Redação Pragmatismo
Compartilhar
América Latina 20/Feb/2014 às 10:47
18
Comentários

Obama manda recado para Maduro

Barack Obama pede que Nicolás Maduro "atenda as reivindicações do povo". Presidente dos EUA criticou ainda a expulsão de três diplomatas americanos da Venezuela

obama maduro venezuela
Obama pede a Maduro para atender reivindicações populares (Reprodução)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, condenou nesta quarta-feira a violência na Venezuela e pediu que o governo de Nicolás Maduro “atenda as reivindicações legítimas” de seu povo, ao invés de desviar a atenção expulsando diplomatas americanos com “falsas acusações”.

Em mensagem à imprensa no final da cúpula da América do Norte na cidade de Toluca, no centro do México, Obama aconselhou o governo venezuelano a libertar os manifestantes que foram detidos nos protestos de oposição e a realizar um “diálogo verdadeiro”. “Ao invés de desviar a atenção de seus próprios problemas expulsando diplomatas americanos com falsas acusações, o governo deveria concentrar seus esforços para atender as reivindicações legítimas do povo venezuelano”, afirmou.

O governo venezuelano responsabilizou na última segunda-feira os EUA pela violência durante as manifestações pacíficas na Venezuela e deu um prazo de 48 horas para que os diplomatas americanos Breeann Marie McCusker, Jeffrey Gordon Elsen e Kristofer Lee Clark deixassem o país sul-americano. O chanceler da Venezuela, Elías Jaua, acusou “funcionários de diferentes níveis” dos EUA de promover grupos violentos e de oferecer apoio financeiro a eles através de “organizações de fachada”.

Obama disse que, juntamente com a Organização dos Estados Americanos (OEA), fazia um pedido para que o governo venezuelano “liberte os manifestantes que foram presos e realize um diálogo verdadeiro”. “Todas as partes têm que trabalhar em conjunto, se distanciar da violência e restaurar a tranquilidade”, afirmou o chefe de Estado americano, após classificar como “inaceitáveis” os incidentes de violência ocorridos no país sul-americano. Os protestos na Venezuela protagonizados por estudantes e pela oposição ao governo Maduro deixaram desde a última quarta-feira um saldo de seis mortos e dezenas de feridos e detidos.

Efe

Recomendados para você

Comentários

  1. Marcelo Postado em 20/Feb/2014 às 11:31

    Quem este canalha pensa que é? O governo da Venezuela foi eleito democraticamente pelo voto popular e com acompanhamento internacional para ter legitimidade, agor a oposição quer ganhar as coisas no grito e vem este País de merda que a maior população prisional do mundo, 22% das crianças americanas vive abaixo do limiar da pobreza, entre 1890 e 2012, os EUA invadiram ou bombardearam 149 países, são o único país da ocidente que não oferece qualquer tipo de subsídio de maternidade, 125 norte-americanos morrem todos os dias por não poderem pagar qualquer tipo de plano de saúde, foram fundados sobre o genocídio de 10 milhões de nativos, só entre 1940 e 1980, 40% de todas as mulheres em reservas índias foram esterilizadas contra sua vontade pelo governo norte-americano, são o país do mundo com mais armas: para cada dez norte-americanos, há nove armas de fogo, e vem este camarada querer se meter com a soberania da venezuel, ele quer é petróleo, a Venezuela é a maior fornecedora de petróleo para eles, mas se quiserem terão que pagar, pense dez vezes antes de querer intervir no continente, agora aqui existe um tratado d UNASUL, se invadir um país do continente, é obrigatório a ajuda dos demais ao invadido contra o invasor, CUIDADO CARA PÁLIDA.

    • Eduardo Postado em 20/Feb/2014 às 14:32

      Tudo bem que a democracia indireta americana é bem estranha. Mas qualquer um sabe que a democracia venezuelana é uma mentira. Chaves aproveitava quando estava com aprovaçáo maior e marcava eleiçöes nessas datas. Assim ele foi se reelegendo e graças ao apoio midiático maciço e pressáo política conseguiu um congresso fantoche que hoje lhe garantem poder de um ditador. A midia de oposiçäo foi exterminada e lideres de oposiçáo estáo sendo presos. Belo exemplo democrático.

      • mariinha Postado em 20/Feb/2014 às 16:17

        Creio que pra saber se a democracia venezuelana é "uma mentira" só vivendo lá, pelo menos por um bom tempo. Como eu não vivi, não afirmaria isso. O que já ouvi de venezuelanos em encontrei mundo afora é que o regime tem sim muitos problemas mas, realmente transformou o país para melhor.

  2. Thiago Teixeira Postado em 20/Feb/2014 às 11:38

    Eu continuo batendo na tecla que radicalismo não leva a nada. Os Estados Unidos tem sido o principal comprador de Petróleo bruto da Venezuela apesar de todos os impasses diplomáticos. Acho uma irresponsabilidade com seu povo o Maduro insistir nessa queda de braço em nome de um orgulho banal.

    • Emerson Heringer Postado em 20/Feb/2014 às 11:43

      Queda de braço? O Maduro é presidente ELEITO! Deve aceitar a deposição por 10 mil estudantes?

      • Thiago Teixeira Postado em 20/Feb/2014 às 14:27

        Jamais falei em deposição, estou falando de diplomacia. EUA é uma droga? É. EUA são uns bando de retardados, débil mental? São. Mas eles existem, são influentes, movimentam a economia mundial. Um político moderno, na minha opinião, tem que fazer o 'meio de campo", com todas as pluralidades do mundo. Ter boa relação com os capitalistas, comunistas, democratas, ditadores, muçulmanos, indus, não podemos mais impor um pensamento único e satanizar o resto. Os EUA querem derrubar o poder? Sim. ótimo, cabe ao Maduro dar a volta por cima, não cometer a arrogância do Hugo Chaves.

      • Gabriel Postado em 20/Feb/2014 às 14:41

        Poxa Thiago você acabou de elogiar o PT e principalmente Lula que senta pra negociar com todos os facínoras internos e externos. E claro que você pode ter essa opinião, mas era isso mesmo que queria dizer??

      • Thiago Teixeira Postado em 20/Feb/2014 às 17:36

        Bingo Gabriel. É isso. Na minha cabeça oca só assim para acabar com as guerras e estabelecer uma paz mundial: Engolindo sapos. Infelizmente.

    • Jorge Generoso do Nascime Postado em 20/Feb/2014 às 12:06

      Porque? A China compra todo o excedente e, com um detalhe, ajuda ainda a infra-estrutura do pais. Parceiro por parceiro, o dinheiro chinês é tão bom quanto o dos EUA (Se bem que sobre este pairam dúvidas de dar dó...). Devo lembrar que a Venezuela tem equipamentos militares Russos, e eles não vão deixar que seus artefatos tecnológicos caiam nas mas dos estudunidenses novamente, como aconteceu na derrocada da Alemanha Oriental. No mínimo, seus submarinos nucleares já rondam as águas territoriais venezuelanas para intervir a qualquer momento!!!

      • Flávio Loureiro Postado em 20/Feb/2014 às 12:53

        Boa resposta. O povo não tem nem papel higiênico, mas a culpa é dos submarinos nucleares dos EUA que "no mínimo já rondam as águas". Posta aí as datas e horários dos teus stand-ups, cara! Eu pago pra ouvir isso!

      • Thiago Teixeira Postado em 20/Feb/2014 às 17:40

        Jorge, tem uma coisa ... China pode até pagar o mesmo valor dos americanos, mas eu conheço fazendeiros aqui em Mato Grosso que preferem vender mais barato para os norte americanos do que pra China. China se vacilar ... eles simplesmente não te pagam, enrolam, você pira na mão dos caras. Mesmo assim, eu venderia para os dois.

    • Antonio Lyra Filho Postado em 20/Feb/2014 às 14:51

      Orgulho banal. Coisa de gente sem amor a seu pais. Só porque o EUA compra petróleo deveria fazer o que deseja.

      • Thiago Teixeira Postado em 20/Feb/2014 às 17:37

        Não cara. Mas finja que está fazendo e desvie o foco do seu "inimigo".

  3. Caio Postado em 20/Feb/2014 às 11:52

    Pq sera que nao manda recado para o brasil ouvir as reivindicações? Ou a turquia? Ou a grêcia? Ou outros tanto paizes que tem protestos? Ah, só a venezuela é importante, né?

    • Rogério Postado em 20/Feb/2014 às 21:28

      Os EUA são um dos maiores desrespeitadores dos direitos humanos no mundo e sempre criticam os países mais desalinhados de seus interesses com a acusação de não respeitar esses direitos.

  4. Alexandre Lopes Postado em 20/Feb/2014 às 13:21

    Obama disse : " atenda as reivindicações legítimas do povo Venezuelano ! " TRADUZINDO : "Abra a guarda para as forças imperialistas e não tente resistir ao golpe promovido por nós através de Leopoldo Lopez e CIA ." É incrível a desfaçatez e o autoritarismo dos EUA ... PARA PARA PARA ALEXANDRE, NÃO É INCRÍVEL NÃO, NÃO SEJA INGÊNUO ... A HISTÓRIA MOSTRA QUE É........... NORMAL . Ademais , um presidente tem sim a prerrogativa de expulsar diplomatas que não estão fazendo o seu trabalho, mas sim oposição política ao governo . Isso é um desrespeito à soberania da Venezuela. Neste contexto , o Maduro tem toda a legitimidade para dar um pé na bunda desses golpistas !

  5. Roberto Postado em 20/Feb/2014 às 16:37

    O Obana pode até ter segundas intenções, mas de fato o governo está errado em manter preso e repreender manifestações do jeito que está fazendo. De esquerda ou direita, nenhum governo tem este direito. Claro que quando é pra derrubar governo de esquerda surgem certos interessados, mas liberdade deve existir em todos os governos...

  6. leandro Postado em 21/Feb/2014 às 12:31

    vocês não sabe da missa o terço, assistam "arevolução não será televisionada", em 2003 tudo isso aconteceu na venezuela e esses caras eram financiados por washington como aliás o próprio governo americano admitiu. Mercenários foram pagos para dar tiros nas pessoas nas ruas e tentar culpar o governo... isso já aconteceu antes.