Redação Pragmatismo
Compartilhar
Rio de Janeiro 05/Mar/2014 às 19:33
6
Comentários

Mais um adolescente amarrado a um poste

Adolescente suspeito de roubo é agredido e amarrado a poste. Polícia autuou jovem for furto; dono do estabelecimento comercial, que teria espancado o suspeito, responderá por agressão

Policiais militares encontraram nesta quarta-feira um adolescente de 16 anos amarrado a um poste, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar, o jovem foi flagrado enquanto furtava um estabelecimento comercial, no bairro de Santíssimo.

Moradores da região teriam, então, prendido e amarrado o adolescente a um poste, próximo à Estrada da Posse. Policiais militares que passavam pelo local libertaram o jovem e o levaram ao Hospital Municipal Rocha Faria, no bairro vizinho de Campo Grande.

Depois de ser liberado pelos médicos, o adolescente foi encaminhado à Delegacia de Campo Grande (35ª DP), juntamente com o proprietário do estabelecimento comercial.

Polícia autua jovem por furto e dono de loja por agressão

A Polícia Civil autuou, por lesão corporal, o dono de um trailer que agrediu e amarrou o jovem a um poste. O adolescente foi autuado pelo cometimento de infração análoga ao crime de tentativa de furto. Já o dono do trailer, após a autuação por lesão corporal, assinou termo circunstanciado. O caso será encaminhado ao Juizado Especial Criminal.

No mês passado, um caso semelhante ganhou ampla divulgação nas redes sociais. Na ocasião, um adolescente de 15 anos, suspeito de assaltar pedestres no bairro do Catete, zona sul da cidade do Rio, foi agredido e amarrado nu a um poste, por justiceiros.

Terra

Recomendados para você

Comentários

  1. Rafael Martini Postado em 05/Mar/2014 às 20:09

    Sherazade lançou a moda e os "justiceiros" fazem uso.

  2. Elias Postado em 05/Mar/2014 às 23:59

    É um absurdo o dono da lanchonete ganharia prêmios nos USA, aqui responde por agressão por prender um bandidinho " jovem " depois da terceira vez que furtou, se esse menor matasse o "agressor" não existiria nenhum texto sobre isso, e geralmente é isso ocorre pelo Brasil afora, cumprir a lei é agressão? O Brasileiro tem que ser roubado e ficar queto?

  3. José Ferreira Postado em 06/Mar/2014 às 10:03

    Você vê na fotografia que a mãe é uma pessoa que ora... Quero ver agradecer ao seu Deus por seu filho ser um bandido.

  4. Thiago Teixeira Postado em 06/Mar/2014 às 10:09

    Tomara que esse comerciante seja processado, preso e que isso sirva de exemplo para que os meliantes não sofram mais constrangimentos. Onde estavam os direitos humanos para defender o ladrão vítima da sociedade que não deu emprego digno a ele? (Se alguém concorda com o que escrevi ... procure um analista).

  5. José Ferreira Postado em 06/Mar/2014 às 11:20

    O ideal mesmo é que os bandidos paguem pelos seus crimes, mas a situação está tão ruim que está a ficar fora de controle. A impunidade está a servir como semente de algo que não sabemos o que vai se tornar...

  6. Pereira Postado em 14/Mar/2014 às 17:28

    Mais um na conta da sherazade ...ela que incentivou a criação de milícias , grupos de extermínio e revoltas populares ..... Antes de sherazade ter dito "compreesível" .... nada disso tinha no Brasil. Eta hipocrisia sô!!!!