Redação Pragmatismo
Compartilhar
Homofobia 08/Apr/2014 às 20:09
38
Comentários

Adolescente assassino de gays tinha relações com as vítimas

Polícia prende adolescente acusado de matar dois homossexuais e planejar a morte de um terceiro. O rapaz, de 17 anos, disse ter 'ódio de gays', mas mantinha relacionamento amoroso com as vítimas

homofobia agudos gay homossexual
Polícia Civil/Divulgação

O adolescente N. A. R., de 17 anos, acusado de matar dois homossexuais e de preparar a morte de um terceiro, em Agudos, interior de São Paulo, disse que matou suas vítimas porque “tem ódio de gays”. Ele estava foragido desde 2 de abril, quando a polícia encontrou o corpo de Igor Alves, de 15 anos, uma de suas vítimas, numa floresta de pinus, na zona rural de Agudos.

O menor foi apreendido em Bauru, cidade para onde fugiu após o crime, em 29 de março. O adolescente tinha acabado de cumprir medida socioeducativa de internação na Fundação Casa pelo assassinato do empresário Waldiney Rocha, de 56 anos, em março de 2013. Em 27 de março de 2014, foi colocado em liberdade pelo Juizado de Menores de Marília (SP), e dois dias depois, matou Igor Alves.

Segundo o delegado Jader Biazon, de Agudos, Igor morreu porque estava apaixonado pelo adolescente. “Os dois mantinham um relacionamento amoroso, iniciado quando o adolescente, que cumpria pena de semiliberdade na Fundação Casa de Iaras (SP), vinha a Agudos nos fins de semana para visitar familiares”, explicou.

“Ao ser apreendido na segunda-feira, 6, ele disse, em vários momentos, que matou suas vítimas porque tem ódio de homossexuais e que pretendia matar outros gays”, contou Biazon. “Ele esfaqueou Igor diversas vezes na região do pescoço e nos contou, com frieza, que cravou a faca e pisoteou a cabeça da vítima”, disse. “E nos contou que no momento em que executava o crime, ficava com mais vontade d0e matar. Para mim, esse garoto sofre de algum transtorno mental”, comentou o delegado.

De acordo com o Biazon, N. confessou que pretendia continuar matando suas vítimas e que o próximo a morrer seria um adolescente de 15 anos, assediado por ele pela internet. “O plano não deu certo porque esclarecemos a morte de Igor”, contou o delegado.

Nos dois crimes que cometeu, o adolescente contou com ajuda de comparsas e usou facas para matar as suas vítimas. Na morte do empresário Waldiney Rocha, que na época namorava o menor, um rapaz de 18 anos foi preso por participar do crime. O empresário morreu com 16 facadas. Na morte de Igor, um outro adolescente, de 15 anos, confessou a participação e mostrou à polícia onde estava o corpo da vítima.

Agência Estado

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 08/Apr/2014 às 20:19

    Está mais que provado: "Todo homofóbico é homossexual enrustido".

    • Fernandes Bosa Postado em 08/Apr/2014 às 20:39

      E toda generalização, Thiago Teixeira, é burra.

      • felipe Postado em 09/Apr/2014 às 10:45

        inclusive a tua, fernandes!

      • Thiago Teixeira Postado em 09/Apr/2014 às 11:58

        Eu acredito que um (a) heterossexual bem resolvido (a) não vai ficar perdendo tempo perseguindo o próximo, pois ódio está muito ligado a paixão. Mesmo assim, não tenho nenhum pudor em ofender ou criticar homofóbico, esses não merecem respeito algum junto com racistas ou qualquer adeptos a preconceito.

      • Rafael Postado em 09/Apr/2014 às 15:28

        Generalização não funciona. Simplesmente o cara é um psicopata e não há muito o que explicar sobre isso. Ele precisa ser isolado.

    • Franciene Postado em 09/Apr/2014 às 13:21

      Thiago Teixeira, a sua generalização não ofende apenas o homofóbico referido na notícia, mas a todos os homossexuais. Isso por que você parte do pressuposto de que a homofobia é um problema só de gays (que são homofóbicos, segundo você, pois são enrustidos) e não de toda a sociedade. Essa sua conclusão é completamente infeliz. A homofobia não é culpa de gays enrustidos, assim como o racismo não é culpa de negros com mania de perseguição e nem o machismo é culpa de mulheres histéricas! Tanto homossexuais quanto heterossexuais, tanto mulheres quanto homens, tanto negros quanto não-negros, se forem educados dentro de uma cultura patriarcal, machista, homofóbica e sem respeito a vida poderão apresentar esse tipo de comportamento, em diferentes graus e situações. Reflita...

      • Sandro Postado em 13/Apr/2014 às 01:40

        Perfeito seu comentário, Franciene, e irrefutável.

      • Thiago Teixeira Postado em 14/Apr/2014 às 10:11

        Refleti e percebi que você procura pelo em ovo no comentário das pessoas. Parece que agora eu sou homofóbico pelo fato de ter criticado os homofóbicos? Se eu critiquei os homofóbicos é porque não gosto de gays? Ainda não entendi a sua "viagem".

      • Rafael Postado em 14/Apr/2014 às 14:32

        A "viagem" é que você está usando a homossexualidade como algo pejorativo. O movimento gay luta pra que termos como bicha, gay, viado deixem de ser utilizados como xingamentos, com conotação negativa. Coloque a sua frase ao contrário para ver se não perde o sentido. Está mais que provado: "Todo homofóbico é heterossexual enrustido". A frase só faz sentido se tomarmos por pressuposto que homossexualidade é algo negativo.

    • Alexandre Lopes Postado em 09/Apr/2014 às 14:18

      Concordo em gênero, número e grau , Thiago . Quer a explicação para a discriminação? Olhe para quem discrimina e não para o discriminado . O sujeito que pratica a discriminação não passa de um doente obcecado que morre de ódio/paixão ( como você bem disse ) pelo discriminado . O preconceito não passa de uma fantasia íntima do preconceituoso .

      • Charles Postado em 09/Apr/2014 às 19:24

        Seguindo a linha de raciocínio do Thiago Teixeira e do Alexandre Lopes Hitler não era um ariano hétero bem resolvido. Na verdade ele queria muito ser um Judeu, Cigano, Polones, Sérvio, Croata, negro ou qualquer coisa menos um Ariano hétero.

    • Luicas San Postado em 10/Apr/2014 às 10:20

      Não acredito. Mas uma coisa eu sei, os discursos sobre ódio e intolerância são alimentados na própria rede de amigos, familiares , redes sociais, religiosos fundamentalistas, etc.. Infelizmente, o País da Copa é também o país das barbárie as vezes explicita e as vezes bem oculta!

    • Alexandre Lopes Postado em 11/Apr/2014 às 09:15

      Charles, o que eu lamento , profundamente , é que pessoas como você deixam a vaidade falar mais alto , pensando somente em refutar o pensamento alheio, independentemente do rigor da crítica . Será que você não percebe que Hitler era um retórico e retóricos não acreditam no próprio discurso , mas tão somente trabalham com a emoção alheia ? Da próxima vez, pense na qualidade da crítica e não se deixe levar pela vontade exacerbada e patológica de refutar outrem .

  2. Alberto Postado em 09/Apr/2014 às 01:51

    Qualquer pessoa nota que o problema aqui não é homofobia extrema, mas sim uma mente perturbada, talvez até por sentimento de culpa. São nesses casos que sou a favor da maioridade penal, talvez ele continuasse a ser reincidente, mas a sociedade teria passado mais tempo livre de mentes doentias e pessoas que banalizam a vida humana

    • Camilla Ellen Postado em 09/Apr/2014 às 10:12

      Onde a redução da maioridade penal resolveria a situação? É nítido que esse rapaz sofre de algum transtorno e merece, portanto, tratamento adequado. As pessoas acham que cadeia é a resolução de todos os problemas... A redução da maioridade penal não resolveria de forma alguma o problema de segurança no país. O sistema carcerário brasileiro não tem condições/estrutura para reabilitar os que já estão presos, imagine!

  3. ana carolina vasques Postado em 09/Apr/2014 às 09:43

    Acho que o caso pede é uma internação compulsória, pois logo se ve que o rapaz sofre de um grave problema mental.. reduzir a maioridade penal não é a solução e jamais será, prender também não resolveu.. Existem casos e casos, e esse realmente me surpreende pela frieza do jovem, sinal nítido de desequilíbrio psicológico.

    • Melissa Postado em 09/Apr/2014 às 10:02

      Certíssimo, ele deveria ser internado. Óbviamente ele tem um transtorno mental ou comportamental e cadeia não adianta nada.

    • Bruno Postado em 10/Apr/2014 às 14:26

      Muito estranho esse comportamento...esse cara deve ter sido currado(estuprado) quando era mais novo e acabou carregando esse ódio doentio pra vida...tarja pretíssima. Não é somente um criminoso, mas sim um portador de um distúrbio mental gravíssimo

  4. Hélio Pires e Albuquerque Postado em 09/Apr/2014 às 09:52

    Ai os defensores dos DH passam a mão na cabecinha dele e dizem coitadinho!!! Tem é que sumir com essa raça!!!

  5. Matheus B. Postado em 09/Apr/2014 às 09:59

    Mais uma prova de que a maioria dos crimes contra homossexuais é cometida justamente por homossexuais, ou seja, a sociedade não é homofóbica, como pregam os esquerdistas.

    • João Lucas Postado em 09/Apr/2014 às 10:21

      Essa é uma das coisas mais absurdas que já li. Você deveria saber o que está dizendo antes de sair digitando tanta merda.

    • felipe Postado em 09/Apr/2014 às 10:47

      Tu és burro mesmo, ou só tá brincando pra aparecer? Queres uma vaga na fila de espera de transplante de cérebros?

    • Rebeca Postado em 09/Apr/2014 às 10:51

      Matheus B. este caso prova que a homofobia na sociedade é tão forte que cria indivíduos como este rapaz, com a mente tão perturbada pelo "horror" com que se vê a homossexualidade, que passam a odiar a própria condição.

      • Camila Postado em 09/Apr/2014 às 11:37

        Pensamento claríssimo, cara Rebeca.

      • marcio Postado em 11/Apr/2014 às 00:32

        ...falou bem...

    • Rafael Martini Postado em 09/Apr/2014 às 10:58

      É o óbvio ululante! Assim como a discriminação, as agressões diversas, as surras de lâmpadas fluorescentes e etc, são sempre feitas por outros homossexuais. Como não pensamos nisso antes? Jeniau, Matheus!

    • Eduardo Abreu Postado em 09/Apr/2014 às 12:25

      Não é porque ele, assassino, gosta de comer e cuspir, que a homofobia está restrita apenas aos homossexuais, o importante aqui é que houve um assassinato, não interessa a opção sexual da vitima ou do assassino.Tem que ser punido e exemplarmente.

  6. Rafael Martini Postado em 09/Apr/2014 às 10:50

    Não creio que um homofóbico manteria relações para poder matar suas vítimas. Conforme já exposto pelos colegas, também entendo que o rapaz é homossexual e possui um severo distúrbio mental.

  7. Lopes Postado em 09/Apr/2014 às 11:46

    Como é "dimenor" em breve estará solto para matar mais.

  8. Eduardo Abreu Postado em 09/Apr/2014 às 12:19

    Já estão dizendo que ele tem transtorno mental...... então que o jogue numa cela e o deixe curar este transtorno, de preferência com alguns estupradores junto.

  9. Rick Postado em 09/Apr/2014 às 12:51

    Eu acho que todo crime contra o ser humano e cruel... seja ele Homosexual Heterosexual Pagodeiro Roqueiro Rico Pobre Todos tem direito a vida... Agora que esse cidadão tem um trauma psicológico isso e claro como água...

  10. Dgrann Postado em 09/Apr/2014 às 20:30

    Um viadinho encubado metido a hétero homofóbico. Precisa extravasar seus desejos reprimidos, após fazê-lo, culpa-se por gostar do mesmo sexo e tentar apagar isso.

    • Silvia Voloski Postado em 10/Apr/2014 às 15:08

      Dgrann leia o que escreveste, és mais um exemplo de carater homofóbico! Tu és preconceituoso, homofóbico, cuidado pra não sair por aí matando gays tambem! Saiba que a aptidão sexual da outra pessoa só diz respeito a essa pessoa, se fores cantado por um gay basta dizer a pessoa que tua preferencia sexual é outra, não precisa chamar o outro de "viadinho", isso é homofobia! Aprenda a ser gente e controlar sua lingua, todos são seres humanos, independentes de cor, raça, sexo, opção sexual, credo religioso, ideologia politica, situação financeira ou intelectual, portanto todos merecem respeito.

  11. Diego Postado em 09/Apr/2014 às 20:31

    Projeção de sombra. "O melhor trabalho político, social e espiritual que podemos fazer é parar de projetar nossas sombras nos outros." (Carl Jung)

  12. Emanoel De Jesus Martins Postado em 10/Apr/2014 às 13:02

    O assassino e um psicopata maníaco e tem transtornos mentais isso explica tudo.

  13. Emanoel Postado em 10/Apr/2014 às 13:09

    Quando em uma relação Hetero o homem mata sua esposa. O cara e um Hetero enrustido.

  14. Lucas Postado em 12/Apr/2014 às 12:49

    O muleque mata fica aproximadamente 1 ano internado e e logo apos ser liberado, exatamente 1 ano apos o primeiro assassinato, mata outro. Depois falam que menor não pode ir preso. Isso é desculpa. Cada crime deve ser individualmente analizado decidindo se um monstro desse deve ir pra cadeia ou fundação casa. A mão de quem defende menor assassino é suja pelo sangue de todas as vitímas dos mesmos.

  15. Creuza Postado em 12/Apr/2014 às 21:29

    Dúvida de que homofóbicos são homossexuais enrustidos?! Não, né!