Redação Pragmatismo
Preconceito social 10/Feb/2014 às 13:07
111
Comentários

Homem humilhado por professora da PUC é advogado

Professora debochou de homem pelo fato de vestir camiseta e bermuda em aeroporto. Marcelo Santos, advogado, escreveu um texto de desabafo

O homem ironizado por uma professora nas redes sociais, pelo fato de ter vestido camiseta regata e bermuda no Aeroporto Santos Dumont, no Rio, disse que, ao ver sua foto circular na internet, pensou que fosse uma montagem ou “gozação” de amigos. Na publicação, o advogado mineiro Marcelo Santos era retratado ao lado da pergunta: “Rodoviária ou aeroporto?”

O comentário feito pela professora Rosa Marina Meyer, docente do Departamento de Letras da Pontifícia Universidade Católica do Rio (PUC-Rio) e diretora da Coordenação Central de Cooperação Internacional da universidade, chegou até a página do Facebook da personagem “Dilma Bolada”, na qual foram feitos quase 11.300 compartilhamentos entre quinta-feira (6) e a manhã desta segunda (10).

Para os internautas, o post da educadora foi preconceituoso. Na própria quinta-feira, ela divulgou um pedido de desculpas na web.

rosa marina meyer marcelo santos
Professora da PUC Rosa Marina Meyer (dir.) publicou foto de Marcelo Santos (esq.) debochando de seus trajes e reclamando da invasão de pobres em aeroportos. Não sabia ela que Marcelo é dono de um renomado escritório de advocacia (Edição: Pragmatismo)

“Sabedora do desconforto que posso ter criado com um post meu publicado ontem (quarta-feira) à noite, peço desculpas à pessoa retratada e a todos os que porventura tenham se sentido atingidos ou ofendidos pelo meu comentário. Absolutamente não foi essa a minha intenção.”

Na ocasião da foto, o advogado voltava de uma viagem internacional de cruzeiro que teve o Rio de Janeirocomo destino final. Ele passou o dia passeando pela cidade, quando tirou uma foto com a estátua de Carlos Drummond de Andrade, em Copacabana, na Zona Sul, pouco antes de ir ao aeroporto e embarcar em um voo para Minas Gerais.

“Eu estava em uma reunião, e uma advogada que trabalha comigo veio dizer que tinha uma foto minha circulando na internet. Inicialmente, achei que fosse montagem, ‘gozação’ dos meus amigos que tinham viajado comigo. Quando percebi, fiquei indignado ao perceber que eram pessoas da [área de] educação conversando entre si. Na página da Dilma Bolada, vi que o pessoal estava todo do meu lado, contra aquela postura preconceituosa dela [professora], e vi que aquilo tomaria proporções enormes. Minha família não gostou nada disso, a noite foi muito difícil para dormir, não só em relação à minha situação, mas é decepcionante ver que pessoas ligadas à nossa educação têm essa postura em relação ao cidadão”, afirmou.

Marcelo disse que já localizou a professora e todas as pessoas que comentaram a publicação dela com falas preconceituosas. O advogado diz que, se pudesse dar um recado a ela, pediria que revisse seus conceitos.

“Como educadora, ela está dando péssimo exemplo de cidadania e profissão. Pelo que eu estou vendo, o pessoal está indignado não só pelo Marcelo [ele está falando de si na terceira pessoa], mas todo mundo se sente essa pessoa naquela situação. Ela não ofendeu o Marcelo em si, mas quem estava no aeroporto, como se fosse impossível. Ela simplesmente criticou o traje da pessoa, e sabemos que no Brasil todo mundo está sujeito a usar isso. Estou muito indignado pela situação, foi ridículo. Estamos tomando as providencias no escritório e temos os dados de todos [envolvidos na polêmica]“, apontou.

Desabafo nas redes

Em seu perfil no Facebook, Marcelo escreveu um texto de desabafo. “Boa tarde. Gostaria de agradecer as mensagens calorosas dos amigos, neste momento. Na oportunidade, informo que estava chegando de viagem de um cruzeiro internacional e tinha conhecimento do calor que estava no Rio de Janeiro, ocasião em que estava com trajes casuais. Ademais, por estar de férias, no Rio de Janeiro, não tinha por que estar usando terno e gravata apenas para usar um meio de transporte. Informo, também, que os comentários infelizes das pessoas na página do Facebook já estão sendo alvo de análise pelos meus colegas do escritório e, certamente, serão tomadas as medidas legais. É lamentável perceber que isso partiu de pessoas ligadas à educação de nosso país. Com efeito, apenas vem descortinar o preconceito existente por muitas pessoas que se julgam melhores apenas por questão de aparência.”

Uma página criada na rede social, na sexta-feira (7), ironizou a atitude da educadora. A descrição do perfil diz: “A professora da PUC-RJ que odeia viajar de avião com quem usa regata, bermuda e tem cara pobre, pois pra viajar com ela, é preciso ter glamour”.

Lívia Torres, G1

Posts relacionados

Comentários

  1. silvio Postado em 10/Feb/2014 às 13:19

    na realidade, nem penso que ele foi humilhado. Ela sim, cometeu auto-humilhação e deve pagar por isso na forma da Lei, se ela é tão rica como diz, com certeza poderá arcar com indenizações decorrentes disso, visto que já há jurisprudência para casos assim.

    • Hudson Postado em 14/Jul/2014 às 15:42

      Véio, tu não tens que justificar de onde tu vinhas e pra onde estava indo. Ninguém tem que dar conta de sua vida pra ninguém. Ela é a errada da história. É ela quem deve se retratar, se é que existe qualquer reparo. Processe, faça essa maluca pagar pela mesquinhez dela e dos outros borrolós que acham que são grandes coisas. Bote no 12. Arregace esses trouxas.

  2. Natália Postado em 10/Feb/2014 às 13:29

    Como é que uma pessoa que se diz educadora pode assumir uma postura estúpida, preconceituosa e arrogante dessas?Educadora? Meu Deus, tenho até medo! No mínimo merecia ser demitida de sua função!!!

    • José do Patrocinio Postado em 10/Feb/2014 às 19:58

      Verdade tudo que você falou. Difícil é acreditar que essa mulher é uma educadora, que decadência. Essa pode ser chamada de imbecil, pois não importa o grau de conhecimento que possui.

  3. Rodolfo Postado em 10/Feb/2014 às 13:32

    Bota pra quebrar, Marcelo!!

    • Felipe ALL Postado em 10/Feb/2014 às 14:45

      Seria Digno ver a Puc demitindo essa "professora" e seus respectivos colegas preconceituosos. Imaginem o que eles devem fazer com piadinhas pejorativas de alunos de baixa renda oriundos do Prouni,ou bolsista de Mestrado e/ou doutorado??? E os alunos/as Negros/as? Gente cadeia é pouco para essas pessoas covardes e ignorantes!!!

  4. Enzo Postado em 10/Feb/2014 às 13:32

    Acredito que cada pessoa se vista como goste. Mas este e o pensamento de muitos brasileiros, to pagando!! tenho dinheiro!!, me visto assim mesmo!! camiseta sem manga, bermuda...chinelo. Quando e criticado reclama. Respeito ao proximo e tambem saber se vestir de forma adquada, porque estou de ferias posso andar de sunga o tempo todo? Vou ao casamento,velorio ..etc de bermuda, pode ate ir, mas nao estara respeitando os outros..andar de aviao e um trasporte qualquer, nao e para ir de terno e gravata....mas existe as regras socias e bom senso...criancas, familias, senhoras, pessoas trabalhando comissarios etc etc...entende? Sendo um advogado, ele sabe muito bem da regra basica “Meu direito termina onde começa o do outro”. A alem do mais..se ele fosse um cara bonito, corpo perfeito, ninguem ia falar nada, claro.. o problema e que ele e brega!!! so isto.

    • Lili Postado em 10/Feb/2014 às 13:39

      Não vi desrespeito nenhum por parte dele `as outras pessoas só pelo fato de estar usando bermuda e camiseta!!

    • Vitor Postado em 10/Feb/2014 às 13:41

      Enzo, vc é um escroto, comparação esdrúxula entre regata e bermuda com andar de sunga. No final das contas o que ela ironiza nada mais é do que o retrato dela mesma, tenho que me arrumar para pegar um avião.... kkkkk bem pensamento de classe baixa auto-preconceituosa. O cara usa berma e regata onde quiser.

    • professora Postado em 10/Feb/2014 às 13:44

      Em que o advogado infringiu o espaco ou a liberdade de outrem vestido dessa forma??? Se estivesses em um aeroporto da America do Norte ou Europa, verias as pessoas assim vestidas e irias achar apenas " cult", sr Enzo????

      • Antonio Garcia Custodio Postado em 10/Feb/2014 às 13:56

        Muito bem profe!.... Parabéns pela réplica ao Enzo!

      • Enzo Postado em 10/Feb/2014 às 14:03

        Com certeza voce nao viaja muito!! para ser cult, tem que ser muito mais. como disse se ele fosse bonito, corpo perfeito, ele seria cult sim!!! Mas nao e caso.. Estados Unidos tem o pesamento do Brasil mesmo, to pagando vou como eu gosto..mesmo nao to nem ai. Europa ja nao e assim, quando esta mau arrumado e mau tratado.. O mundo e assim voce e tratado como esta vestido, e bom senso... Quando voce se casar, ou uma filha..etc ....voce não gostaria de ver uma pessoa usando bermudas. O convidado está fazendo pouco caso do convite que o trouxe até ali. Advogado sabe muito bem disto se ele for ate um juiz de camiseta ele nem vai pode entrar!! seria um desrespeito total. Ele pode andar de aviao como quiser, Mas bom senso na vida e tudo!! Voce como uma professora, deveria saber que em uma sociedade nao se podoe tudo!! Este e o pesamento do brasileiro, gracas a educadores como voce!!!

      • Gabriel Postado em 10/Feb/2014 às 14:36

        Enzo só fala merda... cada um se veste da forma que quiser pra viajar, pra passear ou pra ir em festas. Já é um absurdo temos vestimentas características e de padrão europeu para trabalhar, sendo que vivemos num país quente. Além disso, o que tu acha que é ter bom senso e se vestir bem, pode não ser o mesmo para muitos outros, pensa bem antes de falar essas merdas. Agora nem podemos mais nos decidir como vamos nos vestir, se é confortável para nós ou não, temos que segui um padrão 'de bom senso'? Ah, dá um tempo

      • Edi Sousa Postado em 10/Feb/2014 às 15:25

        Enzo use o bom senso, se tens, para ficar calado, pois vc é tão preconceituoso quanto a professora da PUC... :/

      • Anônimo Postado em 10/Feb/2014 às 15:39

        "O mundo e assim voce e tratado como esta vestido" Resumindo: vc pode ser a pessoa mais fdp do mundo, mas se vc se veste bem, consequentemente, será tratado bem. Que mundo!!!!!?

      • Rodrigo Postado em 10/Feb/2014 às 21:39

        Enzo, sou Advogado e há uma nítida diferença entre a necessidade de vestimenta protocolar em um Fórum, em repartição pública, festejo/celebração solene, e um aeroporto, shopping center, estação de trem ou rodoviária. A roupa do colega não era"indecente", não estava seminu, não havendo razão para qualquer censura, a não ser que lhe agrida/afronte/escandalize a forma física da pessoa. Se for isso, resigne-se, pois não há lei a limitar o direito de vestimenta comum em função de seu gosto pessoal. Reveja seus conceitos.

    • Valéria Postado em 10/Feb/2014 às 13:47

      Não acredito que seja breguice, ele apenas está trajando o que lhe é formidável, pois nos dias de hoje com o calor que tá, só mesmo os bregas é quem andam de terno e gravata. E outra, viajo muito de avião e já vi pessoas que trajavam vestimentas piores e nem por isso foram motivos de chacotas. Respeito é o que falta a essas pessoas que se sentem com um "rei na barriga" só porque têm diplomas renomados acham que são superiores aos demais, pois avião é um serviço publico cabe aquele que pode pagar utilizar dele, e se ele estava lá é porque com certeza pagou pelo direito de viajar, ou o dinheiro dela têm mais valor do que o resto da população brasileira?... Ela não me representa como professora, pois sou uma e não ando fazendo chacotas de ninguém por causa de vestimentas e muitos menos, por uma pessoa ser o que é...

    • Amanda Postado em 10/Feb/2014 às 13:48

      Meu deus, aí você vem aqui tentando encontrar uma lógica num absurdo desses (preconceito gratuito e covarde) e lê o comentário acima (Enzo). Cara, "cada um se veste como gosta, mas porque tem dinheiro pode ir até na padaria de calcinha?" Engraçado, nunca vi ninguém viajando de sunga! E o Marcelo não estava de sunga, não estava vulgar, e menos ainda desarrumado. Qual é o problema com uma regata e bermuda? Onde eu moro, é tão quente que ninguém consegue vestir um jeans por mais de duas horas! Isso faz da gente (moradores de lugares quentes que preferem uma bermuda) desrespeitosos? Francamente, seu comentário não só foi preconceituoso, mas também sem nenhum argumento relevante. Ninguém está dizendo para ir em velórios mostrando os joelhos (pois é, os joelhos! que absurdo né?! É capaz de te estuprarem por mostrar os joelhos, Marcelo, cuidado!). Além do mais, cada um viaja do jeito que se sente mais confortável. ESSA é a regra básica de viajar, e não "estar vestido de acordo com um padrão ultrapassado de gente babaca que mora em lugares frescos".

    • Edson Postado em 10/Feb/2014 às 13:51

      Mais um cagaregra preconceituoso.

    • Eric Postado em 10/Feb/2014 às 13:55

      O que importa é o caráter da pessoa não o que ela veste ,em Brasilia eles vestem palito e gravata e são tudo ladrão.Então para com essa conversa .

    • armando Postado em 10/Feb/2014 às 13:55

      Sr Enzo sua idiotice é imensa !!! Cada um se veste como quiser e se tiver incomodado, olha pro outro lado.

    • Paulo Postado em 10/Feb/2014 às 13:56

      Mesmo pensamento da "professora" #triste

    • Marcos Postado em 10/Feb/2014 às 13:56

      essa merda toda saiu de sua cabeça ou precisou de ajuda?

    • antonio Postado em 10/Feb/2014 às 14:00

      cala a boca Enzo

    • Luiz Ricardo Postado em 10/Feb/2014 às 14:07

      Enzo, já pensou alguma vez em ficar calado pra não falar asneira? pense nisso! é Massa!

    • tiago Postado em 10/Feb/2014 às 14:08

      que comentário merda esse seu hein Enzo! típico de gente medíocre e fútil que só valoriza os outros pela aparência!

    • Reginaldo Postado em 10/Feb/2014 às 14:10

      Mais um para processar!

      • mauricio Postado em 10/Feb/2014 às 14:18

        mais um imbecíl de uma elite decadente e raivosa...

      • professora Postado em 10/Feb/2014 às 14:21

        Me poupe desse teu "raciocinio" preconceituoso e rasteiro Enzo.

      • marilza Postado em 10/Feb/2014 às 14:32

        este Enzo num deve andar muito de aviao aui nao,pois vejo muitos de camiseta,tenis ou sandalia franciscana,em avioes,tambem acho mais um para ser processado,Ele estava no Brasil sem etiqueta de advgado,e nao estava diante de juiz algum ..pobre é que gosta de fazer de conta,

    • Mariana Postado em 10/Feb/2014 às 14:15

      Com todo respeito, você que é brega. Que pensamento mais estúpido.. Desde quando usar bermuda é um desrespeito ao espaço alheio? ps: ele não está em um casamento ps2: o aeroporto não tem dresscode ps3: você é ainda pior que essa professora

      • Fernanda Postado em 10/Feb/2014 às 15:44

        Realmente Mariana.... ainda não consegui entender o que se passa na cabeça do Enzo para comparar um casamento com uma viagem de avião...

    • Thiago Postado em 10/Feb/2014 às 14:17

      Esta regra basica “Meu direito termina onde começa o do outro” é por demais senso comum. Ele, por ser advogado, com certeza sabe que isso não tem a menor validade jurídica. Quando terminou o direito dele? Quando começou o dela? Por que o direito de um tem que terminar pra começar o do outro? Enzo, você não está falando de direitos, está falando de etiqueta, e aí o assunto é com a Glorinha Kalil... Que por sinal, etiqueta pra mim é algo que não faz o menor sentido, mas o meu direito de não gostar disso não encerrará o seu direito de achar isso importante, certo? Que os direitos caminhem juntos...

    • Niamei Postado em 10/Feb/2014 às 14:23

      Não existe norma de vestimenta no aeroporto, e a recomendação mais dada é de se usar roupas confortaveis pois ficar horas sentado esperando seja no saguão ou mesmo no voo podem trazer uma série de problemas, começando pelos circulatórios. Acabou a época em que viajar fazia parte apenas do imaginário das pessoas, que pareciam estar indo a algum evento do tipo fashion week só para pegar um vôo. O mundo é mais que aparências. Me poupe!

    • monica Postado em 10/Feb/2014 às 14:23

      Qual a diferença nos trajes pra andar de ônibus e avião?

    • Andrea Postado em 10/Feb/2014 às 14:27

      Pelo visto você que não viaja muito! Eu moro na Alemanha, faz 2 anos que eu viajo pela Europa trabalhando e aqui não existe isso de "se você está mal vestido é mal tratado" .. MUITO pelo contrário.. uma das primeiras coisas que eu notei ao chegar na Europa foi o modo como as pessoas não te encaram na rua, não importando como você está vestido! Sei disso porque eu sempre viajo pro meio do mato e costumo voltar de mochilão, vestida de qualquer jeito, e sempre de chinelo e bermuda no calor, mesma coisa o meu namorado.. Aqui as pessoas não ligam para o jeito que você se veste.. só andar na rua em qualquer país que vai perceber a diversidade de estilos, desde o mais desarrumado ate a mais arrumadinha! Aqui eu entro em restaurante chique de chinelo, short e regata.. no Brasil já me olharam feio!!

    • Renan Tofole Postado em 10/Feb/2014 às 14:27

      Quando se escreve incorretamente em locais de acesso aos leitores, também é horrível. Quase que um ultraje as normas padrões de comportamento social, onde diz que se deve utilizar a normal culta da Língua Portuguesa. Ademais, seu comentário hipócrita é vergonhoso. Se eu pago vou como eu quero, claro sem ofender ninguém, usar bermuda, camiseta regata e chinelo, não é ofensa para ninguém, principalmente em uma viagem de avião, que é tão desconfortável. Achei você muito ignorante, diz a respeito de EUA, mas não sabe a diferença entre maU e maL... Desculpe, para mim, você é uma criança com desenvolvimento cerebral retardatário.

    • Iva Santiago Postado em 10/Feb/2014 às 14:28

      Quando a pessoa é um nada, medíocre, só lhe resta parecer alguém usando roupas que, ele imagina, acrescente algum "valor ao seu camarote". Comportamentos como o dessa professora (e o seu) é que ofendem a "família" e cerceia o direito alheio. Brega é ser mal educado, medíocre e preconceituoso.

    • Iva Santiago Postado em 10/Feb/2014 às 14:33

      E tem mais, para ser "cult", você precisa ser um produto cultural. E se você não sabe, ó grande antenado com o nada, brega também é cult. Vai ler um pouco, estudar um pouco, quem sabe assim você fique culto.

    • ana carolina vasques Postado em 10/Feb/2014 às 14:36

      cala boca Enzo

    • Cintia Postado em 10/Feb/2014 às 14:37

      Quanta hipocrisia. Quer dizer que se eu andar por aí de chinelo, bermudinha e regata, e uma professora divulgar uma foto minha, ME ENVERGONHANDO PUBLICAMENTE, eu que sou a errada? Sou errada por me vestir de modo totalmente informal nas minhas férias? Por favor, heim!!

    • Roberto Pinheiro Lago Postado em 10/Feb/2014 às 14:37

      que diferença ha em usar regada, bermuda e chinelos em metro, onibus, ou AERONAVES sr. Enzo logo existo? não viaja mané preconceituoso!!!

    • João Postado em 10/Feb/2014 às 14:40

      Enzo,temo que você seja apenas mais um fundamentalista preconceituoso que integra a sociedade. Caso você não tenha lido a matéria o sr. ironizado estava de férias ( e não trajava sunga,como você mencionou) e desembarcou no Rio de Janeiro onde vem fazendo temperaturas faraônicas.Ele não estava em uma audiência tratando com um juiz,também não estava em um casamento,ele estava em um aeroporto trajando camiseta,bermuda e chinelos.Caso você também não saiba a Infraero disponibiliza em seu site todo um protocolo de comportamento para usuários de transporte aéreo no Brasil,e este protocolo assegura ao sr. ironizado o direito de usar o traje que usava na ocasião.E definitivamente o mundo não é um lugar onde você é tratado como se veste,pessoas como você a e profª da PUC que publicou a foto dele e tantos outros ignorantes tem esse parâmetro de referência,no mundo em que Eu vivo as pessoas são tratadas de acordo com seu caráter,mas seria muito pedir à um alienado como você que compreendese isto.

    • Alana Postado em 10/Feb/2014 às 14:50

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk,aí pq tem crianças, senhoras e etc no avião a pessoa não pode usar uma bermuda e uma regata? Ele por acaso estava mostrando alguma parte íntima? Aí quem é bonito pode, mas quem é feio não pode. Que coisa mais ridícula!!!!!!!!!! Esse país é uma bosta pq é cheio de gente assim, que só tem merda na cabeça!!

    • Estela Postado em 10/Feb/2014 às 14:51

      Uau, Enzo! Que bom que você não é boçal.

    • Daniella Postado em 10/Feb/2014 às 15:16

      Enzo, Desde quando existe roupa apropriada para aeroportos? Você citou um casamento, por exemplo, mas esse é um evento social. O aeroporto é como um shopping, você não precisa ir a traje rigor ou social para poder circular por lá. Brasileiro se veste mal mesmo, principalmente homens, inclusive a maioria deles ridiculariza os homens que se vestem bem chamando eles de gays. Mas temos que relevar o fato de estarmos num país tropical e o homem em questão voltava de cruzeiro. Estranho seria de ele colocasse uma roupa social para transitar no aeroporto depois de sair de um cruzeiro de férias. Também acho que pegaram pesado demais com a professora. Ela é de uma época que os pais levavam os filhos para verem os aviões decolando e isso era um evento para a família toda. Viajar de avião era coisa de gente rica e as pessoas se vestiam de forma mais formal pois era como se fosse um evento da vida delas. Hoje, as pessoas encaram o avião tal como encaram um ônibus. Transporte é transporte e ainda bem que popularizou. Com isso, as vestimentas também tendem a ser mais simples e não existe nada de errado nisso. A professora é que vive de passado.

    • lucas Postado em 10/Feb/2014 às 15:29

      cara, eu tô entendendo q vc escreveu isso ironicamente. não acredito q alguém possa ser tão babaca

    • Dario Postado em 10/Feb/2014 às 15:45

      Outro preconceituso ...isto é o que vc é enzo, careta e babaca

    • edgar Pantoja Postado em 10/Feb/2014 às 15:53

      ah, quer dizer que pra andar de avião é preciso estar de terno? Faça-me o favor, pensamento, provinciano, tacanho, ridículo...vivemos em país tropical! Vá até a Flórida e veja como é o traje da polícia de lá. imbecil.

    • Enzo Postado em 10/Feb/2014 às 16:38

      O pensamento coletivo e geral. Por isto vivemos num pais sem regras....um pais onde tudo se pode, uma educadora, que acha normal, viver sem regras socias.. .onde confundir liberdade com libertinagem, e normal.!Viva o Brasil. Depois nao reclama!!

    • Enzo Postado em 10/Feb/2014 às 16:47

      Sabia que o Brasil é o maior consumidor de perfumes do mundo? São seis bilhões de dólares comprando perfumes. É o que revela uma pesquisa feita em dez países com mais de 25 mil pessoas. E os brasileiros conquistaram o primeiro lugar no quesito estilo. Segundo a pesquisa, 87% dos brasileiros entrevistados declararam que estão preocupados o tempo todo. Ganhamos dos portugueses (79%), o segundo povo mais vaidoso, e dos gregos (76%), que no quesito preocupação com a beleza ficaram um terceiro lugar. E falar e facil...mas praticar e outra coisa!!! a real e bem diferente.

      • Maite Pontes Lindo Postado em 10/Feb/2014 às 21:53

        desculpa! mas moro em Portugal e não vejo nenhuma vaidade, pelo o contrario, aqui as roupas são usadas durante anos, muda as estações e as roupas permanecem, guarda-se as de inverno e usa-se as de verão, as mesmas do ano passado, viaje pela o ALGARVE, principalmente por Albufeira, um dos locais mais chique do sul de Portugal, e verá, todos os estilos de roupas, cada coisa esquisita que dar até vontade de rir, é bermudas laranjas com blusa rotas verdes limão, e chinelos do tempo que King Kong era soinho. Se isso é ser elegante me perdoe..

    • Roberto Moraes Postado em 10/Feb/2014 às 17:02

      Cala a boca Enzo, tu é tão ridículo quanto essa coisa que se auto-intitula professora da PUC.

    • Luiz Fernando Postado em 15/Feb/2014 às 12:15

      Enzo, o que você disse não é "bom senso". É doentio. "Regras sociais" impostas por uma sociedade doentia, implorando para serem desobedecidas. Uma pessoa REALMENTE dotada de bom senso levaria em consideração certos aspectos, principalmente a fama do verão do Rio de Janeiro, com temperaturas de 40 graus pra cima durante o dia. Ela não veria "desrespeito" em uma pessoa vestindo regata e bermuda em vez de terno e gravata só para ir usar um meio de transporte em tais condições climáticas. Só pessoas doentias enxergariam "desrespeito" e achariam "brega".

    • Lorenzo Postado em 18/Feb/2014 às 18:52

      Enzo, sinceramente: Perdeu uma grande oportunidade de ficar em Silêncio.

  5. dennis mag Postado em 10/Feb/2014 às 13:34

    Essa criatura tá fodida e má paga...Vai tomar anti-depressivo pra sempre.

  6. Auri Martini Postado em 10/Feb/2014 às 13:34

    Só uma coisa a dizer: Queriam aparecer e ser mais que os outros, agora sentaram na trolha. Tem mais é que processar mesmo só para aprender que porque tem uns vinténs a mais, não são mais do que ninguém. Processa e tira toda a diferença que tem esta pessoa daquela que ela achava uma coitada pq estava de roupas simples. Pré-julgamento, preconceito. Quem esta mulambenta acha que é? E quem fez comentários preconceituosos contra aquela pessoa, tem pagar também. Parece que até um reitor tinha junto. Quem sabe fazem uma devassa nas contas da sua faculdade pra ver se o dinheiro que ele arrota na internet realmente é lícito ou desvio de dinheiro da universidade. Bem feito. Quem fala o que quer ouve o que não quer.

  7. Lilian Postado em 10/Feb/2014 às 13:36

    Como educadora me sinto envergonhada pela postura dessa professora. não acredito que um pedido de desculpas formal resolva. ela já mostrou a pessoa verdadeirmente preconceituosa que é . não tem volta. me sinto solidária ao Marcelo. Independente de sua profissão, é um ser humano num calor infernal!

  8. professora universitaria Postado em 10/Feb/2014 às 13:38

    O interessante na declaracao de Marcelo é que ele mostra de modo claro, que a roupa nao faz a pessoa. Sempre pensei assim!! Esse episodio mostra problemas serios de preconceito (preconceito sempre é sério) e eu abomino veementemente a posicao de pessoas como essa professora (infelizmente, minha "colega") Sou professora universitaria e doutora (nao como ela) e entendo que o conhecimento deve nos fazer ver que comportamentos dessa especie sao motivo de repudio. Parece que a saida de processo judicial é muito boa, porque meras desculpas (da boca pra fora) nao surtem efeito.

  9. Wegley Calixto Postado em 10/Feb/2014 às 13:40

    Deplorável é a defesa velada do portal G1 à professora e a toda a elite que ela representa. O título da matéria é "Advogado ironizado por professora no Rio pensou que fosse 'gozação'. É óbvio que não se trata de ironia, mas de humilhação escancarada. Mesmo em casos como esse, é notória a tentativa manipulação/distorção do fato para fins já muito conhecidos: A manutenção de privilégios históricos de certas classes. Imprensa vagabunda essa!

  10. Betania Santos Postado em 10/Feb/2014 às 13:41

    O que importa nisso tudo é apenas uma coisa: - já estamos na condic,ao de MASSA IMBECILIZADA E SEGREGADA. O sistema/esquema nos "ensinou" de maneira magistral, que o IMPORTANTE E IMPRESCINDÍVEL MESMO, É O QUE A PESSOA APARENTA TER. Essa realidade tem como base, o consumismo desenfreado, principalmente no que se refere a "marcas e estilos". Eis o que provoca esse tipo de discriminac,ao. Creio nao ser necessário estender o "blá blá bla" acerca dos outros tipos de segregac,ao!! O "APARTHEID" É AQUI !!! Vejam a mensagem sub liminar: - nao importa se voceh é cidadao, assim como eu ...importa o que voce aparenta TER. Se voceh nao "aparenta ter" o que eu tenho... voceh é pobre, barango, "mendigo", "bandido. QUe VERGONHA SENHORA "PROFESSORA UNIVERSITÁRIA". Além do mais, e de acordo com a lei.."desculpas" apenas nao resolve. O que voceh fez, pode ser tipificado legalmente em vários aspectos!!!. E, olhe só com quem voceh foi "mexer"...um ADVOGADO!!! Merece mesmo um belo de um processo!!!

  11. Betina Postado em 10/Feb/2014 às 13:45

    Processa sem dó!

  12. Arthur Postado em 10/Feb/2014 às 13:46

    Eu não tenho nada a acrescentar, só gostaria de dizer que este Enzo é um ignorante.

  13. Rodrigo Postado em 10/Feb/2014 às 13:46

    Me parece que o Dr. Marcelo ficou mais preocupado em explicar que estava voltando de um cruzeiro internacional e que não é pobre. Na verdade o meu real desejo é que todos tenham acesso a qualquer tipo e meio de transporte, independente da sua situação financeira, ou será que pobre não pode andar de avião? Tem pobre que não anda de avião mesmo, mas também não deve pra ninguém, não tem o nome "sujo", já os pseudos ricos da classe média alta, os empresários, ahhhh como devem!!! As aparências enganam, e o que você leva da vida é seu caráter e não a sua classe social!

  14. Thiago Teixeira Postado em 10/Feb/2014 às 13:46

    Queria ver se nosso país tivesse um Kim Jong-um no poder se ocorreria esta falta de respeito com as pessoas. Prova que a liberdade de expressão privilegia os mais "fortes" a esnobar suas aversões no ponto de vista econômico, político, social, racial e neste caso, visual da pessoa.

    • Ricardo Postado em 10/Feb/2014 às 13:56

      Se nosso país tivesse um Kim Jong no poder você nem estaria usando computador, meu caro comentarista acéfalo..

    • Ícaro Marques Postado em 10/Feb/2014 às 14:03

      Meu deus...

    • gilberto Postado em 10/Feb/2014 às 14:09

      Três acéfalos: um por comentar essa porcaria, outro por retrucar e eu porque não resisti a tentação de mostrar que sou.

      • Lenizoé Postado em 10/Feb/2014 às 14:55

        Somos quatro Gilberto, eu também por não resistir em te dar os parabéns!!! kkkkkkkkkkk

    • antonio Postado em 10/Feb/2014 às 14:13

      Sao merdinhas q falam atravez da internet, pq q ela nao falou isso pessoalmente pro cara la no aeroporto? tava ali, pertinho dela. quer dar uma de rica, y no maximo essa "veia" a unica coisa q tem e algum dinheirinho e só algum, olha só a latinha dela, kkkkkkkkkkk, para falar dos outros

      • lourenço Postado em 10/Feb/2014 às 20:12

        "veia"... coisa feia manu!!!

  15. Carlos Cruz Postado em 10/Feb/2014 às 13:50

    Brasil. É isso, alguém que acha ser alguém, que se sente mais que os outros, age desta forma, paga um mico federal, vai tomar um processo daqueles, tudo porque o Brasil é isso, uma salada de gente confusa, sob influencias erradas, deturpadas, que se olha no espelho e não consegue se ver. E o outro? O outro não existe, não deveria existir...

  16. Lorena Pinto Postado em 10/Feb/2014 às 13:52

    A tal professora debocha e vai uma trupe atrás com seus comentários endossando tudo que ela falou...nada mal o reitor se retratar também....processar todos...

  17. Melina Postado em 10/Feb/2014 às 13:57

    " Pobre o país cujo diploma serve, na maioria dos casos, para corroborar estas posições." http://www.cartacapital.com.br/sociedade/a-empregada-ja-tem-carro-e-eu-estudei-pra-que-5156.html

  18. Joice Postado em 10/Feb/2014 às 13:59

    Marcelo, quando vi a foto pensei no quão preconceituosa e nojenta foi essa professora, sou professora de Geografia em escola pública e repudio essa senhora e me envergonho de saber que ela se diz educadora.

  19. Wilian Postado em 10/Feb/2014 às 13:59

    Que mundo medíocre, onde as pessoas são julgadas pelo que tem, pelo que veste, pelo que representam! Ouvi uma frase de uma nobre escritora mineira, na qual diz que o Brasil, ainda falta muito pra se tornar uma nação. Isto é verdade, estamos andando na contramão de tudo que é ético, que é moral, que é legal. Exemplo disto está nossa politica, que dá valor na copa do mundo, deixando nossas escolas caírem, nossos hospitais sem recursos e a criminalidade nos fazer reféns do medo. Que país é este que seus professores de níveis mais altos, são disseminadores do preconceito?

  20. cerdo Postado em 10/Feb/2014 às 14:01

    Cada um se veste como quer, amém.

  21. gilberto Postado em 10/Feb/2014 às 14:07

    Essa gente é estranha. A gente vai à Paris e vê alemães como se estivessem saindo para tomar cerveja, ingleses sentados na calçada comendo sanduíche como se estivessem no intervalo do jogo, japoneses, que se não fosse pelos aparelhos eletrônicos, poderiam estar indo fazer a feira... e brasileiros ajeitando a gola a cada espelho que passam.

  22. Diogo Postado em 10/Feb/2014 às 14:18

    Mundo de aparências! No meu primeiro estagio, o CEO do Resort andava de ford Ka, e depois obrigado pelos seus companheiros a comprar um carro a sua "altura" comprou um Honda Fit. Enquanto os abaixo dele, andava de Azeera, BMW e afins... Fora que ele sempre estava de tenis, boné e suéter (com um furo). ou seja, quem não o conhecia, achava que ele era mais um simples funcionário, e não um "monstro" do ramo de hotelaria na america latina! Só para ilustrar como as aparências enganam. Sou publicitário e trabalho de bermuda. Será que por esse fato não sou um bom trabalhador, ou que meu Q.I diminuí por não usar roupas "adequadas"?

  23. Lina Postado em 10/Feb/2014 às 14:18

    O fato meu caro é que ninguém pode policiar ou julgar as pessoas pelo que vestem. Avião é um meio de transporte, apenas isso. Não há do que te desculpares pois não cometestes nenhum crime o mesmo não se aplica a quem fez a crítica.

  24. Anônimo Postado em 10/Feb/2014 às 14:24

    Existe muito preconceito no Brasil. Não adianta tentar mudar isso, pois existem pessoas muuuiiitooo pobres de espírito, e que não vão mudar. Estas esquecem de que TODOS vão acabar no mesmo lugar... Uma vez, no RJ, fui, de chinelo de dedos, bermuda e camiseta, num shopping, entrei numa loja para comprar um vestido igual ao que estava na vitrini. A vendedora foi fria e disse que não tinha o tal vestido a venda. Perguntei se tinha outra loja daquelas próxima dali, ela respondeu que não. Fui em outro shopping,era só atravessar a rua e logo vi a loja... Comprei o vestido, além de fazer muitas outras compras, em lojas super conceituadas, enfim, estava cheia de sacolas. Voltei "naquela" loja e falei com a vendedora... mostrei o vestido que eu tinha comprado( igual ao q ela não quise vender) d disse que todas aquelas compras tinham sido pagas a vista e que ela por ser ignorante deixou de ganhar uma boa comissão, além de ter levado uma boa xingada da gerente. Continuarei andando de chinelo e shorts, pois praia pede esse tipo de vestimenta. Não existe nada mais rídiculo do que esses mendigos engravatados, que querem mostrar pose...

  25. Cristiane Postado em 10/Feb/2014 às 14:25

    PROCESSA MEEEEESMO!

  26. Ana Lopes Postado em 10/Feb/2014 às 14:28

    O que mais me deixa boquiaberta nisso tudo, foi o final da "retratação" da professora: "Absolutamente não foi essa a minha intenção". (...) E qual foi a intenção, afinal? Interessante é que milhares no Brasil lutam por preconceito racial. O preconceito existente aqui é SOCIAL. Ainda mais em um país onde está se criando uma camada privilegiada, que não trabalha e recebe. Que não pode ser desacatada por que a lei os protege. Essa camada chama-se funcionalismo público. Essa professora em questão não é, mas os outros que tomarem parte na humilhação contra o rapaz, muitos são funcionários públicos. Uma escória que vive mamando nas tetas da população se locupletando e arrotando o caviar que rouba do povo. E o mais lamentável é que todos em geral participam do sistema educacional desse país. É pra isso as greves por salários que esses "educadores" travam? Pra poder rir da cara de quem ao menos aparentemente não se trajam ou não pertencem ao "glamour" de seu círculo social? Se fazem isso com quem está dentro de um aeroporto, o que não fazem com os que estão na rua ganhando o pão de cada dia e não se trajam tão primorosamente, (ironia), igual a professora...

    • Carlos Postado em 11/Feb/2014 às 18:58

      É um sinal que mostra o motivo de nossa educação estar tão ruim, uma professora universitária não sabe se expressar a ponto de não pesar as consequências de suas palavras. Então você poderia nos explicar, do alto da sua inteligência, qual foi sua intenção.

  27. Franco Pontes Postado em 10/Feb/2014 às 14:31

    Se a pessoa gosta de usar terno e gravata para visitar a sogra ou bermuda e camiseta para viajar a Milão, a opção é exclusivamente dele. Se você acha que há obrigação de usar uma roupa adequada para cada ocasião, o problema é seu. Mas, fazer chacota por outra pessoa não seguir o padrão ditado por alguém há não sei quantos anos, é bastante questionável. Vamos cada um tomar conta das nossas roupas, mantendo as virtudes em alta, e deixar a hipocrisia de lado, e o nosso lugar fica melhor de se viver.

  28. Natalia Postado em 10/Feb/2014 às 14:32

    Minha nossa! Enzo comparou o aeroporto com uma festa de casamento ? O bom senso de ir a uma festa com traje de festa, nada tem a ver com a liberdade de se vestir como se bem entende para viajar ou andar na rua.

  29. Misael Postado em 10/Feb/2014 às 14:32

    Sabe o que é ridículo? No Brasil, um país tropical e quente pra cacete, ser feio andar de bermuda de chinelo.

  30. Maurício Marozini Postado em 10/Feb/2014 às 14:35

    Marcelo Parabéns pela sua atitude. Porém já que tem muitos recursos... processa ela por tudos que fez e denegriu sua imagem... se não quiser o dinheiro converta a uma instituição do seu agrado e ainda pediria para ela ur fazer a entrega. ..

  31. maria Postado em 10/Feb/2014 às 14:39

    Parabéns pela digna postura Marcelo. És um homem digno de todo respeito.

  32. Grandão das raves Postado em 10/Feb/2014 às 14:43

    Não tenho nada contra o jeito dele se vestir, as pessoas tem o direito de vestir como querem e a dona professorinha de criticar, cada um na sua, aguentem a bronca das ações. Mas como Advogado, ele é um péssimo profissional, porque ela disse "Aeroporto ou rodoviária", percebam que o preconceito esta nos olhos de quem vê, ela não disse que ele é brega nem nada, ou seja o seu processo não vai pra frente. Ai ele quer processar as pessoas que comentaram, comentario no facebook da processo? se desse mesmo teria muiiiita gente em cana! Aposto o que for que isso não dão em nada...

    • Hernandes Postado em 10/Feb/2014 às 20:07

      Procura aí no Google: caso mayara petruso. Depois responde aqui se acha que não dá em nada.

  33. Rafael Rocha Postado em 10/Feb/2014 às 14:44

    Ela mesma tem cara de pobre! Hipócrita!

  34. Rafael Postado em 10/Feb/2014 às 14:53

    Pelo amor de Deusss... Alguém da uma "chinelada no bumbum" desse Enzo. O cara ta defendendo algo indefensável. Preconceito não tem desculpa, nem explicação plausível. É horrível, independente da ocasião, da cor, do modo de vestir, do cabelo, da barba, da classe social... E esse negocio de "to pagando!!! Tenho dinheiro!!! eu vou assim mesmo", como disse o senhor Enzo, não da direito a ninguém de criticar. Eu me visto como eu quero e mesmo sem ter dinheiro ou ser de uma boa classe social. As pessoas não tem esse direito. O cara sendo rico ou pobre pode ir e vir como ele quiser, e ninguém tem razão pra reclamar. Contanto que o sujeito não saia pelado, ou com as partes a mostra, ele pode ir onde quiser e da forma que quiser. Lamentável saber que em pleno século XXI ainda tem gente com esse pensamento.

  35. VIVI Postado em 10/Feb/2014 às 14:56

    ESSE ENZO é MALUCO...CAMISETA REGATA NÂO SIGNIFICA DESRESPEITAR NINGUéM,MTO MENOS UM CORPO NADA ATLETICO! CADA UM VIVE DA SUA MANEIRA,POR ISSO O BRASIL é A MERDA Q é...PQ TEM BRASILEIROS IDIOTAS COM PENSAMENTOS IGUAL AO SEU,VIVO NA EUROPA! OU MELHOR NA SUIçA E NADA DO QUE VC DISSE é VERDADE! CLARO Q NINGUéM VAI TRABALHAR DE CHINELOS,MAS COM CERTEZA VÂO VIAJAR COM TAL....AINDA MAIS SE ESTIVER CALOR!!! ACORDA E PARA DE FALAR MERDA

  36. CARMEN CORINA PUCCINI Postado em 10/Feb/2014 às 14:57

    PARABENS MARCELO TOME TODAS AS MEDIDAS LEGAIS CABÍVEIS AO CASO E QUERO VER ESSA E OS OUTROS INFELIZES HUMILHAREM SEJA LÁ QUEM FOR PORQUE É DADO O DIREITO DE IR E VIR A TODOS OU ELES ACREDITAM QUE ANDAR POR ESSE MEIO DE TRANSPORTE É PRIVILÉGIO DE POUCOS, QUE BRASILEIROS SÃO ELES PORQUE NÓS OUTROS ANDAMOS JUNTOS E MISTURADOS SOMOS PARTE DE UMA ENGRENAGEM EM QUE CADA UM TEM PAPEL FUNDAMENTAL E ELA PROFESSORA EDUCADORA E OS SEUS TIVERAM O DIA DE PALPITE INFELIZ E SE A SUA FOTOGRAFIA TIVESSE SIDO TIRADA DE UM SIMPLÓRIO E ELA E OS SEUS TIVESSEM SE COLOCADO NO PATAMAR QUE SE COLOCARAM POR PURA PRETENSÃO NÃO TERIAM ARRUMADO O TRANSTORNO QUE ARRUMARAM AGORA VÃO LÁ E DE CÁTEDRA TENTEM ARRUMAR UMA JUSTIFICATIVA PARA A FALTA TOTAL DE POSTURA,RESPEITO E EDUCAÇÃO.

  37. sonia beatriz de sousa Postado em 10/Feb/2014 às 14:57

    PQP, por que vcs não vão questionar o comportamento dos nossos políticos e agir contra eles, invés de se incomodarem com o que o outros está vestindo???? Grande merda é um aeroporto, só aqui no Brasil as pessoas acham que para andar de avião tem que por salto alto e roupa casual chic e os homens com roupas especiais, bando de burgueses...

  38. BIRA Postado em 10/Feb/2014 às 15:04

    a velha gorda como não tinha nada melhor para fazer tirou aquela foto,falta de - - - - tia!!!!

  39. Lucinete de OLiveira Postado em 10/Feb/2014 às 15:07

    Éssa é a sociedade que estamos construindo, a sociedade que alem de ser a do ter agora a tambem a sociedade que parece ter. Lamentavelmente convivemos com pessoas que tem esse mesmo olhar da professora, preconceituosa, discriminadora, excludente e outros adjetivos. Ela sabe que contribui para ter uma sociedade mais violenta, pois a partir do momento que a pessoa é valorizada pelo que ela tem ou parece ter, essa pessoa fará de tudo para ter , mata rouba, furta etc. para obter um tênis , um celular, um carro uma moto e outros bens. Carissima professora, vc deve ser uma pessoa totalmente desprovida de respeito as diferenças, e isso me espanta mais ainda, pois se vc não respeita um individuo que coloca a roupa que deseja, imagina que respeito vc teria com a parcela da sociedade que não tem nem roupa para colocar. Reavalie a sua posição na sociedade enquanto professora, enquanto mulher enquanto ser humano.

  40. Luciana Medeiros Postado em 10/Feb/2014 às 15:07

    Isso tudo é vergonhoso !!! Precisamos respeitar o próximo ,somos livres para usar o que desejamos , as condições da população mudou ,antes só os ricos frequentavam aeroportos hoje todos podem voar ,isso incomoda aqueles que se acham superiores ,mas, na verdade são um pinico cheio de bosta.

  41. renato Postado em 10/Feb/2014 às 17:39

    Espero que não tenha pisado na bola Doutor. Senão os caras descobrem.... Eu espero que não, e que vá para cima, assim quando o bolso chorar, a cara larga mão...

  42. Hernandes Postado em 10/Feb/2014 às 19:55

    Povo, vamos deixar o Enzo em paz. Provavelmente Trata-se de alguém que viajou de avião talvez pouco mais de meia dúzia de vezes, portanto, é natural que encare tudo isso como um grande evento.

  43. CARLOS Postado em 10/Feb/2014 às 23:28

    KKKK, ENZO, só pra constar, VC É UM IMBECIL ,, EHEHHEH

  44. Ricardo Postado em 11/Feb/2014 às 09:03

    Enzo recalcado x- x- só isso! Não invente comparações! Só olhe os fatos e cale-se.

  45. Carlos Normann Postado em 11/Feb/2014 às 11:48

    Ou seja, um sujeito para sentar em um aeroporto e tomar um cafezinho caro pra dedéu tem que estar vestido conforme os ditames sociais da profe... Infelizmente, muita gente age e pensa desse jeito que remete a uma sociedade retrógrada. Alguns de meus maiores professores na faculdade andavam em roupas extremamente simples, e eram/são pessoas geniais. O lendário professor Bruno Irgang foi a uma formatura com a mesma jaqueta de couro "velha de guerra" que usava em saídas de campo, e nem por isso deixou de ser um dos maiores botânicos que passou por este país, e uma das pessoas mais autênticas e geniais que tive a honra de conhecer. Isso mais uma vez demonstra como as elites enxergam as pessoas simples de coração... Eu mesmo, ao usar roupas mais simples, tipo o dr. Marcelo, também, fui vítima do mesmo tipo de preconceito sacana que escravas/os da aparência destilam....

    • Naah Postado em 03/Jul/2014 às 16:01

      ele divia responder pra ela assim; mds aqui é o aeroporto ou a caverna do dragão? kkkkkkkkkk

  46. Walter Postado em 11/Feb/2014 às 12:33

    Será que é por estas atitudes de ditos professores (as) que estão formando BLACK BLOC fascistas nas universidade brasileiras.

  47. Alexandre Lopes Postado em 11/Feb/2014 às 21:16

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA ADOREI !!!!!!!!!!!!!!!!!!!! NÃO PODIA SER MELHOR !!!!!!

  48. Alexandre Lopes Postado em 11/Feb/2014 às 21:20

    Essa mulher vai se fuder bonitoooooo hahahahahahahahahahah otária!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Agora , a miss glamour vai responder a um mister processo e ser obrigada a pagar uma miss indenização por danos morais hahahahahahahaahahahahahahahaha que mulher idiota !!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  49. Sandra Postado em 13/Feb/2014 às 22:42

    Tudo que ela disse me indignou. O pior foi ela ter tirado foto!! Ela violou o direito de imagem de uma pessoa, e postou na internet em uma rede social... fiquei horrorizada com a folga, invasão, falta de respeito, estou até agora chocada, cheguei a ficar com muita raiva de todo absurdo. Agora vocês que viram tudo que ela disse e postou imaginem esse ser LECIONANDO ! Imagine como devem sofrer os alunos nas mãos dela, quantos podem ter sido reprovados por puro preconceito, racismo e não por falta de mérito. Afinal quem garante que ela consegue separar as coisas e agir profissionalmente, afinal ela passou por cima de uma infinidade de direitos não somente legais mas especialmente de valores morais. Horror é o mínimo que eu sinto. Ao dou graças a Deus por não ser uma criança a vítima dessa mulher, porque imagine um vulnerável nas mãos dessa mulher e de todos os que apoiaram ela !!! Todos pseudo-professores, porque ser professor não basta ter diploma tem que ter vocação e isso não há como adquirir ou comprar a pessoa nasce assim.

  50. davi Postado em 18/Feb/2014 às 19:16

    ofendeu quem pega onibus sua ...........

  51. Leonardo Rickelmer Postado em 13/Mar/2014 às 11:01

    QUAL O PROBLEMA DE ESTAR USANDO BERMUDA E CAMISETA ELE E ADVOGADO E ELE TEM CONDIÇÕES DE COMPRAR ROUPAS QUE ELE QUISER AI ESSA "EDUCADORA" VAI TER PRECONCEITO DE RECLAMAR POR QUE UM HOMEM ESTAVA USANDO CAMISA E BERMUDA ELA NÃO E EDUCADORA PORQUE SE FOSSE NO MINIMO TERIA EDUCAÇÃO

O e-mail não será publicado.