Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 21/Mar/2014 às 15:23
20
Comentários

Carta aos organizadores da 'Marcha da Família 2014'

De última hora, uma sugestão de mudança de pauta para os marchadores. Por que, ao invés de marcharem “pela Família”, “contra o comunismo” e “contra a ditadura gay”, não marcham por Cláudia Ferreira Silva?

marcha família 2014

Caros organizadores da Marcha da Família 2,

Embora falte pouco para o evento, vou cometer a ousadia, um tanto romântica, de sugerir uma mudança na pauta. Por que não marcham pela Cláudia Ferreira Silva, a auxiliar de serviços gerais morta em um tiroteio no Rio de Janeiro e arrastada enquanto era socorrida pela viatura da PM?

A morte de Cláudia foi emblemática. Combinou pobreza, truculência policial, racismo e violência contra a mulher. O mais horrível é que se não fosse filmado o caso seria mais um a engrossar estatísticas da criminalidade.

Cláudia é mártir e merece que marchem por ela. Como vocês já estarão nas ruas, nada mais justo que homenageá-la. Você poderiam, também, marchar em homenagem às 16,9 mil mulheres assassinadas no país entre os anos de 2009 e 2011.

Marchem para denunciar o racismo endêmico que garante dois pretos ou pardos em cada três vítimas de homicídio, marchem contra a posição do país no topo do ranking de desigualdade social, marchem pelos aposentados que depois de trabalhar a vida inteira ainda precisam puxar um carro de picolé ou de pipoca para complementar a renda.

Mas por favor, não digam que Dilma ou o PT querem implantar no Brasil uma “ditadura comunista” o que todas as mazelas do Brasil são de responsabilidade deles. Isso é coisa de conversa de botequim, de gente mal informada. Vocês sabem muito bem que os problemas do nosso país não foram causados só pelas duas letrinhas ou pelos dois últimos presidentes da república. Não sou petista, sequer voto no partido, só não tolero bitolação e falatório sem fundamento.

Os problemas vêm de séculos, dos tempos da colonização, de uma formação econômica baseada na escravidão e de um sistema político feito por e para favorecer a elite. Tem causas múltiplas, não se restringe ao PT ou ao PSDB, ao DEM ou ao PSOL. Nosso empresariado tem uma boa parcela de responsabilidade ao financiar políticos em benefício próprio ou empreender visando apenas o lucro, sem responsabilidades sociais.

Por que não protestam contra o dono da Rede TV, que inaugurou uma mansão de 17 800 metros quadrados enquanto funcionários da emissora estavam com salários atrasados?

Ou então pelo caso de sonegação de impostos da Rede Globo, conhecem essa história? O “cidadâo de bem” que vocês tanto defendem vai se horrorizar com ela.

Marchem pelas vítimas dos “justiceiros”. Ano passado, um caminhoneiro atropelou e matou uma criança de dois anos, aqui no Espírito Santo. Foi linchado e morto. João Querino de Paula era o nome dele. Marchem por ele, que não teve direito a ampla defesa e contraditório. Marchem pela menina atropelada, vítima da falta de infraestrutura das periferias, onde a combinação de vias sem sinalização de trânsito com a ausência de áreas de lazer contribui para ceifar vidas.

Marchem pelo tenente Leidson Acácio Alves Silva, morto com um tiro na cabeça durante patrulha no Rio.

Mas deixem os militares de fora do protesto. Vocês sabem que eles ficaram no poder entre 1964 e 1985, sentem até saudade dessa fase, mas talvez tenham se esquecido que esse regime ditatorial catalisou as desigualdades sociais e deixou a economia brasileira em frangalhos.

Enfim, há muitos motivos para marchar. Daria para encher parágrafos e mais parágrafos de motivos nobres para vocês irem às ruas. Deixem essa paranoia de que estamos a beira de uma ditadura comunista para os hang outs de Lobão e Olavo de Carvalho. Quem acredita nisso crê até no Walter Mercado, aquele do “ligue djá”, lembram?

Abandonem a logorreia beligerante à Reinaldo Azevedo e Rodrigo Constantino e combatam o bom combate, a busca por um país mais justo, sem desigualdades.

O filme “Gran Torino” pode ser uma boa lição para vocês. Ele conta a história de um veterano da Guerra da Coréia coberto de preconceitos e ressentimentos com orientais. Até que as circunstâncias o levam a salvar um vizinho asiático. Walt, personagem de Clint Eastwood, escolheu seguir o caminho do bem e combateu o bom combate.

Vocês também são capazes disso, acreditem.

Marcos Sacramento, DCM

Recomendados para você

Comentários

  1. Diddo Braga Postado em 21/Mar/2014 às 17:18

    o que eu vejo gente influenciado por olavo dizendo que o país quer implantar o comunismo não é brincadeira, a página tirou ate a palavra da minha boca ao afirmar p/ essas pessoas que " Não sou petista, sequer voto no partido, só não tolero bitolação e falatório sem fundamento."

  2. Devin Postado em 21/Mar/2014 às 17:25

    marcha da dança da chuva, que está são Pedro está castigando.

  3. Carlos Postado em 21/Mar/2014 às 17:27

    Um comunismo abrupto ocorrer hoje no Brasil é improvável. Quem é comunista mesmo é uma pouca elite. O povo, que está nas boas intenções dos comunistas, quer mais é que estas boas intenções vão à merda. Porém a tática atual não está endo uma subversão abrupta, mas gradual começando pela social-democracia. É interessante ver que estamos tão à esquerda que jogam partidos de esquerda menos nítida à direita. Assim o partido chamado social-democrata é redefinido como de direita Isto enquanto o partido dos trabalhadores, que apesar de ter em estatuto o comunismo como missão mantem governo também social-democrata, ainda é mantido convenientemente à esquerda. Futuramente, quando estivermos mais próximos da esquerda socialista, até o governo do PT será redefinido como de direita.

  4. Carlos Postado em 21/Mar/2014 às 17:29

    Porque marchar por Claudia? Não concordar com os seus exageros é coisa de louco? Logo será até proibido.

  5. Igor Lessa Postado em 21/Mar/2014 às 18:13

    Quer saber uma coisa que me emocionaria? Ver uma dessas pessoas que pretendem participar da marcha entendendo o recado dessa carta, o de combater o bom combate. Não falo dos ideólogos de direita que programaram isso, é claro, mas das mães de família que acreditaram nesse discurso, dos seres humanos atrás de todo o preconceito que endossa essas ideias tão mesquinhas. Sei que existem, conheci algumas ao longo da minha jornada. Me emocionaria ver essas pessoas abrindo os olhos para o que realmente importa: o amor pelo próximo, não todo esse egoísmo da direita. A grande ironia é pensar que Cristo jamais marcharia com esses caras. Tomara que um dia a ficha caia.

  6. leandro Postado em 21/Mar/2014 às 21:02

    tenho pena dos policiais militares... pobres coitados, recebem um salário de merda pra arriscar a própria vida e ainda são submetidos a essa lavagem cerebral feita pelos seus comandantes, fazendo com que esses pobres coitados exerçam opressão sobre os seus iguais, o povo. "fora comunistas" rsrs... será que eses coitados sabem o que é comunismo?

  7. Esdras Pereira Alves Neto Postado em 22/Mar/2014 às 04:55

    Essa marcha é ridícula, sem fundamento e sem motivo algum. Principalmente com o pretexto de ser contra ao implante de uma ditadura comunista nesse país. Isso é muito imbecil.

  8. Thiago Teixeira Postado em 22/Mar/2014 às 10:51

    Não concordo com a vinculação da Polícia Militar com tudo que há de reacionário ou movimentos de direita. Policial também é um trabalhador, tem família, mora em periferias e passam pelos mesmos problemas que a sociedade oferece. "Ahhh, mas a polícia está a serviço da elite". Garçons, recepcionistas, seguranças, camareiras, mordomos, personal trainer também estão, por isso são da direita?

  9. Antonio Carlos Bueno Postado em 22/Mar/2014 às 11:37

    Parabéns a Marcos Sacramento, autor desta carta aberta, pela sua lucidez. Infelizmente esses defensores da "marcha da família" não passam de seres preconceituosos, racistas, egoístas e hipócritas, que preferem fechar os olhos para a realidade e continuam a defender apenas os seus próprios interesses mesquinhos, disseminando o medo entre a população ingênua deste nosso País.

  10. Igor Lessa Postado em 22/Mar/2014 às 15:02

    Cadê meu comentário?

  11. Elias Postado em 22/Mar/2014 às 20:25

    Zombas deles mas muitos ali conseguem perceber o que está por vir, com a difusão da ideologia no ensino público tenho pena do futuro deste país, entendo em parte o golpe agora, alguns entenderão daqui a décadas.

    • Raíssa Postado em 24/Mar/2014 às 11:53

      QUE IDEOLOGIA DIFUNDIDA NO ENSINO PÚBLICO ?????????????? LEVANTA AS MÃOS PARA O CÉU SE O ALUNO TERMINAR O 3° ANO NÃO SENDO UM ANALFABETO FUNCIONAL!!!!!!!! ACORDA ELIAS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      • Eduardo Abreu Postado em 25/Mar/2014 às 00:15

        Será que o Brasil que uns vivem é o mesmo que eu vivo.... um país onde 30.000.000 passaram a ter oportunidades, onde a fome ainda existe, mas em nível menor, onde estudar é uma coisa quase democrática, esses marchantes vem em nome de um regime que está a milhões de anos luz da realidade mundial hoje( até a China já divide seu ideário politico), querer que se volte aos tempos da cabeça baixa nas ruas, aos tempos de opressão, de calar bocas, tortura.....

  12. Henrique Postado em 23/Mar/2014 às 00:43

    Por que não marchar pelo propinoduto tucano/20 anos/gov/SP?

  13. Henrique Postado em 23/Mar/2014 às 00:45

    Por que não fazer uma marcha pelo assassinato de caráter que a mídia golpista comete todo o dia?

  14. Henrique Postado em 23/Mar/2014 às 00:53

    Colocar barata viva na vagina de mulher para torturá-la - em 31 de março 2014 são 50 anos de ditadura. A marcha para a família é para isto?

    • Eduardo Abreu Postado em 25/Mar/2014 às 00:17

      Colocar jovens nuas em corredores de repartição pública em cima de latas de massa de tomates para sofrerem tortura psicológica e moral. Deve ser para isto esta marcha.....

  15. Henrique Postado em 23/Mar/2014 às 00:57

    A ignorância intelectual ou a ideologia do ensino público que não houve marcha para a família: - Lei 9.649/98: proibia a expansão do sistema federal de educação profissional. No artigo 47/parágrafo 5º...'a escola deixaria de ser federal, mas estadual, municipal ou privada. OBS.: o congresso tentou aprovar o parágrafo 6º que faria com que as unidades de ensino da união já concluídas não se aplicaria esta lei. FHC alegando falta de recursos para a EDUCAÇÃO vetou o dispositivo. - Decreto 2208/97, proibiu a oferta de ensino médio integrado a educação profissional. - Portaria 646/97, fixou metas para a DIMINUIÇÃO da oferta de ensino médio pelas escolas federais (então Min Educação Paulo Renato). - De 95 a 98 não foi contratado nenhum técnico ou docente para as 140 escolas. - Em 98 o orçamento era míseros 856 milhoões. - FHC autorizou o funcionamento de apenas 10 escolas técnicas federais em 8 anos (5 não tinham quadro pessoal). - São Paulo adotou essas regras e perdeu entre 2003 e 2004, 131 mil matrícula no ensino médio do total de 137 mil do país - 96% do total. ......... Quanto tempo se leva para arrumar esta ignorância intelectual e/ou ideologia do ensino público?

  16. Lincoln Postado em 23/Mar/2014 às 02:37

    Só faltou terminar a história do Gran Torino pois para ajudar o visinho oriental ele deu uma puta lição nos outros orientais que se reunião como uma quadrilha para aterrorizar a família.

  17. Camyla Postado em 26/Mar/2014 às 11:42

    Aprende a escrever Lincoln.