Redação Pragmatismo
Compartilhar
Revista Veja 28/Mar/2014 às 09:03
52
Comentários

'Advogados Ativistas' dão chinelada na revista Veja

Quer participar dos Advogados Ativistas? Não leia a Veja. Em sua página no Facebook, coletivo respondeu com ironia a perguntas feitas pela revista

O coletivo Advogados Ativistas, que presta assistência jurídica durante as manifestações de rua em São Paulo, foi procurado pela Veja para uma entrevista. Por considerarem que o veículo tem a má intenção de “desinformar, mentir e difamar aqueles que realizam trabalhos relevantes”, seus integrantes resolveram não colaborar com a matéria.

advogados ativistas revista veja
Página ‘Advogados Ativistas’ critica a Veja… na própria Veja (Pragmatismo Político / Ilustração)

Como os jornalistas da revista afirmaram que a reportagem seria publicada de qualquer maneira, os Advogados Ativistas decidiram se manifestar publicamente e divulgaram as respostas em sua página no Facebook.

Abaixo, segue a entrevista:

Veja: Como surgiram os Advogados Ativistas?
Advogados Ativistas: Advogados Ativistas sempre existiram, apenas uma parte deles se uniu.

Veja: Há lideranças?
AA: Não.

Veja: Quais são as causas mais emblemáticas pelas quais o movimento já lutou desde junho de 2013?
AA: Principalmente a defesa da Democracia e da Constituição, as quais vêm sendo incessantemente violadas.

Veja: Quais são suas bandeiras?
AA: Não carregamos bandeiras.

Veja: O que é necessário fazer para participar?
AA: Não ser leitor da Veja é um bom começo.

Veja: Hoje há quantos advogados ativistas?
AA: O suficiente.

Veja: Os senhores atuam apenas em São Paulo ou em outras cidades brasileiras? Se sim, em quais?
AA: Através da internet somos capazes de levar informação para qualquer lugar.

Veja: Em redes sociais do grupo há publicações, como fotos de protestos em cidades como o Rio de Janeiro. Vocês viajam para atuar em causas fora da cidade?
AA: Advogados Ativistas possuem amigos em muitos lugares. Se for preciso viajar, viajaremos.

Veja: Como vocês se mantém?
AA: Somos advogados, ora.

Veja: Quanto tempo do dia se dedicam ao ativismo?
AA: Não o quanto gostaríamos, mas quando o fazemos a dedicação é total.

Veja: Pode definir o conceito de advocacia “pro bono”?
AA: É a advocacia gratuita para o bem do povo. Bastava jogar no Google, essa foi fácil. 

Veja: Quais os obstáculos que enfrentam para garantir o direito de ampla defesa dos manifestantes?
AA: A Veja, por exemplo, é um dos obstáculos, pois criminaliza qualquer forma de pensamento diferente do seu.

Veja: Os senhores declararam que sofreram intimidação na OAB-SP no último protesto em São Paulo, de que forma isso aconteceu?
AA: Sofremos intimidação de um grupo inexpressivo, o qual falou indevidamente em nome da classe. Como explicado pelo Presidente da Ordem, a atitude destes não reflete o pensamento da entidade. Assunto superado.

Veja: Advogados ativistas já deram declarações de que a OAB-SP não está cooperando com o trabalho de vocês e se portando de maneira governista. Como é a relação entre os senhores e a entidade? Os senhores publicaram um artigo afirmando que a entidade criminaliza a ação de vocês. De que maneira isso acontece?
AA: A política de relação com outros grupos ou entidades é discutida internamente. No entanto, informamos que o Presidente da OAB/SP, em conjunto com o Presidente da Comissão de Prerrogativas, apresentaram nota pública em defesa de nosso trabalho, disponibilizando, inclusive, amparo emergencial caso cada um de nós tivesse seu ofício prejudicado.

Veja: Os senhores já receberam honorário de algum cliente que atenderam nas manifestações?
AA: Não visamos lucro algum, mas podemos começar a receber quando a Veja informar quem paga a tal “Bolsa Manifestação”.

Veja: Quais são as principais orientações do Manual do Manifestante? Por quais mudanças ele já passou desde a primeira versão?
AA: O Manual está disponível na página do Advogados Ativistas e é de fácil compreensão. Recomendamos a leitura.

Veja: Os senhores declararam que já sofreram ameaças de morte. Pode descrever em quais situações e como essas ameaças se deram?
AA: A investigação está em andamento. É um trabalho para a polícia.

Veja: Os senhores foram apontados como advogados de Humberto Caporalli e Fabricio Proteus, apontados pela policia como adeptos à tática black bloc. Qual a posição dos senhores sobre os black blocs?
AA: Não generalizamos estereótipos e tão pouco criamos inimigos fictícios, isso é trabalho da Veja.

Veja: Na confusão das manifestações e porta de delegacias, é possível distinguir os manifestantes adeptos e não adeptos da tática black blocs?
AA: Não entendemos no que se aplica ao grupo esta pergunta.

Veja: Os senhores prezam pelo direito de se manifestar e defendem todos sem restrições?
AA: Ao contrário do que algumas pessoas (e a Veja) pregam, de acordo com a Constituição todos têm Direito a Defesa. Veja só que coisa (com o perdão do trocadilho).

Veja: Já se recusaram a defender algum manifestante?
AA: Nunca, inclusive se algum repórter da Veja for preso em alguma manifestação pode nos contatar que iremos defende-lo, já que o direito de defesa é para todos, mesmo que este veículo propague o contrário.

Revista Fórum

Recomendados para você

Comentários

  1. Leandro Dubost Postado em 28/Mar/2014 às 09:30

    Se publicassem seria a melhor entrevista já publicada nas páginas amarelas.

  2. Juliano Postado em 28/Mar/2014 às 09:31

    Essa entrevista será realmente publicada na Veja?? Quando que vai sair??

  3. Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 09:39

    Chego a duvidar da altenticidade disso.

    • Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 09:41

      Autenticidade. desculpa.

    • connie Postado em 28/Mar/2014 às 10:16

      Foi publicado na página do Facebook dos Advogados Ativistas. O link está na matéria.

  4. Carlos Prado Postado em 28/Mar/2014 às 09:45

    Criminalizar pensamento diferente? Eles tem o pensamento deles, o qual é muito discutível. Mas quem criminaliza pensamentos diferentes é o grupo do qual este portal faz parte. Chega a ser tão ridículo as atitudes daqui que qualquer um mais fraco com um pouco de dúvida do seu esquerdismo pode se virar para a extrema-direita ao sair daqui. Já os que não tiverem dúvidas, respeitarem com ardor seu mestre comunista, são os únicos capazes de engolir cada absurdo e falta de coerência que aqui há.

    • Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 09:53

      Concordo, a autenticidade dessa "entrevista" é altamente duvidosa.

      • connie Postado em 28/Mar/2014 às 10:15

        Essas são as perguntas que a Veja mandou para os Advogados Ativistas, não a entrevista publicada na revista. Eles (AA) publicaram as respostas na página do Facebook deles (e só ir lá conferir). Que a Veja mandou as perguntas é fato. Que foi publicado assim na página do Facebook dos Advogados também. Que irá sair na Veja, pouco provável, afinal as respostas fotam previamente publicadas justamente para que isso não acontecesse.

    • Administrador
      Moderação Postado em 28/Mar/2014 às 09:57

      Olá, Carlos Prado. Tanto não criminalizamos pensamentos distintos que você é um dos mais ativos comentadores deste espaço, mesmo estando abertamente em contraposição a quase tudo que aqui é publicado. Coisa que não acontece, por exemplo, na própria revista Veja ou em sítios de linha editorial mais conservadora. Pelo menos de vez em quando seja um pouco menos desonesto. Att.

      • Gilberto Postado em 28/Mar/2014 às 11:28

        Perfeito, Pragmatismo! Esses leitores de Veja têm uma dificuldade imensa de admitir pensamentos que divergem das "verdades absolutas" que eles inventam.

      • Sherlockbr Postado em 28/Mar/2014 às 11:50

        Muito bem respondido!!!! A tentativa desesperada de desqualificar as informações veiculadas neste site por algumas pessoas nitidamente direitistas e conservadoras só demonstra o quanto é importante que sites como este continuem seu bom trabalho!!!

      • Thiago Teixeira Postado em 28/Mar/2014 às 12:16

        O debate entre mentes diferentes é altamente edificante e faz com que o Pragmatismo seja diferenciado dos demais. Ao entrarmos no Conversa Afiada, Reinaldo Azevedo, G1, UOL, Blogueiras Negras (não publicam comentários de homens ou de mulheres não negras) são locais que paira o pensamento único caindo em tédio total. Fugir do debate é assumir a própria fraqueza de argumentos.

      • Lucas de Sá Postado em 28/Mar/2014 às 20:03

        A resposta foi tão pertinente, que eu fiquei sem saber o que falar... Só agradecer! Boa resposta, moderação. Ao contrário da Veja que exclui muitos comentários....

      • José Ferreira Postado em 28/Mar/2014 às 21:51

        Mas eu fui censurado diversas vezes. Não vem que não é assim como o Pragmatismo prega.

      • Jansen Postado em 29/Mar/2014 às 20:01

        Uh! Bela resposta!

      • Carlos Prado Postado em 30/Mar/2014 às 20:37

        Tentarei ser um pouco mais desonesto quando não tentarem distorcer o que os outros falam. O portal de certa forma é de vocês, vocês podem deixar passar o que quiserem. Se não quiserem que não poste. De censura não falei nada. Disse algo de bloquearem algum comentário? Censura real seria se eu não pudesse fazer uma réplica em lugar algum. Fica mais fácil fazê-la no próprio portal, mas poderia fazê-la em artigo-resposta em outra localidade. O que eu disse foi exatamente de distorcer opiniões e fatos a fim de criminalizar um e enaltecer outro, recorrendo a inverdades, falsos dilemas e conclusões que não haviam sido expostas. Há lá na Veja muitos colunistas que escrevem coisas muitos questionáveis. Porém não conheço um - talvez por não ler e não conhecer mesmo - que use práticas tão deploráveis de jornalismo quanto este portal.

    • Vanessa Canei Postado em 29/Mar/2014 às 00:09

      Carlos, perto da Veja esse site é sem comparação! Já tentou criticar a Veja no site dela como vc está fazendo aqui? Eu já, e até hoje o moderador que aprova os comentários antes de publicar nunca aprovou o meu, assim como de todos aqueles que o tentam fazer ou você já viu alguma crítica nos comentários daquela revista?

  5. Silva Postado em 28/Mar/2014 às 10:31

    Acho algumas publicações desta página um pouco tendenciosas, mas ainda a leio porque concordo, pelo menos em partes, com o que é escrito. Porém, se eu discordasse completamente nem perderia meu tempo vindo aqui, como já fiz com diversos outros periódicos. Aconselho ao pessoal que não concorda e nem acredita nas linhas editoriais deste site a não se desgastarem lendo-o, porque não são obrigados a fazê-lo. O dia em que eu não mais concordar com esta página, simplesmente irei ler algo que seja mais interessante para mim!

  6. sergio Postado em 28/Mar/2014 às 11:06

    Carlos Prado, se fosse nas páginas da veja vc acreditaria né?

    • Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 11:37

      Errado sérgio, falo por mim, Eu leio o reinaldo azevedo e não gosto muito do tom que ele usa de vez em quando, muito embora tenha conteúdo aproveitável por lá como também há aqui. O problema que eu vejo nesse site é a falta de coerência, eles apóiam uma coisa sem saber que pode prejudicar outras.

    • Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 11:41

      Vou te dar um exemplo : Aqui nesse site, o deputado jean wilis é considerado um heroi, só que eles não falam que esse jean wilis se elegeu só porque participou do BBB da globo que é considerado mídia desonesta por aqui. O deputado em questão fez a pífia votação de 13000 votos e só se elegeu por causa do coeficiente eleitorial, graças à votação expressiva de chico alencar.

      • Suellen Rodrigues Postado em 28/Mar/2014 às 17:31

        Mas o que tem a ver a figura do deputado e o fato dele ter participado de um programa; e de ser eleito pelo sistema proporcional??? (sou super contra a esse tipo de sistema, porém o que eu vejo aqui é vc colocar em "cheque" o caráter de uma pessoa por fatos que definitivamente não servem para apontar caráter de ninguém). Use outro exemplo por favor.

  7. Fernando Garcia, Sagatiba Postado em 28/Mar/2014 às 11:23

    Esse comentário da Moderação é tão bom que serviria pra muitos aqui e em outros lugares. Pessoas se perdem tanto em suas convicções, que já não têm pontos a defender, apenas contestam tudo que veem. Tática daqueles que, na falta de argumentos, começam a reproduzir o discurso 'passivo-agressivo', como aquele pastor que persegue diversos grupos estigmatizados e, ao receber as críticas, se diz vítima de perseguição.Gente que defende a liberdade de expressão como se isso deixasse a pessoa acima do bem e do mal, aí critica o contestador, ao invés de refletir se também não teria perguntas a fazer ao sistema.

  8. Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 11:31

    Não sei até que ponto é ético advogar por ideologias .

    • Gabriel Postado em 28/Mar/2014 às 20:42

      advogar por ideologias é exatamente a definição do que é ético. defender a liberdade de todo cidadão, mesmo o que não possui condição financeira, de ter ampla defesa. é defender a própria constituição. é como dizer que um médico que medica gratuitamente está sendo anti-ético e que ele deveria cobrar por isso, para 'recuperar a ética profissional'.

    • Raíssa Postado em 31/Mar/2014 às 11:03

      Todos os advogados advogam por ideologia, uns pela liberdade, o direito de defesa, a consolidação da democracia outros pelo Deus do dinheiro. Mas o interessante é que ninguém critica o 2°

  9. Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 11:45

    Eu ja cansei de elogiar programas do governo do PT . Minha casa minha vida é um programa que ajuda muita gente é bacana . Advinha , eles colocaram uma historinha em quadrinhos depreciando quem compra um imóvel financiado em 30 anos, isso é o cúmulo da falta de coerência.

  10. Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 11:50

    Olha a maravilha que é a democratização do ensino superior que temos hoje. Mas temos que apontar os defeitos também. A vergonha do mensalão, eles simplesmente dizem que foi a Veja que inventou, ora, tenha santa paciência. Olha o que é essa copa !!! bilhões foram gastos para divertir os ricos, nem 20 % dos bilhões que ja foram gastos vão ficar de legado, isso é fato !!! O mais médicos é um programa bom,mas se sabe que só resolve a curto prazo, só remedeia uma situação caótica. Não há infraestrutura, salários dignos , segurança para os médicos brasileiros, sem contar que 10000 reais é um salário muito superior ao que ganham muitos médicos brasileiros pelo interior afora.

    • Gabriel Postado em 28/Mar/2014 às 20:45

      o salário de 10 mil reais é para todo e qualquer médico que se inscreve no programa. seja ele brasileiro ou não. ou seja, os 'médicos brasileiros atuando no interior' poderiam se inscrever no programa mais médicos para receber esse salário. infelizmente o número de médicos brasileiros inscritos foi muito baixo.

      • José Ferreira Postado em 28/Mar/2014 às 21:55

        "o salário de 10 mil reais é para todo e qualquer médico que se inscreve no programa. seja ele brasileiro ou não" (Gabriel XXXXX) Você esqueceu que falar que os cubanos não recebem esse salário, pois são R$ 3000 para eles e R$7000 para o governo. Se parte desse dinheiro voltará para financiar campanhas petistas eu não sei, mas é estranha (e ilegal) esse tipo de confisco.

    • Paula Postado em 28/Mar/2014 às 22:06

      O Brasil não gastou nem 5% do PIB com a copa, e dessa porcentagem, foi mais com financiamento de estádio. (possa ser que os financiados paguem devolta um dia huehuehue)... O que dá mais raiva é ministro da fazenda falar que se aumentar o investimento na educação o Brasil falirá... Coisas que eram pra ter melhorado com a copa, só pioraram.. O Brasil tem grana, mas só usam pra fazer merda.

  11. Silva Postado em 28/Mar/2014 às 11:56

    Vish, agora esse Pereira começou a "disparar" pra todo lado! De uma entrevista de um grupo de ativistas à todos os programas e defeitos do PT...Como dizia minha vó: Quem fala demais dá bom dia à cavalo!"

    • Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 12:04

      Eu só estou evidenciando a falta de coerência do site ...só isso. E ,se há falta de coerência, logo fica desacreditado.

      • Silva Postado em 28/Mar/2014 às 12:08

        Se há falta de coerência no site, há também em suas colocações porque você trouxe assuntos que, embora sejam relevantes, não têm nada a ver com esta matéria! Na verdade, como você não conseguiu sustentar seus argumentos, tentou dar um jeito de desvirtuar o assunto!

  12. Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 12:06

    A falta de coerência do site foi bem e corretamente observada pelo Carlos Prado.

  13. Silva Postado em 28/Mar/2014 às 12:16

    Uma pessoa que insiste em ler algo que considera incoerente só pode ser duas coisas: masoquista ou INCOERENTE!

    • Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 12:21

      No meu caso , acho que sou masoquista mesmo. Silva, você sabe que tudo que citei acima tem alguma ligação com o tema, não se faça de desentendido.

    • Lucas de Sá Postado em 28/Mar/2014 às 20:10

      Ou: Sabe de Nada, Inocente!

  14. Thiago Teixeira Postado em 28/Mar/2014 às 12:18

    Moderação, esqueceram do Pereira. Ele também quer um "Olá"!!!!

    • Silva Postado em 28/Mar/2014 às 12:26

      Você te razão Tiago Teixeira!!! Eu acho é que o cara tá precisando de atenção, como aqueles adolescentes na escola que insistem em "discutir" assuntos polêmicos com o professor só pra turma toda olhar pra ele... Não vou perder meu tempo!

      • Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 12:30

        Belo arguemento. Retrato do site.

      • José Gomes Postado em 28/Mar/2014 às 12:38

        Esse Pereira é café com leite neste site. Participa de todos os posts, mas ninguém o leva a sério...

  15. Victor Rodrigues Postado em 28/Mar/2014 às 12:34

    Muito boa entrevista. Fico feliz que esse movimento esteja ganhando corpo. Acho que estamos caminhando para um futuro melhor. No entanto, discordo desta resposta: Veja: Pode definir o conceito de advocacia “pro bono”? AA: É a advocacia gratuita para o bem do povo. Bastava jogar no Google, essa foi fácil. Independente da facilidade da informação, no caso de uma entrevista é importante contextualizar o leitor que não faz parte do meio.

  16. Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 13:43

    José gomes, vou te repetir o que eu falei para uma tal de Mariana, que dizia que eu era "o palhaço da sala" ou coisa parecida. Comentar num lugar onde todo o mundo concorda contigo é fácil, agora falar onde todo o mundo é contra é complicado. Eu chamo isso de coragem e auto confiança. Eu não espero que 95 % levem mesmo os meus comentários a sério, pois aqui a maioria é meio fanático, principalmente por causa da minha identidade cristã. Aqui não se aceita o contraditório, não se aceita com respeito a opinião contrária mesmo que pareça sem sentido. O que vale aqui é : "Eu sei de tudo, e para os meus amigos tudo, para os inimigos e contrários os rigores da lei."

    • Vargas Postado em 28/Mar/2014 às 15:24

      Pereira, por que você insiste na tese de que "aqui não se aceita o contraditório", sendo que só nessa publicação você, sozinho, comentou mais do que todos os outros leitores juntos? Não vejo coragem nenhuma nas suas participações, mas uma vontade infantil de desvirtuar os temas debatidos. Para discordar não é preciso agredir. Na internet, chamamos o que você faz de 'trollagem'. No mais, me parece que o pronunciamento anterior da moderação foi sensato o bastante para compreendermos que as suas acusações são infundadas. Abraço, colega, e menos rancor nesse coraçãozinho.

      • Pereira Postado em 28/Mar/2014 às 15:43

        Depois tu quer que eu leve a sério quem comenta por aqui : "O pessoal do Sul é conhecido pelo seu natural racismo, prepotência e um uma velho e frustrado desejo de se separar do resto do País. Alguns espertinhos me dirão : Blumenau não é Porto Alegre!!! rs....... è..... deve ser a mesma diferença entre chimarão e terere...." Se isso não é intolerância,generalização e preconceito...então eu devo ser um ET mesmo.

    • Thiago Teixeira Postado em 28/Mar/2014 às 18:14

      Pereira, seus comentários me faz deduzir que você tenha uma visão muito convencional e até acomodada das coisas. Vejo que você não enxerga as diferenças, não acredita em preconceito ou discriminação (acha que complexo de perseguição) não se põe no lugar da minoria, defende a lei do mais forte, tem discurso idênticos aos sites convencionais, minha opinião. E obviamente aqui, onde encontramos pessoas com ideias diferentes, muitas vezes você desperta estranheza, normal. Mas defenda seu ponto de vista. Você discorda de algo? Ótimo, traga argumentos, expresse o seu ponto de vista, mas procure evitar ofender o site, atacar pessoas ou constrange-las como fez com a Mariana naquele dia.

      • Pereira Postado em 31/Mar/2014 às 12:20

        Só que eu é que fui agredido primeiro. Com coisas como "crentelho" , "burro que da dinheiro pra pastor". Só que eu não sou burro, eu leio ponto e contraponto eu sou um homen culto. possuo anos de estudo acadêmico, e o que eu vejo aqui é uma garotada que não sabe direito para onde ir. Leram qualquer coisa por aqui e já saem formando "teses". Os mantenedoeres do site mais parecem aloprados defendendo sabe-se lá o que. Ideias ? vá ler o que eu escrevi la no post da vacina do HPV e as mães evangélicas. Eu dou ideias de acordo com o que eu acredito, e se você acha loucura e coisas descabidas, então você pode ser qualquer coisa, menos um democrata.

    • Marcos Hilário Postado em 31/Mar/2014 às 14:55

      Eu não concordo completamente com os seus comentários, Pereira, mas eles fazem com que nós não tenhamos apenas uma versão dos fatos expostos no site, o que colabora muito na formação de opinião. Espero que os comentários desses que se dizem esquerdistas, mas que tentam oprimir a minoria da direita desse site, não te desanimem.Você tem um apoiador.

  17. deisinha Postado em 28/Mar/2014 às 14:43

    Pereira deixe de ser masoquista ,vai ler revista veja ou folha e nos deixe em paz;assim voce nao se desgata e nao irrita os admiradores do pragmatismo,siga o meu exemplo me recuso ler veja folha globo news.nao tenho estomago e tambem ratinho que nojo.

    • Carlos Postado em 28/Mar/2014 às 15:22

      E viva a diversidade de ideias...

  18. Esdras Pereira Alves Neto Postado em 28/Mar/2014 às 21:23

    Muito legal. Que respostas objetivas e bem esclarecedoras. Agora a Veja não esperava tais respostas. KKKK... Muito legal !