Redação Pragmatismo
Racismo não 18/Feb/2014 às 14:17
3
Comentários

Site do Peru publica mentira sobre incidente racista contra Tinga

Site peruano publica falsa informação sobre novo ato de racismo contra Tinga em jogo contra o Atlético Mineiro e irrita Cruzeiro

racismo tinga peru
Site peruano publica falsa informação sobre nova agressão racial contra Tinga (Reprodução)

O site peruano ‘Peru.com’ noticiou nesta segunda-feira que o volante Tinga, do Cruzeiro, foi novamente vítimas de insultos racistas e irritou o elenco celeste. De acordo com a publicação, a torcida atleticana xingou o jogador no clássico do último domingo, no estádio Independência.

Ele foi ofendido no Peru na última quarta-feira (veja aqui), pela torcida do Real Garcilaso, em Huncayo. Desta vez, o site apontou que o jogador novamente viu gestos e ouviu sons de macaco e o meia Ronaldinho Gaúcho teve que pedir para sua própria torcida parar.

Porém, na verdade, muitos torcedor do rival Atlético/MG mostraram apoio ao volante cruzeirense. Os jogadores do Galo também cumprimentaram o jogador. Os jogadores da Raposa criticaram a atitude do site.

“Eles querem tirar o foco do que aconteceu, mas nós sabemos que ontem teve a pressão normal que a torcida exerce, mas não aconteceu nenhum ato de racismo. A gente fica triste por saber que pessoas que trabalham com informações passam fatos que não aconteceram. É bom para saber que nem sempre o que passa na TV é verdade”, afirmou o meia Everton Ribeiro.

“Isso é ridículo. Ontem tinha faixas de apoio ao Tinga, os jogadores também, o próprio Ronaldinho escreveu no twitter. Vários jogadores demonstrando apoio”, completou o volante Nilton.

FutNet

Posts relacionados

Comentários

  1. Rafael Surgek Postado em 18/Feb/2014 às 14:28

    E aí?? Vai ficar por isso mesmo? Como se pune essa irresponsabilidade jornalística???

  2. Thiago Teixeira Postado em 18/Feb/2014 às 14:39

    A própria torcida GALOUCURA publicou nota de solidariedade ao jogar do time rival?! Eles querem justificar o injustificável.

  3. renato Postado em 18/Feb/2014 às 18:09

    É uma pena... É fardo grande para uma pessoa levar. É pesado.. Troço FDP este tal de racismo.. Mas se liberaram a mulher aqui no Brasil, nada poderemos falar do Peru.. Né, dona Justa..

O e-mail não será publicado.