Redação Pragmatismo
Compartilhar
Senado Federal 15/Mar/2014 às 13:25
25
Comentários

Pedro Simon sobre tratamento dentário: "Não paguei porque não tinha dinheiro"

Senador que gastou R$ 62 mil de dinheiro público para pagar tratamento dentário quebra o silêncio: "não paguei do meu próprio bolso porque não tinha dinheiro"

senador pedro simon tratamento dentário
Tratamento dentário do Senador Pedro Simon (PMDB-RS) custou R$ 62 mil aos cofres públicos (Agência Senado)

No centro de uma polêmica desde o final de semana, o senador Pedro Simon (PMDB-RS) quebrou o silêncio esta semana. Ele concedeu entrevista a jornalistas na sala do apartamento no bairro Petrópolis. O parlamentar defendeu a utilização da recursos públicos para o tratamento com implantes dentários, que custou R$ 62,7 mil aos cofres do Senado. Em sua defesa, alegou que o gasto com o tratamento foi legal e autorizado pela diretoria-geral do Senado. “Não paguei pelo tratamento porque não tenho dinheiro, vivo do salário”, argumentou. Segundo o portal da Transparência do Senado, o subsídio mensal de um senador é R$ 26.723,13.

O peemedebista ainda diz que se arrepende de não ter feito um plano de saúde. “Não fiz porque nenhum senador tem plano”. Simon ainda lembrou que não utiliza a verba parlamentar e, entre os benefícios oferecidos aos gabinetes dos congressistas, se vale apenas do custeio das passagens aéreas entre Brasília e Porto Alegre. Afirmou ainda que pretende apresentar um projeto criando um plano de assistência à saúde dos parlamentares que ponha fim à utilização das verbas públicas para esta finalidade.

O gasto com o tratamento dentário foi revelado pelo jornal O Estado de São Paulo no último domingo. Os implantes foram realizados em 2012 e ressarcidos pelos cofres públicos. O Estado informou que alguns senadores chegam a gastar até R$ 70 mil por tratamento dentário.

O plano de saúde do Senado é vitalício. E não paga apenas despesas de parlamentares. Estão incluídos também ex-senadores e dependentes como filhos, enteados e cônjuges. Para usufruí-lo, o senador não precisa fazer nenhuma contribuição – basta que tenha exercido o cargo por 180 dias ininterruptos.

O plano do Senado estabelece um limite anual de R$ 25,9 mil para gastos odontológicos. No entanto, a reportagem do Estadão teve acesso a documentos que apontam que a Casa tem pago valores que extrapolam de longe esses limites.

Álvaro Andrade, Cenário Politico

Recomendados para você

Comentários

  1. Lodéa Postado em 15/Mar/2014 às 14:46

    Não acredito que o Simon tenha falado isso! Será possível?

  2. Dinio Postado em 15/Mar/2014 às 17:05

    Façamos as contas : Não sei se são 3 ou 4 mandatos como senador do "enrrolão": mas pegamos pelo mínimo 3 x 8 = 24 anos x 14 (salários) anuais = 336 (salários) 336 x 26 mil = 8.736.000,00 por extenso: OITO MILHÕES SETECENTOS E TRINTA E SEIS MIL REAIS + 4 anos como Governador do Rio Grande do Sul = 4 x 13 = 52 52 x 20.000,00 (+ou- mensais) = 1.040.000,00 Hum milhão e 40 mil; 8.736.000,00 + 1.040.000,00 = 9.776.000,00 = Arredondando...10 MILHÕES DE REAIS repito DEZ MILHÕES DE REAIS...DEZ MILHÕES DE REAIS !!! SÓ DE SALÁRIO, FORA O RESTO DO LEITE !!!! E parece que ainda tem mandato de Dep. Estadual ou Federeal - alguém nos ajude e confirme? E NÃO TEM DINHEIRO ARRUMAR OS DENTINHOS...VELHO SAFADO!!! FALSO MORALISTA !!! E NÓS GAÚCHOS É QUE SOMOS POLITIZADOS!!! ? ? ?

    • luiz mattos Postado em 15/Mar/2014 às 21:37

      Maravilhosa exposição,parabéns!

    • Thiago Teixeira Postado em 16/Mar/2014 às 12:37

      Ai o governo constrói estádio, faz avenidas, reforma aeroporto, movimenta a economia, gera empregos direto e indiretos e vemos passeatas "Não vai ter Copa". 10 milhões na conta de um político ... pode.

      • Pereira Postado em 17/Mar/2014 às 14:16

        É só na conta de politicos do PMDB e do DEM que entra 10 milhoes ....acorda meu filho!!!

      • Pereira Postado em 17/Mar/2014 às 14:18

        reforma aeroportos ???? pra copa ???? hahahahahahaha ...em que mudo tu ta ???? o estádio de porto alegre nem entorno tem ...ja querem que as estruturar temporárias que não deixam legado algum para a população seja pago com o dinheiro público.

    • Maria Lucia Postado em 16/Mar/2014 às 14:49

      Dinio, vou roubar suas contas, pode?

      • Dinio Postado em 16/Mar/2014 às 17:18

        claro , Maria Lucia, fica à vontade, são contas por cima, pois notem que "faltam valores a serem acrescentados", pois ele teve outros cargos políticos antes que não lembro , como Dep. Estadual ou Federal - pedi ajuda - obviamente remunerados ! Coitadinho...dá uma pena...sem dinheiro para arrumar os "dentinhos" ! PS . Parece que pouco tempo atrás o Senado pagava 15 ou 16 salários aos seus Senadores, sem contar apartamento funcional, carro, combustível, passagens aéreas, verbas de correio e a Verba de Gabinete, que não é pouca , acho que 100 mil ou mais por "boquinha !" Quer dizer que meus cálculos devem ser revistos para cima...e bem para cima . O Senado Brasileiro é uma das casa Legislativas mais CARAS do MUNDO, e MENOS EFICIENTE. É uma istituição INÚTIL, verdadeiro cabide de empregos ! Basta a Câmara de Deputados -540 - para as funções Legislativas Federais.

  3. vania Postado em 15/Mar/2014 às 17:14

    DINIO, VOU TE PEDIR LICENÇA PRA COPIAR E POSTAR SUA POSTAGEM! A isso eu chamo de banditismo legalizado, criminosos pra lá de organizados, mafiosos disfarçados de políticos.

    • Dinio Postado em 16/Mar/2014 às 11:23

      Tem toda , Vânia. Ele (Simon Boca Rica) era o "quiridinho" da RBS, "tentáculo da Globo" aqui no RS. Mas como eles já tem uma Senadora (ex-comentarista) e tentam emplacar mais um Senador (atual comentarista) para defender seus interesses de "OLIGOPÓLIO" da Mídia Nacional, chutaram o Turco para que ele não "atrapalhe" seus planos de 2 Senadores em Brasilia...fora os Deputados que defendem seus interesses. Mas que o Turco é safado ... tá na cara como a BOCA!!!

  4. Carlos Santos Postado em 15/Mar/2014 às 20:45

    Muit bom, Senador. Para vocês que ganham salário alto um plano de saúde privado. Enquanto isso o país paga mas de 200 bilhões por ano de juros da dívida pública aos bancos, o COPOM aumentou a taxa de juros de novo e vamos tomar outro tarifaço na energia elétrica. Acabar com a "bolsa rico" para investir em saúde pública de qualidade que aé o senhor queira usar nem pensar, né Senador? http://bit.ly/1e5rQTr

  5. Alexandre Lopes Postado em 15/Mar/2014 às 21:01

    Ele deveria calar a boca . Esse é o tipo de situação em que quanto mais se fala, pior fica . É melhor calar a boca, pois merda , quanto mais se meche, mais fede.

    • luiz mattos Postado em 15/Mar/2014 às 21:40

      O Problema é que sempre disse ser franciscano e agora ao menos todos sabem que é mesmo um velho safado.

  6. Regina Nóbrega Postado em 16/Mar/2014 às 02:23

    Dinio do Céu, dissestes tudo!!!

  7. Thiago Teixeira Postado em 16/Mar/2014 às 09:29

    Em alguns países do mundo um político ingressa na vida pública para SERVIR a população. Aqui, nossos políticos estão lá para SE SERVIR do povo.

  8. Geraldo Andrade Postado em 16/Mar/2014 às 09:32

    quantas bocas foram tratadas? porque o Senador estava banguela ou totalmente desdentado o que deve ser impossível não é verdade? fiz orçamento para 9 dentes e o custo seria de 12 mil reais!

  9. Thiago Teixeira Postado em 16/Mar/2014 às 09:43

    Não vão pensando que isso só ocorre na política. Nosso políticos são o reflexo da moralidade de todo um povo. No mundo corporativo a corrupção e o abuso dos trabalhadores com a empresa é ainda pior. Parte do seguinte princípio: Meu patrão é rico, eu não, portanto eu vou levar essas canetas, material de limpeza e mercadorias para minha casa. E mais, estou viajando a serviço? Comer um PF? Negativo, vou no melhor rodízio da cidade. Deu 23,50? Que nada, faça a nota de 35 reais. O patrão é rico. Hotel? Que negócio é esse de procurar um 3 estrelas, vou me fartar. Tem alojamento na Obra? Que nada, estou alugando um flat e a empresa que pague "Sou um profissional diferenciado". Brasileiro é folgado, prepotente e a desídia que vemos nas pessoas é reflexo de uma sociedade topetuda e que não respeita ninguém.

    • Carlos Prado Postado em 16/Mar/2014 às 15:01

      Neste site o pessoal desaprovará seu comentário, aprovando o comportamento do trabalhador. Afinal, "o patrão é rico, tem mais é que se ferrar mesmo por ter explorado os outros".

      • Tayllon Postado em 17/Mar/2014 às 12:49

        E continuando nesta linha de raciocínio, esta aí será nossa representação política. Se a mudança não parte de cada um de nós, o que esperar de toda a sociedade?

  10. renato Postado em 16/Mar/2014 às 12:15

    Uma dentadura aqui custa no máximo 2000,00, com extrações de dentes PODRES.. Preparação da gengica.....e limpeza de lingua uma vez por ano.. 62 mil reais....e meu ganho em tres anos, liquido. E não consigo trocar alguns dentes que já estão moles por causa de um acidente automobilistico.. Este Senador, não tem mais o senso do valor do dinheiro, ganham demais...demais... E isto não vai mudar, porque nós mudamos os Senadores, mas não mudamos as leis. O povo só fala no dia da votação...e fala atrás do biombo com a máquina..só. Depois disto, ficamos na mão de DEUS. Porque lá ninguem chega atraves da politica. E não tem macho que mude isto, nem mulher... Isto é dominio da Máquina, e com a máquina ninguem pode. A máquina não tem nomes, mas tem poder..

  11. Carlos Prado Postado em 16/Mar/2014 às 14:59

    Quem não tem dinheiro não faz um tratamento de 62 mil. O estado poderia começar a pagar minhas contas também. Pena que não dá certo que é com meu dinheiro que ele faz tais coisas.

  12. kennedy santos Postado em 16/Mar/2014 às 19:15

    Boa oportunidade de acabar com esta farra. Será que os R$ 26.000 mensais não são suficientes para pagar um tratamento odontológico ? Então que faça parcelamento. Não temos que pagar nada para estes políticos que posam de "bons samaritanos" quando na verdade não dão exemplos. Faça como o povão, Senador, "se não tem dinheiro, arranque os dentes".

  13. Rogerio Postado em 17/Mar/2014 às 12:50

    Engraçado, mas o Estadão e a Folha não são Midia golpista? Como eles falam mal de alguem que não é do PT? Estranho não.. será que no fundo sío chamam de PIG quando interessa??

    • Pereira Postado em 17/Mar/2014 às 14:19

      Rogério , aqui coerência é como água no deserto .... não existe.

  14. lara Postado em 17/Mar/2014 às 21:37

    Caro senador, é por isso que existe o SUS.