Redação Pragmatismo
Compartilhar
Ditadura Militar 05/Apr/2014 às 22:38
21
Comentários

Documento secreto revela papel da Globo na ditadura

Nos EUA, um documento secreto que confirma a influência de Roberto Marinho, fundador da Globo, nos bastidores da ditadura militar no Brasil

A Jornalista Helena Sthephanowitz obteve documento precioso, que ficou guardado durante 50 anos, sobre o papel de Roberto Marinho na ditadura militar que atirou o País às trevas durante 21 anos. Nele, o embaixador Lincoln Gordon relata a seus superiores suas conversas com o então presidente das Organizações Globo. Ambos discutiam a sucessão de Castelo Branco e o endurecimento do regime. A verdade é dura, a Rede Globo apoiou a ditadura.

Helena Sthephanowitz, Rede Brasil Atual

No dia 14 de agosto do 1965, ano seguinte ao golpe, o então embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Lincoln Gordon, enviou a seus superiores um telegrama então classificado como altamente confidencial – agora já aberto a consulta pública. A correspondência narra encontro mantido na embaixada entre Gordon e Roberto Marinho, o então dono das Organizações Globo. A conversa era sobre a sucessão golpista.

Segundo relato do embaixador, Marinho estava “trabalhando silenciosamente” junto a um grupo composto, entre outras lideranças, pelo general Ernesto Geisel, chefe da Casa Militar; o general Golbery do Couto e Silva, chefe do Serviço Nacional de Informação (SNI); Luis Vianna, chefe da Casa Civil, pela prorrogação ou renovação do mandato do ditador Castelo Branco.

No início de julho de 1965, a pedido do grupo, Roberto Marinho teve um encontro com Castelo para persuadi-lo a prorrogar ou renovar o mandato. O general mostrou-se resistente à ideia, de acordo com Gordon.

No encontro, o dono da Globo também sondou a disposição de trazer o então embaixador em Washington, Juracy Magalhães, para ser ministro da Justiça. Castelo, aceitou a indicação, que acabou acontecendo depois das eleições para governador em outubro. O objetivo era ter Magalhães por perto como alternativa a suceder o ditador, e para endurecer o regime, já que o ministro Milton Campos era considerado dócil demais para a pasta, como descreve o telegrama. De fato, Magalhães foi para a Justiça, apertou a censura aos meios de comunicação e pediu a cabeça de jornalistas de esquerda aos donos de jornais.

No dia 31 de julho do mesmo ano houve um novo encontro. Roberto Marinho explica que, se Castelo Branco restaurasse eleições diretas para sua sucessão, os políticos com mais chances seriam os da oposição. E novamente age para persuadir o general-presidente a prorrogar seu mandato ou reeleger-se sem o risco do voto direto. Marinho disse ter saído satisfeito do encontro, pois o ditador foi mais receptivo. Na conversa, o dono da Globo também disse que o grupo que frequentava defendia um emenda constitucional para permitir a reeleição de Castelo com voto indireto, já que a composição do Congresso não oferecia riscos. Debateu também as pretensões do general Costa e Silva à sucessão.

Lincoln Gordon escreveu ainda ao Departamento de Estado de seu país que o sigilo da fonte era essencial, ou seja, era para manter segredo sobre o interlocutor tanto do embaixador quanto do general: Roberto Marinho. Abaixo o documento:

documento globo apoio ditadura

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Esdras Pereira Alves Neto Postado em 05/Apr/2014 às 23:02

    Que pena que o Roberto Marinho está morto, pois gostaria muito de ver a sua cara para se justificar.

    • João Batista Postado em 13/Aug/2014 às 21:05

      E vc acha que ele ia se justificar? ia dizer tanto quanto diz Aécio Neves sobre qualquer coisa espinhosa que lhe perguntem.

    • ilson R. Napoleão Postado em 04/Dec/2014 às 01:07

      Bandido. Deve estar queimando nos infernos, alias, deve ter retomado seu trono

  2. Thiago Teixeira Postado em 06/Apr/2014 às 07:39

    Globo apoio a ditadura .... e quanto ao Sarney, Collor e FHC? Ninguém questiona? Globo apoia quem for conveniente a ela. Se Jango continuasse no poder, ela a apoiaria.

    • luisa valdorf Postado em 07/Apr/2014 às 12:08

      Thiago, a Globo não apoiou o golpe e a ditadura. A Globo deu o golpe e participou da ditadura.

    • Raíssa Postado em 23/Apr/2014 às 09:53

      A Globo nunca apoiaria o Jango!!!!!!!!!!!!!! Como nunca apoiou o Lula!!!!!!!!!!!! E olha que o Lula não tentou fazer nem metade das reformas que o Jango pretendia fazer. ACORDA TEIXEIRAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Cris Spiegel Postado em 26/May/2014 às 15:19

      Globo era um jornaleco que virou um colosso do monopólio graças ao governo militar. Como e por que eles apoiariam Jango?

  3. Alexandre Lopes Postado em 06/Apr/2014 às 15:59

    Escroque !!!! Eu sonho , sonho muito com o implemento de uma cultura revolucionária no Brasil que resulte na morte de pessoas desse jaez . O fascista não entende outra linguagem que não seja a da violência . Não está acostumado a fazer concessão . Faz concessão quem é humilde . Quem é de classe hegemônica , comanda e comanda com mão de ferro . Só existe um caminho mesmo e esse caminho é o da revolução radical . Cabeças rolando e sangue de burguês no chão . Morte a esses merdas !!! Como disse um colunista desse site, uma vez : AS CONTRADIÇÕES DEVEM SER LEVADAS AO LIMITE !

    • Monteiro Postado em 06/Apr/2014 às 17:08

      Parabéns democrata! E a esquerda está contra a Globo? {http://grajaudefato.com.br/media/images/2013-09-20/pt_sarney.jpeg } AS CONTRADIÇÕES DEVEM SER LEVADAS AO LIMITE !

      • Alexandre Lopes Postado em 06/Apr/2014 às 19:06

        Faça-me o favor , Monteiro . A Dilma, há muito tempo , abandonou seus ideais . Ela não representa nenhuma corrente da esquerda . Ela é apenas uma oportunista que escolheu o lado do poder .

      • Monteiro Postado em 06/Apr/2014 às 20:00

        Ao que parece, este site não acompanha teu pensamento...

      • Thiago M. Postado em 07/Apr/2014 às 14:19

        Dilma, Dilma, Dilma. Os leigos que não tem noção alguma de como funciona o sistema político desse país só sabem ganir o nome da Presidente e sua legenda como a maior culpada dos problemas daqui. Poder Executivo só exerce função de Chefia de Estado, quem manda nas nossas vidas é o Legislativo com centenas de partidos diversos do PT, sem contar os interesses políticos dos Titãs corporativos que garantem o salário dessa corja. Eu concordo com a revolução violenta, mas antes de tudo informação é essencial.

  4. Marcelo Amaral Postado em 06/Apr/2014 às 20:39

    O que? Huahuahua, o cara quer defender a Globo e, é claro, não tem argumentos pra isso, mas ele insiste que tá certo e solta um monte de asneiras para tentar provar alguma coisa. É o típico perfil de um reacionário. Então o presidente - que por sinal era mais de esquerda do que de direita - deposto pela ditadura iria apoiar a ditadura? Tá certinho sua lógica rapaz. Eu só não entendo por que você continua perdendo seu tempo visitando esse site, volte para o G1 que lá você vai encontrar vários amiguinhos que pensam igual a você.

  5. Luciano Postado em 06/Apr/2014 às 22:08

    Igreja catolica também. É por isso que as duas se dão tão bem, mesmo as novelas razoando da doutrina deles.aliás a maioria da audiência das novelas são de catolicos

    • Maria Postado em 07/Apr/2014 às 07:27

      Os religiosos de outra religião, são tão perfeitos, né? Será porquê?

    • Raíssa Postado em 23/Apr/2014 às 10:04

      Mas pelo menos a Igreja Católica, ou melhor parte dela, se arrependeu ainda na ditadura e passou a apoiar os heróis brasileiros que lutaram contra o Golpe de 1964. Já o Globo não, mais de 20 anos depois de findado o golpe soltou uma nota de roda pé pedindo desculpa. Vale ressaltar que isso só foi feito devido a muita pressão popular, escrachos na frente da Globo e arredores

  6. Lucas F. F Postado em 07/Apr/2014 às 02:58

    O presidente Médice investiu milhões em telecomunicações com a desculpa de integrar o país no fim da década de 60 e início de 70, levando as transmissões de TV a mais 90% do território brasileiro. Quem foi o maior beneficiado? A Globo que sempre defendeu o regime e fez questão de legitima-ló, como defende até hoje. Sarney, ACM e Collor, todos donos de afiliadas da globo e políticos influentes em seus estados. Influentes não, Sarney (Maranhão) e ACM (Bahia) são\eram verdadeiros coronéis em seus estados. Fatos que me intrigam nessa relação Globo\Política nacional: 1º presidente eleito pelo povo após a ditadura, Tancredo Neves morreu poucos dias após eleito e momentos depois de uma reunião com Roberto Marinho e ACM. Quem assumiu após sua morte? Sarney! Que tinha ligações com a globo e com o regime. Coincidência? Acho que não! Ulysses Guimarães um dos que mais lutou para o impeachment de Collor, seu avião caiu no litoral de Angra em 1992 (ano do impeachment) e seu corpo nunca foi encontrado. Outro fato: Irmão de Collor denuncia esquema (esse parece que morreu de câncer mesmo), envolvendo Collor e PC Farias. Collor é retirado do poder e quatro anos depois PC é encontrado morto e ninguém sabe até hoje quem foi, mesmo ficando provado que foi um duplo homícidio, pois os seguranças, principais suspeitos já foram absolvidos.Leiam: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/05/1276982-promotor-se-diz-satisfeito-com-resultado-do-julgamento-do-caso-pc-farias.shtml. Acho coincidências demais, pois sempre beneficiam os mesmos. As vezes acho que nossa verdadeira história nunca foi contada, que a justiça da anistia para assassinos até hoje, ou seria licença para matar? Como fez no fim da ditadura. São todas histórias mal contadas. Basta lembra que um agente Uruguaio assumiu o assassinato de João Goulart e disse que ele morreu em virtude produtos colocados em sua comida para agravar suas complicações cardíacas. Inclusive, ele teve seu corpo exumado esse ano para confirmar esse fato. Ou seja, quando morre um reporter numa manifestação popular, na favela (Tim Lopes),corrupção do PT a mídia (globo) fica em cima, mas o assassinato de um ex presidente, a morte de outro recem eleito, a morte de um corrupto envolvido em esquemas políticos e muitas outras mortes por suicidio ou acidentes como Vladimir Herzog, Zuzu Angel, ETC; São esquecidas pela mídia.

  7. Luiz Postado em 08/Apr/2014 às 12:06

    E a globo continua até hoje fortalecendo o golpe. Chomsky, em "O que o tio sã realmente quer", cantou a bola quando investigou e descobriu que as ditaduras que aconteceram na américa latina eram vias para os eua neocolonizarem os países "subdesenvolvidos", implementar o neoliberalismo... a crescente do mercado neoliberal bate ponto todo dia na TV da sua casa... o incentivo extremo ao consumo, a formação do mito do dinheiro que se tornou um DEUS em nossa sociedade... enfim, não precisa de muito para sacar, basta assistir TV.

  8. Tatiane Postado em 08/Apr/2014 às 14:25

    Não é segredo para ninguém que viveu na época da ditadura que praticamente todos os grandes empresários brasileiros apoiaram fortemente a instauração da ditadura militar. O receio de todos era que o comunismo, tão temido por todos naquela época, se instaurasse aos poucos no Brasil e transformasse o pais em uma Cuba acabando com a propriedade privada etc. Nunca saberemos se o pais de fato se transformaria em uma ditadura comunista porque a ditadura militar se perpetuou por 2 décadas mas é fato que hoje todos esses empresários que viveram naquela época se sentem envergonhados por terem apoiado os militares....

    • Raíssa Postado em 23/Apr/2014 às 10:20

      Se esses empresários se sentem tão envergonhados por que não pedem desculpas ao povo brasileiro? Aos familiares dos torturados e mortos? As pessoas que foram torturadas? No caso da Globo, que pediu desculpa, por que continua apoiando Golpes como de Honduras, Paraguai, Venezuela? Por que continua manipulando as informações? Manipulando as imagens? Como no caso em que ela utilizou de um imagem da Al Jazeera tirada em Cuba como se fosse da Venezuela. Não se engane os empresários brasileiros apoiaram quantos golpes forem necessários não pq tem medo da implementação de um Estado socialista, mas sim pq não suportam que o "status quo" se altere, e era exatamente isso que Jango queria. Hoje não estamos mais perto de uma Estado socialista do que estávamos na década de 1960.

  9. Carlos tanure Postado em 28/Apr/2014 às 13:09

    Por favor, contem uma novidade! A Rede Globo bem como todas empresas do grupo participaram e tiraram proveito do sistema implantado no Brasil. Basta um pouco de conhecimento histórico e ter frequentado escolas que esta noticia é mais velha do que andar para frente. A própria Tv Globo em cadeia nacional reconheceu isto pelo ainda repórter Cid Moreira. Mude o disco e caia na real, esta noticia seria ótima publicada a 50 anos atrás.