Redação Pragmatismo
Compartilhar
Polícia Militar 03/Feb/2014 às 11:26
28
Comentários

Policial é expulso da PM após defender desmilitarização

Policial lança livro questionando militarização e é expulso da PM. Autor falava, em sua publicação, do “sistema arcaico de segurança pública” e foi demitido por “ferir decoro e pundonor militar”

desmilitarização pm
Policial lança livro questionando militarização e é expulso da PM (Arquivo)

Por escrever, e distribuir, o livro “Militarismo: Um sistema arcaico de segurança pública”, Darlan Menezes Abrantes, um policial militar de 39 anos, foi expulso da PM depois de 13 anos de serviços prestados à corporação.

Após ser demitido, Abrantes ainda foi pressionado pela PM para que revelasse quais os outros policiais que concederam entrevistas questionando a militarização das polícias.

A expulsão de Abrantes foi publicada no Diário Oficial do Estado do Ceará – página 106 – no último dia 17 de janeiro. No texto da demissão, a PM afirma que “teor [do livro] fere o decoro e o pundonor militar.”

A PM abriu um inquérito que culminou na ação penal pela prática de crime tipificado no artigo 166 do Código Penal Militar, que prevê pena de dois anos de prisão para quem “publicar, sem licença, ato ou documento oficial, ou criticar publicamente ato de seu superior ou assunto atinente à disciplina militar, ou a qualquer resolução do Governo.”

Segundo o policial, em entrevista ao Tribuna do Ceará, o modelo de militarização é “covarde” e trata a “sociedade como inimigo”.

Revista Fórum

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 03/Feb/2014 às 11:36

    Tem que cassar esses "militares" que estão fazendo motim e expulsá-los da corporação. Policial tem que lutar pela volta da autoridade de poder para exercer suas funções. Policial está com uma rolha enfiada no cano no revolver e seu cassetete grampeado na farda, isso tem que acabar. Resumindo, mais Militarização e cassetada em quem tá achando ruim.

    • Peterson Silva Postado em 03/Feb/2014 às 11:57

      Thiago Teixeira - acho que é pra pessoas como você que Darlan escreveu este livro. Gente que acredita que a força resolve tudo, especialmente porque a força mantêm seus privilégios e mantêm os pobres na linha, né? Nojo resume.

    • André Postado em 03/Feb/2014 às 12:09

      Alguém que faz um comentário desse nível e não deixa uma foto para ser identificado no mínimo é um covarde borra botas. Não me admira que pense como um neandhertal.

      • Thiago Teixeira Postado em 03/Feb/2014 às 19:23

        Mande um link ou qualquer coisa que mandarei minha foto, CIC e RG você publicar. Vou ter medo do quê? De maconheiro modinha? Dá um tempo cara.

    • Danilo Postado em 03/Feb/2014 às 12:40

      http://www.youtube.com/watch?v=JBx_Ga2bc7I

    • Bianca Postado em 03/Feb/2014 às 17:22

      Fazia algum tempo que não via Thiago Teixeira falar tanta merda em um parágrafo só.

  2. jorge fontes Postado em 03/Feb/2014 às 12:12

    E os policiais corruptos não ferem o decoro, c/esses nada acontecem, qta nojeira.

  3. Betania Santos Postado em 03/Feb/2014 às 12:19

    "PELEGO" , digo...cabra de coragem!! Parabéns por essa attitude!

  4. Roberto Locatelli Postado em 03/Feb/2014 às 13:18

    As polícias militares são herança da ditadura. Frase de um blogueiro, oficial aposentado da PM: "A ditadura não acabou. Ela continua nas PMs de todo o Brasil".

    • Thiago Teixeira Postado em 03/Feb/2014 às 14:38

      Legal, vamos acabar com a polícia. Faça um teste e fique um dia sem policiamento para você ver o quanto a libertinagem e liberdade de expressão se comportará nas ruas. Experimente!

      • Fausto Postado em 03/Feb/2014 às 15:11

        Certeza que é muito mais do vemos hoje, quando jornalistas são tratados a bala de borracha nas ruas.

      • Marcos Postado em 03/Feb/2014 às 15:54

        Legal como o Thiago distorce o comentário acima, dando a ele um novo significado.

      • Diogo Postado em 03/Feb/2014 às 16:01

        Hey Thiago, acho que você está confundindo uma coisa man. Não é acabar com a policia, muito menos desarma-la. Temos sim uma policia desatualizada em inúmeros quesitos, como procedimentos padrões, tecnologia, hierarquias (temos alguns cargos que são obsoletos dentro da policia), plano de carreira, educação. Temos que atualizar as policias e unifica-las (Temos por exemplos departamentos dentro da civil e da militar desempenhando as mesmas funções Ex.GATE (PMsp) e GER(PCsp), e isso gera um baita custo para o contribuinte). Nossa policia esta amarrada a questões ultrapassadas como essa por exemplo, que o policial foi expulso por reclamar e apontar um erro! Pm tem que baixa a cabeça sempre quando ve uma coisa errada dentro da corporação, pois se reclamar logo é punido com leis militares severas! Policia é policia, e exercito é exercito... Um é treinado para garantir os direitos dos cidadãos, o outro é treinado para matar o inimigo que coloca em risco sua nação!

      • Leonardo Postado em 03/Feb/2014 às 16:14

        Mas como tem gente obtusa meu senhor... não se está falando no fim da polícia, e sim no fim da MILITARIZAÇÃO da polícia, simples assim. Que outro país possui duas polícias distintas como a Civil e a Militar? É uma idiotice e um resquício absurdo que podem sim ser eliminados, sem prejuízo (pelo contrário) à população

      • rennan Postado em 03/Feb/2014 às 17:49

        Tiago, ninguem falou em acabar com a policia, e sim a militarização da policia, deixa de ser burro cara...Nos EUA a policia é desmilitarizada e em 80% dos paises da europa, asia e africa tb

      • Rafael Martini Postado em 03/Feb/2014 às 19:22

        O Diogo falou bem. Quem é contra a desmilitarização, das duas uma: ou é mal informado ou é viúva da ditadura.

      • Thiago Teixeira Postado em 03/Feb/2014 às 19:25

        Militar é treinado com princípios de ORDEM, HIERARQUIA e DISCIPLINA. É disso que as ruas e gente como a maioria aqui precisa.

      • Luiggi Postado em 04/Feb/2014 às 12:57

        Grande coisa! Vcs são incompetentes e metidos a brincar de Rambo. bando de bundões que se não andarem em bandos como feras não são homens. Quanto a tirar a polícia para ver como fica, nem precisa. Nunca tem PM na rua e vcs ainda tem a cara-de-pau de seguir políticos charlatães, crentes e fazer greves que deixam a população completamente assustada. Resumindo: vcs são dispensáveis.

  5. Rodrigo Postado em 03/Feb/2014 às 18:53

    parabéns amigo, isso é coisa de cabra muito corajoso, diferente dos covardes que o expulsaram

  6. Clesius Aquino Filho Postado em 03/Feb/2014 às 18:59

    E o ministério publico do estado do Ceará, não vai defender esse Policial? O senhor Darlan escreveu um livro sobre o sistema como um todo, e não uma crítica aos seus superiores, ao governo ou a instituição. Portanto, onde está o crime? Ofensiva é a atitude da PM do estado do Ceará. Quanta agilidade pra expulsar um policial que publicou um livro. Será que são tão severos assim com os policiais corruptos? Ou com os que agridem os cidadãos? Quero expressar todo meu apoio a Darlan Menezes Abrantes.

  7. Thiago T. Lopes Postado em 03/Feb/2014 às 21:51

    Infelizmente, tenho o mesmo nome que o desse rapaz que está defendendo a violência institucionalizada. Ordem, hierarquia e disciplina são palavras que, juntas, justificam os atos mais bárbaros que o homem pode cometer, seja um policial militar, seja um soldado numa guerra (e as guerras estão cheias desses criminosos disciplinados). Nossa democracia ainda tem muitas falhas, muitas instituições que perduram desde a ditadura. Há muito ainda que fazer para que nossa democracia seja plena, e a desmilitarização da polícia é uma dessas coisas a conquistar, finalmente entrando no debate da nossa geração, que, aliás, aos trancos e barrancos, está se mostrando uma geração contestadora. É já clichê citar Brecht nesses momentos, mas meu xará Thiago Teixeira é só mias uma voz de " tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada".

    • Thiago Teixeira Postado em 04/Feb/2014 às 13:09

      Ai você está completamente enganado. Tens o direito pleno de discordar da Polícia Militar, contestar, ser a favor da libertinagem, mas dizer que os anos 60 e 70 havia desordem? Você então não tem conhecimento daquela época, ouviu os maconheiros revolucionários, que são hoje a elite do jornalismo golpista, a satanização da Ditadura. Havia uma palavra que hoje é piada: Respeito. Quem prega a desmilitarização são os mesmo que querem bagunçar, tumultuar, bater um mulher, desestabilizar o governo, protestar danificando patrimônio público, pois quando isso ocorre a Tropa de choque torna-se um inimigo em comum.

      • Thiago T. Lopes Postado em 04/Feb/2014 às 20:04

        Você tem uma mente muito conturbada, rapaz. Mistura um monte de coisas com silogismos falsos, frases ilógicas. Primeiro: ser a favor da desmilitarização da polícia não é necessariamente ser a favor da libertinagem. Segundo: não adianta criar um estereótipo para as pessoas que defendem ideias de esquerda, chamando-as de maconheiros revolucionários, porque isso só enfraquece o debate. Você está seguindo os mesmos equívocos daquela corja formada por Reinaldo de Azevedo, Olavo de Cravalho, entre outros, que, para vencer um debate, deixam de lado os argumentos e começam a denegrir a imagem de quem se lhes opõe, demonizando-os. Terceiro: não existe nenhuma lógica na sua frase, que prega que quem defende a desmilitarização são os mesmos que querem bagunças, bater em mulher, danificar patrimônio público. Você é quem, com sua mente confusa, está inventando isso. Finalmente: você tem todo direito de defender a ditadura se você se quiser, mas deixe as coisas claras e use argumentos sólidos. Não adiante vir aqui neste site para desabafar seu ódio, como numa cena famosa de 1984; a ideia aqui é debater, discutir com argumentos, e não ficar gritando mais alto do que os outros, nem querer descontar as frustrações pessoais.

      • Thiago Teixeira Postado em 04/Feb/2014 às 23:09

        Para você as ideias são conturbadas pois é um defensor da democracia e da liberdade de expressão. Jamais aceitará análises que prega a ditadura de extrema esquerda. Agora Reinaldo Azevedo cara ... pegou pesado, pois ele é da direita liberal, nada a ver com a minha ideologia.

  8. Ismail Postado em 04/Feb/2014 às 01:33

    Tiago Teixeira você para mim é um lixo, uma escória pior do que os mais violentos criminosos! Mas vou resumir que tipo de idiota é você: imbecil ignorante, um típico troglodita.

  9. Ismail Postado em 04/Feb/2014 às 01:35

    Tiago Teixeira você é a escória, um lixo. É pior do que os criminosos porque tem muitos por aí que não chegam a ser tão violentos e trogloditas como você. Seu lugar é na cadeia como um bicho que você é. Imbecil.

    • Thiago Teixeira Postado em 04/Feb/2014 às 13:13

      Achar que sou um lixo, escória, soa um elogio pra mim vindo de um zé modinha como você. Mas criminoso???? Qual a alegação? Defender a honra da corporação é crime? E quem vai me prender? Os black blocs?

  10. Thiago T. Lopes Postado em 05/Feb/2014 às 16:15

    Thiago, você entrou em contradição quando disse que sou defensor da liberdade de expressão e da democracia, mas que eu não aceitaria análises contra a extrema esquerda. Pelo contrário, como defensor da liberdade de expressão, eu quero muito ler sobre tais análises. Mas que sejam mesmo análises, não frases vazias, nem generalizações. Agora, o que a sua suposta "ditadura de extrema esquerda" tem haver com o assunto, você não explicou. Chama isso de análise? Quando ao Reinaldo Azevedo, admito, peguei pesado, foi mal.