Redação Pragmatismo
Compartilhar
Europa 19/Feb/2014 às 15:21
4
Comentários

Ucrânia: A noite mais sangrenta desde o início dos protestos

protestos ucrânia 25 mortos

Pelo menos 25 pessoas morreram ontem (18) nos confrontos entre manifestantes e a polícia em Kiev, capital da Ucrânia, informou hoje (19) o Ministério da Saúde, em comunicado. Além das mortes, 241 pessoas foram hospitalizadas, incluindo 79 policiais e cinco jornalistas. O presidente da Ucrânia, Viktor Yanukóvich, declarou um dia de luto nacional para amanhã (20), em memória à morte das vítimas dos confrontos entre polícia e manifestantes.

Segundo os médicos que estão trabalhando em um hospital de campanha montado pela oposição ucraniana, a maioria das lesões foi provocada por bombas de efeito moral.

Cerca de 30 pessoas sofreram lesões na cabeça e estão em estado grave. Um dos feridos terá amputar uma mão. Segundo a polícia, 47 agentes das forças de segurança também ficaram feridos nos confrontos, dos quais cinco apresentavam ferimentos por bala.

De acordo com o decreto de luto nacional, as bandeiras dos edifícios oficiais devem ser hasteadas a meio mastro e todos os espetáculos e as competições desportivas devem ser cancelados ou adiados. Yanukóvich relacionou à perda de vidas causada pela desordem, segundo informou o comunicado da Presidência

O presidente afirmou que, com os confrontos de ontem em Kiev, a oposição “ultrapassou os limites”. Os oposicionistas apelaram ao uso de armas para enfrentar as forças policiais. Yanukóvich garantiu que os responsáveis serão levados à Justiça e destacou que a sua posição “não é um capricho”, mas uma obrigação constitucional.

Veja os vídeos:

com The New York Times

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 19/Feb/2014 às 16:39

    Sangue nos olhos a oposição Ucraniana. Isso que é protesto, não esses bandos de covardes que temos aqui no Brasil que fica apavorando lojistas e intimidando cobrador de ônibus para logo em seguida, queimar o veículo. Força a Ucrânia!!!!!!! Paguei um pau!

  2. Elias Postado em 19/Feb/2014 às 21:42

    Isso é sim são protestos de direita, na sede do governo, milhões param o país até o governo cair, no Brasil isso vai demorar uns 30 anos ainda para ocorrer.

  3. Diddo Braga Postado em 20/Feb/2014 às 08:38

    isso não é protesto, tão pouco manifestantes ou ativistas, já está sendo noticiado e que muita gente sabe que os EUA estão financiando esses mercenários como fazem igualmente na síria e na venezuela, tudo p/ derrubar seu governo, estão instaladas várias ongs mantida por washington tudo p/ que a ucrania ceda a UE, que isso lógico irá enriquecer os cofres bancários da UE e EUA.

    • Thiago Teixeira Postado em 20/Feb/2014 às 11:42

      Tudo bem ... a UE e EUA irão enriquecer, mas não seria a melhor saída para seu povo a UCRÂNICA aderir a União Europeia? Eu acho que não vale a pena sacrificar toda uma nação em nome de uma ideologia (justa por sinal) de querer se reaproximar da Rússia.