Postado em 12/Apr/2014 às 15:47

    Curioso. Nas fotos eu vi pessoas brancas e também negras espancando covardemente um jovem negro em um julgamento infame e arbitrário de rua. Mas o q a cor da pele tem tanto a ver com esse crime? A ênfase insistente na cor da pele da vítima, neste caso, é desnecessária e soa bem desonesto.

  64. Vinícius Meireles Postado em 12/Apr/2014 às 16:33

    Concordo, pois por falha do governo, a população de se revolta, e quer justiça. Com certeza essa foi uma atitude equivocada da população,e eu lamento pela vida do rapaz, mas não discordo que bandido bom é bandido morto! independente se esteja de cyclone ou engravatado!!

  65. Marco Postado em 12/Apr/2014 às 16:35

    O clima de ódio que a elite vem plantando neste país está dando seus frutos. Quem pariu Mateus que o embale... E aí vêm os ateus, com sua arrogância laminar, porque amparada na pura ignorância, polemizar o debate. Pela lógica agnóstica, somos apenas carne, fruto da mutação genética espontânea e da (adaptação) capacidade de permanecer vivo através dos tempos. Assim, então por que sermos bons?! Pereceremos, certo?! vivamos em opulência e danem-se os outros!! Tudo vai deixar de ser mesmo, então que eu viva bem e em abundância enquanto respiro!!! Isso basta!! Não há culpa, nem remorso, nem compaixão!!! Sobrevive o mais forte!! morreu alguém, que bom que não fui eu!!! Até onde este tipo de pensamento vai levar nossa sociedade?! "..e aqueles dias serão abreviados, pois do contrário, nenhuma carne se salvará!" #osfortesentenderao

  66. Saulo Postado em 12/Apr/2014 às 17:42

    Vi algumas pessoas criticando o fato de a mãe ter dito aos executores pra pedirem perdão a Deus. Isso só me leva a crer que, como muitas coisas por aqui, o ateísmo, também levado a ferro e fogo, pode ser tão prejudicial quanto o fundamentalismo religioso que encontramos aos montes por aí. Afinal, qual o problema da mãe que perdeu um filho, de modo tão brutal, buscar conforto na ideia, que ela crê, de que exista um Deus? Tão grave quanto a perseguição aos ateus, por fundamentalistas religiosos, é a ideia de que o inverso possa acontecer, já que os ateus se dizem defensores da lógica e intelectualmente superiores. Pois me parece que esqueceram de aprender qualquer coisa sobre empatia. Deus (ou o mau emprego do nome dele) também está presente no caso de muitas pessoas, que acompanham o pensamento de Sheharazades da vida. Quer dizer que pelo bem da família, da moral, dos bons costumes, de Deus e da "liberdade", se pode apedrejar pessoas por aí como se fazia no velho testamento e como ainda se faz em regiões do mundo chamadas de bárbaras? As diferentes formas de fé (sim, pois ateísmo é em si também uma crença de que não exista um Deus, ao final de tudo) estão se voltando umas contra as outras, criando uma polaridade, como tem acontecido com a política, o futebol e tantas outras atividades em que se metem as pessoas por aqui, criando um tipo de maniqueísmo, onde só o que se acredita é bom, o resto não presta e DEVE SER COMBATIDO. Pois, aí é que mora o problema, esse combate ferrenho a tudo que vai contra sua ideologia, qualquer que seja ela, é que chega a extremos como esse e começa a utilizar pretextos como "se a lei não combate esse tipo de marginal,m então nós é que devemos punir esse tipo de marginal" E um a um, devido ao fundamentalismo, não só religioso, como ideológico também, todos os princípios de uma sociedade de fato democrática, vão se extinguindo, devido às desculpas que utilizamos pra justificar a barbárie.

  67. Alexandre Lopes Postado em 12/Apr/2014 às 19:03

    Eu sou ateu , mas , discordando do Mauro , não acho que seja o momento oportuno para se fazer crítica à fé religiosa . Apesar de a religião ter feito muito mal à humanidade, nesse caso , ela serve como um consolo a uma mãe arrasada pela barbárie perpetrada por seres humanos embrutecidos.

  68. Carolina Postado em 12/Apr/2014 às 19:23

    A dor é dela. Cada um se apega no que pode quando sente dor. Deixem-a em paz! Ninguém merece aer julgado em momento tão doloroso. Assusta tanto bla bla bla e pouca sensibilidade com o outro. Pelo motivo que tenha sido, essa mulher merece nossa compreensão. Não temos direito de julgá-la.

  69. José Lacerda Sobrinho Postado em 12/Apr/2014 às 19:31

    Não concordo com a pena de morte (nem legal nem ilegal), mas concordo que há "um tempo de matar". Esse tempo é o curto lapso de tempo entre uma grande ofensa ou injustiça sofridas e a constatação de que o criminoso não receberá o devido castigo, É o lapso de tempo entre você sofrer uma agressão e, ao olhar em volta sentir-se desamparado e sozinho na luta por justiça. Nesse lapso de tempo, em que, movido por grande emoção, é que se decide a matar. Muitos não são capazes de, apenas, sentar-se à beira da estrada e lamentar ou esperar a justiça que, já sabe, não virá. É instintivo reagir, sob forte emoção, especialmente antevendo que aquele criminoso cometerá um novo crime em breve, caso não seja detido, e que não o será senão por você, e naquele instante. Muitos reagirão nestas circunstâncias sem ter tempo de pensar nas consequências. Não é, este, o caso do jovem citado na reportagem. Este é um caso de brutalidade covarde, reflexo de uma sociedade sem educação, sem cultura, sem segurança, sem leis, sem justiça, sem exemplos vindos "de cima", dos governantes e legisladores que são os mestres da cultura do "eu quero o meu e o resto que se vire". A revolta de um povo assim, é a "vingança inconsciente" por todos os seus infortúnios causados por aqueles que deveriam poupá-lo desses infortúnios. Já o caso de Carl Lee é aquele ao qual me refiro do "lapso" que nos faz esquecer, momentaneamente, os escrúpulos, sob forte emoção. Quanto a racismo como causa destes crimes, não creio que nosso povo seja racista pois terá ( e já houve casos) as mesmas reações contra um criminoso ou suspeito branco.

  70. Fabiano Postado em 12/Apr/2014 às 19:47

    Gente, o que a religião tem a ver com isso???? Eu não estou entendendo a razão dos comentários penderem tanto para essa direção, eu sou ateu, mas a questão aqui é a violência, talvez o racismo, a "justiça" pelas próprias mãos, o absurdo, a selvageria da sociedade, a demonstração de que as autoridades instituídas não tem controle sobre nada, etc. Fico triste em ver que diante de todo esse absurdo a discussão fica reduzida a uma questão secundária e qye não tem qualquer relação com o ocorrido...

  71. pitoperito Postado em 12/Apr/2014 às 20:41

    Um dos maiores milagres ou poderes, como acharem melhor, não está sem posto em prática.....o ''AMOR''.

  72. MARIA DO CARMO BLFC. Postado em 12/Apr/2014 às 20:41

    Saulo disse tudo.

  73. Adrien Postado em 12/Apr/2014 às 21:42

    Divido a dor dessa senhor, e lhe mando os meus sentimentos. o sangue de Alailton como o de milhares de pretos assassinados no Brasil e no mundo gritará pra sempre justiça, tolerança e respeito. as pessoas pobres e pretas não têm aonde correr para pedir socorro, entendo perfeitamente a fala dessa senhora e do outro preto que foi preso e torturado no rio de janeiro por engano, ao sair da prisão perdoou a moça branca que se enganou. o problema não é somente da religião, mas da esperança diante do racismo, vítima do homicídio....aonde a vítima vai depositar a esperança? no governo racista e opressor? em si mesmo enquanto que vive o drama existencial? que sejamos humanos antes de qualquer condenação e crítica. sempre devemos nos colocar no lugar da vítima.

  74. Rodrigo Pinheiro Postado em 13/Apr/2014 às 02:08

    Sheherazade não justificou a justiça com as próprias mãos? Aí está (meu desabafo) Virou moda no Brasil muita gente dizer: - "Direitos humanos para humanos direitos", ou seja, se não é um "humano direito" não tem direito. Vale lembrar que essa frase é muito falada por um tal Bolsonaro, que defende a ditadura por ela ter ordenado o país, mas os direitos humanos eram somente para "humanos de direita". Ou: - Os Direitos humanos só defendem bandidos, etc. Entendam algo: os direitos humanos não existem para proteger os bandidos, mas para evitar a demência generalizada. Foi escrito em 1948 e entre os autores estava Eleanor Rossevelt. Por que essa data e a participação dessa mulher foram importantes, hein, alguém lembra? Quando Rachel Sheherazade fez aquele comentário:"Ta com pena, leva pra sua casa" ela patrocinou isso; ainda que nem saibam se o menino abaixo era, verdadeiramente, culpado. Parece que não. E se fosse? Rodrigo, você está defendendo bandido, estuprador? Sim, não defendo seu ato, mas sua vida e seu direito a um julgamento, sim. Sei que um estupro é pavoroso e estou cercado por mulheres que amo: minha esposa, minhas duas filhas, minha mãe, minha irma e minha avó. Isso sem falar em tias, primas e amigas. mas a defesa por sua vida e por seu direito a um julgamento é por amor todos nós e a mim mesmo. Se uma pessoa estupra que pague segundo a lei do país e se não nos agrada trabalhemos para mudá-la; mas fundo não queremos mudá-la, queremos é "justiça" com as nossas mãos, um bode expiatório para aplacar nossa frustração, nossa raiva. Quando Martin Luther King jr. organizou os protestos pacíficos com uma ética de não-violência foi porque, segundo ele, não poderíamos derrotar nossos inimigos tornando-nos como eles ou que se pagássemos o mal com o mal (olho por olho e dente por dente) os EUA terminariam como um país de banguelas e cegos. O Brasil está para se tornar um país de zumbis, porque banguela e cego é pouco. Gente podre e morta que só porque caminha se crê viva. A culpa do que aconteceu com esse rapaz é de todos nós, mas principalmente da imprensa e desses blogueiros irresponsáveis que para conseguirem suas finalidades políticas tudo se justifica, até o sensacionalismo baixo, até proteger e justificar a violência. Que contradição: o povo que se ira pedindo punição para os assassinos está tornando-se assassino; nosso senso de justiça está nos tornando injustos; nossa consciência de culpa - por nossos erros - deu lugar à auto-justificativa; nosso padrão de bem tornou-se a ação da besta; nosso clamor pela paz está descamando para a violência generalizada. Esse país é maldito porque nós o amaldiçoamos e as pragas contra ele somos nós mesmos. ‪#‎Sheherazade‬, não digo que o levasse para minha casa, mas certamente estou uma vontade doida de falar com ele, de tentar ajudá-lo porque eu já vi isso acontecer algumas vezes. Eu sei que o problema do Brasil não é só de política estrutural - é disso também -, mas falta muito na formação do indivíduo. Difícel, principalmente para um povo acostumado a ser gado. Nao dá mais para tentar ajudá-lo; ele morreu, foi espancado e fotografado para o novo "reality show" que as pessoas desse país gostam. Começou com uma "bobeirinha" de amarrar um rapaz num poste (enquanto alguém filmava, é claro), mas quando a besta humana é estimulada ela não se contenta só com isso, sempre quer mais sangue, mais carne; principalmente de pobres e negros. Aí está, o que virá depois disso? Já não somos humanos direitos.

  75. Diego Postado em 13/Apr/2014 às 10:59

    Só acho que 90% dos que comentaram essa publicação são pessoas ignorantes que deixaram de lado um fato triste e revoltante para discutirem ou apoiarem um possível neoateista, (pois quem é verdadeiramente ateu não vem comentar essas merdas aki não), o tema aqui é verdadeiramente VIOLÊNCIA, SELVAGERIA! Deviamos lamentamos o acontecido, que foi gerado por ódio, por pessoas (se é que podemos chamalas assim) que nem sabiam de nada e quiseram fazer justiça com as próprias mãos, apenas pelo calor e ódio do momento. Vamos pensar um pouco: foi Deus que mandou? Foi porque ele era pobre? A família dele era cristã e por isso era pobre? A mãe dele tá errada em desejar que Deus perdoe quem o fez? Ou não ela deveria desejar o mesmo? Será que foi a violência? O racismo? Já sei foi a religião! Não? Vão dormir, orar, quem não ora, vá ajudar quem precisa. Ps: parabéns Fabiano, apesar de ser ateu e eu cristão, temos mesma visão sobre o caso. Religião Não tem nada haver. Com certeza vc não é neoateista, quee no meu ver, são ateus por modinha e não sabem nem o que defendem!

  76. Lisandro do Amaral Postado em 13/Apr/2014 às 11:01

    Vergonha desse tipo de gentalha (isso é GENTALHA MESMO), que volta à época medieval e comete essas barbáries. Sem provas, sem testemunhas. Pura histeria coletiva. Assassinos sem cérebro.

  77. Levi Kokayi Postado em 13/Apr/2014 às 13:53

    Um Irmão morre apedrejado, linchado e massacrado pela população. E o debate nos comentários é sobre a fé da mãe dele? Isso evidencia ainda mais a intencionalidade e no descaso com a problemática racial deste país e do mundo.

  78. Agora Aqui Postado em 13/Apr/2014 às 14:42

    Sheherazade & Seus Discípulos. Justificando a injustiça com a falta de justiça.

  79. Paulo Postado em 13/Apr/2014 às 15:12

    Eu já tinha ouvido falar nesse jovem em um vídeo no youtube e pela descrição do vídeo ele foi morto por ter estuprado, ou tentado, uma menina de 7 anos de idade. Ninguém lincha ninguém à toa. Será que ele morreu de graça mesmo?

  80. flavio wittlin Postado em 13/Apr/2014 às 22:12

    Pessoas, Neste vídeo "Pegaram o Tarado" [2’50”] houve um caso praticamente igual em suas motivações, com um final inusitado. https://www.youtube.com/watch?v=6q7bHktD8Qk Há um senso comum entre certos círculos progressistas que tende a mistificar as melhorias econômicas e sociais conquistadas pelo povo pobre (bolsa família; diminuição da mortalidade infantil; acesso à moradia, à aquisição de carro e bens duráveis, ao ensino universitário, etc). Este economicismo embota o reconhecimento, por tais círculos, da presença da psicologia que é subjacente às massas. E abstrai toda a carga de ressentimentos que têm se acumulado por séculos em seu interior. Uma única década de conquistas não tem poder de suplantar na psiquê delas tantas frustrações. Que se arrastam geração após geração de exploração, opressão, discriminação e racismo. Vem daí o magma para que os pobres não reconheçam um semelhante; os negros não se vejam no negro; os oprimidos e os discriminados não se identifiquem com um dos seus. A cultura dos direitos humanos está diante de desafios gigantescos para afirmar-se na humanidade e fazer face à barbárie.

  81. Fernando Schuindt Postado em 14/Apr/2014 às 00:34

    Se toda vez que aparece a palavra "negro" nessa postagem fosse a palavra "branco", teríamos uma notícia racista.

  82. Marcos Postado em 14/Apr/2014 às 12:10

    http://videos.r7.com/apos-assalto-frustrado-criminosos-matam-faxineiro-de-loterica-no-df/idmedia/5349b5b30cf296ccd0974885.html

  83. Paulo F Postado em 14/Apr/2014 às 13:26

    Se ele fosse branco duvido que o título da notícia seria '' Jovem branco..'',isso é tudo jogada ideológica política para, de uma maneira psicológica, nos levar a crer que os negros são vítimas de uma sociedade racista.. O que não tem sentido nesse caso, Espírito Santo é um estado com maioria de pardos e negros,a maioria dos linchadores são pardos,e outros diversos motivos para não considerar que ele foi agredido por ser negro,ele foi linchado por um grupo de pessoas que não aguenta mais injustiças por parte de criminosos,e por parte do Estado que não as defendem,logo,em um ato de quem sabe,ignorância e ódio,tentaram fazer justiça com as próprias mãos,mas nada,NADA,ligado a um crime racial..algo que inconscientemente o autor da notícia nos leva a crer.

    • Thiago Teixeira Postado em 14/Apr/2014 às 21:27

      Então você acha que se o cara fosse branco as pessoas linchariam da mesma forma? Racismo não existe? A força que um branco chuta um negro é a mesma intensidade que ele chutaria alguém com sobrenome italiano? Então como explica que a cada 4 mortos pela polícia, 3 são negros?

      • Ezequiel Postado em 14/Apr/2014 às 21:35

        Simples, tem mais negros envolvidos em crimes violentos, já pensou nessa possibilidade? E se ela for verdadeira? Me explica porque nos países desenvolvidos enquanto os brancos geralmente são ligados ao exército, polícia possuem valores patrióticos os negros geralmente disseminam a cultura do crime? A cultura do Nigger, Thug essa bosta toda infesta também os países desenvolvidos, existem certas coisas que não possuem explicação mas são estranhamente observadas pelos olhos de muitos. Certas coisas são moralmente proibidas de serem discutidas.

      • Paulo F Postado em 14/Apr/2014 às 22:47

        Você está inocentando um negro por sua condição racial,ou seja,por ele ser negro. Estuprador existe branco,negro,japonês,etc.. Isso que causou a revolta na população,ele ter possivelmente abusado de uma menina. Ah,você não leu mesmo o que eu escrevi,citei que havia negros e pardos no grupo de linchamento,isso contraria seu argumento,por que um negro chutaria com intensidade maior um negro que um branco? Há um grande contigente de negros e pardos na policia,se morre mais negro é por critério socio-econômico,não racial.. Chega de coitadismo histórico exacerbado.

      • Monteiro Postado em 14/Apr/2014 às 23:22

        Concordo totalmente Paulo F. O autor usa o fato para expor seus conceitos totalmente contraditórios. Ora, na Índia ocorrem linchamentos de estupradores - e não é por racismo. A pessoa que não tem muito conhecimento cai facilmente na falácia: "apanhou porque é negro".

  84. [email protected] Postado em 14/Apr/2014 às 18:40

    Que país escroto, que estado escroto, que povo escroto. Deus me livre

  85. Ivete Postado em 14/Apr/2014 às 18:50

    Só tem uma coisa interessante nisso tudo, NINGUÉM se colocou no lugar dessa mãe e tentou sentir a dor dela e sabe do que mais , é difícil sentir essa dor se um de vcs não forem MÃE...

  86. Rogerio Postado em 15/Apr/2014 às 10:00

    Nossa, os populares matam o jovem a pauladas, e quem leva a pior é a mãe que disse, peça perdão a Deus. Se ela falasse coisas ofensivas a os malfeitores, proferisse palavrões e ameaças, ela também seria duramente criticada pelos espertões ateus que vemos por aí, que sabemde tudo, conhecem de tudo e acham que só eles sabem escrever direito. Qualquer crítica a um ateu, eles já apelam e dizem, vá estudar, vá isso, vá aquilo. Oque eles não entendem, é que as vezes uma pessoa simples, que não sabe nem escrever direito o próprio português , as vezes tem mais sabedoria que um ignorante ateu. Tem gente que lê um livro de biologia falando sobre a evolucão das espécies e já se sente um cientista pós doutorado.... Lembre-se que Albert Einstein e mais outros inteligentes de verdade, e não falsos inteligentes que vemos ao monte por aí, acreditava em Deus. Então não venha falar que quem acredita em Deus é por falta de conhecimento. Pelo contrário....quanto mais se estuda, quanto mais tenta-se compreender o Universo e tudo que contém nele, mais chegamos a hipótese que existe um ser superior que deve ter criado todas as coisas... Agora quem matou o jovem a pauladas, não tem amor ao próximo.....é fácil amar sua esposa, sua namorada ou sua mãe......Quero ver ter compaixão e amor por um desconhecido. Isso chama-se amor fraternal, algo que Jesus Cristo, inspirado divinamente, nos ensinou.... Se os popularres tivessem o espírito de Deus no coração deles, e não outros espíritos, como a maldade, a vingança , etc.... Ele não teria morrido. Façamos Justiça. Se um cara roubou....seja punido de acordo com seu erro. Se estrupou, seja dada outra sentença......muito severa. E assim por diante. Agora , pelo que li, esse jovem foi mal interpretado, porém os populares estavam com uma vontade de matar mesmo , dai acharam a oportunidade e agarraram com as duas mãos. Agora aos ateus....vocês são ridículos, Estudem mais vocês pra não falarem besteiras pela internte.Parece que vocês não pensam pra falar porém se acham muito inteligentes. Uma dica, só vocês ateus entre si se acham inteligentes, por que na minha visão e na visão de outros sábios vocês são motivo de chacota.... Estudem mais, mas estudem mesmo....e vocês encontraram a Deus ...não precisa ler a bíblia não. Quem fala aqui é um físico formado pela Universidade de Campinas, com mestrado e doutorado na USP e pós doutorado em cosmologia pela Universidade de Princeton-USA Meu nome não é Rogério, não vou me expor aos ignorantes....

  87. Allysson Wandeberg Postado em 16/Apr/2014 às 09:18

    Excelente texto! Brasil tão miscigenado e tão preconceituoso.

  88. Jonathas Postado em 16/Apr/2014 às 18:37

    Só uma pergunta. Se o menino tivesse sido pego em flagrante estuprando a menina de 10 anos, seria justificável ou não o linchamento ?

  89. Ana Rodrigues Postado em 16/Apr/2014 às 19:35

    E eu pensei que a discussão fosse sobre violência racial. Geralmente antes de fazer qualquer comentário vejo o que já foi escrito a respeito. Neste caso parei no quarto comentário e não tenho nada acrescentar a querela em questão.

  90. bereniceferreira Postado em 17/Apr/2014 às 07:31

    queria saber quem deu o poder de julgar o rapaz as pessoas estao tao preocupada com sigo que esquece que erramos mas a morte dele nao vai ficar impune lhe garanto que cada um que levantou a mao pagara caro quando chegar sua hora aqui faz aqui paga

  91. Sol cruz Postado em 17/Apr/2014 às 13:40

    Se Deus Não existe, porque tem pessoas que levantam uma bandeira contra uma coisa que não existe? Eu mesmo nao acredito no espiritismo, nas teorias de Darwin , mas não fico levantando uma bandeira e argumentos cientificos pra provar aquilo que pra mim nao existe. Discussões tolas e perca de tempo.

  92. WSouza Postado em 05/May/2014 às 23:13

    Estamos nos aproximando do fim. Primeiro essa sede de sangue se instala nas periferias e em locais onde a insatisfação é uma constante na realidade das pessoas. Pessoas demasiadamente injustiçadas, que sentem o sabor da desigualdade todos os dias. Depois se alastra como um vírus. Ora, se algo não for feito a respeito, sempre que surgir nova oportunidade para a "justiça com as próprias mãos" se fazer presente; assim será. Só o que sei, é que tudo isso não passa de um presságio, é somente a sinopse de um livro que todos nós iremos ler. Há milênios nos foi dito que no FIM o amor se esfriaria por completo. Ora, quem falou sobre isso eu chamo de Messias, outros chamam de Jesus, e ainda outros chamam de Farsa. Porém o que me faz acreditar que ele realmente existiu, é a precisão das palavras que proferiu. Falou sobre um futuro distante, que hoje nós chamamos de presente. E para aqueles que acreditam que tudo irá melhorar, afirmo: não irá. Essas manifestações de violência, muitas vezes gratuitas, tendem a se alastrar. Basta olhar para a história e perceber; primeiro as camadas mais vulneráveis da sociedade apresentam os primeiros sintomas, logo depois o que se vê é a generalização da perversidade, do ódio e da falta de prudência. Que o Altíssimo tenha misericórdia de nós, pois tudo isso, que nunca antes fora visto, é apenas o princípio das dores.

  93. José Ninguém da Silva Postado em 08/Jun/2014 às 17:01

    Engraçado como aquele Sr. Mauro do começo jogou o saco de b*sta pro alto a vazou pra nunca mais voltar! kkk Discórdia e inconsequência andando de mãos juntas... kkk