Redação Pragmatismo
Compartilhar
Ciência 07/Mar/2014 às 10:55
6
Comentários

Estudante de 13 anos constrói reator nuclear

Jovem de 13 anos constrói reator nuclear. Jamie Edwards realizou fusão nuclear em feira de ciências na escola e bateu recorde

menino 13 anos reator nuclear
Jamie Edwards testou sua invenção na feira de ciências da escola (Foto: Mercury Press)

O estudante inglês Jamie Edwards, de apenas 13 anos, acaba de construir um reator nuclear.

O reator foi ligado durante uma feira de ciências escolar, fazendo de Jamie a pessoa mais jovem do mundo a fazer uma fusão atômica bem-sucedida.

Ele fez dois átomos de hidrogênios se chocarem, criando hélio por meio de uma fusão nuclear.

Para comprar as peças e construir o reator, ele usou o dinheiro que ganhou de Natal e contou com ajuda do diretor da escola.

O recorde anterior pertencia a um americano, que criou um reator nuclear na garagem de sua casa com apenas 14 anos.

BBC News

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 07/Mar/2014 às 13:01

    Temos muita pessoas brilhantes neste mundo, com vocação para a pesquisa das mais complexas possíveis. Mas infelizmente esbarramos nos interesses do capitalismo. Este detém o capital e escolhe "o que", "quando", "como", "aonde" e "quem" deve pesquisar. Jamie Edwards provou que é possível pesquisas de alto teor de complexidade com pouco recurso.

  2. Felipe Rodrigues Postado em 07/Mar/2014 às 15:10

    Boa thiago!

  3. Elias Postado em 08/Mar/2014 às 00:15

    Tenho certeza que ele não gosta de funk, não sei porque.

    • Thiago Teixeira Postado em 08/Mar/2014 às 09:22

      Cara, por mais intelectual que o cara seja, as vezes precisamos de um pouco de vulgaridade para descontrair! Coloca esse cara sentado no chão e aquelas dançarinas de funk esfregando as nádegas na cara dele. Duvido que ele não goste! kkkk

    • Luiz Orlando Postado em 09/Mar/2014 às 12:00

      Que isso Elias?! Comentário bem preconceituoso. Quer dizer que quem gosta de funk é burro?

      • Elias Postado em 10/Mar/2014 às 01:40

        Geralmente sim, gostar de funk para mim é um sinal claro de burrice pelo menos na esfera musical. Funk de verdade não tem absolutamente nada a ver com o funk carioca que como uma doença se espalhou pelo Brasil. https://www.youtube.com/watch?v=FnK6Dh3IAkM Crítico Régis Tadeu detonando os funkeiros