Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 07/Apr/2014 às 18:25
15
Comentários

Ibope ou Datafolha: quem mentiu?

Internautas apontam incongruências nas últimas pesquisas eleitorais que merecem atenção. Números de Marina Silva chegaram a oscilar 230% em um curtíssimo intervalo de tempo

Texto publicado na página DesmascarandoGloboeFolha

Agora já é possível ter certeza, algum dos dois institutos (Datafolha ou Ibope) está mentindo nas pesquisas eleitorais.

manipulação pesquisas eleitorais

Realizadas em um intervalo de apenas duas semanas, as pesquisas mostram uma diferença de 230% na intenção de voto em Marina Silva, em um mesmo cenário!!! (com Dilma, Aécio e Marina na disputa). No Ibope ela tem 12% e no Datafolha ela tem 27%. É bom lembrar que nada de muito relevante aconteceu para justificar essa mudança, em um período tão curto de tempo. Além disso, as variações de Marina Silva desde fevereiro nas duas pesquisas não coincidem, ficando muito acima da margem de erro de ambas. Ou seja, alguém está mentindo.

Deixamos aqui o link para as duas pesquisas. A do Ibope foi realizada entre os dias 13 e 17 de março. A do Datafolha foi realizada entre os dias 2 e 3 de abril. Já adiantamos que em ambas as enquetes foram excluídos os candidatos “nanicos”, ou seja, só estão na disputa Dilma, Aécio e Marina Silva.

Fizemos um gráfico para mostrar como seria a hipótese dos dois institutos estarem corretos em suas pesquisas. Reparem como a Marina Silva tem variações bruscas em apenas um mês, sem que nada que envolva diretamente o seu nome tenha acontecido nesse período. Além disso, nenhum dos outros candidatos teve variações tão violentas assim. Por que só ela teria?

datafolha ibope manipulação pesquisa 2014

Pesquisa Ibope: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/03/dilma-lidera-em-nova-pesquisa-ibope-seguida-de-aecio-e-campos.html

Pesquisa Datafolha: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/04/datafolha-dilma-recua-mas-ainda-venceria-1o-turno.html

Recomendados para você

Comentários

  1. Peterson Silva Postado em 07/Apr/2014 às 18:33

    Hipóteses para além da mentira: 1) Um erro “a la IPEA”, no qual gráficos / dados foram trocados; 2) Algum erro na amostragem ou no cálculo dos resultados, que resultou em algum resultado tendencioso por alguma razão. ... Mas provavelmente tem algo de mais obscuro mesmo.

  2. Ricardo Silva Postado em 07/Apr/2014 às 19:40

    Entendo que deve ser revisto o que tem nessas estatísticas, principalmente a amostragem. No entanto, o gráfico montado pelo site, sobre a variação de Marina Silva, é um gráfico errado e tendencioso. As discussões devem ser abertas e questionar sim os institutos de pesquisa. Mas misturar dados de grupos diferentes em um mesmo gráfico para vender ao leitor uma suposta armação é no mínimo imoral.

  3. Monteiro Postado em 07/Apr/2014 às 21:58

    E quanto ao Eymael?

    • Thiago Teixeira Postado em 08/Apr/2014 às 13:48

      "EEEEEEEEEymael ..... u m d e m o c r a t a c r i s t ã ã ã o!!!!!!!!!!" Cara, desde que eu era pequenininho esse homi se candidata com a mesma marchinha! Ele vai de novo? E o Fidelix com seu trem? Rui Costa Pimenta? Na boa, se fosse eles tentava de deputado federal, pelo menos eles teriam representatividade, pois encarar uma eleição presidencial é audácia demais.

  4. Yohan Postado em 08/Apr/2014 às 08:08

    230% ?? não seria 125% ?

    • Victor Postado em 08/Apr/2014 às 12:08

      230% mesmo, de 12% foi pra 27%, mais que o dobro

      • Diego Postado em 09/Apr/2014 às 02:28

        kkkk... Esse texto está errado, não é 230... A diferença é 125% mesmo, pq 27 - 12 = 15, e por regra de 3, se 12 é 100%, 15 é 125%.

      • yohan Postado em 10/Apr/2014 às 08:32

        o dobro é 100% de diferença e não 200% era 12% e aumentou mais 15%..... então são 125% de aumento.

      • GuiSN Postado em 13/Apr/2014 às 09:52

        A variacao foi de 230. De 23 foi pra 12 e depois pra 27. Tb me chamou a atencao no inicio mas o grafico no final explicou...

  5. Esdras Pereira Alves Neto Postado em 08/Apr/2014 às 10:11

    Que coisa que temos aí! Será que essas pesquisas são tendenciosas ? Se forem, qual o motivo para se-la ? Bem o motivo para mim apesar de eu mesmo ter feito essa pergunta é que parece que desde o início dessas pesquisas o único candidato que tem "pário" de fato para concorrer com a Dilma é ela Marina Silva e no entanto eu acredito que assim sendo, os bastidores compram essas pesquisas para minar os eleitores e assim deixa-los confusos. Pois pessoal venhamos e convenhamos não há nem um candidato da concorrência que tenha algum projeto para expor para nós eleitores concretamente e ainda pior não há nem um escândalo midiático no governo Dilma em que a oposição possa explorar para denegrir sua imagem; então pessoal ao meu ver só restou isso; onde esses bastidores tentam comprar essas pesquisas para confundirem nós eleitores para dar um segundo turno para eles verem como vai fazer para ver como é que fica. Que politicazinha sem vergonha e pobre essa não!

  6. Walter Postado em 08/Apr/2014 às 12:24

    JÁ QUE ESTA NA MODA ISTO É UM MILAGRE DA OPOSIÇÃO.

  7. Paulo Cesar Postado em 09/Apr/2014 às 08:11

    ALGUEM TEM AVISAR A ESTE IMBECIS, QUE DEPOIS QUE O FACE, E O GOOGLE DESEMBARCARAM NO BRASIL, ACABOU O TEMPO DA MANIPULAÇÃO, E O PIOR É QUE OS MESMO, NÃO MUDA ESTE JEITO IDIOTA POR ASSIM DIZER DE CONTINUAR A NOS MANIPULAR - ATUALIZA AI O BANDO DE OTÁRIOS...!!!

  8. Felipe Postado em 09/Apr/2014 às 10:09

    Talvez a questão aqui não seja mentira ou manipulação puramente... mas uma comprovação de como essas pesquisas são uma BESTEIRA e não comprovam efetivamente o que o povo quer. São apenas mais uma maneira de vender serviços e notícias. No final das contas, tanto este como outros posts sobre o assunto no globo.com devem estar gerando VÁRIOS pageviews por aí.

  9. anti-coxinhas Postado em 09/Apr/2014 às 10:38

    Por que o mp não investiga isso ? Ah desculpa... Não é contra o PT...

  10. kennedy Postado em 20/Apr/2014 às 22:40

    Estão só perdendo credibilidade. Possivelmente serão enterradas pela internet. Acho que se o Facebook lançar uma pesquisa, desbanca as duas.