Redação Pragmatismo
Compartilhar
FHC 11/Apr/2014 às 17:14
53
Comentários

FHC: "Ninguém acredita que sou de esquerda"

Durante debate no Museu de Arte do Rio, ex-presidente do PSDB declarou: "hoje, se disser que sou de esquerda, as pessoas não vão acreditar. Embora seja verdade. É verdade!"

fhc esquerda
“Sou de esquerda, mas ninguém acredita”, diz FHC (Reprodução)

Durante evento no Rio na noite desta terça-feira 8, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso brincou com a plateia, repleta de intelectuais, ao dizer que tem, sim, uma visão de esquerda na política, mas que ninguém acredita.

“Hoje, se disser que sou de esquerda, as pessoas não vão acreditar. Embora seja verdade. É verdade!”, afirmou. O debate aconteceu no Museu de Arte do Rio, com a presença do ex-ministro Sergio Paulo Rouanet.

FHC também comentou sobre o resultado do Datafolha que aponta que 57% dos brasileiros não votariam em um candidato apoiado por ele. “Isso não vale muito. Essas opiniões são muito momentâneas. E não é isso que conta. O que conta é se você tem ou não convicção”, disse.

247

Recomendados para você

Comentários

  1. Igor Postado em 11/Apr/2014 às 17:42

    coitado, tá gagá

    • Monteiro Postado em 11/Apr/2014 às 18:39

      Hahahahahaha. Olha, não sei não, durante a privataria, ele concedeu a Vale para ninguém menos que George Soros. Qualquer coisa vindo desse velho é suspeita.

  2. Beto Postado em 11/Apr/2014 às 19:57

    Se ele é de esquerda eu gostaria de saber quem é de direita então...

  3. Carlos Santos Postado em 11/Apr/2014 às 21:40

    Ele apresentou testemunhas: o Coelhinho da Páscoa, a Fada do Dente, Papai Noel e o Saci Pererê.

  4. gustavo Postado em 11/Apr/2014 às 23:22

    É tão de esquerda quanto o Lula

    • Rodrigo Postado em 12/Apr/2014 às 07:53

      Perfeito. Ia comentar isso, mas você já o fez. Bem pesados e medidos, trocamos 6 por meia dúzia.

    • Thiago Teixeira Postado em 12/Apr/2014 às 10:43

      Realmente, FHC e Lula são iguais... a diferença é que Lula é mensaleiro, ditador e que tirou milhões de pessoas na miséria, e deu comida aos pobres sob vaias da elite reacionária. Só isso.

      • Rodrigo Postado em 12/Apr/2014 às 11:14

        O buraco é bem mais embaixo, prezado. Lendo estatutos de partido, você entenderá o porquê de FHC falar isso, bem como ter dito, ainda, que as diferenças entre PT e PSDB são muito mais quanto a disputas pelo poder do que quanto a ideologia. E você continua acreditando que mesada tira pessoas da linha de pobreza? Que alteração nos critérios definidores do que é classe média (aquela, sempre odiada, o novo bode expiatório, em sucessão aos marajás e elites dominantes... aliás, decida-se se quer atacar a classe média ou azelite, pois o discurso em voga não vem sendo unívoco, mas confuso) revela aumento da renda? Que houve redução nas contas de luz? Em tempo, vou avisar a você que não precisamos ligar termelétricas. Ao menos não todas, se o governo se lembrar dos parques eólicos (por que não é providenciada linha de transmissão mesmo?). Que foi paga a dívida externa? Que a Petrobrás é exemplo de gestão? Que, novamente, PT e PSDB são tão diferentes mesmo? A diferença, prezado, é que eu não acho que um pode fazer porque o outro fez. Não justifico o erro com outro erro e nem me vejo como um membro de torcida organizada, pronto a repetir todos os cantos que a direção compõe. Sou um eleitor. Respeito o direito do outro de votar em quem quer que seja, só me trazendo ânsia de vômito ver eleitores cômodos, que não se preocupam em cobrar, fechando os olhos e cantando as belezas da propaganda milionária, bradando: "agora é a minha vez, quem comeu, comeu, mas agora é a minha vez...".

      • Thiago Teixeira Postado em 12/Apr/2014 às 15:12

        Não é possível, onde esteve na década de 90? Cansei de ver meu pai levando cartela de ovo na casa do irmão desempregado, ver a praça abarrotada de gente lutando por uma vaga de emprego nas segundas feiras, fábricas fechadas, e o Alexandre Garcia sorrindo no Fantástico apresentando as Crônicas de Brasília ... nada mudou? Não consegue perceber o sorriso dos empresários do Agronegócio? O sorriso da Dona Luíza? A raiva e mau humor que hoje o Alexandre Garcia apresenta o Bom(?) dia Brasil? Nada mudou? PT e PSDB são iguais? Esquece bandeira e estude os números da Gestão de Pedro Malan x Guido Mantega, só isso.

      • José Ferreira Postado em 12/Apr/2014 às 15:43

        As pessoas deveriam parar de falar dos presidentes que já foram embora. Devemos olhar para o futuro e dar uma guinada no cenário político nacional. A maioria é contra a Dilma, mas não há um consenso, entre os que são contra a presidente, em relação ao candidato a ser eleito para acabar com o domínio do Petê.

      • Monteiro Postado em 12/Apr/2014 às 20:19

        Aí é que está nossa desgraça. Quem, no cenário atual, merece a confiança do cidadão brasileiro? Quem?

      • José Ferreira Postado em 12/Apr/2014 às 22:20

        Eu não direi nomes, porque eu não quero fazer politicagem. Vontade de mudar o povo tem, mas não há ninguém que conseguiu até agora capitalizar essa vontade de mudanças. Se continuar assim a Dilma será reeleita, mas não emplacará um sucessor. O Lula pode até votar em 2018, mas ele sofrerá da Síndrome de Schumacher.

      • Monteiro Postado em 13/Apr/2014 às 19:38

        Diga os nomes sim! Eu também desprezo politicagem. Eis porquê eu critico tanto essa Dilma e esse Lula. Quando tu atira pedra no FHC, ele apanha um pouco, mas o Petê tem sempre uns duzentos idiotas para defendê-lo.

      • Monteiro Postado em 13/Apr/2014 às 19:53

        Ao que parece, para ser considerado bom político hoje por uma certa ideologia o sujeito tem que se dizer comunista, tem que dizer que faz "tudo pelo social". Ora, Brizola não era comunista e fez mais em uma gestão como governador do Rio Grande do Sul do que o Petê fez em doze anos no país inteiro. Nacionalizou a companhia de energia - pagando o preço simbólico de um cruzeiro -, fez uma pequena reforma agrária quando nem existia MST para no final, meu amigo, ser ridicularizado pela mídia e ter muitos de seus votos não contabilizados - em algumas regiões de Minas em que existiam militantes do PDT, recebeu zero votos! Enfim, é isso que se ganha por ser honesto neste país.

    • valter da cruz Postado em 12/Apr/2014 às 13:31

      Quem é de esquerda?

    • Bruno Postado em 12/Apr/2014 às 21:02

      Boa! Hahaha

  5. APARECIDO ANDRADE Postado em 12/Apr/2014 às 10:43

    KKKKKKKKKKKKKKK. SÓ SE FOR DA UMBANDA , POIS LA TAMBEM EXISTE DIREITA E ESQUERDA (com todo respeito aos umbandistas )

  6. Denisbaldo Postado em 12/Apr/2014 às 14:28

    Mesada mata a fome pelo menos. Coisa que graças a Deus eu nunca passei, por isso não ouso em questionar tal medida. Você já passou fome Rodrigo?

    • Rodrigo Postado em 12/Apr/2014 às 16:00

      Thiago, estive estudando, enquanto via meus pais torcendo por Lula, mesmo ante ataques (ou estupro? Depende do IPEA...) de Paulo Henrique Amorim (falava sobre a venda de um veículo, sobre um cheque... Se você esteve no Brasil, na década de 90, deve se lembrar). Via, mais, o professor de Matemática dizer: "aguarde o PT no poder...". E questionar aos alunos petistas (até então, eu), sobre o por que de Lula viver de favor, em apartamento tão luxuoso, de propriedade de quem, depois, muito intercedeu pela Transbrasil e respectivos hangares (soube disso? Também amplamente noticiado) - cego, como muitos, eu dava de ombros. Eu moro no interior da BA e vi uma cidade abandonada pelo carlismo, na qual, face à iminente derrota de seu candidato, o próprio ACM disse, em tom de ameaça: "o erro de um dia, se paga em 04"; frase ora repetida pelos petistas... Aliás, interessante falar nele, que foi o idealizador desses programas de curral eleitoral (unificados na gestão Lula). O coronelismo mais avançado, mais inteligente (jamais a nego aos petistas, bem sabendo quanto aos meios para convencer e de perpetuarem-se no poder). Lula criticava as bolsas e distribuições de cestas-básicas, entendia o caráter vinculativo, mas, eleito, mudou de idéia... Vi, pois, a tristeza de minha família em ver Lula derrotado por Collor (o neocompanheiro, com influência na quase finada Petrobrás) e FHC (o que chamou aposentados de vagabundos, que apoiou Fujimori e muito mais). Vi a celebração de todos e a minha, já em 2002, com a eleição daquele a representar a esperança... E depois decepção. Toninho do PT e Celso Daniel (esses não são exumados...); Silvinho e Land Rover; reiteração dos apagões (procure as companhias de água e luz de seu município e questione como será a situação este ano, em que também teremos o "secão" - aqui, em meio à eleição, irresponsavelmente o racionamento de água foi suspenso, voltando após a vitória do petista); mensalão (devidamente confirmado pelo Ministro da Justiça, em que pese os incautos a bradar "mentirão"); e tanto, mas tanto, até chegarmos à Petrobrás. Ainda assim, creio em melhoria. Em que pese a decepção quanto aos candidatos postos (não vendo nenhuma diferença substancial dentre todos), creio que o caminho não é a resignação, nem fechar os olhos à corrupção - a mim pouco se me dá que a Luiza se ria, pois eu não quero rosetar (viu o nobel de economia, o mesmo que identificou bolha imobiliária nos EUA, vislumbrá-la no Brasil?). Quero que sejam feitas linhas de transmissão para parques eólicos (por que construir e não usar? qual o interesse vinculado?); não quero a Bahia com aumento de 300% no homicídio de jovens negros (em meio, na maior parte, a governo petista); não me importo com picuinhas de repórteres (mesmo porque PHA antes tanto cobrava Lula e, agora, mudou de idéia...). E, já que você se importa com números, tanto que não contesta o absurdo no aumento da taxa de homicídios de jovens negros na BA (aumento de 300%), conte-me mais sobre o aumento de 20% no desemprego entre jovens, no NE e norte (por que mesmo Marcia Quintslr pediu demissão do IBGE? Quero confirmar se ela realmente negou-se a maquiar números, então peço sua ajuda). Conte-me sobre os sucessivos erros na previsão do PIB (alcançando quase a metade) e o PIB anão, do Sr. Mantega (fique com Malan e Mantega, pois eu já criticava Malan muito antes de você se encantar por aquele). Conte-me sobre os investimentos prometidos nas escolas públicas (criança não vota...); sobre uma companhia perder metade de seu valor de mercado e ter crescimento exponencial da sua dívida. Entendeu o porquê de minha fala quanto à extrema identidade dentre PT e PSDB? Estou enxergando um resultado mais à frente e não pensando no agora (como aqueles que endeusaram FHC ao ver o Real momentaneamente valer mais que o dólar - enquanto muitos riam, eu já chorava...). E a bandeira eu deixo pra você. Aliás, não, vez que você buscou análise objetiva e parou de ficar a bradar "coxinhas" " reaças" "direitista". Já Denisbaldo, graças a Deus eu não passei. Não sei o que é ter dificuldade financeira tão séria a ponto de ter fome. Já passei por dificuldades financeiras grandes, mas não a ponto de não poder ter com o quê me alimentar. Sei, de outro lado, que um certo candidato sempre, antes de ser eleito, soube reconhecer que o fim último de tal instituto é o de vincular um voto (sequer um eleitor, vez que este é "coisificado") - o youtube está aí, com todo o discurso de Lula quanto à exploração da pobreza via bolsas. Mas, eleito, ele viu o potencial e, prontamente mudou seu discurso. Curioso, não? O poder embriaga, vicia, de modo a ser buscado o poder pelo poder, como um fim em si mesmo, deixando-se de enxergar a real função e responsabilidades inerentes a cargos eletivos. P.S.: e lamento muito que, para muitos, os fins justificam os meios, ainda que os fins sejam o de manutenção do poder, por aqui encerrando minha fala, vez que acabo me estendendo e não quero monopolizar a atenção, que há, sim de ser direcionada ao texto...

      • Denisbaldo Postado em 12/Apr/2014 às 18:50

        você está sendo utópico quando procura um candidato que não pense que "os fins justificam os meios". há prioridades em nosso país, e a maior delas é a fome, depois o saneamento básico, depois a moradia, a saúde, depois a educação, e por aí vai. políticos são políticos meu amigo, mas a fome dói agora no estômago de milhões e é sim a prioridade nesse momento. se nunca passou fome e nasceu no Brasil, agradeça a Deus. pare de reclamar como um burguês mimado que acha que todos podem esperar para que seus planos tão inteligentes sejam concretizados. a fome não espera, mata.

      • Thiago Teixeira Postado em 12/Apr/2014 às 19:08

        Decepção? Só se for da revista Veja, da Folha de São Paulo, do Zero hora. Acho que precisamos explicar a população pobre que o governo Lula foi uma decepção, como ... não sei. E tem mais, ninguém em 89 votou no Collor, é o mesmo papo: "Eu e minha família votamos no Lula". Plano real partiu do governo Itamar, com a URV em 93, e não foi o FHC sozinho, Ciro Gomes entre outros brasileiro participaram. Bolsa Família foi invenção do Lula? Claro que não, mas ele pegou um plano apático e transformou na bandeira do governo (Fome zero), ou não fez? Toninho acompanhei desde a eleição até sua morte em 11 de Setembro de 2001 que teve zero investigação, um desfecho ridículo e desrrspeitoso ao prefeito de uma importante cidade do interior, Se fosse prefeito dos partidos da imprensa golpista, a polícia civil teria ido mais a fundo. Celso Daniel, arrumaram um "dimenor" para jogara culpa. Aquele vídeo do youtube referente a opinião do Lula sobre eleitores que votam com o estômago, típico dos canais de direita, como milhares de satanização do político molusco, assisti todos. Lula é santo? Não. Fez coisa errada? Fez. Mas desmerecer o seu governo e dizer que a gestão tucana era igual? Continuidade? Vamos ficar a semana inteira debatendo.

      • Rodrigo Postado em 12/Apr/2014 às 19:38

        Contrariando minha fala e encerrando de vez: eu não tinha idade para votar em Collor. E, quem tinha afinidade com sindicatos, que eu saiba, não votava em Lula... Se você ou algum dos seus votou, paciência, apenas resta culpa ou a contradição (se não votou), agora ao abraçar Collor (bem como Renan, Sarney, Maluf etc. etc. etc.) e resumir (agora também Denisbaldo) a política ao "tudo pode, tudo se justifica, desde que seja um dos nossos fazendo e eu não vou cobrar". P.S.: sempre há mais vídeos a mostrar a verdadeira face, deixando a todos "dica" quanto a novo vídeo divulgado, em que Lula diz ser bom é na China, que não tem Congresso nem Sindicato para atrapalhar (já que não deu certo comprar, quem sabe invadir com tanques e destruir, né?). E boa Copa a todos. Ao menos ela é "padrão Fifa".

      • Rodrigo Postado em 12/Apr/2014 às 19:41

        E, Denisbaldo, não compare minha educação com, eventualmente a tua. "Burguês mimado" é uma etiqueta tão fácil, um "argumento" tão raso, pedestre, que sequer contradita alguma coisa. Você não me conhece, nem à minha família, para julgar o tipo de educação que eu recebi. Então lembre do exemplo que você teve de seus pais e respeite a família dos demais (mire-se no exemplo de Thiago Teixeira que, ao discordar, vem buscando argumentos, mas não paus, pedras e porretes). "Fui"

      • Rodrigo Postado em 12/Apr/2014 às 19:45

        *"E, quem tinha afinidade com sindicatos, que eu saiba, não votava em Collor..." (mais uma vez, tão parecidos, que até confundi o nome)

      • Adriano Postado em 12/Apr/2014 às 21:01

        Rodrigo, só passei aqui para dar meu apoio ao seu discurso...eu sou da famosa classe média vitimizada, como o pessoal aí gosta de alcunhar, estudei e aprendi o valor do trabalho. Não visto camisa de partido, e quem continua fazendo isso, ou é estúpido ou não quer enxergar a realidade.

  7. José Ferreira Postado em 12/Apr/2014 às 15:38

    Ninguém sabe, ou não quer saber, que o PSDB veio de uma ala mais a esquerda do PMDB. A socialdemocracia, que está no nome do partido (PSDB = Partido da Social Democracia Brasileira) prega o bem estar social e existem partidos socialdemocratas em vários países da Europa e da América. Eu não sou muito fã do FHC, mas o Lula copiou a política econômica do seu antecessor, inclusive nas privatizações (aeroportos, rodovias). Nem vem dizer que é diferente, pois não é.

    • Carlos Prado Postado em 12/Apr/2014 às 17:11

      Não é muito diferente mesmo. O Lula deu continuidade a política social-democrata do PSDB. Seus programas não são tão diferentes. Quando comparados os tucanos não falam contra as bolsas do atual governo, mas se coloca como fundadores de muitas delas que mais tarde só foram reunidas em uma. Já as privatizações, que não tiveram nenhum pouco de desestatizações, não advém de nenhuma escola econômica "neoliberal" de capitalismo, voluntarismo ou livre-mercado; mas é uma parte desse programa de esquerda que é a social-democracia: o estado é ineficiente em gerências e por mais que se queira esconder quem tá lá dentro tem que reconhecer; para manter os programas sociais é preciso capital que se consegue pela venda de estatais e pela cobrança de impostos sobre os novos ganhos destas. Hoje há quem coloque até PT, PCO, PSTU e sei lá mais o que na extrema direita, não é de se espantar que o PSDB sendo de esquerda esteja hoje na "direita". Quem sabe veremos o dia em que PSDB, PT, PSOL, Castro, Chávez, Maduro, Stalin, FHC, Lula, Vargas e Mussolini estarão todos à "direita".

    • Maria Postado em 15/Apr/2014 às 14:48

      José Ferreira, eu entendo o que você está dizendo, mas o PSDB ter "social democracia" no nome é uma das maiores mentiras que há na política brasileira. Parece até pegadinha. As políticas praticadas por este partido nada tem a ver com os princípios da social democracia. Veja as ações do Partido Social Democrata Sueco e compare com as políticas do PSDB. Veja o papel dado ao estado... A ideia de bem-estar social. O princípio econômico seguido por eles demonstra uma preocupação com as pessoas: "From each according to his ability, to each according to his need.", isto é, cada um deve contribuir de acordo com as suas habilidades e o estado deve contribuir com as necessidades de cada um. Não tem nada a ver com o que o PSDB pratica... A meu ver, o PSDB não liga para as necessidades de ninguém... O próprio FHC, que era professor universitário, deixou professores universitários federais por 7 anos sem reajuste salarial e, quando estes entraram em greve, cortou o salário de todo mundo até que a greve acabasse. Não vejo preocupação com as pessoas. Não vejo nem uma veia de socialismo. Só vejo um nome bonitinho.

  8. Mario H. Postado em 12/Apr/2014 às 20:25

    Falar que é de esquerda é fácil. Difícil é agir como se fosse realmente de esquerda. O Lula se diz de esquerda, mas para se eleger Presidente, tinha um vice que era empresário. Como que um cara deste vai ser de esquerda?

    • Carlos Prado Postado em 12/Apr/2014 às 21:30

      Sei lá, só sei que muitos socialistas eram e são empresários ou acadêmicos. Enquanto o povo na maioria não está muito ai para isto. A esquerda não é formada pelo povo, apesar de dizer representá-lo, enquanto é formada por empresários, aos quais se diz contra.

  9. Maria de Lourdes Cardoso Postado em 12/Apr/2014 às 20:54

    FHC, juntamente com o seu partido deveria ter tido metas de esquerda, mas no momento em que esquecem a nação em detrimento de si e seus comparsas (privataria tucana) perde o status de esquerdista. Hoje, é um político de elite, e para mim que já fui enganada uma vez, aliás duas, não me resolve se ele representa a esquerda ou a direita. Por que ele proferiu esta frase? Está preocupado com o que? A preocupação deveria ter sido enquanto Presidente, fazendo diminuir a pobreza, construindo estradas, saúde, educação, moradia e fixando o homem no campo que hoje vagueia pelas estradas.

  10. Ricardo de Moraes Postado em 12/Apr/2014 às 22:18

    - Ele se recordou? E de seus livros? Quando será que voltará a lembrar?

    • Maria Postado em 15/Apr/2014 às 14:50

      Pois é...

  11. Henrique Postado em 12/Apr/2014 às 22:26

    O paulista e a sua grande mídia, acreditam que o traidor da pátria é de esquerda.

  12. Henrique Postado em 12/Apr/2014 às 22:30

    “Hoje, se disser que sou de esquerda, as pessoas não vão acreditar. Embora seja verdade. É verdade!" É tão verdade quanto ele disse: "Eu traí os interesses da Pátria" É tão verdade quanto ele disse: "É bom ser brasileiro que ninguém dá bola". É tão verdade quanto um jargão do seu governo: "Estamos no limite da irresponsabilidade". ... É tão verdade quanto cairá neve em Teresina.

  13. Solon Postado em 12/Apr/2014 às 22:54

    Talvez, há muito tempo tenha sido de esquerda, mas vendeu a alma ou, em português moderno, privatizou-se...

  14. André Zamberlan Postado em 13/Apr/2014 às 00:10

    mto bom comparar lula com FHC dizendo q o primeiro tirou pessoas da linha da pobreza qdo Fernando Henrique tirou o país INTEIRO da bosta com o plano real e foi ele quem começou as ações como vale alimentação e vale gás, dentro outros, que na época foi chamado de compra de voto pelo próprio lula, pra serem depois unificados e meramente renomeados pra que hoje o lula seja considerado um deus por exército que se mantem assistindo o maior gasto governamental em propaganda do planeta enqto trabalha pra pagar os mais altos impostos. Nao sei pq reclamo, eu deveria estar feliz pela copa, né?

  15. Vinicius Teixeira Postado em 13/Apr/2014 às 02:18

    Rodrigo, PERFEITA argumentação! Sem mais.

    • Monteiro Postado em 13/Apr/2014 às 20:57

      Digo o mesmo.

  16. Luiz Postado em 13/Apr/2014 às 04:48

    Alguém realmente acredita que no Brasil exista pessoas de esquerda? quem fala que sim precisa rever os conceitos de direita e esquerda em. só pra lembrar o governo vigente (PT) é de esquerda, embora não pareça.

  17. Gabriel Leal Postado em 13/Apr/2014 às 09:39

    É lógico que ele é de esquerda. Historicamente a esquerda contesta o status quo. Ele é de um partido que não é de situação e está na linha de frente pela descriminalização da maconha.

  18. Alexandre Lopes Postado em 13/Apr/2014 às 11:36

    Se ele é de esquerda, eu simplesmente não caibo no espectro político tradicional .

  19. Ariana Postado em 13/Apr/2014 às 13:29

    Meu marido me disse hoje q ele (FHC) era "seguidor" de Gramsci e eu é claro comecei a rir, agora ligo o pc e vejo isso?!

  20. Ruth Postado em 14/Apr/2014 às 00:59

    FHC, não é pq PSDB quer dizer Partido Social Democrata Brasileiro que você defende uma social democracia, você está anos-luz distante disso, você deu provas absolutas e seu partido continua dando essas provas de que vocês defendem o neo-liberalismo. Ou seja, são de direita. Não sei se o PT defendia o socialismo, mas chegou a defender as reformas de base, hoje não defende mais (majoritariamente), mas eles estão longe tb de uma social-democracia. Implantar a social democracia na América Latina é fazer reformas de base, é abrir a porta para o socialismo, (a social democracia na Europa teve outras consequências). O PT não fez isso sendo uma centro-esquerda, muito menos (muito menos mesmo) vc e seu partido.

    • Maria Postado em 15/Apr/2014 às 14:55

      Concordo totalmente, Ruth. É um nome bonitinho que arrumaram. É um discurso bonitinho que fazem. Mas, na prática, a teoria é bem diferente...

  21. luiz carlos ubaldo Postado em 14/Apr/2014 às 11:42

    PT Saudações! Beijinho no ombro para os recalcados! PT Saudações!

    • Pereira Postado em 14/Apr/2014 às 14:59

      "tiro,porrada e bomba" para os inimigos ....

      • Pereira Postado em 14/Apr/2014 às 15:00

        Depois é a Sherazade que faz apologia à violência.

  22. Pereira Postado em 14/Apr/2014 às 14:49

    Desniblado . Acho que a prioridade atula do PT é a copa para os ricos e esconder as maracutaiais bilhonárias de seu governo.

  23. Pereira Postado em 14/Apr/2014 às 15:01

    Acho que a Pensadora do popo grande se inspirou em nicolás maduro para escrever o hit do momento. "tiro,porrada e bomba" aos inimigos.

    • Monteiro Postado em 14/Apr/2014 às 21:03

      Hahahahahahal. Agregando valor à ideologia.

  24. anti-coxinhas Postado em 14/Apr/2014 às 16:11

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Por que será que ninguém acredita nele, tadinho ?...

  25. luiz carlos ubaldo Postado em 15/Apr/2014 às 07:18

    para acreditar em FHC, só sendo tão cretino quanto ele!