Redação Pragmatismo
Compartilhar
Ditadura Militar 21/Mar/2014 às 15:07
41
Comentários

Câmara atende pedido de Bolsonaro e homenageia golpe militar de 1964

Em gesto vergonhoso, Câmara dos Deputados atende pedido de Jair Bolsonaro e abre sessão para homenagear o golpe militar de 1964

bolsonaro ditadura militar
Pedido de Jair Bolsonaro para homenagear golpe militar foi acatado pelo presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB) | Agência Câmara

Altamiro Borges

Num gesto deprimente e revoltante, a mesa diretora da Câmara Federal decidiu abrir espaço na casa para homenagear os golpistas de 1964. Por solicitação do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), famoso defensor das torturas e assassinatos do período da ditadura, ocorrerá uma sessão para “comemorar os feitos” do golpe militar de 1964, que completa 50 anos em abril. Segundo relato da Folha de S. Paulo de segunda-feira (17), a medida visa a agradar “tanto os defensores quanto os críticos da ditadura” e “evitar uma saia justa, deixando espaço para ambos os lados”. Um verdadeiro absurdo, que mostra a fragilidade da democracia brasileira!

A Câmara Federal já havia programado uma sessão solene para lembrar os 50 anos do fatídico golpe, que tanto infelicitou a nação brasileira – com prisões, torturas, mortes, desaparecidos, fechamento do Congresso Nacional, intervenção nos sindicatos, censura a jornalistas, entre outros vários crimes. Por solicitação da deputada Luiza Erundina (PSB-SP), o ato homenagearia “civis e militares que resistiram à ditadura” e seria “consagrado à reflexão sobre o significado da luta pela democracia e sobre a herança autoritária ainda por enfrentar e superar plenamente em nosso país”, conforme detalha o requerimento aprovado.

A deputada federal ainda sugeriu que a Câmara Federal promova, em 2014, o “ano da democracia, da memória e do direito à verdade”, com vários eventos para lembrar o período sombrio da ditadura. Outras atividades também estão sendo organizadas pelos partidos progressistas e movimentos sociais. Num gesto de provocação, porém, a bancada dos saudosos do regime militar forçou a barra para obter espaço para suas ideias fascistas no Congresso Nacional e conseguiu a complacência da mesa da Câmara Federal, presidida pelo deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Segundo relato da Folha, o deputado Jair Bolsonaro já “prepara para a sessão de abril um discurso de meia hora e disse que vai aproveitar o alcance da TV Câmara para ‘desmistificar o que foi o período militar’. Um dos convidados do deputado é o coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra, que chefiou o DOI-Codi em São Paulo e é considerado um dos símbolos da tortura praticada pelos militares. Para ele, não há constrangimento em levar para dentro do Congresso Nacional a defesa do golpe. ‘Aqui não é a casa da democracia, que vale o contraditório, que todos têm direito de se expressar?’”, disse.

A decisão da Câmara Federal é repugnante e beira a ilegalidade. Em 2013, na presença dos chefes das Forças Armadas e da presidente Dilma Rousseff, o Congresso devolveu, simbolicamente, o mandato do presidente João Goulart (1919-1976), deposto pelo golpe. Pouco antes, os parlamentares anularam a sessão do Congresso de 2 de abril de 1964 que viabilizou o golpe ao declarar vaga, na ocasião, a Presidência da República. Além disso, uma Comissão da Verdade, instituída pelo governo federal, apura os crimes da ditadura – exatamente para que eles não voltem a ser cometidos. Agora, a Câmara abre espaço para os golpistas e os saudosos da ditadura!

Recomendados para você

Comentários

  1. Denisbaldo Postado em 21/Mar/2014 às 15:34

    deixe-os comemorar esta data tão importante em suas existências tão sem sentido. logo mais tudo isso passa e as coisas seguem seu curso natural, a liberdade. pensando bem, nenhum país do mundo apoiaria o retorno de tamanha sandice

    • Maria Aparecida Jubé Postado em 21/Mar/2014 às 16:02

      Infelizmente ainda existe país imperialista que apoia golpes em pais democrático, isso vai depender muito das riquezas disponíveis e, nós temos o pre-sal, basta para isso encontrar pessoas dispostas a entrega-las, no Brasil conhecemos várias e os exemplos não faltam.

      • Denisbaldo Postado em 21/Mar/2014 às 18:31

        uma ditadura no Brasil apoiada por uma potência mundial (EUA) seria uma sandice ainda maior. hoje em dia a política social-econômica dos EUA e União Europeia tendem muito mais à esquerda do que à direita. e tem outra, nenhum país teria dinheiro suficiente para sufocar os rebeldes, não há a mínima possibilidade disso acontecer em um país da importância internacional e visibilidade atual do Brasil. da mesma maneira que o medo do comunismo é idiota, o medo da ditadura militar também é.

    • Sérgio Ricardo Habermann Postado em 22/Mar/2014 às 14:15

      Concordo, Denisbaldo. De repente, protestar, impedir, manda-os para os bastidores onde são muito mais perigosos. Deixe-os, como nas suas sábias palavras, comemorar o vazio de suas existências sem sentido.

    • Ronaldo Postado em 22/Mar/2014 às 21:03

      Vergonhoso o nosso parlamento, abrindo espaço para a comemoração de um golpe. Apoiando um ato ilegal e que fere de morte a constituição? Só no Brasil.

  2. Santiago Postado em 21/Mar/2014 às 15:46

    Vergonha! Esses bandidos, assassinos, torturadores, estupradores, traidores deveriam estar presos, não recebendo homenagens.

    • Thiago Teixeira Postado em 23/Mar/2014 às 11:37

      Tá vendo como a mídia golpista trabalha bem? Hoje estão fazendo a mesma lavagem cerebral com os políticos do PT.

  3. Magali Postado em 21/Mar/2014 às 15:54

    Peraí, vou ali vomitar...

  4. Olga Postado em 21/Mar/2014 às 16:17

    Aqui se critica muito os argentinos, mais eles já faz muitos anos que botaram todos os militares na cadeia, tem-se investigado todas as ações na ditadura, tem-se procurado desaparecidos, filhos dos desaparecidos que foram secuestrados e viviam com família de militares e o foram dados para outras pessoas. Lá ainda se investiga tudo e se buscam restos dos mortos pela tortura. Em Uruguai tem-se achado filhos das mortas pela tortura, tem-se buscado restos mortais em todos os predios do exercito, tem feito buracos por todo lado em busca dos ossos...E em caso de encontrar algum, tem feito exame de DNA. Tem militares presos pela responsabilidade dos fatos ha muito tempo. E ainda se espera por mas. No dia 23 de junho se fazem atos mas não são comemorativos e sim em repudio dos fatos ocorridos e tanto banho de sangue no povo..todo o mundo reivindica seus direitos, as avós buscam os netos perdidos e são encontrados!!! e o que é de melhor o povo sai nas ruas em contra de qualquer coisa que lembre e relembre os fatos tão fatídicos da ditadura: e gritam DITADURA NUNCA MAIS!!!

    • Priscila Postado em 21/Mar/2014 às 17:31

      concordo plenamente com vc Olga. os argentinos foram incriveis: colocaram na cadeia os golpistas, homenagearam os mortos pela ditadura e os militares que resistiram ao golpe

  5. Rafael Postado em 21/Mar/2014 às 16:22

    Nessa semana mesmo a Dilma disse que não toleraria qualquer tipo de homenagem a esse GOLPE.

    • Rafael Postado em 21/Mar/2014 às 16:25

      SEGUE O LINK: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/dilma-nao-vai-aceitar-celebracoes-militares/

  6. Daniel Postado em 21/Mar/2014 às 16:55

    Esse coronel estaria preso em um país sério.

    • Eliane Postado em 21/Mar/2014 às 21:21

      em um país serio esse coronel seria presidente do Brasil e não um bebado burro ignorante analfabeto e uma anta estupida comunista

      • Cícero Postado em 22/Mar/2014 às 00:36

        Em um país sério, um preconceito como o teu seria punido severamente...

      • Felipe Postado em 24/Mar/2014 às 11:16

        Em um país sério, a disciplina de Português estaria mais difundida e ampliada. Pobres analfabetos.

      • Davi T. Postado em 01/Apr/2014 às 15:57

        Conta pra gente, Eliane, que país sério do mundo tem um Coronel como presidente. Atualmente nós temos quatro países do mundo governados por ditaduras militares: Coréia do Norte, Fiji, República Centro Africana, e Egito. Dá uma olhada em PIB per capita, IDH, inflação e balança comercial desses países. Depois você volta para conversar com a gente. :-D

  7. Diego Postado em 21/Mar/2014 às 20:25

    Mistura de pena e de decepção. Essa enxurrada de paulista leite com pera que empesteia a internet acha mesmo que está combatendo o comunismo no Brasil. Essa gente mal consegue cuidar do próprio Estado.

  8. Eliane Postado em 21/Mar/2014 às 21:20

    Bolsonaro me representa!!! parabens a todos militares do Brasil que salvaram nosso país dos comunistas naquela ocasião e que agora tb o façam ja que estamos beirando novamente um golpe de ditadura comunista socialista deste PT somente os ignorantes, estupidos e burros creem ainda que os militares foram responsaveis por torturas. Tortura é o que vivemos hoje no desmando do PT defensor de bandidos e criminosos. Basta estudar um pouco mais nossa história e para quem viveu naquela época em que tinhamos educação de qualidade e segurança, os perseguidos, torturados são somente os bandidos que hoje estão no poder. Na minha familia e conhecidos ninguem foi perseguido, nem torturado nem assassinado por militares, ao contrario, nós trabalhadores e pessoas de bem fomos sempre protegidos pelos militares, somente são contra os bandidos, criminosos, e familiares destes que se incomodam com militares e com policia, os que preferem o socialismo, comunismo de esquerda que defende essa baderna e roubalheira, No regime militar nenhum governante militar enriqueceu, nem ficou bilionario, o Brasil cresceu e teve grandes investimentos sem corrupção como é hoje onde um analfabeto bebado fica multimilionario do dia para noite, uma estupida burra ignorante fica milionaria e manda nosso dinheiro para apoiar ditadores e rouba na maior cara de pau. Somente os que estão sendo favorecidos pela corrupção e é bandido para ser contra os militares, nós, familias de bem, tradicionais, de direita, cristãs, trabalhadores, queremos sim o fim da ditadura da esquerda socialista comunista do inferno. INTERVENÇÃO MILITAR JA!!! BOLSONARO PRESIDENTE!!! E fim as minorias, tem que fazer é apoiar e cuidar da maioria!!!

    • Gregório Amilton Cordeiro Postado em 22/Mar/2014 às 13:06

      Eliane, é lamentável a sua forma de pensar. Parabenizar a quem impôs tantas torturas e mazelas ao povo brasileiro? Só cabeças desequilibradas, como a do Bolsonaro para voltar a bater nessa tecla negra.

      • Thiago Teixeira Postado em 23/Mar/2014 às 11:36

        Gente, vamos parar de ser alienados. Quem disse que hoje não há torturas? Só na ditadura teve isso? Estamos desmerecendo o regime por conta de uns tenentes babacas que abusaram do poder ao sair da linha com um ativista político. Nó cego tem em todo lugar, por mais que você queira fazer um trabalho honesto sempre terá um xibungo para melar tudo. Estude mais, conheça quem foi Castelo Branco (o homem combateu na segunda guerra, sabia? Apooooosto que não, só ouviu falar do golpe de 64), Costa e Silva, Médici, Ernesto Geisel (recebido com honra por Jimmy Carter devido a sua postura diferenciada aos ditadores da américa do sul) e Figueiredo, não se baseie em histeria de jornalistas maconheiros. Vale lembrar que não tenho um pingo de simpatia por Bolsonaro e quero que ele e seus eleitores se lixem.

    • Sharon Postado em 22/Mar/2014 às 20:54

      Sei bem o seu estilozinho vagabundo de ser, característica de ser uma odiadora de vários "tipos" de pessoas. Você é só mais um sanitão de LIXO na sociedade que espalha o preconceito e incita o ódio. O SEU lugar é na cadeia... junto com seu ídolo esgoto do Bolsonaro. FORA DITADURA JÁ, DESMILITARIZAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR JÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  9. gesse Postado em 21/Mar/2014 às 21:22

    vergonhaso e a falta de vergonha de vocês

  10. Thiago Teixeira Postado em 21/Mar/2014 às 22:45

    Bolsonaro representa uma considerável parcela da sociedade que apoia a antiga ditadura. Como vivemos numa democracia nada mais justo cada brasileiro ter sua representatividade e ter o direito sim a homenagem. Não interessa se a não gostaram da ditadura, a Homenagem sim é legítima. Volto a repetir, quem disse que a ditadura foi ruim? Quem disse que os militares são maus e tiraram o Jango do poder? Mentira, foi a própria democracia que derrubou Jango e abriu as portas aos militares. Não é justo satanizarmos a fase da ditadura pois muitas coisas boas aconteceram. Havia respeito, ORDEM, coisa que hoje acabou, alunos estão batendo nos professores, pais ameaçados, desídia nas empresas e tudo que a libertinagem prega hoje acontece. Não simpatizo com Bolsonaro, acho que ele não chega nem perto de um Castelo Branco (presidente que demitiu o próprio irmão e ainda o ameaçou a colocar no xilindró se não devolvesse um carro que ganhou de cortesia de uma entidade). Isso alguém sabe? Não. Só divulgam o lado podre do regime.

    • Cícero Postado em 22/Mar/2014 às 00:38

      A homenagem não é legítima. Ninguém deve ter direito de comemorar uma afronta tão grande aos direitos humanos. Demitir um irmão não é nada, quando se é responsável pelo desaparecimento de milhares de pais, mães... Que a terra lhe seja leve.

      • Thiago Teixeira Postado em 22/Mar/2014 às 08:14

        Meu amigo, a democracia matou a Claudia, o pedreiro, 111 no Carandiru, menores de rua na candelária, trabalhadores rurais em Altamira, prefeito de Campinas, Santo André ... E ai? Só o general Newton foi ruim? Você iria desmerecer as passeatas de 84 por causa dessas misérias humanas que ocorreram no tempo da Democracia?

      • Pietro Postado em 22/Mar/2014 às 12:58

        Mas a galera aqui não comemora a revolução cubana?

      • Thiago T. Lopes Postado em 22/Mar/2014 às 22:16

        Não foi a democracia que matou essas pessoas, Thiago, não confunda (como vc sempre faz) as coisas. Quem matou foi a policia, digamos, militar. A polícia , resquício da ditadura, que tão mal faz para a democracia brasileira. E digo mais, não é só a polícia que matou tantas pessoas. O discurso que vc mantém também matou. Você, Thiago, é cúmplice de tantas mortes, porque o discurso que vc reproduz é o que sustenta tanta barbaridade. A ditadura matou muito, e não deve voltar mais. Já chega.

      • Thiago Teixeira Postado em 23/Mar/2014 às 11:45

        Então não "confunda" e não saia dizendo que a "DITADURA" matou. A analogia é a mesma, você defende a democracia com unhas e dente e tudo que há de ruim não assume, empurra para os militares. O que me diz com o desrespeito aos professores, desídias nas empresas, putaria na TV, miseráveis sendo assassinados, mendigos queimados pelos filhinhos de papai, libertinagem no setor judiciário (atropelam tudo e todos inclusive os governantes) ... é tudo vestígio do Médici? Não adianta bater boca aqui no site, converse com um velhinho numa praça e pergunte a ele como era antigamente em relação a hoje, terá uma surpresa.

    • marcilio leão Postado em 23/Mar/2014 às 15:24

      Nem mesmo Bolsonaro quer a volta do regime de 64!, o que ele diz e corretamente, é que graças a revolução militar de 64, nos recebemos de volta(20 anos depois) uma democracia medianamente organizada, um pais em industrialização ( 8ª economia na época) e instituições civis bem fundamentadas. O principal é que eles evitaram uma DITADURA sanguinária e genocida! o que ocorreu em Cuba, China e URSS, Vietnan, Laos, Camboja, Koreia do Norte lá sim houve torturas em massa, milhões de mortos, cerceamento de liberdades civis, censura e doutrinamento ideológico. Todos os generais presidentes morreram pobres e sua famílias vivem, até hoje, modestamente! muito diferente dos "terroristas defensores do povo" que levam dólares até nas cuecas, lavam dinheiro em Caimã, e apoiam ditadores gerontocratas. Os militares torturaram? sim! mas os terroristas também! e mais...eles julgaram e assassinaram até seu próprios companheiros, no que se chamava "justiçamento", uma espécie de tribunal do crime (semelhante ao de traficantes). Graças aos militares, temos hoje a maior parte da infraestrutura existente e quase todas as estatais importantes, o programa nuclear , a Engesa, Embraer e a pesquisa aeronáutica. A democracia, absurdamente corrupta que se seguiu, e a essa que ai esta, além de corrupta, incompetente e demogicamente socialista, vem destruindo as bases institucionais familiares, morais, legais e educacionais, tudo em prol do engodo comuna. A homenagem aos militares e a revolução de 64 é merecida, o que não se pode comemorar é esse governo corrupto e imbecil, que ludibria gente otária.

      • tatiana Postado em 26/Mar/2014 às 00:39

        Parabéns, Marcilio! Graças a Deus, um comentário de uma pessoa inteligente e que conhece a história!

    • Felipe Postado em 24/Mar/2014 às 11:39

      O pior de quem apoia a ditadura é não saber história. Não sabem que o "milagre econômico" pariu uma enorme inflação e contas a pagar, com uma dívida externa enorme. Além disso, houve, desde a proc. da república, a maior concentração de renda do Brasil. Para alguém defender tal sistema, é preciso estudar e argumentar os porquês. Bando de burro inútil pra sociedade.

  11. Valmont Postado em 22/Mar/2014 às 09:18

    A ignorância a respeito da História e da democracia demonstrada por alguns aqui nos comentários é o que sustenta a existência de fascistas como bolsonaro. Esse povo precisa estudar para evoluir, pois essa ignorância absurda é uma ameaça à democracia. D. Eliane ignora, por exemplo, que foi na ditadura que enriqueceram os maiores corruptos que o Brasil já conheceu. Muitas lideranças do golpe foram presenteadas com altos cargos em multinacionais. Golbery foi presidente da Dow Chemical.

    • Pietro Postado em 22/Mar/2014 às 13:02

      Bom, o bolsonaro pode ser um retardado, mas não saia por aí chamando todo mundo de fascista que nem um papagaio, ser fascista significa muito mais do que ser autoritário.

    • marcilio leão Postado em 23/Mar/2014 às 15:28

      bobagem! na ditadura militar o corrupto pego ia pra cadeia! agora ele faz cotinha pra pagar multa e vira ministro de estado. Não teve um general que ficou rico, nem suas famílias estão ricas, ao contrário de Lulinha da filha de Dilma, de Dirceu e daquela choldra que circula como urubus em volta deles.

      • Thiago Teixeira Postado em 23/Mar/2014 às 15:54

        Filha de Serra, IFHC, Privataria ... esqueceu de citar.

  12. Pablo Iacovazzo Postado em 22/Mar/2014 às 11:53

    Os simpatizantes do golpe fazem o que se espera que façam, não há nenhuma surpresa nisso. Como o Bolsonaro é o representante dessa categoria de simpatizantes, nenhuma surpresa também nessa sua atitude. Ele vai fazer o que os seus representados esperam que ele faça. Que se manifeste também, a Democracia tem dessas coisas. E a gente que procure se manter racional e comedido nas críticas, porque podemos acabar produzindo uma conveniente (para eles) publicidade gratuita. Da minha parte, a última coisa que eu gostaria de ser seria um censor ou um golpista comparável a eles. Quem gosta de limitar o direito à expressão e de depor representantes eleitos é justamente a extrema direita. E o Bolsonaro é um representante eleito, gostemos eu disso ou não. Podemos não concordar com uma palavra do que dizem, mas não podemos coibi-los do direito de as dizerem, não é mesmo?

  13. Leo SM Postado em 22/Mar/2014 às 13:13

    Graças à contra-revolução de 64, não somos uma grande sucursal de Cuba. Agradeçam aos militares de então por terem nos livrados de uma súcia de assassinos sanguinários, por sermos um país livre. Que ditadura é essa que promove, de moto próprio, uma transição de governo pacífica? Sejamos coerentes! Estudem a História, mas a verdadeira, a isenta.

  14. Oneron P . Beherens Postado em 22/Mar/2014 às 14:04

    Acho necessário uma grande mobilização, das pessoas de bem dos verdadeiros trabalhadores deste Pais, dos verdadeiras agricultores, dos pequenos e médios empresários, que contribuem para geração de emprego, que trabalham mais de dez horas por dia , e muitos não tem como contribuir com a previdência social , para quando chegar a velhice , ter uma aposentadoria que amenos consiga sobreviver, em qunto alguns privilegiados tipo servidores do congresso e do Senado e mamiguinhos do poder .

  15. André Menezes Postado em 23/Mar/2014 às 23:49

    Vão roer o pé da mesa esquerdista de merda. Salve o Regime Militar; salve o Cel. Brilhante Ustra. Jair Bolsonaro será presidente do Brasil.

  16. Augusto Cauamé Postado em 20/Dec/2014 às 16:02

    Se o cara que comemorar os 50 anos da ditaBURRA, deixemos ele comemorar. Só que terá que arcar com as consequências.